www-commits
[Top][All Lists]
Advanced

[Date Prev][Date Next][Thread Prev][Thread Next][Date Index][Thread Index]

www .symlinks provide.html award/2000/2000.html...


From: Yavor Doganov
Subject: www .symlinks provide.html award/2000/2000.html...
Date: Thu, 20 Mar 2008 13:57:30 +0000

CVSROOT:        /web/www
Module name:    www
Changes by:     Yavor Doganov <yavor>   08/03/20 13:57:27

Modified files:
        .              : .symlinks provide.html 
        award/2000     : 2000.html 
        copyleft       : .symlinks copyleft.html 
        doc            : .symlinks other-free-books.html 
        gnu            : gnu-history.html gnu-user-groups.html 
                         initial-announcement.html linux-and-gnu.html 
                         manifesto.html why-gnu-linux.html 
        graphics       : agnuhead.html graphics.html heckert_gnu.html 
        help           : gethelp.html help.html 
        licenses       : gpl-faq.html gpl-howto.html license-list.html 
                         licenses.html why-assign.html 
        licenses/old-licenses: gpl-2.0-faq.html 
        links          : links.html 
        people         : people.html speakers.html 
        philosophy     : .symlinks basic-freedoms.html bsd.html 
                         categories.html 
                         copyright-and-globalization.html 
                         drdobbs-letter.html enforcing-gpl.html 
                         fighting-software-patents.html free-doc.html 
                         free-sw.html freedom-or-power.html 
                         gnutella.html gpl-american-way.html hague.html 
                         no-word-attachments.html philosophy.html 
                         pragmatic.html protecting.html 
                         right-to-read.html rtlinux-patent.html 
                         selling.html shouldbefree.html university.html 
                         why-free.html words-to-avoid.html 
        press          : .symlinks 2001-09-18-RTLinux.html 
                         2002-03-19-Affero.html press.html 
        server         : whatsnew.html 
        software       : devel.html reliability.html year2000.html 
        testimonials   : testimonials.html 
        thankgnus      : 2000supporters.html thankgnus.html 
Added files:
        .              : events.pt-br.html gnusflashes.pt-br.include 
                         home.pt-br.shtml provide.pt-br.html 
        award/2000     : 2000.pt-br.html 
        copyleft       : copyleft.pt-br.html 
        doc            : doc.pt-br.html other-free-books.pt-br.html 
        gnu            : gnu-history.pt-br.html 
                         gnu-user-groups.pt-br.html 
                         initial-announcement.pt-br.html 
                         linux-and-gnu.pt-br.html manifesto.pt-br.html 
                         why-gnu-linux.pt-br.html 
        graphics       : agnuhead.pt-br.html graphics.pt-br.html 
                         heckert_gnu.pt-br.html 
        help           : gethelp.pt-br.html help.pt-br.html 
        licenses       : gpl-faq.pt-br.html gpl-howto.pt-br.html 
                         license-list.pt-br.html licenses.pt-br.html 
                         why-assign.pt-br.html 
        licenses/old-licenses: gpl-2.0-faq.pt-br.html 
        links          : links.pt-br.html 
        order          : order.pt-br.html 
        people         : people.pt-br.html speakers.pt-br.html 
        philosophy     : basic-freedoms.pt-br.html bsd.pt-br.html 
                         categories.pt-br.html 
                         copyright-and-globalization.pt-br.html 
                         drdobbs-letter.pt-br.html 
                         enforcing-gpl.pt-br.html 
                         fighting-software-patents.pt-br.html 
                         free-doc.pt-br.html free-sw.pt-br.html 
                         freedom-or-power.pt-br.html gnutella.pt-br.html 
                         gpl-american-way.pt-br.html hague.pt-br.html 
                         no-word-attachments.pt-br.html 
                         philosophy.pt-br.html pragmatic.pt-br.html 
                         protecting.pt-br.html right-to-read.pt-br.html 
                         rtlinux-patent.pt-br.html selling.pt-br.html 
                         shouldbefree.pt-br.html university.pt-br.html 
                         why-free.pt-br.html words-to-avoid.pt-br.html 
        press          : 2001-07-09-DotGNU-Mono.pt-br.html 
                         2001-07-09-DotGNU-Mono.pt-br.txt 
                         2001-07-20-FSF-India.pt-br.html 
                         2001-07-20-FSF-India.pt-br.txt 
                         2001-09-14-RTLinux.pt-br.html 
                         2001-09-14-RTLinux.pt-br.txt 
                         2001-09-18-RTLinux.pt-br.html 
                         2001-09-18-RTLinux.pt-br.txt 
                         2001-09-24-CPI.pt-br.html 
                         2001-09-24-CPI.pt-br.txt 
                         2001-10-12-bayonne.pt-br.html 
                         2001-10-12-bayonne.pt-br.txt 
                         2001-10-22-Emacs.pt-br.html 
                         2001-10-22-Emacs.pt-br.txt 
                         2001-12-03-Takeda.pt-br.html 
                         2001-12-03-Takeda.pt-br.txt 
                         2002-03-19-Affero.pt-br.html press.pt-br.html 
        server         : list-mirrors.pt-br.html whatsnew.pt-br.html 
                         whatsnew.pt-br.txt whatsnew.pt-br.xslt 
        software       : devel.pt-br.html reliability.pt-br.html 
                         year2000.pt-br.html 
        testimonials   : testimonials.pt-br.html 
        thankgnus      : 2000supporters.pt-br.html thankgnus.pt-br.html 
Removed files:
        .              : events.pt.html gnusflashes.pt.include 
                         home.pt.shtml provide.pt.html 
        award/2000     : 2000.pt.html 
        copyleft       : copyleft.pt.html 
        doc            : doc.pt.html other-free-books.pt.html 
        gnu            : gnu-history.pt.html gnu-user-groups.pt.html 
                         initial-announcement.pt.html 
                         linux-and-gnu.pt.html manifesto.pt.html 
                         why-gnu-linux.pt.html 
        graphics       : agnuhead.pt.html graphics.pt.html 
                         heckert_gnu.pt.html 
        help           : gethelp.pt.html help.pt.html 
        licenses       : gpl-faq.pt.html gpl-howto.pt.html 
                         license-list.pt.html licenses.pt.html 
                         why-assign.pt.html 
        licenses/old-licenses: gpl-2.0-faq.pt.html 
        links          : links.pt.html 
        order          : order.pt.html 
        people         : people.pt.html speakers.pt.html 
        philosophy     : basic-freedoms.pt.html bsd.pt.html 
                         categories.pt.html 
                         copyright-and-globalization.pt.html 
                         drdobbs-letter.pt.html enforcing-gpl.pt.html 
                         fighting-software-patents.pt.html 
                         free-doc.pt.html free-sw.pt.html 
                         freedom-or-power.pt.html gnutella.pt.html 
                         gpl-american-way.pt.html hague.pt.html 
                         no-word-attachments.pt.html philosophy.pt.html 
                         pragmatic.pt.html protecting.pt.html 
                         right-to-read.pt.html rtlinux-patent.pt.html 
                         selling.pt.html shouldbefree.pt.html 
                         university.pt.html why-free.pt.html 
                         words-to-avoid.pt.html 
        press          : 2001-07-09-DotGNU-Mono.pt.html 
                         2001-07-09-DotGNU-Mono.pt.txt 
                         2001-07-20-FSF-India.pt.html 
                         2001-07-20-FSF-India.pt.txt 
                         2001-09-14-RTLinux.pt.html 
                         2001-09-14-RTLinux.pt.txt 
                         2001-09-18-RTLinux.pt.html 
                         2001-09-18-RTLinux.pt.txt 
                         2001-09-24-CPI.pt.html 2001-09-24-CPI.pt.txt 
                         2001-10-12-bayonne.pt.html 
                         2001-10-12-bayonne.pt.txt 
                         2001-10-22-Emacs.pt.html 
                         2001-10-22-Emacs.pt.txt 
                         2001-12-03-Takeda.pt.html 
                         2001-12-03-Takeda.pt.txt 
                         2002-03-19-Affero.pt.html press.pt.html 
        server         : list-mirrors.pt.html whatsnew.pt.html 
                         whatsnew.pt.txt whatsnew.pt.xslt 
        software       : devel.pt.html reliability.pt.html 
                         year2000.pt.html 
        testimonials   : testimonials.pt.html 
        thankgnus      : 2000supporters.pt.html thankgnus.pt.html 

Log message:
        Rename Brazilian Portuguese translations to match the language code
        "pt-br".

CVSWeb URLs:
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/.symlinks?cvsroot=www&r1=1.45&r2=1.46
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/provide.html?cvsroot=www&r1=1.36&r2=1.37
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/events.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnusflashes.pt-br.include?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/home.pt-br.shtml?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/provide.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/events.pt.html?cvsroot=www&r1=1.6&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnusflashes.pt.include?cvsroot=www&r1=1.10&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/home.pt.shtml?cvsroot=www&r1=1.14&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/provide.pt.html?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/award/2000/2000.html?cvsroot=www&r1=1.10&r2=1.11
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/award/2000/2000.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/award/2000/2000.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/copyleft/.symlinks?cvsroot=www&r1=1.12&r2=1.13
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/copyleft/copyleft.html?cvsroot=www&r1=1.66&r2=1.67
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/copyleft/copyleft.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/copyleft/copyleft.pt.html?cvsroot=www&r1=1.5&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/doc/.symlinks?cvsroot=www&r1=1.6&r2=1.7
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/doc/other-free-books.html?cvsroot=www&r1=1.43&r2=1.44
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/doc/doc.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/doc/other-free-books.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/doc/doc.pt.html?cvsroot=www&r1=1.5&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/doc/other-free-books.pt.html?cvsroot=www&r1=1.4&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/gnu-history.html?cvsroot=www&r1=1.39&r2=1.40
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/gnu-user-groups.html?cvsroot=www&r1=1.175&r2=1.176
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/initial-announcement.html?cvsroot=www&r1=1.21&r2=1.22
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/linux-and-gnu.html?cvsroot=www&r1=1.58&r2=1.59
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/manifesto.html?cvsroot=www&r1=1.33&r2=1.34
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/why-gnu-linux.html?cvsroot=www&r1=1.35&r2=1.36
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/gnu-history.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/gnu-user-groups.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/initial-announcement.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/linux-and-gnu.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/manifesto.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/why-gnu-linux.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/gnu-history.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/gnu-user-groups.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/initial-announcement.pt.html?cvsroot=www&r1=1.5&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/linux-and-gnu.pt.html?cvsroot=www&r1=1.7&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/manifesto.pt.html?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/gnu/why-gnu-linux.pt.html?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/graphics/agnuhead.html?cvsroot=www&r1=1.40&r2=1.41
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/graphics/graphics.html?cvsroot=www&r1=1.79&r2=1.80
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/graphics/heckert_gnu.html?cvsroot=www&r1=1.10&r2=1.11
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/graphics/agnuhead.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/graphics/graphics.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/graphics/heckert_gnu.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/graphics/agnuhead.pt.html?cvsroot=www&r1=1.8&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/graphics/graphics.pt.html?cvsroot=www&r1=1.6&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/graphics/heckert_gnu.pt.html?cvsroot=www&r1=1.5&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/help/gethelp.html?cvsroot=www&r1=1.18&r2=1.19
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/help/help.html?cvsroot=www&r1=1.92&r2=1.93
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/help/gethelp.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/help/help.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/help/gethelp.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/help/help.pt.html?cvsroot=www&r1=1.6&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/gpl-faq.html?cvsroot=www&r1=1.131&r2=1.132
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/gpl-howto.html?cvsroot=www&r1=1.23&r2=1.24
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/license-list.html?cvsroot=www&r1=1.215&r2=1.216
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/licenses.html?cvsroot=www&r1=1.61&r2=1.62
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/why-assign.html?cvsroot=www&r1=1.12&r2=1.13
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/gpl-faq.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/gpl-howto.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/license-list.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/licenses.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/why-assign.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/gpl-faq.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/gpl-howto.pt.html?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/license-list.pt.html?cvsroot=www&r1=1.5&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/licenses.pt.html?cvsroot=www&r1=1.4&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/why-assign.pt.html?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/old-licenses/gpl-2.0-faq.html?cvsroot=www&r1=1.2&r2=1.3
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/old-licenses/gpl-2.0-faq.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/licenses/old-licenses/gpl-2.0-faq.pt.html?cvsroot=www&r1=1.1&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/links/links.html?cvsroot=www&r1=1.143&r2=1.144
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/links/links.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/links/links.pt.html?cvsroot=www&r1=1.5&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/order/order.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/order/order.pt.html?cvsroot=www&r1=1.5&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/people/people.html?cvsroot=www&r1=1.219&r2=1.220
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/people/speakers.html?cvsroot=www&r1=1.58&r2=1.59
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/people/people.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/people/speakers.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/people/people.pt.html?cvsroot=www&r1=1.6&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/people/speakers.pt.html?cvsroot=www&r1=1.5&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/.symlinks?cvsroot=www&r1=1.26&r2=1.27
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/basic-freedoms.html?cvsroot=www&r1=1.21&r2=1.22
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/bsd.html?cvsroot=www&r1=1.21&r2=1.22
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/categories.html?cvsroot=www&r1=1.46&r2=1.47
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/copyright-and-globalization.html?cvsroot=www&r1=1.15&r2=1.16
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/drdobbs-letter.html?cvsroot=www&r1=1.15&r2=1.16
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/enforcing-gpl.html?cvsroot=www&r1=1.19&r2=1.20
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/fighting-software-patents.html?cvsroot=www&r1=1.18&r2=1.19
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/free-doc.html?cvsroot=www&r1=1.22&r2=1.23
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/free-sw.html?cvsroot=www&r1=1.70&r2=1.71
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/freedom-or-power.html?cvsroot=www&r1=1.18&r2=1.19
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/gnutella.html?cvsroot=www&r1=1.32&r2=1.33
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/gpl-american-way.html?cvsroot=www&r1=1.19&r2=1.20
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/hague.html?cvsroot=www&r1=1.23&r2=1.24
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/no-word-attachments.html?cvsroot=www&r1=1.52&r2=1.53
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/philosophy.html?cvsroot=www&r1=1.268&r2=1.269
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/pragmatic.html?cvsroot=www&r1=1.25&r2=1.26
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/protecting.html?cvsroot=www&r1=1.19&r2=1.20
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/right-to-read.html?cvsroot=www&r1=1.34&r2=1.35
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/rtlinux-patent.html?cvsroot=www&r1=1.13&r2=1.14
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/selling.html?cvsroot=www&r1=1.25&r2=1.26
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/shouldbefree.html?cvsroot=www&r1=1.29&r2=1.30
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/university.html?cvsroot=www&r1=1.27&r2=1.28
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/why-free.html?cvsroot=www&r1=1.42&r2=1.43
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/words-to-avoid.html?cvsroot=www&r1=1.89&r2=1.90
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/basic-freedoms.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/bsd.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/categories.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/copyright-and-globalization.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/drdobbs-letter.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/enforcing-gpl.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/fighting-software-patents.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/free-doc.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/free-sw.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/freedom-or-power.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/gnutella.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/gpl-american-way.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/hague.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/no-word-attachments.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/philosophy.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/pragmatic.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/protecting.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/right-to-read.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/rtlinux-patent.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/selling.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/shouldbefree.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/university.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/why-free.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/words-to-avoid.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/basic-freedoms.pt.html?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/bsd.pt.html?cvsroot=www&r1=1.4&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/categories.pt.html?cvsroot=www&r1=1.5&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/copyright-and-globalization.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/drdobbs-letter.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/enforcing-gpl.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/fighting-software-patents.pt.html?cvsroot=www&r1=1.5&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/free-doc.pt.html?cvsroot=www&r1=1.4&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/free-sw.pt.html?cvsroot=www&r1=1.6&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/freedom-or-power.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/gnutella.pt.html?cvsroot=www&r1=1.4&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/gpl-american-way.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/hague.pt.html?cvsroot=www&r1=1.4&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/no-word-attachments.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/philosophy.pt.html?cvsroot=www&r1=1.27&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/pragmatic.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/protecting.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/right-to-read.pt.html?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/rtlinux-patent.pt.html?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/selling.pt.html?cvsroot=www&r1=1.5&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/shouldbefree.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/university.pt.html?cvsroot=www&r1=1.4&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/why-free.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/philosophy/words-to-avoid.pt.html?cvsroot=www&r1=1.4&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/.symlinks?cvsroot=www&r1=1.3&r2=1.4
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-09-18-RTLinux.html?cvsroot=www&r1=1.6&r2=1.7
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2002-03-19-Affero.html?cvsroot=www&r1=1.5&r2=1.6
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/press.html?cvsroot=www&r1=1.58&r2=1.59
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-07-09-DotGNU-Mono.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-07-09-DotGNU-Mono.pt-br.txt?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-07-20-FSF-India.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-07-20-FSF-India.pt-br.txt?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-09-14-RTLinux.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-09-14-RTLinux.pt-br.txt?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-09-18-RTLinux.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-09-18-RTLinux.pt-br.txt?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-09-24-CPI.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-09-24-CPI.pt-br.txt?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-10-12-bayonne.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-10-12-bayonne.pt-br.txt?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-10-22-Emacs.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-10-22-Emacs.pt-br.txt?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-12-03-Takeda.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-12-03-Takeda.pt-br.txt?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2002-03-19-Affero.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/press.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-07-09-DotGNU-Mono.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-07-09-DotGNU-Mono.pt.txt?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-07-20-FSF-India.pt.html?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-07-20-FSF-India.pt.txt?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-09-14-RTLinux.pt.html?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-09-14-RTLinux.pt.txt?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-09-18-RTLinux.pt.html?cvsroot=www&r1=1.5&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-09-18-RTLinux.pt.txt?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-09-24-CPI.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-09-24-CPI.pt.txt?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-10-12-bayonne.pt.html?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-10-12-bayonne.pt.txt?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-10-22-Emacs.pt.html?cvsroot=www&r1=1.5&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-10-22-Emacs.pt.txt?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-12-03-Takeda.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2001-12-03-Takeda.pt.txt?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/2002-03-19-Affero.pt.html?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/press/press.pt.html?cvsroot=www&r1=1.19&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/server/whatsnew.html?cvsroot=www&r1=1.364&r2=1.365
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/server/list-mirrors.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/server/whatsnew.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/server/whatsnew.pt-br.txt?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/server/whatsnew.pt-br.xslt?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/server/list-mirrors.pt.html?cvsroot=www&r1=1.8&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/server/whatsnew.pt.html?cvsroot=www&r1=1.57&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/server/whatsnew.pt.txt?cvsroot=www&r1=1.13&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/server/whatsnew.pt.xslt?cvsroot=www&r1=1.4&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/software/devel.html?cvsroot=www&r1=1.26&r2=1.27
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/software/reliability.html?cvsroot=www&r1=1.13&r2=1.14
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/software/year2000.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=1.4
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/software/devel.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/software/reliability.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/software/year2000.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/software/devel.pt.html?cvsroot=www&r1=1.5&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/software/reliability.pt.html?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/software/year2000.pt.html?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/testimonials/testimonials.html?cvsroot=www&r1=1.32&r2=1.33
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/testimonials/testimonials.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/testimonials/testimonials.pt.html?cvsroot=www&r1=1.2&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/thankgnus/2000supporters.html?cvsroot=www&r1=1.10&r2=1.11
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/thankgnus/thankgnus.html?cvsroot=www&r1=1.29&r2=1.30
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/thankgnus/2000supporters.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/thankgnus/thankgnus.pt-br.html?cvsroot=www&rev=1.1
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/thankgnus/2000supporters.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0
http://web.cvs.savannah.gnu.org/viewcvs/www/thankgnus/thankgnus.pt.html?cvsroot=www&r1=1.3&r2=0

Patches:
Index: .symlinks
===================================================================
RCS file: /web/www/www/.symlinks,v
retrieving revision 1.45
retrieving revision 1.46
diff -u -b -r1.45 -r1.46
--- .symlinks   7 Feb 2008 11:14:56 -0000       1.45
+++ .symlinks   20 Mar 2008 13:55:11 -0000      1.46
@@ -32,7 +32,7 @@
 home.nn.shtml home.nn.html
 home.pl.shtml home.pl.html
 home.pl.shtml index.pl.html
-home.pt.shtml home.pt.html
+home.pt-br.shtml home.pt-br.html
 home.ro.shtml home.ro.html
 home.ru.shtml home.ru.html
 home.ta.shtml home.ta.html

Index: provide.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/provide.html,v
retrieving revision 1.36
retrieving revision 1.37
diff -u -b -r1.36 -r1.37
--- provide.html        5 Mar 2008 22:55:30 -0000       1.36
+++ provide.html        20 Mar 2008 13:55:12 -0000      1.37
@@ -85,7 +85,7 @@
 </p>
 <p>Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/03/05 22:55:30 $
+$Date: 2008/03/20 13:55:12 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -146,8 +146,8 @@
 <li><a href="provide.nn.html">Norsk (Nynorsk)</a>&nbsp;[nn]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="provide.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="provide.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="provide.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Russian -->
 <li><a 
href="provide.ru.html">&#x0420;&#x0443;&#x0441;&#x0441;&#x043a;&#x0438;&#x0439;</a>&nbsp;[ru]</li>
 <!-- Serbian -->

Index: award/2000/2000.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/award/2000/2000.html,v
retrieving revision 1.10
retrieving revision 1.11
diff -u -b -r1.10 -r1.11
--- award/2000/2000.html        24 Feb 2008 23:27:39 -0000      1.10
+++ award/2000/2000.html        20 Mar 2008 13:55:29 -0000      1.11
@@ -19,7 +19,7 @@
   <A HREF="/award/2000/2000.html">English</A>
 | <A HREF="/award/2000/2000.fr.html">French</A>
 | <A HREF="/award/2000/2000.de.html">German</A>
-| <A HREF="/award/2000/2000.pt.html">Portuguese</A>
+| <A HREF="/award/2000/2000.pt-br.html">Brazilian Portuguese</A>
 | <A HREF="/award/2000/2000.es.html">Spanish</A>
 ]
 
@@ -169,7 +169,7 @@
 <P>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/02/24 23:27:39 $ $Author: jocke $
+$Date: 2008/03/20 13:55:29 $ $Author: yavor $
 <!-- timestamp end -->
 <HR>
 </BODY>

Index: copyleft/.symlinks
===================================================================
RCS file: /web/www/www/copyleft/.symlinks,v
retrieving revision 1.12
retrieving revision 1.13
diff -u -b -r1.12 -r1.13
--- copyleft/.symlinks  7 Feb 2008 11:15:26 -0000       1.12
+++ copyleft/.symlinks  20 Mar 2008 13:55:35 -0000      1.13
@@ -13,7 +13,7 @@
 ../licenses/gpl-faq.pl.html gpl-faq.pl.html
 ../licenses/gpl-howto.fr.html gpl-howto.fr.html
 ../licenses/gpl-howto.html gpl-howto.html
-../licenses/gpl-howto.pt.html gpl-howto.pt.html
+../licenses/gpl-howto.pt-br.html gpl-howto.pt-br.html
 ../licenses/gpl-howto.pl.html gpl-howto.pl.html
 ../licenses/gpl-violation.html gpl-violation.html
 ../licenses/gpl-violation.ja.html gpl-violation.ja.html
@@ -42,7 +42,7 @@
 ../licenses/old-licenses/library.txt library.txt
 ../licenses/why-assign.html why-assign.html
 ../licenses/why-assign.pl.html why-assign.pl.html
-../licenses/why-assign.pt.html why-assign.pt.html
+../licenses/why-assign.pt-br.html why-assign.pt-br.html
 ../licenses/fdl.txt fdl.txt
 copyleft.html index.html
 copyleft.id.html index.id.html

Index: copyleft/copyleft.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/copyleft/copyleft.html,v
retrieving revision 1.66
retrieving revision 1.67
diff -u -b -r1.66 -r1.67
--- copyleft/copyleft.html      4 Mar 2008 22:33:47 -0000       1.66
+++ copyleft/copyleft.html      20 Mar 2008 13:55:35 -0000      1.67
@@ -164,7 +164,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/03/04 22:33:47 $
+$Date: 2008/03/20 13:55:35 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -221,8 +221,8 @@
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/copyleft/copyleft.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
 
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/copyleft/copyleft.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/copyleft/copyleft.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 
 <!-- Russian -->
 <li><a 
href="/copyleft/copyleft.ru.html">&#1056;&#1091;&#1089;&#1089;&#1082;&#1080;&#1081;</a>&nbsp;[ru]</li>

Index: doc/.symlinks
===================================================================
RCS file: /web/www/www/doc/.symlinks,v
retrieving revision 1.6
retrieving revision 1.7
diff -u -b -r1.6 -r1.7
--- doc/.symlinks       31 Mar 2007 17:25:22 -0000      1.6
+++ doc/.symlinks       20 Mar 2008 13:55:41 -0000      1.7
@@ -1,8 +1,4 @@
 doc.html index.html
-doc.html doc.cs.html
-doc.html doc.it.html
-doc.html doc.ko.html
-doc.html doc.pt.html
 doc.zh-cn.html doc.cn.html
 doc.zh-tw.html doc.zh.html
 doc.zh-tw.html doc.zhs.html

Index: doc/other-free-books.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/doc/other-free-books.html,v
retrieving revision 1.43
retrieving revision 1.44
diff -u -b -r1.43 -r1.44
--- doc/other-free-books.html   20 Oct 2007 21:18:41 -0000      1.43
+++ doc/other-free-books.html   20 Mar 2008 13:55:42 -0000      1.44
@@ -395,7 +395,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/10/20 21:18:41 $
+$Date: 2008/03/20 13:55:42 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -427,8 +427,8 @@
 <li><a 
href="/doc/other-free-books.ko.html">&#xd55c;&#xad6d;&#xc5b4;</a>&nbsp;[ko]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/doc/other-free-books.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/doc/other-free-books.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/doc/other-free-books.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Chinese(Simplified) -->
 <li><a 
href="/doc/other-free-books.zh-cn.html">&#x7b80;&#x4f53;&#x4e2d;&#x6587;</a>&nbsp;[zh-cn]</li>
 <!-- Chinese(Traditional) -->

Index: gnu/gnu-history.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/gnu/gnu-history.html,v
retrieving revision 1.39
retrieving revision 1.40
diff -u -b -r1.39 -r1.40
--- gnu/gnu-history.html        21 Jan 2008 22:28:24 -0000      1.39
+++ gnu/gnu-history.html        20 Mar 2008 13:55:47 -0000      1.40
@@ -152,7 +152,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/01/21 22:28:24 $
+$Date: 2008/03/20 13:55:47 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -204,8 +204,8 @@
 <li><a href="/gnu/gnu-history.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/gnu/gnu-history.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/gnu/gnu-history.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/gnu/gnu-history.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Romanian -->
 <li><a href="/gnu/gnu-history.ro.html">Rom&#x00e2;n&#x00e3;</a>&nbsp;[ro]</li>
 <!-- Serbian -->

Index: gnu/gnu-user-groups.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/gnu/gnu-user-groups.html,v
retrieving revision 1.175
retrieving revision 1.176
diff -u -b -r1.175 -r1.176
--- gnu/gnu-user-groups.html    18 Jan 2008 20:24:30 -0000      1.175
+++ gnu/gnu-user-groups.html    20 Mar 2008 13:55:48 -0000      1.176
@@ -400,7 +400,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/01/18 20:24:30 $
+$Date: 2008/03/20 13:55:48 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -432,8 +432,8 @@
 <li><a href="/gnu/gnu-user-groups.nb.html">Norsk (bokmål)</a>&nbsp;[nb]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/gnu/gnu-user-groups.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/gnu/gnu-user-groups.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/gnu/gnu-user-groups.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Chinese(Simplified) -->
 <li><a 
href="/gnu/gnu-user-groups.zh-cn.html">&#x7b80;&#x4f53;&#x4e2d;&#x6587;</a>&nbsp;[zh-cn]</li>
 <!-- Chinese(Traditional) -->

Index: gnu/initial-announcement.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/gnu/initial-announcement.html,v
retrieving revision 1.21
retrieving revision 1.22
diff -u -b -r1.21 -r1.22
--- gnu/initial-announcement.html       11 Mar 2008 13:13:10 -0000      1.21
+++ gnu/initial-announcement.html       20 Mar 2008 13:55:48 -0000      1.22
@@ -122,7 +122,7 @@
 <p>For completeness, the original email is reproduced here, in its
 original form.</p>
 
-<pre><!-- TRANSLATORS: Don't translate anything except the headers. -->
+<pre><!--TRANSLATORS: Don't translate anything except the headers.-->
 From CSvax:pur-ee:address@hidden
 From: address@hidden
 Newsgroups: net.unix-wizards,net.usoft
@@ -259,7 +259,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/03/11 13:13:10 $
+$Date: 2008/03/20 13:55:48 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -301,8 +301,8 @@
 <li><a href="/gnu/initial-announcement.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/gnu/initial-announcement.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a 
href="/gnu/initial-announcement.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/gnu/initial-announcement.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Swedish -->
 <li><a href="/gnu/initial-announcement.sv.html">Svenska</a>&nbsp;[sv]</li>
 </ul>

Index: gnu/linux-and-gnu.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/gnu/linux-and-gnu.html,v
retrieving revision 1.58
retrieving revision 1.59
diff -u -b -r1.58 -r1.59
--- gnu/linux-and-gnu.html      3 Mar 2008 10:14:23 -0000       1.58
+++ gnu/linux-and-gnu.html      20 Mar 2008 13:55:48 -0000      1.59
@@ -262,7 +262,7 @@
 There are also <a href="/contact/">other ways to contact</a> 
 the FSF.
 <br />
-Please send broken links and other corrections (or suggestions) to
+Please send broken links and other corrections or suggestions to
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
 </p>
 
@@ -284,7 +284,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/03/03 10:14:23 $
+$Date: 2008/03/20 13:55:48 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -338,8 +338,8 @@
 <li><a href="/gnu/linux-and-gnu.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/gnu/linux-and-gnu.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/gnu/linux-and-gnu.pt.html">Portugu&ecirc;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/gnu/linux-and-gnu.pt-br.html">portugu&ecirc;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Romanian -->
 <li><a 
href="/gnu/linux-and-gnu.ro.html">Rom&#x00e2;n&#x0103;</a>&nbsp;[ro]</li>
 <!-- Russian -->

Index: gnu/manifesto.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/gnu/manifesto.html,v
retrieving revision 1.33
retrieving revision 1.34
diff -u -b -r1.33 -r1.34
--- gnu/manifesto.html  30 Nov 2007 23:44:57 -0000      1.33
+++ gnu/manifesto.html  20 Mar 2008 13:55:49 -0000      1.34
@@ -643,7 +643,7 @@
 There are also <a href="/contact/">other ways to contact</a>
 the FSF.
 <br />
-Please send broken links and other corrections (or suggestions) to
+Please send broken links and other corrections or suggestions to
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
 </p>
 
@@ -671,7 +671,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/11/30 23:44:57 $
+$Date: 2008/03/20 13:55:49 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -717,8 +717,8 @@
 <li><a href="/gnu/manifesto.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/gnu/manifesto.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/gnu/manifesto.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/gnu/manifesto.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Serbian -->
 <li><a 
href="/gnu/manifesto.sr.html">&#x0421;&#x0440;&#x043f;&#x0441;&#x043a;&#x0438;</a>&nbsp;[sr]</li>
 <!-- Swedish -->

Index: gnu/why-gnu-linux.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/gnu/why-gnu-linux.html,v
retrieving revision 1.35
retrieving revision 1.36
diff -u -b -r1.35 -r1.36
--- gnu/why-gnu-linux.html      28 Jan 2008 20:16:44 -0000      1.35
+++ gnu/why-gnu-linux.html      20 Mar 2008 13:55:49 -0000      1.36
@@ -211,7 +211,7 @@
 There are also <a href="/contact/">other ways to contact</a> 
 the FSF.
 <br />
-Please send broken links and other corrections (or suggestions) to
+Please send broken links and other corrections or suggestions to
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
 </p>
 
@@ -233,7 +233,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/01/28 20:16:44 $
+$Date: 2008/03/20 13:55:49 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -281,8 +281,8 @@
 <li><a href="/gnu/why-gnu-linux.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/gnu/why-gnu-linux.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/gnu/why-gnu-linux.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/gnu/why-gnu-linux.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Romanian -->
 <li><a 
href="/gnu/why-gnu-linux.ro.html">Rom&#x00e2;n&#x0103;</a>&nbsp;[ro]</li>
 </ul>

Index: graphics/agnuhead.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/graphics/agnuhead.html,v
retrieving revision 1.40
retrieving revision 1.41
diff -u -b -r1.40 -r1.41
--- graphics/agnuhead.html      7 Nov 2007 17:17:19 -0000       1.40
+++ graphics/agnuhead.html      20 Mar 2008 13:55:54 -0000      1.41
@@ -147,7 +147,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/11/07 17:17:19 $
+$Date: 2008/03/20 13:55:54 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -180,7 +180,7 @@
 <li><a 
href="/graphics/agnuhead.ja.html">&#x65e5;&#x672c;&#x8a9e;</a>&nbsp;[ja]</li>
 <li><a 
href="/graphics/agnuhead.ko.html">&#xd55c;&#xad6d;&#xc5b4;</a>&nbsp;[ko]</li>
 <li><a href="/graphics/agnuhead.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<li><a href="/graphics/agnuhead.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<li><a href="/graphics/agnuhead.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <li><a 
href="/graphics/agnuhead.ro.html">Rom&#x00e2;n&#x0103;</a>&nbsp;[ro]</li>
 <li><a 
href="/graphics/agnuhead.ru.html">&#x0420;&#x0443;&#x0441;&#x0441;&#x043a;&#x0438;&#x0439;</a>&nbsp;[ru]</li>
 <li><a 
href="/graphics/agnuhead.sr.html">&#x0421;&#x0440;&#x043f;&#x0441;&#x043a;&#x0438;</a>&nbsp;[sr]</li>

Index: graphics/graphics.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/graphics/graphics.html,v
retrieving revision 1.79
retrieving revision 1.80
diff -u -b -r1.79 -r1.80
--- graphics/graphics.html      8 Feb 2008 21:56:49 -0000       1.79
+++ graphics/graphics.html      20 Mar 2008 13:55:55 -0000      1.80
@@ -123,7 +123,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/02/08 21:56:49 $
+$Date: 2008/03/20 13:55:55 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -162,8 +162,8 @@
 <li><a href="/graphics/graphics.fr.html">Fran&ccedil;ais</a>&nbsp;[fr]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/graphics/graphics.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portugese -->
-<li><a href="/graphics/graphics.pt.html">Portugu&ecirc;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portugese -->
+<li><a href="/graphics/graphics.pt-br.html">portugu&ecirc;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Romanian -->
 <li><a href="/graphics/graphics.ro.html">Rom&acirc;n&#259;</a>&nbsp;[ro]</li>
 <!-- Serbian -->

Index: graphics/heckert_gnu.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/graphics/heckert_gnu.html,v
retrieving revision 1.10
retrieving revision 1.11
diff -u -b -r1.10 -r1.11
--- graphics/heckert_gnu.html   9 Dec 2007 16:50:02 -0000       1.10
+++ graphics/heckert_gnu.html   20 Mar 2008 13:55:56 -0000      1.11
@@ -100,7 +100,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/12/09 16:50:02 $
+$Date: 2008/03/20 13:55:56 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -125,7 +125,7 @@
 <li><a href="/graphics/heckert_gnu.ca.html">Catal&#x00e0;</a>&nbsp;[ca]</li>
 <li><a href="/graphics/heckert_gnu.html">English</a>&nbsp;[en]</li>
 <li><a href="/graphics/heckert_gnu.fr.html">Fran&#x00e7;ais</a>&nbsp;[fr]</li>
-<li><a href="/graphics/heckert_gnu.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<li><a href="/graphics/heckert_gnu.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 </ul>
 </div>
 </div>

Index: help/gethelp.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/help/gethelp.html,v
retrieving revision 1.18
retrieving revision 1.19
diff -u -b -r1.18 -r1.19
--- help/gethelp.html   19 Jun 2007 00:03:35 -0000      1.18
+++ help/gethelp.html   20 Mar 2008 13:56:02 -0000      1.19
@@ -121,7 +121,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/06/19 00:03:35 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:02 $
 <!-- timestamp end -->
   </p>
 </div>
@@ -155,8 +155,8 @@
 <li><a href="/help/gethelp.fr.html">Fran&#x00e7;ais</a>&nbsp;[fr]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/help/gethelp.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/help/gethelp.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/help/gethelp.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Romanian -->
 <li><a href="/help/gethelp.ro.html">Rom&#x00e2;n&#x0103;</a>&nbsp;[ro]</li>
 <!-- Albanian -->

Index: help/help.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/help/help.html,v
retrieving revision 1.92
retrieving revision 1.93
diff -u -b -r1.92 -r1.93
--- help/help.html      1 Dec 2007 02:00:55 -0000       1.92
+++ help/help.html      20 Mar 2008 13:56:03 -0000      1.93
@@ -253,7 +253,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/12/01 02:00:55 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:03 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 
@@ -288,7 +288,7 @@
 <li><a href="/help/help.id.html" title="Indonesian">Bahasa Indonesia</a> [id]  
 <!-- Indonesian --></li>
 <li><a href="/help/help.it.html" title="Italian">Italiano</a> [it]      <!-- 
Italian --></li>
 <li><a href="/help/help.pl.html" title="Polish">Polski</a> [pl] <!-- Polish 
--></li>
-<li><a href="/help/help.pt.html" title="Portuguese">Portugu&#x0ea;s</a> [pt]   
 <!-- Portuguese --></li>
+<li><a href="/help/help.pt-br.html" title="Brazilian 
Portuguese">portugu&#x0ea;s do Brasil</a> [pt-br]    <!-- Brazilian Portuguese 
--></li>
 <li><a href="/help/help.ru.html" 
title="Russian">&#x0420;&#x0443;&#x0441;&#x0441;&#x043a;&#x0438;&#x0439;</a> 
[ru] <!-- Russian --></li>
 
 </ul>

Index: licenses/gpl-faq.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/licenses/gpl-faq.html,v
retrieving revision 1.131
retrieving revision 1.132
diff -u -b -r1.131 -r1.132
--- licenses/gpl-faq.html       28 Jan 2008 20:53:44 -0000      1.131
+++ licenses/gpl-faq.html       20 Mar 2008 13:56:09 -0000      1.132
@@ -3307,7 +3307,7 @@
   <p>
     Updated:
     <!-- timestamp start -->
-    $Date: 2008/01/28 20:53:44 $
+    $Date: 2008/03/20 13:56:09 $
     <!-- timestamp end -->
   </p>
 </div>
@@ -3337,7 +3337,7 @@
     <li><a href="/licenses/gpl-faq.ja.html">&#x65e5;&#x672c;&#x8a9e;</a></li>
     <li><a href="/licenses/gpl-faq.ko.html">&#xd55c;&#xad6d;&#xc5b4;</a></li>
     <li><a href="/licenses/gpl-faq.pl.html">Polski</a></li>
-    <li><a href="/licenses/gpl-faq.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a></li>
+    <li><a href="/licenses/gpl-faq.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a></li>
   </ul>
 
 </div>

Index: licenses/gpl-howto.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/licenses/gpl-howto.html,v
retrieving revision 1.23
retrieving revision 1.24
diff -u -b -r1.23 -r1.24
--- licenses/gpl-howto.html     12 Feb 2008 17:26:05 -0000      1.23
+++ licenses/gpl-howto.html     20 Mar 2008 13:56:09 -0000      1.24
@@ -199,7 +199,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/02/12 17:26:05 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:09 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -228,8 +228,8 @@
 <li><a href="/licenses/gpl-howto.it.html">Italiano</a></li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/licenses/gpl-howto.pl.html">Polski</a></li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/licenses/gpl-howto.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a></li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/licenses/gpl-howto.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do Brasil</a></li>
 </ul>
 </div>
 

Index: licenses/license-list.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/licenses/license-list.html,v
retrieving revision 1.215
retrieving revision 1.216
diff -u -b -r1.215 -r1.216
--- licenses/license-list.html  7 Mar 2008 13:54:34 -0000       1.215
+++ licenses/license-list.html  20 Mar 2008 13:56:10 -0000      1.216
@@ -1476,7 +1476,7 @@
   <p>
     Updated:
     <!-- timestamp start -->
-    $Date: 2008/03/07 13:54:34 $
+    $Date: 2008/03/20 13:56:10 $
     <!-- timestamp end -->
   </p>
 </div>
@@ -1507,7 +1507,7 @@
     <li><a href="/licenses/license-list.it.html">Italiano</a></li>
     <li><a 
href="/licenses/license-list.ja.html">&#x65e5;&#x672c;&#x8a9e;</a></li>
     <li><a href="/licenses/license-list.pl.html">Polski</a></li>
-    <li><a href="/licenses/license-list.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a></li>
+    <li><a href="/licenses/license-list.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a></li>
     <li><a 
href="/licenses/license-list.ru.html">&#x0420;&#x0443;&#x0441;&#x0441;&#x043a;&#x0438;&#x0439;</a></li>
   </ul>
 

Index: licenses/licenses.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/licenses/licenses.html,v
retrieving revision 1.61
retrieving revision 1.62
diff -u -b -r1.61 -r1.62
--- licenses/licenses.html      12 Feb 2008 17:26:06 -0000      1.61
+++ licenses/licenses.html      20 Mar 2008 13:56:10 -0000      1.62
@@ -378,7 +378,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/02/12 17:26:06 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:10 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -420,7 +420,7 @@
 
 <li><a href="/licenses/licenses.pl.html">Polski</a></li>                <!-- 
Polish -->
 
-<li><a href="/licenses/licenses.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a></li>              
 <!-- Portuguese -->
+<li><a href="/licenses/licenses.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do Brasil</a></li> 
              <!-- Brazilian Portuguese -->
 <li><a 
href="/licenses/licenses.sr.html">&#x0421;&#x0440;&#x043f;&#x0441;&#x043a;&#x0438;</a></li>
 <!-- Serbian -->
 </ul>
 </div>

Index: licenses/why-assign.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/licenses/why-assign.html,v
retrieving revision 1.12
retrieving revision 1.13
diff -u -b -r1.12 -r1.13
--- licenses/why-assign.html    20 Jan 2008 15:09:04 -0000      1.12
+++ licenses/why-assign.html    20 Mar 2008 13:56:10 -0000      1.13
@@ -87,7 +87,7 @@
 | <a href="/licenses/why-assign.ja.html">&#x65e5;&#x672c;&#x8a9e;</a>  <!-- 
Japanese -->
 | <a href="/licenses/why-assign.ko.html">&#xd55c;&#xad6d;&#xc5b4;</a>  <!-- 
Korean -->
 | <a href="/licenses/why-assign.pl.html">Polski</a>    <!-- Polish -->
-| <a href="/licenses/why-assign.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>   <!-- Portuguese 
-->
+| <a href="/licenses/why-assign.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do Brasil</a>      
<!-- Brazilian Portuguese -->
 ]
 </p>
 </div>
@@ -126,7 +126,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/01/20 15:09:04 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:10 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>

Index: licenses/old-licenses/gpl-2.0-faq.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/licenses/old-licenses/gpl-2.0-faq.html,v
retrieving revision 1.2
retrieving revision 1.3
diff -u -b -r1.2 -r1.3
--- licenses/old-licenses/gpl-2.0-faq.html      18 Dec 2007 22:11:12 -0000      
1.2
+++ licenses/old-licenses/gpl-2.0-faq.html      20 Mar 2008 13:56:16 -0000      
1.3
@@ -2478,7 +2478,7 @@
   <p>
     Updated:
     <!-- timestamp start -->
-    $Date: 2007/12/18 22:11:12 $
+    $Date: 2008/03/20 13:56:16 $
     <!-- timestamp end -->
   </p>
 </div>
@@ -2508,7 +2508,7 @@
     <li><a href="gpl-2.0-faq.ja.html">&#x65e5;&#x672c;&#x8a9e;</a></li>
     <li><a href="gpl-2.0-faq.ko.html">&#xd55c;&#xad6d;&#xc5b4;</a></li>
     <li><a href="gpl-2.0-faq.pl.html">Polski</a></li>
-    <li><a href="gpl-2.0-faq.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a></li>
+    <li><a href="gpl-2.0-faq.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do Brasil</a></li>
   </ul>
 
 </div>

Index: links/links.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/links/links.html,v
retrieving revision 1.143
retrieving revision 1.144
diff -u -b -r1.143 -r1.144
--- links/links.html    30 Jan 2008 22:11:17 -0000      1.143
+++ links/links.html    20 Mar 2008 13:56:21 -0000      1.144
@@ -398,7 +398,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/01/30 22:11:17 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:21 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -417,8 +417,8 @@
 <li><a href="/links/links.fr.html">Fran&#x00e7;ais</a>&nbsp;[fr]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/links/links.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/links/links.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/links/links.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 </ul>
 </div>
 

Index: people/people.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/people/people.html,v
retrieving revision 1.219
retrieving revision 1.220
diff -u -b -r1.219 -r1.220
--- people/people.html  8 Mar 2008 20:00:24 -0000       1.219
+++ people/people.html  20 Mar 2008 13:56:31 -0000      1.220
@@ -1761,7 +1761,7 @@
       <p>
          Updated:
          <!-- timestamp start -->
-         $Date: 2008/03/08 20:00:24 $
+         $Date: 2008/03/20 13:56:31 $
          <!-- timestamp end -->
       </p>
    </div>
@@ -1777,8 +1777,8 @@
 <li><a href="/people/people.cs.html">Czech</a>&nbsp;[cs]</li>
 <!-- English -->
 <li><a href="/people/people.html">English</a>&nbsp;[en]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/people/people.pt.html">Portuguese</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/people/people.pt-br.html">portugu&ecirc;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 </ul>
     <!-- Please keep this list alphabetical -->
 </div>

Index: people/speakers.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/people/speakers.html,v
retrieving revision 1.58
retrieving revision 1.59
diff -u -b -r1.58 -r1.59
--- people/speakers.html        8 Feb 2008 12:31:15 -0000       1.58
+++ people/speakers.html        20 Mar 2008 13:56:31 -0000      1.59
@@ -608,7 +608,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/02/08 12:31:15 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:31 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 
@@ -620,8 +620,8 @@
 <li><a href="/people/speakers.ca.html">Catalan</a>&nbsp;[ca]</li>
 <!-- English -->
 <li><a href="/people/speakers.html">English</a>&nbsp;[en]</li>
-<!-- Portugese -->
-<li><a href="/people/speakers.pt.html">Portuguese</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portugese -->
+<li><a href="/people/speakers.pt-br.html">portugu&ecirc;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Spanish-->
 <li><a href="/people/speakers.es.html">Spanish</a>&nbsp;[es]</li>
 </ul>

Index: philosophy/.symlinks
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/.symlinks,v
retrieving revision 1.26
retrieving revision 1.27
diff -u -b -r1.26 -r1.27
--- philosophy/.symlinks        7 Feb 2008 11:16:35 -0000       1.26
+++ philosophy/.symlinks        20 Mar 2008 13:56:36 -0000      1.27
@@ -3,7 +3,7 @@
 ../licenses/license-list.html license-list.html
 ../licenses/license-list.ja.html license-list.ja.html
 ../licenses/license-list.pl.html license-list.pl.html
-../licenses/license-list.pt.html license-list.pt.html
+../licenses/license-list.pt-br.html license-list.pt-br.html
 ../licenses/license-list.ru.html license-list.ru.html
 ../licenses/why-gfdl.html why-gfdl.html
 ../licenses/why-gfdl.pl.html why-gfdl.pl.html

Index: philosophy/basic-freedoms.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/basic-freedoms.html,v
retrieving revision 1.21
retrieving revision 1.22
diff -u -b -r1.21 -r1.22
--- philosophy/basic-freedoms.html      17 Dec 2007 21:17:42 -0000      1.21
+++ philosophy/basic-freedoms.html      20 Mar 2008 13:56:36 -0000      1.22
@@ -78,7 +78,7 @@
 <!-- Please make sure the copyright date is consistent with the document -->
 <!-- and that it is like this "2001, 2002" not this "2001-2002." -->
 </div><!-- for id="content", starts in the include above -->
-<!--#include virtual="/server/footer-min.html" -->
+<!--#include virtual="/server/footer.html" -->
 <div id="footer">
 
 <p>
@@ -87,7 +87,7 @@
 There are also <a href="/contact/">other ways to contact</a> 
 the FSF.
 <br />
-Please send broken links and other corrections (or suggestions) to
+Please send broken links and other corrections or suggestions to
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
 </p>
 
@@ -111,7 +111,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/12/17 21:17:42 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:36 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -155,8 +155,8 @@
 <li><a href="/philosophy/basic-freedoms.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/basic-freedoms.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a 
href="/philosophy/basic-freedoms.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/basic-freedoms.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Russian -->
 <li><a 
href="/philosophy/basic-freedoms.ru.html">&#x0420;&#x0443;&#x0441;&#x0441;&#x043a;&#x0438;&#x0439;</a>&nbsp;[ru]</li>
 </ul>

Index: philosophy/bsd.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/bsd.html,v
retrieving revision 1.21
retrieving revision 1.22
diff -u -b -r1.21 -r1.22
--- philosophy/bsd.html 19 Jun 2007 00:03:02 -0000      1.21
+++ philosophy/bsd.html 20 Mar 2008 13:56:37 -0000      1.22
@@ -160,7 +160,7 @@
 There are also <a href="/contact/">other ways to contact</a> 
 the FSF.
 <br />
-Please send broken links and other corrections (or suggestions) to
+Please send broken links and other corrections or suggestions to
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
 </p>
 
@@ -183,7 +183,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/06/19 00:03:02 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:37 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -223,8 +223,8 @@
 <li><a href="/philosophy/bsd.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/bsd.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/philosophy/bsd.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/bsd.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Russian -->
 <li><a 
href="/philosophy/bsd.ru.html">&#1056;&#1091;&#1089;&#1089;&#1082;&#1080;&#1081;</a>&nbsp;[ru]</li>
 </ul>

Index: philosophy/categories.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/categories.html,v
retrieving revision 1.46
retrieving revision 1.47
diff -u -b -r1.46 -r1.47
--- philosophy/categories.html  3 Dec 2007 02:10:37 -0000       1.46
+++ philosophy/categories.html  20 Mar 2008 13:56:37 -0000      1.47
@@ -395,7 +395,7 @@
 There are also <a href="/contact/">other ways to contact</a> 
 the FSF.
 <br />
-Please send broken links and other corrections (or suggestions) to
+Please send broken links and other corrections or suggestions to
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
 </p>
 
@@ -418,7 +418,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/12/03 02:10:37 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:37 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -464,8 +464,8 @@
 <li><a href="/philosophy/categories.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/categories.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/philosophy/categories.pt.html">Português</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/categories.pt-br.html">portugu&ecirc;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Romanian  -->
 <li><a 
href="/philosophy/categories.ro.html">Rom&#x00e2;n&#x0103;</a>&nbsp;[ro]</li>
 <!-- Russian -->

Index: philosophy/copyright-and-globalization.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/copyright-and-globalization.html,v
retrieving revision 1.15
retrieving revision 1.16
diff -u -b -r1.15 -r1.16
--- philosophy/copyright-and-globalization.html 19 Jun 2007 00:03:02 -0000      
1.15
+++ philosophy/copyright-and-globalization.html 20 Mar 2008 13:56:37 -0000      
1.16
@@ -1268,7 +1268,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/06/19 00:03:02 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:37 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -1300,8 +1300,8 @@
 <li><a 
href="/philosophy/copyright-and-globalization.fr.html">Fran&#x00e7;ais</a>&nbsp;[fr]</li>
 <!-- Italian -->
 <li><a 
href="/philosophy/copyright-and-globalization.it.html">Italiano</a>&nbsp;[it]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a 
href="/philosophy/copyright-and-globalization.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a 
href="/philosophy/copyright-and-globalization.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 </ul>
 </div>
 </div>

Index: philosophy/drdobbs-letter.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/drdobbs-letter.html,v
retrieving revision 1.15
retrieving revision 1.16
diff -u -b -r1.15 -r1.16
--- philosophy/drdobbs-letter.html      19 Jun 2007 00:03:01 -0000      1.15
+++ philosophy/drdobbs-letter.html      20 Mar 2008 13:56:38 -0000      1.16
@@ -87,7 +87,7 @@
 There are also <a href="/contact/">other ways to contact</a> 
 the FSF.
 <br />
-Please send broken links and other corrections (or suggestions) to
+Please send broken links and other corrections or suggestions to
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
 </p>
 
@@ -109,7 +109,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/06/19 00:03:01 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:38 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -139,8 +139,8 @@
 <li><a 
href="/philosophy/drdobbs-letter.fr.html">Fran&#x00e7;ais</a>&nbsp;[fr]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/drdobbs-letter.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a 
href="/philosophy/drdobbs-letter.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/drdobbs-letter.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Chinese (Simplified) -->
 <li><a 
href="/philosophy/drdobbs-letter.zh-cn.html">&#x7b80;&#x4f53;&#x4e2d;&#x6587;</a>&nbsp;[zh-cn]</li>
 <!-- Chinese (Traditional) -->

Index: philosophy/enforcing-gpl.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/enforcing-gpl.html,v
retrieving revision 1.19
retrieving revision 1.20
diff -u -b -r1.19 -r1.20
--- philosophy/enforcing-gpl.html       19 Jun 2007 00:03:01 -0000      1.19
+++ philosophy/enforcing-gpl.html       20 Mar 2008 13:56:38 -0000      1.20
@@ -235,7 +235,7 @@
 There are also <a href="/contact/">other ways to contact</a> 
 the FSF.
 <br />
-Please send broken links and other corrections (or suggestions) to
+Please send broken links and other corrections or suggestions to
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
 </p>
 
@@ -256,7 +256,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/06/19 00:03:01 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:38 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -298,8 +298,8 @@
 <li><a href="/philosophy/enforcing-gpl.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/enforcing-gpl.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a 
href="/philosophy/enforcing-gpl.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/enforcing-gpl.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Russian -->
 <li><a 
href="/philosophy/enforcing-gpl.ru.html">&#1056;&#1091;&#1089;&#1089;&#1082;&#1080;&#1081;</a>&nbsp;[ru]</li>
 </ul>

Index: philosophy/fighting-software-patents.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/fighting-software-patents.html,v
retrieving revision 1.18
retrieving revision 1.19
diff -u -b -r1.18 -r1.19
--- philosophy/fighting-software-patents.html   22 Sep 2007 15:22:28 -0000      
1.18
+++ philosophy/fighting-software-patents.html   20 Mar 2008 13:56:38 -0000      
1.19
@@ -90,10 +90,9 @@
 <p>
 Please send FSF &amp; GNU inquiries to 
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.  There are
-also <a href="http://www.fsf.org/about/contact.html";>other ways to
-contact</a> the FSF.
+also <a href="/contact/">other ways to contact</a> the FSF.
 <br />
-Please send broken links and other corrections (or suggestions) to
+Please send broken links and other corrections or suggestions to
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
 </p>
 
@@ -115,7 +114,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/09/22 15:22:28 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:38 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -142,8 +141,8 @@
 <li><a 
href="/philosophy/fighting-software-patents.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a 
href="/philosophy/fighting-software-patents.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!--Portuguese -->
-<li><a 
href="/philosophy/fighting-software-patents.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/fighting-software-patents.pt-br.html">portugu&#x0ea;s 
do Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Tamil -->
 <li><a 
href="/philosophy/fighting-software-patents.ta.html">&#2980;&#2990;&#3007;&#2996;&#3021;</a>&nbsp;[ta]</li>
 </ul>

Index: philosophy/free-doc.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/free-doc.html,v
retrieving revision 1.22
retrieving revision 1.23
diff -u -b -r1.22 -r1.23
--- philosophy/free-doc.html    7 Jul 2007 18:32:26 -0000       1.22
+++ philosophy/free-doc.html    20 Mar 2008 13:56:39 -0000      1.23
@@ -148,10 +148,9 @@
 <p>
 Please send FSF &amp; GNU inquiries to 
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.  There are
-also <a href="http://www.fsf.org/about/contact.html";>other ways to
-contact</a> the FSF.  
+also <a href="/contact/">other ways to contact</a> the FSF.
 <br /> 
-Please send broken links and other corrections (or suggestions)
+Please send broken links and other corrections or suggestions
 to <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
 </p>
 
@@ -167,7 +166,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/07/07 18:32:26 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:39 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -220,8 +219,8 @@
 <li><a href="/philosophy/free-doc.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/free-doc.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/philosophy/free-doc.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/free-doc.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Romanian -->
 <li><a 
href="/philosophy/free-doc.ro.html">Rom&#x00e2;n&#x0103;</a>&nbsp;[ro]</li>
 <!-- Russian -->

Index: philosophy/free-sw.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/free-sw.html,v
retrieving revision 1.70
retrieving revision 1.71
diff -u -b -r1.70 -r1.71
--- philosophy/free-sw.html     9 Mar 2008 23:02:18 -0000       1.70
+++ philosophy/free-sw.html     20 Mar 2008 13:56:39 -0000      1.71
@@ -277,10 +277,10 @@
 <p>
 Please send FSF &amp; GNU inquiries to 
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
-There are also <a href="http://www.fsf.org/about/contact.html";>other ways to 
contact</a> 
+There are also <a href="/contact/">other ways to contact</a> 
 the FSF.
 <br />
-Please send broken links and other corrections (or suggestions) to
+Please send broken links and other corrections or suggestions to
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
 </p>
 
@@ -304,7 +304,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/03/09 23:02:18 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:39 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -379,8 +379,8 @@
 <li><a href="/philosophy/free-sw.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/free-sw.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/philosophy/free-sw.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/free-sw.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Romanian -->
 <li><a 
href="/philosophy/free-sw.ro.html">Rom&#x00e2;n&#x0103;</a>&nbsp;[ro]</li>
 <!-- Russian -->

Index: philosophy/freedom-or-power.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/freedom-or-power.html,v
retrieving revision 1.18
retrieving revision 1.19
diff -u -b -r1.18 -r1.19
--- philosophy/freedom-or-power.html    19 Jun 2007 00:03:00 -0000      1.18
+++ philosophy/freedom-or-power.html    20 Mar 2008 13:56:39 -0000      1.19
@@ -118,7 +118,7 @@
 There are also <a href="/contact/">other ways to contact</a> 
 the FSF.
 <br />
-Please send broken links and other corrections (or suggestions) to
+Please send broken links and other corrections or suggestions to
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
 </p>
 
@@ -139,7 +139,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/06/19 00:03:00 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:39 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -181,8 +181,8 @@
 <li><a 
href="/philosophy/freedom-or-power.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/freedom-or-power.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a 
href="/philosophy/freedom-or-power.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/freedom-or-power.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 </ul>
 </div>
 </div>

Index: philosophy/gnutella.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/gnutella.html,v
retrieving revision 1.32
retrieving revision 1.33
diff -u -b -r1.32 -r1.33
--- philosophy/gnutella.html    19 Jun 2007 00:03:00 -0000      1.32
+++ philosophy/gnutella.html    20 Mar 2008 13:56:39 -0000      1.33
@@ -70,7 +70,7 @@
 <!-- Please make sure the copyright date is consistent with the document -->
 <!-- and that it is like this "2001, 2002" not this "2001-2002." -->
 </div><!-- for id="content", starts in the include above -->
-<!--#include virtual="/server/footer-short.html" -->
+<!--#include virtual="/server/footer.html" -->
 <div id="footer">
 
 <p>
@@ -79,7 +79,7 @@
 There are also <a href="/contact/">other ways to contact</a> 
 the FSF.
 <br />
-Please send broken links and other corrections (or suggestions) to
+Please send broken links and other corrections or suggestions to
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
 </p>
 
@@ -102,7 +102,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/06/19 00:03:00 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:39 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -148,8 +148,8 @@
 <li><a href="/philosophy/gnutella.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/gnutella.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portugese -->
-<li><a href="/philosophy/gnutella.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portugese -->
+<li><a href="/philosophy/gnutella.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Romamian -->
 <li><a 
href="/philosophy/gnutella.ro.html">Rom&#x00e2;n&#x00e3;</a>&nbsp;[ro]</li>
 <!-- Russian -->

Index: philosophy/gpl-american-way.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/gpl-american-way.html,v
retrieving revision 1.19
retrieving revision 1.20
diff -u -b -r1.19 -r1.20
--- philosophy/gpl-american-way.html    19 Jun 2007 00:03:00 -0000      1.19
+++ philosophy/gpl-american-way.html    20 Mar 2008 13:56:40 -0000      1.20
@@ -146,7 +146,7 @@
 There are also <a href="/contact">other ways to contact</a> 
 the FSF.
 <br />
-Please send broken links and other corrections (or suggestions) to
+Please send broken links and other corrections or suggestions to
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
 </p>
 
@@ -168,7 +168,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/06/19 00:03:00 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:40 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -204,8 +204,8 @@
 <li><a 
href="/philosophy/gpl-american-way.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/gpl-american-way.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a 
href="/philosophy/gpl-american-way.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/gpl-american-way.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 </ul>
 
 </div>

Index: philosophy/hague.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/hague.html,v
retrieving revision 1.23
retrieving revision 1.24
diff -u -b -r1.23 -r1.24
--- philosophy/hague.html       28 Dec 2007 20:22:59 -0000      1.23
+++ philosophy/hague.html       20 Mar 2008 13:56:40 -0000      1.24
@@ -242,13 +242,13 @@
 There are also <a href="/contact/">other ways to contact</a> 
 the FSF.
 <br />
-Please send broken links and other corrections (or suggestions) to
+Please send broken links and other corrections or suggestions to
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
 </p>
 
 <p>
 Please see the 
-<a href="/server/standards/README.translations.">Translations
+<a href="/server/standards/README.translations.html">Translations
 README</a> for information on coordinating and submitting
 translations of this article.
 </p>
@@ -267,7 +267,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/12/28 20:22:59 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:40 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -304,8 +304,8 @@
 <li><a href="/philosophy/hague.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/hague.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/philosophy/hague.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/hague.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 </ul>
 </div>
 </div>

Index: philosophy/no-word-attachments.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/no-word-attachments.html,v
retrieving revision 1.52
retrieving revision 1.53
diff -u -b -r1.52 -r1.53
--- philosophy/no-word-attachments.html 10 Dec 2007 00:30:48 -0000      1.52
+++ philosophy/no-word-attachments.html 20 Mar 2008 13:56:40 -0000      1.53
@@ -282,7 +282,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/12/10 00:30:48 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:40 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -333,8 +333,8 @@
 <li><a href="/philosophy/no-word-attachments.nb.html">Norsk 
(bokmål)</a>&nbsp;[nb]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/no-word-attachments.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portugese -->
-<li><a 
href="/philosophy/no-word-attachments.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portugese -->
+<li><a href="/philosophy/no-word-attachments.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Romanian -->
 <li><a 
href="/philosophy/no-word-attachments.ro.html">Rom&#x0e2;n&#x103;</a>&nbsp;[ro]</li>
 </ul>

Index: philosophy/philosophy.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/philosophy.html,v
retrieving revision 1.268
retrieving revision 1.269
diff -u -b -r1.268 -r1.269
--- philosophy/philosophy.html  14 Mar 2008 21:44:35 -0000      1.268
+++ philosophy/philosophy.html  20 Mar 2008 13:56:41 -0000      1.269
@@ -965,7 +965,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/03/14 21:44:35 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:41 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -1034,8 +1034,8 @@
 <li><a href="/philosophy/philosophy.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/philosophy.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/philosophy/philosophy.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/philosophy.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Romanian -->
 <li><a 
href="/philosophy/philosophy.ro.html">Rom&#x00e2;n&#x0103;</a>&nbsp;[ro]</li>
 <!-- Russian -->

Index: philosophy/pragmatic.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/pragmatic.html,v
retrieving revision 1.25
retrieving revision 1.26
diff -u -b -r1.25 -r1.26
--- philosophy/pragmatic.html   19 Jun 2007 10:44:36 -0000      1.25
+++ philosophy/pragmatic.html   20 Mar 2008 13:56:41 -0000      1.26
@@ -187,7 +187,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/06/19 10:44:36 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:41 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -238,8 +238,8 @@
 <li><a href="/philosophy/pragmatic.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/pragmatic.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/philosophy/pragmatic.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/pragmatic.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Russian -->
 <li><a 
href="/philosophy/pragmatic.ru.html">&#x0420;&#x0443;&#x0441;&#x0441;&#x043a;&#x0438;&#x0439;</a>&nbsp;[ru]</li>
 </ul>

Index: philosophy/protecting.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/protecting.html,v
retrieving revision 1.19
retrieving revision 1.20
diff -u -b -r1.19 -r1.20
--- philosophy/protecting.html  19 Jun 2007 00:02:58 -0000      1.19
+++ philosophy/protecting.html  20 Mar 2008 13:56:41 -0000      1.20
@@ -54,7 +54,7 @@
 <!-- Please make sure the copyright date is consistent with the document -->
 <!-- and that it is like this "2001, 2002" not this "2001-2002." -->
 </div><!-- for id="content", starts in the include above -->
-<!--#include virtual="/server/footer-short.html" -->
+<!--#include virtual="/server/footer.html" -->
 <div id="footer">
 
 <p>
@@ -86,7 +86,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/06/19 00:02:58 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:41 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -126,8 +126,8 @@
 <li><a href="/philosophy/protecting.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/protecting.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/philosophy/protecting.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/protecting.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Russian -->
 <li><a 
href="/philosophy/protecting.ru.html">&#x0420;&#x0443;&#x0441;&#x0441;&#x043a;&#x0438;&#x0439;</a>&nbsp;[ru]</li>
 <!-- Chinese(Simplified) -->

Index: philosophy/right-to-read.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/right-to-read.html,v
retrieving revision 1.34
retrieving revision 1.35
diff -u -b -r1.34 -r1.35
--- philosophy/right-to-read.html       19 Feb 2008 17:50:31 -0000      1.34
+++ philosophy/right-to-read.html       20 Mar 2008 13:56:42 -0000      1.35
@@ -357,7 +357,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/02/19 17:50:31 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:42 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -406,8 +406,8 @@
 <li><a href="/philosophy/right-to-read.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/right-to-read.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a 
href="/philosophy/right-to-read.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/right-to-read.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Russian -->
 <li><a 
href="/philosophy/right-to-read.ru.html">&#x0420;&#x0443;&#x0441;&#x0441;&#x043a;&#x0438;&#x0439;</a>&nbsp;[ru]</li>
 <!-- Slovenian -->

Index: philosophy/rtlinux-patent.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/rtlinux-patent.html,v
retrieving revision 1.13
retrieving revision 1.14
diff -u -b -r1.13 -r1.14
--- philosophy/rtlinux-patent.html      19 Jun 2007 00:02:58 -0000      1.13
+++ philosophy/rtlinux-patent.html      20 Mar 2008 13:56:42 -0000      1.14
@@ -60,7 +60,7 @@
 
 </div>
 
-<!--#include virtual="/server/footer-short.html" -->
+<!--#include virtual="/server/footer.html" -->
 <div id="footer">
 
 <p>
@@ -91,7 +91,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/06/19 00:02:58 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:42 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -118,8 +118,8 @@
 <li><a href="/philosophy/rtlinux-patent.html">English</a>&nbsp;[en]</li>
 <!-- French -->
 <li><a 
href="/philosophy/rtlinux-patent.fr.html">Fran&#x00e7;ais</a>&nbsp;[fr]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a 
href="/philosophy/rtlinux-patent.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/rtlinux-patent.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 </ul>
 </div>
 </div>

Index: philosophy/selling.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/selling.html,v
retrieving revision 1.25
retrieving revision 1.26
diff -u -b -r1.25 -r1.26
--- philosophy/selling.html     19 Jun 2007 11:57:43 -0000      1.25
+++ philosophy/selling.html     20 Mar 2008 13:56:42 -0000      1.26
@@ -219,7 +219,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/06/19 11:57:43 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:42 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -263,8 +263,8 @@
 <li><a href="/philosophy/selling.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/selling.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/philosophy/selling.pt.html">Português</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/selling.pt-br.html">portugu&ecirc;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Romanian -->
 <li><a 
href="/philosophy/selling.ro.html">Rom&#x00e2;n&#x0103;</a>&nbsp;[ro]</li>
 <!-- Russian -->

Index: philosophy/shouldbefree.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/shouldbefree.html,v
retrieving revision 1.29
retrieving revision 1.30
diff -u -b -r1.29 -r1.30
--- philosophy/shouldbefree.html        19 Sep 2007 17:52:27 -0000      1.29
+++ philosophy/shouldbefree.html        20 Mar 2008 13:56:43 -0000      1.30
@@ -878,7 +878,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/09/19 17:52:27 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:43 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -920,14 +920,14 @@
 <li><a href="/philosophy/shouldbefree.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/shouldbefree.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a 
href="/philosophy/shouldbefree.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/shouldbefree.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Russian -->
 <li><a 
href="/philosophy/shouldbefree.ru.html">&#x0420;&#x0443;&#x0441;&#x0441;&#x043a;&#x0438;&#x0439;</a>&nbsp;[ru]</li>
 <!-- Serbian -->
+<li><a 
href="/philosophy/shouldbefree.sr.html">&#x0421;&#x0440;&#x043f;&#x0441;&#x043a;&#x0438;</a>&nbsp;[sr]</li>
 <!-- Tamil -->
 <li><a 
href="/philosophy/shouldbefree.ta.html">&#2980;&#2990;&#3007;&#2996;&#3021;</a>&nbsp;[ta]</li>
-<li><a 
href="/philosophy/shouldbefree.sr.html">&#x0421;&#x0440;&#x043f;&#x0441;&#x043a;&#x0438;</a>&nbsp;[sr]</li>
 <!-- Chinese(Simplified) -->
 <li><a 
href="/philosophy/shouldbefree.zh-cn.html">&#x7b80;&#x4f53;&#x4e2d;&#x6587;</a>&nbsp;[zh-cn]</li>
 <!-- Chinese(Traditional) -->

Index: philosophy/university.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/university.html,v
retrieving revision 1.27
retrieving revision 1.28
diff -u -b -r1.27 -r1.28
--- philosophy/university.html  19 Jun 2007 00:02:57 -0000      1.27
+++ philosophy/university.html  20 Mar 2008 13:56:43 -0000      1.28
@@ -128,10 +128,10 @@
 <p>
 Please send FSF &amp; GNU inquiries to 
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
-There are also <a href="http://www.fsf.org/about/contact.html";>other ways to 
contact</a> 
+There are also <a href="/contact/">other ways to contact</a> 
 the FSF.
 <br />
-Please send broken links and other corrections (or suggestions) to
+Please send broken links and other corrections or suggestions to
 <a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
 </p>
 
@@ -143,7 +143,7 @@
 </p>
 
 <p>
-Copyright (C) 2002 Richard Stallman
+Copyright &copy; 2002 Richard Stallman
 <br />
 Verbatim copying and distribution of this entire article is
 permitted in any medium without royalty provided this notice is 
@@ -153,7 +153,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/06/19 00:02:57 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:43 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -184,28 +184,28 @@
 <li><a href="/philosophy/university.ca.html">Catal&#x00e0;</a>&nbsp;[ca]</li>
 
 <!-- Czech -->
-<li><a href="/copyleft/copyleft.cs.html">&#x010c;esky</a>&nbsp;[cs]</li>
+<li><a href="/philosophy/university.cs.html">&#x010c;esky</a>&nbsp;[cs]</li>
 
 <!-- English -->
-<li><a href="/copyleft/copyleft.html">English</a>&nbsp;[en]</li>
+<li><a href="/philosophy/university.html">English</a>&nbsp;[en]</li>
 
 <!-- Spanish -->
-<li><a href="/copyleft/copyleft.es.html">Espa&#x00f1;ol</a>&nbsp;[es]</li>
+<li><a href="/philosophy/university.es.html">Espa&#x00f1;ol</a>&nbsp;[es]</li>
 
 <!-- French -->
-<li><a href="/copyleft/copyleft.fr.html">Fran&#x00e7;ais</a>&nbsp;[fr]</li>
+<li><a href="/philosophy/university.fr.html">Fran&#x00e7;ais</a>&nbsp;[fr]</li>
 
 <!-- Italian -->
-<li><a href="/copyleft/copyleft.it.html">Italiano</a>&nbsp;[it]</li>
+<li><a href="/philosophy/university.it.html">Italiano</a>&nbsp;[it]</li>
 
 <!-- Dutch -->
 <li><a href="/philosophy/university.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 
 <!-- Polish -->
-<li><a href="/copyleft/copyleft.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
+<li><a href="/philosophy/university.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
 
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/copyleft/copyleft.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/university.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 </ul>
 </div>
 </div>

Index: philosophy/why-free.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/why-free.html,v
retrieving revision 1.42
retrieving revision 1.43
diff -u -b -r1.42 -r1.43
--- philosophy/why-free.html    6 Mar 2008 21:28:29 -0000       1.42
+++ philosophy/why-free.html    20 Mar 2008 13:56:43 -0000      1.43
@@ -357,7 +357,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/03/06 21:28:29 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:43 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -413,8 +413,8 @@
 <li><a href="/philosophy/why-free.nl.html">Nederlands</a>&nbsp;[nl]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/why-free.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/philosophy/why-free.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/why-free.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Russian -->
 <li><a 
href="/philosophy/why-free.ru.html">&#x0420;&#x0443;&#x0441;&#x0441;&#x043a;&#x0438;&#x0439;</a>&nbsp;[ru]</li>
 <!-- Tamil -->

Index: philosophy/words-to-avoid.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/philosophy/words-to-avoid.html,v
retrieving revision 1.89
retrieving revision 1.90
diff -u -b -r1.89 -r1.90
--- philosophy/words-to-avoid.html      14 Mar 2008 14:39:43 -0000      1.89
+++ philosophy/words-to-avoid.html      20 Mar 2008 13:56:44 -0000      1.90
@@ -615,7 +615,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/03/14 14:39:43 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:44 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -653,8 +653,8 @@
 <li><a 
href="/philosophy/words-to-avoid.ja.html">&#x65e5;&#x672c;&#x8a9e;</a>&nbsp;[ja]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/philosophy/words-to-avoid.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a 
href="/philosophy/words-to-avoid.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/philosophy/words-to-avoid.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Romanian -->
 <li><a 
href="/philosophy/words-to-avoid.ro.html">Rom&#x00e2;n&#x0103;</a>&nbsp;[ro]</li>
 <!-- Russian -->

Index: press/.symlinks
===================================================================
RCS file: /web/www/www/press/.symlinks,v
retrieving revision 1.3
retrieving revision 1.4
diff -u -b -r1.3 -r1.4
--- press/.symlinks     12 Oct 2001 00:22:17 -0000      1.3
+++ press/.symlinks     20 Mar 2008 13:56:50 -0000      1.4
@@ -1,5 +1,5 @@
 press.html index.html
 2001-09-18-RTLinux.txt 2001-09-14-RTLinux.txt
 2001-09-18-RTLinux.html 2001-09-14-RTLinux.html 
-2001-09-18-RTLinux.pt.txt 2001-09-14-RTLinux.pt.txt
-2001-09-18-RTLinux.pt.html 2001-09-14-RTLinux.pt.html 
+2001-09-18-RTLinux.pt-br.txt 2001-09-14-RTLinux.pt-br.txt
+2001-09-18-RTLinux.pt-br.html 2001-09-14-RTLinux.pt-br.html 

Index: press/2001-09-18-RTLinux.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/press/2001-09-18-RTLinux.html,v
retrieving revision 1.6
retrieving revision 1.7
diff -u -b -r1.6 -r1.7
--- press/2001-09-18-RTLinux.html       5 May 2005 19:37:19 -0000       1.6
+++ press/2001-09-18-RTLinux.html       20 Mar 2008 13:56:51 -0000      1.7
@@ -24,7 +24,7 @@
 
 [ <A HREF="/press/2001-09-18-RTLinux.html">English</A>
 | <A HREF="/press/2001-09-18-RTLinux.ko.html">Korean</A>
-| <A HREF="/press/2001-09-18-RTLinux.pt.html">Portuguese</A>
+| <A HREF="/press/2001-09-18-RTLinux.pt-br.html">Brazilian Portuguese</A>
 ]
 
 <P>
@@ -113,7 +113,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2005/05/05 19:37:19 $ $Author: novalis $
+$Date: 2008/03/20 13:56:51 $ $Author: yavor $
 <!-- timestamp end -->
 <hr>
 </body>

Index: press/2002-03-19-Affero.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/press/2002-03-19-Affero.html,v
retrieving revision 1.5
retrieving revision 1.6
diff -u -b -r1.5 -r1.6
--- press/2002-03-19-Affero.html        5 May 2005 19:37:19 -0000       1.5
+++ press/2002-03-19-Affero.html        20 Mar 2008 13:56:53 -0000      1.6
@@ -5,7 +5,7 @@
 <center>
 [
     English | <a href="/press/2002-03-19-Affero.fr.html">French</a>
-    | <a href="/press/2002-03-19-Affero.pt.html">Portuguese</a>
+    | <a href="/press/2002-03-19-Affero.pt-br.html">Brazilian Portuguese</a>
 ]
 </center>
 
@@ -124,7 +124,7 @@
       permitted in any medium, provided this notice is preserved.
   <p>Updated:
         <!-- timestamp start -->
-$Date: 2005/05/05 19:37:19 $ $Author: novalis $
+$Date: 2008/03/20 13:56:53 $ $Author: yavor $
         <!-- timestamp end -->
        <hr></body></html>
   

Index: press/press.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/press/press.html,v
retrieving revision 1.58
retrieving revision 1.59
diff -u -b -r1.58 -r1.59
--- press/press.html    28 Jun 2007 01:01:13 -0000      1.58
+++ press/press.html    20 Mar 2008 13:56:53 -0000      1.59
@@ -363,7 +363,7 @@
     permitted in any medium, provided this notice is preserved.</p>
 
     <p>Updated: <!-- timestamp start -->
-    $Date: 2007/06/28 01:01:13 $ $Author: sinuhe $
+    $Date: 2008/03/20 13:56:53 $ $Author: yavor $
     <!-- timestamp end --></p>
 
   </div>
@@ -394,9 +394,9 @@
       <li><a href="/press/press.html">English</a></li>
       <!-- English -->
 
-      <li><a href="/press/press.pt.html">Portugu&ecirc;s</a></li>
+      <li><a href="/press/press.pt-br.html">portugu&ecirc;s do Brasil</a></li>
 
-      <!-- Portuguese -->
+      <!-- Brazilian Portuguese -->
     </ul>
   </div>
   </div>

Index: server/whatsnew.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/server/whatsnew.html,v
retrieving revision 1.364
retrieving revision 1.365
diff -u -b -r1.364 -r1.365
--- server/whatsnew.html        5 Mar 2008 20:11:22 -0000       1.364
+++ server/whatsnew.html        20 Mar 2008 13:56:59 -0000      1.365
@@ -40,7 +40,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/03/05 20:11:22 $
+$Date: 2008/03/20 13:56:59 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -70,8 +70,8 @@
 <li><a href="/server/whatsnew.it.html">Italiano</a>&nbsp;[it]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/server/whatsnew.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/server/whatsnew.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/server/whatsnew.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Serbian -->
 <li><a 
href="/server/whatsnew.sr.html">&#x0421;&#x0440;&#x043f;&#x0441;&#x043a;&#x0438;</a>&nbsp;[sr]</li>
 <!-- Tamil -->

Index: software/devel.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/software/devel.html,v
retrieving revision 1.26
retrieving revision 1.27
diff -u -b -r1.26 -r1.27
--- software/devel.html 19 Jun 2007 00:02:23 -0000      1.26
+++ software/devel.html 20 Mar 2008 13:57:04 -0000      1.27
@@ -209,7 +209,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/06/19 00:02:23 $
+$Date: 2008/03/20 13:57:04 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -239,8 +239,8 @@
 <li><a href="/software/devel.html">English</a>&nbsp;[en]</li>
 <!-- Spanish -->
 <li><a href="/software/devel.es.html">Espa&#x00f1;ol</a>&nbsp;[es]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/software/devel.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/software/devel.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Albanian -->
 <li><a href="/software/devel.sq.html">Shqip</a>&nbsp;[sq]</li>
 <!-- Chinese (Simplified) -->

Index: software/reliability.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/software/reliability.html,v
retrieving revision 1.13
retrieving revision 1.14
diff -u -b -r1.13 -r1.14
--- software/reliability.html   7 Sep 2007 01:03:45 -0000       1.13
+++ software/reliability.html   20 Mar 2008 13:57:05 -0000      1.14
@@ -124,7 +124,7 @@
 this notice, and the copyright notice, are preserved.  
 </p>
 <p>Updated: <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/09/07 01:03:45 $
+$Date: 2008/03/20 13:57:05 $
 <!-- timestamp end --></p>
 </div>
 <div id="translations">
@@ -138,7 +138,7 @@
   <li><a href="/software/reliability.id.html">Indonesian</a></li>
   <li><a href="/software/reliability.ja.html">Japanese</a></li>
   <li><a href="/software/reliability.pl.html">Polish</a></li>
-  <li><a href="/software/reliability.pt.html">Portuguese</a></li>
+  <li><a href="/software/reliability.pt-br.html">Brazilian Portuguese</a></li>
   <li><a href="/software/reliability.ru.html">Russian</a></li>
   <li><a href="/software/reliability.es.html">Spanish</a></li>
 </ul>

Index: software/year2000.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/software/year2000.html,v
retrieving revision 1.3
retrieving revision 1.4
diff -u -b -r1.3 -r1.4
--- software/year2000.html      18 Jan 2008 05:25:44 -0000      1.3
+++ software/year2000.html      20 Mar 2008 13:57:05 -0000      1.4
@@ -14,7 +14,7 @@
 [ English
 | <A HREF="/software/year2000.ko.html">Korean</A>
 | <A HREF="/software/year2000.es.html">Spanish</A>
-| <A HREF="/software/year2000.pt.html">Portuguese</A>
+| <A HREF="/software/year2000.pt-br.html">Brazilian Portuguese</A>
 ]
 
 <P>

Index: testimonials/testimonials.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/testimonials/testimonials.html,v
retrieving revision 1.32
retrieving revision 1.33
diff -u -b -r1.32 -r1.33
--- testimonials/testimonials.html      19 Jun 2007 00:04:28 -0000      1.32
+++ testimonials/testimonials.html      20 Mar 2008 13:57:10 -0000      1.33
@@ -115,7 +115,7 @@
 <p>
 Updated:
 <!-- timestamp start -->
-$Date: 2007/06/19 00:04:28 $
+$Date: 2008/03/20 13:57:10 $
 <!-- timestamp end -->
 </p>
 </div>
@@ -153,8 +153,8 @@
 <li><a href="/testimonials/testimonials.it.html">Italiano</a>&nbsp;[it]</li>
 <!-- Polish -->
 <li><a href="/testimonials/testimonials.pl.html">Polski</a>&nbsp;[pl]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a 
href="/testimonials/testimonials.pt.html">Portugu&#x0ea;s</a>&nbsp;[pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/testimonials/testimonials.pt-br.html">portugu&#x0ea;s do 
Brasil</a>&nbsp;[pt-br]</li>
 <!-- Chinese (Simplified) -->
 <li><a 
href="/testimonials/testimonials.zh-cn.html">&#x7b80;&#x4f53;&#x4e2d;&#x6587;</a>&nbsp;[zh-cn]</li>
 <!-- Chinese (Traditional) -->

Index: thankgnus/2000supporters.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/thankgnus/2000supporters.html,v
retrieving revision 1.10
retrieving revision 1.11
diff -u -b -r1.10 -r1.11
--- thankgnus/2000supporters.html       21 Apr 2006 05:15:33 -0000      1.10
+++ thankgnus/2000supporters.html       20 Mar 2008 13:57:19 -0000      1.11
@@ -14,7 +14,7 @@
 
 [
   <A HREF="http://www.gnu.org/thankgnus/2000supporters.html";>English</A>
-| <A HREF="http://www.gnu.org/thankgnus/2000supporters.pt.html";>Portuguese</A>
+| <A HREF="http://www.gnu.org/thankgnus/2000supporters.pt-br.html";>Brazilian 
Portuguese</A>
 ] 
 
 <p>
@@ -298,7 +298,7 @@
 <P>
 Updated:
 <!-- hhmts start -->
-$Date: 2006/04/21 05:15:33 $ $Author: ramprasadb $
+$Date: 2008/03/20 13:57:19 $ $Author: yavor $
 <!-- hhmts end -->
 <HR>
 </BODY>

Index: thankgnus/thankgnus.html
===================================================================
RCS file: /web/www/www/thankgnus/thankgnus.html,v
retrieving revision 1.29
retrieving revision 1.30
diff -u -b -r1.29 -r1.30
--- thankgnus/thankgnus.html    2 Jan 2008 08:50:47 -0000       1.29
+++ thankgnus/thankgnus.html    20 Mar 2008 13:57:19 -0000      1.30
@@ -81,7 +81,7 @@
 permitted worldwide, without royalty, in any medium, provided this
 notice, and the copyright notice, are preserved.</p>
 <p>Updated: <!-- timestamp start -->
-$Date: 2008/01/02 08:50:47 $ <!-- timestamp end --></p>
+$Date: 2008/03/20 13:57:19 $ <!-- timestamp end --></p>
 </div>
 <div id="translations">
 <h4>Translations of this page</h4>
@@ -117,9 +117,9 @@
 <!-- Japanese -->
 <li><a href="/thankgnus/thankgnus.ja.html" title=
 "Japanese">&#26085;&#26412;&#35486;</a> [ja]</li>
-<!-- Portuguese -->
-<li><a href="/thankgnus/thankgnus.pt.html" title=
-"Portuguese">Portugu&ecirc;s</a> [pt]</li>
+<!-- Brazilian Portuguese -->
+<li><a href="/thankgnus/thankgnus.pt-br.html" title=
+"Brazilian Portuguese">portugu&ecirc;s do Brasil</a> [pt-br]</li>
 <!-- Spanish -->
 <li><a href=
 "/thankgnus/thankgnus.es.html">Spanish</a>&nbsp;[es]</li>

Index: events.pt-br.html
===================================================================
RCS file: events.pt-br.html
diff -N events.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ events.pt-br.html   20 Mar 2008 13:55:12 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,114 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Próximos Eventos - O Projeto GNU e a Fundação para o Software Livre 
(FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<H1>Próximos Eventos da FSF e do GNU</H1>
+
+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem da cabeça do GNU] "
+   WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>
+
+[
+  <A HREF="/events.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/events.pt-br.html">português do Brasil</A>
+
+<!-- | <A HREF="http://www.gnu.org/events.pt.html";>Portuguese</A> -->
+<!--  | <A HREF="http://www.gnu.org/events.es.html";>Spanish</A> -->
+<!-- These translations will not be up-to-date until the script is modified -->
+  ]
+
+
+<P>
+
+<H2>Informações Realcionadas</H2>
+
+<CENTER>
+<A HREF="/server/whatsnew.pt-br.html">O Que Há de Novo</A> (neste site)
+| <A HREF="/server/new-software.pt-br.html"><STRONG>Novas Versões de
+  Software</STRONG></A>
+</CENTER><BR><CENTER>
+ <A HREF="/press/press.pt-br.html"><STRONG>Informações para a 
Imprensa</STRONG></A>
+|  <A HREF="/people/speakers.pt-br.html"><STRONG>Palestrantes do 
GNU</STRONG></A>
+</CENTER>
+<P>
+
+<HR width="50%">
+
+<H2>Próximos Eventos</H2>
+
+<!-- I moved this to the front, because it's the most important thing  -->
+<!-- on this page  for people to see.  -len -->
+<!-- &lt;h3&gt;&lt;A NAME="TradeshowVolunteersNeeded"&gt;Tradeshow Volunteers 
Needed&lt;/A&gt;&lt;/h3&gt;  -->
+<!--   &lt;P&gt; -->
+
+<!-- People looking at this page want to know WHEN and WHERE the events -->
+<!-- are before anything else.  So I have revamped the list format -->
+<!-- to give that info to them prominently.  -len tower 19Feb00 -->
+<!--  -->
+<!-- rms and len say: REMOVE EVENTS that are ALREADY OVER from the listing
+     -prash -->
+<DL>
+       
+<!-- IF YOU ADD AN EVENT HERE, also add an entry to server/whatsnew.html -->
+<!-- pointing here !!! -->
+
+  
+  
+<!-- template:  -->
+<!--   &lt;DT&gt;&lt;STRONG&gt;Month day to day -->
+<!--   &lt;BR&gt; -->
+<!--   City, US State or Country&lt;/STRONG&gt; -->
+<!--   &lt;DD&gt;Description &lt;CITE&gt;Talk or Conference 
Title&lt;/CITE&gt;. -->
+<!-- &lt;blockquote&gt;&lt;strong&gt;Name of Place &lt;/STRONG&gt;&lt;BR&gt; 
-->
+<!--   street address -->
+<!--   city -->
+<!--   &lt;/blockquote&gt; -->
+<!--   The talk is opne to WHOM? -->
+<!--   &lt;P&gt; -->
+
+<!-- IF YOU ADD AN EVENT HERE, also add an entry to server/whatsnew.html -->
+<!-- pointing here !!! -->
+
+<!-- Do not edit or add items in the AUTO section; it is generated -->
+<!-- (and clobbered) each night by ~www/bin/auto-event-handle -->
+
+<!-- BEGIN AUTO-EVENTS -->
+<!-- END AUTO-EVENTS -->
+</DL>
+
+<HR>
+
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">Página Inicial do GNU</A>.
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios
+de contactar</A> a FSF.
+<P>
+
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright (C) 1999, 2000, 2001 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+<P>
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em qualquer 
meio,
+desde que esta nota seja preservada.
+
+<P>
+Traduzido por:
+Fernando Lozano <a href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</a>
+<P>
+Atualizado:
+<!-- hhmts start -->
+12 Mai 2001
+<!-- hhmts end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: gnusflashes.pt-br.include
===================================================================
RCS file: gnusflashes.pt-br.include
diff -N gnusflashes.pt-br.include
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ gnusflashes.pt-br.include   20 Mar 2008 13:55:12 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,6 @@
+<!-- DO NOT EDIT THIS FILE BY HAND -->
+<!-- SEE /server/standards/README.webmastering.html#polnews -->
+<p>Escute a entrevista de RMS para o Show de Usu&#xE1;rios GNU/Linux no <a 
href="http://www.thepodcastnetwork.com/audio/linuxuser/tpn_linuxuser_20050829_013.ogg";>formato
 OGG</a>. </p>
+<p>O Parlamento Europeu votou contra (648 a 14) uma tentativa de impor 
patentes de software na Europa!</p>
+<p>O artigo <a 
href="http://www.guardian.co.uk/online/comment/story/0,12449,1510566,00.html";>Absurdos
 das Patentes</a>, de Richard Stallman, convocando o Parlamento Europeu a 
rejeitar regras que permitam patentes de software, foi publicado no 
Guardian.</p>
+

Index: home.pt-br.shtml
===================================================================
RCS file: home.pt-br.shtml
diff -N home.pt-br.shtml
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ home.pt-br.shtml    20 Mar 2008 13:55:12 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,329 @@
+<?xml version="1.0" encoding="utf-8" ?>
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//EN"
+    "http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtd";>
+<html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml"; xml:lang="en">
+
+<head>
+<title>GNU não é Unix! - O Projeto GNU</title>
+<meta http-equiv="Content-Type" content="text/html; charset=utf-8" />
+<meta http-equiv="Keywords" content="GNU, FSF, Free Software Foundation, 
Linux, Emacs, GCC, Unix, Free Software, Operating System, GNU Kernel, HURD, GNU 
HURD" />
+<meta http-equiv="Description" content="Desde 1983, desenvolvendo o sistema 
operacional
+livre GNU, compatível com o Unix, de modo que usuários de computadores 
possam ter
+a liberdade de compartilhar e aperfeiçoar o software que eles utilizam." />
+<link rev="made" href="mailto:address@hidden"; />
+<link rel="stylesheet" type="text/css" href="/gnu.css" />
+<link rel="icon" type="image/png" href="/graphics/gnu-head-icon.png" />
+<link rel="alternate" title="RSS" href="http://www.gnu.org/rss/whatsnew.rss"; 
type="application/rss+xml" />
+</head>
+
+<!-- Please ensure that you properly nest your tags. -->
+<!-- If in doubt, use the w3c validator: this is strict xhtml -->
+<!-- Keep tables simple, and make sure they degrade properly -->
+<!-- Review the w3c accessibility guidelines when in doubt -->
+
+<body>
+
+<div style="margin-left: 5%; margin-right: 5%;">
+<table>
+  <tr>
+    <td align="left" class="fsflink">
+<a href="www.fsf.org">FSF</a> | <a href="http://www.fsfeurope.org/";>FSF 
Europe</a> | <a href="http://fsf.org.in/";>FSF India</a><br />
+    </td>
+  </tr>
+  <tr>
+    <td class="trans">
+<a href="home.html#translations">Traduções</a> desta página
+    </td>
+  </tr>
+</table>
+
+
+<table cellspacing="5" cellpadding="5">
+  <tr>
+    <td>
+<div class="center">
+<h2>O Sistema Operacional GNU</h2>
+
+<p>
+<a href="/graphics/agnuhead.html"><img src="/graphics/gnu-head-sm.jpg" 
alt="[imagem da
+cabeça de um GNU]" width="129" height="122" /></a><br />
+</p>
+
+<h3><a href="/philosophy/philosophy.pt-br.html">Livre E Pela Liberdade</a></h3>
+</div>
+
+<p>
+Bem-vido ao servidor web do Projeto GNU, <strong>www.gnu.org</strong>.
+O <a href="/gnu/thegnuproject.html">Projeto GNU</a> foi iniciado em
+1984 para desenvolver um sistema operacional completo, compatível com o Unix, 
que fosse
+<a href="philosophy/free-sw.pt-br.html">software livre</a>: o sistema GNU.
+(GNU é um acrônimo recursivo para &ldquo;GNU Não é Unix&rdquo; e é 
pronunciado como
+&ldquo;guh-noo.&rdquo;)  Variantes do sistema operacional GNU, que incluem o 
kernel
+Linux, são hoje amplamente utilizadas; embora estes sistemas sejam 
frequentemente
+chamados de &ldquo;Linux&rdquo;, eles seriam mais corretamente chamados de <a
+href="/gnu/linux-and-gnu.pt-br.html">sistemas GNU/Linux</a>.
+</p>
+
+
+<p> Este também é o site web da <a href="/fsf/fsf.pt-br.html">Fundação pelo
+Software Livre</a> (FSF).  FSF é a principal organização patrocinadora
+do Projeto GNU.  A FSF recebe poucos fundos de grandes empresas ou
+organizações de caridade.  Nós dependemos do suporte de pessoas como
+você para cumprir a missão da FSF em preservar, proteger e promover
+a liberdade de usar, estudar, copiar, modificar, e redistribuir
+software para computadores, e para defender os direitos dos usuários
+de Software Livre.
+No ano passado, 67% da nossa receita operacional veio de doadores
+individuais. Este suporte permamente a principal razão pela qual podemos
+continuar nosso trabalho. Por favor considere
+<a href="http://donate.fsf.org/";>fazer uma doação</a>,
+se tornar um <a href="http://member.fsf.org/";>
+Membro Associado da FSF</a>, <a
+href="http://www.gnu.org/doc/book13.html";>comprar uma cópia do livro
+<cite>Software Livre, Sociedade Livre</cite></a>, e/ou <a
+href="http://patron.fsf.org";>encorajar sua empresa a se tornar
+um Patrocinador Corporativo da FSF</a>.  
+</p>
+
+<p>
+A FSF suporta as <a href="/philosophy/basic-freedoms.pt-br.html">liberdades de
+expressão, de imprensa e associação</a> na Internet, <a 
href="http://www.eff.org/privnow/";>o direito de usar encriptação de software 
para comunicação privativa</a>, e
+o <a href="/philosophy/protecting.pt-br.html">direito de escrever software</a> 
sem
+interferência de monopóios privados.
+</p>
+
+<!-- Keep link lines at 72 characters or lynx will break them poorly. -->
+<!-- Obviously, we list ONLY the most useful/important URLs here. -->
+<!-- Keep it short and sweet: 3 lines and 2 columns is already enough -->
+
+<table width="100%">
+  <tr>
+    <td align="left">
+    <ul>
+      <li><a href="/provide.pt-br.html">O que fornecemos</a></li>
+      <li><a href="/philosophy/philosophy.pt-br.html">Por que 
existimos</a></li>
+      <li><a href="/gnu/gnu-history.pt-br.html">Para onde estamos indo</a></li>
+    </ul>
+    </td>
+    <td>
+    <ul>
+      <li><a href="/help/help.pt-br.html">Como você pode nos ajudar a chegar 
lá</a></li>
+      <li><a href="/people/people.pt-br.html">Quem somos nós</a></li>
+      <li><a href="/testimonials/testimonials.pt-br.html">O que usuários 
pensam do software GNU</a></li>
+    </ul>
+    </td>
+  </tr>
+</table>
+
+    </td>
+    <td class="side">
+
+<table>
+  <tr>
+    <td class="td_title">&nbsp;&nbsp;Site</td>
+  </tr>
+  <tr>
+    <td class="td_con">
+<a href="/search.html">Busca</a><br />
+<a href="/server/sitemap.html">Mapa do site</a><br />
+<a href="/links/links.pt-br.html">Links</a><br />
+<a href="/philosophy/philosophy.pt-br.html">Filosofia do GNU</a><br />
+<a href="/graphics/graphics.pt-br.html">Arte</a><br />
+<a href="/fun/humor.html">Humor</a>
+    </td>
+  </tr>
+  <tr>
+    <td class="td_title">&nbsp;&nbsp;Software</td>
+  </tr>
+  <tr>
+    <td class="td_con">
+
+<a href="http://directory.fsf.org/";>Diretório de Software Livre</a><br />
+<a href="/server/takeaction.html#directory">Adicionar ao Directório</a><br />
+<a href="http://savannah.gnu.org/";>Projetos de Desenvolvimento de 
Software</a><br />
+<a href="/doc/doc.pt-br.html">Documentação do GNU</a><br />
+<a href="/licenses/licenses.pt-br.html">Licenças</a><br />
+<a href="/software/devel.pt-br.html">Recursos para Desenvolvedores</a><br />
+<a href="/help/gethelp.pt-br.html">Ajuda sobre Software GNU</a>
+
+    </td>
+  </tr>
+  <tr>
+    <td class="td_title">&nbsp;&nbsp;Ajude a FSF!</td>
+  </tr>
+  <tr>
+    <td class="td_con">
+<a href="http://order.fsf.org/";>Compras</a><br />
+<a href="http://donate.fsf.org/";>Doações</a><br />
+<a href="http://member.fsf.org/";>Membros Associados</a><br />
+<a href="http://patron.fsf.org/";>Patrocinadores Corporativos</a><br />
+<a href="/thankgnus/thankgnus.pt-br.html">Agradecimentos aos GNUs</a><br />
+<a href="/education/education.html">GNU e Educação</a><br />
+
+    </td>
+  </tr>
+  <tr>
+    <td class="td_title">&nbsp;&nbsp;Comunidade</td>
+  </tr>
+  <tr>
+    <td class="td_con">
+<a href="/keepingup.html">Mantenha-se Atualizado</a> <a 
type="application/xml+rss"
+                                                 href="/rss/whatsnew.rss"><img 
alt="alimentador rss de notícias do GNU" 
+                                                                               
src="/graphics/xml.png"/></a><br />
+<a href="/server/list-mirrors.html">Espelhos</a><br />
+<a href="http://lists.gnu.org";>Listas de Discussão</a><br />
+<a href="/people/speakers.pt-br.html">Palestrantes do GNU</a><br />
+<a href="/gnu/gnu-user-groups.pt-br.html">Grupos de Usuários GNU</a><br />
+<a href="/press/press.html">Informações para a Imprensa</a><br />
+<a href="/brave-gnu-world/brave-gnu-world.en.html">Admirável Mundo GNU</a>
+
+    </td>
+  </tr>
+</table>
+    </td>
+  </tr>
+</table>
+
+<hr />
+
+<table>
+  <tr>
+    <td style="width: 50%;" valign="top">
+
+<h3 id="Flashes">Flashes do GNU</h3>
+
+<!-- GNUs Flash is a pun on News Flash -->
+<!-- Please don't make it GNU's Flash. -->
+
+<!-- FOR ENTRIES ADDED TO GNUs FLASHES: -->
+<!-- Please make sure an announcement is sent to address@hidden -->
+<!-- Please use the news system to manage GNUs Flashes -->
+<!-- Simply alter the file server/whatsnew.txt - the server will -->
+<!-- rebuild everything for you. -->
+<!-- See /server/standards/README.webmastering.html#polnews  -->
+<!-- for more details -->
+
+<!-- Please do not use anchor ids in this. -->
+<!-- They will be deleted and hrefs pointing at them will fail -->
+<!-- Instead use /home.html#Flashes -->
+
+<!-- rms SEZ: -->
+<!-- DO NOT MAKE THIS MORE THAN 5 LINES, AND DO NOT PUT -->
+<!-- MORE THAN 2 ITEMS HERE. -->
+
+<!--#include file="gnusflashes.pt-br.include" -->
+
+<p>
+Para outras notícias, assim como itens que apareciam antes na seção de 
flahes, veja
+<a href="/server/whatsnew.pt-br.html">O Que Há de Novo</a> no Projeto GNU.
+</p>
+
+    </td>
+    <td valign="top" style="width: 50%; border-left: #3366cc thin solid; 
padding-left: 10px;">
+<h3 id="Action"><a href="/server/takeaction.html">Parta Para a Ação</a></h3>
+
+<ul>
+<li><strong>Contribuições de longo prazo:</strong> <a
+href="/server/takeaction.html#priority">Contribua</a> com esses projetos de 
alta prioridade:
+<a href="http://r300.sf.net/";>Driver 3D para placas de vídeo ATI</a>, <a
+href="http://developer.classpath.org/mediation/OpenOffice2GCJ4";>OpenOffice.org
+2.0 com Classpath</a>, <a
+href="http://gplflash.sourceforge.net/";>GPLFlash</a>, <a
+href="http://gcc.gnu.org/java/index.html";>GNU Compiler for Java</a>,
+e <a href="http://www.gnu.org/software/classpath/";>GNU
+Classpath</a>.</li>
+<li><strong>Cidadãos Americanos:</strong>
+<a href="/server/takeaction.html#broadcast">Apóie o conhecimento público 
contra o "broadcast flag"</a></li>
+<li><strong>Todo o Mundo</strong>:
+<a href="/server/takeaction.html#wipochange">Peça ao WIPO para mudar seu nome 
e missão</a></li>
+<li><strong>Todo o Mundo</strong>:
+<a href="/server/takeaction.html#wipo">Aumente o entendimento e preocupações 
sobre
+os perigos do Tratado de do WIPO sobre Comunicação Broadcast</a></li>
+<li><strong>Na Europa</strong> :
+<a href="/server/takeaction.html#swpat">Lute contra as patentes de 
software</a></li>
+<li><strong>Cidadãos dos EUA</strong> :
+<a href="/server/takeaction.html#antidmca">
+Assine petições contra patentes de software e o DMCA</a></li>
+<li><strong>Contribuições de longo prazo</strong> :
+<a href="/server/takeaction.html#directory">
+Contribua com o Diretório de Software Livre</a></li>
+</ul>
+
+<a href="/server/takeaction.html#other">Outros itens de ação</a>
+
+    </td>
+  </tr>
+</table>
+
+<a id="translations"></a>
+<table>
+  <tr>
+    <td align="left">
+
+<hr />
+
+
+<p>
+<b>Traduções desta página</b>:<br />
+
+<!--#include file="translations.include" -->
+
+</p>
+    </td>
+  </tr>
+</table>
+
+<div class="copyright">
+<p>
+Por favor envie perguntas sobre GNU e a FSF para
+</p>
+
+<pre>
+        Free Software Foundation           Voice:  +1-617-542-5942
+        51 Franklin St, Fifth Floor        Fax:    +1-617-542-2652
+        Boston MA 02110-1301 USA           E-Mail: <a 
href="mailto:address@hidden";>address@hidden</a>
+</pre>
+
+<p>
+Por favor comunique links quebrados e outros erros ou sugestões sobre nossas
+páginas para
+</p>
+
+<pre>
+        <a href="/people/webmeisters.html">Os Webmasters do GNU</a> 
+       <a href="mailto:address@hidden";>address@hidden</a>
+</pre>
+
+<p>
+Por favor veja o
+<a href="/server/standards/README.translations.html">LEIA-ME de Traduções</a>
+para informaçoes sobre coordenação e submissão de traduções.
+</p>
+
+<p>
+Copyright &copy; 1996, 1997, 1998, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2005 
+Free Software Foundation, Inc., 51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, 
+MA 02110, USA
+<br />
+A cópia fiel e distribuição deste artigo em sua totalidade é
+permitida em todo o mundo, sem royalties, em qualquer meio,
+desde que esta nota seja preservada.
+</p>
+
+<p>
+Atualizado:
+<!-- timestamp start -->
+$Date: 2008/03/20 13:55:12 $ $Author: yavor $
+<!-- timestamp end -->
+</p>
+<p> Traduzido originalmente por
+<a href="mailto:address@hidden";>Andre Zelenkovas</a>
+</p>
+<p> Tradução mantida por
+<a href="mailto:address@hidden";>Fernando Lozano</a>
+</p>
+</div>
+
+</div>
+</body>
+</html>

Index: provide.pt-br.html
===================================================================
RCS file: provide.pt-br.html
diff -N provide.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ provide.pt-br.html  20 Mar 2008 13:55:12 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,73 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">

+<HTML>

+<HEAD>

+<TITLE>O que nós fornecemos - O Projeto GNU e a Fundação para o Software Livre 
(FSF)</TITLE>

+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>

+<LINK REV="translated" HREF="mailto:address@hidden";>

+</HEAD>

+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">

+<H3>O que nós fornecemos</H3>

+

+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"

+   ALT=" [imagem da cabeça de um GNU] "

+   WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>

+[

+  <A HREF="provide.ca.html">Catalão</A>

+| <A HREF="provide.es.html">Espanhol</A>

+| <A HREF="provide.html">Inglês</A>

+| <A HREF="provide.it.html">Italiano</A>

+| <A HREF="provide.ja.html">Japonês</A>

+| <A HREF="provide.pt-br.html">português do Brasil</A>

+| <A HREF="provide.tr.html">Turco</A>

+]

+<P>

+

+O que nós fornecemos...

+

+<UL>

+  <LI><A HREF="/software/software.html">Software</A>

+  <LI><A HREF="/doc/doc.html">Documentação</A>

+  <LI><A HREF="/order/t-shirts.html">Camisetas</A>

+</UL>

+

+Como obter o que nós fornecemos.. 

+

+<UL>

+  <LI><A HREF="/order/deluxe.html">Distribuições de luxo</A>

+  <LI><A HREF="/order/order.html">Comprando</A>

+  <LI><A HREF="/order/ftp.html">Como obter o software GNU</A>

+</UL>

+

+<HR>

+

+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">Página Inicial do GNU</A>.

+<P>

+

+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para 

+

+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.

+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de contactar</A> 
a FSF.

+<P>

+

+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para

+

+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,

+envie outras questões para

+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.

+<P>

+Copyright (C) 1999 Free Software Foundation, Inc.,

+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA

+<P>

+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em qualquer

+meio, desde que esta nota seja preservada.

+

+<P>Atualizado:

+<!-- hhmts start -->

+21 Jan 2001 fsl

+<!-- hhmts end -->

+<P>

+Traduzido por: Fernando Lozano

+<A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>

+<HR>

+</BODY>

+</HTML>


Index: award/2000/2000.pt-br.html
===================================================================
RCS file: award/2000/2000.pt-br.html
diff -N award/2000/2000.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ award/2000/2000.pt-br.html  20 Mar 2008 13:55:29 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,143 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//EN">

+<HTML>

+<HEAD>

+<TITLE>Prêmio Pelo Avanço do Software Livre (2000) O Projeto GNU e a Fundação 
para o Livre (FSF)</TITLE>

+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>

+</HEAD>

+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">

+<H3>Prêmio Pelo Avanço do Software Livre - 2000</H3>

+

+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"

+   ALT=" [imagem da cabeça de um GNU] "

+   WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>

+

+

+<!-- Please keep this list alphabetical!!!  -->

+[

+  <A HREF="/award/2000/2000.de.html">German</A>
+| <A HREF="/award/2000/2000.html">Inglês</A>

+| <A HREF="/award/2000/2000.pt-br.html">português do Brasil</A>

+]

+<P>

+<!-- Replace this list with the page's contents. -->

+<H4>Conteúdo</H4>

+<UL>

+  <LI><A HREF="#description" NAME="TOCdescription">Descrição da Cerimônica de 
Entrega do Prêmio</A>

+  <LI><A HREF="#movie" NAME="TOCmovie">Filme da Cerimônia</A>

+  <LI><A HREF="#photos" NAME="TOCphotos">Fotos da Cerimônia</A>

+</UL>

+

+<HR>

+<P>

+<H4><A HREF="#TOCdescription" NAME="description">Descrição da Cerimônica de 
Entrega do Prêmio</A></H4>

+

+<P>

+A Cerimônia do Prêmioda Fundação para o Software Livre ocorreu no museu

+de Arte e História Judaica em Paris, França, na tarde de primeiro de

+Fevereiro de 2001. A cerimônia foi patrocinada por Aurora, Idealx e

+VA Linux Systems. A <A HREF="http://www.april.org";>Associação Para

+Pesquisa e Promoção da Computação Livre (APRIL)</A> e a associação francesa

+da Fundação para o Software Livre Européia organizaram a cerimônia.

+A renda do evento foi em benefício da

+<A HREF="http://www.fsfeurope.org";>Fundação para o Software Livre Européia</A>.

+

+<P>

+Richard Stallman entregou o prêmio, uma colcha exclusivo feito à mão, para

+Brian Paul pelo seu trabalho inovador na Biblioteca mesa para gráficos 3D.

+

+<P>

+Brian Paul foi escolhido entre três finalistas para o prêmio. Os outros

+finalistas foram Donald Becker, pelo seu trabalho com os drivers de rede

+para o sistema operacional GNU/Linux, e Patrick Lenz pelo seu trabalho

+no site freshmeat.net.

+

+<P>

+Durante a cerimônia, outros prêmios foram distribuídos. Georg C. F. Greve,

+presidente designado para a FSF Européia, presenteou Daniel Riek

+com um certificado de apreciação pelo seu fincanciamento inicial para a

+Fundação para o Software Livre Européia. Frederic Couchet, president da

+APRIL, presenteou Loic Dachary com um prêmio comemorando seu incansável

+suporte e contribuições para o Software Livre durante os últimos 14 anos.

+

+

+<P>

+

+<A HREF="/award/2000/2000-pr.txt">Está disponível um Press Release completo

+do evento, em inglês, francês e alemão</A>. Também estão disponíveis

+versões

+<A HREF="/award/2000/2000-pr.en.txt">somente em inglês</A>,

+<A HREF="/award/2000/2000-pr.fr.txt">somente em francês</A>, e

+<A HREF="/award/2000/2000-pr.de.txt">somente em alemão</A>.

+

+<P>

+<HR width="80%">

+<H4><A HREF="#TOCmovie" NAME="movie">Filme da Cerimônia</A></H4>

+<P>

+

+Um filme MPEG2 do evento está disponível temporariamente em

+<A 
HREF="http://fsfawards.j1b.org/fsfawards.vob";><CODE>http://fsfawards.j1b.org/fsfawards.vob</CODE></A>.

+Nos ficaríamos agradecidos se mais sites hospedassem este arquivo. Se você

+possui tais recursos, por favor contate <A

+HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>.

+

+<P>

+

+Este filme pode ser visto utilizando o <A

+HREF="http://www.videolan.org/packages/unstable/";>VideoLan, Versão

+0.2.50</A> ou posteriores.  VideoLan é um decodificador MPEG2 sob a GPL.

+

+<P>

+<HR width="80%">

+<H4><A HREF="#TOCphotos" NAME="photos">Fotos da Cerimônia</A></H4>

+<P>

+

+Oliver Berger tirou algumas fotos da cerimônia:

+

+

+<UL>

+

+<LI><A HREF="/award/2000/stallman-paul.jpg">Brian Paul recebendo o prêmio

+de Richard Stallman (215 KB JPEG)</A></LI>

+

+<LI><A HREF="/award/2000/greve-riek.jpg">Daniel Riek recebendo o certificado

+de Georg C. F. Greve (164 KB JPEG)</A></LI>

+

+<LI><A HREF="/award/2000/stallman-dachary.jpg">Loic Dachary recebendo

+uma pintura comemorativa do GNU de Richard Stallman (Frederic já havia

+deixado o palco) (167 KB JPEG)</A></LI>

+     

+</UL>

+

+<HR>

+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">Página inicial do GNU</A>.

+<P>

+

+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para

+

+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.

+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de contactar</A> 
a FSF.

+<P>

+

+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para

+

+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,

+envie outras questões para

+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.

+<P>

+Copyright (C) 2001 Free Software Foundation, Inc.,

+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA

+<P>

+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em qualquer 
meio,

+desde que esta nota seja preservada.

+

+<P>

+Traduzido por: Fernando Lozano

+<A href="address@hidden">&lt;address@hidden&gt;</A>

+<P>

+Atualizado:

+<!-- hhmts start -->

+ 3 Feb 2001 fsl

+<!-- hhmts end -->

+<HR>

+</BODY>

+</HTML>


Index: copyleft/copyleft.pt-br.html
===================================================================
RCS file: copyleft/copyleft.pt-br.html
diff -N copyleft/copyleft.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ copyleft/copyleft.pt-br.html        20 Mar 2008 13:55:36 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,395 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>O Que é o Copyleft? - O Projeto GNU e a Fundação para o Software Livre 
(FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+<META HTTP-EQUIV="Keywords"
+ CONTENT="GNU, FSF, Free Software Foundation, Linux, Copyleft">
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+
+<H3>O Que é "Copyleft"?</H3>
+
+<P>
+
+<A HREF="/graphics/philosophicalgnu.html"><IMG 
SRC="/graphics/philosophical-gnu-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem de um GNU filosófico] "
+   WIDTH="160" HEIGHT="200"></A>
+
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+[<a 
href="/copyleft/copyleft.ar.html">&#1575;&#1604;&#1593;&#1585;&#1576;&#1610;&#1577;</a>
 |<!-- Arabic -->
+  <A HREF="/copyleft/copyleft.es.html">Espanhol</A>
+| <A HREF="/copyleft/copyleft.fr.html">Francês</A>
+| <A HREF="/copyleft/copyleft.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/copyleft/copyleft.ja.html">Japonês</A> 
+| <A HREF="/copyleft/copyleft.pt-br.html">português do Brasil</A>
+| <A HREF="/copyleft/copyleft.ru.html">Russo</A> 
+]
+
+<P>
+
+<HR>
+
+<P>
+
+<H4>Conteúdo</H4>
+<UL>
+  <LI><A HREF="/copyleft/copyleft.pt-br.html#WhatIsCopyleft"
+       NAME="TOCWhatIsCopyleft">O Que é o "Copyleft"?</A>
+  <LI><A HREF="/copyleft/copyleft.pt-br.html#translations"
+       NAME="TOCtranslations">Traduções da GPL</A>
+  <LI><A HREF="/copyleft/copyleft.pt-br.html#translationsLGPL"
+       NAME="TOCtranslationsLGPL">Traduções da LGPL</A>
+  <LI><A HREF="/copyleft/copyleft.pt-br.html#translationsGFDL"
+       NAME="TOCtranslationsGFDL">Traduções da GFDL</A>
+  <LI><A HREF="/philosophy/philosophy.pt-br.html">Outros Textos para Ler</A>
+</UL>
+
+<P>
+
+<HR>
+
+<P>
+
+<H3><A HREF="/copyleft/copyleft.pt-br.html#TOCWhatIsCopyleft"
+       NAME="WhatIsCopyleft">O Que é o "Copyleft"?</A></H3>
+
+
+<P>
+O modo mais simples de tornar um programa livre é coloca-lo em
+
+<A HREF="/philosophy/categories.html#PublicDomainSoftware">domínio
+público (18k characters)</A>, sem copyright. Isto permite que as pessoas
+compartilhem o programa e suas melhorias, se elas estiverem dispostas a tal.
+Mas isto também permite que pessoas não-cooperativas transformem o
+programa em
+<A HREF="/philosophy/categories.html#ProprietarySoftware">software
+proprietário (18k characters)</A>. Eles podem fazer modificações,
+poucas ou muitas, e distribuir o resultado como um produto proprietário.
+As pessoas que receberem esta forma modificada do programa não tem
+a liberdade que o autor original havia lhes dado; o intermediário
+eliminou estas liberdades.
+
+<P>
+No <A HREF="/gnu/thegnuproject.html">Projeto GNU</A>, nosso objetivo
+é dar a <em>todos</em> os usuários a liberdade de redistribuir e modificar
+o software GNU. Se algum intermediário fosse capaz de retirar a liberdade,
+nós teríamos muitos usuários, mas esses usuários não teriam liberdade.
+Então, em vez de colocar o software GNU em domínio público, nós o tornamos
+"copyleft". (N.T. "copyleft" é um trocadilho com o termo "copyright".
+Traduzindo literalmente, "copyleft" significa "deixamos cópiar".)
+O copyleft diz que qualquer um que distribui o software, com ou sem
+modificações, tem que passar adiante a liberdade de copiar e modificar
+novamente o programa. O copyleft garante que todos os usuários tem
+liberdade.
+
+<P>
+O copyleft também fornece um
+<A HREF="/philosophy/pragmatic.html">incentivo</A>
+para que outros programadores contribuam com o software livre.
+Programas livres importantes como o Compilador GNU C++ existem
+só por causa disto.
+
+<P>
+O copyleft também ajuda os programadores que desejam contribuir com
+<A HREF="/software/software.html#HelpWriteSoftware">melhorias</A> para o
+<A HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">software livre</A>
+a obterem permissão de fazer isto. Esses programadores frequentemente
+trabalham para empresas ou universidades que fariam qualquer coisa para
+ganhar mais dinheiro. Um programador pode desejar constribuir suas
+modificações para a comunidade, mas seu empregador pode desejar transformar
+as mudanças em um produto de software proprietário.
+
+<P>
+Quando nós explicamos ao empregador que é ilegal distribuir a versão
+melhorada exceto como software livre, o empregador geralmente decide
+libera-lo como software livre em vez de joga-lo fora.
+
+<P>
+Para tornar um programa copyleft, primeiro nós registramos o copyright;
+então nós adicionamos termos de distribuição, que são um instrumento
+legal que garante a qualquer pessoa os direitos de usar, modificar, e
+redistribuir o programa <em>ou qualquer programa derivado dele</em>
+se e somente se os termos de distribuição não forem modificados.
+Desta forma, o programa e as liberdades se tornam legalmente
+inseparáveis.
+
+<P>
+Desenvolvedores de software proprietário usam o copyright para retirar
+a liberdade dos usuários; nós utilizamos o copyright para garantir a
+liberdade deles. É por isso que revertemos o nome, mudando de "copyright"
+para "copyleft".
+
+<P>
+Copyleft é um conceito genérico; existem várias formas de preencher os
+detalhes. No Projeto GNU, os termos específicos de distribuição que
+nós utilizamos estão contidos na
+
+Licensa Pública Genérica do GNU (disponível nos formatos
+<A HREF="/copyleft/gpl.html">HTML</A>,
+<A HREF="/copyleft/gpl.txt">texto</A> e
+<A HREF="/copyleft/gpl.texi">Texinfo</A>). A Licensa Pública Genérica do GNU
+é frequentemente chamada de GPL.
+
+<P>
+Uma forma alternativa de copyleft, a
+Licensa Pública Genérica Menor do GNU (LGPL, disponível nos formatos
+<A HREF="/copyleft/lesser.html">HTML</A>,
+<A HREF="/copyleft/lesser.txt">texto</A>, e
+<A HREF="/copyleft/lesser.texi">Texinfo</A>), se aplica a algumas
+(mas não todas) as bibliotecas do GNU. Esta licensa era originalmente
+conhecida como GPL de Bibliotecas (Library GPL), mas nós mudamos o
+nome, porque o nome antigo encorajava o uso desta licensa com maior
+frequência do que ela deveria ser utilizada. Para uma explicação de
+porque esta mudança foi necessária, leia o artigo <A
+HREF="/philosophy/why-not-lgpl.html"><CITE>Por que você não deveria
+utilizar a GPL de Bibliotecas para sua próxima biblioteca </CITE></A>.
+
+<P>
+A Licensa Pública do GNU para Bibliotecas (disponível nos formatos
+<A HREF="/copyleft/library.html">HTML</A> e
+<A HREF="/copyleft/library.txt">texto</A>) ainda está disponível mas
+foi oficialmente substituída pela GPL Menor.
+
+<P>
+A Licensa de Documentação Livre do GNU (FDL, disponível nos formatos
+<A HREF="/copyleft/fdl.html">HTML</A>,
+<A HREF="/copyleft/fdl.txt">texto</A> e
+<A HREF="/copyleft/fdl.texi">Texinfo</A>) é uma forma de copyleft
+criada pra uso em um manual, livro-texto ou outro documento para garantir
+a todos a liberdade efetiva de copiar e redistribui-lo, com ou sem
+modificações, seja comercialmente ou não-comercialmente.
+
+<P>
+A licensa adequada é incluída em muitos manuais e em cada distribuição
+de código fonte do GNU.
+
+<P>
+A GNU GPL foi criada de modo que você possa facilmente aplica-la ao seu
+próprio programa, se você é o detentor do copyright. Você não tem que
+modificar a GNU GPL para fazer isso, simplesmente adicione notas ao seu
+programa que façam referências adequadas à GNU GPL.
+
+<P>
+Se você gostaria de tornar o seu programa copyleft utilizando a GNU GPL,
+por favor veja as instruções ao
+<A HREF="/copyleft/gpl.html#SEC4">final (20k characters)</A> do texto
+da GPL.
+
+<P>
+Utilizar os mesmos termos de distribuição para vários programas diferentes
+torna fácil copiar o código entre vários programas diferentes. Desde que
+eles todos tenham os mesmos termos de distribuição, não há necessidade de
+verificar se os termos são compatíveis. A GPL Menor inclui uma cláusula
+que permite que você altere os termos de distribuição para os termos
+da GPL original, de modo que você possa copiar código para outro programa
+coberto pela GPL.
+
+<P>
+<HR>
+<P>
+<H4><A HREF="/copyleft/copyleft.pt-br.html#TOCtranslations"
+       NAME="translations">Traduções da GPL</A></H4>
+<P>
+Essas traduções não são oficiais. Falando juridicamente, a versão
+original (em Inglês) da GPL é que especifica os verdadeiros termos
+de distribuição de programas GNU.
+
+<P>
+O motivo pelo qual a FSF não aprova essas traduções como oficialmente
+válidas é que verifica-las seria difícil e caro (necessitando da ajuda
+de advogados bilíngues de vários países). Ainda pior, se um erro fosse
+inserido por uma tradução, os resultados poderiam ser desastrosos para
+toda a comunidade do software livre. Enquanto as traduções forem
+extra-oficiais, eles não podem causar nenhum dano, e nós esperamos que
+elas ajudem mais pessoas a entender a GPL.
+
+<P>
+Nós damos permissão para publicar traduções da GPL, GFDL ou da LGPL
+em outras línguas, desde que você (1) declare suas traduções como
+extra-oficiais (veja abaixo como fazer isso), para informar às pessoas
+que elas não devem confiar legalmente em substitutos no lugar da versão
+autêntica, e (2) você concorde em modificar sua tradução a nosso pedido,
+se nós descobrirmos por intermédio de outros amigos do GNU que são
+necessárias modificações para tornar a tradução mais clara.
+
+<P>
+Para declarar suas traduções como extra-oficiais, nós queremos que
+você adicione o seguinte texto no seu início, tanto em Inglês quanto
+no idioma da sua tradução -- substituindo a palavra <em>language</em> ou
+<em>idioma</em> pelo nome do idioma utilizado.
+
+<P>
+Nota do Tradutor: incluí tanto uma versão traduzida da nota quanto a
+versão original que deve ser incluída em toda e qualquer tradução da
+GNU GPL.
+
+<blockquote>
+Esta é uma tradução extra-oficial da Licensa Pública Genérica do GNU
+para o idioma <em>idioma</em>. Ela não foi publicada pela Fundação para
+o Software Livre, e não determina juridicamente os termos de distribuição
+para o software que utiliza a GNU GPL -- somente o texto original em
+inglês da GNU GPL faz isso. Entretanto, nós esperamos que esta tradução
+ajude pessoas que falam <em>idioma</em> a entender a GNU GPL melhor.
+</blockquote>
+
+<blockquote>
+This is an unofficial translation of the GNU General Public License
+into <em>language</em>.  It was not published by the Free Software
+Foundation, and does not legally state the distribution terms for
+software that uses the GNU GPL--only the original English text of the
+GNU GPL does that.  However, we hope that this translation will help
+<em>language</em> speakers understand the GNU GPL better.
+</blockquote>
+<P>
+<UL>
+<!-- Please keep entries alphabetical by language name. -->
+
+<!-- The language is Portuguese, the dialect is Brazilian. -->
+<!-- To be kind to the user, we list it under both "B" and "P" -->
+  <LI>Tradução da GPL para o <A 
HREF="http://agnes.dida.physik.uni-essen.de/~gnu-pascal/gpl-ger.html";>Alemão</A>
+  <LI>Tradução da GPL para o <A 
HREF="http://www.magnux.org/doc/GPL-pt_BR.txt";>Português do Brasil</A>
+  <LI>Tradução da GPL para o <A 
HREF="http://www.linux.org.tw/CLDP/doc/GPL.html";>Chinês</A>
+  <LI>Tradução da GPL para o <A 
HREF="http://korea.gnu.org/copyleft/gpl.ko.html";>Coreano</A>
+  <LI>Tradução da GPL para o <A 
HREF="http://dokumentacija.linux.hr/GPL.html";>Croácio</A>
+  <LI>Tradução da GPL para o <A 
HREF="http://www.lugos.si/linux/gpl-sl.html";>Esloveno</A>
+  <LI>Tradução da GPL para o <A 
HREF="http://lucas.hispalinux.es/Otros/gples/gples.html";>Espanhol</A>
+  <LI>Tradução da GPL para o <A 
HREF="http://www.bestlinux.net/et/kernel/gpl.html";>Estoniano</A>
+  <LI>Tradução da GPL para o <A 
HREF="http://www.bestlinux.net/fi/gpl.html";>Finlandês</A>
+  <LI>Traduções da GPL para o Francês
+       (<A HREF="http://www.linux-france.org/article/these/gpl.html"; 
NAME="FRENCHTRANS">1</A>),
+       (<A HREF="http://www.april.org/gnu/gpl_french.html";>2</A>)
+  <LI>Tradução da GPL para o <A 
HREF="http://members.xoom.com/RamonFlores.1/GNU/gpl.html";>Galício</A>
+  <LI><A HREF="http://vlsm.org/etc/gpl.id.html";>Indonesian</A> translation of 
the GPL
+  <LI>Tradução da GPL para o <A 
HREF="http://www.prosa.it/philosophy/gpl.txt";>Italiano</A>
+       <!-- lgpl.ja.html is NOT a translation of GPL -->
+  <LI>Tradução da GPL para o <A 
HREF="ftp://ftp.sra.co.jp/pub/gnu/local-fix/GPL2-j/";>Japonês</A>
+       disponível em
+       <A HREF="ftp://ftp.sra.co.jp/pub/gnu/local-fix/GPL2-j/gpl.text.gz";>texto
+       puro (compactada com o gzip, 7k)</A> ou como um
+       <A 
HREF="ftp://ftp.sra.co.jp/pub/gnu/local-fix/GPL2-j/gpl.tex.gz";>documento TeX 
(compactada com o gzip, 7k)</A>. 
+  <LI>Tradução da GPL para o <A 
HREF="http://gnu.org.pl/text/licencja-gnu.php";>Polonês</A>
+<!-- The language is Portuguese, the dialect is Brazilian. -->
+<!-- To be kind to the user, we list it under both "B" and "P" -->
+  <LI>Tradução da GPL para o <A 
HREF="http://www.magnux.org/doc/GPL-pt_BR.txt";>Português do Brasil</A>
+  <LI>Tradução da GPL para o <A 
HREF="http://www.roedu.net/gplro.html";>Romeno</A>
+<!-- Removed temporarily because it was badly translated, the author -->
+<!-- has agreed to change some wording but we havn't heard from him yet -->
+<!-- &lt;LI&gt;&lt;A 
HREF="http://visar.csustan.edu/~carlos/gpl-es.html"&gt;Spanish -->
+<!--      translation&lt;/A&gt; of the GPL -->
+<!--  -->
+  <LI>Tradução da GPL para o <A 
HREF="http://www.algonet.se/~mpawlo/gnugpl2.html";>Sueco</A>
+
+  <LI>Tradução da GPL para o <A 
HREF="http://developer.thai.net/gpl/";>Tailandês</A>
+<!-- Please keep entries alphabetical by language name. -->
+</UL>
+
+<HR>
+
+<H4><A HREF="/copyleft/copyleft.pt-br.html#TOCtranslationsLGPL"
+       NAME="translationsLGPL">Traduções da LGPL</A></H4>
+<P>
+Estas traduções não são oficiais. Veja
+<A HREF="/copyleft/copyleft.pt-br.html#translations">traduções da GPL</A>
+para saber o porque.
+<P>
+
+<UL>
+<!-- Please keep entries alphabetical by language name. -->
+  <LI>Tradução da LGPL para o <A 
HREF="http://www.linux.org.tw/CLDP/doc/LGPL.html";>Chinês</A>
+  <LI>Tradução da LGPL para o <A 
HREF="http://www.linux-france.org/article/these/licence/lgpl";>Francês</A>
+  <LI>Tradução da LGPL para o <A 
HREF="http://www.debian.or.jp/~mhatta/lesser.ja.txt";>Japonês</A>
+
+  <!-- lgpl.ja.html is NOT a translation of LGPL -->
+       
+<!-- Please keep entries alphabetical by language name. -->
+</UL>
+<P>
+Caso você faça uma tradução da GNU LGPL, ela deve seguir as instruções
+para fazer
+<A HREF="/copyleft/copyleft.pt-br.html#translations">traduções da GPL</A>.
+
+<BR>
+
+Por favor, também informe os
+<A HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>!
+
+<P>
+
+<HR>
+
+<H4><A HREF="/copyleft/copyleft.pt-br.html#TOCtranslationsGFDL"
+       NAME="translationsGFDL">Traduções da GFDL</A></H4>
+<P>
+
+
+Estas traduções não são oficiais. Por favor veja
+<A HREF="/copyleft/copyleft.pt-br.html#translations">traduções da GPL</A>
+para saber o porque.
+<P>
+
+<UL>
+<!-- Please keep entries alphabetical by language name. -->
+<!-- PLEASE DO NOT HOST TRANSLATIONS OF ANY OF OUR LICENSES ON OUR WEBSERVER 
-->
+<!-- THIS MAY LEAD THEM TO BEING CONSTRUED AS 'OFFICIAL'   -->
+<!-- fdl.ja.html is NOT a translation of GFDL -->
+
+  <LI>Tradução da GFDL para o <A 
HREF="http://nautix.sourceforge.net/docs/fdl.de.html"; 
NAME="GFDLGermanTranslation">Alemão</A>
+
+  <LI>Tradução da GFDL para o <A 
HREF="http://korea.gnu.org/copyleft/fdl.ko.html";>Coreano</A>
+
+  <LI>Tradução da GFDL para o <A 
HREF="http://www.tamarapatino.com/gnu/fdl.es.html";>Espanhol</A>
+
+  <LI>Tradução da GFDL para o <A 
HREF="http://fly.cnuce.cnr.it/gnu/doc.it/fdl.it.html"; 
NAME="GFDLItalianTranslation">Italiano</A>
+
+<!-- fdl.ja.html is NOT a translation of GFDL -->
+  <LI>Tradução da GFDL para o <A 
HREF="http://www.debian.or.jp/~mhatta/fdl.ja.txt"; 
NAME="GFDLJapaneseTranslation">Japonês</A>
+     
+<!-- Please keep entries alphabetical by language name. -->
+</UL>
+
+<P>
+Caso você faça uma tradução da GNU GFDL, ela deve seguir as instruções
+para fazer
+<A HREF="/copyleft/copyleft.pt-br.html#translations">traduções da GPL</A>.
+
+<BR>
+
+Por favor também informe aos 
+<A HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>!
+
+<P>
+
+<HR>
+
+<H4><A HREF="/philosophy/philosophy.pt-br.html">Outros Textos para Ler</A></H4>
+
+<HR>
+
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">Página Inicial do GNU</A>.
+<P>
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios
+de contactar </A> a FSF.
+<P>
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para 
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright (C) 1996, 1997, 1998, 1999 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+<P>
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em
+qualquer meio, desde que esta nota seja preservada
+
+<P>
+Atualizado:
+<!-- timestamp start -->
+$Date: 2008/03/20 13:55:36 $ $Author: yavor $
+<!-- timestamp end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>
+

Index: doc/doc.pt-br.html
===================================================================
RCS file: doc/doc.pt-br.html
diff -N doc/doc.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ doc/doc.pt-br.html  20 Mar 2008 13:55:41 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,832 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+
+<HTML>
+
+<HEAD>
+
+<TITLE>Documentação - O Projeto GNU e a Fundação para o Software Livre 
(FSF)</TITLE>
+
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+
+</HEAD>
+
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+
+<H3>Documentação do Projeto GNU</H3>
+
+<P>
+
+
+
+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"
+
+   ALT=" [imagem da cabeça de um GNU] "
+
+   WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>
+
+
+
+[
+
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+
+  <A HREF="/doc/doc.ca.html">Catalão</A>
+
+| <A HREF="/doc/doc.es.html">Espanhol</A>
+
+| <A HREF="/doc/doc.html">Inglês</A>
+
+| <A HREF="/doc/doc.pt-br.html">português do Brasil</A>
+
+]
+
+<P>
+
+
+
+<HR>
+
+
+
+<P>
+
+
+
+<H4>Conteúdo</H4>
+
+
+
+<UL>
+
+ <LI><A HREF="doc.pt-br.html#PleaseHelpWriteDocumentation"
+
+       NAME="TOCPleaseHelpWriteDocumentation">Por Favor Ajude a
+
+       Escrever Documentação</A>
+
+  <LI><A HREF="doc.pt-br.html#HowToGetDocumentation"
+
+       NAME="TOCHowToGetDocumentation">Como Obter a Documentação do GNU</A>
+
+  <LI><A HREF="doc.pt-br.html#DescriptionsOfGNUDocumentation"
+
+       NAME="TOCDescriptionsOfGNUDocumentation">Descrição dos Livros do
+
+       GNU Disponíveis</A>
+
+  <LI><A HREF="doc.pt-br.html#ISBNS" NAME="TOCISBNS">ISBNs dos Livros do GNU 
Disponíveis</A> 
+
+<LI><A HREF="doc.pt-br.html#NonGNU" NAME="TOCNonGNU">Outros Livros (Que Não 
Foram Escritos Pelo Projeto GNU)</A></H4>
+
+
+
+</UL>
+
+
+
+<P>
+
+
+
+<HR>
+
+
+
+<P>
+
+<H4><A HREF="doc.html#PleaseHelpWriteDocumentation"
+
+       NAME="PleaseHelpWriteDocumentation">Por Favor Ajude a Escrever
+
+       Documentação</A></H4>
+
+<P>
+
+
+
+Por favor contacte os
+
+<A HREF="/help/help.pt-br.html#guide">Coordenadores de Voluntários do GNU</A>
+
+para assistência em como iniciar.
+
+Por favor também veja
+
+<A HREF="/help/help.pt-br.html#helpgnu">escrevendo software livre</A>
+
+para listas que incluem projetos que necessitam de alguém que escreva a sua
+
+documentação.
+
+
+
+<P>
+
+
+
+Os <A HREF="/prep/standards_toc.html">Padrões de Codificação do GNU
+
+incluem uma excelente seção sobre
+
+<A HREF="/prep/standards.html#SEC28">documentação de programas</a>
+
+e o
+
+<A HREF="/manual/texinfo/"><CITE>Manual do Texinfo</CITE></a>
+
+contém muitas
+
+<A HREF="/manual/texinfo/html_node/texinfo_236.html#SEC220">dicas
+
+e macetes</A>.
+
+A página sobre
+
+<a href="/philosophy/license-list.pt-br.html">licenças</a>
+
+contém uma discussão sobre, assim como o texto, da
+
+<a href="/copyleft/fdl.html">Licença de Documentação Livre do GNU</a>.
+
+<P>
+
+
+
+<H4><A HREF="doc.pt-br.html#TOCHowToGetDocumentation"
+
+       NAME="HowToGetDocumentation">Como Obter a Documentação do GNU</A></H4>
+
+<P>
+
+A documentação do GNU está disponível de vários modos diferentes. Nossos
+
+manuais vem com permissão de serem copiados e modificados. O livro mais
+
+antigo que pode ser distribuído livremente é o
+
+<A HREF="http://portico.bl.uk/diglib/treasures/diamond-sutra.html";>Sutra do
+
+Diamante</A>, publicado na China no ano de 868.
+
+Para uma introdução à documentação livre, veja o artigo de
+
+<A HREF="http://www.stallman.org/";>Richard Stallman</A> sobre
+
+<A HREF="/philosophy/free-doc.html">Software Livre e Manuais Livres</A>.
+
+<P>
+
+<UL>
+
+  <LI><A HREF="http://order.fsf.org/";>Encomende manuais impressos e cartões de
+
+       referência</a>
+
+       da <A HREF="/fsf/fsf.pt-br.html">FSF</A>.
+
+  <LI>Consulte os <A HREF="/manual/manual.html">Manuais Online</a>.
+
+  <LI><A HREF="/order/ftp.html">Baixe por FTP</a> de um site próximo
+
+       de você.
+
+       <BR>
+
+       Os fontes em TeX ou Texinfo da maioria dos manuais do GNU e dos
+
+       cartões de ferência é incluído com o código-fonte dos programas
+
+       no mesmo pacote, e não são distribuídos separadamente.
+
+  <LI>Obtenha versões em Postscript ou HTML em sites de
+
+       <A HREF="/links/links.html#FreeSoftwareDocumentation">Documentação
+
+       de Software Livre</A>
+
+  <LI>Faça uma cópia xerox da documentação impressa de um amigo.
+
+</UL>
+
+
+
+Se você não adquirir manuais ou cartões de referência da FSF, por favor
+
+considere fazer uma <A HREF="http://donate.fsf.org/";>doação</A>
+
+para nos ajudar a escrever mais documentação.
+
+
+
+<P>
+
+
+
+<h4><A HREF="doc.pt-br.html#TOCDescriptionsOfGNUDocumentation"
+
+       NAME="DescriptionsOfGNUDocumentation">Descrição dos Manuais
+
+       que Foram Impressos como Livros</a></H4>
+
+
+
+<P>
+
+Aqui temos a descrição de todos os manuais do GNU publicados e impressos
+
+como livros pela FSF. Veja <A HREF="doc.pt-br.html#ISBNS">ISBNs das edições
+
+atuais</a> abaixo. Use o <A HREF="http://order.fsf.org/";>Formulário de
+
+Pedidos da FSF</A> para comprar livros nas eduções atuais ou em algumas
+
+edições antigas, para seu próprio uso. Por favor
+
+<A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">contate a FSF</a>
+
+se você estiver interessado em comprar publicações da FSF para revenda.
+
+
+
+<p>
+
+Vários manuais do GNU foram traduzidos parao Japonês e estão disponíveis
+
+no Japão. Se você souber de outras traduções publicadas como livros,
+
+por favor <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">contate a FSF</a>.
+
+
+
+<P>
+
+<strong>Nós necessitamos de voluntários</strong> para manter esta informações.
+
+<br>
+
+<STRONG>Essas descrições necessitam ser trabalhadas</strong>.
+
+Cada uma deve ser expandida à partir do texto da contra-capa do manual
+
+e/ou do texto na capa sobre-capa, e/ou da introdução de cada manual,
+
+e/ou de outros modos úteis.
+
+<br>
+
+<STRONG>Cada manual impresso deve ter a sua própria página</strong>,
+
+incluindo uma imagem reduzida e em tamanho real da capa frontal e
+
+da contra-capa; links para o
+
+<A HREF="http://order.fsf.org/";>Formulário de Pedidos da FSF</A>,
+
+para a página correspondente neste site abaixo de
+
+http://www.gnu.org/software/*/ que descreve o software, e talvez para
+
+outras páginas. <strong>O ideal é que cada manual tenha também uma página
+
+de histórico</strong>, cobrindo edições antigas.
+
+
+
+<P>
+
+
+
+<UL>
+
+  <LI>O <CITE>Manual do GNU Emacs</CITE> (14a. Edição para a versão 20.7)
+
+       descreve como editar texto com o GNU Emacs.
+
+       Ele explica recursos avançados, como o modo outline e expressões
+
+       regulares para pesquisa; como usar os modos especiais de programação
+
+       para escrever em linguagens tais como C++ e TeX; como usar o utilitário
+
+       <CODE>tags</CODE>; como compilar e corrigir código; como criar os
+
+       seus próprios mapeamentos de teclado; e outras customizações
+
+       elementares.
+
+
+
+  <P>
+
+
+
+
+
+  <LI>O <CITE>Manual de Referência do Lisp do GNU Emacs</CITE> (para a versão
+
+       21 do GNU Emacs) e o
+
+       <CITE>Manual de Referência do Lisp do GNU Emacs, Edição Japonesa</CITE>
+
+       (Revisão Japonesa DRAFT 1.0, da edição em inglês 2.4 para a versão
+
+       19.29 do GNU Emacs) cobre esta linguagem de programação profundamente,
+
+       incluindo tipos de dados, estruturas de controle, funções, macros,
+
+       tabelas de sintaxe, busca e comparação, modos, janelas, mapeamentos
+
+       de teclas, compilação em bytes, e a interface com o sistema operacional.
+
+       O código-fonte está disponível no diretório de FTP
+
+       <A 
HREF="ftp://etlport.etl.go.jp/pub/doc/gnu-jp/elisp-manual/";>ftp://etlport.etl.go.jp/pub/doc/gnu-jp/elisp-manual/</A>.
+
+
+
+  <P>
+
+
+
+  <LI><CITE>Programando em Emacs Lisp: Uma Introdução</CITE> (Edição 1.05)
+
+       para pessoas que não estão necessariamente interessadas em programação,
+
+       mas que desejam customizar ou extender o seu ambiente computacional.
+
+       Se você ler este livro no modo Info do Emacs, você poderá executar
+
+       os exemplos diretamente.
+
+
+
+  <P>
+
+
+
+
+
+  <LI>O <CITE>Manual da Calculadora</CITE> do Emacs (Edição 2.02 para a
+
+       Versão 2.02) é tanto um tutorial quanto um manual de referência.
+
+       Ele ensina como realizar aritmética básica, como usar a calculadora
+
+       para álgebra, cálculo (diferencial e integral) e outras formas de
+
+       matemática, e como extender a calculadora.
+
+
+
+  <P>
+
+
+
+
+
+  <LI><CITE>Utilizando e Portando o Compilador GNU C</CITE>
+
+       (para a Versão 2.95)
+
+       Ensina como instalar e utilizar o Compilador GNU C e como porta-lo
+
+       para novos sistemas.
+
+       Ele lista novos recursos e incompatibilidades do GCC, mas as pessoas
+
+       que não são familiares com C necessitarão como complemento de uma boa
+
+       referência da linguagem C. Ele também cobre o G++, o Compilador
+
+       GNU C++.
+
+
+
+  <P>
+
+
+
+
+
+  <LI>O <A HREF="/doc/libc-manual.html"><CITE>Manual de Referência da
+
+       Biblioteca C do GNU</CITE></A> (para a versão 2.x) descreve os
+
+       recursos da biblioteca, incluindo tanto o que o Unix chama de
+
+       "funções da biblioteca" quando as "chamadas ao sistema". Ele foi
+
+       publicado como um conjunto de dois volumes totalizando mais de
+
+       1100 páginas! Por favor enviem correções para
+
+       <A HREF="mailto:address@hidden";>address@hidden</A>.
+
+       O manual não cobre as bibliotecas do C++.
+
+
+
+  <P>
+
+
+
+
+
+  <LI><A HREF="/doc/gdb-manual.html"><CITE>Depuração com o GDB</CITE></A>
+
+       (para a versão 5.0) explica como executar o seu programa sob o
+
+       controle do Depurador do GNU, examinar e modificar dados,
+
+       modificar o fluxo de controle de um programa, e usar o GDB através
+
+       do GNU Emacs.
+
+
+
+  <P>
+
+
+
+
+
+  <LI><A HREF="/doc/make-manual.html"><CITE>GNU Make</CITE></A>
+
+       (para a versão 3.79) descreve o GNU
+
+       <CODE>make</CODE>, um programa utilizado para construir partes de
+
+       outros programas. O manual ensina como escrever "makefiles", que
+
+       especificam como um programa deve ser compilado e como os seus
+
+       arquivos dependem uns dos outros. Está incluído um capítulo
+
+       introdutório para usuários iniciantes e uma seção sobre dependências
+
+       geradas automaticamente.
+
+
+
+  <P>
+
+
+
+  <LI>O <CITE>Manual do Bison</CITE> (Edição de Novembro de 1999 para
+
+       a versão 1.29) ensina como escrever gramáticas livres de contexto
+
+       para serem convertidas pelo programa Bison em analisadores
+
+       sintáticos escritos em C. Não é necessário ter conhecimento anterior
+
+       sobre geradores de analisadores sintáticos.
+
+
+
+  <P>
+
+
+
+  <LI>O Manual do <CITE>Flex</CITE> (Edição 1.03 para a Versão 2.3.7)
+
+       ensina como escrever um analisador léxico para que será convertido
+
+       pelo programa <CODE>flex</CODE> em um analisador léxico escrito em
+
+       C ou C++ que reconhece os padrões definidos. Você não necessita de
+
+       conhecimento prévio sobre analisadores léxicos.
+
+
+
+  <P>
+
+
+
+  <LI><CITE>GAWK: O Manual do Usuário do GNU Awk</CITE> (Segunda Edição
+
+       para o GAWK Versão 3) ensina como utilizar o GAWK.
+
+       Ele é escrito para aqueles que nunca haviam utilizado o
+
+       <CODE>awk</CODE> e descreve os recursos desta proderosa linguagem
+
+       de manipulação de strings e registros.
+
+
+
+  <P>
+
+
+
+
+
+  <LI><A HREF="/doc/texinfo-manual.html"><CITE>Texinfo: O Formato
+
+       da Documentação do GNU</CITE></A>
+
+       (para a Versão 4) explica a linguagem de marcadores que produz
+
+       a nossa documentação on-line e as suas cópias impressas.
+
+       Ele ensina como criar tabelas, listas, capítulos, nós, índices,
+
+       referências cruzadas e como localizar erros.
+
+
+
+  <P>
+
+
+
+
+
+  <LI>O <CITE>Manual do Termcap</CITE> (Terceria Edição, revisada, para a
+
+       versão 1.3), é frequentemente descrito como "duas vezes todo o que
+
+       você sempre quis saber sobre o banco de dados termcap", as
+
+       definições das capacidades do terminal, e o processo de interrogar a
+
+       descrição de um terminal. Este manual é voltado principalmente para
+
+       programadores.
+
+
+
+  <P>
+
+
+
+
+
+</UL>
+
+
+
+<H4><A HREF="doc.pt-br.html#TOCISBNS" NAME="ISBNS">ISBNs dos Livros do GNU
+
+Impressos</A></H4>
+
+
+
+Eis uma lista dos números de livros segundo o padrão internacional para
+
+os manuais do GNU que estão atualmente disponíveis, publicados pela FSF.
+
+
+
+<p>
+
+Note que muitas <a href="http://order.fsf.org/";>edições antigas
+
+ainda estão disponívels na FSF</a>, alguns em perfeitas condições e
+
+encadernados, outros que retornaram das livrarias.
+
+<p>
+
+
+
+<DL>
+
+<!-- out of print 04Aug97 -->
+
+<!-- Proceedings of the First Conference on Freely Redistributable Software -->
+
+<!-- ISBN: 1882114477 -->
+
+
+
+  <DT>Software GNU para MS-Windows e MS-DOS (livro e cdrom)<BR>
+
+  <em>GNU Software for MS-Windows and MS-DOS</em>
+
+  <DD>ISBN: 1-882114 57 4
+
+       <P>
+
+
+
+  <DT>Manual do GNU Emacs, para a versão 20.7<BR>
+
+  <em>GNU Emacs Manual</em>
+
+  <DD>ISBN: 1-882114 07 8
+
+       <P>
+
+
+
+  <DT>Manual de Referência do Lisp do GNU Emacs, para o Emacs Versão 21<BR>
+
+  <em>GNU Emacs Lisp Reference Manual</em>
+
+  <DD>ISBN: 1-882114 73 6
+
+       <P>
+
+
+
+  <DT>Programando com Emacs Lisp: Uma Introdução<BR>
+
+  <em>Programming in Emacs Lisp: An Introduction</em>
+
+  <DD>ISBN: 1-882114-42-6
+
+       <P>
+
+
+
+  <DT>Manual da Calculadora, para a Calculadora do Emacs Versão 2.02<BR>
+
+  <em>Calc Manual</em>
+
+  <DD>ISBN: 1-882114 18 3
+
+       <P>
+
+
+
+  <DT>Utilizando e Portando o Compilador GNU C, para a Versão 2.95<BR>
+
+  <em>Using and Porting GNU CC</em>
+
+  <DD>ISBN: 1-882114-38-8
+
+       <P>
+
+
+
+  <DT>Manual de Referência da Biblioteca do GNU C, para a versão 2.x
+
+  (2 volumes)<BR>
+
+  <em>GNU C Library Reference Manual</em>
+
+
+
+  <DD>ISBN: 1-882114-54-X
+
+       <P>
+
+
+
+  <DT>Depurando com o GDB: O Depurador a Nível de Fontes do GNU, para
+
+  a versão 5<BR>
+
+  <em>Debugging with GDB: The GNU Source-Level Debugger</em>
+
+  <DD>ISBN: 1-882114 77 9
+
+       <P>
+
+
+
+  <DT>GNU Make: Um Programa Para Direcionar a Recompilação, para a 
+
+  versão 3.79<BR>
+
+  <em>GNU Make: A Program for Directing Recompilation</em>
+
+  <DD>ISBN: 1-882114 81 7
+
+       <P>
+
+
+
+  <DT>O Manual do Bison: Utilizando o Gerador de Analisadores Sintáticos
+
+  Compatível com o YACC, para a versão 1.29<BR>
+
+  <em>Bison Manual: Using the YACC-compatible Parser Generator</em>
+
+  <DD>ISBN: 1-882114 44 2
+
+       <P>
+
+
+
+  <DT>Flex: O Gerador de Analisadores Léxicos, para a versão 2.3.7<BR>
+
+  <em>Flex: The Lexical Scanner Generator</em>
+
+  <DD>ISBN: 1-882114 21 3
+
+       <P>
+
+
+
+  <DT>O Guia do Usuário do GNU Awk, Segunda Edição<BR>
+
+  <em>GAWK: The GNU Awk User's Guide</em>
+
+  <DD>ISBN: 1-882114 27 2
+
+       <P>
+
+
+
+  <DT>Texinfo: O Formato da Documentação do GNU, para a versão 4<BR>
+
+  <em>Texinfo: The GNU Documentation Format</em>
+
+  <DD>ISBN: 1-882114 67 1
+
+       <P>
+
+
+
+  <DT>O Manual do Termcap: A Biblioteca e o Banco de dados Termcap,
+
+  Terceria Edição<BR>
+
+  <em>The Termcap Manual: The Termcap Library and Data Base</em>
+
+  <DD>ISBN: 1-882114 87 6
+
+       <P>
+
+
+
+</DL>
+
+
+
+<H4><A HREF="doc.pt-br.html#TOCNonGNU" NAME="NonGNU">Non-GNU Books</A></H4>
+
+
+
+Nós mantemos <A HREF="other-free-books.pt-br.html">uma página que lista
+
+outros livros e documentação livres publicados por outros que não a FSF</A>.
+
+
+
+<P>
+
+
+
+<HR>
+
+
+
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">Página inicial do GNU</A>.
+
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de contactar</A>
+
+a FSF.
+
+<P>
+
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+
+envie outras questões para 
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+<P>
+
+Copyright (C) 1996, 1997, 1998, 1999, 2000  Free Software Foundation, Inc.,
+
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110-1301,  USA
+
+<P>
+
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em
+
+qualquer meio, desde que esta nota seja preservada.
+
+<P>
+
+Traduzido por: Fernando Lozano
+
+<A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+
+<P>
+
+Atualizado:
+
+<!-- hhmts start -->
+
+20 Fev 2000 fsl
+
+<!-- hhmts end -->
+
+<HR>
+
+</BODY>
+
+</HTML>
+

Index: doc/other-free-books.pt-br.html
===================================================================
RCS file: doc/other-free-books.pt-br.html
diff -N doc/other-free-books.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ doc/other-free-books.pt-br.html     20 Mar 2008 13:55:42 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,124 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Livros Livres Não-GNU Free Books - O Projeto GNU e a Fundação para o 
Software Livre (FSF)</TITLE>
+<META HTTP-EQUIV="Description" NAME="Description" Content="This page describes 
various free (as in freedom) books that are available from source other than 
the GNU project.">
+<META HTTP-EQUIV="Keywords" NAME="Keywords" CONTENT="book, books, 
documentation, copyleft, freedom, free, software, open, source, legal, 
copyright, intellectual, property, movement">
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+
+<H2><CENTER>Livros Livres Não-GNU</CENTER></H2>
+
+<P><CENTER>
+[
+  <A HREF="/doc/other-free-books.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/doc/other-free-books.ja.html">Japonês</A>
+| <A HREF="/doc/other-free-books.pt-br.html">português do Brasil</A>
+]
+
+</CENTER></P>
+
+<P><CENTER>
+
+[ <A NAME="IntroductionTOC" HREF="#Introduction">Introdução</A> |
+  <A NAME="FreeBooksTOC" HREF="#FreeBooks">Livros Livres</A> ]
+
+</CENTER></P>
+
+<H3><CENTER><A NAME="Introduction" 
HREF="#IntroductionTOC">Introdução</A></CENTER></H3>
+
+<P>
+Desde muito tempo nós suportamos a publicação de
+<A HREF="/philosophy/free-doc.html">documentação livre</A>.
+Nós sentimos que documentação livre de qualidade para o software livre
+é tão importate quanto o
+<A HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">software livre</A> em si.
+
+<P>
+Nós publicamos vários livros como
+<A HREF="/philosophy/free-doc.html">documentação livre</A>
+Você pode <A HREF="http://order.fsf.org/";>comprar cópias impressas</A>
+dos nossos livros, baixa-los do diretório
+<CODE>/gnu/Manuals</CODE> em nosso <A HREF="/order/ftp.html">site de
+ftp</A> ou ainda <A HREF="/manual/manual.html">ler os manuais online</A>.
+
+</P><P>
+Felizmente, nós não somos mais os únicos publicadores de documentação
+livre. Outros publicadores se juntaram a nós publicando livros sob uma das
+<A 
HREF="/philosophy/license-list.pt-br.html#FreeDocumentationLicenses">licenças
+de documentação livre</A>. Nesta página, nós mantemos uma lista desses livros
+livres que não são parte do Projeto GNU. Se você econtrar algum livro livre
+que não está listado aqui, por favor nos informe enviando um
+<A HREF="mailto:address@hidden";>e-mail para
+&lt;address@hidden&gt;</A>.
+
+</P><P>
+<HR width="50%">
+
+<H3><CENTER><A NAME="FreeBooks" HREF="#FreeBooksTOC">Livros 
Livres</A></CENTER></H3></P>
+
+<P>
+Novos livros são colocados no topo desta lista.
+
+</P><P>
+
+<TABLE BGCOLOR="#f0f0f0" BORDER=1 CELLPADDING=5 CELLSPACING=5>
+<TR ALIGN="center"><TH>Título</TH> <TH>Autor</TH> <TH>Editora</TH>
+<TH>ISBN</TH> <TH>Licença</TH> </TR>
+
+<TR ALIGN="center">
+<TD><CITE>GNU Autoconf, Automake, and Libtool</CITE>
+<TD>Gary V. Vaughan, Ben Elliston, Tom Tromey, Ian Lance Taylor</TD>
+<TD>New Riders</TD>
+<TD>1-57870-190-2</TD>
+<TD>Licença de Publicação Aberta, Versão 1.0 (nenhuma opção exercida)</TD>
+</TR>
+
+<TR ALIGN="center">
+<TD><CITE>Debian GNU/Linux: Guide to Installation and Usage</CITE> (atualmente 
esgotado)
+<TD>John Goerzen and Ossama Othman</TD>
+<TD>New Riders</TD>
+<TD>0-7357-0914-9</TD>
+<TD><A HREF="/copyleft/gpl.html">Licença Genérica Pública do GNU</A></TD>
+</TR>
+
+<TR ALIGN="center">
+<TD><CITE>GTK+/GNOME Application Development</CITE></TD>
+<TD>Havoc Pennington</TD>
+<TD>New Riders</TD>
+<TD>0-7357-0078-8</TD>
+<TD>Licença de Publicação Aberta, Version 1.0 (nenhuma opção exercida)</TD>
+</TR>
+
+</TABLE></P>
+
+<HR>
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">Página Inicial do GNU</A>.
+<P>
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há ainda <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de contactar</A>
+a FSF.
+<P>
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright (C) 2000 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+<P>
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em
+qualquer meio, desde que esta nota seja preservada.
+<P>
+Traduzido por: Fernando Lozano
+<A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+<P>
+Atualizado:
+<!-- hhmts start -->
+20 Fev 2001 fsl
+<!-- hhmts end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: gnu/gnu-history.pt-br.html
===================================================================
RCS file: gnu/gnu-history.pt-br.html
diff -N gnu/gnu-history.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ gnu/gnu-history.pt-br.html  20 Mar 2008 13:55:47 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,153 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Introdução ao Projeto GNU - Fundação para o Software Livre (FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+<LINK REV="translated" HREF="mailto:address@hidden";>
+<META HTML-EQUIV="Keywords"
+ CONTENT="GNU, Projeto GNU, FSF, Software Livre, Fundação para o Software
+ Livre, História">
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<H3>Introdução ao Projeto GNU</H3>
+
+<A HREF="/graphics/whatsgnu.html"><IMG SRC="/graphics/whats-gnu-sm.jpg"
+   ALT=" [Imagem de O que é o GNU] "
+   WIDTH="125" HEIGHT="120"></A>
+<!-- PLease keep this list alphabetical ! -->
+[ <A HREF="/gnu/gnu-history.ca.html">Catalão</A>
+| <A HREF="/gnu/gnu-history.ko.html">Coreano</A>
+| <A HREF="/gnu/gnu-history.es.html">Espanhol</A>
+| <A HREF="/gnu/gnu-history.fr.html">Francês</A>
+| <A HREF="/gnu/gnu-history.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/gnu/gnu-history.it.html">Italiano</A>
+| <A HREF="/gnu/gnu-history.ja.html">Japonês</A>
+]
+
+<P>
+O Projeto GNU desenvolveu um sistema operacional livre completo chamado
+"GNU" (GNU's Not Unix, ou GNU não é Unix) que é um superset do Unix.
+O documento inicial de
+<A HREF="http://www.stallman.org/";>Richard Stallman</A>
+sobre o Projeto GNU é chamado de <A HREF="/gnu/manifesto.pt-br.html">O 
Manifesto GNU
+(31k caracteres)</A>, que foi traduzido para várias
+<A HREF="/gnu/manifesto.pt-br.html#translations">outras línguas</A>.
+Nós também temos o <A HREF="/gnu/initial-announcement.pt-br.html">anúncio 
original</A>
+do Projeto GNU, escrito em 1983.
+
+<P>
+A palavra "livre" ("free" no original) está relacionada com
+<A HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">liberdade</A>, em vez de preço. Você
+pode ou não pagar um preço para obter software GNU. De qualquer modo, uma
+vez que você tenha o software você tem três liberdades específicas na sua
+utilização. Primeiro a liberdade de copiar o programa e da-lo para seus
+amigos e colegas de trabalho; Segundo, a liberdade de modificar o programa
+de acordo com os seus desejos, por ter acesso completo aos fontes; Terceiro,
+a liberdade de distribuir versões modificadas e assim ajudar a construir
+a comunidade. (Se você redistribui software GNU, você pode cobrar pelo
+ato de transferir uma cópia, ou você pode dar cópias de graça.)
+
+<P>
+O Projeto GNU foi idealizado em 1983 como uma forma de trazer de volta
+o espírito cooperativo que prevalecia na comunidade de informática nos
+seus primórdios -- para tornar a cooperação possível uma vez mais
+removendo os obstátulos impostos pelos donos do software proprietário.
+
+<P>
+Em 1971, quando Richard Stallman iniciou a sua carreira no MIT, ele
+trabalhava em um grupo que usava
+<A HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">software livre</A>
+exclusivamente.  Mesmo as empresas de informática distribuíam
+software livre. Programadores eram livres para cooperar entre si, e
+frequentemente faziam isso.
+
+<P>
+Nos anos 80, quase todo o software era
+<A HREF="/philosophy/categories.html#ProprietarySoftware">proprietário
+(18k caracteres)</A>, o que significa que ele tinha donos que proibiam
+e impediam a cooperação entre os usuários. Isto tornou o Projeto GNU
+necessário.
+
+<P>
+Todo usuário de computadores necessita de um sistema operacional; se não
+existe um sistema operacional livre, você não pode nem mesmo iniciar
+o uso de um computador sem recorrer a software proprietário. Portanto,
+o primeiro item na agenda do software livre é um sistema operacional
+livre.
+
+<P>
+Um sistema operacional não é somente um kernel; ele também inclui
+compiladores, editores, formatadores de texto, software de e-mail, e
+muitas outras coisas. Então, escrever um sistema operacional completo
+é uma tarefa muito grande. Ela tomou vários anos.
+
+<P>
+Nós decidimos tornar o sistema operacional compatível com o Unix porque
+o design geral já era testado e portável, e porque a compatibilidade
+tornava fácil para os usuários do Unix a mudança para o GNU.
+
+<P>
+O objetivo inicial de um sistema operacional livre compatível com o Unix
+foi atingido. Nos anos 90, nós tínhamos ou encontrado ou escrito todos
+os componentes principais, exceto um -- o kernel. Então Linux, um kernel
+livre, foi desenvolvido por Linus Torvalds. A combinação do Linux com o
+quase completo sistema GNU resultou em um sistema operacional completo:
+um sistema GNU baseado no Linux, inclunido Slackware, Debian, Red Hat, e
+outros.
+
+<P>
+Entretanto, o Projeto GNU não é limitado a sistemas operacionais. Nós
+pretendemos fornecer uma gama completa de software, qualquer um que muitos
+usuários desejem ter. Isto inclui software de aplicação. Nós já temos uma
+planilha eletrônica. Nós pretendemos exteder o GNU Emacs para ser um
+sistema de editoração eletrônica WYSIWYG durante os próximos anos.
+
+<P>
+Nós também desejamos fornecer software para usuários que não são
+especialistas em computadores. Portanto nós estamos trabalhando em um
+<A HREF="http://www.gnome.org/";>desktop baseado em ícones utilizando
+arrastar-e-soltar</A> para ajudar os iniciantes a utilizar o sistema GNU.
+
+<P>
+Nós também desejamos fornecer jogos e outros programas de lazer. Alguns
+jogos livres já estão disponíveis.
+
+<P>
+Até onde o software livre pode ir? Não há limites, exceto quando leis
+como o sistema de patentes proíbem o software livre completamente.
+O objetivo final é fornecer software livre para realizar todas as
+tarefas que os usuários de computadores querem realizar -- e assim
+tornar o software proprietário obsoleto.
+
+<P>
+
+<HR>
+
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">Página inicial do GNU</A>.
+<P>
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de contactar</A>
+a FSF.
+<P>
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright (C) 1996, 1997, 1998, 1999 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+<P>
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em qualquer
+meio, desde que esta nota seja preservada
+
+Atualizado:
+<!-- hhmts start -->
+$Date: 2008/03/20 13:55:47 $ $Author: yavor $
+<!-- hhmts end -->
+<P>
+Traduzido por: Fernando Lozano
+<A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden>&gt;</A>
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: gnu/gnu-user-groups.pt-br.html
===================================================================
RCS file: gnu/gnu-user-groups.pt-br.html
diff -N gnu/gnu-user-groups.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ gnu/gnu-user-groups.pt-br.html      20 Mar 2008 13:55:48 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,150 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD HTML 3.2 Final//EN">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Grupos de Usuários GNU - Projeto GNU - Fundação para o Software Livre 
(FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<H3>Grupos de Usuários GNU</H3>
+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem da cabeça de um GNU] "
+   WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/gnu/gnu-user-groups.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/gnu/gnu-user-groups.pl.html">Polonês</A>
+| <A HREF="/gnu/gnu-user-groups.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<P>
+<!-- Replace this list with the page's contents. -->
+<H4>Índice</H4>
+<UL>
+  <LI><A HREF="#submit" NAME="TOCsubmit">Submetendo grupos a serem listados</A>
+  <LI><A HREF="#GLnote" NAME="TOCGLnote">Uma nota sobre grupos de usuários 
GNU/Linux</A>
+  <li><a href="#GLlist" NAME="TOCGLlist">Grupos GNU/Linux listados por país</a>
+  <li><a href="#GHlist" NAME="TOCGHlist">Grupos GNU/HURD listados por país</a>
+</UL>
+
+<P>
+<HR>
+<P>
+<H4><A HREF="#TOCsubmit" NAME="submit">Submetendo grupos a serem 
listados</A></H4>
+<P>
+Se você conhece algum grupo de usuários GNU/Linux que não esteja listado nesta 
página, por favor nos informe. Escreva para <a 
href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</a> com o nome completo do 
grupo e outras informações para contato, incluindo a URL do web site caso ele 
possua. Se a informação sobre o seu grupo estiver desatualizada você pode usar 
o mesmo método para atualizá-la.
+<P>
+Se você está formando um Grupo de Usuários GNU/Linux, nós sugerimos que você 
evite acrônimos que contenham ``gul'' (ou ``lug'' em inglês, exceto quando 
parte de ``glug''). Estes acrônimos levarão as pessoas a pensar que se trata de 
um Grupo de Usuários Linux, na prática dando a impressão incorreta. Seja 
criativo--não suponha que o acrônimo de um grupo de usuários deva ter um 
``gul'' (``lug'' ou ``glug'' em inglês). Se o seu grupo gostaria de mudar de um 
nome ``gul'' para outro nome, e conseguir um novo domínio seja um obstáculo, 
por favor peça ajuda a FSF.
+<P>
+
+<H4><A HREF="#TOCGLnote" NAME="GLnote">Uma nota sobre grupos de usuários 
GNU/Linux</A></H4>
+<P>
+Nós listamos Grupos de Usuários <a 
href="/gnu/linux-and-gnu.html">GNU/Linux</A>--isto é, grupos de usuários que se 
denominam Grupos de Usuários ``GNU/Linux'', e fazem um esforço para distinguir 
o sistema operacional GNU/Linux do Linux, o kernel. Nós não listamos ``Grupos 
de Usuários Linux'' nesta página, mas nós convidamos estes a se tornarem um 
Grupo de Usuários GNU/Linux <a href="/gnu/why-gnu-linux.html">e ajudar a 
corrigir a difundida confusão</A> sobre o sistema.
+<P>
+
+<h4><a href="#TOCGLlist" NAME="GLlist">Grupos GNU/Linux listados por 
país</a></h4>
+<p>
+Da mesma forma que nossa <a href="/links/links.html">página de links</a>, a 
FSF não é responsável pelo conteúdo de outros web sites, ou quão atualizados 
eles se encontram.
+<p>
+Aqui estão os países que possuem Grupos de Usuários GNU/Linux listados:
+<p>
+<!-- Please keep this list alphabetical. Thanks. -->
+<a href="#GLArgentina" name="TOCGLArgentina">Argentina</a>
+| <a href="#GLIndia" name="TOCGLIndia">Índia</a>
+<!-- | (a href="#GLUnitedStates" name="TOCGLUnitedStates")United States(/a) -->
+
+<p>
+Aqui estão os Grupos de Usuários GNU/Linux listados por país:
+<p>
+
+<ul>
+
+  <li><a href="#TOCGLArgentina" name="GLArgentina">Argentina</a>
+    <ul>
+      <li><a href="http://www.lugcos.org.ar";>Grupo de usuários GNU/Linux do 
centro-oeste da província de Santa Fe</a>
+    </ul>
+
+  <li><a href="#TOCGLIndia" name="GLIndia">Índia</a>
+    <ul>
+      <li><a
+      href="http://www.symonds.net/~jeffrin/gnukochi/gnukochiuser.html";>Grupo 
de usuários GNU/Linux da Índia (Kochi)</a>
+    </ul>
+
+<!--
+  (li)(a href="#TOCGLUnitedStates" name="GLUnitedStates")United States(/a)
+    (ul)
+    (/ul)
+-->
+
+</ul>
+
+<p>
+<h4><a href="#TOCGHlist" NAME="GHlist">Grupos GNU/HURD listados por 
país</a></h4>
+<p>
+Da mesma forma que nossa <a href="/links/links.html">página de links</a>, a 
FSF não é responsável pelo conteúdo de outros web sites, ou quão atualizados 
eles se encontram.
+<p>
+Aqui estão os países que possuem Grupos de Usuários GNU/HURD listados:
+<p>
+<!-- Please keep this list alphabetical. Thanks. -->
+<a href="#GHCanada" name="TOCGHCanada">Canadá</a>
+
+<p>
+Aqui estão os Grupos de Usuários GNU/HURD listados por país:
+<p>
+
+<ul>
+
+  <li><a href="#TOCGHCanada" name="GHCanada">Canadá</a>
+    <ul>
+      <li><a href="http://www.freesoftware.fsf.org/thug/";>Grupos de usuários 
GNU/Hurd de Toronto</a>
+    </ul>
+
+</ul>
+
+<p>
+<HR>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/gnu/gnu-user-groups.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/gnu/gnu-user-groups.pl.html">Polonês</A>
+| <A HREF="/gnu/gnu-user-groups.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<P>
+Retornar para a <A HREF="/home.html">home page do GNU</A>.
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas e questões sobre FSF e/ou GNU para 
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.html#ContactInfo">outros meios de contactar</A>
+ a FSF.
+<P>
+
+Comentários sobre estas páginas web para <A 
HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras perguntas para 
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright (C) 2001 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+<P>
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em qualquer 
meio, desde que esta nota seja preservada.
+<P>
+Atualizado:
+<!-- timestamp start -->
+$Date: 2008/03/20 13:55:48 $ $Author: yavor $
+<!-- timestamp end -->
+<P>
+Traduzido por: Ricardo Grützmacher <a 
HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</a>
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>
+

Index: gnu/initial-announcement.pt-br.html
===================================================================
RCS file: gnu/initial-announcement.pt-br.html
diff -N gnu/initial-announcement.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ gnu/initial-announcement.pt-br.html 20 Mar 2008 13:55:48 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,186 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Anúncio Inicial - O Projeto GNU e a Fundação Para o Software Livre 
(FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+<LINK REV="translated" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<H3>Anúncio Inicial</H3>
+
+<A HREF="/graphics/whatsgnu.html"><IMG SRC="/graphics/whats-gnu-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem de o que é o GNU] "
+   WIDTH="125" HEIGHT="120"></A>
+
+[
+  <A HREF="/gnu/initial-announcement.de.html">Alemão</A>
+| <A HREF="/gnu/initial-announcement.ca.html">Catalão</A>
+| <A HREF="/gnu/initial-announcement.es.html">Espanhol</A>
+| <A HREF="/gnu/initial-announcement.fr.html">Francês</A>
+| <A HREF="/gnu/initial-announcement.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/gnu/initial-announcement.pl.html">Polonês</A>
+| <A HREF="/gnu/initial-announcement.pt-br.html">português do Brasil</A>
+]
+<P>
+<HR>
+<P>
+Este é o anúncio original do Projeto GNU, escrito por
+<A HREF="http://www.stallman.org/";>Richard Stallman</A> em 1983.<P>
+A história do Projeto GNU é de muitas maneiras diferente deste plano
+inicial. Por exemplo, o início foi atrazado até Janeiro de 1984, e
+muitos dos detalhes sobre
+<A HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">software livre</A>
+ainda não haviam sido clareados.
+<P>
+<PRE>
+>From CSvax:pur-ee:address@hidden
+From: address@hidden
+Newsgroups: net.unix-wizards,net.usoft
+Subject: new Unix implementation
+Date: Tue, 27-Sep-83 12:35:59 EST
+Organization: MIT AI Lab, Cambridge, MA
+
+Unix livre!
+
+Iniciando nesta ação de graças eu vou escrever um sistema completo
+compatível com o Unix chamado GNU (Gnu Não é Unix), e fornecê-lo
+gratuitamente para todos que possam utilizá-lo.
+<A NAME="TOP1" HREF="#1">(1)</A>
+Contribuições de tempo,
+dinheiro, programas e equipamento são bastante necessárias.
+
+Para começar, GNU será um kernel e todos os utilitários necessários para
+se escrever e executar programas em C: editor de textos, shell, compilador,
+linkeditor, montador e algumas outras coisas. Depois disso nós
+adicionaremos um formatador de textos, YACC, um jogo do Império (Empire),
+uma planilha eletrônica, e centenas de outras coisas. Nós esperamos,
+eventualmente, fornecer tudo de útil que normalmente vem com um
+sistema Unix, além de quaisquer outras coisas úteis, incluindo documentação
+on-line e impressa.
+
+GNU será capaz de rodar programas do Unix, mas não será idêntico ao
+Unix. Nós faremos todos os aperfeiçoamentos que forem convenientes,
+baseados em nossa experência com outros sistemas operacionais. Em
+particular, nós planejamos ter nomes de arquivos longos, números de
+versão de arquivos, um sistema de arquivos à prova de falhas, talvez
+auto-preenchimento de nomes de arquivos, suporte a vídeo independente
+de terminal, e eventualmente um sistema de janelas baseado no Lisp, de
+modo que vários programas Lisp e programas Unix comuns possam compartilhar
+uma tela. Tanto C quanto Lisp serão disponibilizados como linguagens de
+programação de sistemas. Nós teremos software de rede baseado no protocolo
+chaosnet do MIT, bastante superior ao UUCP. Nós também teremos algo
+compatível com o UUCP.
+
+
+Quem eu sou?
+
+Eu sou Richard Stallman, inventor do original e muito imitado editor
+EMACS, atualmente no Laboratório de Inteligência Artificial do MIT.
+Eu trabalhei extensivamente em compiladores, editores, depuradores,
+interpretadores de comandos, no Incompatible Timesharing System e no
+Sistema Operacional da Máquina Lisp. Eu fui o pioneiro do suporte
+de vídeo independente de terminal no ITS. Além disso, eu implementei
+um sistema de arquivos à prova de falhas e dois sistemas de janelas
+para máquinas Lisp.
+
+
+Por que eu tenho que escrever o GNU?
+
+Eu considero que a regra de ouro requer que se eu gosto de um programa
+eu tenho que compartilhá-lo com outras pessoas como eu. Eu não posso,
+com a consciência limpa, assinar um contrato de não-divulgação de
+informações ou um contrato de licença de software.
+
+De modo que eu possa continuar a usar computadores sem violar os meus
+princípios, eu decidi juntar uma quantidade suficiente de software
+livre, de modo que eu possa continuar sem utilizar nenhum software que
+não seja livre.
+
+
+Como você pode contribuir?
+
+Eu estou pedindo aos fabricantes de computadores por doações de máquinas
+e dinheiro. Eu estou pedindo às pessoas por doações de programas e
+trabalho.
+
+Um fabricante de computadores já se ofereceu para fornecer uma máquina.
+Mas nós poderíamos usar mais. Uma consequência que você pode esperar
+se você doar uma máquina é que o GNU poderá rodar nela desde cedo.
+Seria melhor se a máquina fosse capaz de operar em uma área residencial,
+sem necessidade de energia ou resfriamento sofisticados.
+
+Programadores individuais podem contribuir escrevendo uma duplicata
+compatível de algum utilitário do Unix e doando para mim. Para a
+maioria dos projetos, tempo parcial distribuído seria bastante
+difícil de coordenar; as partes escritas independentemente não iriam
+funcionar juntas. Mas para a tarefa em particular de substituir o Unix,
+esta tarefa não é necessária. A maior parte das especificações de
+interfaces já estão fornecidas pela compatibilidade com o Unix. Se
+cada contribuição funcionar com o resto do Unix, ela provavelmente
+funcionará com o resto do GNU.
+
+Se eu receber doações de dinheiro, eu serei capaz de contratar algumas
+pessoas em tempo integral ou parcial. O salário não será alto, mas
+eu estou procurando por pessoas para as quais saber que estão ajudando a
+humanidade seja tão importante quanto dinheiro. Eu imagino este como
+um modo de habilitar pessoas dedicadas a focar todas as suas energias
+no trabalho sobre o GNU sem que elas necessitem de uma outra maneira
+de ganhar a vida.
+
+
+Para mais informações, por favor me contacte.
+Arpanet mail:
+  address@hidden
+
+Usenet:
+  address@hidden
+  address@hidden
+
+US Snail:
+  Richard Stallman
+  166 Prospect St
+  Cambridge, MA 02139
+</PRE>
+<P>
+<A NAME="1" HREF="#TOP1">(1)</A> Este comentário mostra que o Richard
+ainda não havia clarificado a diferença entre "free speech" (liberdade
+de expressão) e "free beer" (cerveja grátis)
+
+<P>
+<HR>
+Volta à <A HREF="/home.pt-br.html">Página Inicial do GNU</A>.
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de
+contactar</A> a FSF.
+<P>
+
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright (C) 1999 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+<P>
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em
+qualquer meio, desde que esta nota seja preservada. 
+<P>
+Atualizado:
+<!-- hhmts start -->
+$Date: 2008/03/20 13:55:48 $ $Author: yavor $
+<!-- hhmts end -->
+<P>
+Traduzido por: Fernando Lozano
+<A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+<P>
+Revisado por: Ricardo Grützmacher
+<A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: gnu/linux-and-gnu.pt-br.html
===================================================================
RCS file: gnu/linux-and-gnu.pt-br.html
diff -N gnu/linux-and-gnu.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ gnu/linux-and-gnu.pt-br.html        20 Mar 2008 13:55:48 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,232 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Linux e GNU - O Projeto GNU e a Fundação para o Software Livre 
(FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+<META HTTP-EQUIV="Keywords"
+ CONTENT="GNU, FSF, Free Software Foundation, Linux, Emacs, GCC, Unix">
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+
+<H3>Linux e o Projeto GNU</H3>
+
+<H4>Por
+<A HREF="http://www.stallman.org/";>Richard Stallman</A></H4>
+
+<A HREF="/graphics/babygnu.html"><IMG SRC="/graphics/baby-gnu-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem de um bebê GNU] "
+   WIDTH="101" HEIGHT="136"></A>
+
+[ <A HREF="/gnu/linux-and-gnu.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/gnu/linux-and-gnu.pt-br.html">português do Brasil</A> 
+| <A HREF="/gnu/linux-and-gnu.ko.html">Coreano</A> 
+| <A HREF="/gnu/linux-and-gnu.ru.html">Russo</A> 
+]
+<P>
+
+Muitos usuários de computador utilizam uma versão modificada do
+
+<A HREF="/philosophy/categories.html#TheGNUsystem">sistema GNU (18k
+caracteres)</A> todos os dias, sem perceberem. Através de uma peculiar
+reviravolta dos fatos, a versão do GNU que é largamente utilizada hoje
+é mais conhecida como ``Linux'', e muitos usuários não estão a par de
+sua conexão com o 
+
+<A HREF="/gnu/gnu-history.pt-br.html">Projeto GNU</A>.
+
+<P>
+
+Há realmente um Linux; é o núcleo (kernel), e essas pessoas estão
+utilizando-o. Mas você não pode usar um núcleo sozinho; um núcleo só é
+útil como parte de todo um sistema operacional. Linux é normalmente
+utilizado em combinação com o sistema operacional GNU: o sistema é
+basicamente GNU, com Linux funcionando como núcleo.
+
+<P>
+
+Muitos usuários não estão totalmente a par da diferença entre o
+núcleo, que é o Linux, e todo o sistema operacional, que eles
+também chamam ``Linux''. O uso ambíguo desse nome não promove o entendimento.
+
+<P>
+
+Programadores geralmente sabem que Linux é o núcleo. Mas desde que
+eles também já ouviram todo o sistema ser chamado ``Linux'',
+eles muitas vezes visualizam uma história que corresponde ao nome. Por
+exemplo, muitos acreditam que, assim que Linus Torvalds terminou de
+escrever o núcleo, seus amigos procuraram por outros programas livres
+e, por nenhuma razão em particular, praticamente tudo necessário para
+criar um sistema similar ao Unix já estava disponível.
+
+<P>
+
+O que eles acharam não foi nenhum acidente - foi o sistema GNU. O
+<A HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">software livre</A> disponível
+compôs um sistema completo porque o Projeto GNU já estava trabalhando
+desde 1984 para criar um.  <A HREF="/gnu/manifesto.pt-br.html">O Manifesto GNU 
(31k
+caracteres)</A> definiu o objetivo de criar um sistema livre similar
+ao Unix, chamado GNU. O <A
+HREF="/gnu/initial-announcement.pt-br.html">Anúncio Oficial</A>
+do sistema GNU também ressalta alguns dos planos originais para o
+sistema GNU. Quando o Linux foi escrito, o sistema já estava quase
+acabado.
+
+<P>
+
+A maioria dos projetos de software livre tem por objetivo desenvolver
+um programa em particular para uma tarefa em particular. Por exemplo,
+Linus Torvalds escreveu um núcleo similar ao Unix (Linux); Donald
+Knuth escreveu um formatador de textos (TeX); Bob Scheifler escreveu
+um sistema de janelas (<A
+HREF="http://www.camb.opengroup.org/tech/desktop/x/";>X Windows</A>).
+É natural medir a contribuição deste tipo de projeto pelos programas
+específicos que vieram daquele projeto.
+
+<P>
+
+Se tentássemos medir a contribuição do projeto GNU dessa forma, o que
+concluiríamos? Um distribuidor de CD-ROM percebeu que em sua
+``distribuição Linux'', <A
+HREF="/philosophy/categories.html#GNUsoftware">software GNU
+</A> era o maior contingente único, por volta de 28% de todo o
+código-fonte, e isso incluía alguns dos componentes essenciais sem os
+quais não poderia haver sistema. O Linux representava por volta de
+3%. Assim, se você for escolher um nome para o sistema baseado em
+quem escreveu os programas no sistema, a escolha simples mais
+apropriada seria ``GNU''.
+
+
+<P>
+
+Mas nós não concordamos que esta é a maneira correta de considerar a
+questão. O projeto GNU não foi, não é, um projeto para dessenvolver
+pacotes específicos de software. Não foi um projeto para desenvolver
+um <A HREF="/software/gcc/gcc.html">compilador C</A>, apesar de o
+termos feito.  Não foi um projeto para desenvolver um editor de
+textos, apesar de termos desenvolvido um. O objetivo do Projeto GNU
+era desenvolver um <EM>sistema operacional livre similar ao Unix</EM>.
+
+<P>
+
+Muitas pessoas fizeram grandes contribuições para o software livre no
+sistema, e todos eles merecem crédito. Mas a razão pela qual temos um
+<EM>sistema</EM> - e não somente uma coleção de programas úteis - é
+porque o Projeto GNU se definiu para fazer um. Nós fizemos uma lista
+de programas necessários para compor um sistema livre
+<EM>completo</EM>, e nós sistematicamente achamos, escrevemos, ou
+encontramos pessoas para escrever tudo na lista. Nós escrevemos
+componentes principais, essenciais mas não excitantes, como o
+montador (assembler) e o editor de ligação (linker), porque não é
+possível ter um sistema sem eles. Um sistema completo necessita mais
+do que simplesmente ferramentas de programação; o Bourne Again SHell,
+o interpretador PostScript <A
+HREF="/software/ghostscript/ghostscript.html">Ghostscript</A>, e a 
+
+<A HREF="/software/libc/libc.html">biblioteca GNU C</A> 
+são igualmente importantes.
+
+<P>
+
+Por volta do início dos anos 90 nós agrupamos todo o sistema à parte
+do núcleo (e nós ainda estamos trabalhando em um kernel, o
+<A HREF="/software/hurd/hurd.html">GNU Hurd</A>, 
+que executará em cima do Mach). Desenvolver esse núcleo tem sido bem
+mais difícil do que esperávamos, e nós ainda estamos  <A
+HREF="/software/hurd/hurd-and-linux.html">trabalhando em sua
+finalização.</A>.
+
+<P>
+
+Felizmente, você não precisa esperar por ele, porque o Linux está
+funcionando agora. Quando Linus Torvalds escreveu o Linux, ele
+completou a última grande lacuna. Pessoas puderam então colocar o
+Linux junto com o sistema GNU para compor um sistema livre completo:
+um sistema GNU baseado em Linux (ou sistema GNU/Linux, para simplificar).
+
+
+<P>
+
+Colocar os dois componentes juntos parece simples, mas não foi uma
+tarefa trivial. A <A HREF="/software/libc/libc.html">biblioteca GNU
+C</A> (chamada glibc para simplificar) precisou de mudanças
+substanciais. Integrar um sistema completo como uma distribuição que
+funcionasse ``fora da caixa'' foi também um trabalho grande. Requeriu
+resolver o problema de como instalar e iniciar o sistema (boot) - um
+problema que ainda não resolvemos, porque ainda não atingimos esse
+ponto. As pessoas que desenvolveram as várias distribuições de sistema
+deram uma contribuição substancial.
+
+<P>
+
+À parte do GNU, um outro projeto desenvolveu um sistema livre similar
+ao Unix. Este sistema é conhecido como <A
+HREF="/links/links.pt-br.html#OtherFreeSoftware">BSD</A>, 
+e foi desenvolvido na Universidade da Califórnia em Berkeley. Os
+desenvolvedores do BSD foram inspirados a fazer seu trabalho como
+software livre seguindo o exemplo do Projeto GNU, e ocasionalmente
+encorajaram os ativistas do GNU, mas seu trabalho real teve pouca
+relação com o GNU. Sistemas BSD hoje utilizam algum software GNU,
+assim como o sistema GNU e suas variantes utilizam algum software BSD,
+mas, olhando-os como um todo, eles são dois sistemas diferentes que
+evoluíram separadamente. Um sistema operacional livre que existe hoje
+é quase com certeza ou uma variante do sistema GNU ou um tipo de
+sistema BSD.
+
+<P>
+
+O Projeto GNU suporta os sistemas GNU/Linux assim como <em>o</em>
+sistema GNU - mesmo com fundos. Nós financiamos a reescrita das extensões
+da biblioteca GNU C relacionadas ao Linux, para que agora elas estejam
+bem integradas, e os novos sistemas GNU/Linux usam a versão corrente
+da biblioteca sem modificações. Nós também financiamos um estágio
+inicial do desenvolvimento do <A HREF="http://www.debian.org/";>Debian
+GNU/Linux</A>.
+
+<P>
+
+Nós utilizamos sistemas GNU baseados em Linux hoje para a maioria do
+nosso trabalho, e nós esperamos que você também os use. Mas por favor
+não confunda o público por utilizar o nome ``Linux'' de forma
+ambígua. Linux é o núcleo, um dos principais componentes essenciais do
+sistema. O sistema como um todo é mais ou menos o sistema GNU.
+
+<P>
+Há um <A HREF="/links/companies.html">número de companhias</A>
+que vendem computadores com sistemas GNU/Linux totalmente grátis
+pré-instalados.
+
+<P>
+
+<HR>
+
+Retorna à  <A HREF="/home.pt-br.html">página inicial do GNU</A>.
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas e/ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de
+contactar</A> a FSF.
+<P>
+
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright 1997, 1998 Richard Stallman
+<P>
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em
+qualquer meio, desde que esta nota seja preservada.
+<P>
+Traduzido por:
+Fernando Lozano <A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</a>
+<P>
+Atualizado:
+<!-- hhmts start -->
+$Date: 2008/03/20 13:55:48 $ $Author: yavor $
+<!-- hhmts end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: gnu/manifesto.pt-br.html
===================================================================
RCS file: gnu/manifesto.pt-br.html
diff -N gnu/manifesto.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ gnu/manifesto.pt-br.html    20 Mar 2008 13:55:49 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,744 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>O Manifesto GNU - O Projeto GNU e a Fundação Para o Software Livre 
(FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+<LINK REV="translated" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<HR>
+
+<H4><A HREF="/philosophy/philosophy.pt-br.html">Outros textos para ler</A></H4>
+
+<HR>
+
+Copyright (C) 1985, 1993 Free Software Foundation, Inc.
+
+<P>
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em
+qualquer meio, desde que esta nota seja preservada e o distribuidor
+garanta aos recipientes permissão para nova redistribuição como
+permitido por esta nota.
+<P>
+Não podem ser feitas versões modificadas.
+
+<H3>O Manifesto GNU</H3>
+[
+   <a href="/gnu/manifesto.fr.html">Francês</a>
+|  <a href="/gnu/manifesto.html">Inglês</a>
+|  <a href="/gnu/manifesto.it.html">Italiano</a>
+|  <A HREF="/gnu/manifesto.nl.html">Holandês</a>
+|  <a href="/gnu/manifesto.pt-br.html">português do Brasil</a>
+]
+<PRE>
+     O Manifesto GNU (que segue abaixo) foi escrito por
+     <A HREF="http://www.stallman.org/";>Richard Stallman</A> no início do 
Projeto GNU, para pedir por
+     participação e ajuda. Durante os primeiros anos ele sofreu
+     pequenas atualizações para registrar desenvolvimentos, mas
+     agora achamos melhor mante-lo inalterado, já que a maiora das
+     pessoas já viu o manifesto antes.
+
+     Desde aquele tempo, nós aprendemos sobre certos mal-entendidos
+     frequentes que uma escolha diferente de palavras poderia ter
+     ajudado a evitar. Notas de rodapé adicionadas em 1993 ajudam a
+     clarear esses pontos.
+
+     Para informações atualizadas sobre o software GNU disponível,
+     por favor veja a informação disponível no nosso <a 
href="/home.pt-br.html">servidor web</A>,
+     em especial nossa <a href="/software/software.html">lista de software</a>.
+</PRE>
+
+<H3>O Que é o GNU?  Gnu Não é Unix!</H3>
+<A HREF="/graphics/whatsgnu.html"><IMG SRC="/graphics/whats-gnu-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem de o que é o GNU] "
+   WIDTH="125" HEIGHT="120"></A>
+
+<P>
+
+<A NAME="translations">Traduções do Manifesto GNU Manifesto</A>
+estão disponíveis em
+<!--  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!--  -->
+<!-- German translation submitted by Peter Gerwinski, address@hidden -->
+<A HREF="http://www.gnu.de/mani-ger.html";>Alemão</A>,
+<!-- there are two Korean translations -->Coreano
+<!-- one Korean translation was written by Ha Jaewon &amp; Song Changhun, 
address@hidden -->
+(<a href="http://www.kldp.org/gnu/manifesto-k.html";>1</a>,
+<!-- Another one by Bang Jun-Young, address@hidden -->
+<a href="http://my.dreamwiz.com/bangjy/gnumanifesto.html";>2</a>),
+<!-- French translation written by "Jacques Du Pasquier" address@hidden -->
+<a href="http://www.dtext.com/hache/manifeste-GNU.html";>Francês</a>,
+<A HREF="http://animal.unipv.it/gnu/manifesto.html";>Italiano</A>,
+<!-- Japanese translation by H. Meiko, Omoti, address@hidden -->
+<A HREF="/japan/manifesto-1993j-plain.html">Japonês</A>, 
+<!-- Russian translation submitted by Oleg S. Tihonov, address@hidden -->
+<A HREF="http://www-ru.gnu.org.ru/manifesto.html";>Russo</A>,
+and
+<!-- Swedish translation written by Linus Walleij, address@hidden -->
+<a 
href="http://www.df.lth.se/~triad/artiklar/GNU_Manifesto-swe.html";>Sueco</a>.
+<!--  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!--  -->
+
+<HR>
+
+<P>
+GNU, que significa Gnu Não é Unix, é o nome para um sistema de software
+completo e compatível com o Unix, que eu estou escrevendo para que 
+possa fornece-lo gratuitamente para todos os que possam utilizá-lo.
+<a name="r1" href="/gnu/manifesto.pt-br.html#f1">(1)</a> Vários outros
+voluntários estão me ajudando. Contribuições de tempo, dinheiro,
+programas e equipamentos são bastante necessárias.
+
+<P>
+Até o momento nós temos um editor de textos Emacs com Lisp para a
+escrita de comandos do editor, um depurador de código-fonte, um
+gerador de compiladores compatível com o yacc, um linkeditor e em
+torno de 35 utilitários. Um shell (interpretador de comandos) está
+quase completo. Um novo compilador C otimizador portável já compilou
+a si mesmo e deverá ser liberado este ano. Um kernel inicial existe
+mas muitos recursos ainda são necessários para emular o Unix. Quando
+o kernel e o compilador estiverem finalizados, será possível distribuir
+um sistema GNU adequado para o desenvolvimento de novos programas.
+Nós usaremos o TeX como nosso formatador de textos, mas estamos
+trabalhando em um nroff. Nós também usaremos o X Window System, que é
+livre e portável. Depois disso nós adicionaremos um Common Lisp
+portável, um jogo do Império, uma planilha eletrônica, e centenas de
+outras coisas, além de documentação on-line. Nós esperamos fornecer,
+eventualmente, tudo de útil que normalmente vem com um sistema Unix,
+e ainda mais.
+
+<P>
+GNU será capaz de rodar programas do Unix, mas não será idêntico ao
+Unix. Nós faremos todos os aperfeiçoamentos que forem convenientes,
+baseados em nossa experiência com outros sistemas operacionais. Em
+particular, nós planejamos adicionar nomes de arquivos longos,
+números de versão de arquivos, um sistema de arquivos à prova de falhas,
+auto-geração de nomes de arquivos, talvez, suporte de vídeo independente
+do terminal, e talvez um sistema de janelas baseado no Lisp atravéz do
+qual vários programas Lisp e programas Unix comuns possam compartilhar
+uma tela. Tanto C quanto Lisp estarão disponíveis como linguagens de
+programação de sistemas. Nós tentaremos suportar UUCP, MIT Chaosnet,
+e protocolos da Internet para comunicação.
+
+<P>
+GNU é inicialmente orientado para máquinas do classe 68000/16000 com
+memória virtual, porque essas são as máquinas mais fáceis de suportar.
+O esforço extra par faze-lo rodar em máquinas menores será deixado
+para alguém que deseje utilizá-lo nelas.
+
+<P>
+Para evitar uma confusão horrível, por favor pronuncie a letra "G"
+na palavra "GNU" quando ela for o nome deste projeto.
+
+<h3>Por que eu Tenho que Escrever o GNU</h3>
+
+Eu acredito que a regra de ouro exige que, se eu gosto de um programa,
+eu devo compartilha-lo com outras pessoas que gostam dele. Vendedores
+de Software querem dividir os usuários e conquistá-los, fazendo com
+que cada usuário concorde em não compartilhar com os outros. Eu
+me recuso a quebrar a solidariedade com os outros usuários deste modo.
+Eu não posso, com a consciência limpa, assinar um termo de compromisso
+de não-divulgação de informações ou um contrato de licensa de software.
+Por anos eu trabalhei no Laboratório de Inteligência Artificial do MIT
+para resistir a estas tendências e outras inanimosidades, mas eventualmente
+elas foram longe demais: eu não podia permanecer em uma instituição onde
+tais coisas eram feitas a mim contra a minha vontade.
+
+<P>
+Portanto, de modo que eu possa continuar a usar computadores sem
+desonra, eu dedicir juntar uma quantidade de software suficiente
+para que eu possa continuar sem nenhum software que não seja livre.
+Eu me demiti do Laboratório de IA para impedir que o MIT tenha
+qualquer desculpa legal para me impedir de fornecer o GNU livremente.
+
+<h3>Por que o GNU será Compatível com o Unix</h3>
+
+Unix não é o meu sistema ideal, mas ele não é tão ruim. Os recursos
+essenciais do Unix parecem ser bons recursos, e eu penso que eu posso
+fornecer o que falta no Unix sem comprometê-lo. E um sistema compatível
+com o Unix seria conveniente para muitas pessoas adotarem.
+
+<h3>Como o GNU Estará Disponível</h3>
+
+GNU não está no domínio público. Qualquer um terá permissão para
+modificar e redistribuir o GNU, mas nenhum distribuidor terá
+permissão para restringir a sua nova redistribuição. Ou seja, não
+será permitida nenhuma modificação
+<A HREF="/philosophy/categories.html#ProprietarySoftware">proprietária
+(18k characters)</A>. Eu quero ter certeza de que todas as versões
+do GNU permanecerão livres.
+
+<h3>Por que Muitos Outros Programadores Desejam Ajudar</h3>
+
+Eu encontrei muitos outros programadores que estão excitados
+quanto ao GNU e querem ajudar.
+
+<P>
+Muitos programadores estão descontentes quanto à comercialização de
+software de sistema. Ela pode trazê-los dinheiro, mas ela requer
+que eles se considerem em conflito com outros programadores de maneira
+geral em vez de considerá-los como camaradas. O ato fundamental da
+amizade entre programadores é o compartilhamento de programas; acordos
+comerciais usados hoje em dia tipicamente proíbem programadores de 
+se tratarem uns aos outros como amigos. O comprador de software tem
+que escolher entre a amizade ou obeder à lei. Naturalmente, muitos
+decidem que a amizade é mais importante. Mas aqueles que acreditam na
+lei frequentemente não se sentem à vontade com nenhuma das escolhas.
+Eles se tornam cínicos e passam a considerar que a programação é
+apenas uma maneira de ganhar dinheiro.
+
+<P>
+Trabalhando com e usando o GNU em vez de programas proprietários,
+nós podemos ser hospitaleiros para todos e obedecer a lei. Além disso,
+GNU serve como um exemplo para inspirar e um chamariz para trazer
+outros para se juntarem a nós e compartilhar programas. Isto pode
+nos dar um sentimento de harmonia que é impossível se nós usarmos
+software que não seja livre.  Para aproximadamente metade dos
+programadores com quem eu falo, esta é uma imporante alegria que
+dinheiro não pode substituir.
+
+<h3>Como Você Pode Contribuir</h3>
+Eu estou pedindo aos fabricantes de computadores por doações de
+máquinas e dinheiro. Eu estou pedindo às pessoas por doações de
+programas e de trabalho.
+
+<P>
+Uma consequência que você pode esperar se você doar máquinas é
+que o GNU irá rodar nelas mais cedo. As máquinas devem ser sistemas
+completos, prontos para uso, e aprovadas para utilização em áreas
+residenciais, e não devem necessitar de sistemas sofisticados de
+refrigeração ou energia.
+
+<P>
+Eu encontrei muitos programadores dispostos a contribuir em tempo
+parcial com o GNU. Para a maioria dos projetos, este trabalho
+distribuído em tempo parcial seria bem difícil de coordenar; as partes
+escritas independentes uma das outras não funcionariam juntas. Mas
+para a tarefa em particular de substituir o Unix, este problema não
+existe. Um sistema Unix completo contém centenas de programas
+utilitários, cada um documentado separadamente. A maiora das especificações
+de interface são garantidas pela compatibilidade com o Unix. Se cada
+contribuidor puder escrever um substituto compatível para um único
+utilitário do Unix, e conseguir que ele trabalhe corretamente no
+lugar do original em um sistema Unix, então estes utilitários irão
+funcionar corretamente quando colocados juntos. Mesmo contanto que a Lei
+de Murphy crie alguns problemas inesperados, juntar estes componentes
+será um trabalho viável. (O kernel irá necessitar comunicação mais
+próxima e será trabalhado por um grupo pequeno e coeso.)
+
+<P>
+Se eu receber doações de dinheiro, eu poderei contratar algumas pessoas
+em tempo integral ou parcial. O salário não será alto para os padrões
+da indústria, mas eu estou procurando por pessoas para as quais
+construir um espírito de comunidade seja tão importante quanto ganhar
+dinheiro. Eu vejo esta como uma maneira de habilitar pessoas dedicadas
+a focar as suas energias totalmente no trabalho no GNU, sem que elas
+necessitem de uma outra maneira de ganhar a vida.
+
+<h3>Por que Todos os Usuários de Computadores Serão Beneficiados</h3>
+
+Uma vez que o GNU esteja pronto, todos poderão obter um bom software
+de sistema gratuitamente, assim como o ar.
+<a name="r2" href="/gnu/manifesto.pt-br.html#f2">(2)</a>
+
+<P>
+Isto significa muito mais do que simplesmente que todos economisarão o
+valor de uma licensa do Unix. Isto significa que muita duplicação
+de programação de sistemas será evitada. Este esforço poderá ser
+utilizado em avançar o estado-da-arte.
+
+<P>
+O código-fonte completo do sistema estará disponível para todos. Como
+resultado, um usuário que necessite de modificações no sistema será
+sempre livre para realiza-las ele mesmo, ou para contratar qualquer
+programador disponível ou empresa para realiza-las. Os usuários não
+estarão mais à mercê do programador ou empresa que é dono dos fontes
+e é o único que pode realizar mudanças.
+
+<P>
+Escolas poderão fornecer um ambiente educacional muito mais produtivo
+encorajando todos os estudantes a estudar e aperfeiçoar o código do
+sistema. O Laboratório de Computadores de Harvard tinha como política
+não instalar nenhum programa se os seus fontes não estivessem
+disponíveis ao público, e esta posição foi sustentada quando o
+laboratório se recusou a instalar certos programas. Eu fui bastante
+inspirado por eles.
+
+<P>
+Finalmente, o overhead de localizar o dono do software de sistema e
+o que se pode ou não se pode fazer com ele será aliviado.
+
+<P>
+Contratos que fazem as pessoas pagarem pelo uso de um programa, incluindo
+o licensiamento de cópias, sempre trazem um custo tremendo para a sociedade
+devido aos mecanismos obscuros necessários para se determinar quanto
+(ou seja, por quais programas) uma pessoa tem que pagar. E somente a
+polícia do estado tem poder para fazer com que todos obedeçam esses
+mecanismos. Imagine uma estação espacial onde o ar tem que ser
+fabricado a um custo muito alto: cobrar cada "respirador" por cada inspiração
+pode ser justo, mas usar a máscara de gás com o medidor todo dia e toda
+noite seria intolerável mesmo para os que pudessem pagar a taxa do ar.
+E presença de câmeras de TV por todo lado para verificar se alguém tirar
+a máscara é ultrajante. É melhor manter a fábrica de ar com uma taxa por
+pessoa e eliminar as máscaras.
+
+<P>
+Copiar todo ou parte de um programa é tão natural para um programador
+quanto respirar, e tão produtivo quanto. Isto tem que ser livre.
+
+<h3>Algumas Objeções Facilmente Refutadas aos Objetivos do GNU</h3>
+
+
+<STRONG>"Ninguém vai utiliza-lo se for gratuito, porque isto significa
+que não se pode contar com nenhum suporte."</STRONG>
+
+<P>
+<STRONG>"Você tem que cobrar pelo programa para pagar pelo
+suporte."</STRONG>
+
+<P>
+Se as pessoas puderem em vez disso pagar pelo GNU mais pelos serviços
+em vez de obter o GNU sem o serviço, uma empresa cujo objetivo seja
+somente fornecer serviços para as pessoas que obteram o GNU gratuitamente
+será rentável.<a name="r3" href="/gnu/manifesto.pt-br.html#f3">(3)</a>
+
+<P>
+Nós temos que diferenciar entre o suporte na forma de verdadeiro trabalho
+de programação e simples ajuda. O primeiro é algo que ninguém pode
+realmente contar em receber do vendedor de software. Se o seu problema
+não é o mesmo de muitas outras pessoas, o vendedor irá ignora-lo.
+
+<P>
+Se o seu negócio necessita contar com suporte, a única garantia é ter
+todos os fontes e ferramentas necessários. Então você pode contratar
+qualquer pessoa disponível para resolver o seu problema; você não
+depende de nenhum indivíduo. Com o Unix, o preço dos fontes coloca isto
+fora de questão para a maioria das empresas. Com GNU seria fácil.
+Ainda é possível que não haja uma pessoa competente em disponibilidade,
+mas este problema não será causado por contratos de distribuição. GNU
+não elimina todos os problemas do mundo, somente alguns deles.
+
+<P>
+Enquanto isso, o usuário que não sabe nada sobre computadores necessita
+de ajuda: fazer coisas para eles que eles poderiam facilmente fazer
+eles mesmos mas eles não sabem como.
+
+<P>
+Este tipo de serviço poderia ser fornecido por empresas que vendem
+somente serviços de ajuda e reparos. Se for verdade que os usuários
+preferem gastar dinheiro e obter o produto com serviço, eles também
+estarão dispostos à comprar o serviço tendo obtido o produto de
+graça. As empresas de serviços irão competir em preço e qualidade,
+enquanto que os usuários não estarão amarrados a nenhuma delas em
+particular. Enquanto isso, os usuários que não necessitam do serviço
+poderão usar o programa sem ter que pagar pelo serviço.
+
+<P>
+<STRONG>"Você não pode atingir muitas pessoas sem propaganda,
+e você tem que cobrar pelo programa para pagar por isso".</STRONG>
+
+<P>
+<STRONG>"Não tem sentido anunciar um programa que as pessoas podem
+pegar de graça".</STRONG>
+
+<P>
+Existem várias formas de publicidade gratuita ou muito baratas que
+podem ser usadas para informar os usuários de computadores sobre
+algo como o GNU. Mas pode ser verdade que nós atingiríamos mais
+usuários de computadores com propaganda. Se isto for verdade, uma
+empresa que anuncia o serviço de copiar e enviar GNU por uma taxa
+será bem-sucedido o suficiente para pagar pelos seus anúncios e
+mais. Desta forma, somente os usuários que se beneficiam dos anúncios
+pagam por eles.
+
+<P>
+Pelo outro lado, se muitas pessoas copiarem o GNU dos seus amigos,
+e tais empresas não tiverem sucesso, isto mostra que a propaganda não
+era realmente necessária para popularizar o GNU. Porque os advogados do
+mercado livre não deixam o mercado decidir quanto a isso?
+<a name="r4" href="/gnu/manifesto.pt-br.html#f4">(4)</a>
+
+<P>
+<STRONG>"Minha empresa necessita de um sistema operacional proprietário
+para obter uma vantagem competitiva."</STRONG>
+
+<P>
+O GNU irá remover o sistema operacional do escopo da competição. Você
+não será capaz de obter uma vantagem nesta área, mas nenhum dos seus
+competidores será capaz. Você e eles terão que competir em outras
+áreas, e se beneficiarão mutuamente nesta área. Se o seu negócio é
+vender um sistema operacional, você não irá gostar do GNU, mas isto é
+problema seu. Se o seu negócio é outro, GNU pode poupa-lo de ser
+forçado para o negócio caro de vender sistemas operacionais.
+
+<P>
+Eu gostaria de ver o desenvolvimento do GNU suportado por doações
+de várias empresas e usuários, reduzindo o custo para todos.
+<a name="r5" href="/gnu/manifesto.pt-br.html#f5">(5)</a>
+
+<P>
+<STRONG>"Os programadores não merecem uma recompensa pela
+sua criatividade?"</STRONG>
+
+<P>
+Se alguma coisa realmente merece uma recompensa, é a sua contribuição
+social. Criatividade pode ser uma contribuição social, mas somente na
+medida em que a sociedade é livre para usufruir dos resultados. Se os
+programadores merecem ser recompensados por criarem programas
+inovadores, da mesma forma eles merecem ser punidos se eles restringem
+o uso destes programas.
+
+<P>
+<STRONG>"Um programador não deveria poder pedir por uma
+recompensa pela sua criatividade?"</STRONG>
+
+<P>
+Não há nada errado em querer pagamento pelo trabalho, ou em
+procurar maximizar a renda de uma pessoa, desde que não sejam
+utilizados meios destrutivos. Mas os meios comuns hoje no campo
+de software são baseados em destruição.
+
+<P>
+Extrair dinheiro dos usuários de um programa restringindo o seu
+uso é destrutivo porque as restrições reduzem a quantidade de vezes
+e de modos em que o programa pode ser utilizado. Isto reduz a quantidade
+de bem-estar que a humanidade deriva do programa. Quando há uma escolha
+deliberada em restringir, as consequências prejudiciais são destruição
+deliberada.
+
+<P>
+O motivo pelo qual um bom cidadão não utiliza tais meios destrutivos
+para se tornar mais rico é porque, se todos fizessem assim, todos
+nós nos tornaríamos mais pobres pela exploração mútua. Isto é ética
+Kantiana, ou a Regra de Ouro. Já que eu não gosto das consequências
+que resultam se todos restringirem a informação, eu tenho que considerar
+errado para alguém fazer isso. Especificamente, o desejo de ser
+recompensado pela minha criatividade não justifica privar o mundo em geral
+de tudo ou parte da minha criatividade.
+
+<P>
+<STRONG>"Os programadores não irão morrer de fome?"</STRONG>
+
+<P>
+Eu poderia responder que ninguém é forçado a ser um programador. A
+maioria de nós não conseguiria nenhum dinheiro pedindo na rua ou fazendo
+caretas. Mas nós não estamos, como resultado, condenados a passar
+nossas vidas pedindo na rua, fazendo caretas e passando fome. Nós
+fazemos outra coisa.
+
+<P>
+Mas esta é a resposta errada porque ela aceita a afirmação implícita
+na questão: que sem a propriedade do software, os programadores não
+tem como receber um centavo. Supõe-se que seja tudo ou nada.
+
+<P>
+O motivo pelo qual os programadores não irão morrer de fome é
+que ainda será possível para eles serem pagos para programar;
+somente não tão bem pagos como o são hoje.
+
+<P>
+Restringir a cópia não é a única base para negócios com software.
+Ela é a mais comum porque é a que traz mais dinheiro. Se ela fosse
+proibida, ou rejeitada pelos consumidores, as empresas de software
+iriam mover suas bases para outras formas de organização que hoje
+são utilizadas menos frequentemente. Existem várias formas de se
+organizar qualquer tipo de negócios.
+
+<P>
+Provavelmente a programação não será tão lucrativa nas novas bases
+como ela é agora. Mas este não é um argumento contra a mudança. Não
+é considerado uma injustiça que caixas de lojas tenham os salários que
+eles tem hoje. Se com os programdores acontecer o mesmo, também não
+será uma injustiça. (Na prática eles ainda ganhariam consideravelmente
+mais do que os caixas.)
+
+<P>
+<STRONG>"As pessoas não tem o direito de controlar como a sua criatividade
+é utilizada?"</STRONG>
+
+<P>
+"Controle sobre o uso das idéias" é na verdade controle sobre as vidas
+das pessoas; e isto em geral torna as vidas das pessoas mais difícil.
+
+<P>
+As pessoas que estudaram a questão da propriedade intelectual
+cuidadosamente (como os advogados) dizem que não existe direito
+intrínseco sobre a propriedade intelectual. Os tipos de suposta
+propriedade intelectual que o governo reconhece foram criados por
+atos específicos de legislação para propósitos específicos.
+
+<P>
+Por exemplo, o sistema de patentes foi criado para encorajar inventores
+a divulgarem os detalhes de suas invenções. Seu propósito foi de
+ajudar à sociedade e não os inventores. Naquela época, o tempo de vida
+de 17 anos de uma patente era curto comparado com a taxa de avanços no
+estado-da-arte. Como patentes são um problema somente entre fabricantes,
+para os quais o custo e o esforço de um contrato de licensa são pequenos
+se comparados com o custo de se montar uma fábrica, a patente não
+causou muito prejuízo. Elas não obstruíram a maioria das pessoas que
+utilizavam produtos patenteados.
+
+<P>
+A idéia de copyright não existia nos tempos antigos, quando os autores
+frequentemente copiavam outros autores extensamente em trabalhos de
+não-ficção. Esta prática era útil, e era a única maneira pela qual o
+trabalho de muitos autores poderia ter sobrevivido pelo menos em parte.
+O sistema de copyright foi criado expressamente com o propósito de
+encorajar a autoria. No domínio para a qual ele foi inventado -- livros
+que só podiam ser copiados economicamente apenas pela prensa de uma gráfica
+-- ele causou poucos danos, e não obstruíu a maioria das pessoas que
+liam os livros.
+
+<P>
+Todos os direitos de propriedade intelectual são apenas licensas
+concedidas pela sociedade porque se pensava, corretamente ou não, que
+a sociedade como um todo se beneficiaria da concessão. Mas, em qualquer
+situação em particular, temos que perguntar: nós estamos realmente
+melhor concedendo esta licensa? Que tipo de atos nós estamos autorizando
+uma pessoa a cometer?
+
+<P>
+A situação dos programas hoje é bastante diferente daquela dos livros
+um século atrás. O fato de que o modo mais fácil de copiar um programa
+é de um vizinho para o outro, o fato de que um programa tem tanto
+código fonte quanto código objeto que são distintos, e o fato de que
+um programa é utilizado em vez de lido e apreciado, se combinam para
+criar uma situação em que uma pessoa que faz valer um copyright está
+prejudicando a sociedade como um todo tanto material quanto espiritualmente;
+esta pessoa não deveria fazer isso apesar ou mesmo que a lei permita que
+ela faça.
+
+<P>
+<STRONG>"Competição faz com que as coisas sejam feitas melhor."</STRONG>
+
+<P>
+O paradigma da competição é uma corrida: recompensando o vencedor,
+nós encorajamos todos a correr mais rápido. Quando o capitalismo
+realmente funciona deste modo, ele faz um bom trabalho; mas os defensores
+estão errados em assimir que as coisas sempre funcionam desta forma.
+Se os corredores se esquecem do porque a recompensa ser oferecida e buscarem
+vencer, não importa como, eles podem encontrar outras estratégias -- como,
+por exemplo, atacar os outros corredores. Se os corredores se envolverem
+em uma luta corpo-a-corpo, todos eles chegarão mais tarde.
+
+<P>
+Software proprietário e secreto é o equivalente moral aos corredores
+em uma luta corpo-a-corpo. É triste dizer, mas o único juiz que nós
+conseguimos não parece se opor às lutas; ele somente as regula ("para
+cada 10 metros, você pode disparar um tiro"). Ele na verdade deveria
+encerrar com as lutas, e penalizar os corredores que tentarem lutar.
+
+<P>
+<STRONG>"Não irão todos parar de programar sem um incentivo
+monetário?"</STRONG>
+
+<P>
+Na verdade, muitas pessoas irão programar sem absolutamente nenhum
+incentivo monetário. A programação excerce uma fascinação incrível
+para algumas pessoas, geralmente as pessoas que são melhores nisso.
+Não há falta de músicos profissionais que se mantém na carreira mesmo
+quando não há esperança de se ganhar a vida desta forma.
+
+<P>
+Mas na verdade esta questão, apesar de ser feita frequentemente, não
+é adequada para a situação. Não se deixará de pagar para os programadores,
+apenas se pagará menos. Então a questão é, alguém irá programar com
+um incentivo monetário reduzido? Minha experiência mostra que sim.
+
+<P>
+Por mais de 10 anos, muitos dos melhores programadores do mundo trabalharam
+no Laboratório de Inteligência Artificial do MIT por menos dinheiro
+que eles poderiam receber em qualquer outro lugar. Eles receberam
+vários tipos de recompensas não-financeiras: fama e reconhecimento,
+por exemplo. E criatividade também é um entretenimento, uma recompensa
+em si mesma.
+
+<P>
+Então a maioria deles saiu quando recebeu uma chance de fazer o
+mesmo trabalho interessante recebendo bastante dinheiro.
+
+<P>
+Os fatos mostram que as pessoas irão programador por outros
+motivos além de ficarem ricas; mas se for dada uma chance para além disso
+ganharem muito dinheiro, elas irão aceitar e pedir por isso. Organizações
+que pagam pouco se comparam fracamente com organizações que pagam bem,
+mas elas não tem que se realizar seu trabalho de maneira ruim se as
+organizações que pagam bem forem banidas.
+  
+<P> 
+<STRONG>"Nós necessitamos de programadores desesperadamente. Se eles
+exigem que nós paremos de ajudar nossos semelhantes, nós temos que
+obedecer."</STRONG>
+
+<P>
+Você nunca está tão desesperado que você tenha que atender a este tipo
+de exigência. Lembre-se: milhões para a defesa, mas nenhum centavo como
+tributo!
+
+<P>
+<STRONG>"Os programadores tem que ganhar a vida de algum jeito."</STRONG>
+
+<P>
+Avaliando superficialmente, isto é verdade. Entretanto, existem muitas
+maneiras pelas quais um programador pode ganhar a vida sem vender o
+direito de uso de um programa. Este modo é comum hoje porque ele traz
+aos programadores e aos homens de negócios o máximo em dinheiro, não
+porque é o único modo de se ganhar a vida. É fácil encontrar outros
+modos de ganhar a vida se você deseja encontra-los. Eis alguns exemplos.
+
+<P>
+Um fabricante lançando um novo computador irá pagar pelo porte do
+sistema operacional para o novo hardware.
+
+<P>
+A venda de serviços de treinamento, ajuda e manutenção também poderia
+empregar os programadores.
+
+<P>
+Pessoas com novas idéias poderiam distribuir programas como freeware,
+pedindo por doações de usuários satisfeitos, ou vendendo serviços de
+ajuda [no uso do software]. Eu encontrei pessoas que já trabalham desta
+forma com sucesso.
+
+<P>
+Usuários com necessidades parecidas podem formar grupos de usuários,
+e pagar anuidades. O grupo poderia contratar empresas de programação
+para escrever programas que os membros do grupo desejariam usar.
+
+<P>
+Todos os tipos de desenvolvimento podem ser financiados com um
+Imposto do Software:
+
+<P>
+Suponha que todos os que compram um computador tenham que pagar X por
+cento do preço como um imposto do software. O governo daria este
+dinheiro a uma agência como a NSF para gastar em desenvolvimento
+de software.
+
+<P>
+Mas, se um comprador de computadores realizar uma doação para o
+desenvolvimento de software por conta própria, ele pode abater esta
+doação do imposto. Ele pode doar para o projeto que ele escolher --
+frequentemente escolhido porque ele pretende utilizar os resultados
+no final. Ele pode ter um crédito por qualquer doação até o total
+do imposto que ele teria que pagar.
+
+<P>
+O percentual do imposto poderia ser decidido por voto dos pagadores
+do imposto, proporcionalmente à quantidade de dinheiro sobre a qual
+eles serão taxados.
+
+<P>
+As consequências:
+
+<UL>
+<LI>A comunidade de usuários de computadores suportaria o desenvolvimento
+de software.
+<LI>Esta comunidade decidiria qual nível de suporte é necessário.
+<LI>Usuários preocupados com quais projetos a sua parcela é gasta poderiam
+escolher por eles mesmos.
+</UL>
+<P>
+À longo prazo, tornar os programas livres é um passo adiante na direção
+do mundo pós-escassez, onde ninguém terá que trabalhar duro somente
+para ganhar a vida. As pessoas serão livres para se dedicarem às atividades
+que são agradáveis, como programação, depois de gastar as 10 horas semanais
+de trabalho obrigatórias em atividades que são necessárias, como
+legislação, aconselhamento de famílias, reparo de robôs e prospecção
+de asteróides. Eles não terão necessidade de ganhar a vida programando.
+
+<P>
+Nós já reduzimos bastante a quantidade de trabalho que a sociedade
+como um todo tem que realizar para a sua própria produtividade, mas
+somente um pouco disso se transformou em lazer para os trabalhadores
+porque muita atividade não-produtiva é necessária para se acompanhar
+a atividade produtiva. As principais causas disso são burocracia e
+medidas bitoladas contra a competição. O software livre irá reduzir
+grandemente estes desperdícios na área de produção de software. Nós
+temos que fazer isso, para que os ganhos técnicos em produtividade
+sejam transformados em menos trabalho para nós.
+<P>
+
+<HR>
+<H4>Notas de rodapé</H4>
+
+   <a name="f1" href="/gnu/manifesto.pt-br.html#r1">(1)</a>
+A escolha de palavras aqui foi descuidada. A intenção era de que ninguém
+teria que pagar pela *permissão* para usar o sistema GNU. Mas as
+palavras não deixam isso claro, e as pessoas frequentemente interpretam
+que elas significam que as cópias do GNU tem sempre que serem distribuídas
+gratuitamente ou por um valor simbólico. Esta nunca foi a intenção;
+posteriormente, o manifesto menciona a possibilidade das empresas
+fornecerem o serviço de distribuição objetivando o lucro. Subsequentemente
+eu aprendi a distinguir cuidadosamente entre "free" no sentido de
+liberdade e "free" no sentido de preço. O Software Livre (Free Software)
+é o software que os usuários tem a liberdade distribuir e modificar.
+Alguns usuários podem obter cópias sem custo, enquanto que outros podem
+pagar para receber cópias -- e se a receita ajuda a aperfeiçoar o
+software, melhor ainda. O mais importante é que qualquer um que tenha
+uma cópia tenha a liberdade de cooperar com outras pessoas utilizando
+o software.
+
+<P>
+   <a name="f2" href="/gnu/manifesto.pt-br.html#r2">(2)</a>
+Este é outro lugar onde eu falhei em distinguir entre os dois significados
+de "free". A afirmação como está escrita não é falsa -- você pode obter
+cópias do GNU gratuitamente, dos seus amigos ou da Internet. Mas a afirmação
+sugere a idéia errada.
+
+<P>
+   <a name="f3" href="/gnu/manifesto.pt-br.html#r3">(3)</a>
+Várias dessas empresas existem hoje.
+
+<P>
+   <a name="f4" href="/gnu/manifesto.pt-br.html#r4">(4)</a>
+A Fundação Para o Software Livre levanta a maior parte dos seus fundos
+do serviço de distribuição, apesar dela ser uma instituição de caridade
+em vez de uma empresa. Se *ninguém* escolher obter as cópias
+<A HREF="/order/order.html">comprando</a>
+da própria FSF, ela será incapaz de realizar o seu trabalho. Mas isto
+não significa que restrições proprietárias são justificadas para
+forçar cada usuário a pagar. Se uma pequena fração de todos os usuários
+fizerem o seu pedido para a FSF, isto será suficiente para manter a
+FSF operacional. Por isso nós pedimos aos usuários para nos apoiarem
+desta forma. Você fez a sua parte?
+
+<P>
+   <a name="f5" href="/gnu/manifesto.pt-br.html#r5">(5)</a>
+Um grupo de fabricantes de computadores recentemente ofereceu fundos
+para a manutenção do Compilador C do GNU.
+
+<HR>
+
+<H4><A HREF="/philosophy/philosophy.pt-br.html">Outros textos para ler</A></H4>
+
+<HR>
+
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">Página Inicial do GNU</A>.
+<P>
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de contactar</A>
+a FSF.
+<P>
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para 
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Nota de Copyright no início deste documento.<BR>
+Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+<P>
+Atualizado:
+<!-- hhmts start -->
+21 Jan 2001 fsl
+<!-- hhmts end -->
+<P>
+Traduzido por:
+Fernando Lozano <A href="address@hidden">&lt;address@hidden&gt;</a>
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: gnu/why-gnu-linux.pt-br.html
===================================================================
RCS file: gnu/why-gnu-linux.pt-br.html
diff -N gnu/why-gnu-linux.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ gnu/why-gnu-linux.pt-br.html        20 Mar 2008 13:55:49 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,259 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Porque GNU/Linux? - O Projeto GNU e a Fundação para o Software Livre 
(FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<H3>O Que Está Em Um Nome?</H3>
+<BR>Por:- <a href="http://www.stallman.org";>Richard Stallman</a>
+<P>
+<!-- when you replace this graphics, make sure you change the link
+     to also point to the correct html page.
+     If you make a new graphics for this page, make sure it has
+     a corresponding entry in /graphics/graphics.html                     -->
+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem da cabeça de um GNU] "
+   WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/gnu/why-gnu-linux.ca.html">Catalão</A>
+| <A HREF="/gnu/why-gnu-linux.es.html">Espanhol</A>
+| <A HREF="/gnu/why-gnu-linux.fr.html">Francês</A>
+| <A HREF="/gnu/why-gnu-linux.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/gnu/why-gnu-linux.it.html">Italiano</A>
+| <A HREF="/gnu/why-gnu-linux.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<P>
+Nomes englobam significados; nossa escolha de nomes determina o significado
+do que nós dizemos. Um nome inapropriado faz com que as pessoas tenham uma
+idéia errada. Uma rosa, qualquer que seja o seu nome, terá um cheiro doce --
+mas se você chama-la de lápis, as pessoas ficarão um tanto desapontadas
+quando tentarem escrever com ela. E se você chamar os lápis de "rosas", as
+pessoas podem não entender para que eles servem. Se você chamar o nosso
+sistema operacional "Linux", isto passa uma idéia enganosa quanto a origem,
+história e propósito do sistema. Se você chama-lo de
+<a href="/gnu/linux-and-gnu.pt-br.html">GNU/Linux</a>,
+isto passará uma idéia correta, mesmo que sem detalhes.
+
+<P>
+Mas isto importa para a nossa comunidade? É imporante que as pessoas
+saibam da origem, história e propósito do sistema? Sim -- porque quem
+esquece a história é frequentemente levado a repeti-la. O Mundo Livre que
+se desenvolveu em torno do <a 
href="/gnu/linux-and-gnu.pt-br.html">GNU/Linux</a>
+não está seguro; os problemas que nos levaram a desenvolver o GNU não foram
+completamente erradicados, e eles nos ameaçam retornar.
+
+<P>
+Quando eu explico porque é apropriado chamar o sistema operacional de
+"GNU/Linux" em vez de "Linux", algumas pessoas respondem assim:
+
+<P>
+<blockquote>
+<em>
+    É certo que o Projeto GNU merece crédito pelo seu trabalho,
+    mas vale à pena fazer barulho quando as pessoas não lhe dão o
+    crédito? O importante não é que o trabalho foi feito, e não
+    quem o fez? Vocês deveriam relaxar, se orgulhar do trabalho
+    bem feito, e não se preocuparem com os créditos.
+</em>
+</blockquote>
+<P>
+Este seria um conselho sábio, se a situação fosse exatamente esta --
+se o trabalho estivesse pronto e fosse hora de relaxar. Quem dera que
+isto fosse verdade! Mas os desafios são muitos, e não estamos em
+condições de considerar o futuro garantido. A força de nossa comunidade
+se baseia no compromisso com a liberdade e com a cooperação. Utilizar
+o nome <a href="/gnu/linux-and-gnu.pt-br.html">GNU/Linux</a> 
+é um modo de lembrar às pessoas e informar a outras desses objetivos.
+
+<P>
+É possível escrever bom software livre sem pensar no GNU; muito 
+trabalho bom também foi feito apenas sob o nome Linux. Mas "Linux" tem
+sido associado desde que ele foi criado com uma filosofia que não se
+compromete com a liberdade de cooperar. À medida que o nome se torna
+cada vez mais utilizado por empresas, n~so teremos mais trabalho em
+conecta-lo com o espírito da comunidade.
+
+<P>
+Uma grande desafio para o futuro do software livre vem da tendência
+das empresas de distribuições do "Linux" adicionarem software não-livre
+ao <a href="/gnu/linux-and-gnu.pt-br.html">GNU/Linux</a> 
+em nome da conveniência e do poder. Todos os maiores desenvolvedores
+de distribuições fazem isso. Só a Red Hat oferece um CD completamente
+livre, mas nenhuma loja o vende; as outras empresas nem mesmo produzem
+tal coisa. A maioria das empresas não identificam claramente os pacotes
+não-livres em suas distribuições; muitas até mesmo desenvolvem software
+não-livre e o adicionam ao sistema.
+
+<P>
+As pessoas justificam a adição de software não-livre com o argumento
+da "popularidade do Linux" -- em efeito, valorizando a popularidade acima
+da liberdade. Às vezes isso é admitido abertamente. Por exemplo, a Wired
+Wagazine diz que Robert McMillan, editor da Linux Magazine, "sente que o
+movimento em direção ao software aberto deveria ser alimentado por
+decisões técnicas e não políticas." E o CEO da Caldera pediu abertamente
+aos usuários que abandonem o objetivo de liberdade e em vez disso trabalem
+em prol da "popularidade do Linux".
+<a 
href="http://www.zdnet.com/filters/printerfriendly/0,6061,2552025-2,00.html";>
+(http://www.zdnet.com/filters/printerfriendly/0,6061,2552025-2,00.html.)</a>
+
+<P>
+A adição de software não-livre ao sistema <a 
href="/gnu/linux-and-gnu.pt-br.html">GNU/Linux</a>
+pode aumentar a popularidade, se nós entendermos por popularidade a
+quantidade de pessoas utilizando parte do <a 
href="/gnu/linux-and-gnu.pt-br.html">GNU/Linux</a>
+em conjunto com software não-livre. Mas ao mesmo tempo, isto
+estimula a comunidade a aceitar software não-livre como uma
+coisa boa, e a esquecer a meta de liberdade. Não há propósito em ir mais
+rápido se não formos capazes de nos manter no caminho.
+
+<P>
+Quando o "add-on" não livre é uma biblioteca ou ferramenta de desenvolvimento,
+ela pode se tornar uma armadilha para os desenvolvedores de software
+livre. Quando eses escrevem software livre que depende de um pacote
+não-live, o seu software não pode ser parte de um sistema completamente
+livre. O Motif e o Qt capturaram uma grande quantidade de software livre
+desta forma no passado, criando problemas cujas soluções demoraram anos
+para ficar prontas. O problema do Motif ainda não está completamente
+resolvido, pois o LessTif ainda necessita de ajustes (por favor seja coluntário
+para esta tarefa!). A implementação não-livre do Java pela Sun está tendo
+um efeito similar hoje.
+
+<P>
+Se a nossa comunidade continuar se movendo nesta direção, ela pode
+redirecionar o futuro do <a href="/gnu/linux-and-gnu.pt-br.html">GNU/Linux</a>
+para um mosaico de componentes livres e não-livres. Daqui a cinco anos,
+se não formos cuidadosos, ele não será usável sem o software não-livre
+que os usuários se acostumaram a encontrar junto com ele. Se isto
+acontecer, nossa campanha pela liberdade terá falhado.
+
+<P>
+Se a liberação de alternativas livres fosse apenas uma questão de
+programação, a solução dos problemas no futuro se tornaria mais
+fácil à medida que os recursos de desenvolvimento de nossa comunidade
+aumentam. Mas nós enfrentamos obstáculos que ameaçam tornar tudo
+ainda mais difícil: leis que proíbem software livre. À medida que patentes
+de software se avolumam (veja petition.eurolinux.org, e assine!) e que
+leis como o DMCA são utilizadas para proibir o desenvolvimento
+de software livre para tarefas importantes como ver um DVD ou escutar
+um stream RealAudio, nós nos encontramos sem nenhuma maneira clara
+de lutar contra os formatos de dados secretos e patenteados exceto por
+<STRONG>rejeitar os programas não-livres que os utilizam</STRONG>.
+
+<P>
+Enfrentar esses desafios irá exigir muitos tipos diferentes de esforços.
+Mas o que nós necessitamos, acima de tudo, para enfrentar qualquer
+tipo de desafio, é nos lembrarmos do objetivo de ter liberdade para
+cooperar. Nõs não podemos esperar que apenas um mero desejo por
+software mais poderoso e confiável motive as pessoas para realizar
+grandes esforços. Nós precisamos do tipo de determinação que as
+pessoas encontram quando elas lutam pela sua liberdade e pela sua
+comunidade, determinação de lutar por anos a fio e não desistir.
+
+<P>
+Em nossa comunidade, este objetivo e esta determinação emanam
+principalmente do Projeto GNU. Nõs somos aqueles que falaram de
+liberdade e comunidade como algo pelo qual devemos lutar firmemente;
+as organizações que falam de "Linux" em geral não dizem isso. As
+revistas sobre "Linux" são tipicamente cheias de anúncios de software
+não-livre; as empresas que empacotam "Linux" adicionam software
+não-livre ao sistema; outras empresas "suportam Linux" com aplicações
+não-livres; os grupos de usuários de "Linux" em geral convidam
+vendedores a apresentar essas aplicações. O principal lugar em nossa
+comunidade onde as pessoas podem encontrar a idéia de liberdade e
+determinação é no Projeto GNU.
+
+<P>
+Mas, quando as pessoas passarem por aqui, elas irão sentir que isto
+tem a ver com elas?
+
+<P>
+As pessoas que sabem que elas estão utilizando um sistema que
+surgiu do Projeto GNU podem perceber uma relação direta entre elas
+e o GNU. Elas não irão concordar automaticamente com a nossa
+filosofia, mas pelo menos elas irão ver um motivo para pensar seriamente
+sobre ela. Ao contrário, as pessoas que se consideram "usuárias de Linux",
+e acreditam que o Projeto GNU "desenvolveu ferramentas que foram
+úteis para o Linux", em geral irão enxergar apenas uma relação indireta
+entre elas e o GNU. Elas podem simplemente ignorar a filosofia do GNU
+quando passarem por aqui.
+
+<P>
+O Projeto GNU é idealista, e todos que encorajam o idealismo hoje em
+dia enfrentam um grande obstáculo: a ideologia prevalecente que
+encoraja as pessoas a depreciarem o idealismo como "anti-prático". O
+nosso idealismo tem sido extremamente prático: ele é o motivo pelo qual
+temos um sistema operacional livre, o <a 
href="/gnu/linux-and-gnu.pt-br.html">GNU/Linux</a>.
+As pessoas que amam este sistema tem que saber que foi o nosso
+idealismo que o tornou real.
+
+<P>
+Se "o trabalho" realmente estivesse feito, se não houvesse nada em risco
+exceto o crédito, provavelmente seria muito mais sensato deixar o assunto
+morrer. Mas nós não estamos nesta posição. Para inspirar as pessoas a
+realizar o trabalho que necessita ser feito, nós precisamos ser reconhecidos
+pelo que nós já realizamos. Por favor nos ajude, chamando o sistema
+operacional de <a href="/gnu/linux-and-gnu.pt-br.html">GNU/Linux</a>.
+
+<P>
+PS: para uma explicação da história do sistema operacional
+<a href="/gnu/linux-and-gnu.pt-br.html">GNU/Linux</a>
+e como ela se relaciona com a questão do nome, veja
+<a 
href="http://www.gnu.org/gnu/linux-and-gnu.pt-br.html";>http://www.gnu.org/gnu/linux-and-gnu.pt-br.html.</a>
+
+<P>
+<HR>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/gnu/why-gnu-linux.ca.html">Catalão</A>
+| <A HREF="/gnu/why-gnu-linux.es.html">Espanhol</A>
+| <A HREF="/gnu/why-gnu-linux.fr.html">Francês</A>
+| <A HREF="/gnu/why-gnu-linux.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/gnu/why-gnu-linux.it.html">Italiano</A>
+| <A HREF="/gnu/why-gnu-linux.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<P>
+<HR>
+Retorna à  <A HREF="/home.pt-br.html">página inicial do GNU</A>.
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas e/ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de
+contactar</A> a FSF.
+<P>
+
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright 1997, 1998 Richard Stallman
+<P>
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em
+qualquer meio, desde que esta nota seja preservada.
+<P>
+Traduzido por:
+Fernando Lozano <A href="address@hidden">&lt;address@hidden&gt;</a>
+<P>
+Atualizado:
+<!-- hhmts start -->
+$Date: 2008/03/20 13:55:49 $ $Author: yavor $
+<!-- hhmts end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: graphics/agnuhead.pt-br.html
===================================================================
RCS file: graphics/agnuhead.pt-br.html
diff -N graphics/agnuhead.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ graphics/agnuhead.pt-br.html        20 Mar 2008 13:55:55 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,180 @@
+<?xml version="1.0" encoding="utf-8" ?>
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//EN"
+    "http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtd";>
+<html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml"; xml:lang="pt" lang="pt">
+  <head>
+    <title>A Cabeça de um GNU - Fundação pelo Software Livre (FSF)</title>
+    <meta http-equiv="content-type" content='text/html; charset=utf-8' />
+      <link rel="stylesheet" type="text/css" href="/gnu.css" />
+       <link rev="made" href="address@hidden" />
+  </head>
+
+<body>
+
+<p><a href="#translations">Traduções</a> desta página</p>
+
+<h3>A cabeça de um GNU</h3>
+    
+<p>
+<a href="/graphics/heckert_gnu.small.png"><img 
src="/graphics/heckert_gnu.small.png"
+alt=" [Imagem da cabeça estilisada de um GNU] "
+width="129" height="122" /></a>
+</p>
+
+<!-- We only display the smallest version of each graphic so this page -->
+<!-- does not take too long to load! -->
+<!-- We keep this IMG tag here, so we have the HEIGHT and -->
+<!-- WIDTH attributes of the other sizes documented. -->
+<!--  -->
+<!-- IMG SRC="/graphics/gnu-head.jpg" -->
+<!--    ALT=" [image of the Head of a GNU] " -->
+<!--    WIDTH="276" HEIGHT="261" -->
+
+    <p>
+      Uma simpática cabeça de GNU com sua típica barba,
+      um olhar esperto e chifres ondulados. Ele ou ela parece
+      sorrir contente com seu trabalho como está, mas
+      permanece observando a distância.
+    </p>
+
+    <p>
+      Agradecemos ao artista desta cabeça de GNU, mesmo
+      que ainda não tenhamos uma identificação positiva do
+      artista. Nós acreditamos que o artista é Etienne Suvasa
+      que fêz diversas capas para publicações do FSF.
+    </p>
+
+    <p>
+      Também gostaríamos de agradecer Peter Gerwinski pela
+      versão 1200x1200 em PNG desta imagem.
+    </p>
+
+    <p>
+      Esta cabeça de GNU é a arte padrão para páginas neste Web
+      site incluindo a <a href="/home.pt-br.html">Página inicial do GNU</a>.
+    </p>
+
+    <p>
+      Esta cabeça de GNU é usada também na frente da
+      <a href="/order/t-shirts.html">Camisa GNU</a> de 1997, assim
+      como nos cartões de negócio da FSF. Está ainda no cabeçalho de
+      muitos <a href="/doc/doc.html">Manuais GNU</a>.
+    </p>
+
+    <p>
+      Essa imagem está disponível nos seguintes formatos:
+    </p>
+
+    <ul>
+      <li>jpeg <a href="/graphics/gnu-head-sm.jpg">7k</a>,
+       <a href="/graphics/gnu-head.jpg">21k</a></li>
+      <li>png <a href="/graphics/gnu-head-sm.png">2k</a>,
+       <a href="/graphics/gnu-head.png">6k</a>, <a
+         href="/graphics/gerwinski-gnu-head.png">566k</a></li>
+
+      <li>pdf <a href="/graphics/gnu-head.pdf">41k</a></li>
+      <li>ascii (txt) <a href="gnu-head.txt">5k</a></li>
+    </ul>
+
+<p>
+Dustin Jorge criou um agradável papel de parede inspirado nesta cabeça de 
GNU.
+Ele passou algum tempo pesquisando sobre copyright e idéia sobre propriedade
+intelectual para um trabalho de casa. Enquanto fazia o trabalho, ele criou um
+desktop personalizado.</p>
+
+<p>
+O papel de parede está disponível nos seguintes formatos:
+</p>
+<ul>
+       <li>png <a href="/graphics/gnublue.png">503k</a></li>
+</ul>
+
+    <p>
+      <a href="/graphics/graphics.pt-br.html">Outras artes</a>
+      na Galeria de Arte GNU.
+    </p>
+
+    <p><strong><a href="/philosophy/gif.html">Nenhun gif devido aos problemas
+      de patente.</a></strong></p>
+
+<hr />
+
+<div class="translations">
+<p><a id="translations"></a>
+<b>Traduções desta página</b>:<br />
+
+<!-- Please keep this list alphabetical, and in the original -->
+<!-- language if possible, otherwise default to English -->
+<!-- If you do not have it English, please comment what the -->
+<!-- English is.  If you add a new language here, please -->
+<!-- advise address@hidden and add it to -->
+<!--    - in /home/www/bin/nightly-vars either TAGSLANG or WEBLANG -->
+<!--    - in /home/www/html/server/standards/README.translations.html -->
+<!--      one of the lists under the section "Translations Underway" -->
+<!--    - if there is a translation team, you also have to add an alias -->
+<!--      to mail.gnu.org:/com/mailer/aliases -->
+<!-- Please also check you have the 2 letter language code right versus -->
+<!--     http://www.w3.org/WAI/ER/IG/ert/iso639.htm -->
+
+[ <a 
href="/graphics/agnuhead.ar.html">&#1575;&#1604;&#1593;&#1585;&#1576;&#1610;&#1577;</a>
 |<!-- Arabic -->
+  <a href="/graphics/agnuhead.ca.html">Catal&#x00e0;</a> <!-- Catalan -->
+| <a href="/graphics/agnuhead.zh-cn.html">&#x7b80;&#x4f53;&#x4e2d;&#x6587;</a> 
<!-- Chinese (Simplified) -->
+| <a href="/graphics/agnuhead.zh-tw.html">&#x7e41;&#x9ad4;&#x4e2d;&#x6587;</a> 
<!-- Chinese (Traditional) -->
+| <a href="/graphics/agnuhead.html">English</a>
+| <a href="/graphics/agnuhead.es.html">Espa&#x00f1;ol</a>      <!-- Spanish -->
+| <a href="/graphics/agnuhead.fr.html">Fran&#x00e7;ais</a>     <!-- French -->
+| <a href="/graphics/agnuhead.it.html">Italiano</a>    <!-- Italian -->
+| <a href="/graphics/agnuhead.ja.html">&#x65e5;&#x672c;&#x8a9e;</a>    <!-- 
Japanese -->
+| <a href="/graphics/agnuhead.ko.html">&#xd55c;&#xad6d;&#xc5b4;</a>    <!-- 
Korean -->
+| <a href="/graphics/agnuhead.pl.html">Polski</a>      <!-- Polish -->
+| <a href="/graphics/agnuhead.pt-br.html">português do Brasil</a>     <!-- 
Portuguese -->
+| <a href="/graphics/agnuhead.ro.html">Rom&#x00e2;n&#x0103;</a>        <!-- 
Romanian -->
+]
+</p>
+</div>
+
+<div class="copyright">
+<p>
+Voltar para a <a href="/home.pt-br.html">Página inicial do Projeto GNU</a>.
+</p>
+
+<p>
+Por favor envie questões sobre a FSF &amp; o GNU para
+<a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
+Há ainda <a href="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de se 
contactar</a> 
+a FSF.
+<br />
+Por favor avise sobre links quebrados e envie correções (ou sugestões) para
+<a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
+</p>
+
+<p>
+Por favor veja o
+<a href="/server/standards/README.translations.html">LEIA-ME de
+Traduções</a> para mais informações sobre coordenar e submeter traduções
+deste artigo.
+</p>
+
+<p>
+Copyright (C) 1996, 1997, 1998, 2004, 2005 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA 02110, USA
+<br />
+A cópia fiel e distribuição deste artigo em sua totalidade
+é permitida em todo o mundo isenta de royalties e em qualquer
+mídia desde que esta nota seja preservada.
+</p>
+
+<p>
+Atualizado:
+<!-- timestamp start -->
+$Date: 2008/03/20 13:55:55 $ $Author: yavor $
+<!-- timestamp end -->
+</p>
+<p>
+Traduzido por:
+Aurélio A. Heckert <address@hidden>
+</p>
+</div>
+
+</body>
+</html>

Index: graphics/graphics.pt-br.html
===================================================================
RCS file: graphics/graphics.pt-br.html
diff -N graphics/graphics.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ graphics/graphics.pt-br.html        20 Mar 2008 13:55:55 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,194 @@
+<?xml version="1.0" encoding="utf-8" ?>
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//EN"
+    "http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtd";>
+<html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml"; xml:lang="pt" lang="pt">
+
+<head>
+<title>A Galeria de Arte GNU - Fundação pelo Software Livre (FSF)</title>
+<meta http-equiv="content-type" content='text/html; charset=utf-8' />
+<link rel="stylesheet" type="text/css" href="/gnu.css" />
+<link rev="made" href="address@hidden" />
+</head>
+
+<!-- This document is in XML, and xhtml 1.0 -->
+<!-- Please make sure to properly nest your tags -->
+<!-- and ensure that your final document validates -->
+<!-- consistent with W3C xhtml 1.0 and CSS standards -->
+<!-- See validator.w3.org -->
+
+<body>
+
+<p><a href="#translations">Traduções</a> desta página</p>
+
+<h3>A Galeria de Arte GNU</h3>
+<p>
+<a href="/graphics/gnupascal.html"><img src="/graphics/Gnu+Pascal.small.jpg"
+       alt=" [imagem de um Gnu e Blaise Pascal] "
+       width="123" height="99" /></a>
+</p>
+
+    <h3><a href="/philosophy/gif.html">Nenhun gif devido aos problemas
+      de patente.</a></h3>
+
+<p>
+Junto à arte nestas páginas Web GNU, nós do projeto GNU temos os trabalhos:
+</p>
+
+<ul>
+  <li>do <a href="/brave-gnu-world/">Bravo Mundo GNU</a>, a iniciativa
+       pelos <a href="/brave-gnu-world/rungnu/rungnu.html">icones</a>
+       "Nós Rodamos GNU"</li>
+  <li>nas capas dos <a href="/doc/doc.html">Manuais GNU</a></li>
+  <li>nas <a href="/order/t-shirts.html">Camisas GNU</a></li>
+  <li>nas capas dos
+       <a href="/bulletins/bulletins.html">Boletins GNU</a></li>
+  <li>na coleção de de Botões GNU (em alguns lugares do mundo botões
+       são conhecidos como pinos ou emblemas)
+       Pegue via FTP as imagens de botões do
+       <a href="/order/ftp.html">site FTP GNU</a>
+       em um arquivo com o nome button.N.N.shar (onde cada N tem um
+       dois ou três digitos como número de versão)</li>
+</ul>
+
+<h3>Arte GNU neste Site</h3>
+
+<p>
+Veja por favor o
+<a href="/server/fsf-html-style-sheet.html#UseofGraphics">guia de
+ estilo gráfico</a> usado no projeto e ilustração deste site.
+</p>
+
+<hr />
+
+<ul>
+      <li><a href="/graphics/agnuhead.pt-br.html">A cabeça de um GNU</a></li>
+      <li><a href="/graphics/atypinggnu.html">Um Hacker GNU Digitando</a></li>
+      <li><a href="/graphics/anothertypinggnu.html">Outro Hacker GNU 
Digitando</a></li>
+      <li><a href="/graphics/whatsgnu.html">O Que é GNU</a></li>
+      <li><a href="/graphics/usegnu.html">Use GNU</a></li>
+      <li><a href="/graphics/babygnu.html">Bebe GNU</a></li>
+      <li><a href="/graphics/meditate.html">Gnu Levitando, Meditando, Tocando 
Flauta pela Equipe Nevrax Design</a></li>
+      <li><a href="/graphics/listen.html">Gnu Ouvindo pela Equipe Nevrax 
Design</a></li>
+      <li><a href="/graphics/gnu-jacket.html">Um Gnu vestindo uma 
Jacket</a></li>
+      <li><a href="/graphics/fsf-logo.html">O Logo da Free Software 
Foundation</a></li>
+      <li><a href="/graphics/philosophicalgnu.html">Um GNU Filosofal</a></li>
+      <li><a href="/graphics/gnupascal.html">GNU e Blaise Pascal</a></li>
+      <li><a href="/graphics/ahurdlogo.html">Logos Hurd</a></li>
+      <li><a href="/graphics/anfsflogo.html">Um Logo FSF</a></li>
+      <li><a href="/graphics/anlpflogo.html">Um Logo LPF</a></li>
+
+      <li><a href="/graphics/httptunnel-logo.html">Logo httptunnel</a></li>
+      <li><a href="/graphics/bokma-gnu.html">Logos GNU e Emacs por John 
Bokma's</a></li>
+      <li><a href="/graphics/gnu-alternative.html">Cabeça de GNU 
Alternativa</a></li>
+      <li><a href="/graphics/gnubanner.html">Banner GNU</a></li>
+      <li><a href="/graphics/gleesons.html">Arte GNU de Gleesons</a></li>
+      <li><a href="/graphics/bwcartoon.html">A Dupla Dinâmica: O GNU e o 
Pinguim
+          voando</a></li>
+      <li><a href="/graphics/reiss-gnuhead.html">Cabeça de GNU 
Colorida</a></li>
+      <li><a href="/graphics/gnu-ascii.html">Um Gnu em ASCII</a></li>
+      <li><a href="/graphics/gnu-ascii2.xhtml">Um Gnu em ASCII
+         (para assinaturas de e-mail)</a></li>
+      <li><a href="/graphics/supergnu-ascii.html">Um Super Gnu em 
ASCII</a></li>
+      <li><a href="/graphics/alternative-ascii.html">Um Gnu em ASCII 
Alternativo</a><li>
+      <li><a href="/graphics/gnusvgart.html">Arte GNU no formato svg</a></li>
+      <li><a href="/graphics/heckert_gnu.pt-br.html">Uma cabeça de GNU 
estilisada</a></li>
+      <li><a href="/graphics/spiritoffreedom.html">O Espírito da 
Liberdade</a></li>
+      <li><a href="/graphics/kafa.html">Arte GNU Abstrata</a></li>
+      <li><a href="/graphics/slickgnu.html">Um logotipo plano para o 
GNU</a></li>
+    </ul>
+
+    <h3><a href="/philosophy/gif.html">Nenhun gif devido aos problemas
+      de patente.</a></h3>
+
+<hr />
+
+<h3>Arte GNU em outros sites</h3>
+
+<p>
+Obrigado a Raul Silva por essas imagens:
+<a href="http://gnuart.onshore.com";>http://gnuart.onshore.com</a></p>
+<p>
+Obrigado a Anja Gerwinski por suas imagens em:
+<a 
href="http://adele.gerwinski.de/~anja/gnuart/";>http://adele.gerwinski.de/~anja/gnuart/</a>.</p>
+<p>
+Obrigado a Edward Alfert por desenhar o favicon e botões de divulgação em:
+<a href="http://graphics.rootmode.com/";>http://graphics.rootmode.com/</a>.
+</p>
+
+<hr />
+
+<div class="translations">
+<p><a id="translations"></a>
+
+<b>Traduçãoes desta página</b>:<br />
+
+<!-- Please keep this list alphabetical, and in the original -->
+<!-- language if possible, otherwise default to English -->
+<!-- If you do not have it English, please comment what the -->
+<!-- English is.  If you add a new language here, please -->
+<!-- advise address@hidden and add it to -->
+<!--    - in /home/www/bin/nightly-vars either TAGSLANG or WEBLANG -->
+<!--    - in /home/www/html/server/standards/README.translations.html -->
+<!--      one of the lists under the section "Translations Underway" -->
+<!--    - if there is a translation team, you also have to add an alias -->
+<!--      to mail.gnu.org:/com/mailer/aliases -->
+<!-- Please also check you have the 2 letter language code right versus -->
+<!--     http://www.w3.org/WAI/ER/IG/ert/iso639.htm -->
+
+[
+  <a href="/graphics/graphics.ca.html">Catal&#x00e0;</a> <!-- Catalan -->
+| <a href="/graphics/graphics.html">English</a>
+| <a href="/graphics/graphics.es.html">Espa&#x00f1;ol</a>      <!-- Spanish -->
+| <a href="/graphics/graphics.pl.html">Polski</a>      <!-- Polish -->
+| <a href="/graphics/graphics.pt-br.html">português do Brasil</a>     <!-- 
Portuguese -->
+| <a href="/graphics/graphics.ro.html">Rom&#x00e2;n&#x0103;</a><!-- Romanian 
-->
+]
+
+</p>
+</div>
+
+<div class="copyright">
+<p>
+Voltar para a <a href="/home.pt-br.html">Página inicial do Projeto GNU</a>.
+</p>
+
+<p>
+Por favor envie questões sobre a FSF &amp; o GNU para
+<a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
+Há ainda <a href="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de se 
contactar</a> 
+a FSF.
+<br />
+Por favor avise sobre links quebrados e envie correções (ou sugestões) para
+<a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
+</p>
+
+<p>
+Por favor veja o
+<a href="/server/standards/README.translations.html">LEIA-ME de
+Traduções</a> para mais informações sobre coordenar e submeter traduções
+deste artigo.
+</p>
+
+<p>
+Copyright (C) 1996, 1997, 1998, 2004, 2005 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA 02110, USA
+<br />
+A cópia fiel e distribuição deste artigo em sua totalidade
+é permitida em todo o mundo isenta de royalties e em qualquer
+mídia desde que esta nota seja preservada.
+</p>
+
+<p>
+Atualizado:
+<!-- timestamp start -->
+$Date: 2008/03/20 13:55:55 $ $Author: yavor $
+<!-- timestamp end -->
+</p>
+<p>
+Traduzido por:
+Aurélio A. Heckert <address@hidden>
+</p>
+</div>
+
+</body>
+</html>

Index: graphics/heckert_gnu.pt-br.html
===================================================================
RCS file: graphics/heckert_gnu.pt-br.html
diff -N graphics/heckert_gnu.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ graphics/heckert_gnu.pt-br.html     20 Mar 2008 13:55:56 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,117 @@
+<?xml version="1.0" encoding="utf-8" ?>
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//EN"
+    "http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtd";>
+<html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml"; xml:lang="pt" lang="pt">
+  <head>
+    <title>Uma Cabeça de GNU Estilisada - Fundação pelo Software Livre 
(FSF)</title>
+    <meta http-equiv="content-type" content='text/html; charset=utf-8' />
+      <link rel="stylesheet" type="text/css" href="/gnu.css" />
+       <link rev="made" href="address@hidden" />
+  </head>
+  <body>
+
+<p><a href="#translations">Traduções</a> desta página</p>
+
+    <h3>A cabeça estilisada de um GNU</h3>
+    
+    <p>
+      <a href="/graphics/heckert_gnu.png"><img 
src="/graphics/heckert_gnu.small.png"
+         alt=" [A imagem estilisada da cabeça do GNU] "
+         width="145" height="140" /></a>
+    </p>
+
+    <p>
+       Uma densa e simplificada versão do nosso famoso GNU que parece
+       muito bem em baixas resoluções, assim como funciona bem em altas
+       resoluções para impressão. Disponivel nos formatos OpenOffice.org
+       e SVG.
+    </p>
+
+    <p>
+      Nós gostariamos de agradecer a <a href="http://aurium.cjb.net";>Aurelio
+      A. Heckert</a> <a href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</a>
+      por ter doado esta imagem a nós sob a
+      <a href="http://artlibre.org/licence.php/lalgb.html";>Licença de Arte
+      Livre</a>.
+    </p>
+
+    <p>
+      Essa imagem está disponível nos seguintes formatos:
+    </p>
+
+    <ul>
+      <li>png <a href="/graphics/heckert_gnu.small.png">6k</a> 
+              <a href="/graphics/heckert_gnu.png">9k</a>
+              <a href="/graphics/heckert_gnu.big.png">75k</a></li>
+      <li>svg <a href="/graphics/heckert_gnu.svg">22k</a></li>
+      <li>sxd <a href="/graphics/heckert_gnu.sxd">174k</a></li>
+    </ul>
+
+    <p>
+      <a href="/graphics/graphics.html">Outras artes</a>
+      na Galeria de Ate GNU.
+    </p>
+
+    <h3><a href="/philosophy/gif.html">Nenhun gif devido aos problemas
+      de patente.</a></h3>
+
+<hr />
+
+<div class="translations">
+<p><a id="translations"></a>
+<b>Traduções desta página</b>:<br />
+
+<!-- Please keep this list alphabetical!!!  -->
+[
+  <a href="/graphics/agnuhead.ca.html">Catal&#x00e0;</a>    <!-- Catalan -->
+| <a href="/graphics/agnuhead.html">English</a>
+| <a href="/graphics/agnuhead.pt-br.html">português do Brasil</a>    <!-- 
Portuguese -->
+]
+    </p>
+</div>
+
+<div class="copyright">
+<p>
+Voltar para a <a href="/home.pt-br.html">Página inicial do Projeto GNU</a>.
+</p>
+
+<p>
+Por favor envie questões sobre a FSF &amp; o GNU para
+<a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
+Há ainda <a href="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de se 
contactar</a> 
+a FSF.
+<br />
+Por favor avise sobre links quebrados e envie correções (ou sugestões) para
+<a href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
+</p>
+
+<p>
+Por favor veja o
+<a href="/server/standards/README.translations.html">LEIA-ME de
+Traduções</a> para mais informações sobre coordenar e submeter traduções
+deste artigo.
+</p>
+
+<p>
+Copyright (C) 1996, 1997, 1998, 2004, 2005 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA 02110, USA
+<br />
+A cópia fiel e distribuição deste artigo em sua totalidade
+é permitida em todo o mundo isenta de royalties e em qualquer
+mídia desde que esta nota seja preservada.
+</p>
+
+<p>
+Atualizado:
+<!-- timestamp start -->
+$Date: 2008/03/20 13:55:56 $ $Author: yavor $
+<!-- timestamp end -->
+</p>
+<p>
+Traduzido por:
+Aurélio A. Heckert <address@hidden>
+</p>
+</div>
+
+</body>
+</html>

Index: help/gethelp.pt-br.html
===================================================================
RCS file: help/gethelp.pt-br.html
diff -N help/gethelp.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ help/gethelp.pt-br.html     20 Mar 2008 13:56:02 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,256 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+
+<HTML>
+
+<HEAD>
+
+<TITLE>Como conseguir ajuda com o Software GNU - 
+
+A Fundação para o Software Livre (FSF)</TITLE>
+
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+
+<LINK REV="translated" HREF="mailto:address@hidden";>
+
+</HEAD>
+
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+
+
+
+<H3>Como conseguir ajuda com o Software GNU</H3>
+
+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"
+
+   ALT=" [imagem da cabeça de um GNU] "
+
+   WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>
+
+<!-- Please keep this list alphabetical!!!  -->
+
+[
+
+   <A HREF="/help/gethelp.ca.html">Catalão</A>
+
+ | <A HREF="/help/gethelp.fr.html">Francês</A>
+
+ | <A HREF="/help/gethelp.html">Inglês</A>
+
+ | <A HREF="/help/gethelp.pt-br.html">português do Brasil</A>
+
+ ]
+
+<P>
+
+<HR>
+
+<P>
+
+A Fundação para o Software Livre não fornece suporte técnico. Nossa
+
+missão é desenvolver software, porque este é o modo mais eficiente de
+
+utilizar nosso tempo para que mais atividades possam ser realizadas com
+
+<A HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">software livre</A>
+
+Nós deixamos para outros a tarefa de ganhar a vida fornecendo suporte.
+
+Nós vemos os programadores como prestadores de serviços, de forma
+
+semelhante ao que médicos e advogados fazem hoje; tanto o conhecimento
+
+médico quanto jurídico são livremente redistribuídos, mas os profissionais
+
+cobram pelo serviço. Por isso, <B>por favor não nos escreva
+
+nem telefone para o escritório FSF pedindo por suporte técnico</B>.
+
+
+
+<P>
+
+Você pode obter a
+
+<A HREF="/doc/doc.html">Documentação do Projeto GNU</A>
+
+por vários meios, que devem responder à maioria das suas questões.
+
+
+
+<P>
+
+Nós hospedamos várias
+
+<a href="http://mail.gnu.org/mailman/listinfo/";>listas de e-mail sobre
+
+software GNU</a>. As listas cujo
+
+nome se inicia por <tt>help-</tt> servem para pedir ajuda à comunidade. Está
+
+disponível também uma <a href="/prep/mailinglists.html">relação feita à mão
+
+das listas do GNU</a>. Se você não conseguir
+
+encontrar uma lista sobre um programa GNU em particular, por favor use a
+
+lista <a href="mailto:address@hidden";>address@hidden</a>.
+
+
+
+<P>
+
+O
+
+<A HREF="/prep/service.html">Diretório de Serviços GNU (58k caracteres)</A>
+
+é uma lista de pessoas que oferecem suporte e outros serviços de
+
+consultoria. Ele também está no arquivo "etc/SERVICE" na distribuição
+
+do GNU Emacs, "SERVICE" na distribuição do GCC, e
+
+"/pub/gnu/GNUinfo/SERVICE" no
+
+<A HREF="/order/ftp.html">servidor de FTP do GNU</A>.
+
+Nos contacte para obter uma cópia ou para ser listado nele.
+
+
+
+<P>
+
+Se você encontrar uma deficiência em qualquer software GNU, nós
+
+gostaríamos de saber. Por isso nós também mantemos muitas
+
+<A HREF="/prep/mailinglists.html">listas sobre bugs em software GNU</A>.
+
+Mesmo que uma lista não seja listada, em geral o endereço
+
+&lt;address@hidden&gt; chegará ao local correto para informar
+
+bugs (via um redirecionamento de e-mail). Portanto, se você encontrar um bug
+
+em uma versão oficial de um programa GNU, por favor tente informa-lo desta
+
+forma.
+
+
+
+<P>
+
+Quando nós recebemos um relatório de bug, nós geralmente tentamos
+
+consertar o problema. Embora nossas correções de bugs possam parecer
+
+assistência individual, elas não são; elas são parte do trabalho
+
+de se preparar
+
+uma nova versão aperfeiçoada. Nós podemos enviar para você um patch
+
+para o bug de modo que você nos ajude a testar a correção e garantir
+
+a sua qualidade. Se o seu relatório de bug não receber uma solução de
+
+nós, você ainda pode conseguir uma de outro usuário que leia nossas
+
+listas de e-mail sobre bugs. Ou então, utilize o
+
+<A HREF="/prep/service.html">Diretório de Serviços GNU (58k caracteres)</A>.
+
+<P>
+
+Por favor não nos peça ajuda para a instalação de software ou para
+
+aprender como utiliza-lo -- mas nos diga se um script de instalação
+
+falhar ou se a documentação não for clara.
+
+<P>
+
+Finalmente, observe que atualmente muitas empresas redistribuem software GNU,
+
+frequentemente como parte de uma distribuição do GNU/Linux. Quando você
+
+encontrar bugs em um programa GNU que você instalou como parte de uma dada
+
+distribuição do GNU/Linux, é frequentemente recomendado tentar antes
+
+informar o bug diretamente para o distribuidor e não para nós. Às vezes,
+
+os distribuidores tem versões modificadas do software GNU (eles são livres
+
+para fazer isso!) ou eles estão utilizando versões antigas. Portanto, eles
+
+podem ser as melhores pessoas para localizar o bug como pertencendo a
+
+uma distribuição em particular.
+
+
+
+<P>
+
+
+
+<HR>
+
+
+
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">Página Inicial do GNU</A>.
+
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+Há também <A HREF="/home.html#ContactInfo">outros meios de contactar</A>
+
+a FSF.
+
+<P>
+
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+
+envie outras questões para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+
+
+<P>
+
+Copyright (C) 1996, 1997, 1998, 1999 Free Software Foundation, Inc.,
+
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+
+
+
+<P>
+
+Atualizado:
+
+<!-- hhmts start -->
+
+03 Feb 2001 fsl
+
+<!-- hhmts end -->
+
+
+
+<P>
+
+Traduzido por: Fernando Lozano
+
+<A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+
+<HR>
+
+</BODY>
+
+</HTML>
+

Index: help/help.pt-br.html
===================================================================
RCS file: help/help.pt-br.html
diff -N help/help.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ help/help.pt-br.html        20 Mar 2008 13:56:03 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,259 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Como você pode ajudar o Projeto GNU - Fundação para o Software Livre 
(FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+<LINK REV="translated" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+
+<H3>Como você pode ajudar o Projeto GNU</H3>
+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem da cabeça de um GNU] "
+   WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+[
+  <A HREF="/help/help.ca.html">Catalão</A>
+| <A HREF="/help/help.es.html">Espanhol</A>
+| <A HREF="/help/help.fr.html">Francês</A>
+| <A HREF="/help/help.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/help/help.it.html">Italiano</A>
+| <A HREF="/help/help.pt-br.html">português do Brasil</A>
+]
+<P>
+<HR>
+<P>
+<H4>Conteúdo</H4>
+<UL>
+  <LI><A HREF="#guide" NAME="TOCguide">Guia do Projeto GNU</A>
+  <LI><A HREF="#helpgnu" NAME="TOChelpgnu">Como ajudar o Projeto GNU</A>
+</UL>
+<P>
+<HR>
+<P>
+<H4><A HREF="#TOCguide" NAME="guide">Guia do Projeto GNU</A></H4>
+<P>
+Os coordenadores dos voluntários do GNU
+<A HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+
+podem ajuda-lo se você deseja ajudar o Projeto GNU. Eles podem coloca-lo
+em contato com outras pessoas interessadas em trabalhar em projetos
+similares. Quando você selecionar uma tarefa da nossa lista de tarefas,
+por favor comunique a eles que você está interessado em trabalhar nessa
+tarefa.
+<P>
+
+Por favor envie questões sobre o Projeto GNU para
+<A HREF="mailto:address@hidden";>address@hidden</A>,
+comentários sobre estas páginas web para
+<A HREF="mailto:address@hidden";>address@hidden</A>.
+<P>
+<H4><A HREF="#TOChelpgnu" NAME="helpgnu">Como ajudar o Projeto GNU</A></H4>
+<P>
+
+<UL>
+  <LI>Escreva, avalie e use software livre.
+       <P>
+       
+       <UL>
+        <LI>Instale e use
+             <A HREF="/software/software.html">software livre</A>.
+             A maneira mais fácil de fazer isso no momento é instalar
+             e utilizar um sistema GNU/Linux.
+             <P>
+       
+        <LI>Avalie software livre.
+             <UL>
+               <LI>Você pode se tornar um membro do
+                    <a href="/help/evaluation.html">Grupo
+                    de Avaliação de Software GNU</a>.
+             </UL>
+             <P>
+             
+        <LI>Escreva software livre.
+             <UL>
+               <LI>A página
+                    <A HREF="/prep/tasks.html">Lista de tarefas GNU</A>
+                    documenta novas tarefas que necessitam de voluntários.
+               <LI>A
+                    <A href="http://savannah.gnu.org/people/";>página de ajuda 
do Savannah</a>
+                    contém pedidos de ajuda para projetos do GNU que estão
+                    hospedados em savannah.
+               <LI>A página
+                    <a href="/projects/projects.pt-br.html">Projetos GNU</a>
+                    lista novos softwares GNU em desenvolvimento que estão
+                    ativamente procurando por mais ajuda.
+             </UL>
+             Quando escrevendo software, por favir siga os
+             <A HREF="/prep/standards_toc.html">Padrões GNU
+             de Codificação</A>
+             e leia <A HREF="/prep/maintain_toc.html">Informações
+             Para Mantenedores de Software GNU</A>
+             à medida que você mantém o software
+              <P>
+              Se você necessita de algum recurso para desenvolver software
+              GNU, por favor veja a página de
+              <A href="/software/devel.pt-br.html">Recursos para o 
Desenvolvedor
+              de Software GNU</A>.
+       </UL>
+       <P>
+
+  <LI><A NAME="documentation">Escreva documentação para o software GNU,</A>
+     utilizando os seguintes
+     <A href="/doc/doc.pt-br.html#PleaseHelpWriteDocumentation">recursos, 
dicas e conselhos</A>.
+       <P>
+
+  <LI>Por favor ajude escrevendo melhores descrições dos
+       <A HREF="/doc/doc.pt-br.html#DescriptionsOfGNUDocumentation">livros
+       GNU publicados</a>.
+       <P>
+
+  <LI>Seja voluntário como revisor assinando a
+       lista de e-mail dos revisores (você faz isso enviando uma mensagem
+       contendo no seu corpo a palavra "subscribe" para
+       <A HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>)
+       <P>
+
+  <LI>Seja voluntário para ajudar na compilação de um
+       <A href="/gnulist/production/index.html">diretório de todo
+       o software livre conhecido</A>.
+       Esta tarefa envolve baixar pacotes de software livre, sumarisar
+       informações sobre estes pacotes, e verificando as licensas dos
+       programas.
+       <P>
+       Se você está interessado em ser voluntário para esta tarefa, por
+       favor contacte
+       <A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&lt;</A>.
+
+<P>
+
+  <LI>Seja voluntário para garantir que os artigos em nossa
+       <A href="/philosophy/philosophy.pt-br.html">página de filosofia</A>
+       e outras URLs do site do GNU estejam ou sejam linkadas por diretórios
+       da internet, portais, e vários índices hierárquivos da WWW como o 
Yahoo!,
+       dmoz.org e o Google. Faça com que esses sites adicionem registros
+       detalhados sobre nossas diferentes páginas. Tenha certeza de que os
+       artigos em nossa
+       <A href="/philosophy/philosophy.pt-br.html">página de filosfia</A>
+       e outras URLS do site do GNU sejam listadas nas categorias apropriadas.
+       <P>
+       Se você gostaria de nos ajudar nesta tarefa, por favor contacte os
+       Coordenadores de Voluntários GNU
+       <A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>.
+
+
+<P>
+  <LI>Fale a outras pessoas sobre o Projeto GNU e a Fundação para o Software
+  Livre:
+       <P>
+       <UL>
+         <LI>Informando os seus amigos sobre a
+         <A href="/philosophy/philosophy.pt-br.html">filosofia</A>
+         e sobre o <A href="/software/software.html">software</A> GNU.
+       <P>
+        <LI>Na sua home-page,
+             <A HREF="/help/linking-gnu.html">adicione um link para
+             a página principal do GNU</A>,<BR>
+             e peça a outros para fazerem o mesmo.
+             
+  <P>
+        <LI>
+             <A HREF="/server/mirror.html">Espelhe</A>
+             este site web, assim como outros
+             <A HREF="/server/list-mirrors.html">sites</A>
+             já estão fazendo,<BR>
+             e peça a mais pessoas para fazerem o mesmo.
+       </UL>
+  <P>
+
+  <LI>Ajude a FSF a levantar fundos para nos ajudar a escrever mais
+        software livre e mais documentação:
+       <P>
+       <UL>
+        <LI>Fazendo uma <A HREF="http://donate.fsf.org/";>doação</A> para a FSF.
+  <P>
+
+        <LI><A HREF="http://order.fsf.org/";>Comprando</a> manuais,
+             camisetas e principalmente CD-ROMs da FSF sempre que você
+             possa. A maioria da renda da FSF vem da venda de cópias de
+             coisas que todos são livres para copiar.
+
+  <P>
+        <LI>Convença a sua empresa a comprar manuais, camisetas e
+             principalmente CD-ROMs sempre que você possa.
+
+  <P>
+        <LI>Convença a sua empresa a comprar uma
+             <A HREF="http://order.fsf.org/";>Distribuição de Luxo</A>
+             da FSF.
+
+  <P>
+        <LI><A HREF="/philosophy/selling.html">Venda software livre</A>
+             e doe uma parte da renda para a
+             <A HREF="/fsf/fsf.html">Fundação para o Software Livre</A>
+             ou outro projeto de desenvolvimento de software livre.
+             Financiando o desenvolvimento,
+             você pode ajudar o mundo do software livre a ir adiante.
+
+             <P>
+
+             <STRONG>Distribuir software livre é uma oportunidade de
+             levantar fundos para o desenvolvimento. Não a desperdice!
+             </STRONG>
+
+       </UL>
+  <P>
+
+  <LI>Doe manterial de escritório e equipamentos para a FSF.
+       Ofereça as doações para
+       <A HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>.
+  <P>
+
+  <LI>Assuma uma das
+       <A HREF="/server/tasks.html">tarefas (14k caracteres)</A>
+       que nós necessitamos neste
+       <A HREF="/server/server.html">servidor web</A>.
+  <P>
+
+  <LI>Se você ou sua empresa suportam o desenvolvimento de software livre
+       de alguma forma, você pode ser listado (ou sua empresa) no
+       <A href="/prep/service.html">Diretório de Serviços GNU</A>.
+  <P>
+
+  <LI>Se você gerencia uma empresa que necessita contratar pessoas
+       para trabalhar com software livre, você pode anunciar em nossa
+       <A HREF="/jobs/jobs.html">Página de Empregos com Software Livre</A>.
+  <P>
+
+</UL>
+
+<HR>
+
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">página principal do GNU</A>.
+<P>
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de contactar</A> 
a FSF.
+<P>
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright (C) 1996, 1997, 1998, 1999 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+<P>
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em qualquer
+meio, desde que esta nota seja preservada.
+
+<P>
+Atualizado:
+<!-- hhmts start -->Last modified: Thu Feb 22 17:03:33 EET 2007 <!-- hhmts end 
-->
+
+<P>
+Traduzido por: Fernando Lozano
+<A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</a>
+
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: licenses/gpl-faq.pt-br.html
===================================================================
RCS file: licenses/gpl-faq.pt-br.html
diff -N licenses/gpl-faq.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ licenses/gpl-faq.pt-br.html 20 Mar 2008 13:56:09 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,1963 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE> Questões Feitas Freqüentemente (FAQ) sobre a GNU GPL - Projeto 
+GNU - Free Software Foundation (FSF)</TITLE>
+<LINK REV="not made" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
+VLINK="#99
+00DD">
+<H3>Questões Feitas Freqüentemente (FAQ) sobre a GNU GPL</H3>
+
+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"
+   ALT=" [Imagem da cabeça de um GNU] "
+   WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/copyleft/gpl-faq.html">Inglês</A>
+  | <A HREF="/copyleft/gpl-faq.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<p>
+<P>
+<!-- Replace this list with the page's contents. -->
+<H4>Conteúdo</H4>
+<UL>
+  <LI><A HREF="#WhatDoesGPLStandFor" NAME="TOCWhatDoesGPLStandFor">O que 
+significa "GPL"?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#DoesFreeSoftwareMeanUsingTheGPL"
+  NAME="TOCDoesFreeSoftwareMeanUsingTheGPL">Software Livre significa usar a 
+GPL?</A>
+
+  <LI><A HREF="#DoesAllGNUSoftwareUseTheGNUGPLAsItsLicense"
+  NAME="TOCDoesAllGNUSoftwareUseTheGNUGPLAsItsLicense">
+  Todo software GNU usa a GNU GPL como sua licença?</A>
+
+  <LI><A HREF="#DoesUsingTheGPLForAProgramMakeItGNUSoftware"
+  NAME="TOCDoesUsingTheGPLForAProgramMakeItGNUSoftware">
+  Usar a GPL para um programa faz dele software GNU?</A>
+
+  <LI><A HREF="#WhyDoesTheGPLPermitUsersToPublishTheirModifiedVersions"
+  NAME="TOCWhyDoesTheGPLPermitUsersToPublishTheirModifiedVersions">
+  Por que a GPL permite que usuários publiquem suas versões modificadas?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLRequireSourcePostedPublic"
+  NAME="TOCGPLRequireSourcePostedPublic">
+  A GPL requer que o código fonte de versões modificadas seja disponibilizado 
+publicamente?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#WhatDoesWrittenOfferValid" NAME="TOCWhatDoesWrittenOfferValid">
+  O que esta "oferta escrita válida para quaisquer terceiros" significa? Ela 
+implica
+  que qualquer pessoa no mundo pode ter o código fonte de qualquer programa 
+sob a GPL,
+  em quaisquer condições?</A>
+
+  <LI><A HREF="#IfIDistributeModifiedBinaries" NAME="TOC 
+IfIDistributeModifiedBinaries">
+  Se eu distribuo os binários sem os fontes, posso providenciar o código fonte 
+por
+  FTP ao invés de pedido pelo correio?</A>
+
+  <LI><A HREF="#TheGPLSaysModifiedVersions" 
+NAME="TOCTheGPLSaysModifiedVersions">
+  A GPL diz que versões modificadas, se publicadas, devem ser "licenciadas ... 
+para
+  todos os terceiros." Quem são esses terceiros?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#DoesTheGPLAllowMoney" NAME="TOCDoesTheGPLAllowMoney">
+  A GPL permite que eu venda cópias do programa por algum valor?</A>
+
+
+  <LI><A HREF="#DoesTheGPLAllowPayFee" NAME="TOCDoesTheGPLAllowPayFee">
+  A GPL me permite exigir que qualquer um que receba uma cópia do software
+  me pague uma taxa ou me notifique?</A>
+
+  <LI><A HREF="#IWantCredit" NAME="TOCIWantCredit">
+  Eu quero ter crédito pelo meu trabalho. Eu quero que as pessoas saibam o que 
+eu escrevi.
+  Eu ainda posso ter crédito se eu usar a GPL?</A>
+
+  <LI><A HREF="#WhyMustIInclude" NAME="TOCWhyMustIInclude">
+  Por que a GPL requer que se inclua uma cópia da GPL com todas as cópias do 
+programa?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#WhatIfWorkIsShort" NAME="TOCWhatIfWorkIsShort">
+  E se o programa não for muito mais longo do que a própria licença?
+  </A>
+
+  <li><A HREF="#GPLOmitPreamble" NAME="TOCGPLOmitPreamble">
+
+  Eu posso omitir o preâmbulo da GPL, ou as instruções sobre como usa-la em
+  seus próprios programas, para economizar espaço?</A>
+
+  <LI><A HREF="#WhatIsCompatible" NAME="TOCWhatIsCompatible">
+  O que significa dizer que duas licenças são compatíveis?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#WhatDoesCompatMean" NAME="TOCWhatDoesCompatMean">
+  O que significa dizer que uma licença é "compatível com a GPL"?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#WritingFSWithNFLibs" NAME="TOCWritingFSWithNFLibs">
+  Eu estou escrevendo software livre que usa bibliotecas não-livres. Que 
+questões
+  legais surgem se eu usar a GPL?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#HowIGetCopyright" NAME="TOCHowIGetCopyright">
+  Como eu consigo o copyright do meu próprio programa de forma a
+  distribui-lo sob a GPL?
+  </A>
+
+
+  <LI><A HREF="#WhatIfSchool" NAME="TOCWhatIfSchool">
+  E se minha escola quiser transformar meu programa em um produto de
+  software proprietário seu?
+ </A>
+
+
+  <LI><A HREF="#CouldYouHelpApplyGPL" NAME="TOCCouldYouHelpApplyGPL">
+  Poderiam me dar instruções passo a passo de como aplicar a GPL em
+  meu próprio programa?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#CouldYouHelpApplyGFDL"
+  NAME="TOCCouldYouHelpApplyGFDL">
+  Poderiam me dar instruções passo a passo de como aplicar a GFDL
+  em um manual?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#HeardOtherLicense" NAME="TOCHeardOtherLicense">
+  Eu ouvi que alguém tem uma cópia de um programa, publicado sob a GPL, sob
+  uma outra licença. Isso é possível?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#ReleaseUnderGPLAndNF" NAME="TOCReleaseUnderGPLAndNF">
+  Eu gostaria de publicar um programa que escrevi sob a GNU GPL, mas eu também 
+gostaria
+   de usar parte do código em programas não livres.
+  </a>
+
+  <LI><A HREF="#DeveloperViolate" NAME="TOCDeveloperViolate">
+  O desenvolvedor de um programa coberto pela GPL está atado a GPL?
+  As ações do desenvolvedor podem em algum momento constituir uma violação da 
+GPL?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#CanDeveloperThirdParty"
+  NAME="TOCCanDeveloperThirdParty">
+   O desenvolvedor de um programa que o distribuiu sob a GPL pode mais tarde
+   licencia-lo para outras pessoas para uso exclusivo?</a>
+
+  <LI><A HREF="#CanIUseGPLToolsForNF" NAME="TOCCanIUseGPLToolsForNF">
+   Posso usar editores de texto cobertos pela GPL para desenvolver programas
+  não livres? Posso usar ferramentas cobertas pela GPL para compila-los?
+</A>
+
+  <li><A HREF="#GPLFairUse" NAME="TOCGPLFairUse">
+ Eu tenho direitos de "usos justos" para usar o código fonte de algum
+programa coberto pela GPL?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLOutput" NAME="TOCGPLOutput">
+  Há alguma coisa que eu possa fazer para aplicar a GPL para a saída que as
+pessoas tenham do meu programa? Por exemplo, se meu programa é usado
+para desenvolver sistemas de hardware, eu posso exigir que esses designs
+sejam livres?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#WhatCaseIsOutputGPL" NAME="TOCWhatCaseIsOutputGPL">
+   Em que casos a saída de um programa GPL é coberta pela GPL também?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLModuleLicense" NAME="TOCGPLModuleLicense">
+   Se eu adicionar um módulo a um módulo coberto pela GPL, eu tenho
+que usar a GPL como licença para o meu módulo?  </A>
+
+  <LI><A HREF="#IfLibraryIsGPL" NAME="TOCIfLibraryIsGPL">
+Se uma biblioteca é disponibilizada sob a GPL (não a LGPL), isso
+significa que qualquer programa que a usa tem que estar sob a GPL?
+</A>
+
+  <li><a href="#IfInterpreterIsGPL" name="TOCIfInterpreterIsGPL">
+  Se um interpretador de uma linguagem de progamação for publicado sob a GPL,
+isso significa que programas escritos para serem interpretados nele precisam
+estar sob uma licença compatível com a GPL?
+</a>
+
+  <LI><A HREF="#WindowsRuntimeAndGPL" NAME="TOCWindowsRuntimeAndGPL">
+Eu estou escrevendo um aplicatico Windows com Microsoft Visual C++
+  (ou Visual Basic) e eu vou disponibliza-lo sob a GPL. É permitido ligar
+  dinamicamente meu programa com as bibliotecas de tempo de execução
+  do Visual C++ (ou do Visual Basic) sob a GPL?</A>
+
+  <LI><A HREF="#OrigBSD" NAME="TOCOrigBSD">
+ Por que a licença BSD original não é compatível com a GPL?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLAndPlugins" NAME="TOCGPLAndPlugins">
+Se um programa disponibilizado sob a GPL usa plug-ins, quais são as
+exigências para as licenças de um plug-in?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLPluginsInNF" NAME="TOCGPLPluginsInNF">
+Eu posso usar a GPL em um plug-in para um programa não livre?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#LinkingWithGPL" NAME="TOCLinkingWithGPL">
+  Você tem um programa sob a GPL que eu gostaria de unir a código meu
+para desenvolver um programa proprietário. O fato de eu ligar o meu código
+ao seu programa significa que eu tenho que publicar meu programa sob
+a GPL?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#SwitchToLGPL" NAME="TOCSwitchToLGPL">
+ Se sim, há alguma chance de que eu possa obter seu programa
+  sob a Licença Pública Menos Geral (LGPL)?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#ManyDifferentLicenses" NAME="TOCManyDifferentLicenses">
+                 Eu escrevi um aplicativo que se liga com muitos componentes 
+diferentes,
+que tem licenças diferentes. Eu estou muito confuso a respeito de quais
+restrições recaem sobre o meu programa. Vocês podem por favor me
+dizer que licença eu posso usar?
+ </A>
+
+  <LI><A HREF="#MereAggregation" NAME="TOCMereAggregation">
+              Qual é a diferença netre "mera agregação" e "combinar dois 
+programas
+em um programa"?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#AssignCopyright" NAME="TOCAssignCopyright">
+     Por que a FSF requer que quem contribua programas sobre os quais
+ela detem copyright ceda os direitos para a FSF? Se eu mantenho o copyright
+de um programa sob a GPL, eu não deveria manter desse também? Se sim, como?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLCommertially" NAME="TOCGPLCommertially">
+
+Se eu uso uma peça de software que tenha sido obtida sob a GNU GPL, eu posso
+modificar o código original do programa para um programa novo, e então 
+distribuir
+e vender o programa comercialmente?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#UseGCC" NAME="TOCUseGCC">
+           Eu uso a lingaugem de programação C ou C++ e compilo com o GCC. Eu 
+preciso
+disponibilizar o software qu eu escrevo na linguagem sob a mesma licença que
+o GCC?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLOtherThanSoftware" NAME="TOCGPLOtherThanSoftware">
+  Eu posso usar a GPL para algo que não seja software?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#Consider" NAME="TOCConsider">
+ Considere esta situação:
+<UL>
+<LI>X disponibliza V1, um projeto sob a GPL.
+<LI>Y contribui para o desenvolvimento de V2 com mudanças
+e novo código baseado em V1.
+<LI>X quer mudar V2 para uma licença outra que a GPL.
+
+</UL>
+X precisa da permissão de Y?
+
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLInProprietarySystem"
+  NAME="TOCGPLInProprietarySystem">
+
+    Eu gostaria de incorporar software coberto pela GPL no meu
+ sistema proprietário. Eu posso fazer isso?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#MoneyGuzzlerInc" NAME="TOCMoneyGuzzlerInc">
+  Eu gostaria de modificar programas cobertos pela GPL e liga-los com as
+bibliotecas de compatibilidade da Come Grana S/A. Eu nao posso distribuir
+o código fonte dessas bibliotecas, então qualquer usuário que quisesse
+modificar essas versões teria que comprar essas bibliotecas. Por que
+a GPL não permite isso?</A>
+
+  <LI><A HREF="#DistributeWithSourceOnInternet"
+  NAME="TOCDistributeWithSourceOnInternet">
+
+       Eu quero distribuir os binários de um programa coberto pela GPL
+sem os arquivos fonte junto. Ao invés de enviar o código fonte
+posteriormente para usuarios que o pedirem, posso simplesmente
+colocar o código fonte em algum servidor na Internet?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#SourceAndBinaryOnDifferentSites"
+  NAME="TOCSourceAndBinaryOnDifferentSites">
+  Posso colocar os binários no meu servidor na Internet e colocar
+os fontes em um site diferente na Internet?
+ </A>
+
+  <LI><A HREF="#DistributeExtendedBinary"
+  NAME="TOCDistributeExtendedBinary">
+  Eu quero distribuir uma versao extendida de um programa coberto
+pela GPL na forma binária. É suficiente distribuir o
+código fonte da versão original?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#DistributingSourceIsInconvenient"
+  NAME="TOCDistributingSourceIsInconvenient">
+    Eu quero distribuir os binários, mas distribuir o código fonte completo
+é inconveniente. E se eu der aos usuários os diffs da versão corrente da
+FSF junto com os binários e sugerir que eles peguem o código fonte base
+da FSF?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#AnonFTPAndSendSources" NAME="TOCAnonFTPAndSendSource">
+   Eu quero disponibilzar arquivos binários por FTP anônimo, mas
+  apenas enviar os fontes para as pessoas que os encomendarem.
+ </A>
+
+  <LI><A HREF="#HowCanIMakeSureEachDownloadGetsSource"
+  NAME="TOCHowCanIMakeSureEachDownloadGetsSource">
+   Como eu posso me certificar de que cada usuário que baixa os binários
+  também baixa os fontes?</A>
+
+  <LI><A HREF="#WhySomeGPLAndNotLGPL" NAME="TOCWhySomeGPLAndNotLGPL">
+  Por que algumas bibliotecas da GNU são disponiblizadas sob a GPL
+  em vez da LGPL?</A>
+
+  <LI><A HREF="#WillYouMakeAnException"
+  NAME="TOCWillYouMakeAnException">
+   Usar um certo programa da GNU sob a GPL não se encaixa em nosso projeto
+de software proprietário. Vocês fariam uma exceção para nós? Isso
+traria mais usuários para aquele programa.</A>
+
+  <LI><A HREF="#VersionTwoOrLater" NAME="TOCVersionTwoOrLater">
+  Porque os programas devem dizer "Versão 2 da GPL ou
+   qualquer versão posterior"?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#WhyNotGPLForManuals" NAME="TOCWhyNotGPLForManuals">
+    Por que vocês não usam a GPL para manuais?
+ </A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLTranslations" NAME="TOCGPLTranslations">
+   Há traduções da GPL para outras línguas?
+ </A>
+
+  <LI><A HREF="#InterpreterIncompat" NAME="TOCInterpreterIncompat">
+  Se o interpretador de uma linguagem de programação tem uma licença que
+seja incompatível com a GPL, posso rodar programas cobertos pela
+GPL nele?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#WhoHasThePower" NAME="TOCWhoHasThePower">Quem tem o poder de 
+fazer
+  valer a GPL?</A>
+
+  <LI><A HREF="#OOPLang" NAME="TOCOOPLANG">Em uma linguagem orientada a 
+objetos, tal como Java, se eu usar uma classe
+que é coberta pela GPL, sem modificações, e fizer uma subclasse da mesma,
+em que a GPL afeta o programa maior?</A>
+
+  <LI><A HREF="#PortProgramToGL" NAME="TOCPortProgramToGL">Se eu portar meu 
+programa para GNU/Linux, isso significa que eu tenho
+que disponibiliza-lo como Software Livre sob a GPL ou alguma outra
+licença de Software Livre?</A>
+
+  <LI><A HREF="#CompanyGPLCostsMoney" NAME="TOCCompanyGPLCostsMoney">
+  Eu acabei de encontrar uma empresa que tem uma cópia de um programa sob a 
+GPL,
+e custa dinheiro obte-lo. Eles não estão violando a GPL por não 
+disponibiliza-lo
+na Internet?</A>
+
+</UL>
+
+<P>
+<HR>
+<P>
+
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhatDoesGPLStandFor" NAME="WhatDoesGPLStandFor">O que 
+significa "GPL"?</A></h4>
+
+<dd>"GPL" significa "General Public License" (Licença Pública Geral). A mais 
+difundida dessas
+licenças é a GNU General Public License, ou GNU GPL para encurtar. Isso pode 
+ser encurtado
+mais ainda para "GPL", quando estiver entendido que a GNU GPL é a que se 
+pretende.
+
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDoesFreeSoftwareMeanUsingTheGPL" 
+NAME="DoesFreeSoftwareMeanUsingTheGPL">
+Software Livre significa usar a GPL?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Não -- há muitas outras licenças de software livre. Nós temos uma
+
+<A HREF="/licenses/license-list.pt-br.html"> lista incompleta
+</A>.  Qualquer licença que garanta ao usuário <A
+HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">algumas liberdades 
+específicas</A>
+é uma licença de software livre.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDoesAllGNUSoftwareUseTheGNUGPLAsItsLicense" 
+NAME="DoesAllGNUSoftwareUseTheGNUGPLAsItsLicense">
+Todo software GNU usa a GNU GPL como sua licença?</A></h4>
+
+
+<dd>
+
+A maior parte dos pacotes de software GNU usam a GNU GPL, mas há alguns
+poucos programas GNU (e partes de programas) que usam as licenças mais frouxas,
+tais como a Lesser GPL (GPL Menor). Quando fazemos isso, é por uma questão
+de <A HREF="/licenses/why-not-lgpl.html"> estratégia</A>.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDoesUsingTheGPLForAProgramMakeItGNUSoftware" 
+NAME="DoesUsingTheGPLForAProgramMakeItGNUSoftware">
+Usar a GPL para um programa faz dele software GNU?</A></h4>
+
+<dd>
+Qualquer pessoa pode publicar um programa sob a GNU GPL, mas isso não faz dele
+um pacote GNU.
+<p>
+Fazer do programa um software GNU significa contribuir explicitamente
+para o Projeto GNU. Isso acontece quando os desenvolvedores do programa
+e o Projeto GNU concordam em faze-lo. Se você estiver interessado em contribuir
+um programa para o Projeto GNU, por favor escreva para
+<A HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhyDoesTheGPLPermitUsersToPublishTheirModifiedVersions" 
+NAME="WhyDoesTheGPLPermitUsersToPublishTheirModifiedVersions">
+Por que a GPL permite que usuários publiquem suas versões modificadas?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Um aspecto crucial do software livre é que usuários são livres para cooperar.
+É absolutamente essencial permitir que usuários que queiram se ajudar
+mutuamente compartilhem seus concertos de bugs e melhoramentos com outros
+usuários.<p>
+
+Alguns propuseram alternativas para a GPL que requerem que versões
+modificadas passem pelo autor original. Durante o tempo em que o autor
+original seja capaz de dar conta das necessidades de manutenção, isso pode 
funcionar
+bem na prática, mas se o autor parar (mais ou menos) para fazer alguma
+outra coisa ou não atender à todas as necessidades dos usuários, esse
+sistema cai por terra. Além  dos problemas práticos, esse sistema não permite
+que usuários colaborem mutuamente.
+
+<p>
+Algumas vezes o controle sobre versões modificadas é proposto como uma
+forma de evitar confusão entre várias versões feitas por usuários. Na
+nossa experiência, essa confusão nã é um grande problema. Muitas versões
+do EMACS apareceram fora do Projeto GNU, mas os usuários podem diferencia-las.
+A GPL requer que o autor ou autora de uma versão ponha o seu nome nela, para 
+distingui-la
+de outras versões e proteger a reputação de outros mantenedores.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLRequireSourcePostedPublic"
+        NAME="GPLRequireSourcePostedPublic">
+A GPL requer que o código fonte de versões modificadas seja disponibilizado 
+para
+o público?</A></h4>
+
+<dd>
+A GPL não obriga você a distribuir sua versão modificada. Você é livre para
+fazer as suas modificações e utiliza-las de forma privada, sem nunca 
+disponibiliza-las.
+<p>
+
+Mas <em>se</em> você disponibilizar a versão modificada para o público
+de qualquer forma, a GPL requer que você torne o código fonte disponível para
+os usuários, sob os termos da GPL.
+<p>
+
+Portanto, a GPL dá permissão para se disponibilizar o programa modificado de 
+algumas
+formas, mas não de outras formas; mas a decisão disponibilizar ou não o 
+programa
+depende de você.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhatDoesWrittenOfferValid" 
+NAME="WhatDoesWrittenOfferValid">
+
+O que esta "oferta escrita válida para quaisquer terceiros" significa? Ela 
+implica
+  que qualquer pessoa no mundo pode ter o código fonte de qualquer programa 
+sob a GPL,
+  em quaisquer condições?
+     </A></h4>
+
+<dd>
+"Válida para quaisquer terceiros" significa que qualquer um que tenha
+a oferta tem o direito de cobra-la de você.
+<p>
+Se você distribuir binários comercialmente, sem estarem acompanhados do código 
+fonte,
+a GPL diz que você deve acrescentar uma oferta por escrito de distribuição 
+posterior
+do código fonte. Quando os usuários redistribuirem não comercialmente os 
+binários
+que receberam de você, eles devem passar adiante uma cópia dessa oferta por 
+escrito. Isso
+significa que pessoas que não obtiveram os binários diretamente de você ainda 
+podem
+receber cópias do código fonte, junto com a oferta por escrito.
+<p>
+A razão pela qual nós exigimos que essa oferta seja válida para quaisquer 
+terceiros
+é para que pessoas que tenham recebido os binários indiretamente dessa forma 
+possam
+obter o código fonte de você.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCIfIDistributeModifiedBinaries" 
+NAME="IfIDistributeModifiedBinaries"> If
+Se eu distribuir binários sem os fontes, posso prover o código fonte
+por FTP ao invés de pedidos pelo correio?
+</A></h4>
+
+<p>
+Você deve prover o código fonte num meio físico, se alguém o pedir. Isso
+implica em envia-lo pelo correio.
+
+<p>
+Você pode oferecer às pessoas uma forma de cópiar o código fonte correspondente
+por FTP, em adição à opção de pedido pelo correio. Acesso por FTP pode ser
+conveniente para usuários, ou pode não ser. Se o acesso por FTP for conveniente
+o suficiente, talvez ninguém opte por pedir uma cópia pelo correio, e você 
+nunca
+terá que enviar uma. Bom para você. Mas se alguém escolher pedir uma cópia do
+código fonte, voce precisa atender.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCTheGPLSaysModifiedVersions" 
+NAME="TheGPLSaysModifiedVersions">
+ A GPL diz que versões modificadas, se publicadas, devem ser "licenciadas ... 
+para
+  todos os terceiros." Quem são esses terceiros?
+</A></h4>
+
+<dd>
+A seção 2 diz que versões modificadas que você distribue devem ser licenciadas
+para todos os terceiros sob a GPL. "Todos os terceiros" significa 
+absolutamente todo
+mundo -- mas isso não requer que você *faça* alguma coisa fisicamente por 
+eles. Apenas
+significa que eles tem uma licença de você, sob a GPL, para a sua versão.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDoesTheGPLAllowMoney" NAME="DoesTheGPLAllowMoney">
+
+        A GPL permite que eu venda cópias do programa por algum valor?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Sim, a GPL permite que todo mundo faça isso. O
+ <A HREF="/philosophy/selling.html"> direito de vender cópias
+  </A> é parte da definição de software livre.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDoesTheGPLAllowPayFee" NAME="DoesTheGPLAllowPayFee">
+    A GPL me permite exigir que qualquer um que receba uma cópia do software
+  me pague uma taxa ou me notifique?
+</a></h4>
+
+<dd>
+Não. Na verdade, uma exigência dessas faria o programa ser não-livre. Se as 
+pessoas
+tiverem que pagar quando elas obtem uma cópia do programa, ou se elas tem que
+notificar qualquer pessoa em particular, então o programa é não livre.
+
+Veja a <A HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">
+definição de software livre</A>.
+<p>
+A GPL é uma licença de software livre, e portanto ela permite que
+as pessoas usem e até redistribuam o software sem ter que pagar a ninguém uma
+taxa por fazer isso.
+
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCIWantCredit" NAME="IWantCredit">
+
+ Eu quero ter crédito pelo meu trabalho. Eu quero que as pessoas saibam o que 
+eu escrevi.
+  Eu ainda posso ter crédito se eu usar a GPL?
+
+</A></h4>
+
+<dd>
+Certamente você tem os créditos pelo seu trabalho. Parte do processo de
+disponibilizar um programa sob a  GPL é escrever uma nota de copyright em seu
+nome (assumindo-se que você seja o dono do copyright). A GPL requer que todas
+as cópias tenham uma nota de copyright apropriada.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhyMustIInclude" NAME="WhyMustIInclude">
+Por que a GPL requer que se inclua uma cópia da GPL com todas as cópias do 
+programa?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Incluir uma cópia da licença com o trabalho é vital para que todos
+os que obtenham uma cópia do programa possam saber quais são seus
+direitos.
+<p>
+
+Poderia ser tentador incluir uma URL que aponte para a licença, no
+lugar da licença em si. Mas você não pode ter certeza de que a URL
+ ainda será válida em cinco ou dez anos. Vinte anos no futuro,
+ URLs como nós as conhecemos hoje podem nem sequer existir mais.
+<p>
+A única forma de ter certeza de as pessoas que têm cópias do programa
+continuarão a poder ver a licença, a despeito de todas as mudanças que
+possam ocorrer na rede, é incluir uma cópia da licença com o programa.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhatIfWorkIsShort" NAME="WhatIfWorkIsShort">
+E se o programa não for muito maior do que a licença em si?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Se um único programa for tão curto, você pode também usar uma
+licença mais simples, vale tudo, para ele, ao invés da GNU GPL.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLOmitPreamble"
+        NAME="GPLOmitPreamble">
+        Eu posso omitir o preâmbulo da GPL, ou as instruções sobre como usa-la 
+em
+  seus próprios programas, para economizar espaço?
+</A></h4>
+<dd>
+O preâmbulo e as instruções são parte integrante da GNU GPL e não podem
+ser omitidos. Por favor use toda a GPL. Na verdade, a GPL tem copyright, e sua
+própria licença permite apenas a cópia exata de toda a GPL.
+<p>
+O preâmbulo e as instruções adicionam cerca de 5000 caracteres, menos
+de 1/3 do tamanho total da GPL. Eles não serão uma parte substâncial do
+tamanho do pacote de software, a não ser que o pacote em si seja bem pequeno. 
+Neste caso,
+você pode usar uma licença simples, vale tudo, ao invés da GNU GPL.
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhatIsCompatible" NAME="WhatIsCompatible">
+O que significa dizer que duas licenças são compatíveis?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Para combinar dois programas (ou partes sustânciais dos mesmos), em um
+trabalho maior, você precisa ter permissão para usar os dois programas
+dessa forma. Se as licenças de ambos os programas permitir isso, então
+elas são compatíveis. Se não houver forma de satisfazer as duas licenças
+ao mesmo tempo, então elas não são compatíveis.
+<p>
+Para algumas licenças, a forma em que a combinação é feita pode
+afetar o fato de elas serem ou não compatíveis--por exemplo, elas
+podem permitir ligar dois módulos juntos, mas não permitir fundir
+seu código em um único módulo.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhatDoesCompatMean" NAME="WhatDoesCompatMean">
+O que significa dizer que uma licença é "compatível com a
+GPL"?</A></h4>
+
+<dd>
+Significa que a outra licença e a GNU GPL são compatíveis; você pode combinar
+código distribuido sob a outra licença com código distribuido sob a GNU GPL em
+um programa maior.
+
+<p>
+
+A GPL permite uma tal combinação, desde que ela seja disponibilizada sob a GNU 
+GPL.
+A outra licença é compatível com a GPL somente se ela permitir isso também.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWritingFSWithNFLibs" NAME="WritingFSWithNFLibs">
+Eu estou escrevendo software livre que usa bibliotecas não-livres. Que questões
+  legais surgem se eu usar a GPL?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Se as bibliotecas que você está usando se qualificarem nesta exceção
+prevista na GPL:
+<p>
+<pre>
+     Entretanto, como uma exceção especial, o código fonte distribuido
+     não precisa incluir nada que seja normalmente distribuido (quer na forma
+     binária como na forma de fonte) com os componentes comuns (compilador,
+     kernel, e assim por diante) do sistema operacional no qual o executável
+     roda, exceto se aquele componente acompanhar o executável no pacote.
+</pre>
+<p>
+Então, você não precisa fazer nada de espcial para usa-las. Em outras palavras,
+se as bibliotecas que você precisa vem como componentes importantes de um 
+sistema
+operacional proprietário, a GPL diz que você pode ligar seu programa a elas.
+<p>
+Se você quer ligar seu programa a uma biblioteca não coberta por essa exceção,
+você precisa adicionar sua própria exceção, separadamente da GPL. Esta nota de 
+copyright e
+nota de licença dá permição de ligação com a biblioteca FOO:
+
+
+<p>
+<pre>
+
+    Copyright (c) aaaa  &lt;nome do detentor do copyright&gt;
+
+    Este programa é software livre; você pode distribui-lo e/ou modifica-lo
+    sob os termos da GNU General Public License conforme publicada pela
+    Free Software Foundation; quer a versão 2 da Licença, ou (a seu critério)
+    qualquer versão posterior.
+
+    Este programa é distribuido com a esperança de que ele será útil,
+    mas SEM QUALQUER GARANTIA; nem mesmo a garantia implicita
+    de VENDABILIDADE ou de ADEQUAÇÃO PARA ALGUM PROPÓSITO PARTICULAR. Veja a
+    GNU General Public License para maiores detalhes.
+
+    Você deveria ter recebido uma cópia da GNU Genral Public License com este
+    prorama; se não, escreva para a Free Software Foundation INC., 59 Temple 
+    Race, Fifth Floor, Boston, MA 02110-1301 USA
+
+    Em adição, como uma exceção especial, &lt;nome do detentor do
+    copyright&gt; dá permissão de ligar o código deste programa com a
+    biblioteca FOO (ou com versões modificadas de FOO que usem a mesma
+    licença que FOO), e a distribuir combinações ligadas incluindo as
+    duas. Você precisa obedecer a GNU General Public License em todos
+    os aspetos para todo o código usado outro que FOO. Se você modificar
+    este arquivo, você pode extender esta exceção para a sua versão
+    do arquivo, mas você não é obrigado a faze-lo. Se você não desejar
+    faze-lo, apague este paragrafo da sua versão.
+</pre>
+
+<p>
+Apenas os detentores do copyright para o programa podem legalmente autorizar
+esta exceção. Se você escreveu o programa pessoalmente, então, assumindo que
+seu empregador ou sua escola não reclame o copyright, você é  o detentor
+do copyright -- então você pode autorizar a exceção. Mas se você quiser usar
+partes de outros programas cobertos pela GPL, escritos por outras pessoas,
+no seu código, você não pode autorizar a exceção por eles. Você tem que
+obter a aprovação dos detentores do copyright daqueles programas.
+<p>
+Quando outras pessoas modificam o programa, elas não tem que fazer
+a mesma exceção para o código delas -- é opção delas faze-lo.
+<p>
+Adicionar esta exceção elimina a questão legal, mas não faz nada
+quanto a questão mais séria que constitui o uso de uma biblioteca não
+livre: seu programa não será plenamente utilizável num ambiente livre.
+Se o seu programa depende de uma biblioteca não-livre para executar uma
+dada tarefa, ele não pode executar essa tarefa no Mundo Livre. Se ele
+depende de uma biblioteca não livre para rodar, ele não pode ser parte de um
+sistema operacional livre tal como o GNU; está inteiramente fora dos limites
+do Mundo Livre.
+<p>
+
+Então por favor considere: você pode achar um jeito de executar a tarefa
+sem usar essa biblioteca? Você pode escrever um substituto para essa 
+biblioteca?
+<p>
+
+Se o programa já estiver escrito usando a biblioteca não livre, talvez seja
+tarde demais para mudar a decisão. Você pode disponibilizar o programa como
+ele está, em vez de não disponibiliza-lo. Mas por favor mencione no README
+que a necessidade da biblioteca não-livre é uma falha, e sugira a tarefa de
+alterar o programa de forma que ele faça o mesmo trabalho sem a biblioteca
+não livre.
+
+<p>
+
+Por favor também nos conte (<A 
+HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>)
+sobre a biblioteca não livre e sobre que tarefa ela executa. Nos 
+encorajaremos as pessoas
+a desenvolver uma biblioteca livre para fazer a mesma tarefa.
+
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCHowIGetCopyright" NAME="HowIGetCopyright">
+Como eu obtenho um copyright do meu trabalho de forma que eu possa
+disponibiliza-lo sob a GPL?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Sob a convenção de Bern, todas as coisas escritas estão automaticamente sob
+copyright a partir do momento em que são postas em uma forma fixa. Então,
+você não tem que fazer nada para "obter" o copyright daquilo que você
+escreve -- desde que ninguém mais possa reclamar propriedade sobre o seu 
trabalho.
+<p>
+Entretanto, registrar o copyright nos Estados Unidos pode ser uma
+idéia muito boa. Isso dará a você mais força ao lidar com um infrator
+naquele país.
+<p>
+O caso em que alguém mais pode possivelmente vir a reclamar o seu copyright é
+se você é um empregado ou estudante; então o empregador ou a escola poderia
+dizer que você fez o trabalho para eles e que o copyright pertence a eles. Se 
+isso
+seria algo válido dependeria das circunstâncias, tais como as leis do lugar
+onde você vive, e do seu contrato de trabalho, e do tipo de trabalho que você 
+faz.
+É melhor consultar um advogado se houver a menor dúvida.
+
+<p>
+Se você acha que o empregador ou a escola poderiam ter a posse
+de seu trabalho, você pode resolver o problema às claras obtendo
+uma nota de dispensa do copyright assinada por um funcionio devidamente
+autorizado da sua escola ou companhia. (Seu chefe imediato ou um professor
+normalmente NÃO está autorizado a assinar tal nota).
+
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhatIfSchool" NAME="WhatIfSchool">
+ E se minha escola quiser transformar meu programa em um produto de
+  software proprietário seu?
+
+
+</A></h4>
+
+<dd>
+Muitas Universidades nos dias de hoje tentam levantar fundos pela
+restrição do uso da informação e do conhecimento que elas
+desenvolvem, se comportando na prática de forma pouco diferente
+de empresas comerciais. (Ver "The Kept University", Atlantic Monthly,
+Março de 2000, para uma discussão geral desse problema e seus efeitos).
+<p>
+
+Se você perceber qualquer chance de que sua escola possa se recusar
+a permitir que seu programa seja disponibilizado como software livre,
+o melhor a fazer é levantar a questão o quanto antes. Quanto mais próximo
+o programa estiver da funcionalidade, mais a administração poderá se sentir
+tentada a toma-lo de você e termina-lo sem você. Em um estágio anterior, você
+tem mais chances.
+
+<p>
+
+Então nós recomendamos que você se aproxime deles quando o programa
+estiver apenas pela metade, dizendo -- Se vocês concordarem em
+publicar isto como software livre,  então eu o terminarei. -- Não pense
+nisso como um blefe. Para prevalescer, você precisa ter a coragem de dizer
+--meu programa terá liberdade ou nunca nascerá.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCCouldYouHelpApplyGPL" NAME="CouldYouHelpApplyGPL">
+  Poderiam me dar instruções passo a passo de como aplicar a GPL em
+  meu próprio programa?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Veja a página de <A HREF="/licenses/gpl-howto.pt-br.html">
+instruções da GPL</A>.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCCouldYouHelpApplyGFDL"
+  NAME="CouldYouHelpApplyGFDL">
+
+  Poderiam me dar instruções passo a passo de como aplicar a GFDL
+  em um manual?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Veja o final da própria GFDL, e a página de <A
+HREF="http://www.gnu.org/copyleft/fdl-howto.html";> instruções da GFDL
+</A>.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCHeardOtherLicense" NAME="HeardOtherLicense">
+
+  Eu ouvi que alguém tem uma cópia de um programa, públicado sob a GPL, sob
+  uma outra licença. Isso é possível?
+</A></h4>
+
+<dd>
+A GNU GPL não dá aos usuários permissão para adicionarem outras licenças
+ao programa. Mas o detentor do copyright pode disponibilizar seu trabalho sob
+várias licenças em paralelo. Uma delas pode ser a GNU GPL.
+<p>
+A licença que vem na sua cópia, assumindo-se que ela tenha sido colcada
+pelo detentor do copyright, e que você tenha obtido a cópia de forma legitima, 
+é
+a que se aplica para a sua cópia.
+<p>
+                                    
+<dt><h4><A HREF="#TOCReleaseUnderGPLAndNF" NAME="ReleaseUnderGPLAndNF">
+Eu gostaria de publicar um programa que escrevi sob a GNU GPL, mas eu também
+gostaria de usar parte do código em programas não livres.
+</a></h4>
+
+<dd>
+Publicar um programa não-livre sempre é eticamente sujo, mas legalmente,
+não há obstáculo algum para que você faça isso. Se você é o detentor do 
+copyright
+do código, você pode disponibiliza-lo sob várias licenças diferentes, não 
+mutuamente
+exclusivas, em vários momentos.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDeveloperViolate" NAME="DeveloperViolate">
+O desenvolvedor de um programa coberto pela GPL está atado a GPL?
+As ações do desenvolvedor podem em algum momento constituir uma
+violação da GPL?
+</A>
+<dd>
+Falando estritamente, a GPL é uma licença do desenvolvedor para
+outros usarem, distribuirem e mudarem o programa. O desenvolvedor
+mesmo não está sujeito a ela, então não importa o que ele faça, não
+será uma "violação" da GPL.
+<p>
+Entretanto, se o desenvolvedor fizer algo que seria uma violação da GPL se
+feito por alguma outra pessoa, ele certamente vai perder qualquer moral
+na comunidade.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCCanDeveloperThirdParty"
+  NAME="CanDeveloperThirdParty">
+  O desenvolvedor de um programa que o distribuiu sob a GPL pode mais tarde
+  licencia-lo para outras pessoas para uso exclusivo?
+</a></h4>
+
+<dd>
+Não, porque o público já tem o direito de usar o programa sob a GPL,
+e esse direito não pode ser retirado.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCCanIUseGPLToolsForNF"
+  NAME="CanIUseGPLToolsForNF">
+
+  Posso usar editores de texto cobertos pela GPL para desenvolver programas
+  não livres? Posso usar ferramentas cobertas pela GPL para compila-los?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Sim, porque o copyright dos editores e das ferramentas não
+cobre o código que você escreve.
+<p>
+Alguns programas copiam parte deles mesmos na sua saída por razões técnicas
+--por exemplo, o Bison copia um programa padrão em seu arquivo de saída. Em 
+tais casos,
+o texto copiado na saída é coberto pela mesma licença que cobre esse trecho
+no código fonte. Ao mesmo tempo, a parte da saia que é derivada da entrada do 
+programa
+herda o status de copyright da entrada.
+<p>
+Como isso acontece, o Bison também pode ser usado para desenvolver programas
+não livres. Mas isso é porque decidimos explcitamente permitir o uso
+do programa padrão nos arquivos de sáida do Bison sem restrição. Nós tomamos 
+essa
+decisão por que outras ferramentas comparáveis ao Bison já permitiam o uso para
+programas não livres.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLFairUse" NAME="GPLFairUse">
+Eu tenho direitos de "usos justos" para usar o código fonte de algum
+programa coberto pela GPL?
+
+</A></h4>
+
+<dd>
+Sim, você pode. "Uso justo" é uso que é permitido sem nenhuma permissão
+especial. Uma vez que você não precisa da permissão do desenvolvedor para
+tal uso, você pode faze-lo a despeito de qualquer coisa que ele diga
+a respeito--na licença ou em qualquer outro lugar, seja a licença a GNU-GPL
+ou qualquer outra licença de software livre.
+<p>
+Observe, entretanto, que  não há nenhum princípio mundialmente válido sob o
+que constitui "uso justo"; que tipos de uso são considerados "justos" é algo
+ que varia de país para país.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLOutput" NAME="GPLOutput">
+Há alguma coisa que eu possa fazer para aplicar a GPL para a saída que as
+pessoas tenham do meu programa? Por exemplo, se meu programa é usado
+para desenvolver sistemas de hardware, eu posso exigir que esses designs
+sejam livres?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Em geral, isso é legalmente impossível; a  lei de copyright não lhe
+permite dizer nada sobre o uso da saída de seus dados usando o seu programa.
+Se o usuário usar o seu programa para entrar ou converter seus próprios dados,
+o copyright da saída e detido por ele, não por você. Mais amplamente, quando
+um programa traduz sua entrada em alguma outra forma, o status do copyright da 
+saída
+é herdado do copyright da entrada que a gerou.
+<p>
+Assim sendo, a única forma que você tem de dizer algo sobre a saída é
+se partes substanciais dessa saída sejam copiadas (mais ou menos) de texto
+no seu programa. Por exemplo, parte da saída do Bison (veja acima) poderia ser
+coberta pela GNU GPL, se nós não tivessemos feito uma exceção para esse
+caso específico.
+<p>
+Você poderia fazer artificialmente com que um programa copiasse algum texto em
+sua saída mesmo quando não houvesse razão para faze-lo. Mas se aquele texto 
+não servir
+para nenhum propósito prático, o usuário poderia simplesmente deleta-lo da 
+saída e
+usar apenas o resto. Então ele não teria que obedecer às condições de 
+redistribuição
+do texto copiado.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhatCaseIsOutputGPL" NAME="WhatCaseIsOutputGPL">
+Em que casos a saída de um programa GPL é coberta pela GPL também?
+
+</A></h4>
+
+<dd>
+Somente quando o programa copia parte dele mesmo na saída.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLModuleLicense" NAME="GPLModuleLicense">
+Se eu adicionar um módulo a um módulo coberto pela GPL, eu tenho
+que usar a GPL como licença para o meu módulo?
+
+</A></h4>
+
+<dd>
+
+A GPL diz que o programa todo tem que ser distribuido sob a GPL. Portanto,
+seu módulo tem que estar disponível sob a GPL.
+
+<p>
+Mas você pode dar permissão adicional para o uso do seu código. Você pode,
+se desejar, distirbuir seu programa sob uma licença que seja menos restrita,
+mas compatível com a GPL. A
+<A HREF="/licenses/license-list.pt-br.html"> página de listagem 
+de licenças
+</A> fornece uma lista parcial das licenças compatíveis com a GPL.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCIfLibraryIsGPL" NAME="IfLibraryIsGPL">
+Se uma biblioteca é disponibilizada sob a GPL (não a LGPL), isso
+significa que qualquer programa que a usa tem que estar sob a GPL?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Sim, porque o programa, como de fato ele é executado, inclui a biblioteca.
+<p>
+
+<dt><h4><a href="#TOCIfInterpreterIsGPL" name="IfInterpreterIsGPL">
+Se um interpretador de uma linguagem de progamação for publicado sob a GPL,
+isso significa que programas escritos para serem interpretados nele precisam
+estasr sob uma licença compatível com a GPL?
+</a></h4>
+
+<dd>
+Quando o interpretador somente interpreta uma linguagem, a resposta é não.
+O programa interpretado, para o interpretador, é apenas um conjunto de dados;
+uma licença de softare livre como a GPL, baseada na lei de copyright, não pode
+discriminar os dados nos quais você vai executar o interpretador. Você pode 
+rodar
+ele com quaisquer dados (programa interpretado), de qualquer forma que você 
+queria,
+e não há nenhuma necessidade de licenciar esses dados para quem quer que seja.
+<p>
+
+Entretando, quando o interpretador é extendido para providenciar
+"amarrações" (bindings) a outros recursos (frequentemente, mas não 
+necessariamente,
+bibliotecas), o programa interpretado passa a estar efetivamente ligado aos
+recursos que ele utiliza por meio dessas amarrações.Portanto, se esses
+recursos estão disponibilizados sob a GPL, o programa interpretado que
+os usa precisa ser disponiblizado de uma forma compatível com a GPL. A
+JNI, ou Java Native Interface (Interface Nativa do Java) é um exemplo de tais
+recursos; bibliotecas que são acessadas dessa forma são ligadas dinamicamente
+aos programas em Java que as chamam.
+<p>
+Um outro caso similar, muito comum, é prover bibliotecas, com o interpretador,
+que sejam elas mesmas interpretadas. Por exemplo, Perl vem com muitos
+módulos de Perl, e uma implementação de Java vem com muitas classes de Java.
+Essas bibliotecas e os programas que as chama sempre estão ligados
+dinamicamente.
+<p>
+A consequência é que se você optar por usar módulos Perl ou classes de Java
+sob a GPL em seu programa, você precisa disponibilizar o programa de alguma
+forma compatível com a GPL, qualquer que seja a licença usada no interpretador
+Perl ou Java em que o programa combinado vai rodar.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWindowsRuntimeAndGPL"
+  NAME="WindowsRuntimeAndGPL">
+  Eu estou escrevendo um aplicatico Windows com Microsoft Visual C++
+  (ou Visual Basic) e eu vou disponibliza-lo sob a GPL. É permitido ligar
+  dinamicamente meu programa com as bibliotecas de tempo de execução
+  do Visual C++ (ou do Visual Basic) sob a GPL?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Sim, porque essa biblioteca de tempo de execução normalmente acompanha o 
+compilador
+ou interpretador que você está usando.
+<p>
+
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCOrigBSD" NAME="OrigBSD">
+Por que a licença BSD original não é compatível com a GPL?
+</a></h4>
+
+<dd>
+Porque ela impõe uma exigência especifíca que não está na GPL;
+a saber, a exigência sobre propagandas do programa. A GPL diz:
+<p>
+<pre>
+    Você não pode impor quaisquer outras restrições ao exercício, pelo
+    usuário, dos direitos garantidos nesta licença.
+</pre>
+<p>
+A cláusula sobre propagandas provê apenas uma tal restrição, e portanto
+é incompatível com a GPL.
+<p>
+A licença BSD revisada não tem mais a cláusula sobre propaganda, o que
+elimina o problema.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLAndPlugins" NAME="GPLAndPlugins">
+Se um programa disponibilizado sob a GPL usa plug-ins, quais são as
+exigências para as licenças de um plug-in?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Isso depende de como o programa invoca seus plug-ins. Se o programa
+usa fork e exec para invocar os plug-ins, então eles são programas separados,
+portanto a licença do programa principal não faz exigências para eles.
+<p>
+Se o programa se liga dinâmicamente aos plugins, e eles fazem chamadas de 
+funções
+entre si, e dividem estruturas de dados, nós acreditamos que eles
+formem um único programa, de forma que plug-ins devem ser trados como
+extensões do programa principal. Isso significa que eles tem que ser
+disponibilizados sob a GPL, ou uma licença de software livre compatível
+com a GPL.
+<p>
+Se o programa se liga dinamicamente aos plug-ins, mas a comunicação entre
+eles se limita a invocação da função 'main' (principal) do plug-in,
+com alguns parâmetros e esperar ela retornar, este é um caso de fronteira.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLPluginsInNF" NAME="GPLPluginsInNF">
+Eu posso usar a GPL em um plug-in para um programa não livre?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Se o programa usa fork e exec para invocar plug-ins, então os
+plug-ins são programas separados, de forma que a licença do programa
+principal não exige nada deles. Nesses casos você pode usar a GPL para
+um plug-in, e não há nenhuma exigência especial.
+<p>
+Se o programa se liga dinamicamente a plug-ins, e eles fazem chamadas
+de funções entre si e dividem estruturas de dados, nós acreditamos que eles
+formam um único programa, portanto, plug-ins devem ser tratados como
+extensões do programa principal. Isso significa que ligar o plugin coberto
+pela GPL com o programa principal violaria a GPL. Entretando, você pode
+resolver esse problema legal adicionando uma exceção à licença do seu
+programa, que de a ele permissão para se ligar com o programa principal
+não-livre.
+<p>
+Para mais detalhes, veja a pergunta acima que começa com
+"Eu estou escrevendo software livre que usa uma biblioteca não livre".
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCLinkingWithGPL" NAME="LinkingWithGPL">
+Você tem um programa sob a GPL que eu gostaria de unir a código meu
+para desenvolver um programa proprietário. O fato de eu ligar o meu código
+ao seu programa significa que eu tenho que publicar meu programa sob
+a GPL?</A></h4>
+
+<dd>
+Sim.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCSwitchToLGPL" NAME="SwitchToLGPL">
+Se sim, há alguma chance de que eu possa obter seu programa sob a LGPL?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Você pode pedir, mas a maior parte dos autores vai se manter
+firme e dizer não. A idéia da GPL é que se você quiser incluir nosso
+código no seu programa, o seu programa também tem que ser software livre.
+A idéia é pressionar você para que você disponibilize seu programa
+de forma que ele seja parte de nossa comunidade.
+<p>
+Você sempre tem a  alternativa legal de não usar o nosso código.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCManyDifferentLicenses"
+  NAME="ManyDifferentLicenses">
+Eu escrevi um aplicativo que se liga com muitos componentes diferentes,
+que tem licenças diferentes. Eu estou muito confuso a respeito de quais
+restrições recaem sobre o meu programa. Vocês podem por favor me
+dizer que licença eu posso usar?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Para responder esta questão, nos teriamos que ver uma lista de cada componente
+que seu programa usa, a licença daquele componenente, e um sumário (umas poucas
+sentenças para cada um são o suficiente) descrevendo como sua biblioteca usa
+aquele componente. Dois exemplos seriam:
+<P>
+<UL>
+<LI>
+   Para fazer meu software funcionar, ele precisa estar ligado à biblioteca
+   FOO, que está disponível sob a licença GPL.
+
+<LI>Meu software faz uma chamada ao sistema (com uma linha de comando que
+eu construi) para executar o programa BAR, que está licenciado sob à GPL, com
+uma exceção especial permitindo que ele seja ligado com QUUX".
+</UL>
+<p>
+
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCMereAggregation" NAME="MereAggregation">
+Qual é a diferença netre "mera agregação" e "combinar dois programas
+em um programa"?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Mera agregação de dois programas significa coloca-los lado
+a lado no mesmo CD-ROM ou disco rígido. Nos usamos esse termo no caso
+de serem dois programas separados, não parte de um único programa. Neste caso,
+se um dos programas é coberto pela GPL, isso não tem efeito no outro programa.
+<p>
+Combinar dois módulos significa conecta-los de forma que eles agora formam
+um único programa maior. Se qualquer das partes for coberta pela GPL, toda
+a combinação também precisa ser disponibilizada sob a  GPL --se você não puder
+ou não quiser fazer isso, então você não pode combina-las.
+<p>
+Em que se constitue combinar duas partes de um programa? Está é uma questão
+legal, que em última instância, os juízes decidirão. Nós acreditamos que um
+critério apropriado dependeria do mecanismo de comunicação (exec, pipes,
+rpc, chamadas a funções em um endereço compartilhado, etc.) e da semântica
+da comunicação (quais tipos de informação são trocados).
+<p>
+Se os módulos são incluídos no mesmo arquivo executável, então eles estão
+definitivamente combinados em um único programa. Se os módulos são
+desenhados para rodarem ligados juntos num espaço de endereçamento 
+compartilhado,
+isso quase com certeza significa combina-los num único programa.
+<p>
+Em contraste, pipes, sockets e argumentos de linha de comando são
+mecanismos de comunicação normalmente utilizados entre programas separados. 
+Mas se
+a semântica das comunicações for íntima o suficiente, trocando complexas
+estruturas de dados internas, isso também seria base para considerar as duas
+partes combinadas num programa maior.
+<p>
+
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCAssignCopyright" NAME="AssignCopyright">
+Por que a FSF requer que quem contribua programas sobre os quais
+eles detem copyright ceda os direitos para eles? Se eu mantenho o copyright
+de um programa sob a GPL, eu não deveria manter desse também? Se sim, como?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Nossos advogados nos disseram que para estar na
+<A HREF="/licenses/why-assign.pt-br.html">melhor posição para fortalecer a GPL
+</A> contra violadores, nos tribunais, nós deveriamos manter a condição
+do copyright dos programas tão simples quanto possível. Nós fazemos isso
+pedindo a cada contribuidor que ou passe o copyright de seus programas para
+a FSF, ou dispense seu copyright sobre ele, colocando-o assim em domínio
+público.
+<p>
+Nós também pedimos a contribuidores individuais que consigam as notas de
+dispensa de copyright de seus empregadores (se há algum) de forma que nós
+possamos ter certeza de que aqueles empregadores não possam reclamar a posse
+dessas contribuições.
+<p>
+Claro que se todos os contribuidores colocarem seu código em domínio
+público, também não haverá copyright com o qual fortalecer a GPL. Então
+nós encorajamos as pessoas a atribuirem copyright a contribuições
+grandes de código, e a colocar apenas pequenas modificações no dominio público.
+<p>
+Se você quer fazer um esforço para fortalecer a GPL no seu programa,
+provavelmente é uma boa idéia para você seguir uma política similar. Por
+favor, contate <A HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+se você deseja mais informação.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLCommertially" NAME="GPLCommertially">
+Se eu uso uma peça de software que tenha sido obtida sob a GNU GPL, eu posso
+modificar o código original do programa para um programa novo, e então 
+distribuir
+e vender o programa comercialmente?</A></h4>
+
+<dd>
+Você tem permissão para vender cópias do programa modificado comercialmente, 
+mas
+apenas sob os termos da GNU GPL. Então, por exemplo, você precisa 
disponibilizar 
+seu
+código fonte a usuários do programa conforme descrito na GPL, e eles devem ter
+a permissão de redistribuir e modificar seu programa, como descrito na GPL.
+<p>
+Estes requisitos são a condição para incluir o código coberto pela GPL
+que você recebeu em seu próprio programa.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCUseGCC" NAME="UseGCC">
+Eu uso a lingaugem de programaçào C ou C++ e compilo com o GCC. Eu preciso
+disponibilizar o software que eu escrevo na linguagem sob a mesma licença que
+o GCC?</A></h4>
+
+<dd>
+O uso do GCC não impõe quaisquer restrições à licença do seu programa.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLOtherThanSoftware"
+NAME="GPLOtherThanSoftware">
+Eu posso usar a GPL para algo que não seja software?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Você pode aplicar a GPL à qualquer tipo de trabalho, tanto quanto seja
+claro o que constitue o "código fonte" do trabalho. A GPL define isso
+como sendo a forma preferida do trabalho para se fazer mudanças nele mesmo.
+<p>
+Entretanto, para manuais e livros texto, ou de forma mais geral para
+qualquer tipo de trabalho cujo objetivo seja ensinar um assunto, nós 
+recomendamos
+que se use a GFDL, ao invés da GPL.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCConsider" NAME="Consider">
+Considere esta situação:
+<UL>
+<LI>X disponibiliza V1, um projeto sob a GPL.
+<LI>Y contribui para o desenvolvimento de V2 com mudanças
+e novo código baseado em V1.
+<LI>X quer mudar V2 para uma licença outra que a GPL.
+
+</UL>
+X precisa da permissão de Y?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Sim. De Y foi exigido que ele disponibilizasse sua versão sob a GNU GPL,
+como uma consequencia de basear seu programa na versão V1 de X. Nada foi
+pedido a ele para concordar em disponibilizar seu código sob qualquer outra
+licença. Portanto, X tem que ter a permissão de Y antes de disponibilizar
+aquele código sob qualquer outra licença.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLInProprietarySystem"
+  NAME="GPLInProprietarySystem">
+ Eu gostaria de incorporar software coberto pela GPL no meu
+ sistema proprietário. Eu posso fazer isso?
+ </A></h4>
+
+<dd>
+Você não pode incorporar software coberto pela GPL em um sistema proprietário.
+O objetivo da GPL é garantir a todas as pessoas a liberdade de copiar,
+redistribuir, entender e modificar um programa. Se você pudesse incorporar
+software coberto pela GPL em um sistema não livre, isso teria o mesmo
+efeito que tornar o código GPL em não livre.
+
+<p>
+Um sistema que incorpore um porgrama coberto pela GPL é uma versão extendida 
+daquele programa.
+A GPL diz que qualquer versão extendida do programa precisa ser 
+disponibilizada sob a GPL,
+se ela for disponibilizada. Isso ocorre por duas razões: para se assegurar de 
+que os usuários
+que obtenham o software tenham a liberdade que eles devem ter, e encorajar as 
+pessoas
+a devolverem para a comunidade as melhorias que elas façam.
+
+<p>
+Entretanto, em qualquer caso você pode distribuir o software coberto pela
+GPL junto com o seu sistema proprietário. Para fazer isso de forma
+válida, você deve estar certo de que programas livres e não livres
+se comuniquem a uma distância segura, de forma que eles não estejam combinados
+de um jeito que faria deles efetivamente um único programa.
+<p>
+A diferença entre isso e "incorporar" o software coberto pela GPL
+é em parte uma questão de subtância e em parte de forma. A parte
+substantiva é: se dois programas estão combiandos de forma que eles se tornam
+efetivamente partes de um único programa, então você não os pode tratar
+como dois programas separados. Portanto a GPL tem que cobrir todo o conjunto.
+<p>
+Se os dois programas permanecem bem separados, como o compilador e o kernel,
+ou como um editor e uma shell, então você pode trata-los como dois programas
+separados--mas você tem que fazer isso da maneira correta. A questão é 
+simplesmente
+formal: como você descreve o que você está fazendo. Por que nos importamos com
+isso? Por que nós queremos assegurar que os usuários entendam perfeitamente
+a condição livre dos softwares cobertos pela GPL na coleção.
+<p>
+Se as pessoas fossem distribuir software coberto pela GPL chamando o
+mesmo de "parte" de um sistema que os usuários sabem que é em parte
+proprietário, eles poderiam ficar incertos quanto aos seus direitos
+no que diz respeito ao software da GNU. Mas se eles sabem que o que eles
+receberam é um programa livre, mais um outro programa, lado a lado, então
+seus direitos serão claros.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCMoneyGuzzlerInc" NAME="MoneyGuzzlerInc">
+Eu gostaria de modificar programas cobertos pela GPL e liga-los com as
+bibliotecas de compatibilidade da Come Grana S/A. Eu nao posso distribuir
+o código fonte dessas bibliotecas, então qualquer usuário que quisesse
+modificar essas versões teria que comprar essas bibliotecas. Por que
+a GPL não permite isso?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Há duas razões para isso.
+<p>
+Primeiro, uma mais geral. Se nós permitissemos que a companhia A
+fizesse um arquivo proprietário, e que a companhia B distribuisse
+software coberto pela GPL ligado àquele arquivo, o efeito seria um
+buraco grande o suficiente na GPL para passar com um caminhão. Isso seria
+carta branca para se manter o controle do código de todos os tipos de
+modificações  e extensões para código coberto pela GPL.
+<p>
+Dar acesso ao código fonte para todos os usuários é um de nossos
+objetivos principais, então essa consequencia é algo que nós queremos
+evitar.
+<p>
+De forma mais específica, as versões dos programas ligadas com as
+bibliotecas da Come Grana não seriam software livre como nós
+entendemos o termo -- elas não viriam com todo o código fonte
+que permite aos usuários mudar e recompilar o programa.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDistributeWithSourceOnInternet"
+  NAME="DistributeWithSourceOnInternet">
+Eu quero distribuir os binários de um programa coberto pela GPL
+sem os arquivos fonte junto. Ao invés de enviar o código fonte
+posteriormente para usuarios que o pedirem, posso simplesmente
+colocar o código fonte em algum servidor na Internet?
+</A></h4>
+
+<dd>
+É algo bom que você torne o códgo fonte de qualquer versão de
+software coberto pela GPL disponível por FTP anônimo, mas isso
+não é o suficiente para satisfazer a seção 3 da GPL.
+
+<p>
+Quando um usuário diz que ele quer o código fonte, você tem
+que se certificar de entregar o fonte para aquele usuário. Se algum
+usuário em particular pode pegar o fonte de você por FTP anônimo, tudo
+bem--o serviço está feito. Mas nem todo usuário está numa rede. Os demais
+usuários também tem todo o direito de obter o código fonte de você.
+ Portanto você tem que estar pronto para lhes enviar, num disco ou fita
+por correio normal.
+
+<p>
+Claro que é mais fácil simplesmente mandar o código fonte junto com
+o binário na distribuição.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCSourceAndBinaryOnDifferentSites"
+  NAME="SourceAndBinaryOnDifferentSites">
+Posso colocar os binários no meu servidor na Internet e colocar
+os fontes em um site diferente na Internet?
+</A></h4>
+
+<dd>
+A GPL diz que você tem que oferecer acesso para cópia do código fonte
+"do mesmo lugar"; isto é, próximo dos binários. Entretando se
+você arranjar com um outro site para manter o código fonte nesseçário
+disponível, e colocar um link ou referência cruzada ao código fonte
+jundo dos binários, nós achamos que isso se qualifica como
+"do mesmo lugar".
+
+<p>
+Note, entretanto, que não é suficiente encontrar um site que por acaso
+tem o código fotne disponível hoje, e dizer às pessoas para olharem lá.
+Amanhã aquele site pode ter apagado aquele código fonte, ou simplesmente
+o substituido comuma versão mais nova do mesmo programa. Então você não
+mais estaria de acordo com as exigências da GPL. Para fazer um esforço
+razoável para cumprir com as mesmas, você precisa fazer um acordo
+positivo com o outro site, e assim se assegurar de que o código fonte
+vai estar disponível lá por tanto tempo quanto você mantenha
+os binários disponíveis.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDistributeExtendedBinary"
+  NAME="DistributeExtendedBinary">
+Eu quero distribuir uma versao extendida de um programa coberto
+pela GPL na forma binária. É suficiente distribuir o
+código fonte da versão original?
+
+ </A></h4>
+
+<dd>
+Não, você deve suprir o código fonte que corresponde ao binário.
+Fonte correspondente significa o código fonte a partir do qual os
+usuários possam construir o mesmo binário.
+<p>
+Parte da idéia do software livre é que os usuários devem ter acesso
+ao código fonte dos *programas que eles usam*. Aqueles usando a sua versão
+devem ter acesso ao código fonte da sua versão.
+<p>
+Um grande objetivo da GPL é construir o Mundo Livre certificando-se
+de que melhoramentos a um porgrama livre sejam eles mesmos livres. Se
+você publica uma versão melhorada de um programa coberto pela GPL,
+você deve publicar tambem o código fonte melhorado sob a GPL.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDistributingSourceIsInconvenient"
+  NAME="DistributingSourceIsInconvenient">
+Eu quero distribuir os binários, mas distribuir o código fonte completo
+é inconveniente. E se eu der aos usuários os diffs da versão corrente da
+FSF junto com os binários e sugerir que eles peguem o código fonte base
+da FSF?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Este é um pedido bem intencionado, mas esse método de prover os
+fontes não cumpre, em verdade, o seu papel.
+<p>
+Um usuário que queira o código fonte daqui a um ano pode não estar
+possibilitado de obter a versão apropriada da FSF então. Nós
+podemos ter uma versão mais nova, mas os mesmos diffs provavelmente não
+funcionarão com essa versão.
+
+<p>
+Portanto você precisa prover os fontes completos, não apenas os
+diffs, junto com os binários.
+
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCAnonFTPAndSendSource"
+  NAME="AnonFTPAndSendSources">
+  Eu quero disponibilzar arquivos binários por FTP anônimo, mas
+  apenas enviar os fontes para as pessoas que os encomendarem.
+</A></h4>
+
+<dd>
+A GPL insiste em que redistribuidores dos binários sem os fontes
+provenha uma oferta escrita de envio dos arquivos fonte, porque esta
+é a única forma de que podemos nos assegurar de que os usuários
+terão como obter os fontes.
+<p>
+Portanto, se você quer distribuir os binários por FTP anônimo,
+você tem que distribuir os fontes junto. Isso não deveria ser difícil Se
+você pode encontrar um site para distribuir o seu programa, você com
+certeza pode encontrar algum que tenha espaço para os fontes.
+<p>
+Os fontes que você prove precisam corresponder exatamente aos binários.
+Em particular, voce deve se certificar de que eles são da mesma
+versão do programa--não de uma versão mais antiga e não de uma
+versão mais nova.
+<p>
+Você pode deixar os fontes e os binários disponíveis em máquinas
+diferentes, desde que seja igualmente fácil acessar cada uma das duas,
+e desde que você tenha provido, junto aos binários, a informação sobre onde 
+achar os
+fontes.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCHowCanIMakeSureEachDownloadGetsSource"
+  NAME="HowCanIMakeSureEachDownloadGetsSource">
+  Como eu posso me certificar de que cada usuário que baixa os binários
+  também baixa os fontes?</A></h4>
+
+<dd>
+Você não tem que se certificar disso. Tanto quanto você mantenha
+os fontes e os binários disponíveis de forma que os usuários possam
+ver o que está disponível e pegar o que eles quiserem, você cumpriu
+com as suas obrigações. O usuário decide se ele baixa os fontes ou não.
+<p>
+Nossas exigências para redistribuidores tem a intenção de garantir
+que os usuários possam obter o código fonte, não de forçar os usuários
+a baixarem o código fonte mesmo que eles não queiram.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhySomeGPLAndNotLGPL"
+  NAME="WhySomeGPLAndNotLGPL">
+  Por que algumas bibliotecas da GNU são disponiblizadas sob a GPL
+  em vez da LGPL?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Fazer uso da Lesser GPL para qualquer biblioteca em particular
+constitue-se em uma retirada para o software livre. Significa que nós
+abandonamos parcialmente o papel de defender a liberdade dos usuários
+e algumas das exigências para compartilhar o que é construído em cima
+de software coberto pela GPL. Se considerarmos só isso,
+essas mudanças são para pior.
+<p>
+Algumas vezes uma retirada localizada é uma boa estratégia. Algumas vezes,
+usar a LGPL pode levar a um uso mais abrangente daquela biblioteca, e assim,
+mais melhoramentos para ela, maior suporte para o software livre, e assim
+por diante. Isso pode ser bom para o software livre se acontecer em grande
+extensão. Mas em que extensão isso vai acontecer? Nós podemos apenas especular.
+<p>
+Seria interessante tentar a LGPL em cada biblioteca por um tempo,
+ver se ajuda, e mudar de volta para a GPL se a LGPL não ajudou.
+Mas isso não é factível. Uma vez que nós tenhamos usado a LGPL para
+uma dada biblioteca, mudar de volta seria muito difícil.
+<p>
+Então nós decidimos que licença usar para cada biblioteca
+caso por caso. Há uma 
+<A HREF="/licenses/why-not-lgpl.html">
+explicação longa</A> de como nós julgamos a questão.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWillYouMakeAnException"
+  NAME="WillYouMakeAnException">
+Usar um certo programa da GNU sob a GPL não se encaixa em nosso projeto
+de software proprietário. Vocês fariam uma exceção para nós? Isso
+traria mais usuários para aquele programa.</A></h4>
+
+<dd>
+Desculpe, nós não fazemos tais exceções. Não seria certo.
+<p>
+Maximizar o número de usuários não é o nosso objetivo. Em vez disso,
+nós tentamos garantir liberdades cruciais a tantos usuários quanto
+possível. Em geral, projetos de software proprietário mais atrapalham
+do que ajudam a causa da liberdade.
+<p>
+Nós ocasionalmente fazemos exceções da licença para auxíliar um projeto
+que esteja produzindo software livre sob uma licença outra que a GPL.
+Entretanto, nós temos que ver uma boa razão do porque isso vai
+contribuir para a causa do software livre.
+
+<p>
+Algumas vezes nós também mudamos os termos de distribuição de um
+pacote, quando isso parece claramente ser a maneira certa de servir
+à causa do software livre, mas no somos muito cautelosos com isso,
+e você terá que nos dar razões bastante convincentes.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCVersionTwoOrLater" NAME="VersionTwoOrLater">
+Porque os programas devem dizer "Versão 2 da GPL ou qualquer versão posterior"?
+</A></h4>
+
+<dd>
+De tempos em tempos, em intervalos de anos, nós mudamos a GPL--algumas
+vezes para clarifica-la, outras vezes para permitir alguns tipos de
+uso nao permitidos previamente, e algumas vezes para aumentar mais
+alguma exigência. (A ultima modificação foi em 1991). O uso desse
+"ponteiro indireto" em cada programa torna possível que nós mudemos os termos 
+de
+distribuição em toda a coleção de software da GNU, quando nós atualizamos a 
+GPL.
+<p>
+Se cada programa não tivesse esse ponteiro indireto, nós seriamos
+forçados a discutir a mudança com numerosos detentores de copyright,
+o que seria virtualmente impossível. Na prática, as chances de houvessem
+termos uniformes para a distribuição de software da GNU seria nula.
+<p>
+Suponha que um programa diga "Versão 2 da GPL ou qualquer versão posterior"
+e uma nova versão da GPL seja publicada. Se a nova versão da GPL
+der alguma permissão adicional, aquela permissão estará disponível
+imediatamente para todos os usuários do programa. Mas se a nova
+versão da GPL tiver exigências maiores, elas não restringirão
+usuários da versão corrente do programa, por que ele ainda pode ser usado
+sob a versão 2 da GPL. Quando um programa diz  "Versão 2 da GPL ou qualquer
+ versão posterior", usuários sempre poderão usa-lo, e mesmo modifica-lo, de
+acordo com os termos da versão 2--mesmo depois que versões posteriores
+da GPL estiverem disponíveis.
+
+<p>
+
+Se uma exigência maior numa nova versão da GPL não precisa
+ser obedecida para software existente, como ela serve para alguma coisa?
+Uma vez que a versão 3 da GPL seja publicada, os desenvolvedores
+da maior parte dos programas cobertos pela GPL disponibilizarão
+versões subsequentes de seus programas especificando "Versão
+3 da GPL ou qualquer versão posterior". Então usuários terão que respeitar
+essas exigências maiores na versão 3 da GPL, para versões subsequentes do 
+programa.
+<p>
+Entretanto, os desenvolvedores não são obrigados a fazer isso; desenvolvedores 
+podem
+continuar permitindo o uso da versão prévia da GPL, se essa for a sua 
+preferência.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhyNotGPLForManuals" NAME="WhyNotGPLForManuals">
+Por que vocês não usam a GPL para manuais?
+</A></h4>
+
+<dd>
+É possível se usar a GPL para um manual, mas a GNU Free
+Documentation License (GFDL--Licença de Documentação Livre GNU)
+é muito melhor para manuais.
+<p>
+A GPL foi desenvolvida para progrmas; ela contém muitas cláusulas
+complexas que são importantes para programas, mas que são peso
+morto para um livro ou manual. Analogamente, a GFDL contém cláusulas
+que ajudam editores  de manuais livres a terem lucro com eles.
+<p>
+Nós permitimos alterações nos textos que cobrem assuntos técnicos,
+mas nós não permitimos alterações em sessões que coloquem nossa
+posição legal, política ou ética. Nós fazemos isso listando
+explicitamente as sessões que não podem ser alteradas. A GFDL faz
+provisões para essas "sessões invariantes"--a GPL não as permitiria.
+<p>
+É importante permitir modificações nas partes técnicas, porque
+as pessoas que alteram um programa deveriam alterar a documentação
+para que essa correspondesse às mudanças feitas. Nós não podemos exigir que 
+elas
+façam isso, mas se nós esperamos que elas o façam, é melhor que nós
+não fiquemos em seu caminho.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLTranslations" NAME="GPLTranslations">
+Há traduções da GPL para outras línguas?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Seria útil ter traduções da GPL em línguas que não o
+inglês. As pessoas até mesmo fizeram traduções e nos mandaram.
+Mas isso traz um risco tão grande que não ousamos aceita-lo.
+<p>
+Um documento legal é de alguma forma parecido com um programa. Traduzi-lo
+é como traduzir um programa de uma linguagem e sistema operacional
+para outra. Apenas um advogado com habilidade nas duas línguas poderia
+faze-lo--e mesmo assim há o risco de se introduzir um bug.
+<p>
+Se nós fossemos aprovar, oficialmente, uma tradução da GPL, nós
+poderiamos estar dando a todas as pessoas a permissão de fazer
+tudo o que a tradução diz que elas podem fazer. Se for uma tradução
+completamente fiel a original, tudo bem. Mas se houver um erro
+na tradução, o resultado poderia ser um desastre que nós não teriamos
+como consertar.
+<p>
+Se um programa tem um bug, nós podemos disponibilizar uma nova versão,
+e eventualmente a versão velha vai mais ou menos desaparecer. Mas
+uma vez que nós tenhamos dado a todo mundo a permissão para agir
+de acordo com alguma tradução particular, nós não temos nenhuma maneira
+de tirar essa permissão se nós descobrirmos, mais tarde, que ela tinha
+um bug.
+<p>
+Pessoas prestativas algumas vezes se oferecem para fazer
+a tradução por nós. Se o problema fosse encontrar alguém para fazer
+a tradução, isso o resolveria. Mas o problema real é o risco de erro,
+e se oferecer para fazer o trabalho não evita o risco. Nós não poderiamos
+em qualquer hipótese autorizar uma tradução feita por um
+não advogado.
+<p>
+Portanto, no tempo presente, nós não estamos aprovando
+traduções da GPL como globalmente válidas e funcionais. Ao invés disso nós
+estamos fazendo duas coisas:
+<p>
+<UL>
+<LI>Apontando traduções não oficiais para as pessoas.
+
+<p>
+Isso significa que nós permitimos que as pessoas escrevam traduções da GPL,
+mas nós não as aprovamos como legalmente válidas e funcionais.
+<p>
+Uma tradução não aprovada não tem força legal, e ela deve dizer isso
+explicitamente. Ela deve estar marcada assim:
+<p>
+<pre>
+    Esta tradução da GPL é informal, e não aprovada oficialmente pela
+    Free Software Foundation como válida. Para ter certeza do que é
+    permitido, refira-se à GPL original (em inglês).
+</pre>
+<p>
+Mas a tradução não aprovada pode servir como uma dica de como
+entender a GPL em inglês. Para muitos usuários, isso é o suficiente.
+<p>
+Entretanto, empresas usando software GNU em atividades comerciais, e pessoas
+fazendo distribuição pública por ftp, terão que checar
+a GPL real em inglês para verificar o que ela permite.
+<p>
+<LI>
+Publicando traduções válidas apenas em um país.
+<p>
+Nós estamos considerando a idéia de publicar traduções
+que sejam válidas oficialmente apenas para um país. Desta forma,
+se houver um erro, ele estará limitado àquele país, e o dano não
+será muito grande.
+<p>
+Mesmo isso ainda tomará conhecimentos e esforços consideráveis de
+algum advogado simpático e capaz para que tal tradução seja feita. Então
+nós não podemos prometer tais traduções para logo.
+<p>
+</UL>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCInterpreterIncompat" NAME="InterpreterIncompat">
+Se o interpretador de uma linguagem de programação tem uma licença que
+seja incompatível com a GPL, posso rodar programas cobertos pela
+GPL nele?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Quando o interpretador só interpreta uma linguagem, a resposta é sim.
+O programa iterpretado, para o interpretador, é apenas um conjunto de dados;
+a GPL não restringe as ferramentas com as quais você processa seus programas.
+<p>
+Entretanto, quando o interpretador é extendido para
+providenciar "amarrações" ("bindings") para outras facilidades
+(frequentemente, mas não necessariamente, bibliotecas), o
+programa itnerpretado está efetivametne ligado às facilidades que
+ele usa por meio dessas amarrações. O JNI, ou Java Native Interface é
+um exemplo de uma tal facilidade; bibliotecas que são acessadas dessa
+forma estão ligadas dinamicamente aos programas que as chamam.
+<p>
+Portanto, se essas facilidades estão disponibilizadas sob uma licença
+incompatível com a GPL a situação é como a de fazer uma ligação de qualquer
+outra maneira com uma biblioteca incompatível com a GPL. O que implica em que:
+
+<ol>
+  <li>
+  Se você está escrevendo código e disponibilizando-o sob a GPL,
+  você pode escrever uma exceção explicita dando permissão para
+  a ligação com essas facilidades não compatíveis com a GPL.
+<p>
+
+  <li>
+  Se você escreveu e disponibilizou o programa sob a GPL, e você o escreveu
+  especificamente para funcionar com essas facilidades, as pessoas
+  podem tomar isso como uma permissão implícita para que elas possam
+  liga-las a essas facilidades. Mas se isso é o que você pretende, é melhor
+  dize-lo explicitamente.
+  <p>
+
+  <li>
+  Você não pode tomar código coberto pela GPL escrito por alguma outra pessoa
+  e usa-lo dessa forma, ou adicionar tais exceções ao mesmo. Apenas
+  os detentores do copyright podem adicionar essa exceção.
+<p>
+</ol>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhoHasThePower" NAME="WhoHasThePower">
+Quem tem o poder de fazer valer a GPL?</A></h4>
+
+<dd>
+Uma vez que a GPL é uma licença de copyright, os detentores de copyright
+do software são os que tem poder para fazer valer a GPL. Caso você veja
+uma violação da GPL, você deve informar os desenvolvedores do
+software GPL envolvido. Eles ou serão os detentores do copyright, ou estarão
+ligados aos detentores do copyright.
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCOOPLang" NAME="OOPLang">
+Em uma linguagem orientada a objetos, tal como Java, se eu usar uma classe
+que é coberta pela GPL, sem modificações, e fizer uma subclasse da mesma,
+em que a GPL afeta o programa maior?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Fazer uma subclasse é criar um trabalho derivado. Portanto, os termos
+da GPL afetam todo o programa em que você criou uma subclasse de
+uma classe sob a GPL.
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCPortProgramToGL" NAME="PortProgramToGL">
+Se eu portar meu programa para GNU/Linux, isso significa que eu tenho
+que disponibliza-lo como Software Livre sob a GPL ou alguma outra
+licença de Software Livre?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Em geral, a resposta é não--isso não é uma exigência legal. Em
+específico, a resposta depende de que bibliotecas você pretende usar
+e quais são as suas licenças. A maior parte das biblitecas do sistema
+ou usam a <A HREF="/copyleft/lesser.html">GNU LGPL</A>,
+ou usam a GNU GPL mais uma exceção permitindo que a biblioteca seja ligada
+com qualquer coisa. Essas bibliotecas podem ser usadas em programas não livres;
+mas no caso da LGPL, há algumas exigências que você deve respeitar.
+
+<p>
+
+Algumas bibliotecas estão disponibilizadas somente sob a GNU GPL; você precisa
+usar uma licença compatível com a GNU GPL para usar essas bibliotecas. Mas 
+essas
+normalmente são as bibliotecas mais especializadas, e você não terá qualquer 
+coisa
+muito parecida com elas em alguma outra plataforma, portanto, provavelmente 
+você não
+quererá fazer uso dessas bibliotecas para simplesmente portar o seu software.
+<p>
+Claro, seu software não é uma contribuição para nossa comunidade se ele
+não for livre, e pessoas que valorizam sua liberdade vão se recusar a usa-lo.
+O resultado é que isso funciona como uma indução as pessoas para que elas
+abandonem sua liberdade, e só será útil para aquelas que o tiverem feito. Se
+você espera algum dia olhar sua carreira retrospectivamente e sentir
+que seu trabalho foi mais que só um jeito de você conseguir dinheiro,
+isso é um chamado para tornar o seu software livre.
+
+
+
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCCompanyGPLCostsMoney" NAME="CompanyGPLCostsMoney">
+Eu acabei de encontrar uma empresa que tem uma cópia de um programa sob a GPL,
+e custa dinheiro obte-lo. Eles não estão violando a GPL por não
+ disponibiliza-lo na Internet?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Não. A GPL não exige que ninguém use a Internet para distribuição. Ela
+também não exige de ninguém em particular redistribua o programa. E
+(exceto em um caso especial), mesmo que alguem decida
+redistribuir o programa algumas vezes, a GPL não diz que ele
+tem que distribuir uma cópia para você em particular, ou qualquer outra
+pessoa em particular.
+<p>
+O que a GPL exige é que ele precisa ter a liberdade de distribuir uma
+cópia para você <em>se ele desejar faze-lo</em>.
+
+<HR>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/copyleft/gpl-faq.html">Inglês</A>
+  <A HREF="/copyleft/gpl-faq.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<HR>
+
+<P>
+Retorna à
+<A HREF="/home.pt-br. html">página inicial do GNU</A>.
+<P>
+
+Por favor envie questões sobre a FSF &amp; GNU
+para <A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Também há <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios</A> de contatar 
a FSF.
+<P>
+
+Por favor envie comentários sobre essas páginas para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright (C) 2001 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+<P>
+A cópia e a distribuição sem alterações deste artigo inteiro
+é permitida em qualquer meio, desde que esta nota seja mantida.
+<P>
+Traduzido por:
+João S. O. Bueno <A href="address@hidden">&lt;address@hidden&gt;</a>
+<P>
+Revisado por:
+Fernando Lozano <A href="address@hidden">&lt;address@hidden&gt;</a>
+<P>
+Atualizado:
+<!-- timestamp start -->
+$Date: 2008/03/20 13:56:09 $ $Author: yavor $
+<!-- timestamp end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>
+

Index: licenses/gpl-howto.pt-br.html
===================================================================
RCS file: licenses/gpl-howto.pt-br.html
diff -N licenses/gpl-howto.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ licenses/gpl-howto.pt-br.html       20 Mar 2008 13:56:10 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,439 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+
+<HTML>
+
+<HEAD>
+
+<TITLE> Como usar as licen&ccedil;as GPL ou LGPL - GNU Project - Free Software 
Foundation (FSF)</TITLE>
+
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+
+</HEAD>
+
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+
+<H3> Como usar as licen&ccedil;as GPL ou a LGPL</H3>
+
+<!--        -replace the "boilerplate." several places below. -->
+
+
+
+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"
+
+   ALT=" [image da Cabe&ccedil;a do GNU] "
+
+   WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>
+
+
+
+[
+
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+
+  <A HREF="gpl-howto.html"> Inglês </A>
+
+  |<A HREF="gpl-howto.pt-br.html"> portugu&ecirc;s do Brasil</A>
+
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+
+]
+
+
+
+<P>
+
+Esta &eacute; uma breve explica&ccedil;&atilde;o de como colocar um
+
+programa sob a  licen&ccedil;a Licen&ccedil;a P&uacute;blica Geral do
+
+GNU (GPL) ou sob a Licen&ccedil;a P&uacute;blica Geral Menor (LGPL). (A GPL 
menor,
+
+ou tamb&eacute;m chamada LGPL, esta suplantando a GPL de Bibliotecas, a qual
+
+tamb&eacute;m &eacute; chamada LGPL.)
+
+
+
+<P>
+
+
+
+Se voc&ecirc; est&aacute; considerando poder usar a Licen&ccedil;a 
P&uacute;blica 
+
+Geral Menor GNU, por favor, leia antes o artigo <A 
href="/philosophy/why-not-lgpl.html">
+
+"Por que voc&ecirc; n&atilde;o deve usar a Biblioteca GPL para a  sua
+
+pr&oacute;xima biblioteca"</A>. O artigo explica porque ela
+
+pode ser melhor para ser usada ao inv&eacute;s da GPL comum, e como 
+
+n&oacute;s devemos tomar esta decis&atilde;o.
+
+
+
+<P>
+
+Seja qual licen&ccedil;a voc&ecirc; planeja usar; o processo envolve 
+
+a adi&ccedil;&atilde;o de dois elementos em  cada arquivo fonte 
+
+do seu programa: um aviso de copyright (como "Copyright 1999 Linda Jones"),
+
+e uma declara&ccedil;&atilde;o que permite a c&oacute;pia, dizendo 
+
+que o programa &eacute; distribuido sobre os termos da Licen&ccedil;a 
P&uacute;blica
+
+Geral GNU (ou da GPL Menor).
+
+
+
+<P>
+
+Voc&ecirc; deve tamb&eacute;m incluir uma c&oacute;pia da licen&ccedil;a 
+
+em algum lugar da distribui&ccedil;&atilde;o do seu programa. Em programas 
+
+GNU, a licen&ccedil;a &eacute; usualmente colocada num arquivo chamado 
+
+"COPYING"; deve ser uma vers&atilde;o da licen&ccedil;a escrita em  texto 
+
+ASCII. Use <A HREF="/copyleft/gpl.txt">
+
+o  texto da vers&atilde;o GPL</A> ou 
+
+<A HREF="/copyleft/lesser.txt"> o texto da vers&atilde;o GPL Menor</A>.
+
+
+
+<P>
+
+No aviso de copyright incluir o ano em que voc&ecirc; acabou de preparar a 
+
+vers&atilde;o de lan&ccedil;amento (se voc&ecirc; acabou em 1998 e n&atilde;o 
+
+publicou at&eacute; 1999,use 1998). Voc&ecirc; deve adicionar o ano de cada 
+
+vers&atilde;o de "release"(lan&ccedil;amento): por example, se algumas 
+
+vers&otilde;es foram terminadas em 1998 e outras em 1999 "Copyright 1998, 
+
+1999 Linda Jones".  Se varias pessoas ajudaram a escrever o c&oacute;digo,
+
+ inclua os nomes de todos eles.
+
+
+
+<P>
+
+Se voc&ecirc; copiou o c&oacute;digo de outros programas regidos pela mesma 
+
+licen&ccedil;a, copie os avisos de copyright tamb&eacute;m.  Coloque todos 
+
+os copyright juntos, 
+
+<!-- a frase naum ficou legal, ao traduzir "right near the top of each file" 
-->
+
+<!-- naum achei uma traducao melhor que esta -->
+
+no lado direito, perto do topo de cada arquivo.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+&Eacute; muito importante, por raz&otilde;es pr&aacute;ticas, incluir 
+
+informa&ccedil;&otilde;es de contato para quem quiser entrar contato 
+
+com voc&ecirc;,talvez no arquivo "README", mas isso n&atilde;o tem 
+
+nada a ver com os casos legais de aplica&ccedil;&atilde;o da 
+
+licen&ccedil;a.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+A declara&ccedil;&atilde;o da permiss&atilde;o de c&oacute;pia deve vir
+
+depois dos avisos de copyright. Para um arquivo de programa, a 
declara&ccedil;&atilde;o 
+
+(para a GPL) deve parecer com isso:
+
+
+
+<P>
+
+
+
+<PRE>
+
+    Este programa &eacute; um software livre; voc&ecirc; pode redistribui-lo 
e/ou 
+
+    modifica-lo dentro dos termos da Licen&ccedil;a P&uacute;blica Geral GNU 
como 
+
+    publicada pela Funda&ccedil;&atilde;o do Software Livre (FSF); na 
vers&atilde;o 2 da 
+
+    Licen&ccedil;a, ou (na sua opni&atilde;o) qualquer vers&atilde;o.
+
+
+
+    Este programa &eacute; distribuido na esperan&ccedil;a que possa ser  
util, 
+
+    mas SEM NENHUMA GARANTIA; sem uma garantia implicita de ADEQUAÇÂO a 
qualquer
+
+    MERCADO ou APLICAÇÃO EM PARTICULAR. Veja a
+
+    Licen&ccedil;a P&uacute;blica Geral GNU para maiores detalhes.
+
+
+
+    Voc&ecirc; deve ter recebido uma c&oacute;pia da Licen&ccedil;a 
P&uacute;blica Geral GNU
+
+    junto com este programa, se n&atilde;o, escreva para a 
Funda&ccedil;&atilde;o do Software
+
+    Livre(FSF) Inc., 51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110-1301  USA
+
+</PRE>
+
+
+
+<P>
+
+Para programas com mais de uma arquivo, &eacute; melhor substituir o 
+
+"este programa" pelo nome do programa, e come&ccedil;ar a 
declara&ccedil;&atilde;o
+
+ com "Este arquivo &eacute; parte do programa 'NOME'". Por 
+
+exemplo
+
+<P>
+
+
+
+<PRE>
+
+    Este arquivo &eacute; parte do programa Foobar
+
+
+
+    Foobar &eacute; um software livre; voc&ecirc; pode redistribui-lo e/ou 
+
+    modifica-lo dentro dos termos da Licen&ccedil;a P&uacute;blica Geral GNU 
como 
+
+    publicada pela Funda&ccedil;&atilde;o do Software Livre (FSF); na 
vers&atilde;o 2 da 
+
+    Licen&ccedil;a, ou (na sua opni&atilde;o) qualquer vers&atilde;o.
+
+
+
+    Este programa &eacute; distribuido na esperan&ccedil;a que possa ser  
util, 
+
+    mas SEM NENHUMA GARANTIA; sem uma garantia implicita de ADEQUAÇÂO a 
qualquer
+
+    MERCADO ou APLICAÇÃO EM PARTICULAR. Veja a
+
+    Licen&ccedil;a P&uacute;blica Geral GNU para maiores detalhes.
+
+
+
+    Voc&ecirc; deve ter recebido uma c&oacute;pia da Licen&ccedil;a 
P&uacute;blica Geral GNU
+
+    junto com este programa, se n&atilde;o, escreva para a 
Funda&ccedil;&atilde;o do Software
+
+    Livre(FSF) Inc., 51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110-1301  USA
+
+</PRE>
+
+
+
+<P>
+
+Este documento deve ir no come&ccedil;o de cada arquivo fonte, perto dos 
+
+avisos de copyright. Para usar a GPL Menor, coloque a palavra "Menor" depois
+
+de "Geral" em <em> todos</em> lugares.
+
+
+
+<P>
+
+Para programas interativos, &eacute; uma boa id&eacute;ia fazer o 
+
+programa escrever na tela um breve aviso de copyright e de permiss&atilde;o 
+
+de c&oacute;pia quando ele come&ccedil;ar. Veja
+
+<A HREF="/copyleft/gpl.html#SEC4"> o final da GPL GNU</A>
+
+ para mais informa&ccedil;&atilde;o sobre isso.
+
+
+
+<P>
+
+N&atilde;o h&aacute; requerimentos legais para registrar o seu copyright em
+
+qualquer lugar; a simples distribui&ccedil;&atilde;o do programa o torna
+
+protegido por copyright. Contudo, &eacute; uma boa id&eacute;ia resgistrar o 
copyright
+
+no Registro Americano de Copyrights, o que coloca voc&ecirc; em uma forte 
+
+posi&ccedil;&atilde;o contra quem violar a sua licen&ccedil;a nos E.U.A. 
+
+A maioria dos paises n&atilde;o possuem um sistema de registro de copyright.
+
+
+
+<P>
+
+Se o programa funciona em algum tipo de sistema operacional GNU, como 
+
+GNU/Linux ou GNU/Hurd, n&oacute;s gostariamos de criar um 'link' para o 
+
+web site do seu programa. Ent&atilde;o envie para 
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A> a 
+
+URL.  Al&eacute;m disso, n&oacute;s gostariamos de listar o seu programa 
+
+no Diret&oacute;rio dos Softwares Livres 
+
+<!-- rever a traducao disso -->
+
+uma vez que esteja trabalhando seriamente. Por favor, contate <A
+
+HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+
+
+<P>
+
+Tamb&eacute;m &eacute; possivel incluir o seu programa num pacote GNU, uma 
+
+parte do Projeto GNU. (Isto &eacute;, se n&oacute;s gostarmos do programa -- 
+
+irremos olhar o programa primeiro para decidir.) Se lhe interessa entrar no 
+
+Projeto GNU por essa maneira, envie um e-mail para <A
+
+HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,e n&oacute;s 
explicaremos 
+
+melhor como ingressar.
+
+
+
+<P>
+
+Contudo, voc&ecirc; poder&aacute; usar a GPL ou a GPL Menor nos seus programas
+
+mesmo eles n&atilde;o sendo um programa do pacote GNU. Qualquer um pode usar 
+
+as licen&ccedil;as.
+
+<HR>
+
+
+
+[
+
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+
+  <A HREF="gpl-howto.html"> Inglês </A>
+
+  |<A HREF="gpl-howto.pt-br.html"> portugu&ecirc;s do Brasil</A>
+
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+
+]
+
+
+
+<HR>
+
+
+
+<P>
+
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html"> a p&aacute;gina principal do GNU</A>.
+
+<P>
+
+
+
+Por favor, envie d&uacute;vidas ou quest&otilde;es sobre a FSF ou GNU para 
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+Existe tamb&eacute;m <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outras maneiras de 
contatar</A> a FSF.
+
+<P>
+
+
+
+Por favor, envie coment&aacute;rios sobre estas p&aacute;ginas da web para 
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+
+e outras quest&otilde;es para 
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+<P>
+
+Copyright (C) 2001 Free Software Foundation, Inc.,
+
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+
+<P>
+
+A c&oacute;pia fiel e a distribui&ccedil;&atilde;o desse artigo 
+
+&eacute; permitida em qualquer situa&ccedil;&atilde;o, desde que
+
+est&aacute; nota seja preservada.
+
+
+
+<P>
+
+Traduzido por: H&eacute;lder M. Botter Ribas 
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+
+<P>
+
+Updated:
+
+<!-- hhmts start -->
+
+31 Mar 2001 fsl
+
+<!-- hhmts end -->
+
+<HR>
+
+</BODY>
+
+</HTML>

Index: licenses/license-list.pt-br.html
===================================================================
RCS file: licenses/license-list.pt-br.html
diff -N licenses/license-list.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ licenses/license-list.pt-br.html    20 Mar 2008 13:56:10 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,1008 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Várias Licenças e Comentários sobre elas - Projeto GNU e Fundação para 
o Software Livre (FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<H3>Várias Licenças e Comentários sobre elas</H3>
+
+<A HREF="/graphics/philosophicalgnu.html"><IMG 
SRC="/graphics/philosophical-gnu-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem de um Gnu filosófico] "
+   WIDTH="160" HEIGHT="200"></A>
+       
+<!-- Please keep this list alphabetical!!!  -->
+[
+  <A HREF="/philosophy/license-list.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/philosophy/license-list.fr.html">Francês</A>
+| <A HREF="/philosophy/license-list.ja.html">Japonês</A>
+| <A HREF="/philosophy/license-list.pt-br.html">português do Brasil</A>
+| <A HREF="/philosophy/license-list.ru.html">Russo</A>
+]
+
+<P>
+<H2>Conteúdo</H2>
+<UL>
+  <LI><A NAME="TOCIntroduction" HREF="#Introduction">Introdução</A>
+  <LI><A NAME="TOCSoftwareLicenses" HREF="#SoftwareLicenses">Licenças
+       de Software</A>
+       <UL>
+<!-- PLEASE UPDATE THE almost IDENTICAL 2nd Level Table of Contents BELOW TOO! 
-->
+        <LI><A HREF="#GPLCompatibleLicenses"
+     NAME="TOCGPLCompatibleLicenses">Licenças de Software Livre Compatíveis 
com a GPL</A>
+       <LI><A HREF="#GPLIncompatibleLicenses"
+           NAME="TOCGPLIncompatibleLicenses">Licenças de Software Livre 
Incompatíveis com a GPL</A>
+       <LI><A HREF="#NonFreeSoftwareLicense"
+           NAME="TOCNonFreeSoftwareLicenses">Não São Licenças de Software 
Livre</A>
+<!-- PLEASE UPDATE THE almost IDENTICAL 2nd Level Table of Contents BELOW TOO! 
-->
+     </UL>
+  <LI><A NAME="TOCDocumentationLicenses" 
HREF="#DocumentationLicenses">Licenças de Documentação</A>
+  <UL>
+<!-- PLEASE UPDATE THE almost IDENTICAL 2nd Level Table of Contents BELOW TOO! 
-->
+    <LI><A HREF="#FreeDocumentationLicenses"
+    NAME="TOCFreeDocumentationLicenses">Licenças de Documentação Livre</A>
+    <LI><A HREF="#NonFreeDocumentationLicenses"
+    NAME="TOCNonFreeDocumentationLicenses">Não São Licenças de Documentação
+Livre</A>
+<!-- PLEASE UPDATE THE almost IDENTICAL 2nd Level Table of Contents BELOW TOO! 
-->
+  </UL>
+  <LI><A NAME="TOCOtherLicenses" HREF="#OtherLicenses">Licenças para Outros 
Trabalhos
+Além de Software e Documentação</A>
+</UL>
+
+<P>
+
+<HR>
+<H2><A NAME="Introduction" HREF="#TOCIntroduction">Introdução</A></H2>
+<P>
+Classificamos uma licença de acordo com alguns pontos básicos:
+<P>
+<UL>
+  <LI>Se ela se qualifica como uma licença de
+      <A HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">software livre</A>.
+  <LI>se ela é uma licença com <A 
HREF="/copyleft/copyleft.pt-br.html">copyleft</A>.
+  <LI>se ela é compatível com a <A HREF="#GNUGPL">GNU GPL</A>.
+      (Isto significa que você pode combinar um módulo que foi
+      distribuído sob esta licença com um módulo coberto pela GPL
+      para formar um programa maior.)
+  <LI>se ela causa algum problema prático em particular.
+</UL>
+<P>
+Se você tem alguma dúvida, ou precisa de ajuda para escolher ou avaliar uma
+licença, envie-nos um e-mail para 
+<A HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>.
+<P>
+
+<HR>
+
+<H2><A NAME="SoftwareLicenses" HREF="#TOCSoftwareLicenses">Licenças de 
Software</A></H2>
+<P>
+
+<UL>
+<!-- PLEASE UPDATE THE almost IDENTICAL 2nd Level Table of Contents ABOVE TOO! 
-->
+<!-- But change here the -->
+<!--   NAME="TOC..." -->
+<!-- to        NAME="TOC2..." -->
+<!-- so the back link goes to the full Table of Contents. -->
+        <LI><A HREF="#GPLCompatibleLicenses"
+     NAME="TOC2GPLCompatibleLicenses">Licenças de Software Livre Compatíveis 
com a GPL</A>
+       <LI><A HREF="#GPLIncompatibleLicenses"
+           NAME="TOC2GPLIncompatibleLicenses">Licenças de Software Livre 
Incompatíveis com a GPL</A>
+       <LI><A HREF="#NonFreeSoftwareLicense"
+           NAME="TOC2NonFreeSoftwareLicenses">Não São Licenças de Software 
Livre</A>
+<!-- PLEASE UPDATE THE almost IDENTICAL 2nd Level Table of Contents ABOVE TOO! 
-->
+<!-- But change here the -->
+<!--   NAME="TOC..." -->
+<!-- to        NAME="TOC2..." -->
+<!-- so the back link goes to the full Table of Contents. -->
+     </UL>
+<P>
+
+<HR width="80%">
+
+<P>
+     
+<STRONG>
+As licenças a seguir se qualificam como licenças de
+<A HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">software livre</A>,
+e são compatíveis com a <A HREF="#GNUGPL">GNU GPL</A>:
+</STRONG>
+
+<H3><A NAME="GPLCompatibleLicenses" HREF="#TOCGPLCompatibleLicenses">Licenças
+de Software Livre Compatíveis com a GPL</A></H3>
+
+<P>
+
+<DL>
+
+<DT>A <A NAME="GNUGPL"
+     HREF="/copyleft/gpl.html">Licença Pública Geral GNU</A>, ou GNU
+GPL.
+
+<DD>Esta é uma licença de software livre, e uma licença com copyleft. Nós
+a recomendamos para a maioria dos pacotes de software.
+
+<P>
+
+<DT>A <A HREF="/copyleft/lesser.html">Licença Pública Menos Geral do 
+GNU</A>, ou GNU LGPL.
+
+<DD>Esta é uma licença de software livre, mas não é uma licença com 
+copyleft forte, pois ela permite a linkedição com módulos não-livres.
+Ela é compatível com a GNU GPL. Nós a recomendamos somente em
+<A HREF="/philosophy/why-not-lgpl.html">circunstâncias especiais</A>.<p>
+
+Entre a versão 2 e a versão 2.1, a GNU GPL teve seu nome trocado, de 
+Licença Pública Geral para Bibliotecas do GNU para Licença Pública Menos
+Geral, para melhor refletir seu verdadeiro propósito. Apesar disso, ela 
+não é apropriada apenas para bibliotecas, e a 
+<A HREF="/philosophy/why-not-lgpl.html">GNU GPL chega às vezes a ser mais
+apropriada para bibliotecas</A>.
+
+<P>
+
+<DT>A Licença do Guile
+
+<DD>Ela consiste da GNU GPL adicionada de um termo especial dando
+permissão irrestrita para linkeditar com software não-livre. Como resultado,
+ela não exige copyleft forte, e é compatível com a GNU GPL. Nós a
+recomendamos somente em circunstâncias especiais -- mais ou menos as
+mesmas circunstâncias nas quais se considerararia utilizar a
+<A HREF="/philosophy/why-not-lgpl.html">LGPL</A>.
+<p>
+
+<DT>A licença das unidades de tempo de execução do compilador GNU Ada.
+
+<DD>Ela é mais ou menos como a licença do Guile.
+
+<P>
+
+<DT><A NAME="X11License" HREF="http://www.x.org/terms.htm";>A Licença
+do X11</A>.
+
+<DD>Ela é uma licença simples, permissiva, que não exige copyleft, 
+e é compatível com a GNU GPL. O XFree86 utiliza a mesma licença.
+
+<P>
+
+<DT><A NAME="Expat" HREF="http://www.jclark.com/xml/copying.txt";>A Licensa do 
Expat</A>.
+
+<DD>Ela é uma licença simples, permissiva, não é uma licença com copyleft,
+e é compatível com a GNU GPL. Ela é às vezes ambiguamente chamada de "Licença 
do MIT".
+
+<P>
+
+<DD><A NAME="StandardMLofNJ" 
HREF="http://cm.bell-labs.com/cm/cs/what/smlnj/license.html";>Standard ML of New 
Jersey Copyright License</A>.
+
+<DD>Ela é uma licença simples, permissiva, não é uma licença com copyleft,
+e é compatível com a GNU GPL.
+
+<P>
+
+<DT><A NAME="CryptixGeneralLicense" 
HREF="http://www.cryptix.org/docs/license.html";>A Licença Geral do Cryptix</A>.
+
+<DD>Ela é uma licença simples, permissiva, não é uma licença com copyleft,
+e é compatível com a GNU GPL. Ela é bastante similar à licença do X11.
+
+<P>
+
+<DT><A HREF="http://www.xfree86.org/3.3.6/COPYRIGHT2.html#5";>A licença
+modificada do BSD</A>.
+
+<DD>(Nota: neste link, a licença modificada do BSD é listada
+na sessão "General".)
+
+<P>
+Esta é a licença original do BSD Unix, modificada pela remoção da cláusula
+de propaganda. É uma licença simples, permissiva, não exige copyleft e não 
+tem nenhum problema específico. Ela é compatível com a GNU GPL.
+
+<P>
+É arriscado recomendar o uso de "licença do BSD", pois, devido à
+semelhança de nomes, pode haver uma confusão que leve ao uso da
+problemática licença <A HREF="#OriginalBSD"><em>original</em>
+do BSD</A>.  Para evitar este risco, melhor é 
+sugerir a licença do X11.
+
+<P>
+
+
+<DT>
+<a href="ftp://ftp.freesoftware.com/pub/infozip/zlib/zlib_license.html";>
+A licença da Zlib</a>.
+
+<DD>Ela é uma licença de software livre, compatível com a GPL.
+
+<P>
+
+<DT>A licença da Biblioteca Padrão de Funções do iMatix.
+
+<DD>Ela é uma licença de software livre, compatível com a GPL.
+
+<P>
+
+<DT><A HREF="http://www.w3.org/Consortium/Legal/copyright-software.html";>A
+Licença e Nota de Software do w3c</A>.
+
+<DD>Ela é uma licença de software livre, compatível com a GPL.
+
+<P>
+
+<DT><A HREF="http://www.sleepycat.com/license.net";>A Licença de Banco de
+Dados de Berkeley (conforme publicada em 12/09/1999)</A>.
+
+<DD>Ela é uma licença de software livre, compatível com a GPL.
+
+<P>
+
+<DT><A HREF="http://www.python.org/doc/Copyright.html";>A Licença do
+Python 1.6a2 e versões anteriores</A>.
+
+<DD>Ela é uma licença de software livre, compatível com a GPL.
+Entretanto, deve-se observar que novas versões do Python estão sob
+uma licença diferente -- ver abaixo.
+
+<P>
+
+<DT><A NAME="" HREF="http://www.python.org/2.0.1/license.html";>A Licença do 
Python 2.0.1, 2.1.1, e versões posteriores</A>.
+
+<DD>Ela é uma licença de software livre, compatível com a GPL.
+Entretanto, deve-se observar que versões intermediárias do Python (1.6b1 até 
2.0 e 2.1)
+estão sob uma licença diferente (<A href="#PythonOld">ver acima</A>).
+
+This is a free software license and is compatible with the GNU GPL. Please 
note, however, that intermediate 
+versions of Python (1.6b1, through 2.0 and 2.1) are under a different license 
(see below).
+
+<P>
+
+<DT><A NAME="PerlLicense">A licença do Perl</A>.
+
+<DD>Esta licença é uma união da
+<A HREF="#ArtisticLicense">Licença Artística</A> e da
+<A HREF="/copyleft/gpl.html">GNU GPL</A> -- em outras palavras, você
+pode escolher entre as duas licenças. Ela se qualifica como uma licença
+de software livre, mas pode ser que ela não exija copyleft de fato. Ela 
+é compatível com a <A HREF="/copyleft/gpl.html">GNU GPL</A> porque a 
+GNU GPL é uma das alternativas.
+
+<P>
+Recomendamos que você utilize esta licença para qualquer pacote
+Perl que você escreva, para promover coerência e uniformidade na
+programação em Perl. Fora do Perl, nós pedimos que você não utilize
+esta licença; é melhor utilizar somente a GNU GPL.
+
+<P>
+
+<DT><A HREF="http://www.appwatch.com/license/ncftp-3.0.2.txt";>A Licença
+Artística Clarificada (usada pelo NcFTP)</A>.
+
+<DD>Esta é uma licença de software livre, compatível com a GPL. Ela corrige
+o fato da <A HREF="#ArtisticLicense">Licença Artística Original</A> ser
+muito vaga.
+
+
+<P>
+
+<DT>A licença do Javascript da Netscape
+
+<DD>Ela é uma união da <A HREF="#NPL">Licença Pública da Netscape</A>
+e da <A HREF="/copyleft/gpl.html">GNU GPL</A>. Por causa disso, ela
+é uma licença de software livre, compatível com a GNU GPL, mas não
+exige copyleft forte.
+
+<P>
+Esta licença de união é uma boa escolha se você deseja tornar o seu pacote
+compatível tanto com a GPL quanto com a NPL. Entretanto, você também pode
+conseguir isso utilizando a LGPL ou a Licença do Guile.
+
+<P>
+Tal licença de união pode ser uma boa alternativa se você estiver 
+utilizando a NPL, e desejar mudar para uma licença compatível com a GPL 
+sem subtrair nenhuma permissão que você havia concedido em versões 
+anteriores.
+
+<P>
+
+</DL>
+
+<P>
+
+<HR width="80%">
+
+<P>
+
+<H3><A NAME="GPLIncompatibleLicenses"
+               HREF="#TOCGPLIncompatibleLicenses">Licenças de Software Livre, 
Incompatíveis 
+               com a GPL</A></H3>
+
+<STRONG>As licenças a seguir são licenças de
+<A HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">software livre</A>, mas <EM>não são
+compatíveis</EM> com a <A HREF="#GNUGPL">GNU GPL</A>:</STRONG>
+
+<P>
+
+<DL>
+  
+<DT><A HREF="http://ftp.gnu.org/non-gnu/chinese-fonts-truetype/LICENSE";>A 
+Licença Pública Arphic</A>.
+<DD>Esta é uma licença com copyleft, incompatível com a GPL. Seu uso normal
+é com fontes (tipos de letras), e dentro deste uso a incompatibilidade não
+causa problemas.
+
+<P>
+
+<DT><A NAME="OriginalBSD"
+HREF="http://www.xfree86.org/3.3.6/COPYRIGHT2.html#6";>A Licença Original
+do BSD</A>.
+
+<DD>(Nota: neste link, a licença original do BSD é listada na
+sessão "UCB/LBL".)
+
+<P>
+Esta é uma licença simples, permissiva, que não exige copyleft, com
+uma falha grave: a "lamentável cláusula de propaganda". A falha não é 
+fatal; isto é, não faz com que o software deixe de ser livre. Mas ela 
+causa <A HREF="/philosophy/bsd.html">problemas de ordem prática</A>,
+incluindo a incompatibilidade com a GNU GPL.
+
+<P>
+
+Pedimos que você não utilize a licença original do BSD para o software
+que escrever. Entretanto, não há motivo para não utilizar programas
+que foram colocados sob a licença do BSD.
+
+<P>
+
+<DT><A HREF="http://www.apache.org/LICENSE-1.0";>A Licença do Apache,
+Versão 1.0</A>.
+
+<DD>Esta é uma licença simples, permissiva, que não exige copyleft, e 
+que tem <A HREF="/philosophy/bsd.html">problemas de ordem prática</A>,x
+como os problemas da licença original do BSD, incluindo incompatibilidade
+com a GNU GPL.
+
+<P>
+
+<DT><A HREF="http://www.apache.org/LICENSE-1.1";>A Licença do Apache,
+Versão 1.1</A>.
+
+<DD>Esta é uma licença permissiva que não exige copyleft e que possui 
+algumas exigências que a tornam incompatível com a GNU GPL.
+
+<P>
+Pedimos que você não utilize a licença do Apache em seus softwares.
+Entretanto, não há motivo para evitar o uso de programas que tenham sido
+colocados sob esta licença, como o Servidor Web Apache.
+
+<P>
+
+<DT><A HREF="http://www.zope.com/Resources/ZPL";>A Licença Pública do Zope</A>.
+
+<DD>É uma licença simples, razoavelmente permissiva, que não exige copyleft,
+e que tem <A HREF="/philosophy/bsd.html">problemas de ordem prática</A> 
+semelhantes aos da Licença Original do BSD, incluindo incompatibilidade com 
+a <A HREF="/copyleft/gpl.html">GNU GPL</A>.
+
+<P>
+Pedimos a você que não utilize a licença do Zope em seus softwares.
+Entretanto, não há motivo para não rodar programas que tenham sido
+colocados sob esta licença, como o próprio Zope.
+
+<P>
+
+<DT><A HREF="http://www.appwatch.com/license/xinetd-2.1.8.8pre10.txt";>A 
Licença do xinetd</A>.
+
+<DD>Esta é uma licença de software livre, mas é incompatível com a
+GNU GPL. Ela é incompatível porque estabelece restrições extras sobre
+a redistribuição de versões modificadas que contradizem os requerimentos
+de redistribuição da GPL.
+
+<P>
+
+<DT><A NAME="PhytonOld"
+HREF="http://www.handle.net/python_licenses/python1.6_9-5-00.html";>A
+Licença do Python 1.6b1 e versões posteriores</A>.
+
+<DD>Esta é uma licença de software livre, mas é incompatível com a
+GNU GPL. A principal incompatibilidade é que a licença do Python é
+governada pelas leis do Estado da Virgínia nos EUA, e a GPL não
+permite isso.
+<P>
+
+<DT><A HREF="http://www.openldap.org/software/release/license.html";>A
+Licença do OpenLDAP, Versão 2.3</A>.
+
+<DD>Esta é uma licença permissiva de software livre, que não exige
+copyleft, com algumas exigências (nas sessões 4 e 5) que a tornam
+incompatível com a GNU GPL.
+
+<P>
+Pedimos que você não utilize a licença do OpenLDAP em seus softwares.
+Entretanto, não há razão para evitar o uso de programas que estejam sob
+esta licença, como o OpenLDAP.</DD>
+
+<P>
+
+<DT>
+<A 
HREF="http://oss.software.ibm.com/developerworks/opensource/license10.html";> 
+Licença Pública da IBM, versão 1.0</A><DT>
+
+<DD>Esta é uma licença de software livre mas é incompatível com a
+<A HREF="/copyleft/gpl.html">GPL</A>.
+
+<P>A Licença Pública da IBM é incompatível com a GPL porque ela faz
+várias exigências que não existem na GPL.
+
+<P>Por exemplo, ela requer que certas licenças de patentes sejam doadas,
+e a GPL não faz esta exigência. (Não achamos que esta exigência sobre patentes 
+seja intrinsecamente uma idéia ruim, mas de qualquer modo ela é incompatível 
+com a GPL.)</DD>
+
+<P>
+
+<DT><A
+HREF="http://phorum.org/license.txt";>A Licença do Phorum</A></DT>
+
+<DD>Esta é uma licença de software livre mas é incompatível com a
+<A HREF="/copyleft/gpl.html">GPL</A>. Por exemplo, os termos nas sessões
+3 e 4 tornam esta licença incompatível com a GPL.</DD>
+
+
+<P>
+
+<DT>A Licença Pública do Projeto LaTeX
+
+<DD>Esta licença é uma definição incompleta dos termos de distribuição
+do LaTeX. Tanto quanto se pode ver, ela é uma licença de software livre,
+mas incompatível com a <A HREF="/copyleft/gpl.html">GPL</A>,
+pois faz muitas exigências que não estão na GPL.
+
+<P>
+Esta licença contém restrições complexas e desagradáveis sobre
+como publicar uma versão modificada, incluindo uma exigência que
+cai na fronteira do aceitável: a de que qualquer arquivo 
+modificado tenha que receber um novo nome.
+
+<P>
+O motivo desta exigência é aceitável para o LaTeX porque o
+LaTex tem um recurso para mapear nomes de arquivos, que permite
+especificar "use o arquivo X quando o arquivo Y for solicitado". 
+Com este recurso, a exigência é apenas desagradável; sem este 
+recurso, a mesma exigência seria um obstáculo sério, e seria 
+forçoso concluir que ela torna o programa não-livre.
+
+<P>
+A LPPL diz que alguns arquivos, em certas versões do LaTeX, podem ter
+restrições adicionais, que poderiam torná-los não-livres. Por este
+motivo, pode ser necessário fazer verificações cuidadosas para poder
+produzir uma versão do LaTeX que seja software livre.
+
+<P>
+A LPPL contém a afirmação controversa de que simplesmente ter arquivos
+em uma máquina onde outras pessoas possam se logar e acessá-los
+constitui distribuição. Acreditamos que os tribunais não aceitariam 
+esta afirmação, mas não é bom que as pessoas tentem fazê-la.
+
+<P>
+Pedimos que você, por favor, não use esta licença para nenhum outro 
+projeto.
+
+<P>
+Nota: Estes comentários são baseados na versão 1.2 (3 de Setembro de 1999)
+da LPPL.
+
+<P>
+
+<DT><A NAME="MPL" HREF="http://www.mozilla.org/MPL/MPL-1.1.html";>A Licença
+Pública do Mozilla (MPL)</A>.
+
+<DD>Esta é uma licença de software livre que não exige copyleft forte;
+ao contrário da <A HREF="#X11License">licença do X11</A>, ela tem algumas
+restrições complexas que a tornam incompatível com a
+<A HREF="/copyleft/gpl.html">GNU GPL</A>.
+Ou seja, um módulo coberto pela GPL e um módulo coberto pela MPL
+não podem ser linkeditados conjuntamente. Por este motivo, pedimos que  
+você não utilize a MPL.
+<P>
+Entretanto, a MPL 1.1 tem um dispositivo (sessão 13) que permite que
+um programa (ou partes dele) ofereça outras licenças como alternativa.
+Se parte do programa permite que a GNU GPL, ou qualquer outra licença 
+compatível com ela, seja uma dessas alternativas, esta parte do programa 
+terá uma licença compatível com a GPL.
+
+<P>
+
+<DT><A HREF="http://bits.netizen.com.au/licenses/NOSL/nosl.txt";>A Licença
+de Código Aberto do Netizen (NOSL), versão 1.0</A>.
+
+<DD>Esta é uma licença de software livre que é essencialmente equivalente
+à Licença Pública do Mozilla, versão 1.1. Assim como a MPL,
+a NOSL tem algumas restrições complexas que a tornam incompatível com a
+GPL. Ou seja, um módulo coberto pela GPL e um módulo coberto pela NOSL não
+podem, legalmente, ser linkeditados conjuntamente. Por este motivo, pedimos 
+que você não utilize a NOSL.
+
+<P>
+<DT><A HREF="http://www.borland.com/interbase/IPL.html";>A Licença Pública
+do Interbase (IPL), versão 1.0</A>.
+
+<DD>Esta é uma licença de software livre que é equivale essencialmente 
+à Licença Pública do Mozilla, versão 1.1. Assim como a MPL, a IPL tem 
+algumas restrições complexas que a tornam incompatível com a GNU GPL. 
+Ou seja, um módulo coberto pela GPL e um módulo coberto pela
+IPL não podem ser legalmente linkeditados juntos. Por este motivo, 
+pedimos que você não utilize a IPL.
+
+<P>
+
+<DT><A HREF="http://www.netbeans.org/spl.html";>A Licença Pública da Sun</A>.
+
+<DD>Ela equivale essencialmente à Licença Pública do Mozilla:
+uma licença de software livre incompatível com a GNU GPL. Não a confunda 
+com a <A HREF="#SunCommunitySourceLicense">Licença Comunitária de Fontes 
+da Sun (Sun Community Source License)</A>, que não é uma licença de software 
+livre.
+
+<P>
+
+<DT>The Nokia Open Source License.
+
+<DD>Ela é similar à Licença Pública do Mozilla: uma licença de software livre 
+incompatível com a GNU GPL.
+
+<P>
+
+<DT><A NAME="NPL" HREF="http://www.mozilla.org/NPL/NPL-1.0.html";>A
+Licença Pública da Netscape (NPL)</A>
+
+<DD>Esta é uma licença de software livre, não exige copyleft forte,
+e é incompatível com a GNU GPL. Ela consiste da Licença Pública do
+Mozilla adicionada de uma cláusula que permite à Netscape utilizar as
+modificações que você efetuar <em>mesmo nas versões proprietárias dos
+programas</em>. É claro, eles não dão a <em>você</em> a permissão de
+usar o código <em>deles</em> da mesma maneira. Nós pedimos que você
+não utilize a NPL.
+
+<P>
+
+<DT><A HREF="http://www.jabber.com/license/index.shtml";>A Licença de
+Código Aberto do Jabber, versão 1.0</A>
+     
+<DD>Esta é uma licença de software livre, incompatível com a GPL.
+Ela permite um novo licenciamento sob uma classe de licenças, que inclui
+todos os requerimentos da Licença do Jabber, A GPL não é membro desta 
+classe, portanto a Licença do Jabber não permite
+um novo licenciamento sob a GPL. Portanto, elas não são compatíveis.
+
+<P>
+
+<DT><A HREF="http://www.openoffice.org/licenses/sissl_license.html";>A Licença 
de Código de Padrões da Indústria da Sun 1.0</A>
+
+<DD>Esta é uma licença de software livre, que não exige copyleft forte,
+e que é incompatível com a GNU GPL por causa de detalhes e não por causa
+de alguma política importante.
+<P>
+ 
+<DT><A
+HREF="http://www.troll.no/products/download/freelicense/plaintext.html";>A
+Licença Pública do Qt (QPL)</A>.
+
+<DD>Esta é uma licença de software livre que não exige copyleft e que é
+incompatível com a GNU GPL. Ela também causa grandes inconvenientes de
+ordem prática, porque fontes modificados só podem ser distribuídos como
+patches.
+
+<P>
+Recomendamos que você evite utilizar a QPL para qualquer coisa que 
+escreva, e que utilize software coberto pela QPL somente quando
+estritamente necessário. Entretanto, esta crítica não se aplica mais
+ao próprio Qt, pois hoje o Qt também é distribuído sob a GNU GPL.
+
+<P>
+Já que a QPL é incompatível com a GNU GPL, não há como tomar
+um programa coberto pela GPL e outro coberto pela QPL para 
+linkeditá-los conjuntamente.
+
+<P>
+Entretanto, se você escreveu um programa que usa uma biblioteca coberta
+pela QPL (chamada FOO), e você deseja liberar o seu programa sob a
+GNU GPL, você pode fazer isto facilmente. Para resolver o conflito
+<em>no seu programa</em>, basta adicionar uma nota como esta:
+
+<pre>
+  Como uma exceção especial, você tem permissão de linkeditar
+  este programa com a biblioteca FOO e distribuir executáveis,
+  desde que você siga os requisitos da GNU GPL em relação a
+  todo software executável, derivado da bibliotca FOO.
+</pre>
+Em inglês:
+<pre>
+  As a special exception, you have permission to link this program
+  with the FOO library and distribute executables, as long as you
+  follow the requirements of the GNU GPL in regard to all of the
+  software in the executable aside from FOO.
+</pre>
+
+Você pode fazer isso legalmente se você é o dono do copyright do
+programa. Adicione esta nota aos fontes, após a nota que diz que o
+programa é coberto pela GNU GPL.
+<P>
+
+<DT>A Licença do FreeType
+
+<DD>A Licença do FreeType é uma licença de software livre que não
+exige copyleft e que é incompatível com a GPL por razões
+técnicas.
+
+<P>
+
+<DT><a href="http://www.gizmodrome.com/opencompatibilitylicense.htm";>A
+Licença de Compatibilidade Aberta</a>
+
+<DD>Esta é uma licença de software livre com desvantagens importantes:
+ela garante direitos especiais ao desenvolvedor original, e é 
+incompatível com a GPL.
+
+<P>
+
+<DT><A HREF="http://www.php.net/license/2_02.txt";>A Licença do PHP, Versão
+2.02</A>.
+
+<DD>Esta licença é utilizada pela maior parte do PHP4, mas uma parte
+importante do PHP4, o Otimizador Zend, utiliza uma licença diferente e
+pior: a QPL.
+
+<P>
+Esta é uma licença de software livre que não exige copyleft e
+que tem <A HREF="/philosophy/bsd.html">problemas de ordem prática</A> 
+semelhantes aos da <A HREF="#OriginalBSD">licença original do BSD</A>, 
+incluindo incompatibilidade com a GNU GPL.
+
+<P>
+O PHP3 não está sob esta licença. O PHP3 foi distribuído sob uma licença
+dupla que inclui a GNU GPL. Portanto, enquanto o PHP4 (que é coberto
+<STRONG>somente</STRONG> pela Licença do PHP 2.02) ainda seja
+<A HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">software livre</A>, nós encorajamos
+você a utilizar e a aperfeiçoar somente o PHP3. Deste modo, nós
+poderemos ter uma versão ativa do PHP que seja compatível com a GPL.
+Se você está interessado em manter uma versão ativa do PHP3, por favor
+contacte os <A HREF="mailto:address@hidden";>Coordenadores de Voluntários
+do GNU &lt;address@hidden&gt;</A>.
+
+<P>
+     
+</DL>
+
+<HR width="80%">
+
+<P>
+
+<H3><A NAME="NonFreeSoftwareLicense"
+       HREF="#TOCNonFreeSoftwareLicenses">Não São Licenças de Software 
Livre</A></H3>
+
+<STRONG>As licenças a seguir <EM>não se qualificam</EM> como licenças de
+<A HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">software livre</A>.
+Uma licença de software não-livre é automaticamente incompatível com a
+<A HREF="#GNUGPL">GNU GPL</A>.</STRONG>
+
+<P>
+É claro, nós pedimos que você evite o uso de licenças de software não-livres, 
e que você evite software
+não-livre em geral.
+
+<P>
+Não seria possível listarmos todas as licenças não-livres que existem; afinal, 
cada empresa de
+software proprietário tem a sua própria. Nós nos focamos em licenças que são 
frequentemente
+tomadas erroneamente como se fossem licenças de software livre, mas são, na 
verdade, licenças
+não-livres.
+
+<P>
+Nós incluímos links para esses pacotes quando é possível faze-lo sem violar 
nossa regra geral:
+de que nósnão fazemos links para sites que promovem, encoragam ou facilitam o 
uso de pacotes
+de software não-livre. A última coisa que nós queremos fazer é dar a qualquer 
programa não-livre
+publicidade gratuita que poderia encorajar mais pessoas a utiliza-lo. Pelo 
mesmo motivo, nós
+evitamos nomear os programas nos quais a licença é utilizada, a não ser que 
nós pensemos que
+por alguma rasão específica isto não irá nos trair.
+
+<P>
+
+<DL>
+
+<DT><A NAME="ArtisticLicense"
+HREF="http://www.perl.com/language/misc/Artistic.html";>A Licença Artística 
(Original)</A>.
+
+<DD>Não podemos dizer que esta é uma licença de software livre porque
+é muito vaga; algumas passagens são obscuras e o seu significado não é
+claro. Nós pedimos que você evite utilizá-la, exceto como parte da
+<A HREF="#PerlLicense">licença dupla do Perl</A>.
+
+<P>
+
+<DT><A HREF="http://www.publicsource.apple.com/apsl/";>A Licença Pública de
+Código-Fonte da Apple (APSL)</A>.
+
+<DD>Esta <A HREF="/philosophy/apsl.html">não é uma licença de software
+livre</A>. Pedimos que você não utilize esta licença, e que evite
+utilizar qualquer software que tenha sido distribuído sob ela.
+
+<P>
+
+<A HREF="/philosophy/apsl.html">Fizemos uma discussão mais extensa
+sobre por que a APSL não é uma licença de software livre</A>.
+
+<P>
+
+<DT><A NAME="SunCommunitySourceLicense">A Licença Comunitária de
+Código-Fonte da Sun</A>.
+
+<DD>Esta não é uma licença de software livre; ela não concede liberdades
+essenciais como a de publicar uma versão modificada. Pedimos que você não 
+utilize esta licença, e que evite utilizar qualquer software que tenha sido 
+liberado sob ela.
+<P>
+
+<DT>A Licença do Plan 9
+
+<DD>Esta não é uma licença de software livre; ela não concede liberdades
+essenciais como o direito de fazer e utilizar mudanças privativas. Pedimos 
+que você não utilize esta licença, e que evite utilizar qualquer software 
+que tenha sido liberado sob ela.
+<A HREF="/philosophy/plan-nine.html">Temos uma discussão detalhada sobre 
+esta licença.</A>
+
+<P>
+
+<DT>Licença Pública Aberta
+
+<DD>Esta não é uma licença de software livre, porque requer o envio de 
+qualquer versão modificada para um desenvolvedor inicial especificado.
+Ainda há algumas outras palavras nesta licença de cujo significado não
+estamos certos e isso também pode ser problemático.
+
+<P>
+Existe <A HREF="http://enhydra.enhydra.org/software/license/opl.html";>outro 
site para
+a Licença Pública Aberta</A>. Nós não sabemos qual é a forma canônica (ou 
oficial); essas
+duas diferem somente em um pequeno detalhe que não modifica a nossa
+avaliação da licença.
+
+<P>
+
+<DT>A Licença de Código-Fonte do Solaris (Foundation Release), versão 1.1
+
+<DD>Esta não é uma licença de software livre. A licença proíbe redistribuição,
+proíbe o uso comercial e pode ser revogada.
+
+<P>
+
+<DT>A Licença do YaST
+
+<DD>
+Esta não é uma licença de software livre. A licença proíbe a distribuição para 
venda, e torna
+impossível a inclusão do software em várias coleções de software livre em 
Cd-ROM
+que são vendidos por empresas e organizações como a FSF.
+
+<P>
+Pode haver um outro problema na seção 2a, mas parece que falta uma palavra, de 
modo
+que fica difícil ter certeza de qual é o verdadeiro significado.
+
+<P>
+
+<DT>As Licenças de Daniel Bernstein
+
+<DD>
+Essas licenças são são licenças de software livre porque elas não permitem a 
publicação
+de versões modificadas.
+
+     
+</DL>
+
+<HR>
+
+<P>
+
+<H2><A NAME="DocumentationLicenses" HREF="#TOCDocumentationLicenses">
+Licenças De Documentação</A></H2>
+
+  <UL>
+<!-- PLEASE UPDATE THE almost IDENTICAL 2nd Level Table of Contents ABOVE TOO! 
-->
+<!-- But change here the -->
+<!--   NAME="TOC..." -->
+<!-- to        NAME="TOC2..." -->
+<!-- so the back link goes to the full Table of Contents. -->
+    <LI><A HREF="#FreeDocumentationLicenses"
+    NAME="TOC2FreeDocumentationLicenses">Licenças de Documentação Livre</A>
+    <LI><A HREF="#NonFreeDocumentationLicenses"
+    NAME="TOC2NonFreeDocumentationLicenses">Não São Licenças de Documentação
+    Livre</A>
+<!-- PLEASE UPDATE THE almost IDENTICAL 2nd Level Table of Contents ABOVE TOO! 
-->
+<!-- But change here the -->
+<!--   NAME="TOC..." -->
+<!-- to        NAME="TOC2..." -->
+<!-- so the back link goes to the full Table of Contents. -->
+  </UL>
+
+<HR width="80%">
+  
+<P> <STRONG>As seguintes licenças se qualificam como licenças de <A
+HREF="/philosophy/free-doc.html">documentação livre</A>:</STRONG>
+
+<H3><A NAME="FreeDocumentationLicenses"
+HREF="#TOCFreeDocumentationLicenses">Licenças de Documentação Livre</A></H3>
+
+
+
+<DL>
+
+<DT>A <A HREF="/copyleft/fdl.html">Licença de Documentação Livre do GNU</A>.
+
+<DD>Esta é uma licença criada para uso em documentação livre, e exige
+copyleft. Nós pretendemos adotá-la para todos os manuais do GNU.
+
+<P>
+
+<DT><A 
HREF="http://www.freebsd.org/doc/en_US.ISO8859-1/books/handbook/ln16.html";>A 
Licença de Documentação do FreeBSD</A>.
+
+<DD>
+Esta é uma licença de documentação permissiva e não-copyleft que é compatível 
com a GNU FDL.
+
+<P>
+
+<DT><A HREF="">A Licença Comum de Documentação da Apple, Versão 1.0</A>.
+
+<DD>
+Esta é uma licença de documentação livre que é incompatível com a GNU FDL.
+Ela é incompatível porque a seção (2c) diz "Você não pode adicionar outros 
termos
+ou condições para esta licença", e a GNU FDL inclui termos adicinais não 
previstos
+nesta licença.
+
+<P>
+
+<DT><A NAME="RealOPL" HREF="http://opencontent.org/openpub/";>Licença de
+     Publicação Aberta, versão 1.0</A>.
+
+<DD>Esta licença <STRONG>pode</STRONG> ser usada como uma licença de
+documentação livre. Ela é uma licença livre, com copyleft, <STRONG>desde
+que</STRONG> o detentor do copyright não exercite nenhuma das "OPÇÕES
+DE LICENÇA" listadas na sessão VI da licença. Mas se qualquer uma das 
+opções for invocada, a licença deixa de ser livre.
+
+<P>
+Isto faz com que seja perigoso recomendar ou utilizar esta licença: se 
+alguém recomendar "Use a Licença de Publicação Aberta, versão 1.0,x mas não
+permita nenhuma opção", seria fácil para a segunda parte da recomendação
+ser esquecida; alguém poderia utilizar a licença com opções, tornando o
+não-livre o manual em questão, e ainda assim pensar que seguiu o conselho.
+
+<P>
+Da mesma forma, se você utilizar esta licença sem nenhuma das opções
+para tornar o seu manual livre, outra pessoa poderia decidir imitá-lo,
+depois mudar de idéia quanto às opções, pensando que é apenas um detalhe;
+o resultado pode ser que o manual desta pessoa não seja livre.
+
+<P>
+Portanto, apesar de os manuais escritos sob esta licença poderem se
+qualificar como documentação livre se nenhuma opção da licença for utilizada,
+é melhor usar a Licença Pública de Documentação Livre do GNU e evitar o
+risco de alguém se confundir.
+
+<P>
+Por favor, note que esta licença não é a mesma que a <A HREF="#OCL">Licença
+de Conteúdo Aberto</A>. Estas duas licenças são confundidas com frequência,
+porque a Licença de Conteúdo Aberto é muitas vezes referenciada como "OPL".
+Para maior clareza, é melhor nunca usar a abreviação "OPL" para nenhuma
+das licenças. Vale a pena escrever os seus nomes por extenso para
+ter certeza de que as pessoas saibam a qual das duas licenças você se refere.
+
+</DL>
+
+<HR width="80%">
+
+
+<H3><A NAME="NonFreeDocumentationLicenses"
+HREF="#TOCNonFreeDocumentationLicenses">Não São Licenças de Documentacão
+Livre</A></H3>
+
+<P> <STRONG>As licenças a seguir <em>não se qualificam</em> como
+licenças de documentação livre: </STRONG>
+
+<P>
+
+<DL>
+  
+<DT><A NAME="OCL"></A>
+     <A HREF="http://opencontent.org/opl.shtml";>Licença de Conteúdo
+     Aberto, versão 1.0</A>.
+
+<DD>Esta licença não se qualifica como livre porque há restrições quanto
+a cobrar dinheiro pelas cópias. Recomendamos que você não utilize
+esta licença.
+
+<P>
+Por favor,x note que esta licença não é a mesma que a <A 
HREF="#RealOPL">Licença
+de Publicação Aberta</A>. A prática de abreviar "Licença de Conteúdo Aberto"
+como OPL causa confusão entre as duas. 
+Para maior clareza, é melhor nunca usar a abreviação "OPL" para nenhuma
+das duas licenças. Vale a pena escrever seus nomes por extenso para
+ter certeza de que as pessoas saibam a qual das duas licenças você se refere.
+
+<P>
+
+
+<DT><A HREF="http://dmoz.org/license.html";>Licença Aberta de Diretório
+(também conhecida como a licença do dmoz.org)</A>.
+
+
+<DD>Esta não é uma licença de documentação aberta. O principal problema
+é que o seu direito de redistribuir qualquer versão não é permanente e que
+ela requer que o usuário continue verificando seus direitos no site, o que é
+restritivo demais para a liberdade dos usuários.
+
+<P>
+
+</DL>
+
+
+<HR width="80%">
+
+
+<H3><A NAME="OtherLicenses" HREF="#TOCOtherLicenses">Licenças Para Outros 
Trabalhos,
+Além de Software ou Documentação</A></H3>
+
+<DL>
+
+
+<DT> <A HREF="http://dsl.org/copyleft/dsl.txt";>Licença de Projeto de
+Ciência (DSL)</A>.
+
+<DD>Esta é uma licença livre, com copyleft, criada para dados em geral, e
+não particularmente para software.
+
+<P>
+Note, entretanto, que a GNU GPL <STRONG>pode</STRONG> ser utilizada
+para dados genéricos, que não sejam software, desde que seja possível
+determinar qual a definição de "código-fonte" para o caso em particular.
+Desta forma, a DSL também requer que você determine o que é o "código fonte",
+utilizando mais ou menos a mesma definição que a GPL utiliza.
+     
+       
+</DL>
+
+<HR>
+
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">Página inicial do GNU</A>.
+<P>
+
+Envie questões e comentários específicos sobre esta página para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+<P>
+
+Envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de contactar</A>
+a FSF.
+<P>
+
+Envie comentários sobre estas páginas web para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+Envie outras questões para 
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright (C) 1999,2000,2001 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+<P>
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em qualquer
+meio, desde que esta nota seja preservada.  
+<P>
+Traduzido por: Fernando Lozano
+<a href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</a>
+<br>
+Revisado por: Hilton Fernandes
+<a href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</a>
+<P>
+Atualizado:
+<!-- hhmts start -->
+Last modified: Tue Jul 31 22:52:41 BRT 2001
+<!-- hhmts end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: licenses/licenses.pt-br.html
===================================================================
RCS file: licenses/licenses.pt-br.html
diff -N licenses/licenses.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ licenses/licenses.pt-br.html        20 Mar 2008 13:56:10 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,283 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Licenças de Software Livre - O Projeto GNU e a Fundação para o Software 
Livre (FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+<META HTTP-EQUIV="Keywords"
+ CONTENT="GNU, FSF, Free Software Foundation, Linux, Copyleft, Licenses">
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+
+<H3>Licenças de Software Livre</H3>
+
+<P>
+
+<A HREF="/graphics/philosophicalgnu.html"><IMG 
SRC="/graphics/philosophical-gnu-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem de um Gnu filosófico] "
+   WIDTH="160" HEIGHT="200"></A>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A href="/licenses/licenses.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/licenses/licenses.pl.html">Polonês</A> 
+| <A HREF="/licenses/licenses.pt-br.html">português do Brasil</A> 
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+<P>
+
+<HR>
+
+<P>
+
+<H4>Conteúdo</H4>
+<UL>
+  <LI><A HREF="/licenses/licenses.pt-br.html#GPL"
+       NAME="TOCGPL">A Licença Pública Geral do GNU</A>
+  <LI><A HREF="/licenses/licenses.pt-br.html#LGPL"
+       NAME="TOCLGPL">A Licença Pública Menos Geral do GNU</A>
+  <LI><A HREF="/licenses/licenses.pt-br.html#FDL"
+       NAME="TOCFDL">A Licença de Documentação Livre do GNU</A>
+  <LI><A HREF="/licenses/licenses.pt-br.html#Translations"
+       NAME="TOCTranslations">Traduções Extra-oficiais</A>
+  <LI><A HREF="/licenses/licenses.pt-br.html#LicenseList"
+       NAME="TOCLicenseList">Lista de Licenças de Software Livre</A>
+  <LI><A HREF="/licenses/licenses.pt-br.html#WhatIsCopyleft"
+       NAME="TOCWhatIsCopyleft">O Que É Copyleft?</A>
+</UL>
+
+<P>
+
+<HR>
+
+<P>
+
+<H3><A HREF="/licenses/licenses.pt-br.html#TOCGPL"
+       NAME="GPL">A Licença Pública Geral do GNU</A></H3>
+<P>
+A Licença Pública Geral do GNU é frequentemente chamada abreviadamente de GNU 
GPL
+e é utilizada pela maioria dos programas do GNU assim como muitos outros 
programs de
+software livre que não são parte do Projeto GNU.
+<p>
+<UL>
+ <LI><a href="/licenses/gpl-faq.pt-br.html">A FAQ da GPL</a>
+ <LI><A HREF="/licenses/why-assign.pt-br.html">Porque a FSF detém o copyright 
dos contribuidores</A>
+ <LI>A GNU GPL em formato <A HREF="/licenses/gpl.html">html</A>,
+     <A HREF="/licenses/gpl.txt">text</A> e
+     <A HREF="/licenses/gpl.texi">Texinfo</A>
+ <LI><A HREF="/licenses/gpl-howto.pt-br.html">Como usar a GNU GPL em seus 
próprios programas</A>
+ <LI><A HREF="/licenses/gpl-violation.html">O que fazer caso você veja uma 
violação da GNU GPL, LGPL ou FDL</A>
+</UL>
+<p>
+<H3><A HREF="/licenses/licenses.pt-br.html#TOCLGPL"
+       NAME="LGPL">A Licença Pública Menos Geral do GNU</A></H3>
+<P>
+A Licença Pública Menos Geral do GNU é utilizada em algumas (mas não todas)
+as bibliotecas do GNU. Esta licença era antes conhecida como GPL de Biblotecas,
+mas nós mudamos o nome, porque o antigo nome encorajava o uso desta
+licença com mais frequência do que ela deveria ser utilizada.
+
+<P>
+<UL>
+ <LI><A HREF="/licenses/why-not-lgpl.html">Porque você não deveria utilizar a 
LGPL
+para a sua próxima biblioteca</A>
+ <LI>A GNU LGPL em formato <A HREF="/licenses/lgpl.html">html</A>,
+     <A HREF="/licenses/lgpl.txt">text</A> e
+     <A HREF="/licenses/lgpl.texi">Texinfo</A>
+ <LI><A HREF="/licenses/gpl-violation.html">O que fazer caso você veja uma 
violação da GNU GPL, LGPL ou FDL</A>
+</UL>
+
+<P>
+<H3><A HREF="/licenses/licenses.pt-br.html#TOCFDL"
+       NAME="FDL">A Licença de Documentação Livre do GNU</A></H3>
+<P>
+A Licença de Documentação Livre do GNU é uma forma de copyleft criada
+para uso em manuais, livros texto ou outros documentos para garantir que
+qualquer um tem a real liberdade de copiar e redistribui-los, com ou sem
+modificações, tanto comercial quanto não-comercialmente.
+
+<P>
+<UL>
+  <LI><A HREF="/licenses/why-gfdl.html">Porque você deveria utilizar a GNU 
FDL</A>
+  <LI>A GNU FDL em formato <A HREF="/licenses/fdl.pt-br.html">html</A>,
+      <A HREF="/licenses/fdl.txt">text</A>,
+      <A HREF="/licenses/fdl.texi">Texinfo</A>,
+      <A HREF="/licenses/fdl.sgml">SGML</A> e
+      <A HREF="/licenses/fdl.tex">TeX</A>
+  <LI><A HREF="/licenses/fdl.pt-br.html#SEC4">Como usar a GNU FDL para sua 
documentação</A>
+  <LI><A HREF="/licenses/fdl-howto.html">Dicas de como utilizar a GNU FDL</A>
+  <LI><A HREF="/licenses/fdl-howto-opt.html">Como usar os recursos opcionais 
da GNU FDL</A>
+ <LI><A HREF="/licenses/gpl-violation.html">O que fazer caso você veja uma 
violação da GNU GPL, LGPL ou FDL</A>
+</UL>
+
+<P>
+<H4><A HREF="/licenses/licenses.pt-br.html#TOCTranslations"
+       NAME="Translations">Traduções Extra-Oficiais</A></H4>
+<P>
+Falando legalmente, a versão original em inglês da GPL é que especifica
+os verdadeiros termos de distribuição para os programas do GNU. Mas
+para ajudar as pessoas a entender melhor as licenças, nós damos permissão
+para publicar traduções em outros idiomas se as traduções seguirem as
+nossas regras para traduções extra-oficiais.
+
+<p>
+ <ul>
+  <li><A HREF="/licenses/translations.html">Lista de traduções 
extra-oficiais</A>
+  <LI><A HREF="/licenses/translations.html#rules">Como criar uma tradução 
extra-oficial</A>
+ </ul>
+<p>
+
+<H3><A HREF="/licenses/licenses.pt-br.html#TOCLicenseList"
+       NAME="LicenseList">Lista de Licenças de Software Livre</A></H3>
+<p>
+ <ul>
+  <li><A HREF="/licenses/license-list.pt-br.html">Lista de Licenças de 
Software Livre</A>
+ </ul>
+<p>
+
+<H3><A HREF="/licenses/licenses.pt-br.html#TOCWhatIsCopyleft"
+       NAME="WhatIsCopyleft">O Que É Copyleft ?</A></H3>
+
+<P>
+<em>Copyleft</em> é um método legal de tornar um programa em
+software livre e exigir que todas as versões modificadas e extendidas
+do programa também sejam software livre.
+
+<P>
+
+O modo mais simples de tornar um programa em software livre é coloca-lo sob o
+
+<A HREF="/philosophy/categories.html#PublicDomainSoftware">domínio
+público (18k characters)</A>, sem copyright. Isto permite às pessoas
+compartilharem o programa e suas melhorias, se elas assim o desejarem.
+Mas isto também permite a pessoas não-cooperativas converterem o progra em
+
+<A HREF="/philosophy/categories.html#ProprietarySoftware">software
+proprietário (18k characters)</A>. Elas podem fazer modificações, muitas ou
+poucas, e distribuir o resultado como um produto proprietário. As pessoas
+que recebem o programa nesta versão modificada não tem as liberdades
+que o autor original deu a elas; o intermediário as retirou.
+
+<P>
+No <A HREF="/gnu/thegnuproject.html">Projeto GNU</A>,
+nosso intento é dat a <em>todos</em> os usuários a liberdade de
+redistribuir e modificar o software GNU. Se intermediários pudessem
+retirar as liberdades, nós poderíamos ter muitos usuários, mas não teríamos
+liberdade. Por isso, em vez de colocar o GNU em domínio público,
+nós o tornamos "copyleft". Copyleft dis que qualquer um que redistribui
+o software, com ou sem modificações, tem que passar adiante as
+liberdades de fazer novas cópias e modifica-las. O Copyleft garante que
+todos os usuários tenham liberdade.
+
+<P>
+Copyleft também fornece um 
+<A HREF="/philosophy/pragmatic.html">incentivo</A>
+para outros programadores adicionarem recursos ao software livre.
+Programas livres importantes como o compilador GNU C++ só existem
+por causa disso.
+
+<P>
+O Copyleft também ajuda os programadores que desejam contribuir com
+<A
+HREF="/software/software.html#HelpWriteSoftware">melhorias</A> para o
+<A HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">software livre</A> a obterem
+permissão de faze-lo. Esses programadores frequentemente trabalham
+para empresas ou universidades que fariam qualquer coisa para ganhar mais
+dinheiro. Um programador pode desejar contribuir com modificações para
+a comunidade, mas seu empregador pode desejar transformar as mudanças
+em um produto de software proprietário.
+
+<P>
+Quando nós explicamos ao empregador que é ilegal distribuir a
+versão melhorada exceto como software livre, o empregador geralmente
+decide libera-la como software livre em vez de descarta-la.
+
+<P>
+Para tornar um programa em copyleft, nós primeiro afirmamos
+que ele está sob copyright; depois nós adicionamos termos de
+distribuição, que são um instrumento legal que concede a todos o direito
+de usar, modificar, e redistribuir o código-fonte do programa
+<em>ou qualquer outro programa derivado dele</em> mas somente se
+os termos de distribuição permanecerem inalterados. Assim, o código
+e as liberdades se tornam legalmente inseparáveis.
+
+<P>
+Desenvolvedores de software proprietário utilizam o copyright para
+retirar as liberdades das pessoas; nós utilizamos o copyright para garantir
+essas liberdades. É por isso que nós invertemos o nome, mudando
+"copyright" ("direitos de cópia", "cópia direita") para "copyleft" ("deixamos 
copiar", "cópia esquerda").
+
+<P>
+O Copyleft é um conceito genérico; existem vários modos de preencher os
+detalhes. No Projeto GNU, os termos específicos de distribuição que nós
+utilizamos estão contidos na Licença Pública Geral do GNU, na Licença
+Pública Menos Geral e na Licença de Documentação Livre.
+
+<P>
+A licença apropriada é incluída em vários manuais e em cada distribuição
+de código-fonte do GNU.
+
+<P>
+A GPL do GNU foi desenhada de modo que ela seja facilmente aplicável
+ao seu próprio programa se você é o detentor do copyright. Você não tem
+que modificar a GNU GPL para fazer isso, apenas adicione notas ao
+seu programa que se refiram adequadamente à GPL. Por favor note que
+você deve utilizar o texto completo da GPL, se você utiliza-la. Ele é um
+conjunto indivisível, e cópias parciais não são permitidas. (O mesmo vale
+para a LGPL).
+
+<P>
+Utilizar os mesmos termos de distribuição para vários programas diferentes
+torna mais fácil copiar código entre eles. Já que eles tem os mesmos termos
+de distribuição, não há necessidade de verificar se os termos são
+compatíveis. A LGPL inclui um termos que deixa você alterar os termos
+de distribuição para a GPL original, de modo que você possa copiar
+código de um programa LGPL para um programa coberto pela GPL.
+
+<P>
+<HR>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/licenses/licenses.ca.html">Catalão</A>
+| <A href="/licenses/licenses.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/licenses/licenses.pl.html">Polonês</A> 
+| <A HREF="/licenses/licenses.pt-br.html">português do Brasil</A> 
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<HR>
+<P>
+
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">página inicial do GNU</A>.
+<P>
+Envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo"> outros meios de 
contactart</A> a FSF.
+<P>
+Envie comentários sobre estas páginas web para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+Envie outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright (C) 1996, 1997, 1998, 1999 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+<P>
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em qualquer 
meio,
+desde que esta nota seja preservada.
+<P>
+Traduzido por:
+Fernado Lozano <a href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</a>
+<P>
+Atualizado:
+<!-- timestamp start -->
+$Date: 2008/03/20 13:56:10 $ $Author: yavor $
+<!-- timestamp end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: licenses/why-assign.pt-br.html
===================================================================
RCS file: licenses/why-assign.pt-br.html
diff -N licenses/why-assign.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ licenses/why-assign.pt-br.html      20 Mar 2008 13:56:11 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,99 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Porque a FSF recebe o copyright dos colaboradores. - O Projeto GNU e a 
Fundação para o Software Livre (FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<H3>Porque a FSF recebe o copyright de seus colaboradores</H3>
+
+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem da cabeça de um GNU] "
+   WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/copyleft/why-assign.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/licenses/why-assign.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<p>
+
+pelo Professor Eben Moglen, Escola de Direito da Universidade da Columbia
+
+<P>
+
+De acordo com a lei de copyright dos EUA, que é a lei sob a qual a maior parte
+dos softwares e programas de computadores foram historicamente publicados
+em sua primeira vez, existem vantagens substanciais no registro do copyright.
+E, apesar dos extensos direitos de distribuição garantidos pela GPL, os 
distribuidores
+em geral não podem fazer cumprir o copyright: somente o detentor do copyright
+ou alguém que tenha recebido deste os direitos pode fazer cumprir a licença.
+Se há múltiplos autores em um trabalho regido pelo copyright, a obediência à
+licença depende da cooperação de todos os autores.
+
+
+<P>
+
+De modo que todos os nossos copyrights possam atender aos requerimentos
+de documentação e outros requerimentos necessários para o registro,
+e de modo que sejamos capazes de fazer cumprir os termos da GPL da maneira
+mais efetiva, a FSF requer que cada autor de código incorporado a projetos
+da FSF cedam os direitos de copyright e, sempre que apropriado, também
+uma declaração de isenção de direitos do empregador do programador.
+Deste modo nós podemos ter certeza de que todo o código em projetos da
+FSF é código livre, cuja liberdade nós podemos proteger de maneira efetiva,
+e na qual outros desenvolvedores possam confiar plenamente.
+
+
+<HR>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/copyleft/why-assign.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/licenses/why-assign.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<HR>
+
+<P>
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">página inicial do GNU</A>.
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de
+contactar</A> a FSF.
+<P>
+
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright (C) 2001 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+<P>
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em qualquer 
meio,
+desde que esta nota seja preservada
+<P>
+Traduzido por: Fernando Lozano
+<a href="address@hidden">&lt;address@hidden&gt;</a>
+<P>
+Atualizado:
+<!-- timestamp start -->
+$Date: 2008/03/20 13:56:11 $ $Author: yavor $
+<!-- timestamp end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: licenses/old-licenses/gpl-2.0-faq.pt-br.html
===================================================================
RCS file: licenses/old-licenses/gpl-2.0-faq.pt-br.html
diff -N licenses/old-licenses/gpl-2.0-faq.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ licenses/old-licenses/gpl-2.0-faq.pt-br.html        20 Mar 2008 13:56:16 
-0000      1.1
@@ -0,0 +1,1963 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE> Questões Feitas Freqüentemente (FAQ) sobre a GNU GPL - Projeto 
+GNU - Free Software Foundation (FSF)</TITLE>
+<LINK REV="not made" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
+VLINK="#99
+00DD">
+<H3>Questões Feitas Freqüentemente (FAQ) sobre a GNU GPL</H3>
+
+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"
+   ALT=" [Imagem da cabeça de um GNU] "
+   WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/copyleft/gpl-faq.html">Inglês</A>
+  | <A HREF="/copyleft/gpl-faq.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<p>
+<P>
+<!-- Replace this list with the page's contents. -->
+<H4>Conteúdo</H4>
+<UL>
+  <LI><A HREF="#WhatDoesGPLStandFor" NAME="TOCWhatDoesGPLStandFor">O que 
+significa "GPL"?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#DoesFreeSoftwareMeanUsingTheGPL"
+  NAME="TOCDoesFreeSoftwareMeanUsingTheGPL">Software Livre significa usar a 
+GPL?</A>
+
+  <LI><A HREF="#DoesAllGNUSoftwareUseTheGNUGPLAsItsLicense"
+  NAME="TOCDoesAllGNUSoftwareUseTheGNUGPLAsItsLicense">
+  Todo software GNU usa a GNU GPL como sua licença?</A>
+
+  <LI><A HREF="#DoesUsingTheGPLForAProgramMakeItGNUSoftware"
+  NAME="TOCDoesUsingTheGPLForAProgramMakeItGNUSoftware">
+  Usar a GPL para um programa faz dele software GNU?</A>
+
+  <LI><A HREF="#WhyDoesTheGPLPermitUsersToPublishTheirModifiedVersions"
+  NAME="TOCWhyDoesTheGPLPermitUsersToPublishTheirModifiedVersions">
+  Por que a GPL permite que usuários publiquem suas versões modificadas?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLRequireSourcePostedPublic"
+  NAME="TOCGPLRequireSourcePostedPublic">
+  A GPL requer que o código fonte de versões modificadas seja disponibilizado 
+publicamente?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#WhatDoesWrittenOfferValid" NAME="TOCWhatDoesWrittenOfferValid">
+  O que esta "oferta escrita válida para quaisquer terceiros" significa? Ela 
+implica
+  que qualquer pessoa no mundo pode ter o código fonte de qualquer programa 
+sob a GPL,
+  em quaisquer condições?</A>
+
+  <LI><A HREF="#IfIDistributeModifiedBinaries" NAME="TOC 
+IfIDistributeModifiedBinaries">
+  Se eu distribuo os binários sem os fontes, posso providenciar o código fonte 
+por
+  FTP ao invés de pedido pelo correio?</A>
+
+  <LI><A HREF="#TheGPLSaysModifiedVersions" 
+NAME="TOCTheGPLSaysModifiedVersions">
+  A GPL diz que versões modificadas, se publicadas, devem ser "licenciadas ... 
+para
+  todos os terceiros." Quem são esses terceiros?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#DoesTheGPLAllowMoney" NAME="TOCDoesTheGPLAllowMoney">
+  A GPL permite que eu venda cópias do programa por algum valor?</A>
+
+
+  <LI><A HREF="#DoesTheGPLAllowPayFee" NAME="TOCDoesTheGPLAllowPayFee">
+  A GPL me permite exigir que qualquer um que receba uma cópia do software
+  me pague uma taxa ou me notifique?</A>
+
+  <LI><A HREF="#IWantCredit" NAME="TOCIWantCredit">
+  Eu quero ter crédito pelo meu trabalho. Eu quero que as pessoas saibam o que 
+eu escrevi.
+  Eu ainda posso ter crédito se eu usar a GPL?</A>
+
+  <LI><A HREF="#WhyMustIInclude" NAME="TOCWhyMustIInclude">
+  Por que a GPL requer que se inclua uma cópia da GPL com todas as cópias do 
+programa?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#WhatIfWorkIsShort" NAME="TOCWhatIfWorkIsShort">
+  E se o programa não for muito mais longo do que a própria licença?
+  </A>
+
+  <li><A HREF="#GPLOmitPreamble" NAME="TOCGPLOmitPreamble">
+
+  Eu posso omitir o preâmbulo da GPL, ou as instruções sobre como usa-la em
+  seus próprios programas, para economizar espaço?</A>
+
+  <LI><A HREF="#WhatIsCompatible" NAME="TOCWhatIsCompatible">
+  O que significa dizer que duas licenças são compatíveis?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#WhatDoesCompatMean" NAME="TOCWhatDoesCompatMean">
+  O que significa dizer que uma licença é "compatível com a GPL"?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#WritingFSWithNFLibs" NAME="TOCWritingFSWithNFLibs">
+  Eu estou escrevendo software livre que usa bibliotecas não-livres. Que 
+questões
+  legais surgem se eu usar a GPL?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#HowIGetCopyright" NAME="TOCHowIGetCopyright">
+  Como eu consigo o copyright do meu próprio programa de forma a
+  distribui-lo sob a GPL?
+  </A>
+
+
+  <LI><A HREF="#WhatIfSchool" NAME="TOCWhatIfSchool">
+  E se minha escola quiser transformar meu programa em um produto de
+  software proprietário seu?
+ </A>
+
+
+  <LI><A HREF="#CouldYouHelpApplyGPL" NAME="TOCCouldYouHelpApplyGPL">
+  Poderiam me dar instruções passo a passo de como aplicar a GPL em
+  meu próprio programa?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#CouldYouHelpApplyGFDL"
+  NAME="TOCCouldYouHelpApplyGFDL">
+  Poderiam me dar instruções passo a passo de como aplicar a GFDL
+  em um manual?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#HeardOtherLicense" NAME="TOCHeardOtherLicense">
+  Eu ouvi que alguém tem uma cópia de um programa, publicado sob a GPL, sob
+  uma outra licença. Isso é possível?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#ReleaseUnderGPLAndNF" NAME="TOCReleaseUnderGPLAndNF">
+  Eu gostaria de publicar um programa que escrevi sob a GNU GPL, mas eu também 
+gostaria
+   de usar parte do código em programas não livres.
+  </a>
+
+  <LI><A HREF="#DeveloperViolate" NAME="TOCDeveloperViolate">
+  O desenvolvedor de um programa coberto pela GPL está atado a GPL?
+  As ações do desenvolvedor podem em algum momento constituir uma violação da 
+GPL?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#CanDeveloperThirdParty"
+  NAME="TOCCanDeveloperThirdParty">
+   O desenvolvedor de um programa que o distribuiu sob a GPL pode mais tarde
+   licencia-lo para outras pessoas para uso exclusivo?</a>
+
+  <LI><A HREF="#CanIUseGPLToolsForNF" NAME="TOCCanIUseGPLToolsForNF">
+   Posso usar editores de texto cobertos pela GPL para desenvolver programas
+  não livres? Posso usar ferramentas cobertas pela GPL para compila-los?
+</A>
+
+  <li><A HREF="#GPLFairUse" NAME="TOCGPLFairUse">
+ Eu tenho direitos de "usos justos" para usar o código fonte de algum
+programa coberto pela GPL?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLOutput" NAME="TOCGPLOutput">
+  Há alguma coisa que eu possa fazer para aplicar a GPL para a saída que as
+pessoas tenham do meu programa? Por exemplo, se meu programa é usado
+para desenvolver sistemas de hardware, eu posso exigir que esses designs
+sejam livres?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#WhatCaseIsOutputGPL" NAME="TOCWhatCaseIsOutputGPL">
+   Em que casos a saída de um programa GPL é coberta pela GPL também?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLModuleLicense" NAME="TOCGPLModuleLicense">
+   Se eu adicionar um módulo a um módulo coberto pela GPL, eu tenho
+que usar a GPL como licença para o meu módulo?  </A>
+
+  <LI><A HREF="#IfLibraryIsGPL" NAME="TOCIfLibraryIsGPL">
+Se uma biblioteca é disponibilizada sob a GPL (não a LGPL), isso
+significa que qualquer programa que a usa tem que estar sob a GPL?
+</A>
+
+  <li><a href="#IfInterpreterIsGPL" name="TOCIfInterpreterIsGPL">
+  Se um interpretador de uma linguagem de progamação for publicado sob a GPL,
+isso significa que programas escritos para serem interpretados nele precisam
+estar sob uma licença compatível com a GPL?
+</a>
+
+  <LI><A HREF="#WindowsRuntimeAndGPL" NAME="TOCWindowsRuntimeAndGPL">
+Eu estou escrevendo um aplicatico Windows com Microsoft Visual C++
+  (ou Visual Basic) e eu vou disponibliza-lo sob a GPL. É permitido ligar
+  dinamicamente meu programa com as bibliotecas de tempo de execução
+  do Visual C++ (ou do Visual Basic) sob a GPL?</A>
+
+  <LI><A HREF="#OrigBSD" NAME="TOCOrigBSD">
+ Por que a licença BSD original não é compatível com a GPL?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLAndPlugins" NAME="TOCGPLAndPlugins">
+Se um programa disponibilizado sob a GPL usa plug-ins, quais são as
+exigências para as licenças de um plug-in?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLPluginsInNF" NAME="TOCGPLPluginsInNF">
+Eu posso usar a GPL em um plug-in para um programa não livre?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#LinkingWithGPL" NAME="TOCLinkingWithGPL">
+  Você tem um programa sob a GPL que eu gostaria de unir a código meu
+para desenvolver um programa proprietário. O fato de eu ligar o meu código
+ao seu programa significa que eu tenho que publicar meu programa sob
+a GPL?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#SwitchToLGPL" NAME="TOCSwitchToLGPL">
+ Se sim, há alguma chance de que eu possa obter seu programa
+  sob a Licença Pública Menos Geral (LGPL)?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#ManyDifferentLicenses" NAME="TOCManyDifferentLicenses">
+                 Eu escrevi um aplicativo que se liga com muitos componentes 
+diferentes,
+que tem licenças diferentes. Eu estou muito confuso a respeito de quais
+restrições recaem sobre o meu programa. Vocês podem por favor me
+dizer que licença eu posso usar?
+ </A>
+
+  <LI><A HREF="#MereAggregation" NAME="TOCMereAggregation">
+              Qual é a diferença netre "mera agregação" e "combinar dois 
+programas
+em um programa"?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#AssignCopyright" NAME="TOCAssignCopyright">
+     Por que a FSF requer que quem contribua programas sobre os quais
+ela detem copyright ceda os direitos para a FSF? Se eu mantenho o copyright
+de um programa sob a GPL, eu não deveria manter desse também? Se sim, como?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLCommertially" NAME="TOCGPLCommertially">
+
+Se eu uso uma peça de software que tenha sido obtida sob a GNU GPL, eu posso
+modificar o código original do programa para um programa novo, e então 
+distribuir
+e vender o programa comercialmente?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#UseGCC" NAME="TOCUseGCC">
+           Eu uso a lingaugem de programação C ou C++ e compilo com o GCC. Eu 
+preciso
+disponibilizar o software qu eu escrevo na linguagem sob a mesma licença que
+o GCC?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLOtherThanSoftware" NAME="TOCGPLOtherThanSoftware">
+  Eu posso usar a GPL para algo que não seja software?
+  </A>
+
+  <LI><A HREF="#Consider" NAME="TOCConsider">
+ Considere esta situação:
+<UL>
+<LI>X disponibliza V1, um projeto sob a GPL.
+<LI>Y contribui para o desenvolvimento de V2 com mudanças
+e novo código baseado em V1.
+<LI>X quer mudar V2 para uma licença outra que a GPL.
+
+</UL>
+X precisa da permissão de Y?
+
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLInProprietarySystem"
+  NAME="TOCGPLInProprietarySystem">
+
+    Eu gostaria de incorporar software coberto pela GPL no meu
+ sistema proprietário. Eu posso fazer isso?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#MoneyGuzzlerInc" NAME="TOCMoneyGuzzlerInc">
+  Eu gostaria de modificar programas cobertos pela GPL e liga-los com as
+bibliotecas de compatibilidade da Come Grana S/A. Eu nao posso distribuir
+o código fonte dessas bibliotecas, então qualquer usuário que quisesse
+modificar essas versões teria que comprar essas bibliotecas. Por que
+a GPL não permite isso?</A>
+
+  <LI><A HREF="#DistributeWithSourceOnInternet"
+  NAME="TOCDistributeWithSourceOnInternet">
+
+       Eu quero distribuir os binários de um programa coberto pela GPL
+sem os arquivos fonte junto. Ao invés de enviar o código fonte
+posteriormente para usuarios que o pedirem, posso simplesmente
+colocar o código fonte em algum servidor na Internet?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#SourceAndBinaryOnDifferentSites"
+  NAME="TOCSourceAndBinaryOnDifferentSites">
+  Posso colocar os binários no meu servidor na Internet e colocar
+os fontes em um site diferente na Internet?
+ </A>
+
+  <LI><A HREF="#DistributeExtendedBinary"
+  NAME="TOCDistributeExtendedBinary">
+  Eu quero distribuir uma versao extendida de um programa coberto
+pela GPL na forma binária. É suficiente distribuir o
+código fonte da versão original?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#DistributingSourceIsInconvenient"
+  NAME="TOCDistributingSourceIsInconvenient">
+    Eu quero distribuir os binários, mas distribuir o código fonte completo
+é inconveniente. E se eu der aos usuários os diffs da versão corrente da
+FSF junto com os binários e sugerir que eles peguem o código fonte base
+da FSF?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#AnonFTPAndSendSources" NAME="TOCAnonFTPAndSendSource">
+   Eu quero disponibilzar arquivos binários por FTP anônimo, mas
+  apenas enviar os fontes para as pessoas que os encomendarem.
+ </A>
+
+  <LI><A HREF="#HowCanIMakeSureEachDownloadGetsSource"
+  NAME="TOCHowCanIMakeSureEachDownloadGetsSource">
+   Como eu posso me certificar de que cada usuário que baixa os binários
+  também baixa os fontes?</A>
+
+  <LI><A HREF="#WhySomeGPLAndNotLGPL" NAME="TOCWhySomeGPLAndNotLGPL">
+  Por que algumas bibliotecas da GNU são disponiblizadas sob a GPL
+  em vez da LGPL?</A>
+
+  <LI><A HREF="#WillYouMakeAnException"
+  NAME="TOCWillYouMakeAnException">
+   Usar um certo programa da GNU sob a GPL não se encaixa em nosso projeto
+de software proprietário. Vocês fariam uma exceção para nós? Isso
+traria mais usuários para aquele programa.</A>
+
+  <LI><A HREF="#VersionTwoOrLater" NAME="TOCVersionTwoOrLater">
+  Porque os programas devem dizer "Versão 2 da GPL ou
+   qualquer versão posterior"?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#WhyNotGPLForManuals" NAME="TOCWhyNotGPLForManuals">
+    Por que vocês não usam a GPL para manuais?
+ </A>
+
+  <LI><A HREF="#GPLTranslations" NAME="TOCGPLTranslations">
+   Há traduções da GPL para outras línguas?
+ </A>
+
+  <LI><A HREF="#InterpreterIncompat" NAME="TOCInterpreterIncompat">
+  Se o interpretador de uma linguagem de programação tem uma licença que
+seja incompatível com a GPL, posso rodar programas cobertos pela
+GPL nele?
+</A>
+
+  <LI><A HREF="#WhoHasThePower" NAME="TOCWhoHasThePower">Quem tem o poder de 
+fazer
+  valer a GPL?</A>
+
+  <LI><A HREF="#OOPLang" NAME="TOCOOPLANG">Em uma linguagem orientada a 
+objetos, tal como Java, se eu usar uma classe
+que é coberta pela GPL, sem modificações, e fizer uma subclasse da mesma,
+em que a GPL afeta o programa maior?</A>
+
+  <LI><A HREF="#PortProgramToGL" NAME="TOCPortProgramToGL">Se eu portar meu 
+programa para GNU/Linux, isso significa que eu tenho
+que disponibiliza-lo como Software Livre sob a GPL ou alguma outra
+licença de Software Livre?</A>
+
+  <LI><A HREF="#CompanyGPLCostsMoney" NAME="TOCCompanyGPLCostsMoney">
+  Eu acabei de encontrar uma empresa que tem uma cópia de um programa sob a 
+GPL,
+e custa dinheiro obte-lo. Eles não estão violando a GPL por não 
+disponibiliza-lo
+na Internet?</A>
+
+</UL>
+
+<P>
+<HR>
+<P>
+
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhatDoesGPLStandFor" NAME="WhatDoesGPLStandFor">O que 
+significa "GPL"?</A></h4>
+
+<dd>"GPL" significa "General Public License" (Licença Pública Geral). A mais 
+difundida dessas
+licenças é a GNU General Public License, ou GNU GPL para encurtar. Isso pode 
+ser encurtado
+mais ainda para "GPL", quando estiver entendido que a GNU GPL é a que se 
+pretende.
+
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDoesFreeSoftwareMeanUsingTheGPL" 
+NAME="DoesFreeSoftwareMeanUsingTheGPL">
+Software Livre significa usar a GPL?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Não -- há muitas outras licenças de software livre. Nós temos uma
+
+<A HREF="/licenses/license-list.pt-br.html"> lista incompleta
+</A>.  Qualquer licença que garanta ao usuário <A
+HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">algumas liberdades 
+específicas</A>
+é uma licença de software livre.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDoesAllGNUSoftwareUseTheGNUGPLAsItsLicense" 
+NAME="DoesAllGNUSoftwareUseTheGNUGPLAsItsLicense">
+Todo software GNU usa a GNU GPL como sua licença?</A></h4>
+
+
+<dd>
+
+A maior parte dos pacotes de software GNU usam a GNU GPL, mas há alguns
+poucos programas GNU (e partes de programas) que usam as licenças mais frouxas,
+tais como a Lesser GPL (GPL Menor). Quando fazemos isso, é por uma questão
+de <A HREF="/licenses/why-not-lgpl.html"> estratégia</A>.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDoesUsingTheGPLForAProgramMakeItGNUSoftware" 
+NAME="DoesUsingTheGPLForAProgramMakeItGNUSoftware">
+Usar a GPL para um programa faz dele software GNU?</A></h4>
+
+<dd>
+Qualquer pessoa pode publicar um programa sob a GNU GPL, mas isso não faz dele
+um pacote GNU.
+<p>
+Fazer do programa um software GNU significa contribuir explicitamente
+para o Projeto GNU. Isso acontece quando os desenvolvedores do programa
+e o Projeto GNU concordam em faze-lo. Se você estiver interessado em contribuir
+um programa para o Projeto GNU, por favor escreva para
+<A HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhyDoesTheGPLPermitUsersToPublishTheirModifiedVersions" 
+NAME="WhyDoesTheGPLPermitUsersToPublishTheirModifiedVersions">
+Por que a GPL permite que usuários publiquem suas versões modificadas?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Um aspecto crucial do software livre é que usuários são livres para cooperar.
+É absolutamente essencial permitir que usuários que queiram se ajudar
+mutuamente compartilhem seus concertos de bugs e melhoramentos com outros
+usuários.<p>
+
+Alguns propuseram alternativas para a GPL que requerem que versões
+modificadas passem pelo autor original. Durante o tempo em que o autor
+original seja capaz de dar conta das necessidades de manutenção, isso pode 
funcionar
+bem na prática, mas se o autor parar (mais ou menos) para fazer alguma
+outra coisa ou não atender à todas as necessidades dos usuários, esse
+sistema cai por terra. Além  dos problemas práticos, esse sistema não permite
+que usuários colaborem mutuamente.
+
+<p>
+Algumas vezes o controle sobre versões modificadas é proposto como uma
+forma de evitar confusão entre várias versões feitas por usuários. Na
+nossa experiência, essa confusão nã é um grande problema. Muitas versões
+do EMACS apareceram fora do Projeto GNU, mas os usuários podem diferencia-las.
+A GPL requer que o autor ou autora de uma versão ponha o seu nome nela, para 
+distingui-la
+de outras versões e proteger a reputação de outros mantenedores.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLRequireSourcePostedPublic"
+        NAME="GPLRequireSourcePostedPublic">
+A GPL requer que o código fonte de versões modificadas seja disponibilizado 
+para
+o público?</A></h4>
+
+<dd>
+A GPL não obriga você a distribuir sua versão modificada. Você é livre para
+fazer as suas modificações e utiliza-las de forma privada, sem nunca 
+disponibiliza-las.
+<p>
+
+Mas <em>se</em> você disponibilizar a versão modificada para o público
+de qualquer forma, a GPL requer que você torne o código fonte disponível para
+os usuários, sob os termos da GPL.
+<p>
+
+Portanto, a GPL dá permissão para se disponibilizar o programa modificado de 
+algumas
+formas, mas não de outras formas; mas a decisão disponibilizar ou não o 
+programa
+depende de você.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhatDoesWrittenOfferValid" 
+NAME="WhatDoesWrittenOfferValid">
+
+O que esta "oferta escrita válida para quaisquer terceiros" significa? Ela 
+implica
+  que qualquer pessoa no mundo pode ter o código fonte de qualquer programa 
+sob a GPL,
+  em quaisquer condições?
+     </A></h4>
+
+<dd>
+"Válida para quaisquer terceiros" significa que qualquer um que tenha
+a oferta tem o direito de cobra-la de você.
+<p>
+Se você distribuir binários comercialmente, sem estarem acompanhados do código 
+fonte,
+a GPL diz que você deve acrescentar uma oferta por escrito de distribuição 
+posterior
+do código fonte. Quando os usuários redistribuirem não comercialmente os 
+binários
+que receberam de você, eles devem passar adiante uma cópia dessa oferta por 
+escrito. Isso
+significa que pessoas que não obtiveram os binários diretamente de você ainda 
+podem
+receber cópias do código fonte, junto com a oferta por escrito.
+<p>
+A razão pela qual nós exigimos que essa oferta seja válida para quaisquer 
+terceiros
+é para que pessoas que tenham recebido os binários indiretamente dessa forma 
+possam
+obter o código fonte de você.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCIfIDistributeModifiedBinaries" 
+NAME="IfIDistributeModifiedBinaries"> If
+Se eu distribuir binários sem os fontes, posso prover o código fonte
+por FTP ao invés de pedidos pelo correio?
+</A></h4>
+
+<p>
+Você deve prover o código fonte num meio físico, se alguém o pedir. Isso
+implica em envia-lo pelo correio.
+
+<p>
+Você pode oferecer às pessoas uma forma de cópiar o código fonte correspondente
+por FTP, em adição à opção de pedido pelo correio. Acesso por FTP pode ser
+conveniente para usuários, ou pode não ser. Se o acesso por FTP for conveniente
+o suficiente, talvez ninguém opte por pedir uma cópia pelo correio, e você 
+nunca
+terá que enviar uma. Bom para você. Mas se alguém escolher pedir uma cópia do
+código fonte, voce precisa atender.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCTheGPLSaysModifiedVersions" 
+NAME="TheGPLSaysModifiedVersions">
+ A GPL diz que versões modificadas, se publicadas, devem ser "licenciadas ... 
+para
+  todos os terceiros." Quem são esses terceiros?
+</A></h4>
+
+<dd>
+A seção 2 diz que versões modificadas que você distribue devem ser licenciadas
+para todos os terceiros sob a GPL. "Todos os terceiros" significa 
+absolutamente todo
+mundo -- mas isso não requer que você *faça* alguma coisa fisicamente por 
+eles. Apenas
+significa que eles tem uma licença de você, sob a GPL, para a sua versão.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDoesTheGPLAllowMoney" NAME="DoesTheGPLAllowMoney">
+
+        A GPL permite que eu venda cópias do programa por algum valor?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Sim, a GPL permite que todo mundo faça isso. O
+ <A HREF="/philosophy/selling.html"> direito de vender cópias
+  </A> é parte da definição de software livre.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDoesTheGPLAllowPayFee" NAME="DoesTheGPLAllowPayFee">
+    A GPL me permite exigir que qualquer um que receba uma cópia do software
+  me pague uma taxa ou me notifique?
+</a></h4>
+
+<dd>
+Não. Na verdade, uma exigência dessas faria o programa ser não-livre. Se as 
+pessoas
+tiverem que pagar quando elas obtem uma cópia do programa, ou se elas tem que
+notificar qualquer pessoa em particular, então o programa é não livre.
+
+Veja a <A HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">
+definição de software livre</A>.
+<p>
+A GPL é uma licença de software livre, e portanto ela permite que
+as pessoas usem e até redistribuam o software sem ter que pagar a ninguém uma
+taxa por fazer isso.
+
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCIWantCredit" NAME="IWantCredit">
+
+ Eu quero ter crédito pelo meu trabalho. Eu quero que as pessoas saibam o que 
+eu escrevi.
+  Eu ainda posso ter crédito se eu usar a GPL?
+
+</A></h4>
+
+<dd>
+Certamente você tem os créditos pelo seu trabalho. Parte do processo de
+disponibilizar um programa sob a  GPL é escrever uma nota de copyright em seu
+nome (assumindo-se que você seja o dono do copyright). A GPL requer que todas
+as cópias tenham uma nota de copyright apropriada.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhyMustIInclude" NAME="WhyMustIInclude">
+Por que a GPL requer que se inclua uma cópia da GPL com todas as cópias do 
+programa?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Incluir uma cópia da licença com o trabalho é vital para que todos
+os que obtenham uma cópia do programa possam saber quais são seus
+direitos.
+<p>
+
+Poderia ser tentador incluir uma URL que aponte para a licença, no
+lugar da licença em si. Mas você não pode ter certeza de que a URL
+ ainda será válida em cinco ou dez anos. Vinte anos no futuro,
+ URLs como nós as conhecemos hoje podem nem sequer existir mais.
+<p>
+A única forma de ter certeza de as pessoas que têm cópias do programa
+continuarão a poder ver a licença, a despeito de todas as mudanças que
+possam ocorrer na rede, é incluir uma cópia da licença com o programa.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhatIfWorkIsShort" NAME="WhatIfWorkIsShort">
+E se o programa não for muito maior do que a licença em si?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Se um único programa for tão curto, você pode também usar uma
+licença mais simples, vale tudo, para ele, ao invés da GNU GPL.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLOmitPreamble"
+        NAME="GPLOmitPreamble">
+        Eu posso omitir o preâmbulo da GPL, ou as instruções sobre como usa-la 
+em
+  seus próprios programas, para economizar espaço?
+</A></h4>
+<dd>
+O preâmbulo e as instruções são parte integrante da GNU GPL e não podem
+ser omitidos. Por favor use toda a GPL. Na verdade, a GPL tem copyright, e sua
+própria licença permite apenas a cópia exata de toda a GPL.
+<p>
+O preâmbulo e as instruções adicionam cerca de 5000 caracteres, menos
+de 1/3 do tamanho total da GPL. Eles não serão uma parte substâncial do
+tamanho do pacote de software, a não ser que o pacote em si seja bem pequeno. 
+Neste caso,
+você pode usar uma licença simples, vale tudo, ao invés da GNU GPL.
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhatIsCompatible" NAME="WhatIsCompatible">
+O que significa dizer que duas licenças são compatíveis?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Para combinar dois programas (ou partes sustânciais dos mesmos), em um
+trabalho maior, você precisa ter permissão para usar os dois programas
+dessa forma. Se as licenças de ambos os programas permitir isso, então
+elas são compatíveis. Se não houver forma de satisfazer as duas licenças
+ao mesmo tempo, então elas não são compatíveis.
+<p>
+Para algumas licenças, a forma em que a combinação é feita pode
+afetar o fato de elas serem ou não compatíveis--por exemplo, elas
+podem permitir ligar dois módulos juntos, mas não permitir fundir
+seu código em um único módulo.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhatDoesCompatMean" NAME="WhatDoesCompatMean">
+O que significa dizer que uma licença é "compatível com a
+GPL"?</A></h4>
+
+<dd>
+Significa que a outra licença e a GNU GPL são compatíveis; você pode combinar
+código distribuido sob a outra licença com código distribuido sob a GNU GPL em
+um programa maior.
+
+<p>
+
+A GPL permite uma tal combinação, desde que ela seja disponibilizada sob a GNU 
+GPL.
+A outra licença é compatível com a GPL somente se ela permitir isso também.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWritingFSWithNFLibs" NAME="WritingFSWithNFLibs">
+Eu estou escrevendo software livre que usa bibliotecas não-livres. Que questões
+  legais surgem se eu usar a GPL?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Se as bibliotecas que você está usando se qualificarem nesta exceção
+prevista na GPL:
+<p>
+<pre>
+     Entretanto, como uma exceção especial, o código fonte distribuido
+     não precisa incluir nada que seja normalmente distribuido (quer na forma
+     binária como na forma de fonte) com os componentes comuns (compilador,
+     kernel, e assim por diante) do sistema operacional no qual o executável
+     roda, exceto se aquele componente acompanhar o executável no pacote.
+</pre>
+<p>
+Então, você não precisa fazer nada de espcial para usa-las. Em outras palavras,
+se as bibliotecas que você precisa vem como componentes importantes de um 
+sistema
+operacional proprietário, a GPL diz que você pode ligar seu programa a elas.
+<p>
+Se você quer ligar seu programa a uma biblioteca não coberta por essa exceção,
+você precisa adicionar sua própria exceção, separadamente da GPL. Esta nota de 
+copyright e
+nota de licença dá permição de ligação com a biblioteca FOO:
+
+
+<p>
+<pre>
+
+    Copyright (c) aaaa  &lt;nome do detentor do copyright&gt;
+
+    Este programa é software livre; você pode distribui-lo e/ou modifica-lo
+    sob os termos da GNU General Public License conforme publicada pela
+    Free Software Foundation; quer a versão 2 da Licença, ou (a seu critério)
+    qualquer versão posterior.
+
+    Este programa é distribuido com a esperança de que ele será útil,
+    mas SEM QUALQUER GARANTIA; nem mesmo a garantia implicita
+    de VENDABILIDADE ou de ADEQUAÇÃO PARA ALGUM PROPÓSITO PARTICULAR. Veja a
+    GNU General Public License para maiores detalhes.
+
+    Você deveria ter recebido uma cópia da GNU Genral Public License com este
+    prorama; se não, escreva para a Free Software Foundation INC., 59 Temple 
+    Race, Fifth Floor, Boston, MA 02110-1301 USA
+
+    Em adição, como uma exceção especial, &lt;nome do detentor do
+    copyright&gt; dá permissão de ligar o código deste programa com a
+    biblioteca FOO (ou com versões modificadas de FOO que usem a mesma
+    licença que FOO), e a distribuir combinações ligadas incluindo as
+    duas. Você precisa obedecer a GNU General Public License em todos
+    os aspetos para todo o código usado outro que FOO. Se você modificar
+    este arquivo, você pode extender esta exceção para a sua versão
+    do arquivo, mas você não é obrigado a faze-lo. Se você não desejar
+    faze-lo, apague este paragrafo da sua versão.
+</pre>
+
+<p>
+Apenas os detentores do copyright para o programa podem legalmente autorizar
+esta exceção. Se você escreveu o programa pessoalmente, então, assumindo que
+seu empregador ou sua escola não reclame o copyright, você é  o detentor
+do copyright -- então você pode autorizar a exceção. Mas se você quiser usar
+partes de outros programas cobertos pela GPL, escritos por outras pessoas,
+no seu código, você não pode autorizar a exceção por eles. Você tem que
+obter a aprovação dos detentores do copyright daqueles programas.
+<p>
+Quando outras pessoas modificam o programa, elas não tem que fazer
+a mesma exceção para o código delas -- é opção delas faze-lo.
+<p>
+Adicionar esta exceção elimina a questão legal, mas não faz nada
+quanto a questão mais séria que constitui o uso de uma biblioteca não
+livre: seu programa não será plenamente utilizável num ambiente livre.
+Se o seu programa depende de uma biblioteca não-livre para executar uma
+dada tarefa, ele não pode executar essa tarefa no Mundo Livre. Se ele
+depende de uma biblioteca não livre para rodar, ele não pode ser parte de um
+sistema operacional livre tal como o GNU; está inteiramente fora dos limites
+do Mundo Livre.
+<p>
+
+Então por favor considere: você pode achar um jeito de executar a tarefa
+sem usar essa biblioteca? Você pode escrever um substituto para essa 
+biblioteca?
+<p>
+
+Se o programa já estiver escrito usando a biblioteca não livre, talvez seja
+tarde demais para mudar a decisão. Você pode disponibilizar o programa como
+ele está, em vez de não disponibiliza-lo. Mas por favor mencione no README
+que a necessidade da biblioteca não-livre é uma falha, e sugira a tarefa de
+alterar o programa de forma que ele faça o mesmo trabalho sem a biblioteca
+não livre.
+
+<p>
+
+Por favor também nos conte (<A 
+HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>)
+sobre a biblioteca não livre e sobre que tarefa ela executa. Nos 
+encorajaremos as pessoas
+a desenvolver uma biblioteca livre para fazer a mesma tarefa.
+
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCHowIGetCopyright" NAME="HowIGetCopyright">
+Como eu obtenho um copyright do meu trabalho de forma que eu possa
+disponibiliza-lo sob a GPL?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Sob a convenção de Bern, todas as coisas escritas estão automaticamente sob
+copyright a partir do momento em que são postas em uma forma fixa. Então,
+você não tem que fazer nada para "obter" o copyright daquilo que você
+escreve -- desde que ninguém mais possa reclamar propriedade sobre o seu 
trabalho.
+<p>
+Entretanto, registrar o copyright nos Estados Unidos pode ser uma
+idéia muito boa. Isso dará a você mais força ao lidar com um infrator
+naquele país.
+<p>
+O caso em que alguém mais pode possivelmente vir a reclamar o seu copyright é
+se você é um empregado ou estudante; então o empregador ou a escola poderia
+dizer que você fez o trabalho para eles e que o copyright pertence a eles. Se 
+isso
+seria algo válido dependeria das circunstâncias, tais como as leis do lugar
+onde você vive, e do seu contrato de trabalho, e do tipo de trabalho que você 
+faz.
+É melhor consultar um advogado se houver a menor dúvida.
+
+<p>
+Se você acha que o empregador ou a escola poderiam ter a posse
+de seu trabalho, você pode resolver o problema às claras obtendo
+uma nota de dispensa do copyright assinada por um funcionio devidamente
+autorizado da sua escola ou companhia. (Seu chefe imediato ou um professor
+normalmente NÃO está autorizado a assinar tal nota).
+
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhatIfSchool" NAME="WhatIfSchool">
+ E se minha escola quiser transformar meu programa em um produto de
+  software proprietário seu?
+
+
+</A></h4>
+
+<dd>
+Muitas Universidades nos dias de hoje tentam levantar fundos pela
+restrição do uso da informação e do conhecimento que elas
+desenvolvem, se comportando na prática de forma pouco diferente
+de empresas comerciais. (Ver "The Kept University", Atlantic Monthly,
+Março de 2000, para uma discussão geral desse problema e seus efeitos).
+<p>
+
+Se você perceber qualquer chance de que sua escola possa se recusar
+a permitir que seu programa seja disponibilizado como software livre,
+o melhor a fazer é levantar a questão o quanto antes. Quanto mais próximo
+o programa estiver da funcionalidade, mais a administração poderá se sentir
+tentada a toma-lo de você e termina-lo sem você. Em um estágio anterior, você
+tem mais chances.
+
+<p>
+
+Então nós recomendamos que você se aproxime deles quando o programa
+estiver apenas pela metade, dizendo -- Se vocês concordarem em
+publicar isto como software livre,  então eu o terminarei. -- Não pense
+nisso como um blefe. Para prevalescer, você precisa ter a coragem de dizer
+--meu programa terá liberdade ou nunca nascerá.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCCouldYouHelpApplyGPL" NAME="CouldYouHelpApplyGPL">
+  Poderiam me dar instruções passo a passo de como aplicar a GPL em
+  meu próprio programa?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Veja a página de <A HREF="/licenses/gpl-howto.pt-br.html">
+instruções da GPL</A>.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCCouldYouHelpApplyGFDL"
+  NAME="CouldYouHelpApplyGFDL">
+
+  Poderiam me dar instruções passo a passo de como aplicar a GFDL
+  em um manual?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Veja o final da própria GFDL, e a página de <A
+HREF="http://www.gnu.org/copyleft/fdl-howto.html";> instruções da GFDL
+</A>.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCHeardOtherLicense" NAME="HeardOtherLicense">
+
+  Eu ouvi que alguém tem uma cópia de um programa, públicado sob a GPL, sob
+  uma outra licença. Isso é possível?
+</A></h4>
+
+<dd>
+A GNU GPL não dá aos usuários permissão para adicionarem outras licenças
+ao programa. Mas o detentor do copyright pode disponibilizar seu trabalho sob
+várias licenças em paralelo. Uma delas pode ser a GNU GPL.
+<p>
+A licença que vem na sua cópia, assumindo-se que ela tenha sido colcada
+pelo detentor do copyright, e que você tenha obtido a cópia de forma legitima, 
+é
+a que se aplica para a sua cópia.
+<p>
+                                    
+<dt><h4><A HREF="#TOCReleaseUnderGPLAndNF" NAME="ReleaseUnderGPLAndNF">
+Eu gostaria de publicar um programa que escrevi sob a GNU GPL, mas eu também
+gostaria de usar parte do código em programas não livres.
+</a></h4>
+
+<dd>
+Publicar um programa não-livre sempre é eticamente sujo, mas legalmente,
+não há obstáculo algum para que você faça isso. Se você é o detentor do 
+copyright
+do código, você pode disponibiliza-lo sob várias licenças diferentes, não 
+mutuamente
+exclusivas, em vários momentos.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDeveloperViolate" NAME="DeveloperViolate">
+O desenvolvedor de um programa coberto pela GPL está atado a GPL?
+As ações do desenvolvedor podem em algum momento constituir uma
+violação da GPL?
+</A>
+<dd>
+Falando estritamente, a GPL é uma licença do desenvolvedor para
+outros usarem, distribuirem e mudarem o programa. O desenvolvedor
+mesmo não está sujeito a ela, então não importa o que ele faça, não
+será uma "violação" da GPL.
+<p>
+Entretanto, se o desenvolvedor fizer algo que seria uma violação da GPL se
+feito por alguma outra pessoa, ele certamente vai perder qualquer moral
+na comunidade.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCCanDeveloperThirdParty"
+  NAME="CanDeveloperThirdParty">
+  O desenvolvedor de um programa que o distribuiu sob a GPL pode mais tarde
+  licencia-lo para outras pessoas para uso exclusivo?
+</a></h4>
+
+<dd>
+Não, porque o público já tem o direito de usar o programa sob a GPL,
+e esse direito não pode ser retirado.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCCanIUseGPLToolsForNF"
+  NAME="CanIUseGPLToolsForNF">
+
+  Posso usar editores de texto cobertos pela GPL para desenvolver programas
+  não livres? Posso usar ferramentas cobertas pela GPL para compila-los?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Sim, porque o copyright dos editores e das ferramentas não
+cobre o código que você escreve.
+<p>
+Alguns programas copiam parte deles mesmos na sua saída por razões técnicas
+--por exemplo, o Bison copia um programa padrão em seu arquivo de saída. Em 
+tais casos,
+o texto copiado na saída é coberto pela mesma licença que cobre esse trecho
+no código fonte. Ao mesmo tempo, a parte da saia que é derivada da entrada do 
+programa
+herda o status de copyright da entrada.
+<p>
+Como isso acontece, o Bison também pode ser usado para desenvolver programas
+não livres. Mas isso é porque decidimos explcitamente permitir o uso
+do programa padrão nos arquivos de sáida do Bison sem restrição. Nós tomamos 
+essa
+decisão por que outras ferramentas comparáveis ao Bison já permitiam o uso para
+programas não livres.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLFairUse" NAME="GPLFairUse">
+Eu tenho direitos de "usos justos" para usar o código fonte de algum
+programa coberto pela GPL?
+
+</A></h4>
+
+<dd>
+Sim, você pode. "Uso justo" é uso que é permitido sem nenhuma permissão
+especial. Uma vez que você não precisa da permissão do desenvolvedor para
+tal uso, você pode faze-lo a despeito de qualquer coisa que ele diga
+a respeito--na licença ou em qualquer outro lugar, seja a licença a GNU-GPL
+ou qualquer outra licença de software livre.
+<p>
+Observe, entretanto, que  não há nenhum princípio mundialmente válido sob o
+que constitui "uso justo"; que tipos de uso são considerados "justos" é algo
+ que varia de país para país.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLOutput" NAME="GPLOutput">
+Há alguma coisa que eu possa fazer para aplicar a GPL para a saída que as
+pessoas tenham do meu programa? Por exemplo, se meu programa é usado
+para desenvolver sistemas de hardware, eu posso exigir que esses designs
+sejam livres?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Em geral, isso é legalmente impossível; a  lei de copyright não lhe
+permite dizer nada sobre o uso da saída de seus dados usando o seu programa.
+Se o usuário usar o seu programa para entrar ou converter seus próprios dados,
+o copyright da saída e detido por ele, não por você. Mais amplamente, quando
+um programa traduz sua entrada em alguma outra forma, o status do copyright da 
+saída
+é herdado do copyright da entrada que a gerou.
+<p>
+Assim sendo, a única forma que você tem de dizer algo sobre a saída é
+se partes substanciais dessa saída sejam copiadas (mais ou menos) de texto
+no seu programa. Por exemplo, parte da saída do Bison (veja acima) poderia ser
+coberta pela GNU GPL, se nós não tivessemos feito uma exceção para esse
+caso específico.
+<p>
+Você poderia fazer artificialmente com que um programa copiasse algum texto em
+sua saída mesmo quando não houvesse razão para faze-lo. Mas se aquele texto 
+não servir
+para nenhum propósito prático, o usuário poderia simplesmente deleta-lo da 
+saída e
+usar apenas o resto. Então ele não teria que obedecer às condições de 
+redistribuição
+do texto copiado.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhatCaseIsOutputGPL" NAME="WhatCaseIsOutputGPL">
+Em que casos a saída de um programa GPL é coberta pela GPL também?
+
+</A></h4>
+
+<dd>
+Somente quando o programa copia parte dele mesmo na saída.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLModuleLicense" NAME="GPLModuleLicense">
+Se eu adicionar um módulo a um módulo coberto pela GPL, eu tenho
+que usar a GPL como licença para o meu módulo?
+
+</A></h4>
+
+<dd>
+
+A GPL diz que o programa todo tem que ser distribuido sob a GPL. Portanto,
+seu módulo tem que estar disponível sob a GPL.
+
+<p>
+Mas você pode dar permissão adicional para o uso do seu código. Você pode,
+se desejar, distirbuir seu programa sob uma licença que seja menos restrita,
+mas compatível com a GPL. A
+<A HREF="/licenses/license-list.pt-br.html"> página de listagem 
+de licenças
+</A> fornece uma lista parcial das licenças compatíveis com a GPL.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCIfLibraryIsGPL" NAME="IfLibraryIsGPL">
+Se uma biblioteca é disponibilizada sob a GPL (não a LGPL), isso
+significa que qualquer programa que a usa tem que estar sob a GPL?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Sim, porque o programa, como de fato ele é executado, inclui a biblioteca.
+<p>
+
+<dt><h4><a href="#TOCIfInterpreterIsGPL" name="IfInterpreterIsGPL">
+Se um interpretador de uma linguagem de progamação for publicado sob a GPL,
+isso significa que programas escritos para serem interpretados nele precisam
+estasr sob uma licença compatível com a GPL?
+</a></h4>
+
+<dd>
+Quando o interpretador somente interpreta uma linguagem, a resposta é não.
+O programa interpretado, para o interpretador, é apenas um conjunto de dados;
+uma licença de softare livre como a GPL, baseada na lei de copyright, não pode
+discriminar os dados nos quais você vai executar o interpretador. Você pode 
+rodar
+ele com quaisquer dados (programa interpretado), de qualquer forma que você 
+queria,
+e não há nenhuma necessidade de licenciar esses dados para quem quer que seja.
+<p>
+
+Entretando, quando o interpretador é extendido para providenciar
+"amarrações" (bindings) a outros recursos (frequentemente, mas não 
+necessariamente,
+bibliotecas), o programa interpretado passa a estar efetivamente ligado aos
+recursos que ele utiliza por meio dessas amarrações.Portanto, se esses
+recursos estão disponibilizados sob a GPL, o programa interpretado que
+os usa precisa ser disponiblizado de uma forma compatível com a GPL. A
+JNI, ou Java Native Interface (Interface Nativa do Java) é um exemplo de tais
+recursos; bibliotecas que são acessadas dessa forma são ligadas dinamicamente
+aos programas em Java que as chamam.
+<p>
+Um outro caso similar, muito comum, é prover bibliotecas, com o interpretador,
+que sejam elas mesmas interpretadas. Por exemplo, Perl vem com muitos
+módulos de Perl, e uma implementação de Java vem com muitas classes de Java.
+Essas bibliotecas e os programas que as chama sempre estão ligados
+dinamicamente.
+<p>
+A consequência é que se você optar por usar módulos Perl ou classes de Java
+sob a GPL em seu programa, você precisa disponibilizar o programa de alguma
+forma compatível com a GPL, qualquer que seja a licença usada no interpretador
+Perl ou Java em que o programa combinado vai rodar.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWindowsRuntimeAndGPL"
+  NAME="WindowsRuntimeAndGPL">
+  Eu estou escrevendo um aplicatico Windows com Microsoft Visual C++
+  (ou Visual Basic) e eu vou disponibliza-lo sob a GPL. É permitido ligar
+  dinamicamente meu programa com as bibliotecas de tempo de execução
+  do Visual C++ (ou do Visual Basic) sob a GPL?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Sim, porque essa biblioteca de tempo de execução normalmente acompanha o 
+compilador
+ou interpretador que você está usando.
+<p>
+
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCOrigBSD" NAME="OrigBSD">
+Por que a licença BSD original não é compatível com a GPL?
+</a></h4>
+
+<dd>
+Porque ela impõe uma exigência especifíca que não está na GPL;
+a saber, a exigência sobre propagandas do programa. A GPL diz:
+<p>
+<pre>
+    Você não pode impor quaisquer outras restrições ao exercício, pelo
+    usuário, dos direitos garantidos nesta licença.
+</pre>
+<p>
+A cláusula sobre propagandas provê apenas uma tal restrição, e portanto
+é incompatível com a GPL.
+<p>
+A licença BSD revisada não tem mais a cláusula sobre propaganda, o que
+elimina o problema.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLAndPlugins" NAME="GPLAndPlugins">
+Se um programa disponibilizado sob a GPL usa plug-ins, quais são as
+exigências para as licenças de um plug-in?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Isso depende de como o programa invoca seus plug-ins. Se o programa
+usa fork e exec para invocar os plug-ins, então eles são programas separados,
+portanto a licença do programa principal não faz exigências para eles.
+<p>
+Se o programa se liga dinâmicamente aos plugins, e eles fazem chamadas de 
+funções
+entre si, e dividem estruturas de dados, nós acreditamos que eles
+formem um único programa, de forma que plug-ins devem ser trados como
+extensões do programa principal. Isso significa que eles tem que ser
+disponibilizados sob a GPL, ou uma licença de software livre compatível
+com a GPL.
+<p>
+Se o programa se liga dinamicamente aos plug-ins, mas a comunicação entre
+eles se limita a invocação da função 'main' (principal) do plug-in,
+com alguns parâmetros e esperar ela retornar, este é um caso de fronteira.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLPluginsInNF" NAME="GPLPluginsInNF">
+Eu posso usar a GPL em um plug-in para um programa não livre?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Se o programa usa fork e exec para invocar plug-ins, então os
+plug-ins são programas separados, de forma que a licença do programa
+principal não exige nada deles. Nesses casos você pode usar a GPL para
+um plug-in, e não há nenhuma exigência especial.
+<p>
+Se o programa se liga dinamicamente a plug-ins, e eles fazem chamadas
+de funções entre si e dividem estruturas de dados, nós acreditamos que eles
+formam um único programa, portanto, plug-ins devem ser tratados como
+extensões do programa principal. Isso significa que ligar o plugin coberto
+pela GPL com o programa principal violaria a GPL. Entretando, você pode
+resolver esse problema legal adicionando uma exceção à licença do seu
+programa, que de a ele permissão para se ligar com o programa principal
+não-livre.
+<p>
+Para mais detalhes, veja a pergunta acima que começa com
+"Eu estou escrevendo software livre que usa uma biblioteca não livre".
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCLinkingWithGPL" NAME="LinkingWithGPL">
+Você tem um programa sob a GPL que eu gostaria de unir a código meu
+para desenvolver um programa proprietário. O fato de eu ligar o meu código
+ao seu programa significa que eu tenho que publicar meu programa sob
+a GPL?</A></h4>
+
+<dd>
+Sim.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCSwitchToLGPL" NAME="SwitchToLGPL">
+Se sim, há alguma chance de que eu possa obter seu programa sob a LGPL?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Você pode pedir, mas a maior parte dos autores vai se manter
+firme e dizer não. A idéia da GPL é que se você quiser incluir nosso
+código no seu programa, o seu programa também tem que ser software livre.
+A idéia é pressionar você para que você disponibilize seu programa
+de forma que ele seja parte de nossa comunidade.
+<p>
+Você sempre tem a  alternativa legal de não usar o nosso código.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCManyDifferentLicenses"
+  NAME="ManyDifferentLicenses">
+Eu escrevi um aplicativo que se liga com muitos componentes diferentes,
+que tem licenças diferentes. Eu estou muito confuso a respeito de quais
+restrições recaem sobre o meu programa. Vocês podem por favor me
+dizer que licença eu posso usar?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Para responder esta questão, nos teriamos que ver uma lista de cada componente
+que seu programa usa, a licença daquele componenente, e um sumário (umas poucas
+sentenças para cada um são o suficiente) descrevendo como sua biblioteca usa
+aquele componente. Dois exemplos seriam:
+<P>
+<UL>
+<LI>
+   Para fazer meu software funcionar, ele precisa estar ligado à biblioteca
+   FOO, que está disponível sob a licença GPL.
+
+<LI>Meu software faz uma chamada ao sistema (com uma linha de comando que
+eu construi) para executar o programa BAR, que está licenciado sob à GPL, com
+uma exceção especial permitindo que ele seja ligado com QUUX".
+</UL>
+<p>
+
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCMereAggregation" NAME="MereAggregation">
+Qual é a diferença netre "mera agregação" e "combinar dois programas
+em um programa"?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Mera agregação de dois programas significa coloca-los lado
+a lado no mesmo CD-ROM ou disco rígido. Nos usamos esse termo no caso
+de serem dois programas separados, não parte de um único programa. Neste caso,
+se um dos programas é coberto pela GPL, isso não tem efeito no outro programa.
+<p>
+Combinar dois módulos significa conecta-los de forma que eles agora formam
+um único programa maior. Se qualquer das partes for coberta pela GPL, toda
+a combinação também precisa ser disponibilizada sob a  GPL --se você não puder
+ou não quiser fazer isso, então você não pode combina-las.
+<p>
+Em que se constitue combinar duas partes de um programa? Está é uma questão
+legal, que em última instância, os juízes decidirão. Nós acreditamos que um
+critério apropriado dependeria do mecanismo de comunicação (exec, pipes,
+rpc, chamadas a funções em um endereço compartilhado, etc.) e da semântica
+da comunicação (quais tipos de informação são trocados).
+<p>
+Se os módulos são incluídos no mesmo arquivo executável, então eles estão
+definitivamente combinados em um único programa. Se os módulos são
+desenhados para rodarem ligados juntos num espaço de endereçamento 
+compartilhado,
+isso quase com certeza significa combina-los num único programa.
+<p>
+Em contraste, pipes, sockets e argumentos de linha de comando são
+mecanismos de comunicação normalmente utilizados entre programas separados. 
+Mas se
+a semântica das comunicações for íntima o suficiente, trocando complexas
+estruturas de dados internas, isso também seria base para considerar as duas
+partes combinadas num programa maior.
+<p>
+
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCAssignCopyright" NAME="AssignCopyright">
+Por que a FSF requer que quem contribua programas sobre os quais
+eles detem copyright ceda os direitos para eles? Se eu mantenho o copyright
+de um programa sob a GPL, eu não deveria manter desse também? Se sim, como?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Nossos advogados nos disseram que para estar na
+<A HREF="/licenses/why-assign.pt-br.html">melhor posição para fortalecer a GPL
+</A> contra violadores, nos tribunais, nós deveriamos manter a condição
+do copyright dos programas tão simples quanto possível. Nós fazemos isso
+pedindo a cada contribuidor que ou passe o copyright de seus programas para
+a FSF, ou dispense seu copyright sobre ele, colocando-o assim em domínio
+público.
+<p>
+Nós também pedimos a contribuidores individuais que consigam as notas de
+dispensa de copyright de seus empregadores (se há algum) de forma que nós
+possamos ter certeza de que aqueles empregadores não possam reclamar a posse
+dessas contribuições.
+<p>
+Claro que se todos os contribuidores colocarem seu código em domínio
+público, também não haverá copyright com o qual fortalecer a GPL. Então
+nós encorajamos as pessoas a atribuirem copyright a contribuições
+grandes de código, e a colocar apenas pequenas modificações no dominio público.
+<p>
+Se você quer fazer um esforço para fortalecer a GPL no seu programa,
+provavelmente é uma boa idéia para você seguir uma política similar. Por
+favor, contate <A HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+se você deseja mais informação.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLCommertially" NAME="GPLCommertially">
+Se eu uso uma peça de software que tenha sido obtida sob a GNU GPL, eu posso
+modificar o código original do programa para um programa novo, e então 
+distribuir
+e vender o programa comercialmente?</A></h4>
+
+<dd>
+Você tem permissão para vender cópias do programa modificado comercialmente, 
+mas
+apenas sob os termos da GNU GPL. Então, por exemplo, você precisa 
disponibilizar 
+seu
+código fonte a usuários do programa conforme descrito na GPL, e eles devem ter
+a permissão de redistribuir e modificar seu programa, como descrito na GPL.
+<p>
+Estes requisitos são a condição para incluir o código coberto pela GPL
+que você recebeu em seu próprio programa.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCUseGCC" NAME="UseGCC">
+Eu uso a lingaugem de programaçào C ou C++ e compilo com o GCC. Eu preciso
+disponibilizar o software que eu escrevo na linguagem sob a mesma licença que
+o GCC?</A></h4>
+
+<dd>
+O uso do GCC não impõe quaisquer restrições à licença do seu programa.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLOtherThanSoftware"
+NAME="GPLOtherThanSoftware">
+Eu posso usar a GPL para algo que não seja software?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Você pode aplicar a GPL à qualquer tipo de trabalho, tanto quanto seja
+claro o que constitue o "código fonte" do trabalho. A GPL define isso
+como sendo a forma preferida do trabalho para se fazer mudanças nele mesmo.
+<p>
+Entretanto, para manuais e livros texto, ou de forma mais geral para
+qualquer tipo de trabalho cujo objetivo seja ensinar um assunto, nós 
+recomendamos
+que se use a GFDL, ao invés da GPL.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCConsider" NAME="Consider">
+Considere esta situação:
+<UL>
+<LI>X disponibiliza V1, um projeto sob a GPL.
+<LI>Y contribui para o desenvolvimento de V2 com mudanças
+e novo código baseado em V1.
+<LI>X quer mudar V2 para uma licença outra que a GPL.
+
+</UL>
+X precisa da permissão de Y?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Sim. De Y foi exigido que ele disponibilizasse sua versão sob a GNU GPL,
+como uma consequencia de basear seu programa na versão V1 de X. Nada foi
+pedido a ele para concordar em disponibilizar seu código sob qualquer outra
+licença. Portanto, X tem que ter a permissão de Y antes de disponibilizar
+aquele código sob qualquer outra licença.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLInProprietarySystem"
+  NAME="GPLInProprietarySystem">
+ Eu gostaria de incorporar software coberto pela GPL no meu
+ sistema proprietário. Eu posso fazer isso?
+ </A></h4>
+
+<dd>
+Você não pode incorporar software coberto pela GPL em um sistema proprietário.
+O objetivo da GPL é garantir a todas as pessoas a liberdade de copiar,
+redistribuir, entender e modificar um programa. Se você pudesse incorporar
+software coberto pela GPL em um sistema não livre, isso teria o mesmo
+efeito que tornar o código GPL em não livre.
+
+<p>
+Um sistema que incorpore um porgrama coberto pela GPL é uma versão extendida 
+daquele programa.
+A GPL diz que qualquer versão extendida do programa precisa ser 
+disponibilizada sob a GPL,
+se ela for disponibilizada. Isso ocorre por duas razões: para se assegurar de 
+que os usuários
+que obtenham o software tenham a liberdade que eles devem ter, e encorajar as 
+pessoas
+a devolverem para a comunidade as melhorias que elas façam.
+
+<p>
+Entretanto, em qualquer caso você pode distribuir o software coberto pela
+GPL junto com o seu sistema proprietário. Para fazer isso de forma
+válida, você deve estar certo de que programas livres e não livres
+se comuniquem a uma distância segura, de forma que eles não estejam combinados
+de um jeito que faria deles efetivamente um único programa.
+<p>
+A diferença entre isso e "incorporar" o software coberto pela GPL
+é em parte uma questão de subtância e em parte de forma. A parte
+substantiva é: se dois programas estão combiandos de forma que eles se tornam
+efetivamente partes de um único programa, então você não os pode tratar
+como dois programas separados. Portanto a GPL tem que cobrir todo o conjunto.
+<p>
+Se os dois programas permanecem bem separados, como o compilador e o kernel,
+ou como um editor e uma shell, então você pode trata-los como dois programas
+separados--mas você tem que fazer isso da maneira correta. A questão é 
+simplesmente
+formal: como você descreve o que você está fazendo. Por que nos importamos com
+isso? Por que nós queremos assegurar que os usuários entendam perfeitamente
+a condição livre dos softwares cobertos pela GPL na coleção.
+<p>
+Se as pessoas fossem distribuir software coberto pela GPL chamando o
+mesmo de "parte" de um sistema que os usuários sabem que é em parte
+proprietário, eles poderiam ficar incertos quanto aos seus direitos
+no que diz respeito ao software da GNU. Mas se eles sabem que o que eles
+receberam é um programa livre, mais um outro programa, lado a lado, então
+seus direitos serão claros.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCMoneyGuzzlerInc" NAME="MoneyGuzzlerInc">
+Eu gostaria de modificar programas cobertos pela GPL e liga-los com as
+bibliotecas de compatibilidade da Come Grana S/A. Eu nao posso distribuir
+o código fonte dessas bibliotecas, então qualquer usuário que quisesse
+modificar essas versões teria que comprar essas bibliotecas. Por que
+a GPL não permite isso?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Há duas razões para isso.
+<p>
+Primeiro, uma mais geral. Se nós permitissemos que a companhia A
+fizesse um arquivo proprietário, e que a companhia B distribuisse
+software coberto pela GPL ligado àquele arquivo, o efeito seria um
+buraco grande o suficiente na GPL para passar com um caminhão. Isso seria
+carta branca para se manter o controle do código de todos os tipos de
+modificações  e extensões para código coberto pela GPL.
+<p>
+Dar acesso ao código fonte para todos os usuários é um de nossos
+objetivos principais, então essa consequencia é algo que nós queremos
+evitar.
+<p>
+De forma mais específica, as versões dos programas ligadas com as
+bibliotecas da Come Grana não seriam software livre como nós
+entendemos o termo -- elas não viriam com todo o código fonte
+que permite aos usuários mudar e recompilar o programa.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDistributeWithSourceOnInternet"
+  NAME="DistributeWithSourceOnInternet">
+Eu quero distribuir os binários de um programa coberto pela GPL
+sem os arquivos fonte junto. Ao invés de enviar o código fonte
+posteriormente para usuarios que o pedirem, posso simplesmente
+colocar o código fonte em algum servidor na Internet?
+</A></h4>
+
+<dd>
+É algo bom que você torne o códgo fonte de qualquer versão de
+software coberto pela GPL disponível por FTP anônimo, mas isso
+não é o suficiente para satisfazer a seção 3 da GPL.
+
+<p>
+Quando um usuário diz que ele quer o código fonte, você tem
+que se certificar de entregar o fonte para aquele usuário. Se algum
+usuário em particular pode pegar o fonte de você por FTP anônimo, tudo
+bem--o serviço está feito. Mas nem todo usuário está numa rede. Os demais
+usuários também tem todo o direito de obter o código fonte de você.
+ Portanto você tem que estar pronto para lhes enviar, num disco ou fita
+por correio normal.
+
+<p>
+Claro que é mais fácil simplesmente mandar o código fonte junto com
+o binário na distribuição.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCSourceAndBinaryOnDifferentSites"
+  NAME="SourceAndBinaryOnDifferentSites">
+Posso colocar os binários no meu servidor na Internet e colocar
+os fontes em um site diferente na Internet?
+</A></h4>
+
+<dd>
+A GPL diz que você tem que oferecer acesso para cópia do código fonte
+"do mesmo lugar"; isto é, próximo dos binários. Entretando se
+você arranjar com um outro site para manter o código fonte nesseçário
+disponível, e colocar um link ou referência cruzada ao código fonte
+jundo dos binários, nós achamos que isso se qualifica como
+"do mesmo lugar".
+
+<p>
+Note, entretanto, que não é suficiente encontrar um site que por acaso
+tem o código fotne disponível hoje, e dizer às pessoas para olharem lá.
+Amanhã aquele site pode ter apagado aquele código fonte, ou simplesmente
+o substituido comuma versão mais nova do mesmo programa. Então você não
+mais estaria de acordo com as exigências da GPL. Para fazer um esforço
+razoável para cumprir com as mesmas, você precisa fazer um acordo
+positivo com o outro site, e assim se assegurar de que o código fonte
+vai estar disponível lá por tanto tempo quanto você mantenha
+os binários disponíveis.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDistributeExtendedBinary"
+  NAME="DistributeExtendedBinary">
+Eu quero distribuir uma versao extendida de um programa coberto
+pela GPL na forma binária. É suficiente distribuir o
+código fonte da versão original?
+
+ </A></h4>
+
+<dd>
+Não, você deve suprir o código fonte que corresponde ao binário.
+Fonte correspondente significa o código fonte a partir do qual os
+usuários possam construir o mesmo binário.
+<p>
+Parte da idéia do software livre é que os usuários devem ter acesso
+ao código fonte dos *programas que eles usam*. Aqueles usando a sua versão
+devem ter acesso ao código fonte da sua versão.
+<p>
+Um grande objetivo da GPL é construir o Mundo Livre certificando-se
+de que melhoramentos a um porgrama livre sejam eles mesmos livres. Se
+você publica uma versão melhorada de um programa coberto pela GPL,
+você deve publicar tambem o código fonte melhorado sob a GPL.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCDistributingSourceIsInconvenient"
+  NAME="DistributingSourceIsInconvenient">
+Eu quero distribuir os binários, mas distribuir o código fonte completo
+é inconveniente. E se eu der aos usuários os diffs da versão corrente da
+FSF junto com os binários e sugerir que eles peguem o código fonte base
+da FSF?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Este é um pedido bem intencionado, mas esse método de prover os
+fontes não cumpre, em verdade, o seu papel.
+<p>
+Um usuário que queira o código fonte daqui a um ano pode não estar
+possibilitado de obter a versão apropriada da FSF então. Nós
+podemos ter uma versão mais nova, mas os mesmos diffs provavelmente não
+funcionarão com essa versão.
+
+<p>
+Portanto você precisa prover os fontes completos, não apenas os
+diffs, junto com os binários.
+
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCAnonFTPAndSendSource"
+  NAME="AnonFTPAndSendSources">
+  Eu quero disponibilzar arquivos binários por FTP anônimo, mas
+  apenas enviar os fontes para as pessoas que os encomendarem.
+</A></h4>
+
+<dd>
+A GPL insiste em que redistribuidores dos binários sem os fontes
+provenha uma oferta escrita de envio dos arquivos fonte, porque esta
+é a única forma de que podemos nos assegurar de que os usuários
+terão como obter os fontes.
+<p>
+Portanto, se você quer distribuir os binários por FTP anônimo,
+você tem que distribuir os fontes junto. Isso não deveria ser difícil Se
+você pode encontrar um site para distribuir o seu programa, você com
+certeza pode encontrar algum que tenha espaço para os fontes.
+<p>
+Os fontes que você prove precisam corresponder exatamente aos binários.
+Em particular, voce deve se certificar de que eles são da mesma
+versão do programa--não de uma versão mais antiga e não de uma
+versão mais nova.
+<p>
+Você pode deixar os fontes e os binários disponíveis em máquinas
+diferentes, desde que seja igualmente fácil acessar cada uma das duas,
+e desde que você tenha provido, junto aos binários, a informação sobre onde 
+achar os
+fontes.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCHowCanIMakeSureEachDownloadGetsSource"
+  NAME="HowCanIMakeSureEachDownloadGetsSource">
+  Como eu posso me certificar de que cada usuário que baixa os binários
+  também baixa os fontes?</A></h4>
+
+<dd>
+Você não tem que se certificar disso. Tanto quanto você mantenha
+os fontes e os binários disponíveis de forma que os usuários possam
+ver o que está disponível e pegar o que eles quiserem, você cumpriu
+com as suas obrigações. O usuário decide se ele baixa os fontes ou não.
+<p>
+Nossas exigências para redistribuidores tem a intenção de garantir
+que os usuários possam obter o código fonte, não de forçar os usuários
+a baixarem o código fonte mesmo que eles não queiram.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhySomeGPLAndNotLGPL"
+  NAME="WhySomeGPLAndNotLGPL">
+  Por que algumas bibliotecas da GNU são disponiblizadas sob a GPL
+  em vez da LGPL?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Fazer uso da Lesser GPL para qualquer biblioteca em particular
+constitue-se em uma retirada para o software livre. Significa que nós
+abandonamos parcialmente o papel de defender a liberdade dos usuários
+e algumas das exigências para compartilhar o que é construído em cima
+de software coberto pela GPL. Se considerarmos só isso,
+essas mudanças são para pior.
+<p>
+Algumas vezes uma retirada localizada é uma boa estratégia. Algumas vezes,
+usar a LGPL pode levar a um uso mais abrangente daquela biblioteca, e assim,
+mais melhoramentos para ela, maior suporte para o software livre, e assim
+por diante. Isso pode ser bom para o software livre se acontecer em grande
+extensão. Mas em que extensão isso vai acontecer? Nós podemos apenas especular.
+<p>
+Seria interessante tentar a LGPL em cada biblioteca por um tempo,
+ver se ajuda, e mudar de volta para a GPL se a LGPL não ajudou.
+Mas isso não é factível. Uma vez que nós tenhamos usado a LGPL para
+uma dada biblioteca, mudar de volta seria muito difícil.
+<p>
+Então nós decidimos que licença usar para cada biblioteca
+caso por caso. Há uma 
+<A HREF="/licenses/why-not-lgpl.html">
+explicação longa</A> de como nós julgamos a questão.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWillYouMakeAnException"
+  NAME="WillYouMakeAnException">
+Usar um certo programa da GNU sob a GPL não se encaixa em nosso projeto
+de software proprietário. Vocês fariam uma exceção para nós? Isso
+traria mais usuários para aquele programa.</A></h4>
+
+<dd>
+Desculpe, nós não fazemos tais exceções. Não seria certo.
+<p>
+Maximizar o número de usuários não é o nosso objetivo. Em vez disso,
+nós tentamos garantir liberdades cruciais a tantos usuários quanto
+possível. Em geral, projetos de software proprietário mais atrapalham
+do que ajudam a causa da liberdade.
+<p>
+Nós ocasionalmente fazemos exceções da licença para auxíliar um projeto
+que esteja produzindo software livre sob uma licença outra que a GPL.
+Entretanto, nós temos que ver uma boa razão do porque isso vai
+contribuir para a causa do software livre.
+
+<p>
+Algumas vezes nós também mudamos os termos de distribuição de um
+pacote, quando isso parece claramente ser a maneira certa de servir
+à causa do software livre, mas no somos muito cautelosos com isso,
+e você terá que nos dar razões bastante convincentes.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCVersionTwoOrLater" NAME="VersionTwoOrLater">
+Porque os programas devem dizer "Versão 2 da GPL ou qualquer versão posterior"?
+</A></h4>
+
+<dd>
+De tempos em tempos, em intervalos de anos, nós mudamos a GPL--algumas
+vezes para clarifica-la, outras vezes para permitir alguns tipos de
+uso nao permitidos previamente, e algumas vezes para aumentar mais
+alguma exigência. (A ultima modificação foi em 1991). O uso desse
+"ponteiro indireto" em cada programa torna possível que nós mudemos os termos 
+de
+distribuição em toda a coleção de software da GNU, quando nós atualizamos a 
+GPL.
+<p>
+Se cada programa não tivesse esse ponteiro indireto, nós seriamos
+forçados a discutir a mudança com numerosos detentores de copyright,
+o que seria virtualmente impossível. Na prática, as chances de houvessem
+termos uniformes para a distribuição de software da GNU seria nula.
+<p>
+Suponha que um programa diga "Versão 2 da GPL ou qualquer versão posterior"
+e uma nova versão da GPL seja publicada. Se a nova versão da GPL
+der alguma permissão adicional, aquela permissão estará disponível
+imediatamente para todos os usuários do programa. Mas se a nova
+versão da GPL tiver exigências maiores, elas não restringirão
+usuários da versão corrente do programa, por que ele ainda pode ser usado
+sob a versão 2 da GPL. Quando um programa diz  "Versão 2 da GPL ou qualquer
+ versão posterior", usuários sempre poderão usa-lo, e mesmo modifica-lo, de
+acordo com os termos da versão 2--mesmo depois que versões posteriores
+da GPL estiverem disponíveis.
+
+<p>
+
+Se uma exigência maior numa nova versão da GPL não precisa
+ser obedecida para software existente, como ela serve para alguma coisa?
+Uma vez que a versão 3 da GPL seja publicada, os desenvolvedores
+da maior parte dos programas cobertos pela GPL disponibilizarão
+versões subsequentes de seus programas especificando "Versão
+3 da GPL ou qualquer versão posterior". Então usuários terão que respeitar
+essas exigências maiores na versão 3 da GPL, para versões subsequentes do 
+programa.
+<p>
+Entretanto, os desenvolvedores não são obrigados a fazer isso; desenvolvedores 
+podem
+continuar permitindo o uso da versão prévia da GPL, se essa for a sua 
+preferência.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhyNotGPLForManuals" NAME="WhyNotGPLForManuals">
+Por que vocês não usam a GPL para manuais?
+</A></h4>
+
+<dd>
+É possível se usar a GPL para um manual, mas a GNU Free
+Documentation License (GFDL--Licença de Documentação Livre GNU)
+é muito melhor para manuais.
+<p>
+A GPL foi desenvolvida para progrmas; ela contém muitas cláusulas
+complexas que são importantes para programas, mas que são peso
+morto para um livro ou manual. Analogamente, a GFDL contém cláusulas
+que ajudam editores  de manuais livres a terem lucro com eles.
+<p>
+Nós permitimos alterações nos textos que cobrem assuntos técnicos,
+mas nós não permitimos alterações em sessões que coloquem nossa
+posição legal, política ou ética. Nós fazemos isso listando
+explicitamente as sessões que não podem ser alteradas. A GFDL faz
+provisões para essas "sessões invariantes"--a GPL não as permitiria.
+<p>
+É importante permitir modificações nas partes técnicas, porque
+as pessoas que alteram um programa deveriam alterar a documentação
+para que essa correspondesse às mudanças feitas. Nós não podemos exigir que 
+elas
+façam isso, mas se nós esperamos que elas o façam, é melhor que nós
+não fiquemos em seu caminho.
+<p>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCGPLTranslations" NAME="GPLTranslations">
+Há traduções da GPL para outras línguas?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Seria útil ter traduções da GPL em línguas que não o
+inglês. As pessoas até mesmo fizeram traduções e nos mandaram.
+Mas isso traz um risco tão grande que não ousamos aceita-lo.
+<p>
+Um documento legal é de alguma forma parecido com um programa. Traduzi-lo
+é como traduzir um programa de uma linguagem e sistema operacional
+para outra. Apenas um advogado com habilidade nas duas línguas poderia
+faze-lo--e mesmo assim há o risco de se introduzir um bug.
+<p>
+Se nós fossemos aprovar, oficialmente, uma tradução da GPL, nós
+poderiamos estar dando a todas as pessoas a permissão de fazer
+tudo o que a tradução diz que elas podem fazer. Se for uma tradução
+completamente fiel a original, tudo bem. Mas se houver um erro
+na tradução, o resultado poderia ser um desastre que nós não teriamos
+como consertar.
+<p>
+Se um programa tem um bug, nós podemos disponibilizar uma nova versão,
+e eventualmente a versão velha vai mais ou menos desaparecer. Mas
+uma vez que nós tenhamos dado a todo mundo a permissão para agir
+de acordo com alguma tradução particular, nós não temos nenhuma maneira
+de tirar essa permissão se nós descobrirmos, mais tarde, que ela tinha
+um bug.
+<p>
+Pessoas prestativas algumas vezes se oferecem para fazer
+a tradução por nós. Se o problema fosse encontrar alguém para fazer
+a tradução, isso o resolveria. Mas o problema real é o risco de erro,
+e se oferecer para fazer o trabalho não evita o risco. Nós não poderiamos
+em qualquer hipótese autorizar uma tradução feita por um
+não advogado.
+<p>
+Portanto, no tempo presente, nós não estamos aprovando
+traduções da GPL como globalmente válidas e funcionais. Ao invés disso nós
+estamos fazendo duas coisas:
+<p>
+<UL>
+<LI>Apontando traduções não oficiais para as pessoas.
+
+<p>
+Isso significa que nós permitimos que as pessoas escrevam traduções da GPL,
+mas nós não as aprovamos como legalmente válidas e funcionais.
+<p>
+Uma tradução não aprovada não tem força legal, e ela deve dizer isso
+explicitamente. Ela deve estar marcada assim:
+<p>
+<pre>
+    Esta tradução da GPL é informal, e não aprovada oficialmente pela
+    Free Software Foundation como válida. Para ter certeza do que é
+    permitido, refira-se à GPL original (em inglês).
+</pre>
+<p>
+Mas a tradução não aprovada pode servir como uma dica de como
+entender a GPL em inglês. Para muitos usuários, isso é o suficiente.
+<p>
+Entretanto, empresas usando software GNU em atividades comerciais, e pessoas
+fazendo distribuição pública por ftp, terão que checar
+a GPL real em inglês para verificar o que ela permite.
+<p>
+<LI>
+Publicando traduções válidas apenas em um país.
+<p>
+Nós estamos considerando a idéia de publicar traduções
+que sejam válidas oficialmente apenas para um país. Desta forma,
+se houver um erro, ele estará limitado àquele país, e o dano não
+será muito grande.
+<p>
+Mesmo isso ainda tomará conhecimentos e esforços consideráveis de
+algum advogado simpático e capaz para que tal tradução seja feita. Então
+nós não podemos prometer tais traduções para logo.
+<p>
+</UL>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCInterpreterIncompat" NAME="InterpreterIncompat">
+Se o interpretador de uma linguagem de programação tem uma licença que
+seja incompatível com a GPL, posso rodar programas cobertos pela
+GPL nele?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Quando o interpretador só interpreta uma linguagem, a resposta é sim.
+O programa iterpretado, para o interpretador, é apenas um conjunto de dados;
+a GPL não restringe as ferramentas com as quais você processa seus programas.
+<p>
+Entretanto, quando o interpretador é extendido para
+providenciar "amarrações" ("bindings") para outras facilidades
+(frequentemente, mas não necessariamente, bibliotecas), o
+programa itnerpretado está efetivametne ligado às facilidades que
+ele usa por meio dessas amarrações. O JNI, ou Java Native Interface é
+um exemplo de uma tal facilidade; bibliotecas que são acessadas dessa
+forma estão ligadas dinamicamente aos programas que as chamam.
+<p>
+Portanto, se essas facilidades estão disponibilizadas sob uma licença
+incompatível com a GPL a situação é como a de fazer uma ligação de qualquer
+outra maneira com uma biblioteca incompatível com a GPL. O que implica em que:
+
+<ol>
+  <li>
+  Se você está escrevendo código e disponibilizando-o sob a GPL,
+  você pode escrever uma exceção explicita dando permissão para
+  a ligação com essas facilidades não compatíveis com a GPL.
+<p>
+
+  <li>
+  Se você escreveu e disponibilizou o programa sob a GPL, e você o escreveu
+  especificamente para funcionar com essas facilidades, as pessoas
+  podem tomar isso como uma permissão implícita para que elas possam
+  liga-las a essas facilidades. Mas se isso é o que você pretende, é melhor
+  dize-lo explicitamente.
+  <p>
+
+  <li>
+  Você não pode tomar código coberto pela GPL escrito por alguma outra pessoa
+  e usa-lo dessa forma, ou adicionar tais exceções ao mesmo. Apenas
+  os detentores do copyright podem adicionar essa exceção.
+<p>
+</ol>
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCWhoHasThePower" NAME="WhoHasThePower">
+Quem tem o poder de fazer valer a GPL?</A></h4>
+
+<dd>
+Uma vez que a GPL é uma licença de copyright, os detentores de copyright
+do software são os que tem poder para fazer valer a GPL. Caso você veja
+uma violação da GPL, você deve informar os desenvolvedores do
+software GPL envolvido. Eles ou serão os detentores do copyright, ou estarão
+ligados aos detentores do copyright.
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCOOPLang" NAME="OOPLang">
+Em uma linguagem orientada a objetos, tal como Java, se eu usar uma classe
+que é coberta pela GPL, sem modificações, e fizer uma subclasse da mesma,
+em que a GPL afeta o programa maior?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Fazer uma subclasse é criar um trabalho derivado. Portanto, os termos
+da GPL afetam todo o programa em que você criou uma subclasse de
+uma classe sob a GPL.
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCPortProgramToGL" NAME="PortProgramToGL">
+Se eu portar meu programa para GNU/Linux, isso significa que eu tenho
+que disponibliza-lo como Software Livre sob a GPL ou alguma outra
+licença de Software Livre?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Em geral, a resposta é não--isso não é uma exigência legal. Em
+específico, a resposta depende de que bibliotecas você pretende usar
+e quais são as suas licenças. A maior parte das biblitecas do sistema
+ou usam a <A HREF="/copyleft/lesser.html">GNU LGPL</A>,
+ou usam a GNU GPL mais uma exceção permitindo que a biblioteca seja ligada
+com qualquer coisa. Essas bibliotecas podem ser usadas em programas não livres;
+mas no caso da LGPL, há algumas exigências que você deve respeitar.
+
+<p>
+
+Algumas bibliotecas estão disponibilizadas somente sob a GNU GPL; você precisa
+usar uma licença compatível com a GNU GPL para usar essas bibliotecas. Mas 
+essas
+normalmente são as bibliotecas mais especializadas, e você não terá qualquer 
+coisa
+muito parecida com elas em alguma outra plataforma, portanto, provavelmente 
+você não
+quererá fazer uso dessas bibliotecas para simplesmente portar o seu software.
+<p>
+Claro, seu software não é uma contribuição para nossa comunidade se ele
+não for livre, e pessoas que valorizam sua liberdade vão se recusar a usa-lo.
+O resultado é que isso funciona como uma indução as pessoas para que elas
+abandonem sua liberdade, e só será útil para aquelas que o tiverem feito. Se
+você espera algum dia olhar sua carreira retrospectivamente e sentir
+que seu trabalho foi mais que só um jeito de você conseguir dinheiro,
+isso é um chamado para tornar o seu software livre.
+
+
+
+
+<dt><h4><A HREF="#TOCCompanyGPLCostsMoney" NAME="CompanyGPLCostsMoney">
+Eu acabei de encontrar uma empresa que tem uma cópia de um programa sob a GPL,
+e custa dinheiro obte-lo. Eles não estão violando a GPL por não
+ disponibiliza-lo na Internet?
+</A></h4>
+
+<dd>
+Não. A GPL não exige que ninguém use a Internet para distribuição. Ela
+também não exige de ninguém em particular redistribua o programa. E
+(exceto em um caso especial), mesmo que alguem decida
+redistribuir o programa algumas vezes, a GPL não diz que ele
+tem que distribuir uma cópia para você em particular, ou qualquer outra
+pessoa em particular.
+<p>
+O que a GPL exige é que ele precisa ter a liberdade de distribuir uma
+cópia para você <em>se ele desejar faze-lo</em>.
+
+<HR>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/copyleft/gpl-faq.html">Inglês</A>
+  <A HREF="/copyleft/gpl-faq.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<HR>
+
+<P>
+Retorna à
+<A HREF="/home.pt-br. html">página inicial do GNU</A>.
+<P>
+
+Por favor envie questões sobre a FSF &amp; GNU
+para <A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Também há <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios</A> de contatar 
a FSF.
+<P>
+
+Por favor envie comentários sobre essas páginas para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright (C) 2001 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+<P>
+A cópia e a distribuição sem alterações deste artigo inteiro
+é permitida em qualquer meio, desde que esta nota seja mantida.
+<P>
+Traduzido por:
+João S. O. Bueno <A href="address@hidden">&lt;address@hidden&gt;</a>
+<P>
+Revisado por:
+Fernando Lozano <A href="address@hidden">&lt;address@hidden&gt;</a>
+<P>
+Atualizado:
+<!-- timestamp start -->
+$Date: 2008/03/20 13:56:16 $ $Author: yavor $
+<!-- timestamp end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>
+

Index: links/links.pt-br.html
===================================================================
RCS file: links/links.pt-br.html
diff -N links/links.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ links/links.pt-br.html      20 Mar 2008 13:56:21 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,696 @@
+<!DOCTYPE HTML PUBLIC "-//W3C//DTD HTML 4.0 Transitional//PT">
+
+<HTML>
+
+<HEAD>
+
+<TITLE>Links para outros sites de Software Livre - O Projeto GNU e a 
Funda&ccedil;&atilde;o para o Software Livre (FSF)</TITLE>
+
+<LINK href="mailto:address@hidden"; rev=made>
+
+</HEAD>
+
+<BODY aLink=#ff0000 bgColor=#ffffff link=#1f00ff text=#000000 vLink=#9900dd>
+
+<H3>Links para outros sites de Software Livre</H3>
+
+<P>
+
+<A href="/graphics/agnuhead.html"><IMG alt=" [imagem da cabeça de um GNU] "
+
+height=122 src="/graphics/gnu-head-sm.jpg" width=129></A>
+
+
+
+[
+
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+
+  <A href="/links/links.ca.html">Catal&atilde;o</A>
+
+| <A href="/links/links.html">Ingl&ecirc;s</A>
+
+| <A href="/links/links.fr.html">Franc&ecirc;s</A>
+
+| <A href="/links/links.pt-br.html">portugu&ecirc;s do Brasil</A>
+
+]
+
+<P>
+
+
+
+Para ajudar a disseminar software livre que n&atilde;o seja <A
+
+href="/software/software.html#TOCDescriptionsOfGNUSoftware">software
+
+GNU distribuido pela FSF</A>, n&oacute;s coletamos os seguintes links para 
outros sites
+
+que cont&eacute;m software livre, ou diretamente relacionado com as
+
+publica&ccedil;&otilde;es
+
+do software livre. 
+
+<P>
+
+<EM>
+
+A FSF n&atilde;o &eacute; respons&aacute;vel pelo
+
+conte&uacute;do de outros web sites e nem
+
+de suas atualiza&ccedil;&otilde;es.
+
+</EM>
+
+
+
+<P>
+
+
+
+<HR>
+
+
+
+<P>
+
+<H4>Conte&uacute;do</H4>
+
+<UL>
+
+  <LI><A href="/links/links.pt-br.html#Ports"
+
+name=TOCPorts>Interfaces de desenvolvimento do 
+
+  GNU software</A> 
+
+  <LI><A href="/links/links.pt-br.html#CollectionsofFreeSoftware"
+
+  name=TOCCollectionsofFreeSoftware>Cole&ccedil;&otilde;es de software livre 
</A> 
+
+  <LI><A href="/links/links.pt-br.html#OtherFreeSoftware"
+
+  name=TOCOtherFreeSoftware>Outros softwares livres </A> 
+
+  <LI><A href="/links/links.pt-br.html#FreeSoftwareDocumentation"
+
+  name=TOCFreeSoftwareDocumentation>Documenta&ccedil;&atilde;o de software 
livres</A> 
+
+  <LI><A href="/links/links.pt-br.html#UnofficialGNUSites"
+
+  name=TOCUnofficialGNUSites>Sites n&atilde;o oficiais sobre o GNU</A> 
+
+  <LI><A href="/links/links.pt-br.html#FreeSoftwareOrganizations"
+
+  name=TOCFreeSoftwareOrganizations>Organiza&ccedil;&otilde;es
+
+relacionadas com o software
+
+livre</A> 
+
+  <LI><A href="/links/links.pt-br.html#FreeSoftwareCompanies"
+
+  name=TOCFreeSoftwareCompanies>Companhias que d&atilde;o suporte ao 
desenvolvimento de
+
+software livre, e desenvolvem exclusivamente software livre</A> 
+
+  <LI><A href="/links/links.pt-br.html#FreedomOrganizations"
+
+  name=TOCFreedomOrganizations>Organiza&ccedil;&otilde;es que trabalham para a 
liberdade 
+
+no desenvolvimento da computa&ccedil;&atilde;o e comunica&ccedil;&atilde;o
+
+eletr&ocirc;nica</A>
+
+</UL>
+
+
+
+<P>
+
+
+
+<HR>
+
+
+
+<P>
+
+<H4><A href="/links/links.pt-br.html#TOCPorts" name=Ports>
+
+Interfaces de desenvolvimento do GNU software</A></H4>
+
+<P>
+
+<UL>
+
+  <LI><A href="http://www.gnusoftware.com/";>Software GNU para Windows </A>
+
+  <LI><A href="ftp://ftp.cdrom.com/pub/os2/unix";>Programas GNU para
+
+OS/2</A> 
+
+  <LI><A href="http://vms.gnu.org/";>GNUish VMS</A> 
+
+  <LI><A href="http://www.geekgadgets.org/";>Programas GNU para a Amiga e 
+
+  BeOS</A> 
+
+  <LI><A href="ftp://atari.archive.umich.edu/atari/Gnustuff";>Programas GNU
+
+para o Atari</A> 
+
+  <LI><A href="http://www.mygale.org/05/poulainl/gcc4ms_us.htm";>GCC para 
+
+  sistemas operacionais da Microsoft </A> 
+
+  <LI><A href="http://www.x86-64.org/"; name=x86-64>GNU/Linux para AMD com
+
+a nova arquitetura x86-64.</A>
+
+</UL>
+
+
+
+<P>
+
+
+
+<H4><A href="/links/links.pt-br.html#TOCCollectionsofFreeSoftware"
+
+name=CollectionsofFreeSoftware>Cole&ccedil;&atilde;o de
+
+software livre</A>
+
+</H4>
+
+
+
+<P>
+
+<UL>
+
+  <LI><A href="http://www.delorie.com/";>Site da DJ Delorie</A>. 
+
+  <LI><A href="http://www.debian.org/";>Debian GNU/Linux</A> 
+
+  <LI><A href="http://www.mibsoftware.com/reuse/";>Reuse RKT</A> &eacute; 
+
+um &iacute;ndice de softwares livres. 
+
+  <LI><A href="http://www.freedos.org/";>Projeto FreeDOS</A> (Uma
+
+vers&atilde;o gratuita do DOS) 
+
+  <LI><A href="http://www.uninetsolutions.com/free.html";>Scripts
+
+gr&aacute;tis de Perl da Uninet</A>
+
+</UL>
+
+
+
+<H4><A href="/links/links.pt-br.html#TOCOtherFreeSoftware"
+
+name=OtherFreeSoftware>Outros softwares livres</A>
+
+</H4>
+
+
+
+<P>
+
+<UL>
+
+  <LI><A href="http://www.icot.or.jp/";>ICOT Software Livre</A> 
+
+  <LI><A href="http://www.freebsd.org/";>FreeBSD</A> 
+
+  <LI><A href="http://www.reactos.com/";>ReactOS</A>, um substituto
+
+gratuito para o Windows NT (n&atilde;o est&aacute; pronto ainda) 
+
+  <LI><A href="http://www.netbsd.org/";>NetBSD</A> 
+
+  <LI><A href="http://www.openbsd.org/";>OpenBSD</A>
+
+</UL>
+
+
+
+<H4><A href="/links/links.pt-br.html#TOCFreeSoftwareDocumentation"
+
+name=FreeSoftwareDocumentation>Documenta&ccedil;&atilde;o de software
+
+livre</A>
+
+</H4>
+
+
+
+Note que a documenta&ccedil;&atilde;o desses sites pode
+
+ser mais velha do que a <A 
+
+href="/doc/doc.pt-br.html">documenta&ccedil;&atilde;o</A>
+
+distribuida pela FSF. 
+
+
+
+<P>
+
+<UL>
+
+  <LI><A href="/software/gnujdoc/gnujdoc.html">GNUjdoc</A>
+
+  &eacute; o arquivo central das tradu&ccedil;&otilde;es japonesas da
+
+documenta&ccedil;&atilde;o do GNU. 
+
+  <LI><A
+
+href="http://didaktik.physik.uni-essen.de/~gnu-pascal/gpc-doc.html";>Manual 
+
+GNU  Pascal </A> 
+
+  <LI><A href="http://www.delorie.com/gnu/docs/";>Manuais GNU no
+
+delorie.com</A> 
+
+  <LI><A href="http://www.cl.cam.ac.uk/texinfodoc/dir.html";>Manuais GNU no 
+
+cl.cam.ac.uk</A> 
+
+  <LI><A href="http://www.cslab.vt.edu/manuals/";>Uma cole&ccedil;&atilde;o
+
+de
+
+manuais de usu&aacute;rios para pacotes de softwares populares </A>
+
+(CSUWEB) 
+
+  <LI><A
+
+href="ftp://phi.sinica.edu.tw/pub/aspac/gnu/";>Vers&otilde;es em postscript
+
+dos manuais GNU </A> 
+
+  <LI><A href="http://www.mibsoftware.com/reuse/";>Reuse RKT</A> possue links 
para FAQs, padr&otilde;es e referencias.
+
+</UL>
+
+
+
+<H4><A href="/links/links.pt-br.html#TOCUnofficialGNUSites"
+
+name=UnofficialGNUSites>Sites n&atilde;o oficiais sobre o GNU</A>
+
+</H4>
+
+
+
+<P>
+
+<UL>
+
+  <LI><A href="http://www.cs.pdx.edu/~trent/gnu";>Trent's pages</A> <!--  
&lt;LI&gt;&lt;A HREF="http://csrl.ge.aoyama.ac.jp"&gt;Computer
+
+       Science Research Lab, Aoyama Gakuin University, Japan&lt;/A&gt;
+
+       (in Japanese and English)
+
+ --><!--  &lt;LI&gt;&lt;A HREF="http://www.ics.es.osaka-u.ac.jp/"&gt;Osaka
+
+       University, Japan&lt;/A&gt; (in Japanese)
+
+ -->
+
+  <LI><A href="http://www.gnu.cz/";>P&aacute;gina GNU em tcheco </A>
+
+</UL>
+
+
+
+<H4><A href="/links/links.pt-br.html#TOCFreeSoftwareOrganizations"
+
+name=FreeSoftwareOrganizations>Organiza&ccedil;&otilde;es relacionadas com
+
+o software livre</A>
+
+</H4>
+
+
+
+<P>
+
+<UL>
+
+  <LI><A
+
+href="http://swpat.ffii.org/vreji/pikta/index.en.html";>Galeria
+
+europ&eacute;ia de horror dos softwares patenteados</A> 
+
+  <LI><A href="http://swpat.ffii.org/";>FFII: Protegendo
+
+inova&ccedil;&otilde;es da informa&ccedil;&atilde;o contra o abuso do
+
+sistema de patentes</A> 
+
+  <LI><A href="http://www.mutopiaproject.org/";>Mutopia</A> coleta, 
+
+  distribui&ccedil;&atilde;o e informa&ccedil;&atilde;o de
+
+m&uacute;sica 
+
+gratuita. 
+
+  <LI><A
+
+href="http://www.publiclibraryofscience.org/";>Livr&aacute;ria P&uacute;blica da
+
+Ci&ecirc;ncia</A> organiza suporte para livr&aacute;rias
+
+p&uacute;blicas de ci&ecirc;ncia online. 
+
+  <LI><A href="http://www.opencores.org/";>OpenCores.Org</A> &eacute; um
+
+reposit&oacute;rio de c&oacute;digo aberto, blocos gr&aacute;tis de IP
+
+sintetizado e placas suplement&aacute;rias prototipadas . 
+
+  <LI><A href="http://www.vhdl.org/fmf";>Modelo gr&aacute;tis de
+
+fundi&ccedil;&atilde;o</A> - para engenheiros el&eacute;tricos,
+
+modelos gratuitos de simula&ccedil;&otilde;es de componentes
+
+digitais. 
+
+  <LI><A href="http://www.crynwr.com/cgi-bin/ezmlm-cgi/0/";>Arquivos</A> da
+
+lista de discuss&atilde;o da Free Software Business  
+
+  <LI><A href="http://www.freesoft.cz/";>Funda&ccedil;&atilde;o do
+
+software livre da Tchecoslov&aacute;quia</A> 
+
+  <LI><A href="http://www.ffii.org/";>Associa&ccedil;&atilde;o por uma 
+
+Infra-Estrutura de Informa&ccedil;&atilde;o gratuita (FFII)</A> 
+
+  <LI><A href="http://www.my-opensource.org/";>Organiza&ccedil;&atilde;o 
Software de
+
+C&oacute;digo Aberto da M&aacute;lasia </A> <!-- <LI><A
+
+HREF="http://www.seul.org/edu/";>SEUL-EDU</A>  The educational interest section 
of       the Simple End User Linux site.
+
+    Removed because they promote non-free software --><!--  <LI><A 
HREF="http://linux.cos.ufrj.br";>Brazilian Linux Club</A>
+
+     Removed because link was dead, 2000 Dec 13, paulv
+
+     -->
+
+  <LI><A href="http://www.opencode.org/";>OpenCode</A> 
+
+  <LI><A href="http://www.opensource.org/";>Iniciativa C&oacute;digo Aberto 
</A> 
+
+  <LI><A href="http://freegis.org/";>Projeto FreeGIS </A> 
+
+  <LI><A href="http://www.iro.umontreal.ca/contrib/po/HTML";>Projeto de
+
+tradu&ccedil;&atilde;o</A> 
+
+  <LI><A href="http://www.ofset.org/"; name=OFSET>OFSET</A> - 
Organiza&ccedil;&atilde;o 
+
+  para software livre na educa&ccedil;&atilde;o e no ensino. 
+
+  <LI><A href="http://sekt7.org/openroot/";>Openroot</A>
+
+</UL>
+
+
+
+<H4><A href="/links/links.pt-br.html#TOCFreeSoftwareCompanies"
+
+name=FreeSoftwareCompanies>Companhias que d&atilde;o suporte ao 
desenvolvimento de software
+
+livre, e desenvolvem exclusivamente software livre.</A>
+
+</H4>
+
+
+
+<P>
+
+<UL>
+
+  <LI><A href="http://www.gnat.com/";>Ada Core Technologies</A> 
+
+  <LI><A href="http://www.cendio.com/";>Cendio Systems AB</A> 
+
+  <LI><A href="http://www.sra.co.jp/public/sra/product/wingnut/";>Wingnut 
+
+  Project</A> (em japon&ecirc;s) 
+
+  <LI><A href="http://www.prosa.it/";>PROSA</A> (parte est&aacute; em italiano) 
+
+  <LI><A href="http://copyleft.net/";>Copyleft</A> 
+
+  <LI><A href="http://209.235.14.148/";>Cool Screen</A> 
+
+  <LI><A href="http://www.intevation.de/";>Intevation GmbH</A>
+
+</UL>
+
+
+
+<H4><A href="/links/links.pt-br.html#TOCFreedomOrganizations"
+
+name=FreedomOrganizations>Organiza&ccedil;&otilde;es que trabalham para a 
liberdade no
+
+desenvolvimento da computa&ccedil;&atilde;o e comunica&ccedil;&atilde;o 
eletr&ocirc;nica</A>
+
+</H4>
+
+
+
+<P>
+
+<UL>
+
+  <LI><A href="http://lpf.ai.mit.edu/";>A liga para a liberdade de
+
+programa&ccedil;&atilde;o</A> 
+
+  <P>A liga para a liberdade de programa&ccedil;&atilde;o &eacute; uma
+
+organiza&ccedil;&atilde;o que se op&otilde;e as patentes de software e o uso 
de interfaces
+
+registradas. 
+
+  <P></P>
+
+  <LI><A href="http://www.freeprotocols.org/";>Funda&ccedil;&atilde;o do 
Protocolo Livre</A> 
+
+  <P>A Funda&ccedil;&atilde;o do Protocolo Livre (FPF) &eacute; um f&oacute;rum
+
+p&uacute;blico 
+
+independente, dedicado ao suporte de protocolos livres de patentes. 
+
+  <P></P>
+
+  <LI><A href="http://eff.org/";>Funda&ccedil;&atilde;o Fronteira
+
+Eletr&ocirc;nica</A>(EFF) 
+
+  <P>EFF, a Funda&ccedil;&atilde;o Fronteira Eletr&ocirc;nica, &eacute; uma
+
+organiza&ccedil;&atilde;o n&atilde;o lucrativa e nem partid&aacute;ria que 
trabalha no
+
+interesse p&uacute;blico de proteger as liberdades civis fundamentais, 
incluindo privacidade
+
+e liberdade de express&atilde;o, na arena dos computadores e da internet. 
+
+  <P></P>
+
+  <LI><A href="http://epic.org/";>Centro de Informa&ccedil;&atilde;o de 
Privacidade 
+
+Eletr&ocirc;nica</A> (EPIC) 
+
+  <P>EPIC &eacute; um centro de pesquisa de interesse p&uacute;blico de 
Washington, D.C.
+
+Ele foi criado em 1994 para focalizar a aten&ccedil;&atilde;o p&uacute;blica 
nos ermegentes
+
+casos
+
+de liberdade civil e para proteger a privacidade, a Primeira Emenda, e os 
valores
+
+constitucionais. 
+
+
+
+  <P></P>
+
+  <LI><A href="http://www.cpsr.org/";>Profissionais da Computa&ccedil;&atilde;o 
pela
+
+Responsabilidade Social </A>(CPSR) 
+
+  <P>CPSR &eacute; uma alian&ccedil;a de interesse p&uacute;blico de 
cientistas da
+
+computa&ccedil;&atilde;o e outros preocupados com o impacto da tecnologia dos 
computadores
+
+na sociedade. N&oacute;s trabalhamos para influenciar decis&otilde;es, 
respeitando o 
+
+desenvolvimento e o uso dos computadores, porqu&ecirc; essas decis&otilde;es 
tem grandes 
+
+consequ&ecirc;ncias e reflete nossos valores b&aacute;sicos e  prioridades. 
+
+  <P></P>
+
+
+
+  <LI><A href="http://www.aclu.org/";>Uni&atilde;o Americana de Liberdades 
Civis</A> 
+
+  <P>A Uni&atilde;o  Americana de Liberdades Civis &eacute; o principal 
defensor dos
+
+direitos individuais dos EUA -- processando, legislando, e educando o 
p&uacute;blico na
+
+longa fila de casos que afetam a liberdade individual nos Estado Unidos. 
+
+  <P></P>
+
+
+
+  <LI><A href="http://www.gilc.org/";>Campanha Global  de Liberdade na 
Internet</A>(GILC) 
+
+  <P>A GILC compreende membros da Uni&atilde;o Americana de Liberdades Civis, 
o Centro de
+
+Informa&ccedil;&atilde;o de Privacidade Eletr&ocirc;nica, a Vig&iacute;lia dos 
Direitos
+
+Humanos, a Sociedade da Internet, Privacidade Internacional, a 
Associa&ccedil;&atilde;o dos
+
+Usu&aacute;rios da Internet, e outros grupos de direitos humanos e liberdades 
civis. Eles
+
+defendem a proibi&ccedil;&atilde;o da censura dos meios de 
comunica&ccedil;&atilde;o on-line
+
+, e insistem que a livre express&atilde;o on-line n&atilde;o deve ser restrita 
por meios
+
+indiretos como a excessiva restri&ccedil;&atilde;o governamental ou controles 
privados sobre
+
+o hardware ou software dos computadores, infra-estrutura das 
telecomunica&ccedil;&otilde;es,
+
+ou outros componentes essenciais da Internet. 
+
+  <P></P>
+
+
+
+  <LI><A href="http://www.freedevelopers.net/";>FreeDevelopers.net</A> 
+
+  <P>FreeDevelopers &eacute; uma entidade  democratica para o desenvolvimento 
de software
+
+livres. 
+
+  A empresa livre, provavelmente a primeira desse tipo no mundo,
+
+pertencer&aacute; 
+
+  e ser&aacute; executada pelos desenvolvedores do mundo inteiro no fundamento
+
+democratico
+
+da sagrada
+
+confian&ccedil;a pelo beneficio e prote&ccedil;&atilde;o do cidad&atilde;es do 
mundo. Isso 
+
+ir&aacute; pagar todos os pesquisadores para trabalhas com software livre, e 
todos
+
+pesquisadores ir&atilde;o receber a&ccedil;&otilde;es e 'stock options', 
tamb&eacute;m.
+
+Todos software da livre companhia ser&atilde;o licenciados pela Licensa
+
+P&uacute;blica Geral (GPL) e continuar&aacute; livre/aberta para sempre, 
porque todos os
+
+softwares devem estar disponiveis para as atuais e futuras 
gera&ccedil;&otilde;es de
+
+desenvolvedores, ent&atilde;o ela poder&aacute; ser a primeira barreira de 
defesa para
+
+proteger o mundo de inevit&aacute;veis tend&ecirc;ncias tiranas dos 
propriet&aacute;rios
+
+de software. 
+
+</P>
+
+</UL>
+
+
+
+<P>
+
+
+
+<HR>
+
+
+
+Retorna à <A href="/home.pt-br.html">P&aacute;gina inicial do GNU</A>.
+
+<P>
+
+Por favor, envie d&uacute;vidas ou quest&otilde;es sobre FSF e/ou GNU para <A
+
+href="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+H&aacute; tamb&eacute;m <A href="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de 
contactar</A>
+
+a FSF.
+
+<P>
+
+Por favor envie coment&aacute;rios sobre estas p&aacute;ginas web para <A
+
+href="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+
+envie outras quest&otilde;es para <A 
href="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+<P>
+
+Copyright (C) 1996, 1997, 1998, 1999 Free Software Foundation, Inc., 59
+
+Temple Place - Fifth Floor, Boston, MA 02110, USA 
+
+<P>
+
+A c&oacute;pia fiel e a distribui&ccedil;&atilde;o deste artigo completo 
&eacute;
+
+permitida em qualquer meio, desde que esta nota seja preservada.
+
+<P>
+
+Traduzido por: H&eacute;lder M. Botter Ribas
+
+<A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+
+<P>
+
+Atualizada:
+
+<!-- hhmts start -->
+
+21 Mar 2001 fsl
+
+<!-- hhmts end -->
+
+<HR>
+
+</BODY>
+
+</HTML>
+

Index: order/order.pt-br.html
===================================================================
RCS file: order/order.pt-br.html
diff -N order/order.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ order/order.pt-br.html      20 Mar 2008 13:56:25 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,507 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Formulário de Pedido da Fundação para o Software Livre (FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+<LINK REV="translated" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<H1><A NAME="OrderForm">Formulário de Pedido da Free Software
+Foundation</A></H1>
+
+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem da cabeça de um GNU] "
+   WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>
+
+[
+  <A HREF="/order/order.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/order/order.pt-br.html">português do Brasil</A>
+] 
+<p>
+<center><strong>não pode ser usado por revendedores</strong></center>
+
+<p>
+Faça o seu pedido por telefone, faz ou correspondência (não por e-mail).
+Você pode usar este formulário para fax ou correio e pode deletar parte
+dele antes de imprimir.
+
+<p>
+Nós gostaríamos de receber pedidos pela World Wide Web mas nós temos
+que esperar por software livre que seja capaz de gerenciar os pagamentos
+com segurança.
+
+<p>
+Todos os itens são distribuídos com <A HREF="/copyleft/gpl.html">permissão
+para copiar e redistribuir</A>. Todos os items são fornecidos "como estão",
+sem nenhuma garantia de qualquer tipo. Por favor aguarde quatro semanas
+para a entrega (mas 6-10 dias são comuns).
+
+<p>
+Para endereços na Europa (também Turquia e daí para o Norte e Oeste),
+você achará mais conveniente, barato ou rápido encomendar do nosso
+distribuidor na Europa <A HREF="/order/order-europe.html">Distribuição
+GNU na Europa, Bélgica</A>.
+
+<P>
+<CENTER><STRONG>Preço e conteúdo podem mudar sem aviso.</STRONG></CENTER> 
+
+<P>
+Nota do Tradutor: todos os preços estão em Dólares Americanos (US$).
+
+<p>
+<H2>Distribuição de Luxo da FSF</H2>
+
+A <a href="/order/deluxe.html">Distribuição de Luxo</a> por $ 5000
+inclui todo o software GNU compilado para a sua escolha de plataforma
+computacional (processador e sistema operacional). Por favor contacte
+a FSF se você estiver interessado.
+
+<p>
+<H2><A NAME="SourceCD">CD-ROMs no formato ISO 9660</A></H2>
+
+Os fontes Texinfo de todos os manuais GNU são empacotados com os
+programas em CD-ROM ou por FTP. CD-ROMs não incluem o manual do
+usuário do software.
+
+<p>
+<A HREF="/order/sourcecode.html">GNU Source Code CD-ROM set</A>, 15a. edição
+(Agosto de 2000): (ou
+(ou <a href="#OldItems">edições antigas</a> abaixo)<br>
+<p>
+<pre>
+____ @ $280  = $ ______   para empresas e outras organizações
+
+____ @ $ 70  = $ ______   para pessoa física
+</pre>
+
+
+<p>
+<A NAME="Subscriptions">Assinaturas</A> do código-fonte GNU, próximas
+quatro edições (#15-18)
+<p>
+<pre>
+____ @ $840  = $ ______   para empresas e outras organizações
+
+____ @ $210  = $ ______   para pessoa física
+</pre>
+
+
+<p>
+<A HREF="/order/binaries.html">GNU Compiler Tools Binaries CD-ROM set</A>,
+7a. edição (Julho de 2001): <br>
+ (ou <a href="#OldItems">edições antigas</a> abaixo)
+<p>
+<pre>
+____ @ $220  = $ ______   para empresas e outras organizações
+
+____ @  $55  = $ ______   para pessoa física
+</pre>
+
+<p>
+<H2>Manuais</H2>
+
+Os fontes Texinfo para cada manual GNU são empacotados com o programa
+em CD-ROM ou por FTP. Aqui estão os <a href="/doc/doc.html">Manuais GNU</a>
+que nós publicamos em papel. Nós normalmente enviamos a última versão
+impressa para cada, mas muitas <a href="#OldItems">edições antigas</a>
+estão disponíveis.
+Verifique os <A HREF="/doc/doc.html#ISBNS">códigos ISBNs e números de
+versão</A> para as nossas edições correntes.
+<p>
+<pre>
+____ @ $ 30  = $ ______   GNU Emacs Manual, com cartão de referência
+                          (Emacs 20.7)
+                          (ou <a href="#OldItems">edições antigas</a> abaixo)
+
+____ @ $ 60  = $ ______   GNU Emacs Lisp Reference Manual (Emacs 21)
+                          (ou <a href="#OldItems">edições antigas</a> abaixo)
+
+____ @ $ 20  = $ ______   Programming in Emacs Lisp: An Introduction
+                          (NOTA: temporariamente esgotado - nova edição em 
Julho)
+                          
+  Compiler Tools: os próximos seis livros são os manuais para os pricipais
+  programas incluídos no conjunto de CD-ROMs GNU Compiler Tools Binaries.
+
+____ @ $ 35  = $ ______   Using and Porting GNU CC 2.95 
+                          (ou <a href="#OldItems">edições antigas</a> abaixo)
+
+____ @ $ 60  = $ ______   <A HREF="/doc/libc-manual.html">GNU C Library 
Reference Manual</A>
+                          (ou <a href="#OldItems">edições antigas</a> abaixo)
+              (NOTA:  Esgotado - nova edição em breve)
+
+____ @ $ 20  = $ ______   Debugging with GDB 5, com cartão de referência
+                          (ou <a href="#OldItems">edições antigas</a> abaixo)
+
+____ @ $ 20  = $ ______   GNU Make 3.79
+                          (ou <a href="#OldItems">edições antigas</a> abaixo)
+
+____ @ $ 20  = $ ______   Bison Manual para a versão 1.29, com cartão de
+                          referência
+                          (ou <a href="#OldItems">edições antigas</a> abaixo)
+
+____ @ $ 20  = $ ______   Flex manual, com cartão de referência
+
+<!-- ____ @ $ 25  = $ ______   GAWK: The GNU Awk User's Guide, segunda edição
+                          (ou <a href="#OldItems">edições antigas</a>
+                         abaixo)
+                         -->
+____ @ $ 25  = $ ______   Texinfo, for version 4
+                          (ou <a href="#OldItems">edições antigas</a> abaixo)
+
+____ @ $ 15  = $ ______   Termcap manual
+</pre>
+
+<p>
+<H2>Cartões de Referência</H2>
+
+Os fontes em TeX para cada cartão de referência são empacotados com
+os programas em CD-ROM ou via FTP. Nós normalmente vendemos pacotes
+de dez cartões por $10. Cartões isolados custam $1,50 cada um.<p>
+
+<pre>
+____ @ $ 10  = $ ______   GNU Emacs, versão 20
+
+____ @ $ 10  = $ ______   GNU Emacs Calc
+
+____ @ $ 10  = $ ______   GDB 
+
+____ @ $ 10  = $ ______   Bison
+
+____ @ $ 10  = $ ______   Flex
+</pre>
+
+
+<p>
+<H2>Camisetas</H2>
+<!-- please put details of stockage on the t-shirt page rather than
+     here. Thanks. -->
+
+Todas as camisetas são 100% algodão, em tecido encorpado.
+<a HREF="/order/t-shirts.html">Veja os desenhos e verifique as cores
+e tamanhos em estoque</a>.
+<p>
+ NOVO! As <A href="/order/t-shirts.html">camisetas de 2001, "Welcome to the 
GNU Age!"</a>,
+ estão disponíveis. Tamanhos M-XL em tecido branco, tamanhos XXL e XXXL em 
tom natural,
+ o desenho é colorido.
+<p>
+A <A HREF="/order/t-shirts.html">Camiseta da Dupla Dinâmica de 1999</a>
+(GNU e o Penguin) é colorida sobre tecido branco (tamanhos de S até XXXXL).
+<p>
+A camiseta do GNOME contém a <a href="http://www.gnome.org";>Pegada do
+GNOME</a> em tecido preto (tamanhos L até XXL) ou branco (L até XXL).
+<p>
+A <A HREF="/order/t-shirts.html">Camiseta do GNU de 1988</A>
+é um desenho sobre tecido pretos (tamanhos S até XXXXL),
+natural/rústico (S até XXL), marron (L até XXL),
+ou azul-esverdeado (L até XXL).
+<p>
+
+<pre>
+  2001 "Welcome to the GNU Age!" shirts  (size M - XXXL)
+
+____ @ $ 20  = $ ______   Tamanho _____
+
+  Camisas da Dupla Dinâmica de 1999 (colorida sobre branco)
+  DISPONÍVEIS ATUALMENTE SOMENTE TAMANHO XL
+
+____ @ $ 18  = $ ______   Tamanho _____ (XL)
+
+
+  GNOME shirts (black, white)
+
+____ @ $ 18  = $ ______   Tamanho _____
+                          Color choice: 1st _________ 2nd _________
+
+____ @ $ 18  = $ ______   Tamanho _____
+                          Color choice: 1st _________ 2nd _________
+
+  1998 GNU shirts (black, natural, burgundy, blue-green)
+
+____ @ $ 18  = $ ______   Tamanho _____  
+                          Color choice: 1st _________ 2nd _________
+
+____ @ $ 18  = $ ______   Tamanho _____
+                          Color choice: 1st _________ 2nd _________
+
+</pre>
+<p>
+<a NAME="Caps"></a>
+NOVIDADE!!  Nós agora temos bonés do GNU.  Os bonés são 100% algodão, no
+estilo de bonés de beisebol com tiras ajustáveis (tamanho único). Os bonés
+dizem "GNU" na frente e "www.gnu.org" nas costas, em bordado amarelo.
+Eles estão disponíveis em qualquer cor que você deseje... desde que essa
+cor seja preto!
+<pre>
+Boné do GNU cap, preto com bordado amarelo
+
+____ @ $ 20  = $ ______
+</pre>
+
+
+<!--
+  aqui pra frente, copiar do original inglês (para atualizar) e traduzir
+-->
+
+<p>
+<H2><A NAME="OldItems">Older Editions</A> - while supplies last</H2>
+
+<pre>
+Out-of-Print MANUALs
+
+  For multiple copies of one book, note your quantity by hand.
+  Condition --  circle your price, which corresponds to physical condition
+                 ("perfect" is in shrinkwrap; "scuffed" is ex-bookstore)
+perfect scuffed
+
+        $15  = $ _____   GNU Emacs Manual, for Emacs 19.29 (dented spine)
+
+        $40  = $ _____   GNU Emacs Lisp Reference Manual, for Emacs 19
+
+  $15        = $ _____   Programming in Emacs Lisp: an Introduction (1995)
+
+  $30   $20  = $         Using & Porting GNU CC, for GCC 2.7.2
+        $20  = $ _____   same, 8.5x11-inch pages with plastic comb binding
+
+        $30  = $ _____   Using & Porting GNU CC, for GCC 2.8
+
+        $40  = $ _____   GNU C Library Reference Manual, for Version 1
+
+  $10   $10  = $ _____   Debugging with GDB 4.17, with reference card
+
+  $10   $10  = $ _____   Debugging with GDB 4.16, with reference card
+
+        $10  = $ _____   Debugging with GDB 4.14 (no reference card)
+
+  $10   $10  = $ _____   GNU Make, for make 3.75
+
+        $10  = $ _____   GNU Make, for make 3.77
+
+        $10  = $ _____   Bison Manual for version 1.25, with reference card
+<!  $15   $10  = $ _____   The GNU Awk Users' Guide, 1st Edition -->
+  $10        = $ _____   GAWK Manual, Edition 0.16, for Version 2.16
+
+        $10  = $ _____   Texinfo manual, 2d edition
+
+
+Out-of-Print REFERENCE CARDs
+
+____ @ $  5 = $ ______   GNU Emacs reference card, Version 18, packet of 10.
+                           (single copy free with any order or donation)
+
+Out-of-Print CD-ROMs                              X-windows    GCC
+                                       quantity   version    versions
+
+<A HREF="/order/binaries5.html">GNU Compiler Tools</A>, #5 (March 1998)    
________
+(Unix platforms portion only)
+
+GNU Compiler Tools, #4 (January 1997)  ________
+
+GNU Compiler Tools, #3 (December 1995) ________
+
+GNU Compiler Tools, #2 (December 1994) ________
+
+GNU Compiler Tools, #1 (December 1993) ________
+
+
+GNU Source Code, #14 (August 1999)     ________   X11R6.4  2.95.1
+
+GNU Source Code, #13 (February 1999)   SOLD OUT   X11R6.4  2.8.1
+
+GNU Source Code, #12 (November 1998)   ________   X11R6.4  2.8.1
+
+GNU Source Code, #11 (March 1998)      ________   X11R6.3  2.8.1    2723
+
+GNU Source Code, #10 (July 1997)       SOLD OUT   X11R6.3  2.7.2.3
+
+GNU Source Code, #9 (January 1997)     ________   X11R6.3  2.7.2.2  2721 272
+
+GNU Source Code, #8 (June 1996)        ________   X11R6    2.7.2.1  272
+
+GNU Source Code, #7 (December 1995)    ________   X11R6    2.7.1
+
+GNU Source Code, #6 (June 1995)        ________   X11R6    2.7.0    2.6.3
+
+GNU Source Code, #5 (December 1994)    SOLD OUT   X11R6    2.6.1
+
+GNU Source Code, #4 (May 1994)         ________   X11R5    2.5.8    254
+
+GNU Source Code, #3 (November 1993)    ________   X11R5    2.5.4
+
+GNU Source Code, #2 (May 1993)         ________   X11R5    2.4.3    242 241
+
+GNU Source Code, #1 (October 1992)     ________   X11R5    2.2.3.1  2.1.4.2
+
+</pre>
+
+<p>
+Enter the number and your cost for the older CD-ROMs marked above:
+
+<pre>
+
+____ @ $ 80  = $ ______   for corporations and other organizations.
+
+____ @ $ 20  = $ ______   for individuals.
+
+
+ -----------
+ MERCHANDISE
+   SUBTOTAL  = $ ______   sum of everything above
+ -----------
+</pre>
+
+
+<p>
+<H2>Taxes</H2>
+
+<pre>
+             + $ ______   For addresses in Massachusetts:
+                          5% sales tax on merchandise other than t-shirts
+</pre>
+
+We do not handle any sales tax due another US state or any duty, tariff,
+or tax levied on shipments from the USA to your address.  You are directly
+responsible.  If you do not pay international charges, the shipper might
+abandon your order.<p>
+
+<H2>Shipping</H2>
+
+<pre>
+             FREE OF CHARGE to addresses in continental USA and Canada
+                          (and small packages to overseas USA)
+
+             + $ ______   express shipping to most foreign addresses:
+                            $ 20.00 base charge
+                          + $ 80.00 for each CD-ROM subscription
+                          + $ 10.00 for each other item
+
+             CONTACT US at address@hidden (or authorize us to add cost
+                          to your creditcard order) for shipping: 
+
+                          express to continental USA and Canada;
+                          large packages to overseas USA;
+                          airmail to most foreign addresses;
+                          large express packages to anywhere;
+                          anything to Bahrain, Jordan, Israel, Kuwait,
+                             Lebanon, Saudi Arabia, Oman, Qatar, or UAR.
+</pre>
+
+<H2>Handling</H2>
+
+<pre>
+             FREE OF CHARGE in our normal queue, 1 to 21 days
+
+            + $ ______   $10.00 <strong>Rush Order</strong>: same-day shipping 
until some
+                          reasonable afternoon hour, for items in stock;
+                          next-day after that hour, for items in stock.
+</pre>
+
+<h2>Donation</h2>
+
+Donations are an important source of support for the FSF.  Any donation is
+optional and is tax-deductible in the USA.<p>
+
+<pre>
+             + $ ______   Optional and tax-deductible.
+                          We suggest 5% donation on creditcard orders.
+</pre>
+
+<p>
+<h2>TOTAL</h2>
+
+<pre>
+               $ ______   add it up!
+
+</pre>
+
+<p>
+<H2>Shipping Address and Contact Information</H2>
+
+Feel free to ignore our suggested fields and provide a bureaucratic
+address exactly as it should appear on a shipping label for sure delivery.<p>
+
+<pre>
+Name: _____________________________________________________________________
+
+Mail Stop/Dept: ___________________________________________________________
+
+Organization: _____________________________________________________________
+
+Street Address: ___________________________________________________________
+
+City/State/Province: ______________________________________________________
+
+Zip/Postal Code, Country: _________________________________________________
+
+Phone number in case of a problem
+(or Fax number outside USA and Canada): ___________________________________
+
+Email Address: ____________________________________________________________
+</pre>
+
+<p>
+<h2>Payment</h2>
+
+Mail a CHECK payable in US$ by a US bank (or a US or Canadian Postal MONEY
+ORDER in US$), payable to the ``Free Software Foundation''.
+
+<p>
+Phone, Fax, or Mail your CREDIT CARD information (Visa, Master, Diners,
+Discover, JapanCB, Carte Blanche, Amex).  We pay about 5% in creditcard
+fees, so please consider paying by check or making a small donation.
+
+<p>
+Contact us for WIRE TRANSFER information.  We will charge $15 fee.
+
+<p>
+Credit Card Information (by phone, fax or paper mail, not email!):<p>
+
+<pre>
+    Card type: ___________________   Expiration Date: _____________
+
+    Account Number: _______________________________________________
+
+    Cardholder's Signature: _______________________________________
+
+    Cardholder's Name: ____________________________________________
+</pre>
+
+
+<H2>Send orders and inquiries to</H2>  
+
+<STRONG>Free Software Foundation</STRONG><BR>
+51 Franklin St, Fifth Floor<BR>
+Boston, MA  02110-1301<BR>
+<P>
+Phone: +1-617-542-5942<BR>
+Fax: +1-617-542-2652<BR>
+Email: address@hidden (inquiries but no creditcard numbers!)<br>
+
+<P>
+<CENTER><STRONG>Prices and contents may change without 
notice.</STRONG></CENTER>
+
+<p>
+<HR>
+
+Return to <A HREF="/home.html">GNU's home page</A>.
+<P>
+FSF &amp; GNU inquiries &amp; questions to
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Other <A HREF="/home.html#ContactInfo">ways to contact</A> the FSF.
+<P>
+Comments on these web pages to
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+send other questions to
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright (C) 1996, 1997, 1998, 1999, 2000  Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110-1301,  USA.
+<P>
+Verbatim copying and distribution of this entire article is
+permitted in any medium, provided this notice is preserved.<P>
+Updated:
+<!-- hhmts start -->
+03 jul 2001 fsl
+<!-- hhmts end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: people/people.pt-br.html
===================================================================
RCS file: people/people.pt-br.html
diff -N people/people.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ people/people.pt-br.html    20 Mar 2008 13:56:31 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,2461 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+
+
+<HTML>
+
+
+<HEAD>
+
+
+<TITLE>Quem é quem no GNU- O Projeto GNU e a Fundação para o Software Livre 
(FSF)</TITLE>
+
+
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+
+
+<LINK REV="transated" HREF="mailto:address@hidden";>
+
+
+</HEAD>
+
+
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+
+
+
+
+
+<H3>Quem é quem no GNU</H3>
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<A HREF="/graphics/atypinggnu.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-type-sm.jpg"
+
+
+   ALT=" [imagem de um GNU hacker digitando] "
+
+
+   WIDTH="137" HEIGHT="114"></A>
+
+
+
+
+
+[
+
+  <A HREF="/people/people.ca.html">Catal&atilde;o</A>
+
+| <A HREF="/people/people.html">Ingl&ecirc;s</A>
+
+| <A HREF="/people/people.pt-br.html">portugu&ecirc;s do Brasil</A>
+
+]
+
+<P>
+
+
+
+
+
+Aqui temos uma lista em ordem alfabética de alguns contribuidores do GNU.
+
+
+Também temos contribuidores citados em nossas páginas de
+
+
+<A href="/people/webmeisters.html">webmasters</A> e
+
+
+<A 
href="/server/standards/README.translations.html#TranslationsUnderway">tradutores
 das páginas em www.gnu.org</A>.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+Se você desenvolveu um grande pacote GNU ou realizou bastante trabalho
+
+
+para o Projeto GNU de alguma outra maneira, nós gostaríamos de listar
+
+
+você também. Por favor peça a
+
+
+
+
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";>address@hidden</A> para adiciona-lo.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+Observe que nossa política é não fazer links para páginas ou sites
+
+
+cujo assunto sejam softwares proprietários, e nós também evitamos
+
+
+fazer links para sites que sejam orientados a vendas no seu tom ou
+
+
+foco. Por favor tenha isso em mente quando escrever o seu pedido.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+Se você está procurando por alguém para apresentar uma palestra ou
+
+
+participar em algum evento representando do Projeto GNU ou a
+
+
+Fundação para o Sofware Livre, por favor veja a nossa página de
+
+
+<A href="/people/speakers.pt-br.html">palestrantes</A>.
+
+
+
+
+
+If you are looking in particular for someone to give a speech or
+
+
+participate in an event to represent the GNU Project or the Free
+
+
+Software Movement, please see our speaker page.
+
+
+
+
+
+<DL>
+
+
+
+
+
+<DT>(-:-------------:-)
+
+
+<DD>
+
+
+     Este lugar está reservado para o seu nome, quando você
+
+
+     <A HREF="/help/help.pt-br.html#helpgnu">escrever software livre</A>
+
+
+     para o Projeto GNU.
+
+
+<P>
+
+
+<DT><a href="http://www.alumni.caltech.edu/~madler/";><STRONG>Mark 
Adler</strong></a>
+
+
+<DD>é co-autor do gzip e escreveu o código de descompressão.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+<DT><STRONG>Tom Cato Amundsen</STRONG> &lt;address@hidden&gt;
+
+
+<DD>é o autor do <A href="/software/solfege/solfege.html">GNU Solfege</A>,
+
+
+     um programa para treinamento de audição musical para o GNOME, e ele
+
+
+     também realizou algum trabalho com fontes e mudela-book para o
+
+
+     <A href="http://www.lilypond.org";>GNU Lilypond</A>.
+
+
+     <BR>
+
+
+     Ele recemente obteve o seu Mestrado em Educação Musical, mas gasta tempo
+
+
+     demais programando o Solfege e utilizando software livre.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+<DT><A HREF="http://www.cs.umb.edu/~karl/";><STRONG>Karl Berry</STRONG></A>
+
+
+<DD>esteve envolvido com o GNU desde 1989. Ele foi co-autor dos utilitários
+
+
+     GNU para manipulação de fontes, e atualmente trabalha com a FSF como
+
+
+     mantenedor voluntário do Texinfo. Ele também realiza uma série de
+
+
+     tarefas voluntárias relacionadas com as distribuições do TeX,
+
+
+     especialmente o
+
+
+     <a href="http://tug.org/web2c/";>Web2c</a>.
+
+
+<P>
+
+
+<DT><A HREF="http://infostud.dsi.unifi.it/~bettini";><STRONG>Lorenzo
+
+
+     Bettini</STRONG></A>
+
+
+  <DD>é o autor do <A HREF="/software/java2html/java2html.html">GNU
+
+
+              java2html</A> e do <A HREF="/software/cpp2html/cpp2html.html">GNU
+
+
+              cpp2html</A>: estes programas recebem um fonte em java e C/C++,
+
+
+              respectivamente, e produzem uma versão em HTML com sintaxe
+
+
+              colorida.
+
+
+     
+
+
+     <P>
+
+
+<DT><A href="http://www.red-bean.com/~jimb";><STRONG>Jim Blandy</STRONG></A>
+
+
+<DD>tem trabalhado irregularmente com a Fundação para o Software Livre 
+
+
+     por nove anos. Ele atualmente mantém o
+
+
+     <A HREF="/software/guile/guile.html">Guile</A> como voluntário.
+
+
+     Juntamente com Richard Stallman, ele foi responsável pela
+
+
+     da versão 19 do
+
+
+     <A HREF="/software/emacs/emacs.html">GNU Emacs</A>. Jim vive em
+
+
+     Bloomington, Indiana.
+
+
+     <P>
+
+
+<DT><STRONG>Paolo Bonzini</strong> <a 
href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</a>
+
+
+<DD>foi convertido do mundo Windows para o mundo GNU/Linux depois que ele
+
+
+        assumiu a manutenção e o desenvolvimento do
+
+
+       <A HREF="/software/smalltalk/smalltalk.html">GNU Smalltalk</A>. 
+
+
+       Ele desenvolve software livre no tempo que ele não utiliza estudando
+
+
+       e tentando convence os seus amigos do "o fonte é meu" dos benefícios
+
+
+       do software livre.
+
+
+       <P>
+
+
+<DT><A HREF="http://www.lmi.net/~sbooth/";><STRONG>Stephen F. Booth</STRONG></A>
+
+
+<DD>é o autor e o mantenedor do
+
+
+     <A HREF="/software/cgicc/cgicc.html">GNU
+
+
+     Cgicc</A>.
+
+
+     <P>
+
+
+         
+
+
+<DT><A href="http://math.stanford.edu/~bump/";><STRONG>Daniel Bump</STRONG></A>
+
+<DD>É comantenedor do <a href="/software/gnugo/gnugo.html">GNU Go</a>.
+
+
+
+<P>
+
+<DT><A HREF="http://world.std.com/~burley/";><STRONG>James Craig 
Burley</STRONG></A>
+
+
+<DD>escreveu e mantém o GNU Fortran (<CODE>g77</CODE>) como voluntário
+
+
+     da Free Software Foundation desde 1988. Craig vive em
+
+
+     Ashland, Massachusetts.
+
+
+     <P>
+
+
+              
+
+
+<DT><A href="http://www.mit.edu/~tb/";><STRONG>Thomas
+
+
+Bushnell, BSG</STRONG></A>
+
+
+<DD>é o principal arquiteto do
+
+
+     <A HREF="/software/hurd/hurd.html">GNU Hurd</A>,
+
+
+     que é o kernel do sistema GNU. Anteriormente ele manteve o
+
+
+     GNU tar e ainda escreveu um interpretador BASIC. Ele também
+
+
+     fez muitas outras coisas, algumas delas sem qualquer
+
+
+     relação com computadores.
+
+
+<P>
+
+
+     Thomas mudou o seu nome, que era Michael Bushnell, em 1996.
+
+
+<P>
+
+
+    
+
+
+<DT><a href="http://www.rattlesnake.com/";><strong>Robert J. 
Chassell</strong></a> 
+
+
+<DD>fala sobre assuntos relacionados com o software livre e está trabalhando
+
+
+para trazer melhor documentação para o software livre.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><a href ="http://www.bigfoot.com/~ikks";><STRONG>Igor Támara 
Patiño</STRONG></a>
+
+
+<DD>é o tradutor das páginas do GNU para o espanhol, e co-mantenedor
+
+
+do <a href="/software/gtypist">GNU Typist</a>.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+<DT><STRONG><A HREF="http://www.di.unipi.it/~cisterni/";>Antonio 
Cisternino</A></STRONG>
+
+
+<DD>é o autor do GNU <A HREF="/software/sxml/sxml.html">SXML</A>,
+
+
+     a maneira mais fácil de implementar uma linguagem de marcadores.
+
+
+     Ele é ativo no desenvolvimento de muitos programas de código aberto.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://www.wfu.edu/~cottrell/";><STRONG>Allin Cottrell</STRONG></A>
+
+
+<DD>é o autor e mantenedor do
+
+
+       <A HREF="/software/gretl/gretl.html">gretl</A>.
+
+
+       Ele é professor de Econimia na Universidade de Wake Forest,
+
+
+       Carolina do Norte.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://jezebel.rath.peachnet.edu/~rcrelia/";><STRONG>Rick
+
+
+     Crelia</STRONG></A>
+
+
+<DD>é um avaliador de software para o projeto GNU. Ele trabalha como
+
+
+     administrador de sistemas UN*X e suporte técnico para a
+
+
+     <A HREF="http://www.peachnet.edu/OIIT/";>University
+
+
+     System of Georgia Office of Instructional and Information Technology</A>
+
+
+     em Athens, GA, USA.
+
+
+     <P>
+
+
+<DT><A HREF="http://www.dachary.org/loic/";><STRONG>Loic Dachary</STRONG></A>
+
+
+<DD>é o autor e mantenedor do GNU mifluz.<P>
+
+
+              
+
+
+<DT><A HREF="http://www.delorie.com/users/dj/";><STRONG>DJ Delorie</STRONG></A>
+
+
+<DD>esteve portando software GNU para o MS-DOS desde meados de 1989,
+
+
+     culminando no
+
+
+     <A HREF="http://www.delorie.com/djgpp/";>DJGPP</A>. Também escreveu o
+
+
+     <A HREF="http://ftp.gnu.org/pub/gnu/doschk/";>doschk</A>, e mantém o
+
+
+     <A HREF="http://www.delorie.com/gnu/";>seu próprio web site GNU</A>
+
+
+     com documentação on-line e relação de pacotes. Atualmente trabalha
+
+
+     para a Cygnus portando software GNU para o Windows NT.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://www.inf.enst.fr/~demaille/";><STRONG>Akim 
Demaille</STRONG></A>
+
+
+<DD>mantém o GNU a2ps.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://www.cs.wisc.edu/~ghost/index.html";><STRONG>L. Peter 
Deutsch</STRONG></A>
+
+
+<DD>é o principal autor do
+
+
+
+
+
+     <A HREF="/software/ghostscript/ghostscript.html">GNU
+
+
+     Ghostscript</A>, que ele continua a manter e aperfeiçoar.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+  <DT><A href="http://www.nada.kth.se/~mdj";><STRONG>Mikael 
Djurfeldt</STRONG></A>
+
+
+  <DD>é um dos desenvolvedores do
+
+
+                  <A HREF="/software/guile/guile.html">Guile</A>
+
+
+                  e portou e ajudou no desenvolvimento do
+
+
+                  <A HREF="/software/goops/goops.html">GOOPS</A>,
+
+
+                  o sistema de objetos do Guile. Atualmente ele é
+
+
+                  estudante da graduação no
+
+
+                  <A HREF="http://www.nada.kth.se/sans";>SANS</A>
+
+
+                  (Studied of Artificial Neural Systems) parte do
+
+
+                  <A HREF="http://www.kth.se";>KTH</A> (Royal Institute of 
Technology),
+
+
+                  em Estocolmo.
+
+
+                  <P>
+
+
+<DT><A HREF="http://www.che.wisc.edu/~jwe/";><STRONG>John W. Eaton</STRONG></A>
+
+
+<DD>é o autor e o mantenedor do
+
+
+     <A HREF="http:/software/octave/octave.html">GNU Octave</A>.
+
+
+<P>
+
+
+<DT><A HREF="http://www.air.net.au/~bje/";><STRONG>Ben Elliston</STRONG></A>
+
+
+<DD>é o mantenedor do Autoconf. Ben vive em Canberra, Australia.
+
+
+<P>
+
+
+<dt><a href="http://www.engelschall.com/";><STRONG>Ralf S.
+
+
+     Engelschall</STRONG></a>
+
+
+<dd>contribui com a comunidade de software livre há muitos anos.
+
+
+Suas contribuições mais populares são
+
+
+<a href="http://www.engelschall.com/sw/wml/";>WML</a>,
+
+
+<a href="http://www.engelschall.com/sw/eperl/";>ePerl</a>,
+
+
+<a href="http://www.engelschall.com/sw/iselect/";>iSelect</a>,
+
+
+<a href="http://www.engelschall.com/sw/mm/";>MM</a>, e
+
+
+<a href="http://www.engelschall.com/sw/nps/";>NPS</a>.
+
+
+Ele também é um dos principais membros do Apache Group e contribuiu com
+
+
+muitas coisas populares na comunidade do Apache, incluindo
+
+
+<a href="http://www.apache.org/docs/mod/mod_rewrite.html";>mod_rewrite</a>,
+
+
+<a href="http://www.modssl.org/";>mod_ssl</a>, os recursos de
+
+
+<a href="http://www.apache.org/docs/dso.html";>DSO</a>,
+
+
+a Interface Estilo Autoconf para o Apache (APACI), etc.
+
+
+Ele também é um dos fundadores do projeto
+
+
+<a href="http://www.openssl.org/";>OpenSSL</a>.
+
+
+Finalmente, para o projeto GNU ele contribuiu com o
+
+
+<a href="http://www.gnu.org/software/shtool/shtool.html";>shtool</a>,
+
+
+     e o
+
+
+<a href="http://www.gnu.org/software/pth/pth.html";>Pth</a>.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><STRONG>Adam Fedor</STRONG> <A 
HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+
+
+<DD>é o mantenedor do projeto GNUstep. Ele escreveu e depurou muitas das
+
+
+     classes do GNUstep assim como um emulador DPS básico para o X. Adam
+
+
+     espera que mais pessoas se tornem voluntários de modo que ele tenha
+
+
+     mais tempo para o seu verdadeiro trabalho.<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A href="http://www.ua.com/~bfox";><STRONG>Brian J. Fox</STRONG></A>
+
+
+<DD>esteve envolvido com a FSF desde 1986. Ele é o autor do shell do GNU,
+
+
+     <STRONG>BASH</STRONG>, do Compildor GNU Texinfo
+
+
+     <STRONG>Makeinfo</STRONG> e do visualizador <STRONG>Info</STRONG>,
+
+
+     da biblioteca GNU Readline Library, GNU Finger, partes do GDB e do
+
+
+     <A HREF="/software/emacs/emacs.html">GNU Emacs</A>,
+
+
+     além de outros projetos menores.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A href="http://www.splode.com/~friedman/";><STRONG>Noah 
Friedman</STRONG></A>
+
+
+<DD>é um antigo administrador de sistemas e coordenador de versões da
+
+
+     FSF. Ele ainda é voluntário quando o tempo permite, mantendo alguns
+
+
+     programas em Lisp para o
+
+
+
+
+
+     <A HREF="/software/emacs/emacs.html">GNU Emacs</A>
+
+
+     e tabalhando com outras pessoas para manter vários pacotes GNU.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://www.teaser.fr/~jlgailly";><STRONG>Jean-loup 
Gailly</STRONG></A>
+
+
+<DD>é o principal autor do <A HREF="/software/gzip/gzip.html">gzip</A>,
+
+
+     que ele continua mantendo.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://hgayosso.linuxbox.com";><STRONG>Hugo Gayosso</STRONG></A>
+
+
+<DD>Avaliador de software para o projeto GNU e coordenador da equipe
+
+
+    de tradução para o espanhol das páginas web do GNU.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+     
+
+
+<DT><A HREF="http://home.pages.de/~peter.gerwinski/";><STRONG>Peter 
Gerwinski</STRONG></A>
+
+
+<DD>mantém o <A HREF="http://home.pages.de/~gnu-pascal/";>Compilador GNU 
Pascal</A> (GPC).
+
+
+     <P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://people.ne.mediaone.net/gilesfamily/index.html";><STRONG>Lezz
+
+
+     </STRONG>Giles</A>
+
+
+<DD>é o autor e o mantenedor do <A 
HREF="/software/trueprint/trueprint.html">GNU Trueprint</A>.
+
+
+     <P>
+
+
+<DT><A HREF="http://www.zanshin.com/~bobg/";><STRONG>Bob Glickstein</STRONG></A>
+
+
+<DD>é um antigo mas irregular contribuidor do
+
+
+     <A HREF="/software/emacs/emacs.html">GNU Emacs</A> e outros softwares
+
+
+     GNU. Ele é o autor do
+
+
+     <A HREF="/software/stow/stow.html">GNU Stow</A>
+
+
+     e do pacote List "sregex" do Emacs. Ele também escreveu outros
+
+
+     softwares livres, especialmente o
+
+
+     <A HREF="http://www.latte.org/";>Latte</A>, e um monte de outros pacotes
+
+
+     disponíveis no seu site web em
+
+
+     <A HREF="http://www.zanshin.com/~bobg/";>http://www.zanshin.com/~bobg/</A>
+
+
+     <P>
+
+
+
+
+
+         
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="/people/greve.html"><STRONG>Georg C. F. Greve</STRONG></A>
+
+
+<DD>principal autor e mantenedor do
+
+
+     <A HREF="/software/xlogmaster/xlogmaster.html">Xlogmaster</A>,
+
+
+     antigo viciado em UN*X e autor de outros pequenos projetos como
+
+
+     XDiskFree. Esperamos que alguns deles se tornem projetos GNU durante
+
+
+     o próximo ano.
+
+
+     
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A href="http://www.moria.de/~michael/";><STRONG>Michael Haardt</STRONG></A>
+
+
+<DD>está atualmente trabalhando no
+
+
+     <A href="/software/diction/diction.html">GNU diction</A>.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+  <DT><A HREF="http://www.cs.umb.edu/~kathryn/";><STRONG>Kathryn Ann 
Hargreaves</STRONG></A>
+
+
+  <DD>tornou o código original do regex conforme com o POSIX. Atualizou
+
+
+     o manual da mesma forma. Foi co-autor das etapas iniciais dos utilitários
+
+
+     GNU para manipulação de fontes com Karl Berry.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+<DT><STRONG><A 
HREF="http://www.geocities.co.jp/SiliconValley-PaloAlto/9803/";>Masayuki 
Hatta</A></STRONG>
+
+
+<DD>está atualmente mantendo a tradução para o japonês das páginas web do GNU.
+
+
+
+
+
+         <P>
+
+
+<DT><STRONG>Karl Heuer</STRONG>
+
+
+<DD>já trabalhou para a FSF, mas não tem mais nada a dizer sobre si mesmo.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+<DT><STRONG><A HREF="http://pantheon.yale.edu/~meh25/";>Matthew 
Hiller</A></STRONG> 
+
+
+<DD>é o autor e mantenedor do
+
+
+   <a href="/software/denemo/denemo.html">Denemo</a>,
+
+
+   um editor gráfico de partituras musicais que serve como front-end para
+
+
+   o GNU lilypond. Ele é atualmente um veterano (quarto ano) do curso de
+
+
+   ciência da computação em Yale e aceitou um emprego na Cygnus como
+
+
+   engenheiro do gcc; ele irá iniciar o seu trabalho logo depois de se
+
+
+   formar.
+
+
+   <P>
+
+
+
+
+
+<DT><a href="http://www.math.u-psud.fr/~vdhoeven";><STRONG>Joris
+
+
+       van der Hoeven</STRONG></a>
+
+
+       <a href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</a>
+
+
+<DD>é o autor e o mantenedor do
+
+
+       <a href="http://www.math.u-psud.fr/~anh/TeXmacs/TeXmacs.html";>GNU 
TeXmacs</a>.
+
+
+       Joris é pesquisador em matemática
+
+
+       e cicência da computação no CNRS Institute na França.Além do GNU 
TeXmacs,
+
+
+       Joris gosta de álgebra computacional e de tocar guitarra.
+
+
+
+
+
+       <P>
+
+
+<DT><STRONG><A HREF="http://www.sipeb.aoyama.ac.jp/~ida/";>Prof.
+
+
+     Masayuki Ida</A></STRONG>
+
+
+<DD>é o nosso Vice Presidente para o Japão. Ele organiza os eventos japoneses
+
+
+     e trabalha com os amigos do GNU no Japão.
+
+
+     <P>
+
+
+
+
+
+<DT><a href="http://quimby.gnus.org/";><STRONG>Lars Magne 
Ingebrigtsen</STRONG></a> 
+
+
+<DD>é o mantenedor do <a href="http://www.gnus.org/";>Gnus</a>, 
+
+
+     o leitor de news do Emacs.  Lars vice em Oslo, Noruega.
+
+
+     <P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://swissnet.ai.mit.edu/~jaffer/";><STRONG>Aubrey
+
+
+     Jaffer</STRONG></A>
+
+
+<DD>escreveu ou organizou (e mantém) o
+
+
+     Sistema de Matemática Simbólica
+
+
+    <A HREF="http://swissnet.ai.mit.edu/~jaffer/JACAL.html";>JACAL</A>, a
+
+
+    Biblioteca Portável para Scheme
+
+
+    <A HREF="http://swissnet.ai.mit.edu/~jaffer/SLIB.html";>SLIB</A>
+
+
+    as versões TeXinfo e HTML dos
+
+
+    <A HREF="http://swissnet.ai.mit.edu/~jaffer/Scheme.html";>Relatórios
+
+
+    Revisados na Linguagem Algorítmica Scheme</A>, a implementação
+
+
+    do Scheme
+
+
+    <A HREF="http://swissnet.ai.mit.edu/~jaffer/SCM.html";>SCM</A>, o
+
+
+    Sistema de Simulação Lógica
+
+
+    <A HREF="http://swissnet.ai.mit.edu/~jaffer/SIMSYNCH.html";>SIMSYNCH</A>,
+
+
+    o sistema de anotação de mudanças para arquivos INFO
+
+
+    <A 
HREF="http://swissnet.ai.mit.edu/~jaffer/infobar/index.html";>INFOBAR</A>,
+
+
+    e o sistema de anotação de mudanças para arquivos HTML
+
+
+    <A HREF="http://swissnet.ai.mit.edu/~jaffer/infobar/index.html";>HITCH</A>.
+
+
+    <P>
+
+
+
+
+
+ <DT><STRONG>Norbert de Jonge</STRONG>
+
+
+      
+
+
+  <DD>é o autor e mantenedor do Ggradebook, o livro de notas, GNU rico
+
+
+    em recursos, e de vários outros programas que são livremente disponíveis
+
+
+    no espírito do GNU. Ele também defende a filosofia do GNU nos países
+
+
+    escandinavos.
+
+
+        <P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://www.ifi.uio.no/~sj";><STRONG>Sverre Hvammen 
Johansen</STRONG></A>
+
+
+<DD>Autor e mantenedor do Compilador GNU Simula,
+
+
+     <A HREF="/software/cim/cim.html">Cim</A>.
+
+
+     
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+<DT><STRONG>Franklin R. Jones</STRONG> <A 
HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+
+
+<DD>(desde o final de 1997) <a href="mailto:address@hidden";>webmaster</a>
+
+
+     do site gnu.org. Um antigo defensor do GNU e administrador de sistemas
+
+
+     Unix.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><a href="http://www.steve.org.uk/";><STRONG>Steve Kemp</STRONG></a>
+
+
+<DD>atualmente mantém o NTEmacs FAQ, e defende o uso de software GNU
+
+
+na plataforma Windows.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+<DT><STRONG>Les Kopari</STRONG>
+
+
+<DD>preparou algumas páginas web, e escreveu o script awk que produz
+
+
+     o html para a nossa referência cruzada de pacotes.
+
+
+<P>
+
+
+     
+
+
+<DT><A HREF="http://www.guug.de/~Werner.Koch";><STRONG>Werner
+
+
+     Koch</STRONG></A>
+
+
+<DD>é o principal autor do <A HREF="/software/gnupg/gnupg.html">GNU
+
+
+     Privacy Guard</A>, que ele continua a desenvolver e manter.
+
+
+     <P>
+
+
+<DT><A HREF="http://www.ifi.uio.no/~steinkr";><STRONG>Stein 
Krogdahl</STRONG></A>
+
+
+<DD>Autor da classe Simulation incluída no compilador GNU Simula,
+
+
+     <A HREF="/software/cim/cim.html">Cim</A>.
+
+
+     <P>
+
+
+     
+
+
+<DT><A HREF="http://animalhouse.dhs.org/";><STRONG>Frank de Lange</STRONG></A>
+
+
+<DD>é um avaliador de software do projeto GNU e desenvolve um porte
+
+
+     do processador de documentos Lyx para o Gnome/GTK.<P>
+
+
+
+
+
+<DT><a href="http://www.web.us.uu.net/staff/djm/";><STRONG>David 
MacKenzie</STRONG></a>
+
+
+<DD>escreveu ou poliu muitos dos utilitários GNU e sua documentação.
+
+
+    Ele foi o principal projetista e autor do Autoconf, e prototipou
+
+
+    o Automake. Ele trabalhou para a FSF e para a Cygnus no passado.
+
+
+    Ultimamente, ele esteve criando uma estrutura escalável de servidor
+
+
+    web para a UUNET.
+
+
+    <P> 
+
+
+
+
+
+<DT><a href="http://www.math.arizona.edu/~rsm/";><STRONG>Robert 
Maier</STRONG></a>
+
+
+<DD>é o principal autor dos
+
+
+     <a href="/software/plotutils">GNU plotting utilities</a>, e o projetista 
da
+
+
+     biblioteca
+
+
+     <a href="/software/libxmi">libxmi</a>
+
+
+     para conversão de imagens escaneadas. Ele leciona
+
+
+     matemática na Universidade do Arizona.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+<DT><A HREF="http://www.quoll.com.au/pjm/";><STRONG>Phil Maker</STRONG></A>
+
+
+<DD>é o autor da biblioteca
+
+
+     <A HREF="/software/nana/nana.html">GNU
+
+
+     Nana</A> e também é um dos fundadores da
+
+
+     Quoll Systems.
+
+
+     <P>
+
+
+
+
+
+
+
+
+<DT><a href="http://mai2.rcnet.ru/~mao/";><STRONG>Andrew Makhorin</STRONG></a>
+
+
+<DD>é o autor e mantenedor do
+
+
+     <a href="/software/marst/marst.html">MARST</a>
+
+
+     (um tradutor de Algol para C) na Rússia.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+<DT><A HREF="http://www.fig.org/gord/";><STRONG>Gordon Matzigkeit</STRONG></A>
+
+
+<DD>foi o principal autor da
+
+
+     <A HREF="/software/libtool/libtool.html">GNU Libtool</A>. Ele está
+
+
+     atualmente trabalhando em integração de sistemas GNU, com foco no
+
+
+     <A HREF="/software/hurd/hurd.html">GNU Hurd</A>.
+
+
+<P>
+
+
+<DT><A HREF="http://www.frob.com/~roland";><STRONG>Roland McGrath</STRONG></A>
+
+
+<DD>trabalhou no projeto GNU de 1987 até 1996. Ele é o principal autor da
+
+
+     <A HREF="/software/libc/libc.html">Biblioteca C</A> GNU,
+
+
+     co-autor do <A HREF="/software/hurd/hurd.html">GNU Hurd</A>,
+
+
+     co-autor do GNU Make, e um dos principais contribuidores
+
+
+     do GNU Autoconf. Ele também "hackeou" vários outros programas GNU
+
+
+     através dos anos.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><a 
href="http://www.isty-info.uvsq.fr/~medernac/SpeedX.GNU.html";><STRONG>Emmanuel 
Medernach</STRONG></a>
+
+
+<DD>é o autor e mantenedor do <A href="">SpeedX</a>.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+<DT><STRONG>Jim Meyering</STRONG> <A 
HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+
+
+<DD>Mantém os GNU fileutils, sh-utils e textutils.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://www.canb.auug.org.au/~millerp/";><STRONG>Peter 
Miller</STRONG></A>
+
+
+<DD>Contribuiu com o projeto
+
+
+     <A HREF="../software/gettext/gettext.html">GNU Gettext</A>,
+
+
+     e também produziu uma gama de software sob a GPL. Ele tem mais
+
+
+     de 20 anos de experiência em engenharia de software incluindo
+
+
+     gráficos, linguagens e compiladores, redes e segurança, ferramentas
+
+
+     web, ferramentas para o processo de desenvolvimento de software,
+
+
+     e ferramentas de administração de sistemas.<P>
+
+
+
+
+
+<DT><STRONG>Terje Mjøs</STRONG>
+
+
+<DD>Autor do Compilador GNU Simula,
+
+
+     <A HREF="/software/cim/cim.html">Cim</A>.
+
+
+     <P>
+
+
+              
+
+
+<DT><A HREF="http://www-lsi.die.upm.es/~josem/";><STRONG>Jose M. Moya
+
+
+     </STRONG></A>
+
+
+<DD>está atualmente trabalhando no <A HREF="/software/hurd/hurd.html">GNU
+
+
+     Hurd</A>.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+     
+
+
+<DT><A HREF="http://www.cs.arizona.edu/people/imurdock/";><STRONG>Ian 
Murdock</STRONG></A>
+
+
+<DD>liderou o desenvolvimento do <A HREF="http://www.debian.org/";>Debian
+
+
+     GNU/Linux</A> desde a sua criação em 1993 até 1996.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="/home.html"><STRONG>Neelakanth Nadgir</STRONG></A>
+
+
+<DD>Trabalha como webmaster do site www.gnu.org
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A href="http://www.cs.wwu.edu/~phil";><STRONG>Phil Nelson</STRONG></A>
+
+
+<DD>trabalhou em vários programas GNU nos últimos anos. Ele escreveu
+
+
+     a versão inicial do GNU cpio. Ele também escreveu o GNU dbm e o
+
+
+     GNU bc. Ele é o mantenedor do GNU bc.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://www.tux.org/~niemi/";><STRONG>David C. Niemi</STRONG></A>
+
+
+<DD>é Bacharel em Engenharia da Computação pela Universidade de Illinois.
+
+
+     Ele mantém o
+
+
+     <A HREF="http://www.tux.org/~niemi/unixbench/";>Unixbench</A>
+
+
+     e ajuda a manter os <A HREF="/software/mtools/mtools.html">Mtools</A>.
+
+
+     Ele também contribuiu com patches para o kernel do Linux e vários
+
+
+     utilitários GNU. Ele é o princial administrador de sistemas para
+
+
+     o domínio tux.org escreve white papers sobre tópicos relacionados.<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://www.cs.uu.nl/~hanwen";><STRONG>Han-Wen Nienhuys</STRONG></A>
+
+
+<DD>é um dos autores do
+
+
+     <A HREF="http://www.lilypond.org";>LilyPond</A>, o software de
+
+
+     edição de músicas do projeto GNU. Atualmente ele faz doutorado
+
+
+     no Departamento de Ciência da Computação da Universidade de
+
+
+     Utrecht.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://www.xs4all.nl/~jantien";><STRONG>Jan
+
+
+     Nieuwenhuizen</STRONG></A>
+
+
+<DD>é um dos principais autores do <A HREF="www.lilypond.org">LilyPond</A>,
+
+
+     o software de edição de músicas do Projeto GNU. Ele está atualmente
+
+
+     se candidatando a um doutorado, tem um emprego em tempo parcial,
+
+
+     e está "hackeando" bastante o Lily.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://www.ic.unicamp.br/~oliva/";><STRONG>Alexandre 
Oliva</STRONG></A>
+
+
+<DD>é um dos mantenedores do
+
+
+     <A HREF="http://www.gnu.org/software/libtool/libtool.html";>GNU 
libtool</A>,
+
+
+     <a href="/software/autoconf/autoconf.html">GNU Autoconf</a>,
+
+
+     e o criador dos utilitários GNU Ad Hoc e GNU CVS. Ele contribui
+
+
+     regularmente com muitos outros projetos de software livres GNU e não-GNU
+
+
+     como Kaffe, Amanda e Samba. Como pesquisador, ele criou Guarana,
+
+
+     uma arquitetura reflexiva implementada como uma extensão do Kaffe.<P>
+
+
+     
+
+
+<DT><A HREF="http://www.oualline.com";><STRONG>Steve Oualline</STRONG></A>
+
+
+  <DD>é um engenheiro de software que trabalha no sul da Califórnia.
+
+
+     Ele contribuiu com o programa
+
+
+         <STRONG>proto</STRONG> para o Projeto GNU.<P>
+
+
+
+
+
+<DT><STRONG>Krishna Padmasola</STRONG> <A 
HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+
+
+<DD>Converteu a documentação do modo CC do GNU Emacs para o formato Texinfo,
+
+
+     que é incluído hoje na distribuição do Emacs.
+
+
+<P>
+
+
+<DT><a href="http://www.cs.indiana.edu/hyplan/wmperry.html";><STRONG>William
+
+
+       M. Perry</STRONG></a> 
+
+
+  <DD>é o autor do
+
+
+       <a href="http://www.cs.indiana.edu/elisp/w3/docs.html";>Emacs/W3</a>,
+
+
+       o navegador web do Emacs.<P>
+
+
+<DT><A HREF="http://www.msu.edu/user/pfaffben";><STRONG>Ben
+
+
+Pfaff</STRONG></A>
+
+
+<DD>é o principal autor do <A HREF="/software/pspp/pspp.html">GNU
+
+
+     PSPP</A>, que ele continua a desenvolver e a manter.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><a href="http://www.bigfoot.com/~vtamara";><STRONG>Vladimir Támara 
Patiño</STRONG></a>
+
+
+<DD>é um avaliador de software do GNU, ajuda na
+
+
+     <a href="/education">seção de educação do GNU</a>,
+
+
+     é co-mantenedor do
+
+
+     <a href="/software/gtypist">GNU Typist</a>,
+
+
+     e defente dos valores do software livre
+
+
+     (cooperação e liberdade) na Colômbia.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+<DT><a href="http://www.dbai.tuwien.ac.at/~pfeifer/";><STRONG>Gerald 
Pfeifer</STRONG></a>
+
+
+<DD>é mebro do conselho diretor do <A href="/software/gcc/">GCC</a>
+
+
+     e também mantém as páginas web do
+
+
+     GCC. Além disso, ele agora mantém o gnatsweb, um front-end web para
+
+
+     o sistema de acompanhamento de Bugs <A href="/software/gnats/">GNATS</A>.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+<DT><A HREF="http://fly.cnuce.cnr.it/";><STRONG>Francesco
+
+
+     Potort&igrave;</STRONG></A>
+
+
+<DD>é o mantenedor do <CITE>etags</CITE>, que é parte do
+
+
+     <A HREF="http://www.gnu.org/software/emacs/emacs.html";>Emacs</A>.
+
+
+     Ele contribuiu com o código assembler 68020 do
+
+
+     <A HREF="http://www.gnu.org/software/gzip/gzip.html";>gzip</A>,
+
+
+     portou o <CITE>Emacs</CITE> para a arquitetura Delta 68k da Motorola,
+
+
+     escreveu alguns dos pacotes do <CITE>Emacs</CITE>, e fez muitas outras
+
+
+     coisas menores.
+
+
+<P>
+<DT><STRONG>Miquel Puigpelat</STRONG>
+
+
+<DD> &eacute; tradutor das p&aacute;ginas do GNU para o Catal&atilde;o e 
membro do gnu.org. Mantem tamb&eacute;m 
+
+
+     
+
+
+uma p&aacute;gina pessoal sobre o <a href="http://www.puigpe.org/";>software 
livre</a> e assuntos relacionados no Catal&atilde;o .
+<P>
+
+
+
+
+
+
+
+  
+
+
+
+
+
+<DT><STRONG>Chet Ramey</STRONG> <A 
HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+
+
+<DD>é o mantenedor do Bash e é um dos engenheiros de rede que trabalha
+
+
+     para a Universidade Case Western Reserve em Cleveland, Ohio, USA.<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://www.linux.lk/~anuradha/";><STRONG>Anuradha 
Ratnaweera</STRONG></A>
+
+
+<DD>é estudante de graduação em engenharia que vive no Sri Lanka. Ele é
+
+
+     o autor e mantenedor do
+
+
+     <a href="/software/gfe/gfe.html">GNU Font Editor (GFE)</a>.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+<DT><A HREF="http://www.ccil.org/~esr";><STRONG>Eric S. Raymond</STRONG></A>
+
+
+<DD>escreveu os modos VC (version control, ou controle de versões), GUD
+
+
+     (Grand Unified Debugger, ou Grande depurador unificado) e asm (assembler)
+
+
+     do
+
+
+     <A HREF="/software/emacs/emacs.html">GNU Emacs</A>.  Ele também é
+
+
+     o responsável por vários dos comentários nos cabeçalhos da biblioteca
+
+
+     Lisp do Emacs. Ele escreveu a documentação pic fornecida com
+
+
+     o groff-1.11.
+
+
+<P>
+
+
+     
+
+
+<DT><STRONG>Arnold Robbins</STRONG> <A 
HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+
+
+<DD>mantém o GNU Awk (gawk) e é o autor do seu manual, o Guia do Usuário do
+
+
+     GNU Awk. Ele escreveu uma série de artigos sobre o GNU para o Linux
+
+
+     Journal.
+
+
+<P>
+
+
+     Ele tem uma esposa e três filhos, e, entre outras coisas, é um
+
+
+     Talmudista (ou seria Talmudólogo?) amador, estudando tanto a versão
+
+
+     da Babiloniana quanto a de
+
+
+     Jerusalém. Ele vive hoje feliz em Israel, mas ainda tem a
+
+
+     placa (de carro) da Geórgia com as letras
+
+
+     <STRONG>GNUAWK</STRONG>.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://www.rulabinsky.com/steve";><STRONG>Steven
+
+
+     M. Rubin</STRONG></A>
+
+
+<DD>é o autor do <A HREF="/software/electric/electric.html">Electric</A>,
+
+
+     o sistema GNu de CAD para Circuitos Integrados e desenho esquemático,
+
+
+     que ele continua a manter e aperfeiçoar. Ele também é cantor na
+
+
+     <A HREF="http://www.std.org";>Severe Tire Damage</A>, a primeira banda
+
+
+     a tocar ao vivo na Internet.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><STRONG>Alessandro Rubini</STRONG> <A 
HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+
+
+<DD>é o autor do GNU barcode. Ele desenvolve software livre como meio
+
+
+     de vida e defende o software livre ("libero") como uma missão.
+
+
+<P>
+
+
+<DT><A HREF="http://web.meganet.net/rulon/gnu.html";><STRONG>Phillip 
Rulon</STRONG></A>
+
+
+<DD>não sabe a diferença entre programação e "hackear sistemas".
+
+
+Estuda física no tempo livre.
+
+
+<P>
+
+
+              
+
+
+<DT><A HREF="http://www.welcomehome.org/rob.html";><STRONG>Rob
+
+
+     Savoye</STRONG></A>
+
+
+<DD>é o autor do DejaGnu, o framework para testes de regressão do GNU,
+
+
+     e da libgloss, uma biblioteca BSP para as ferramentas GNU para
+
+
+     sistemas embutidos.<P>
+
+
+     
+
+
+<DT><A HREF="http://www.ma.utexas.edu/users/wfs";><STRONG>William F. 
Schelter</STRONG></A>
+
+
+<DD>é o responsável pelo porte do Compilador GNU C para a plataforma
+
+
+     Intel x86. Ele contribuiu com a primeira versão da interface do Emacs
+
+
+     para depurador de código-fonte gdb, e é atualmente o responsável
+
+
+     pelo GNU Common Lisp e pelo Maxima (programa de computação simbólica).
+
+
+     Ele é professor na Universidade do Texas em Austin.
+
+
+     <P>
+
+
+     
+
+
+<DT><A HREF="http://www.advogato.org/person/jbs/";><STRONG>Jeffrey
+
+
+     B. Siegal</STRONG></A>
+
+
+<DD>esteve envolvido com o GNU desde 1985, quando ele ajudou Richard
+
+
+     Stallman a projetar o GCC. Ele contribuiu com com vários pacotes
+
+
+     de software livre incluindo o
+
+
+     <A href="http://www.gnu.org/software/emacs/emacs.html";>Emacs</a>,
+
+
+     a <a href="http://www.gnu.org/software/libc/libc.html";>Biblioteca C</a>
+
+
+     do GNU, o <a href="http://www.xfree86.org/";>X Window System</a> e
+
+
+     outros. Jeff fez o primeiro porte de vários pacotes GNU para o Windows
+
+
+     NT.<P>
+
+
+              
+
+
+<DT><STRONG>Claude Simon</STRONG> <A 
HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+
+
+  <DD>Autor e mantenedor do programa
+
+
+         <A HREF="http://www.epeios.org/en/mll2html.html";
+
+
+         TARGET="_blank">mll2html</A>. Também autor do projeto
+
+
+         <A HREF="http://www.epeios.org/";>Epeios</A>.
+
+
+         <P>
+
+
+         
+
+
+<DT><A HREF="http://www.ultranet.com/~pauld/";><STRONG>Paul D. 
Smith</STRONG></A>
+
+
+<DD>assumiu a manutenção do GNU make de Roland McGrath. Antigo beta
+
+
+     tester do GNU Emacs e autor do snmp-mode.el e vários outros
+
+
+     programinhas ELisp. Usuário e testador de vários pacotes GNU
+
+
+     por mais de 10 anos!
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><STRONG>Prashant Srinivasan</STRONG>
+
+
+<DD>é webmaster do site do <A href="http://www.gnu.org";>GNU</A>
+
+
+      e também faz várias coisas pelo site :-)
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+<DT><A HREF="http://www.stallman.org/";><STRONG>Richard Stallman</STRONG></A>
+
+
+<DD>fundou o projeto GNU em 1984. Ele é o princial ou o primeiro autor do
+
+
+
+
+
+     <A HREF="/software/emacs/emacs.html">GNU Emacs</A>, do
+
+
+
+
+
+     <A HREF="/software/gcc/gcc.html">Compilador GNU C</A>, do Depurador
+
+
+     GNU GDB e partes de outros pacotes. Ele é o presidente da
+
+
+
+
+
+     <A HREF="/fsf/fsf.html">Free Software Foundation (FSF)</A>
+
+
+     e mantém o GNU Emacs.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://dsl.org/m/";><STRONG>Michael Stutz</STRONG></A>
+
+
+<DD>realizou vários trabalhos voluntários para o GNU e está atualmente
+
+
+     escrevendo
+
+
+     <cite>GNU/Linux: A Free Software Cookbook</cite>. Ele está interessado
+
+
+     em criar uma sociedade livre e colou uma novela e várias gravações
+
+
+     de música sob o copyleft.
+
+
+     <P>
+
+
+<DT><STRONG>David Sugar</STRONG><A 
href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A> 
+
+
+<DD>é um dos autores e principal mantenedor do
+
+
+       <A HREF="/software/cc++/cc++.html">GNU Common C++</A>,
+
+
+       que é um framework genérico e portável para desenvolvimento
+
+
+       de aplicações em C++. David Sugar também fundou o projeto
+
+
+       <A HREF="/software/bayonne/bayonne.html">GNU Bayonne</a>
+
+
+       e é um dos principais fundadores da OST, uma endidade comercial
+
+
+       que desenvolve e promove soluções de telefonia livres licensiadas
+
+
+       sob a GPL. <P>
+
+
+
+
+
+     
+
+
+<DT><A HREF="http://www.airs.com/ian/";><STRONG>Ian Lance Taylor</STRONG></A>
+
+
+<DD>escreveu o <STRONG>GNU/Taylor UUCP</STRONG>. Ele contribuiu com vários
+
+
+     pacotes GNU. Ele atualmente mantém os GNU binutils.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://www.daimi.au.dk/~krab";><STRONG>Kresten Krab 
Thorup</STRONG></A>
+
+
+<DD>escreveu o suporte de tempo de execução do GNU Objective-C e foi o
+
+
+     principal e original autor do pacote
+
+
+      <A HREF="http://sunsite.auc.dk/auctex/";>AUC TeX</A> para o Emacs,
+
+
+      que ele manteve até 1993.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://www.bbb.caltech.edu/USERS/mvanier";><STRONG>Mike 
Vanier</STRONG></A>
+
+
+<DD>é estudante da graduação em Computação e Sistemas Neurais no
+
+
+     Insituto de Tecnologia da Califórnia (Caltecj) e assumiu recentemente
+
+
+     a manutenção do GNU Shogi e xshogi. Ele está atualmente trabalhando
+
+
+     duro atualizando e limpando o seu código para uma nova versão que
+
+
+     ele espera será liberada em poucos meses (dito em abril de 1999).
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><STRONG>Rajesh Vaidheeswarran</STRONG>
+
+
+<DT>é o mantenedor do <a href="http://www.dsmit.com/cons";>cons<a>,
+
+
+autor e mantenedor do <A href="http://www.dsmit.com/lisp/";>whitespace.el</a>
+
+
+(que faz parte do GNU Emacs) e algumas outras bibliotecas emacs-lisp.
+
+
+Ele também é um dos webmasters e administradores de sistema do site
+
+
+do GNU.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+<DT><STRONG>Michael C. Vergallen</STRONG>
+
+
+<DD>comanda a Distribuição GNU Européia... Ele é aquele que os europeus
+
+
+     culpam quando os seus pedidos não foram entregues à tempo... mesmo
+
+
+     quando ele não recebeu o formulário de pedido.
+
+
+     <P>
+
+
+
+
+
+<dt><a href="http://www.squirrel.nl/people/jvromans/";><STRONG>Johan
+
+
+     Vromans</STRONG></a>
+
+
+<dd>é o autor do forms-mode do GNU Emacs e várias outras ferramentas
+
+
+     que estão livremente disponíveis no espírito do GNU.
+
+
+<p>
+
+
+     
+
+
+<DT><STRONG>Melissa Weisshaus</STRONG>
+
+
+<DD>Esteve com o projeto GNU irregularmente (em geral presente) desde 
+
+
+     1991. Ela editou vários dos
+
+
+     <A HREF="/bulletins/bulletins.html">Boletins do GNU</A>
+
+
+     e realizou vários trabalhos para a maioria das outras publicações
+
+
+     da FSF.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><A HREF="http://www.red-bean.com/~nemo";><STRONG>
+
+
+     Joel N. Weber II</STRONG></A>
+
+
+<DD>está trabalhando no Hurd, e também é administrador de sistemas,
+
+
+     webmaster, e desempenha outras funções.
+
+
+     <P>
+
+
+
+
+
+<DT><a href="http://www.tamacom.com/~shigio/";><STRONG>Shigio 
Yamaguchi</STRONG></a>
+
+
+<DD>é o autor do <a href="/software/global/global.html">GNU GLOBAL</A>
+
+
+     source code tag system que funciona da mesma
+
+
+     maneira em diversos ambientes.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+<DT><a href="mailto:address@hidden";><STRONG>IIDA Yosiaki</STRONG></a>
+
+
+<DD>mantém o <A href="/software/gnujdoc/">GNUjdoc e traduz o
+
+
+<A href="brave-gnu-world/">Corajoso Mundo GNU</a> para o japonês.
+
+
+
+
+
+<P>
+
+
+<DT><STRONG>Brian Youmans</STRONG>
+
+
+<DD>se juntou ao Escritório de Distribuição da FSF em janeiro de 1996.
+
+
+     Ele lida com a impressão e envio dos manuais da FSF, assim como
+
+
+     créditos de copyright, pedidos por telefone, e carregar todas
+
+
+     as caixas acima de cinquenta gramas.
+
+
+<P>
+
+
+
+
+
+<DT><STRONG><A HREF="http://www.coyote.org/~jonas/";>Jonas Öberg</A></STRONG>
+
+
+<DD>é um dos webmasters e administradores de sistema do GNU. Ele também
+
+
+defende a filosofia do GNU na Suíça.
+
+
+<P>
+
+
+</DL>
+
+
+
+
+
+<HR>
+
+
+
+
+
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">página principal do GNU</A>.
+
+
+<P>
+
+
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de contactar</A>
+
+
+a FSF.
+
+
+<P>
+
+
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+
+
+envie outras questões para
+
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+
+<P>
+
+
+Copyright (C) 1996, 1997, 1998, 1999 Free Software Foundation, Inc.,
+
+
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110-0301,  USA
+
+
+<P>
+
+
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em qualquer
+
+
+meio, desde que esta nota seja preservada.
+
+
+<P>
+
+
+Atualizado:
+
+
+<!-- hhmts start -->
+
+
+23 Jan 2001 fsl
+
+
+<!-- hhmts end -->
+
+
+<P>
+
+
+Traduzido por: Fernando Lozano
+
+
+<A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+
+
+<HR>
+
+
+</BODY>
+
+
+</HTML>
+
+

Index: people/speakers.pt-br.html
===================================================================
RCS file: people/speakers.pt-br.html
diff -N people/speakers.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ people/speakers.pt-br.html  20 Mar 2008 13:56:31 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,579 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+
+<HTML>
+
+<HEAD>
+
+<TITLE>Palestrantes do GNU e do Software Livre - O Projeto GNU e a Fundação 
para o Software Livre (FSF)</TITLE>
+
+<META HTTP-EQUIV="Description" NAME="Description" Content="This page describes 
various speakers who can speak or serve on panel discussions as representatives 
of the GNU project and the Free Software Movement.">
+
+<META HTTP-EQUIV="Keywords" NAME="Keywords" CONTENT="speaker, event, panel, 
discussion, freedom, free, software, open, source, legal, copyright, 
intellectual, property, movement">
+
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+
+</HEAD>
+
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+
+
+
+<CENTER><H2>Palestrantes do GNU e do Software Livre</H2>
+
+
+
+<P>
+
+
+
+<A HREF="/graphics/atypinggnu.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-type-sm.jpg"
+
+   ALT=" [image of a Typing GNU Hacker] "
+
+   WIDTH="137" HEIGHT="114"></A>
+
+
+
+</CENTER>
+
+[
+  <A HREF="/people/speakers.ca.html">Catalão</A>
+| <A HREF="/people/speakers.html">Ingl&ecirc;s</A>
+| <A HREF="/people/speakers.pt-br.html">portugu&ecirc;s do Brasil</A>
+]
+<P>
+
+Nós frequentemente recebemos requisições por palestrantes que possam
+
+representar o Projeto GNU e/ou o Movimento pelo Software Livre em uma
+
+conferência, evento ou painél de discussões. Você pode usar esta página
+
+para localizar alguém que possa falar em nome do Projeto GNU e do
+
+Movimento pelo Software Livre. Os palestrantes são listados em ordem
+
+alfabética pelo sobrenome. Se você deseja convidar algum desses palestrantes
+
+para um evento, por favor contacte o palestrante diretamente por e-mail.
+
+
+
+</P> <P>
+
+<CENTER><H3>Os Palestrantes</H3>
+
+
+
+[ <A HREF="#Chassell">Robert J. Chassell</A> |
+
+  <A HREF="#Greve">Georg C. F. Greve</A> |
+
+  <A HREF="#Moglen">Eben Moglen</A> |
+
+  <A HREF="#Stallman">Richard  M. Stallman</A> ]
+
+
+
+</CENTER></P><P>
+
+
+
+<HR>
+
+
+
+<H3><A NAME="Chassell" HREF="http://www.rattlesnake.com/";>Robert J. 
Chassell</A> <A
+
+    HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A></H3>
+
+<DL>
+
+<P>
+
+<DT><STRONG>Biografia</STRONG></DT>
+
+<DD><P>
+
+
+
+<A HREF="http://www.rattlesnake.com/";>Robert J. Chassell</A>
+
+foi um dos Diretores fundadores e Tesoureiro da
+
+<A HREF="http://www.fsf.org";>Fundação para o Software Livre</A>.
+
+Chassell é escritor e editor. Ele é o autor de
+
+<CITE>Programming in Emacs Lisp: An Introduction</CITE>.
+
+Ele se formou na Universidade de Cambridge, Inglaterra. Ele vôa em
+
+seu próprio planador, gosta de astronomia e tem um grande interesse
+
+em história social e econômica.
+
+
+
+</P>
+
+
+
+</DD>
+
+<P>
+
+<DT><STRONG>Tópicos</STRONG></DT>
+
+<DD>
+
+<P>
+
+Chassell é especialmente bom na apresentação dos conceitos do software
+
+livre para audiências que tem pouca ou nenhuma experiência prévia com
+
+tecnologia.
+
+
+
+</P><P>
+
+
+
+Chassell pode apresentar os seguintes tópicos:
+
+
+
+<UL>
+
+
+
+<LI>Ele pode explicar como os direitos legais de copiar, estudar, modificar
+
+e redistribuir software encorajam as pessoas a trabalharem colaborativamente
+
+e lucrativamente.</LI>
+
+
+
+<LI>Ele pode descrever os meios pelos quais aliberdade molda a tecnologia
+
+do software para torna-la acessível e vantajosa tanto para programadores
+
+quanto para usuários.</LI>
+
+
+
+<LI>Ele pode discutir os vários modelos de negócios utilizados por
+
+empresas para ter lucro com software livre, tanto em paízes ricos como
+
+em paízes pobres.</LI>
+
+
+
+<LI>Ele pode falar sobre as implicações éticas do software livre e do
+
+sofware restrito, e como arrumar as coisas de modo que atuar de uma maneira
+
+cooperativa e de acordo com a lei seja sem dúvida a melhor opção, pelos
+
+aspectos morais, legais e práticos.
+
+
+
+<LI>Ele pode orientar uma audiência de advogados, e outros que apreciam
+
+discussões jurídicas, sobre a Licensa Geral do GNU parágrafo por parágrafo,
+
+e compara esta licensa com outras, um tanto diferentes.</LI>
+
+
+
+
+
+<LI>Pela sua própria experiência, ele pode descrever a história do
+
+software livre desde o seu início no Projeto GNU até o surgimento da
+
+expressão <A HREF="/philosophy/free-software-for-freedom.html">"software
+
+aberto"</A>e até o presente florescimento do GNU/Linux.</LI>
+
+</UL>
+
+</DD>
+
+
+
+</P><P>
+
+
+
+<DT><STRONG>Línguas</STRONG></DT>
+
+
+
+<DD>Chassell fala inglês, e tem experiência em falar para multidões nas
+
+quais o inglês é a segunda língua.</DD>
+
+
+
+</P></DL>
+
+
+
+</P>
+
+<P>
+
+<HR width="50%">
+
+
+
+<H3><A NAME="Greve" HREF="/people/greve.html">Georg C. F. Greve</A> <A
+
+    HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A></H3>
+
+<DL>
+
+<P>
+
+<DT><STRONG>Biografia</STRONG></DT>
+
+<DD><P>
+
+
+
+<A HREF="/people/greve.html">Georg Greve</A> estudou física na Universidade
+
+de Hamburgo e está atualmente escrevendo a sua rese de graduação no
+
+departamento de Ciência da Computação sobre análise de imagens de 
microscópios
+
+SXM. Suas atividades no GNU incluem desenvolvimento ativo do GNU Xlogmaster
+
+e do GNU AWACS assim como escrever a coluna mensal do GNU <A
+
+HREF="/brave-gnu-world/brave-gnu-world.html"><CITE>Brave GNU World</CITE></A>
+
+que é a única coluna mensal liberada em cinco línguas e impressa em duas
+
+revistas. Os eventos nos quais ele falou sobre e pelo Projeto GNU foram
+
+o GNU/Linux Cluster "CLOWN", o "Systems '99" em Munich e o "Linux
+
+Expo/Linux World 2000" em Paris.
+
+
+
+</P>
+
+
+
+</DD>
+
+<P>
+
+<DT><STRONG>Tópicos</STRONG></DT>
+
+<DD>
+
+<P>
+
+
+
+Greve pode falar sobre os seguintes tópicos:
+
+<UL>
+
+
+
+<LI>História e filosofia do Projeto GNU e do software livre.</LI>
+
+<LI>Aspectos políticos e comerciais do Projeto GNU e do software livre.</LI>
+
+<LI>O Corajoso Mundo GNU</LI>
+
+</UL>
+
+</DD>
+
+
+
+</P><P>
+
+
+
+<DT><STRONG>Línguas</STRONG></DT>
+
+<DD>Greve fala inglês e alemão fluentemente, e pode apresentar palestras
+
+em ambas as línguas.</DD>
+
+
+
+</P></DL>
+
+
+
+<P>
+
+<HR width="50%">
+
+
+
+<H3><A NAME="Moglen" HREF="http://emoglen.law.columbia.edu";>Eben Moglen</A> <A
+
+    HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A></H3>
+
+<DL>
+
+<P>
+
+<DT><STRONG>Biografia</STRONG></DT>
+
+<DD><P>
+
+
+
+<A HREF="http://emoglen.law.columbia.edu";>Eben Moglen</A> é professor de
+
+Legislação e História Jurídica na Escola de Leis de Columbia. O Professor
+
+Moglem estuda a história e a natureza mutante das idéias sobre a
+
+propriedade intelectual.
+
+
+
+</P></DD>
+
+<P>
+
+<DT><STRONG>Tópicos</STRONG></DT>
+
+<DD>
+
+O Professor Moglen está disposto a apresentar palestras sobre os seguintes
+
+tópicos:
+
+
+
+<UL>
+
+<LI>O Movimento pelo Software Livre, em relação com outras idéias de como
+
+produzir e distribuir idéias.</LI>
+
+
+
+<LI>Porque o atual movimento na tecnologia irá tornar obsoletas as
+
+idéias convencionais expressas na lei.</LI>
+
+
+
+</UL>
+
+
+
+</DD>
+
+
+
+</P><P>
+
+
+
+<DT><STRONG>Línguas</STRONG></DT>
+
+
+
+<DD>O Professor Moglen fala inglês. </DD>
+
+
+
+</P></DL>
+
+
+
+<P>
+
+<HR width="50%">
+
+<H3><A NAME="Stallman" HREF="http://www.stallman.org/rms.html";>Richard 
Stallman</A> <A
+
+    HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A></H3>
+
+<DL>
+
+<P>
+
+<DT><STRONG>Biografia</STRONG></DT>
+
+<DD><P>
+
+<A HREF="http://www.stallman.org/rms.html";>Richard Stallman</A> é o fundador
+
+do <A HREF="http://www.gnu.org/gnu/thegnuproject.html";>Projeto GNU</A>,
+
+iniciado em 1984 para desenvolver o sistema operacional
+
+<A HREF="http://www.gnu.org/philosophy/free-sw.pt-br.html";>livre</A>,
+
+o GNU.
+
+
+
+</P><P>
+
+Richard Stallman é o principal autor do <A
+
+HREF="http://www.gnu.org/software/gcc/gcc.html";>Compilador GNU C</A>,
+
+do <A HREF="http://www.gnu.org/software/gdb/gdb.html";>Depurador Simbólico GNU
+
+(GDB)</A>, <A HREF="http://www.gnu.org/software/emacs/emacs.html";>GNU
+
+Emacs</A>, e vários outros programas do GNU.  Stallman é atualmente o
+
+presidente da <A HREF="http://www.fsf.org";>Fundação para o Software 
Livre</A>.
+
+
+
+</P>
+
+
+
+</DD>
+
+<P>
+
+<DT><STRONG>Tópicos</STRONG></DT>
+
+<DD>
+
+Richard Stallman já preparou palestras sobre os seguintes assuntos:
+
+<UL>
+
+
+
+<LI><CITE><A HREF="/gnu/thegnuproject.html">O Projeto do Software Livre
+
+     e o sistema operacional GNU/Linux</A></CITE> (estão disponívies
+
+     <A HREF="/philosophy/audio/audio.html">Gravações em áudio</A>
+
+     e um <A HREF="/gnu/thegnuproject.html">sumário textual</A>
+
+     desta palestra.)</LI>
+
+
+
+<LI><CITE>Copyright vs. Comunidade na Idade das Redes de
+
+     Computadores</CITE></LI>
+
+
+
+<LI><CITE>O Perigo das Patentes de Software</CITE></LI>
+
+
+
+</UL>
+
+O Sr. Stallman também está disponível para entrevistas com a imprensa e
+
+para painéis de discussão cobrindo todos os aspectos do Projeto GNU
+
+e do Movimento pelo Software Livre.
+
+
+
+</DD>
+
+
+
+</P><P>
+
+
+
+<DT><STRONG>Línguas</STRONG></DT>
+
+
+
+<DD>Stallman fala inglês e francês fluentemente, e pode apresentar palestras
+
+em qualquer das duas línguas.</DD>
+
+
+
+</P></DL>
+
+
+
+
+
+<HR>
+
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">Página Principal do GNU</A>.
+
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo"> outros meios de contactar
+
+</A> a FSF.
+
+<P>
+
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+
+envie outras questões para 
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+<P>
+
+Copyright (C) 2000 Free Software Foundation, Inc.,
+
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110-0301,  USA
+
+<P>
+
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em qualquer
+
+meio, desde que esta nota seja preservada.
+
+<P>
+
+Traduzido por: Fernando Lozano
+
+<A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+
+<P>
+
+Atualizado:
+
+<!-- hhmts start -->
+
+21 Jan 2001 fsl
+
+<!-- hhmts end -->
+
+<HR>
+
+</BODY>
+
+</HTML>
+

Index: philosophy/basic-freedoms.pt-br.html
===================================================================
RCS file: philosophy/basic-freedoms.pt-br.html
diff -N philosophy/basic-freedoms.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ philosophy/basic-freedoms.pt-br.html        20 Mar 2008 13:56:36 -0000      
1.1
@@ -0,0 +1,123 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Liberdade de Expressão, Imprensa e Associação na Internet - O Projeto 
GNU e a  Fundação para o Software Livre (FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<H3>Liberdade de Expressão, Imprensa e Associação na Internet</H3>
+
+<A HREF="/graphics/philosophicalgnu.html"><IMG 
SRC="/graphics/philosophical-gnu-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem de um GNU filosófico] "
+   WIDTH="160" HEIGHT="200"></A>
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+[
+ <A HREF="/philosophy/basic-freedoms.ca.html">Catalão</A>
+| <A HREF="/philosophy/basic-freedoms.fr.html">Francês</A>
+| <A HREF="/philosophy/basic-freedoms.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/philosophy/basic-freedoms.ja.html">Japonês</A>
+| <A HREF="/philosophy/basic-freedoms.pt-br.html">português do Brasil</A>
+| <A HREF="/philosophy/basic-freedoms.ru.html">Russo</A>
+]
+<P>
+A Fundação para o Software Livre suporta as liberdades de expressão,
+imprensa, e associação na Internet. Por favor verifique:
+
+<P>
+<UL>
+  <LI>A qualquer momento, a Suprema Corte dos Estados Unidos irá anunciar
+       a sua decisão no desafio legal ao Ato de Decência nas Comunicações
+       (Communications Decency Act, CDA). Visite
+       <A HREF = "http://www.ciec.org/";>the Citizens Internet
+       Empowerment Coalition</A>
+       (Coalisão pelo Aumento dos Poderes dos Cidadãos na Internet)
+       para ver as últimas notícias sobre o caso.
+       <P>
+
+  <LI>Os <A HREF="http://www.vtw.org/";>Voters Telecommunications Watch</A>
+       (Observador dos Votantes nas Telecomunicações)
+       e sua ótima lista de e-mail de anúncios.
+       <P>
+
+  <LI><A HREF="/philosophy/censoring-emacs.html">Censoring GNU Emacs</A>
+       (Censurando o GNU Emacs)
+       descreve como o Ato pela Decência nas Comunicações exigiu que
+       o Projeto GNU censurasse o GNU Emacs -- e como isso, paradoxalmente,
+       teve o efeito oposto do que os censores desejaram.
+       <P>
+
+  <LI><A HREF="http://www.factnet.org/";>F.A.C.T.Net Inc.</A>
+       (Rede de Fatos)
+       é um jornal na Internet, sem fins lucrativos, e um arquivo
+       dedicado à promoção e defesa do livre-pensamento, liberdade
+       de expressão e direitos de privacidade em âmbito internacional.
+       <P>
+
+  <LI>A
+       <A HREF="http://www.eff.org/blueribbon.html";>Blue Ribbon Campaign</A>
+       (Campanha da Fita Azul) pela liberdade de discurso, imprensa e
+       associação no mundo conectado.
+       <P>
+
+  <LI>Você pode ler <A HREF="http://www.vtw.org/speech/index.html#decision";>the
+       June 1996 appeals court decision</A>
+       (Os apelos à decisão de 1996 da corte)
+       rejeitando a censura na Internet. Mas lembre-se, esta decisão
+       <em>não é final</em>! Primeiro, a Corte Suprema irá concordar ou
+       discordar; então, o Congresso terá a sua chance de procurar por
+       algum outro método de censura.
+       <P>
+
+  <LI><A HREF="http://www.savetheweb.org";>Save the Web</a>
+       (Salve a Web) é im movimento dedicado a garantir que a maior
+       prioridade das leis sobre a Internet na Europa seja a proteção dos
+       direitos individuais dos usuários da Internet.
+       Por favor, leia também
+       
+       <A HREF="/philosophy/savingeurope.html">Saving Europe from Software 
Patents</A>
+       (Salvando a Europa das Patentes de Software) por
+       <A HREF="http://www.stallman.org/";>Richard Stallman</A>.
+       <P>
+
+  <LI><A HREF="/links/links.html#FreedomOrganizations">Organizações</A>
+       que trabalham pela liberdade no Desenvolvimento dos Computadores
+       e das Comunicações Eletrônicas.
+       <P>
+
+</UL>
+
+<P>
+
+<HR>
+
+<H4><A HREF="/philosophy/philosophy.pt-br.html">Outros textos para ler</A></H4>
+
+<HR>
+
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">Página Inicial do GNU</A>.
+<P>
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de contactar</A> 
a FSF.
+<P>
+Por favor envie comentários sobre essas páginas para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para 
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright (C) 1996, 1997, 1998 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+<P>
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em qualquer
+meio, desde que esta nota seja preservada.
+<P>
+Traduzido Por: Fernando Lozano
+<a href="mailto:address@hidden";>&lt:address@hidden&gt;</a>
+<P>
+Atualizado:
+<!-- hhmts start -->
+05 Feb 2001 fsl
+<!-- hhmts end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: philosophy/bsd.pt-br.html
===================================================================
RCS file: philosophy/bsd.pt-br.html
diff -N philosophy/bsd.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ philosophy/bsd.pt-br.html   20 Mar 2008 13:56:37 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,194 @@
+ <!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>O problema da Licença BSD - O Projeto GNU e a Fundação para o Software 
Livre (FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<H3>O problema da Licença BSD</H3>
+
+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem da Cabeça de um GNU] "
+   WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>
+
+[
+  <A HREF="/philosophy/bsd.ca.html">Catalão</A>
+| <A HREF="/philosophy/bsd.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/philosophy/bsd.fr.html">Francês</A>
+| <A HREF="/philosophy/bsd.es.html">Espanhol</A>
+| <A HREF="/philosophy/bsd.id.html">Indonésio</A>
+| <A HREF="/philosophy/bsd.ja.html">Japonês</A>
+| <A HREF="/philosophy/bsd.ru.html">Russo</A>
+| <A HREF="/philosophy/bsd.pt-br.html">português do Brasil</A>
+]
+
+<p>As duas grandes categorias de Software Livre são as de 
+softwares com <A HREF="/copyleft/copyleft.pt-br.html">copyleft</a> e 
+<A HREF="/philosophy/categories.html#Non-CopyleftedFreeSoftware">
+sem copyleft</A>.  Licenças com copyleft como a
+<A HREF="/copyleft/gpl.html">GPL do GNU</A> insistem que versões
+modificadas do software também sejam software livre.  Nós 
+recomendamos o copyleft, pois ele protege a liberdade para todos
+os usuários, mas o software sem copyleft pode mesmo assim ser 
+software livre, e ser útil para a comunidade do Software 
+Livre.</p>
+
+<p>Existem muitas variantes das licenças simples de Software Livre
+sem copyleft, que incluem a licença do X10, a 
+<a href="http://www.x.org/terms.htm";>licença do X11/XFree86</a>,
+e as duas licenças do BSD, de &quot;Berkely Software 
+Distribution&quot;, ou &quot;Distribuição de Software de 
+Berkeley&quot;.  A maioria delas é equivalente, com exceção de 
+detalhes das palavras escolhidas.  Contudo, a licença usada pela 
+BSD até 1999 tinha um problema em particular: a 
+&quot;cl&aacute;usula delet&eacute;ria de an&uacute;ncio da 
+licen&ccedil;a do BSD&quot;.  Ela dizia que todo an&uacute;ncio 
+mencionando o software deveria incluir a seguinte licen&ccedil;a: 
+</p>
+<PRE>
+3. Todos materiais de propaganda mencionando recursos ou uso deste
+   software devem fazer o seguinte reconhecimento: 
+     Este produto inclui software desenvolvido pela Universidade da
+     Calif&oacute;rnia em Berkeley, ou por seus colaboradores.
+</PRE>
+
+<p>No in&iacute;cio, a licen&ccedil;a delet&eacute;ria do BSD era 
+usada apenas na Distribui&ccedil;&atilde;o de Software de Berkeley.
+Isto n&atilde;o criava nenhum problema em especial, pois incluir 
+uma frase em um an&uacute;ncio n&atilde;o &eacute; um grande 
+problema pr&aacute;tico.</p>
+
+<p>Se outros desenvolvedores que usassem uma licen&ccedil;a BSD 
+copiassem a cl&aacute;usula de an&uacute;ncio do BSD -- incluindo
+a frase que se refere &agrave; Universidade da Calif&oacute;rnia, 
+-- eles n&atilde;o teriam feito o problema crescer nem um pouco.</p>
+
+<p>Mas, se como &eacute; de se esperar, outros desenvolvedores 
+n&atilde;o copiavam literalmente a cl&aacute;usula do BSD. Eles 
+a alteravam, trocando &quot;Universidade da Calif&oacute;rnia&quot;
+por sua pr&oacute;pria institui&ccedil;&atilde;o, ou por seus nomes.
+O resultado foi uma pletora de licen&ccedil;as, que requeriam uma
+pletora de senten&ccedil;as diferentes.</p>
+
+<p>Quando as pessoas colocavam muitos programas em conjunto, em um
+sistema operacional, o resultado &eacute; um problema s&eacute;rio.
+Imagine se um sistema de software necessitar de 75 licen&ccedil;as,
+cada uma se referindo a um diferente autor, ou a um grupo diferente
+de autores. Para anunciar isto, seria necess&aacute;rio um 
+an&uacute;ncio de p&aacute;gina inteira.</p>
+
+<p>Isto pode parecer uma extrapola&ccedil;&atilde;o <i>ad absurdum</i>,
+ou &quot;ao absurdo&quot;, mas &eacute; um fato.  O NetBSD vinha com 
+uma longa lista de licen&ccedil;as, requeridas pelas v&aacute;rias 
+licen&ccedil;as de partes do sistema.  Em uma vers&atilde;o de 1997
+do NetBSD, cheguei a contar 75 dessas licen&ccedil;as.  Eu n&atilde;o
+me surpreenderia se essa licen&ccedil;a tiver crescido ainda mais.</p>
+
+<p>Para tentar resolver esse problema, nas minhas &quot;horas 
+vagas&quot;, eu converso com desenvolvedores que usaram licen&ccedil;as 
+no estilo BSD e pe&ccedil;o a eles que removam a cl&aacute;usula de 
+an&uacute;ncio. Por volta de 1996, conversei com os desenvolvedores do 
+FreeBSD sobre isso, e eles decidiram remover a cl&aacute;usula de 
+an&uacute;ncio de seu pr&oacute;prio c&oacute;digo.  Em maio de 1998, 
+os desenvolvedores do Flick, da Universidade de Utah, removeram essa 
+cl&aacute;usula.</p>
+
+<p>Hal Varian, De&atilde;o da Universidade da Calif&oacute;rnia, adotou
+a causa e batalhou por ela junto &agrave; administra&ccedil;&atilde;o.
+Em junho de 1999, depois de dois anos de discuss&otilde;es, a 
+Universidade da Calif&oacute;rnia removeu essa cl&aacute;usula da 
+licen&ccedil;a do BSD.</p>
+
+<p>Deste modo, hoje h&aacute; uma nova licen&ccedil;a BSD que n&atilde;o
+cont&eacute;m a cl&aacute;usula do an&uacute;ncio.  Infelizmente, isto
+n&atilde;o elimina o legado da cl&aacute;usula do an&uacute;ncio:
+cl&aacute;usulas similares ainda est&atilde;o presentes em muitos pacotes
+que n&atilde;o s&atilde;o parte do BSD.  A mudan&ccedil;a na licen&ccedil;a
+do BSD n&atilde;o tem efeito em outros pacotes cuja licen&ccedil;a imita 
+antiga licen&ccedil;a do BSD; apenas os desenvolvedores que os criaram 
+podem alter&aacute;-las.</p>
+
+<p>Mas se eles seguiram o padr&atilde;o BSD antes, talvez a mudan&ccedil;a
+de pol&iacute;tica de Berkeley conven&ccedil;a alguns deles a 
+alterar suas pr&oacute;prias licen&ccedil;as.  Vale a pena tentar.</p>
+
+<p>Por isso, se voc&ecirc; tiver um pacote favorito que ainda usa uma 
+licenc&ccedil;a no estilo BSD com a cl&aacute;usula de an&uacute;ncio, 
+fa&ccedil;a o favor de pedir a seu mantenedor que leia esta p&aacute;gina
+na Web e considere fazer a altera&ccedil;&atilde;o.</p>
+
+<p>E se voc&ecirc; quiser lan&ccedil;ar um programa como Software Livre 
+sem copyleft, n&atilde;o use a cl&aacute;usula de an&uacute;ncio.  Em
+vez de copiar a licen&ccedil;a do BSD e algum pacote j&aacute; 
+lan&ccedil;ado -- que pode ainda usar a antiga vers&atilde;o da 
+licen&ccedil;a  --, por favor use a licen&ccedil;a do XFree86.</p>
+
+<p>Voc&ecirc; tamb&ecirc;m pode ajudar a esclarecer o problema, se 
+passar a dizer que uma licen&ccedil;a segue o &quot;estilo BSD&quot; 
+apenas se ela seguir a antiga licen&ccedil;a do BSD, com sua 
+problem&aacute;tica cl&aacute;usula de an&uacute;ncio.</p>
+
+<p>Voc&ecirc; sabe, quando as pessoas se referem a licen&ccedil;as de 
+Software Livre que n&atilde;o tenham copyleft, como 
+&quot;licen&ccedil;as BSD&quot;, isto pode fazer com que algum novo 
+desenvolvedor de Software Livre, que queira adotar uma licen&ccedil;a
+sem copyleft pode supor que o lugar para obter isso &eacute; o BSD.
+E ele pode copiar a licen&ccedil;a com a cl&aacute;usula de 
+an&uacute;ncio, n&atilde;o conscientemente, mas apenas por m&aacute;
+informa&ccedil;&atilde;o.</p>
+
+<p>Por isso, se voc&ecirc; quiser citar um exemplo espec&iacute;fico
+de uma licen&ccedil;a sem copyleft, e n&atilde;o tiver uma 
+prefer&ecirc;ncia em especial, por favor pegue um exemplo que 
+n&atilde;o tem um problema a priori.  For exemplo, se voc&ecirc; falar
+de &quot;licen&ccedil;as no estilo do XFree86&quot;, voc&ecirc; vai 
+encorajar as pessoas a imitar o XFree86 e, com certeza, a evitar a 
+cl&aacute;usula de an&uacute;ncio, em vez de correr o risco de imitar
+a licen&ccedil;a do BSD com a cl&aacute;usula de an&uacute;ncio.</p>
+
+<HR>
+
+<H4>
+         <A HREF="/philosophy/philosophy.pt-br.html">Outros textos para 
leitura</A>
+</H4>
+
+<HR>
+
+Retornar &agrave; <A HREF="/home.pt-br.html">p&aacute;gina inicial do GNU</A>.
+<P>
+
+Envie consultas &amp; quest&otilde;es sobre a FSF &amp; o GNU para 
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+Tamb&eacute;m existem 
+<a href="/home.pt-br.html#ContactInfo">outras formas de contactar</a> a FSF.
+
+<p>Envie outros coment&aacute;rios sob estas p&aacute;ginas na Web para 
+
+<a href="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras quest&otilde;es para 
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+
+<p>Copyright (C) 1998, 1999, 2001 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+
+<P>&Eacute; permitido fazer e distribuir c&oacute;pias literais e
+integrais deste artigo em qualquer meio, desde que este aviso seja
+mostrado.
+
+<P>
+Traduzido por:
+Hilton Fernandes
+<a href="mailto:address@hidden";> &lt;address@hidden&gt;</a>
+
+<p>
+Atualizado em:
+<!-- hhmts start -->
+$Date: 2008/03/20 13:56:37 $ $Author: yavor $
+<!-- hhmts end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>
+

Index: philosophy/categories.pt-br.html
===================================================================
RCS file: philosophy/categories.pt-br.html
diff -N philosophy/categories.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ philosophy/categories.pt-br.html    20 Mar 2008 13:56:37 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,477 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//EN">
+<html>
+<head>
+  <title>Categories of Free and Non-Free Software - GNU Project - Free Software
+Foundation (FSF)</title>
+                       
+  <link rev="made" href="mailto:address@hidden";>
+</head>
+  <body bgcolor="#ffffff" text="#000000" link="#1f00ff" alink="#ff0000"
+ vlink="#9900dd">
+       
+<h3>Categorias de Softwares Livres e N&atilde;o-Livres</h3>
+   <br>
+     <a href="/graphics/philosophicalgnu.html"><img
+ src="/graphics/philosophical-gnu-sm.jpg" alt=" [image of a Philosophical Gnu] 
"
+ width="160" height="200">
+   </a><!-- Please keep this list alphabetical -->   [ <a
+ href="/philosophy/categories.de.html">Alem&atilde;o</a> | <a
+ href="/philosophy/categories.ca.html">Catal&atilde;o</a> | <a
+ href="/philosophy/categories.cs.html">Checo</a> | <a
+ href="/philosophy/categories.es.html">Espanhol</a> | <a
+ href="/philosophy/categories.fr.html">Franc&ecirc;s</a> | <a
+ href="/philosophy/categories.id.html">Indon&eacute;sio</a> | <a
+ href="/philosophy/categories.html">Ingl&ecirc;s</a> | <a
+ href="/philosophy/categories.it.html">Italiano</a> | <a
+ href="/philosophy/categories.ja.html">Japon&ecirc;s</a> | <a
+ href="/philosophy/categories.pl.html">Polon&ecirc;s</a> | <a
+ href="/philosophy/categories.pt-br.html">portugu&ecirc;s do Brasil</a> | <a
+ href="/philosophy/categories.ru.html">Russo</a><a
+ href="/philosophy/categories.es.html"></a> ]    
+<p>Este &eacute; um gloss&aacute;rio de v&aacute;rias categorias de software 
+ que s&atilde;o frequentemente mencionadas em discuss&otilde;es de software 
+ livre. Aqui explicamos que categorias se sobrep&otilde;em, ou s&atilde;o 
+partes de outras categorias.<br>
+    </p>
+     
+<p>   <a href="/philosophy/philosophy.html">Outros textos</a>&nbsp; | ``<a
+ href="categories.html#FreeSoftware" name="TOCFreeSoftware">Software 
Livre</a>''
+  | ``<a href="categories.html#OpenSource" name="TOCOpenSource">C&oacute;digo 
+ aberto</a>'' | ``<a href="categories.html#PublicDomainSoftware"
+ name="TOCPublicDomainSoftware">Dom&iacute;nio p&uacute;blico</a>'' | ``<a
+ href="categories.html#CopyleftedSoftware" 
name="TOCCopyleftedSoftware">Software 
+ protegido com copyleft</a>'' | ``<a
+ href="categories.html#Non-CopyleftedFreeSoftware"
+ name="TOCNon-CopyleftedFreeSoftware">Software livre n&atilde;o protegido 
+ com copyleft</a>'' | ``<a href="categories.html#GPL-CoveredSoftware"
+ name="TOCGPL-CoveredSoftware">Software coberto pela GPL</a>'' | ``<a
+ href="categories.html#TheGNUsystem" name="TOCTheGNUsystem">O sistema GNU</a>''
+  | ``<a href="categories.html#GNUprograms" name="TOCGNUprograms">Programas 
+ GNU</a>'' | ``<a href="categories.html#GNUsoftware"
+ name="TOCGNUsoftware">Software GNU</a>'' | ``<a
+ href="categories.html#semi-freeSoftware" name="TOCsemi-freeSoftware">Software 
+ semi-livre</a>'' | ``<a href="categories.html#ProprietarySoftware"
+ name="TOCProprietarySoftware">Software propriet&aacute;rio</a>'' | ``<a
+ href="categories.html#shareware" name="TOCshareware">Shareware</a>'' | ``<a
+ href="categories.html#freeware" name="TOCfreeware">Freeware</a>'' | ``<a
+ href="categories.html#commercialSoftware" 
name="TOCcommercialSoftware">Software 
+ comercial</a>'' | <a href="/philosophy/philosophy.html">Outros textos</a>
+    </p>
+     
+<p>Veja tamb&eacute;m <a href="/philosophy/words-to-avoid.html">Palavras 
confusas
+que voc&ecirc; poderia evitar</a>. </p>
+      
+<p>  <img src="category.jpg"
+ alt=" [diagram of a the different categories of software] ">
+    Este <a name="diagram">diagrama</a> de Chao-Kuei explica as diferentes 
+categorias de software. Est&aacute; dispon&iacute;vel como um <a
+ href="/philosophy/category.fig">arquivo XFig</a>, uma <a
+ href="/philosophy/category.jpg">imagem JPEG (23k)</a> e ampliada em <a
+ href="/philosophy/category.png">formato PNG (7k)</a>.  </p>
+     
+<p>  </p>
+     
+<dl>
+  <dt><a href="categories.html#TOCFreeSoftware" 
name="FreeSoftware"><strong>Software 
+ Livre (Free Software)</strong></a>   </dt>
+  <dd>Software livre &eacute; software que vem com permiss&atilde;o para 
qualquer
+um copiar, usar e distribuir, com ou sem modifica&ccedil;&otilde;es, 
gratuitamente
+ou por um pre&ccedil;o. Em particular, isso significa que o c&oacute;digo
+fonte deve estar dispon&iacute;vel. ``Se n&atilde;o &eacute; fonte, n&atilde;o
+&eacute; software''. Esta &eacute; uma defini&ccedil;&atilde;o simplificada;
+veja tamb&eacute;m a <a 
href="/philosophy/free-sw.html">defini&ccedil;&atilde;o 
+ completa</a>.        </dd>
+  <dd>               
+    <p>N&oacute;s tamb&eacute;m temos uma lista de <a
+ href="/philosophy/fs-translations.html">tradu&ccedil;&otilde;es do termo 
+ "software livre"</a> para v&aacute;rias outras l&iacute;nguas.        </p>
+                 
+    <p>Se um programa &eacute; livre, ele pode potecialmente ser incluido 
+ em um sistema operacional livre, como o GNU, ou vers&otilde;es livres como 
+ o sistema <a href="/gnu/linux-and-gnu.html">GNU/Linux</a>.              
+     </p>
+                 
+    <p>Existem muitas diferentes maneiras de se fazer um programa livre --- 
+ muitos detalhes que poderiam ser resolvidos em mais de uma maneira, e que 
+ ainda tornariam o programa livre. Algumas das poss&iacute;veis 
varia&ccedil;&otilde;es 
+ s&atilde;o descritas abaixo.                </p>
+     </dd>
+  <dd>Software livre &eacute; uma quest&atilde;o de liberdade, n&atilde;o 
+ pre&ccedil;o [em ingl&ecirc;s: "free software is a matter of freedom, not 
+ price"]. Mas empresas de software propriet&aacute;rios &agrave;s vezes usam 
+ o termo ``software livre'' ("free software") para referir-se ao pre&ccedil;o. 
+ Algumas vezes eles querem dizer que voc&ecirc; pode obter uma c&oacute;pia 
+ bin&aacute;ria sem nenhum custo; algumas vezes querem dizer que uma 
c&oacute;pia 
+ est&aacute; incluida no computador que voc&ecirc; est&aacute; comprando. 
+Isso n&atilde;o tem nada a ver com o que n&oacute;s queremos dizer com 
software 
+ livre no projeto GNU.<br>
+     </dd>
+  <dd>               
+    <p>Devido a essa potencial confus&atilde;o, quando uma empresa de software 
+ disser que seu produto &eacute; software livre, sempre verifique os termos 
+ de distribui&ccedil;&atilde;o para ver se os usu&aacute;rios realmente 
possuem 
+ todas as liberdades que o software livre implica. &Agrave;s vezes o software 
+ &eacute; mesmo livre; &agrave;s vezes, n&atilde;o &eacute;.             
+  </p>
+     </dd>
+  <dd>Muitas linguagens possuem duas palavras diferentes para ``livre'' como 
+ em liberdade e ``livre'' como em pre&ccedil;o zero [``free'' as in freedom 
+ and        ``free'' as in zero price]. Por exemplo, o franc&ecirc;s tem 
``libre''
+ e ``gratuit''. O ingl&ecirc;s tem uma palavra ``gratis'' que se refere sem
+ ambiguidade ao pre&ccedil;o, mas n&atilde;o existe um adjetivo comum que
+se refira sem ambiguidade &agrave; liberdade. Isso &eacute; uma infelicidade,
+ pois esta palavra seria &uacute;til aqui.</dd>
+</dl>
+     
+<dl>
+  <dd>               
+    <p>Software livre &eacute; frequentemente <a
+ href="/software/reliability.html">mais confi&aacute;vel</a> do que softwares 
+ n&atilde;o-livres.         </p>
+                 
+    <p>         </p>
+     </dd>
+  <dt><a href="categories.html#TOCOpenSource" 
name="OpenSource"><strong>C&oacute;digo 
+ aberto (Open Source)</strong></a> </dt>
+  <dd>O termo ``c&oacute;digo aberto'' &eacute; usado por algumas pessoas 
+ para dizer mais ou menos a mesma coisa que software livre. N&oacute;s 
preferimos 
+ o termo ``<a href="/philosophy/free-software-for-freedom.html">software 
livre</a>'';
+ siga o link para ver as raz&otilde;es.                     
+    <p> </p>
+     </dd>
+  <dt><a href="categories.html#TOCPublicDomainSoftware"
+ name="PublicDomainSoftware"><strong>Dom&iacute;nio p&uacute;blico</strong></a>
+    </dt>
+  <dd>Software no dom&iacute;nio p&uacute;blico &eacute; software n&atilde;o 
+ protegido por copyrighted. Este &eacute; um caso especial de <a
+ href="categories.html#Non-CopyleftedFreeSoftware">software livre n&atilde;o 
+ protegido por copyright</a>,      o que significa que algumas c&oacute;pias 
+ ou vers&otilde;es modificadas podem n&atilde;o ser livres.              
+       
+    <p>Algumas vezes pessoas usam o termo ``dom&iacute;no p&uacute;blico'' 
+ de uma forma imprecisa para dizer ``<a
+ href="categories.html#FreeSoftware">livre</a>'' ou      ``dispon&iacute;vel 
+ gratuitamente'' . No entanto, ``dom&iacute;nio p&uacute;blico'' &eacute; 
+um termo legal e significa, precisamente, ``sem copyright''.  Por claridade, 
+ recomendamos usar o termo ``dom&iacute;nio p&uacute;blico'' para este 
significado 
+ apenas, e usar outros termos para transmitir os outros significados.    
+       </p>
+                 
+    <p>  </p>
+     </dd>
+  <dt><a href="categories.html#TOCCopyleftedSoftware"
+ name="CopyleftedSoftware"><strong>Software protegido com copyleft</strong></a>
+    </dt>
+  <dd>O software protegido com copyleft &eacute; um software livre cujos termos
+de distribui&ccedil;&atilde;o n&atilde;o permite que redistribuidores incluam
+restri&ccedil;&otilde;es adicionais quando eles redistribuem ou modificam 
+ o software. Isto significa que toda c&oacute;pia do software, mesmo que tenha
+ sido modificada, precisa ser software livre.                          
+    <p>No projeto GNU, n&oacute;s protegemos com copyleft praticamente todo 
+ software que escrevemos, pois nosso objetivo &eacute; dar a <i>todo</i> 
usu&aacute;rio
+ as liberdades que o termo ``software livre'' implica. Veja     <a
+ href="/copyleft/copyleft.html">protegido por copyleft</a> para maior 
explica&ccedil;&atilde;o
+ sobre como o copyleft funciona e por que o usamos.            </p>
+     </dd>
+  <dd>               
+
+    <p>Copyleft &eacute; um conceito geral; para realmente proteger um
+    programa com copyleft, voc&ecirc; precisa usar um conjunto
+    espec&iacute;fico de termos de distribui&ccedil;&atilde;o. Existem
+    muitas poss&iacute;veis maneiras de se escrever esses termos de
+    distribui&ccedil;&atilde;o, então em princípio podem haver muitas
+    licenças de software livre do tipo copyleft. No entanto, na
+    prática quase todo software protegido por copyleft usa a <A
+    HREF="/copyleft/gpl.html">Licença Pública Geral GNU</A>. Duas
+    licenças diferentes do tipo copyleft normalmente são
+    ``incompatíveis'', o que significa que é ilegal a união de código
+    usando uma das licenças a código usando a outra lecença; portanto,
+    é bom para a comunidade que as pessoas usem uma única licença
+    copyleft.
+    </p>
+                 
+    <p>        </p>
+     </dd>
+  <dt><a href="categories.html#TOCNon-CopyleftedFreeSoftware"
+ name="Non-CopyleftedFreeSoftware"><strong>Software livre n&atilde;o protegido 
+ com copyleft</strong></a> </dt>
+  <dd>Software livre n&atilde;o protegido por copyleft vem do autor com 
permiss&atilde;o 
+ para redistribuir e modificar, e tamb&eacute;m para incluir 
restri&ccedil;&otilde;es 
+ adicionais a ele.                           
+    <p>Se um programa &eacute; livre mas n&atilde;o protegido com copyleft, 
+ algumas c&oacute;pias ou vers&otilde;es modificadas podem n&atilde;o ser 
+software livre. Uma empresa de sodtware pode compilar o programa, com ou sem
+modifica&ccedil;&otilde;es, e distribuir o arquivo execut&aacute;vel na forma
+de um produto <a 
href="categories.html#ProprietarySoftware">propriet&aacute;rio</a>. 
+            </p>
+                 
+    <p>O sistema <a href="http://www.x.org";>X Window</a> ilustra isso.  O 
+ X Consortium lan&ccedil;a o X11 com termos de distribui&ccedil;&atilde;o 
+que o torna software livre n&atilde;o protegido com copyleft.  Se voc&ecirc; 
+desejar, pode obter uma c&oacute;pia com esses termos e que &eacute; livre. 
+No entanto, tamb&eacute;m existem vers&otilde;es n&atilde;o livres, e existem 
+esta&ccedil;&otilde;es de trabalho e placas gr&aacute;ficas populares para 
+as quais as vers&otilde;es n&atilde;o livres s&atilde;o as &uacute;nicas que
+funcionam. Se voc&ecirc; estiver usando este hardware, o X11 n&atilde;o 
&eacute;
+livre para voc&ecirc;.       </p>
+                 
+    <p>       </p>
+     </dd>
+  <dt><a href="categories.html#TOCGPL-CoveredSoftware"
+ name="GPL-CoveredSoftware"><strong>Software coberto pela GPL</strong></a>
+    </dt>
+  <dd>A <a href="/copyleft/gpl.html">GNU GPL (General Public      License) 
+ (20k caracteres)</a> &eacute; um conjunto de termos de 
distribui&ccedil;&atilde;o 
+ espec&iacute;fico para proteger um programa com copyleft. O Projeto GNU a
+ utiliza como termos de distribui&ccedil;&atilde;o para a maior parte do 
software
+ GNU.                      
+    <p>       </p>
+     </dd>
+  <dt><a href="categories.html#TOCTheGNUsystem" name="TheGNUsystem"><strong>O 
+ sistema GNU</strong></a> </dt>
+  <dd>O <a href="/gnu/gnu-history.html">sistema GNU</a> &eacute; um sistema 
+ operacional livre completo, estilo Unix.                           
+    <p>Um sistema operacional estilo Unix consiste de muitos programas. O 
+ sistema GNU inclui todo o software GNU, bem como muitos outros pacotes como 
+ o X Window System e TeX, que n&atilde;o s&atilde;o software GNU.       </p>
+                 
+    <p>N&oacute;s estamos desenvolvendo e acumulando componentes para o 
sistema 
+ GNU desde 1984; a primeira vers&atilde;o de testes de um ``sistema GNU 
completo'' 
+ foi em 1996. Hoje, em 2001, o sistema est&aacute; funcionando de maneira 
+confi&aacute;vel, e pessoas est&atilde;o trabalhando no sistema GNOME, e ppp
+trabalha nele. Nesse meio tempo, o sistema <a
+ href="/gnu/linux-and-gnu.html">GNU/Linux</a>,       um descendente do sistema 
+GNU que usa o Linux como kernel, se tornou um grande sucesso.            
+   </p>
+                 
+    <p>Como o prop&oacute;sito do GNU &eacute; ser livre, todo componente 
+ no sistema GNU tem que ser software livre. Eles n&atilde;o precisam ser todos
+ protegidos por copyleft, por&eacute;m; qualquer tipo de software livre 
&eacute;
+ legalmente apropriado para inclus&atilde;o se ajudar a atender requisitos
+ t&eacute;cnicos. N&oacute;s podemos e usamos softwares n&atilde;o protegidos
+ com copyleft, como o X Window System.       </p>
+                 
+    <p>       </p>
+     </dd>
+  <dt><a href="categories.html#TOCGNUprograms" 
name="GNUprograms"><strong>Programas 
+ GNU</strong></a> </dt>
+  <dd>      ``Programas GNU'' &eacute; equivalente a <a
+ href="categories.html#GNUsoftware">      software GNU</a>. Um programa Foo 
+ &eacute; um programa GNU se for software GNU.                     
+    <p>  </p>
+     </dd>
+  <dt><a href="categories.html#TOCGNUsoftware" 
name="GNUsoftware"><strong>Software 
+ GNU</strong></a> </dt>
+  <dd>      <a href="/software/software.html">Software GNU</a> &eacute; um 
+ software lan&ccedil;ado com apoio do            <a
+ href="/gnu/gnu-history.html">Projeto GNU</a>.  A maior parte do software 
+ GNU &eacute; <a href="/copyleft/copyleft.html">protegido com copyleft</a>, 
+ mas nem todo; contudo, todo software GNU deve ser            <a
+ href="/philosophy/free-sw.html">software livre</a>.                    
+ 
+    <p>Se um programa &eacute; software GNU, n&oacute;s tamb&eacute;m dizemos 
+ que &eacute; um programa GNU.            </p>
+                 
+    <p>Algum software GNU &eacute; escrito pela <a
+ href="/people/people.html">equipe</a> da <a href="/fsf/fsf.html">Free 
Software 
+ Foundation</a>, mas a maior parte do software GNU &eacute; 
contribui&ccedil;&atilde;o 
+ de            <a href="/people/people.html">volunt&aacute;rios</a>.  Algumas 
+ contribui&ccedil;&otilde;es possuem copyright da Free Software Foundation; 
+ outras possuem copyright do contribuidor que o escreveu.            </p>
+                 
+    <p>       </p>
+     </dd>
+  <dt><a href="categories.html#TOCsemi-freeSoftware"
+ name="semi-freeSoftware"><strong>Software semi-livre</strong></a> </dt>
+  <dd>      Software semi-livre &eacute; software que n&atilde;o &eacute; 
+ livre, mas que vem com permiss&atilde;o para indiv&iacute;duos usarem, 
copiarem, 
+ distribuirem e modificarem (incluindo a distribui&ccedil;&atilde;o de 
vers&otilde;es 
+ modificadas) para fins n&atilde;o lucrativos. PGP &eacute; um exemplo de 
+programa semi-livre.                           
+    <p>Software semi-livre &eacute; muito melhor do que <a
+ href="categories.html#ProprietarySoftware">software propriet&aacute;rio</a>, 
+ mas ainda possui alguns problemas, e n&oacute;s n&atilde;o podemos 
us&aacute;-los 
+ em um sistema operacional livre.            </p>
+                 
+    <p>As restri&ccedil;&otilde;es do copyleft foram criadas para proteger 
+ as liberdades essenciais de todos os usu&aacute;rios. Para n&oacute;s, a 
+&uacute;nica justificativa para qualquer restri&ccedil;&atilde;o substantiva 
+no uso de um programa &eacute; para prevenir a inclus&atilde;o de novas 
restri&ccedil;&otilde;es. 
+ Programas semi-livres possuem restri&ccedil;&otilde;es adicionais, motivadas 
+ puramente por objetivos ego&iacute;stas.</p>
+    </dd>
+  <dd>          
+    <p>&Eacute; imposs&iacute;vel incluir software semi-livre em um sistema
+ operacional livre. Isto ocorre por que os termos de distribui&ccedil;&atilde;o
+ do sistema operacional como um todo &eacute; a uni&atilde;o dos termos de
+ distribui&ccedil;&atilde;o de todos os programas nele. Incluir um programa
+ semi-livre ao sistema tornaria o sistema <i>como um todo</i> apenas 
semi-livre.
+ Existem duas raz&otilde;es pelas quais n&atilde;o queremos que isso 
aconte&ccedil;a:
+            </p>
+                 
+    <p></p>
+           
+    <ul>
+        <li>N&oacute;s acreditamos que software livre deve ser para 
todos--incluindo
+ neg&oacute;cios, n&atilde;o apenas escolas e hobistas. N&oacute;s queremos
+ convidar neg&oacute;cios a usar todo o sistema GNU, e portanto n&atilde;o
+ podemos incluir programas semi-livres nele.                            
+     
+        <p>                </p>
+         </li>
+         <li>A distribui&ccedil;&atilde;o comercial de sistemas operacionais
+ livres, incluindo o <a href="/gnu/linux-and-gnu.html">GNU/Linux</a>,   
+  &eacute; muito importante, e usu&aacute;rios apreciam a conveni&ecirc;ncia
+ de distribui&ccedil;&otilde;es comerciais em CD-ROM. Incluir um programa
+semi-livre em um sistema operacional eliminaria todas suas 
distribui&ccedil;&otilde;es
+ comerciais.      </li>
+                 
+    </ul>
+                              
+    <p>       A Free Software Foundation &eacute; n&atilde;o-comercial, e
+ portanto n&oacute;s ter&iacute;amos a permiss&atilde;o legal para usar 
programas
+ semi-livres ``internamente''. Mas n&oacute;s n&atilde;o fazemos isso, por
+ que isso prejudicaria nossos esfor&ccedil;os para obter um programa que
+n&oacute;s  tamb&eacute;m poder&iacute;amos incluir no sistema GNU.     
+      </p>
+                 
+    <p>Se existir um trabalho que necessite lidar com software, at&eacute;
+ que exista um programa livre para realizar este trabalho, o projeto GNU
+tem  uma brecha. N&oacute;s temos que dizer aos volunt&aacute;rios, 
``N&oacute;s
+ n&atilde;o temos um programa ainda para fazer este trabalho em GNU, 
ent&atilde;o
+ esperamos que voc&ecirc;s escrevam um''. Se n&oacute;s us&aacute;ssemos
+programas  semi-livres para realizar este trabalho, isso prejudicaria o que
+dizemos;  tiraria o &iacute;mpeto (de n&oacute;s e de outros que poderiam
+compartilhar  nossa vis&atilde;o) para escrever um substituto livre. Portanto,
+n&oacute;s  n&atilde;o fazemos isso.       </p>
+                 
+    <p>       </p>
+     </dd>
+  <dt><a href="categories.html#TOCProprietarySoftware"
+ name="ProprietarySoftware"><strong>Software propriet&aacute;rio</strong></a> 
+  </dt>
+  <dd>Software propriet&aacute;rio &eacute; aquele que n&atilde;o &eacute; 
+livre ou semi-livre. Seu uso, redistribui&ccedil;&atilde;o ou 
modifica&ccedil;&atilde;o 
+&eacute; proibido, ou requer que voc&ecirc; pe&ccedil;a permiss&atilde;o, 
+ou &eacute; restrito de tal forma que voc&ecirc; n&atilde;o possa efetivamente 
+faz&ecirc;-lo livremente.<br>
+   </dd>
+  <dd>     
+    <p>A&nbsp;Free Software Foundation segue a regra de que n&atilde;o podemos 
+instalar qualquer programa propriet&aacute;rio em nossos computadores, exceto 
+temporariamente para o prop&oacute;sito espec&iacute;fico de escrever um 
substituto
+livre para aquele mesmo programa. Al&eacute;m dessa, achamos que n&atilde;o
+h&aacute; justificativa poss&iacute;vel para instalar um programa 
propriet&aacute;rio.
+           </p>
+                 
+    <p>Por exemplo, n&oacute;s achamos justific&aacute;vel instalar Unix em
+nosso computador nos anos 80, por que o est&aacute;vamos usando para escrever 
+um substituto livre para Unix. Hoje em dia, que um sistema operacional livre 
+est&aacute; dispon&iacute;vel, a desculpa n&atilde;o &eacute; mais 
aplic&aacute;vel; 
+n&oacute;s eliminamos todos nossos sistemas operacionais n&atilde;o-livres, 
+e qualquer novo computador que instalamos precisa rodar um sistema operacional 
+completamente livre.</p>
+   </dd>
+  <dd>     
+    <p>N&oacute;s n&atilde;o insistimos que os usu&aacute;rios do GNU, ou 
+contribuidores do GNU, tenham que viver com essa regra. Essa &eacute; uma 
+regra que fizemos para n&oacute;s mesmos. Mas esperamos que voc&ecirc; decida 
+segu&iacute;-la tamb&eacute;m.            </p>
+                            
+    <p>       </p>
+     </dd>
+  <dt><a href="categories.html#TOCfreeware" 
name="freeware"><strong>Freeware</strong></a>
+    </dt>
+  <dd>O termo ``freeware'' n&atilde;o possui uma defini&ccedil;&atilde;o
+clara e aceita, mas &eacute; muito usada para pacotes que permitem 
redistribui&ccedil;&atilde;o
+mas n&atilde;o modifica&ccedil;&atilde;o (e seu c&oacute;digo fonte n&atilde;o
+est&aacute; dispon&iacute;vel). Estes pacotes <i>n&atilde;o</i> s&atilde;o
+software livre, portanto n&atilde;o use ``freeware'' para referir-se a software
+livre.</dd>
+  <dt><a href="categories.html#TOCshareware" 
name="shareware"><strong>Shareware</strong></a>
+    </dt>
+  <dd>      Shareware &eacute; software que vem com permiss&atilde;o para
+redistribuir c&oacute;pias, mas diz que qualquer um que continue usando uma
+c&oacute;pia <i>deve</i> pagar por uma licen&ccedil;a.                  
+        
+    <p>       Shareware n&atilde;o &eacute; software livre, ou mesmo 
semi-livre.
+Existe duas raz&otilde;es para isso:            </p>
+                 
+    <p>       </p>
+                 
+    <ul>
+           <li>Para maior parte dos sharewares, o c&oacute;digo fonte 
n&atilde;o
+est&aacute; dispon&iacute;vel; portanto, voc&ecirc; n&atilde;o pode modificar
+o programa.                                   
+        <p>                </p>
+         </li>
+         <li>Shareware n&atilde;o vem com permiss&atilde;o para fazer uma
+c&oacute;pia e instal&aacute;-la sem pagar uma licen&ccedil;a, nem mesmo
+para indiv&iacute;duos engajados a atividades n&atilde;o-lucrativas. (Na
+pr&aacute;tica, as pessoas frequentemente desrespeitam os termos da 
distribui&ccedil;&atilde;o
+e fazem isso de qualquer forma, mas os termos n&atilde;o permitem isso).
+     </li>
+                 
+    </ul>
+                         
+    <p>       </p>
+     </dd>
+  <dt><a href="categories.html#TOCcommercialSoftware"
+ name="commercialSoftware"><strong>Commercial Software</strong></a> </dt>
+  <dd>Software comercial &eacute; software sendo desenvolvido por uma empresa
+que procura ter lucro atrav&eacute;s do uso do software. ``Comercial'' e
+``propriet&aacute;rio'' n&atilde;o s&atilde;o a mesma coisa! A maior parte
+do software comercial &eacute; <a
+ href="categories.html#ProprietarySoftware">propriet&aacute;ria</a>,    
+ mas existem softwares livres comerciais, e softwares n&atilde;o-comerciais
+e n&atilde;o-livres.                          
+    <p>Por exemplo, o GNU Ada &eacute; sempre distribu&iacute;do sob os termos
+da GNU GPL, e toda c&oacute;pia &eacute; software livre; mas seus 
desenvolvedores
+vendem contratos de suporte. Quando seus vendedores falam com clientes em
+potencial, algumas vezes os clientes dizem, ``N&oacute;s nos sentir&iacute;amos
+mais seguros com um compilador comercial''. Os vendedores respondem, ``GNU
+Ada <i>&eacute;</i> um compilador comercial, apenas acontece de ser um software
+livre''.       </p>
+                 
+    <p>Para o Projeto GNU, a &ecirc;nfase &eacute; de outra ordem: o importante
+&eacute; que o GNU Ada &eacute; software livre; se &eacute; comercial, 
n&atilde;o
+&eacute; uma quest&atilde;o crucial. No entanto, o desenvolvimento adicional
+do GNU Ada que resulta do mesmo ser comercial &eacute; definitivamente 
ben&eacute;fico. 
+       </p>
+                 
+    <p>Por favor, ajude-nos a divulgar o fato de que software livre comercial
+&eacute; poss&iacute;vel. Voc&ecirc; pode fazer isso atrav&eacute;s de um
+esfor&ccedil;o de n&atilde;o dizer ``comercial'' quando quer dizer 
``propriet&aacute;rio''.
+    </p>
+     </dd>
+</dl>
+        
+<hr>     
+<h4><a href="/philosophy/philosophy.html">Outros textos</a></h4>
+        
+<hr>Retornar para a <a href="/home.html">p&aacute;gina principal GNU</a>.
+   
+<p> Para consultas e perguntas sobre FSF &amp; GNU, favor contactar <a
+ href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>. Outras <a
+ href="/home.html#ContactInfo">maneiras de contactar</a> a FSF. </p>
+     
+<p>Envie coment&aacute;rios a respeito dessas p&aacute;ginas web para <a
+ href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>,
+e outras quest&otilde;es para <a 
href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
+  </p>
+     
+<p> Copyright (C) 1996, 1997, 1998, 2001 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA </p>
+          
+<p> C&oacute;pias exatas e a distribui&ccedil;&atilde;o deste artigo s&atilde;o
+permitidas em qualquer meio, sempre que esta nota seja preservada.</p>
+<p><!-- hhmts start -->Atualiza&ccedil;&atilde;o:  $Date: 2002/03/09 15:39:38
+$ $Autor: Sisao  $<br>
+<br>
+Tradu&ccedil;&atilde;o: 2002/07/03 <a
+ href="mailto:address@hidden";>Nelson Ferraz</a><br>
+ <!-- hhmts end --> </p>
+     
+<hr> <br>
+</body>
+</html>

Index: philosophy/copyright-and-globalization.pt-br.html
===================================================================
RCS file: philosophy/copyright-and-globalization.pt-br.html
diff -N philosophy/copyright-and-globalization.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ philosophy/copyright-and-globalization.pt-br.html   20 Mar 2008 13:56:37 
-0000      1.1
@@ -0,0 +1,1499 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Copyright e Globalização na Era das Redes de Computadores - O Projeto 
GNU
+e a Fundação para o Software Livre (FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<H3>Copyright e Globalização na Era das Redes de Computadores</H3>
+
+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"
+ALT=" [imagem da cabeça de um GNU] "
+WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/philosophy/copyright-and-globalization.es.html">Espanhol</A>
+| <A HREF="/philosophy/copyright-and-globalization.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/philosophy/copyright-and-globalization.pt-br.html">português do 
Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+<P>
+                                      
+<i>A seguir temos uma transcrição editada da palestra apresentada no MIT
+no Communications Form na Quinta-feria, 19 de Abril de 2001 de 17:00 às
+19:00 hs</i>
+
+<p>
+
+<b>DAVID THORBURN, moderador</b>: Nosso palestrante hoje, Richard Stallman,
+é uma figura legendária no mundo da computação, e minha experiência de procurar
+por uma pessoa à altura de dividir o palco com ele foi instrutiva. Um professor
+respeitado do MIT me disse que Stallman deve ser compreendido como uma
+figura carismática de uma parábola bíblica - um tipo de anedota do velho
+testamento - ou uma lição. "Imagine, " ele disse "um Moisés ou um Jeremias -
+melhor um Jeremias." E eu disse, "Bem, isto é admirável."
+
+<p>
+Aquilo soou maravilhoso. Confirmou meu sendo do tipo de contribuição que
+ele fez para o mundo. Então porque você está relutante em dividir o mesmo
+painél com ele?" Sua resposta: "Assim como Jeremias ou Moisés, ele
+iria simplesmente me ofuscar. Eu não iria ser notado no mesmo painél que ele,
+mas se você me pedir para nomear cinco pessoas vivas no mundo que
+realmente tenham ajudado a todos nós, Richard Stallman seria uma delas."
+
+<p>
+<b>RICHARD STALLMAN</b>: Eu deveria [iniciar explicando porque eu
+me recusei a autorizar a presença deste fórum no web cast], no caso de que
+não esteja completamente claro qual é o verdadeiro ponto: o software
+utilizado para o broadcast na web requer que o visitante baixe um determinado
+software de modo a ser capaz de receber o broadcast. Este software não
+é software livre. Ele está disponível a custo zero mas somente como um
+executável, que é um misterioso amontoado de números.
+
+<p>
+O que ele faz é segredo. Você não pode estuda-lo; você não pode modifica-lo;
+e você certamente não pode publicar a sua própria versão modificada.
+E estas são algumas das liberdades que são essenciais na definição de
+"software livre".
+
+<p>
+Portanto, se eu sou um honesto defensor do software livre, eu
+não posso sair por aí fazendo palestras, e então fazer pressão para
+que as pessoas utilizem software que não é livre. Eu estaria
+minando minha própria causa. E se eu não mostrar que eu levo os
+meus princípios a sério, eu não posso esperar que mais ninguém os
+leve a sério.
+
+<p>
+Entretanto, esta palestra não é sobre software livre. Depois de estar
+trabalhando no movimento do software livre por vários anos e que
+as pessoas iniciaram a utilizar vários dos pedaços do sistema operacional
+GNU, eu comecei a ser convidado para apresentar palestras [nas quais] ...
+as pessoas começaram a me perguntar: "Bem, como as idéias sobre liberdade
+para usuários de software podem ser generalizadas para outros tipos de
+coisas?"
+
+<p>
+E, é clarp, as pessoas fizeram perguntas difíceis como, "Bem, o hardware
+deveria ser livre?" "Este microfone deveria ser livre?"
+
+<p>
+Bem, o que isto tudo significa? Você deveria ser livre para copiar e
+modifica-lo? Bem, quanto a modifica-lo, se você comprar o microfone,
+ninguém iria impedi-lo de modifica-lo. Quanto a copia-lo, ninguém possui
+um "copiador de microfones". Fora de "Jornada nas Estrelas", estas coisas
+não existem. Talvez algum dia haverá analizadores e montadores baseados
+em nanotecnologia, e realmente será possível copiar objetos físicos, e
+então as questões de se você deve ser livre para fazer essas coisas se
+tornarão realmente importantes. Nós veremos empresas agropecuárias
+tentando impedir as pessoas de copiarem comida, e isto se tornará uma
+das principais questões políticas, caso esta capacidade tecnológica
+venha a existir. Eu não sei se irá acontecer; é apenas especulação neste
+momento.
+
+<p>
+Mas para outros tipos de informação, você pode levantar esta questão,
+porque qualquer tipo de informação pode ser armazenada em um computador,
+copiada e modificada. Portanto as questões éticas do software livre,
+as questões do direito do usuário de copiar e modificar software, são
+semelhantes às mesas questões aplicadas a outros tipos de informação
+publicada. Agora eu não estou falando de informações privativas,
+digamos, informações pessoais, que nunca foram concebidas para
+estarem disponíveis ao público em geral. Eu estou falando sobre os
+direitos que você deveria ter se você obtém cópias de coisas
+publicadas quando não houve tentativas de mante-las em segredo.
+
+<p>
+De modo que eu possa explicar as minhas idéias sobre o assunto, eu
+gostaria de revisar a história da distribuição da informação e do
+copyright. No mundo antigo, os livros eram escritos à mão com uma
+pena, e qualquer um que soubesse ler e escrever poderia copiar um
+livro de maneira tão eficiente quando qualquer outro. Alguém que
+fizesse isso o dia inteiro poderia provavelmente aprender a ser um
+pouco melhor na tarefa, mas nunca haveria uma diferença tremenda.
+E já que as cópias eram feitas uma de cada vez, não havia economia
+de escala significativa. Fazer dez cópias de um livro tomaria dez vezes
+mais tempo do que fazer uma única cópia. Também não havia nada
+forçando a centralização; um livro poderia ser copiado em qualquer lugar.
+
+<p>
+Agora, por causa desta tecnologia, porque ela não garantia que as cópias
+eram idênticas, não havia no mundo antigo a separação total entre
+escrever e copiar um livro. Existem coisas entre as duas que fazem sentido.
+Eles entendiam as idéias de um autor. Eles sabiam que, esta peça foi
+escrita por Sophocles mas entre escrever um livro e copiar um livro
+haviam outras coisas úteis que poderiam ser feitas. Por exemplo,
+você poderia copiar parte de um livro, então acrescentar novas palavras,
+copiar mais algumas e então acrescentar outras e assim por diante.
+Isto era chamado "escrever um comentário" -- era uma coisa comum
+de se fazer - e esses comentários eram bastante apreciados.
+
+<p>
+Você também poderia copiar uma passagem de um livro, então acrescentar
+outras palavras, e copiar uma passagem de outro livro e acrescentar mais
+idéias e assim em diante, e isto era fazer um compendium. Os compendiums
+também eram muito úteis. Houveram trabalhos que foram perdidos mas
+partes deles sobreviveram quando foram citados em outros livros
+que se tornaram mais populares do que o original. Talvez eles tenham
+copiados as partes mais interessantes, e então as pessoas começaram a
+fazer várias cópias deles, mas eles não se preocupavam em copiar o
+original porque ele não era interessante o suficiente.
+
+<p>
+Dentro do meu conhecimento, não havia nada como o copyright no
+mundo antigo. Qualquer um que desejasse copiar um livro poderia
+copiar o livro. Posteriormente, a prensa de impressão foi desenvolvida
+e os livros começaram a ser copiados nas máquinas. A prensa de
+impressão não foi apenas uma melhora quantitativa na facilidade de
+se copiar. Ela afetou os diferentes tipos de cópias de maneira desigual
+porque ela introduziu uma inerente economia de escala. Era muito
+trabalhoso posicionar os tipos e muito menos trabalhoso fazer várias
+cópias idênticas da página. Assim o resultado foi que a cópia de livros
+começou a se tornar uma atividade mais centralizada, de produção em
+massa. As cópias de um dado livro eram provavelmente feitas em
+apenas uns poucos lugares.
+
+<p>
+Isto também significou que os leitores em geral não seriam capazes
+de copiar livros de maneira eficiente. Somente se você tivesse uma
+prensa de impressão você seria capaz de fazer isso. Portanto ela era
+uma atividade industrial.
+
+<p>
+Durante os primeiros poucos séculos da impressão, os livros impressos
+não substituíram inteiramente a cópia manual. Os livros copiados à
+mão ainda eram feitos, às vezes por pessoas ricas e às vezes por
+pessoas pobres, As pessoas ricas faziam isto para conseguir uma
+cópia especialmente bela que demonstraria o quanto eles eram ricos,
+e as pessoas pobres o faziam porque elas não tinham dinheiro suficiente
+para comprar uma cópia impressa mas tinham tempo para copiar um
+livro à mão. Como diz a música, "Tempo não é dinheiro se tudo o que
+você tem é tempo."
+
+<p>
+Portanto a cópia manual ainda era feita em alguma extensão. Eu penso que
+foi nos anos 1800s que a impressão se tornou barata o suficiente para que
+mesmo as pessoas pobres pudessem comprar livros impressos se elas
+fossem alfabetizadas.
+
+<p>
+Então o copyright foi desenvolvido juntamente com o uso da prensa
+de impressão e, dada a tecnologia da prensa, ele teve o efeito de uma
+regulamentação industrial. Ele não restringia o que os leitores poderiam
+fazer; ele restringiu o que as editoras e autores poderiam fazer. O
+copyright, na Inglaterra, foi inicialmente uma forma de censura. Você
+tinha que obter a permissão do governo para publicar um livro. Mas
+a idéia mudou. Na época da Constituição dos EUA, se chegou a uma
+idéia diferente do propósito do copyright, e eu penso que esta idéia
+foi aceita também na Inglaterra.
+
+<p>
+Na Constituição dos EUA foi proposto que os autores deveriam
+ser entitulados a um copyright [N.T. "copyright" significa "direito
+de cópia" mas em geral a indústria e a mídia utiliza a palavra original
+inglesa], um monopólio sobre os seus livros. Esta proposta foi
+rejeitada. Em vez disso, foi adotada uma proposta radicalmente diferente,
+de, em nome da promoção do progresso, o Congresso poderia
+opcionalmente estabelecer um sistema de copyright que poderia
+criar estes monopólios. Então os monopólios, de acordo com a
+Constituição dos EUA, não existe pelos interesses de quem seja o
+dono; eles existem pelo progresso da ciência. Os monopólios eram
+retirados dos autores como um meio de modificar o seu comportamento
+e fazer com que eles façam algo que sirva ao público.
+
+<p>
+Portanto, o objetivo era ter mais livros escritos e publicados, que
+outras pessoas poderiam então ler. E se acredita que isto contribua
+para o aumento da atividade literária, mais publicações sobre ciência
+e outros campos, e que a sociedade aprenderia graças a isto. Este era
+o objetivo a ser atingido. A criação de monopólios privados era tida
+como apenas um meio, e o objetivo era o bem público.
+
+<p>
+O copyright na era da prensa era inócuo porque ele era uma
+regulamentação industrial. Ele restringia apenas as atividades de
+autores e editores. Bem, em um sentido estrito, as pessoas pobres
+que copiavam livros à mão também poderiam estar infringindo o copyright.
+Mas ninguém nunca tentou usar o copyright contra elas porque ele
+era entendido como uma regulamentação para indústrias.
+
+<p>
+Também era fácil fiscalizar o copyright na era da prensa, porque ele
+só necessitava ser fiscalizado onde houvesse um editor, e editores,
+pela sua própria natureza, se fazem conhecidos. Se você está tentando
+vender livros, você tem que ir até as pessoas chamando-as para
+vir comprar os seus livros. Você não precisa ir de casa em casa para
+fiscalizar o copyright.
+
+<p>
+E, finalmente, o copyright pode ter sido um sistema benéfico neste
+contexto. O copyright nos EUA é considerado pelos estudiosos das leis
+como uma troca, uma barganha entre o público e os autores. O público
+abre mão de alguns dos seus direitos naturais de fazer cópias, e em troca
+recebe o benefício de mais livros sendo escritos e publicados.
+
+<p>
+Porém, esta troca é vantajosa? Bem, quanto o público em geral
+não pode fazer cópias porque elas só podem ser feitas de maneira
+eficiente em prensas - e a maioria das pessoas não possui prensas - o
+resultado é que o público está abrindo mão de uma liberdade que ele
+não é capaz de exercer, uma liberdade sem nenhum valor prático.
+Então se você tem algo que é um subproduto da sua vida e é inútil
+mas você tem a oportunidade de troca-lo por algo de valor, você
+está ganhando. Por isso o copyright pode ter sido uma troca
+benéfica para o público naquela época.
+
+<p>
+Mas o contexto está mudando, e isto tem que afetar a nossa avaliação
+ética do copyright. Os princípios básicos da ética não mudam por causa
+de avanços da tecnologia; eles são fundamentais demais para serem
+afetados por este tipo de contingência. Mas a nossa decisão sobre qualquer
+questão específica depende das consequências e das alternativas
+disponíveis, e as consequências de uma dada escolha podem mudar
+quando o contexto muda. Isto é o que está acontecendo na área das leis
+de copyright porque a era da prensa de impressão está chegando ao fim,
+dando lugar gradualmente à era das redes de computadores.
+
+<p>
+As redes de computadores e a tecnologia digital da informação estão nos
+trazendo de volta para um mundo parecido com o mundo antigo onde
+qualquer um que pode ler e usar a informação também pode fazer cópias
+com a mesma facilidade com que qualquer outro poderia faze-las. Elas
+são cópias perfeitas e elas são tão boas quanto as cópias feitas por qualquer
+outro. Então a centralização e a economia de escala introduzida pela prensa
+e tecnologias similares está indo embora.
+
+<p>
+E esta mudança de contexto muda o modo como a lei de copyright
+funciona. Note, a lei de copyright não age mais como uma regulamentação
+industrial; ela agora é uma restrição draconiana sobre o público em geral.
+Ela costumava ser uma restrição sobre os editores em benefício dos
+autores; hoje, para qualquer propósito prático, ela é uma restrição
+sobre o público em benefício dos editores. Copyright costumava ser
+indolor e sem controvérsias. Ele não restringia o público. Agora isto
+não é mais verdade. Se você tem um computador, os editores consideram
+impor restrições sobre você como a mais alta prioridade. O copyright
+era fácil de fiscalizar porque era uma restrição somente sobre editores
+que eram fáceis de encontrar e o que eles publicavam era fácil de se ver.
+Hoje o copyright é uma restrição sobre cada um e sobre todos vocês.
+A sua fiscalização requer vigilância - uma invasão - e punições drásticas,
+e nós estamos vendo estas coisas sendo introduzidas nas leis dos EUA e
+de outros países.
+
+<p>
+E pense que o copyright costumava ser, aparentemente, uma troca
+vantajosa para o público porque o público estava trocando liberdades
+que ele não era capaz de exercer. Bem, nós agora podemos exercer
+estas liberdades. O que você faria se você estivesse produzindo um
+subproduto que não tinha utilidade e você estivesse acostumado a
+troca-lo e, de repente, você descobrisse um uso para ele (o subproduto)?
+Você agora pode efetivamente utiliza-lo, consumi-lo. Você não faria mais
+trocas, você ficaria com ele. E isto é o que o público gostaria naturalmente
+que fosse feito. Isto é o que o público faz sempre que ele tem a chance
+de expressar as suas preferências. O Napster é um grande exemplo
+disto, do público decidindo exercer a sua liberdade de copiar em vez
+de abrir mão dela. Então o que nós vemos como sendo a coisa natural é fazer
+com que a lei de copyright se adeque às atuais circunstâncias , reduzindo
+o poder atribuído aos donos do copyright, reduzindo a quantidade de
+restrições que ela impõe ao público e aumentando a liberdade que o
+público conserva.
+
+<p>
+Mas isto não é o que os editores desejam fazer. Eles querem
+exatamente o oposto. Eles desejam aumentar os poderes do
+copyright ao ponto em que eles sejam capaz de permanecer com
+o firme controle de todos os usos da informação. Isto levou à leis
+que conferiram um aumento sem precedentes aos poderes do
+copyright. As liberdade que o público estava acostumado a ter
+na era da prensa de impressão foram retiradas.
+
+<p>
+Por exemplo, vamos examinar os e-books. Há um tremendo hype sobre
+e-books; você não conegue evita-lo. Eu tomei um vôo no Brasil e, na
+revista de vôo, havia um artigo dizendo que talvez demore 10 ou 20 anos
+até que todos nós tenhamos mudado para os e-books. Certamente,
+este tipo de campanha vem de alguém que paga por ela. Mas quem
+está fazendo isso? Eu acho que sei. O motivo é que os e-books são uma
+oportinidade de se retirar as últimas liberdades que os leitores de livros
+impressos sempre tiveram e ainda tem - a liberdade, por exemplo, de
+emprestar um livro para o seu amigo, ou de pega-lo em uma biblioteca
+pública, ou vender uma cópia para um sebo, ou comprar uma cópia
+anoninamente, sem deixar um registro no banco de dados de quem
+comprou qual livro. E mesmo o direito de ler duas vezes.
+
+<p>
+Essas são liberdades que os editores gostariam de retirar, mas eles
+não podem fazer isso com os livros impressos porque seria óbvio
+demais o abuso do poder e geraria reações. Então eles encontraram
+uma estratégia indireta: primeiro, eles conseguem leis para retirar
+estas liberdades quando não existem e-books; de modo que não haja
+controvérsia. Não existem usuários pre-existentes de e-books que
+estejam acostumados com suas liberdades e que venham a defende-las.
+Foi o que eles conseguiram com o Digital Millennium Copyright Act em
+1998. Então eles introduzem os e-books e gradualmente fazem com que
+todos mudem dos livros impressos para os e-books e o resultado é,
+que os leitores perderam estas liberdades sem ao menos terem um
+momento no qual estas liberdades tenham sido retiradas e durante o
+qual eles pudessem lutar para conserva-las.
+
+<p>
+Nós vemos ao mesmo tempo esforços para retirar das pessoas a liberdade
+no uso de outros tipos de trabalhos publicados. Por exemplo, os filmes que
+estão em DVDs são publicados em uma forma criptografada que costumava
+ser secreta - ela foi criada para ser secreta - e o único modo pelo qual
+os estúdios de cinema lhe falariam sobre o formato, de modo que você
+pudesse fabricar um DVD Player, era se você assinasse um contrato para
+embutir certas restrições no player, de modo que o público seria impedido
+até mesmo de exercer completamente seus direitos legais. Então um
+pequeno grupo de programadores brilhantes na Europa descobriu o
+formato dos DVDs e eles escreveram um software livre que poderia
+ler um DVD. Isto tornou possível a utilização de software livre sobre
+o sistema operacional GNU/Linux para exibir o DVD que você comprou,
+o que é algo perfeitamente legal. Você deveria ser capaz de fazer isso
+com software livre.
+
+<p>
+Mas os estúdios de cinema foram à corte. Veja só, os estúdios de cinema
+costumavam fazer um monte de filmes onde havia um cientista louco e
+alguém dizia, "Mas, doutor, existem certas coisas que o homem não
+deveria saber." Eles devem ter assistido demais aos seus próprios filmes
+pois eles começaram a acreditar que o formato dos DVDs é algo que o
+homem não deveria saber. E eles conseguiram um veredito para total
+censura do software para tocar DVDs. Até mesmo fazer um link
+para um site onde esta informação está legalmente disponível fora
+dos EUA é proibido. Eu me orgulho de dizer que eu assinei uma declaração
+de "amigo da corte" na apelação, apesar de estar tendo um papel muito
+pequeno nesta batalha em particular.
+
+<p>
+Por outro lado, o governo dos EUA interveio diretamente. Isto não
+é surpreendente se você antes considerar porque o Digital Millennium
+Copyright Act foi aprovado. O motivo é o sistema de financiamento
+da campanha eleitoral que nós temos nos EUA, que é essencialmente
+propina legalizada onde os candidatos são comprados pelas empresas
+antes mesmo de serem eleitos. E, é claro, eles sabem quem é o seu
+mestre - eles sabem por quem eles estão trabalhando - e eles aprovam
+as leis para dar às empresas mais poder.
+
+<p>
+Eu não sei o que acontecerá nesta batalha em particular, nós não
+sabemos. Mas, enquanto isso, a Austrália aprovou uma lei similar
+e a Europa está quase adotando uma; então o plano é não deixar
+nenhum lugar na terra onde esta informação possa ser deixada
+disponível para as pessoas. Mas os EUA permanecem como os
+líderes mundiais em impedir o público de distribuir a informação
+que foi publicada.
+
+<p>
+Entretanto, os EUA não foram a primeira nação a tornar isto uma
+prioridade. A União Soviética tratou o assunto como sendo muito
+importante. Ali a cópia e re-distribuição não autorizada era conhecida
+como Samizdat e, para elimina-la, foi desenvolvida uma série
+de métodos. Primeiro, guardas vigiando cada unidade, cada equipamento
+de cópia para verificar o que as pessoas estavam copiando e assim
+impedir a cópia não-autorizada. Segundo, punições duras para qualquer
+um pego fazendo cópias ilegais. Você poderia ser enviado para a
+Sibéria. Terceiro, solicitando informantes, pedindo a todos para
+dedurar os seus vizinhos e colegas de trabalho à polícia da informação.
+Quarto, responsabilidade coletiva - Você! Você tem que vigiar aquele
+grupo! Se eu pegar qualquer um deles realizando cópias ilegais,
+você será preso. Portanto, vigie-os cuidadosamente. E quinto, propaganda,
+desde a infância, para convencer as pessoas que somente um terrível
+inimigo do povo poderia pensar em fazer cópias ilegais.
+
+<p>
+Os EUA estão usando todas estas medidas hoje. Primeiro, guardas
+vigiando equipamento de cópia. Bem, em lojas de cópias, eles tem
+guardas humanos verificando o que você copia. Mas ter guardas
+humanos vigiando o que você copia no seu computador seria muito
+caro; trabalho humano é muito caro. Então eles criaram guardas-robôs.
+Este é o propósito do Digital Millennium Copyright Act.  Este software
+vem no seu computador, é o único meio pelo qual você pode acessar
+certos dados e ele impede que você faã cópias.
+
+<p>
+Existe agora um  plano para introduzir este software em todos os discos
+rígidos, de modo que possam haver arquivos no seu disco rígido que você
+não possa acessar exceto obtendo permissão de algum servidor de rede
+para acessar o arquivo. E contornar este software ou mesmo dizer a outros
+como contorna-lo seria crime.
+
+<p>
+Segundo, punições duras. Há poucos anos, se você fizesse cópias
+de alguma coisa e desse aos seus amigos apenas para ser útil, isto
+não era um crime; isto nunca foi crime nos EUA. Então eles transformaram
+isso em felonia [N.T. felony] de modo que você possa ser mantido em
+prisões por anos por compartilhar com o seu próximo.
+
+<p>
+Terceiro, informantes. Bem, você deve ter visto os anúncions na TV,
+os anúncions nos metrôs de Boston, pedindo que as pessoas dedurem
+os seus colegas de trabalho para a polícia da infrmação, que é
+oficialmente chamada de Associação dos Fornecedores de Software
+(Software Publishes Association).
+
+<p>
+E quarto, responsabilidade coletiva. Nos EUA, isto foi feito pela
+incriminação de provedores Internet, tornando-os legalmente
+responsáveis por qualquer coisa que seus clientes publiquem.
+O único modo pelo qual eles podem evitar serem responsabilizados
+é se eles seguirem uma política inviolável de desconectar ou remover
+qualquer informação em duas semanas após uma reclamação.
+Apenas há algums dias, eu ouvi falar de que um interessante site de
+protesto criticando o City Bank foi desconectado desta forma.
+Hoje em dia, você não tem nem mesmo uma change na corte;
+seu site apenas é desconectado.
+
+<p>
+E, finalmente, propaganda, iniciando na infância. Para isso que a
+palavra "pirata" é utilizada. Se você pensar em como as coisas eram
+há alguns anos, o termo "pirata" foi antes aplicado a editores que não
+pagavam ao autor. Mas agora as coisas foram viradas pelo avesso.
+Ele agora é aplicado à membros do público que escapam ao controle
+do editor. Ele está sendo utilizado para convencer as pessoas de que
+somente um detestável inimigo do povo poderia pensar em fazer
+cópias piratas. Ele diz que "compartilhar com o seu próximo é
+moralmente equivalente a atacar um navio." Eu tenho esperança de
+que vocês não concordem com isso e, se vocês não concordam, eu
+espero que vocês se recusem a usar a palavra desta forma.
+
+<p>
+Então, os editores estão comprando leis que lhes dão mais poder.
+Além disso, eles também estão estendendo o tempo de duração
+do copyright. A Constituição dos EUA diz que o copyright tem que
+durar um tempo limitado, mas os editores querem que o copyright seja
+eterno. Entretanto, conseguir uma emenda constitucional seria bem
+difícil, mas eles encontraram um modo mais fácil que atinge o mesmo
+resultado. A cada 20 anos eles estendem retroativamente o copyright
+por mais 20 anos. Assim o resultado é que, em qualquer momento, o
+copyright tem uma duração determinada e ele irá expirar algum dia.
+Mas esta data de expiração nunca será alcançada porque todo
+copyright será estendido por mais 20 anos a cada 20 anos; então nenhum
+trabalho nunca mais irá para o domínio público. Isto tem sido chamado o
+"plano de instalação perpétua do copyright".
+
+<p>
+A lei em 1998 que estendeu o copyright por mais 20 anos é conhecida como
+"Mickey Mouse Copyright Extension Act" (Ato de Extenção do Copyright
+de Mickey Mouse) porque um dos seus principais patrocinadores foi Disney.
+Disney compreendeu que o copyright sobre o Mickey Mouse estava prestes
+a expirar, e ele não queria que isso jamais acontecesse porque ele ganhava
+muito dinheio deste copyright.
+
+<p>
+Agora, o título original desta palestra, se supunha, era "Copyright
+e Globalização". Se você  pensar na globalização, o que você nota
+é que ela é realizada por uma série de políticasque são feitas em nome
+da eficiência econômica ou das tão-chamadas ameaças ao livre
+comércio, que são na verdade criadas para dar às empresas mais poder
+sobre leis e políticas. Elas não são na verdade voltadas para o livre
+comércio. Elas são um meio de se tranferir o poder. Remover dos
+cidadão de qualquer país o poder de decidir sobre leis que qualquer país
+poderia considerar como sendo do seu próprio interesse e dar este
+poder às empresas que não irão levar em consideração os interesses
+destes cidadãos.
+
+<p>
+Democracia é um problema, na opinião deles, e essas ameaças são
+criadas para pôr um fim no problema. Por exemplo, a NAFTA na verdade
+possui provisões, eu acredito, permitindo às empresas processar qualquer
+governo para eliminar uma lei que eles acreditam que esteja interferindo
+com os seus lucros naquele país. Então empresas estrangeiras tem mais
+poder do que os cidadãos do país.
+
+<p>
+Existem tentativas de estender isso além do NAFTA. Por exemplo,
+este é um dos objetivos do tão chamado mercado livre das Américas,
+de extender este princípio para todos os países da América do Sul e do
+Caribe, e dos acordos multilaterais de investimento que devem estende-lo
+para todo o mundo.
+
+<p>
+Uma coisa que nós vimos nos anos 90 é que essas ameaças iniciam
+por impor o copyright por todo o mundo, e de maneiras mais poderosa
+e restritivas. Estas ameaças não são ameaças contra o livre comércio.
+Elas são na verdade ameaças controladas pelas corporações sendo
+utilizadas para dar às corporações controle sobre o comércio mundial,
+de modo a eliminar o livre comércio.
+
+<p>
+Quando os EUA eram um país em desenvolvimento, nos anos 1800, os
+EUA não reconheciam copyrights estrangeiros. Esta era uma decisão
+tomada cuidadosamente, e foi uma decisão inteligente. Ela reconhecia
+que para os EUA reconhecer copyrights estrangeiros seria desvantajoso,
+que ela drenaria dinheiro e não traria nada de bom.
+
+<p>
+A mesma lógica se aplicaria hoje à países em desenvolviment mas
+os EUA tem poder suficiente para obriga-los a ir contra os seus
+próprios interesses. Na verdade, é um erro falar dos interesses de
+países neste contexto. De fato, eu tenho certaza de que a maioria
+de vocês ouviu falar da falácia de se tentar julgar o interesse do
+público pela soma das rendas de todos. Se os trabalhadores americanos
+perdessem $1 bilhão e Bill Gates ganhasse $2 bilhões, os americanos
+estariam melhor no final? Isto seria bom para os EUA? Se você prestar
+atenção apenas ao total, pode parecer bom. Entretanto, este exemplo
+mostra que o total é o modo errado de julgar as coisas porque Bill
+Gates na verdade não necessita outros $2 bilhões, mas a perda de
+$1 bilhão por pessoas que não tem muito com o que começar de novo
+seria dolorosa. Bem, em uma discussão sobre qualquer uma dessas
+ameaças ao comércio, quando você ouvir falarem sobre os
+investimentos neste país ou naquele país, o que eles estão
+fazendo, em cada país, é somar as rendas de todos. Então é na
+verdade uma desculpa para se aplicar a mesma falácia para que
+você ignore a distribuição de renda em cada país e se a ameaça
+está tornando a distribuição mais desigual, como ela fez nos EUA.
+
+<p>
+Então, não são na verdade os interesses dos EUA que estão sendo
+servidos ao se observar o copyright por todo o mundo. São os
+interesses de certos donos de empresas, muitos dos quais estão nos
+EUA e alguns deles em outros países. Ele não serve, de maneira alguma,
+aos interesses do povo.
+
+<p>
+Mas o que seria sensato se fazer? Se nós acreditarmos no objetivo declarado
+do copyright, por exemplo na Constituição dos EUA, o objetivo de se
+promover o progresso, quais seriam as políticas inteligentes a se
+estabelecer na era das redes de computadores? Claramente, em vez de
+aumentar o poder do copyright, nós temos que empurra-lo de volta de
+modo a dar ao povo um certo domínio de liberdade onde eles possam fazer
+uso dos benefícios da tecnologia digital, fazer uso das suas redes de
+computadores. Mas o quão longe nós devemos ir? Esta é uma questão
+interessante porque eu não penso que nós devamos necessariamente
+abolir o copyright por completo. A idéia de trocar algumas liberdades
+por mais progresso ainda pode ser uma troca vantajosa até certo
+ponto, mesmo que pelo copyright se abra mão de muita liberdade.
+Mas de modo a pensar sobre isso de maneira inteligente, a primeira
+coisa a fazer é reconhecer que não há rasão para faze-lo de maneira
+totalmente uniforme. Não há motivos para fazer a mesma troca para
+todos os tipos de trabalho.
+
+<p>
+De fato, este já é o caso porque já existem diversas excessões
+para música. A música é tratada de maneira muito diferente sob
+a lei de copyright. Mas a insistência arbitrária em uniformidade é
+utilizada pelos editores de uma maneira bem inteligente. Eles pegam
+algum caso especial e argumentam que, neste caso especial, seria
+vantajoso ter tanto copyright. E eles dizem que, em nome da
+uniformidade, deve haver tanto copyright para tudo. Então, é claro,
+eles pegam um caso onde eles possam apresentar o argumento mais 
+forte, mesmo que seja um caso raro e especial e que não seja na
+verdade importante dentro do conjunto.
+
+<p>
+Mas talvez nós devamos ter tanto copyright neste caso especial.
+Nós não temos que pagar o mesmo preço para tudo o que nós
+compramos. Mil dólares por um carro novo pode ser um ótimo
+negócio. Mil dólares por uma caixa de leite seria um péssimo
+negócio. Você não pagaria o preço especial por tudo que você
+comprasse em outras áreas da vida. Porque fazer isso aqui?
+
+<p>
+Portanto nós temos que examinar diferentes tipos de trabalhos,
+e eu gostaria de propor uma maneira de fazer isso.
+
+<p>
+Isto inclui receitas, programas de computador, manuais e livros-texto,
+trabalhos de referência como dicionários e enciclopédias. Para todos
+estes trabalhos funcionais, eu acredito que as questões sejam
+basicamente as mesmas que para o software e que as mesmas
+conclusões se apliquem. As pessoas deveriam ter a liberdade de
+publicar uma versão modificada porque é bastante útil que se modifiquem
+trabalhos funcionais. As necessidades das pessoas não são as mesmas.
+Se eu escrevi este trabalho para realizar o trabalho que eu necessito
+que seja feito, sua idéia de trabalho que você deseja fazer pode ser
+bem diferente. Então se você deseja modificar este trabalho isto
+é bom para você. Neste ponto, podem haver pessoas com necessidades
+similares às suas, e sua versão modificada seria boa para elas. Todos
+os que sabem cozinhar sabem isso e isto é conhecido há centenas de
+anos. É normal que se faça cópias de receitas e que elas sejam distribuídas
+para outras pessoas, e também é normal modificar uma receita.
+Se você modifica uma receita e a prepara para seus amigos, e eles
+gostam da comida, eles vão perguntar a você, "Poderia me dar a receita?"
+Então você escreveria a sua própria versão e daria cópias. Isto é
+exatamente a mesma coisa que nós começamos a fazer bem mais tarde
+na comunidade do software livre.
+
+<p>
+Então essa é uma classe de trabalhos. A segunda classe de trabalhos
+são trabalhos cuja finalidade é dizer o que certas pessoas pensam.
+O seu propósito é falar sobre essas pessoas. Isto inclui memórias,
+artigos de opinião, artigos científicos, ofertas de compra e venda,
+catálogos de produtos à venda. O ponto destes trabalhos é que eles
+dizem a você o que alguém pensa ou o que alguém diz ou em que
+alguém acredita. Modifica-los é deturpar a imagem dos autores;
+portanto modifica-los não é uma tarefa socialmente útil. Então a
+cópia exata é a única coisa que as pessoas realmente necessitam ser
+autorizadas a fazer.
+
+<p>
+A próxima questão é: as pessoas deveriam ter o direito de fazer
+cópias exatas comerciais? Ou apenas cópias não-comerciais? Veja
+que são duas atividades diferentes que nós podemos distinguir, portanto
+nós podemos considerar as duas questões separadamente - o direito
+de fazer cópias não-comerciais exatas e o direito de fazer cópias
+comerciais exatas. Bem, seria uma boa política de compromisso ter
+o copyright cobrindo cópias exatas comerciais mas permitir a
+qualquer um fazer cópias exatas não-comerciais. Desta forma, o
+copyright é sobre as cópias exatas comerciais, assim como sobre todas
+as versões modificadas - somente o autro pode aprovar uma versão
+modificada - e ainda poderia ser uma fonte de receita capaz de financiar
+a escrita desses trabalhos, em qualquer extensão.
+
+<p>
+Ao permitir as cópias exatas não-comerciais, o copyright não irá mais
+invadir as casas de todos. Ele se torna novamente uma regulamentação
+industrial, fácil de fiscalizar e indolor, não exigindo mais punições
+draconianas ou informantes para garantir a sua obediência. Assim
+nós conseguimos o máximo de benefício - e evitamos a maior parte
+do horror - do sistema atual.
+
+<p>
+A terceira categoria de trabalhos são os trabalhos estéticos ou
+de entretenimento, onde a coisa mais importante é apenas a
+sensação de apreciar o trabalho. Para esses trabalhos, a questão da
+modificação é muito difícil porque, por um lado, existe a idéia de que
+este trabalho reflete a visão de um artista e modifica-lo é deturpar
+esta visão. Por outro lado, temos o fato de que existe o processo
+do "folk", onde uma sequência de peossoas modificando um
+trabalho pode muitas vezes produzir um resultado que é extremamente
+rico. Mesmo quando você tem artistas produzindo os trabalhos,
+pegar emprestado de trabalhos anteriores é frequentemente bastante
+útil. Algumas das peças de Shakespeare utilizavam uma estória que
+foi copiada de outra peça. Se as leis atuais de copyright estivessem
+em vigor naquela época, estas peças seriam ilegais. Portanto é uma
+questão difícil que nós devemos fazer quanto a publicar versões
+modificadas de um trabalho estético ou artístico, e nós temos que
+examinar mais subdivisões desta categoria para resolver o problema.
+Por exemplo, talvez cenários de jogos de computador devam ser
+tratatos de um modo; talvez qualquer um deva ser livre para publicar
+uma versão modificada deles. Mas talvez um romance deva ser tratado
+de maneira diferente; talvez para eles, a publicação comercial deva
+exigir um acordo com o autor original.
+
+<p>
+Suponha que a publicação comercial destes trabalhos estéticos seja
+coberta pelo copyright, isto forneceria a maior parte da receita que
+existe hoje para financiar os autores e músicos, no limite do que o
+atual sistema os suporta, porque ele faz um trabalho bem ruim. Então
+este seria um compromisso rasoável, como no caso dos trabalhos que
+representam certas pessoas.
+
+<p>
+Se nós olharmos para frente, até a época em que a era das redes de
+computadores tenha iniciado em sua plenitude, depois que nós
+passemos por esta faze de transição, nós poderemos imaginar
+outro modo dos autores serem pagos pelo seu trabalho. Imagine que
+exista um sistema de dinheiro digital que permita que você receba
+dinheiro pelo seu trabalho. Imagine que nós tenhamos um sistema
+de dinheiro eletrônico que permita que enviemos dinheiro pela
+Internet; isto pode ser feito de várias maneiras utilizando criptografia,
+por exemplo. E imagine que a cópia exata de todo trabalho estético
+seja permitida. Mas eles são escritos de modo que, quando você
+estiver tocando ou lendo ou assistindo a um trabalho, apareça uma
+caixa no canto da tela que diz, "clique aqui para enviar um dólar para
+o autor", ou para o músico, ou para quem quer que seja. E a caixa
+apenas fica ali, ela não atrapalha em nada. Ela não interefere com
+você, mas lembra que é uma boa idéia suportar os escritores e
+músicos.
+
+<p>
+Então, se você gostar do trabalho que você está lendo ou assitindo,
+eventualmente você irá pensar, "Porque eu não deveria dar a
+essas pessoas um dólar? É apenas um dólar. O que é isso? Não irá
+fazer falta para mim." E as pessoas vão começar a enviar um dólar.
+A coisa boa disso é que torna a cópia aliada dos escritores e
+músicos. Quando alguém envia por e-mail para um amigo uma
+cópia, este amigo pode enviar um dólar, também. Se você realmente
+gostou, você pode enviar este dólar várias vezes, e este dólar é mais
+do que eles receberiam hoje se você comprasse um livro ou um CD
+porque eles recebem apenas uma pequena fração das vendas. Os
+mesmos editores que estão exigindo poder total sobre o público em
+nome dos autores e músicos estão dando banana a estes autores e
+músicos o tempo todo.
+
+<p>
+Eu recomendo que vocês leiam o artigo de Curtney Love na revista
+"Salon", um artigo sobre piratas que planejam utilizar o trabalho de
+músicos sem pagar por ele. Estes piraras são gravadoras que pagam
+aos músicos 4% das suas gigantescas vendas, em média. É claro, os
+músicos muito bem sucedidos recebem um pouco mais. Se eles recebem
+mais do que 4% das vendas, isto significa que a maioria dos músicos que
+tem contrato com gravadoras recebe menos do que 4% das suas vendas.
+
+<p>
+Vejam como funciona: a gravadora gasta dinheiro em publicidade e eles
+consideram este gasto como um adiantamento para os músicos, mesmo
+que os músicos nunca o vejam. Então, quando você compra o CD, uma
+certa fração vai nominamente para os músicos, mas na verdade ela
+não vai. Na verdade, ela será utilizada para ressarcir as desepas em
+publicidade, e somente se os músicos forem muito bem sucedidos
+eles verão algum dinheiro.
+
+<p>
+Os músicos, é claro, assinam estes contratos de gravação porque
+eles tem esperança de ser um desses poucos que se tornam ricos.
+Então temos essencialmente uma loteria sendo oferecida aos
+músicos para tenta-los. Apesar deles serem bons músicos,
+eles podem não ser bons no raciocínio lógico cuidadoso necessário
+para ver a armadilha. Então eles assinam e provavelmente tudo o
+que eles recebem é publicidade. Bem, porque não dar a eles a
+publicidade de um modo diferente, não através de um sistema
+que seja baseado em restringir o público nem um sistema do
+complexo industrial que nos enche com música fraca que é fácil
+de vender? Em vez disso, porque não utilizar o impulso natural dos
+ouvintes de compartihar as músicas que eles gostam como um
+aliado dos músicos? Se nós tivessemos esta caixa que aparece
+no player como um modo de enviar um dólar para os músicos,
+então as redes de computadores poderiam ser o mecanismo para
+dar aos músicos esta publicidade, a mesma publicidade que eles
+recebem dos contratos de gravação hoje.
+
+<p>
+Nós temos que reconhecer que o sistema de copyright existente
+faz um trabalho ruim de suportar os músicos, assim como o comércio
+internacional faz um trabalho ruim de aumentar os padrões de vida nas
+Filipinas e na China. Existem essas zonas empresariais onde todo
+mundo trabalha em "sweatshops" e todos os produtos são feitos em
+"sweatshops". Eu sei que a globalização foi um modo bastante
+ineficiente de aumentar os padrões de vidas no estrangeiro. Digamos
+que um americano seja pago a $20 a hora para fazer alguma coisa e
+que você dê este trabalho a um mexicano que irá receber talvez
+seis dólares por dia, o que aconteceu aqui é que você retirou uma
+grande quantidade de dinheiro dos trabalhadores americanos, deu
+uma pequena fração, poucos pontos percentuais, a trabalhadores
+mexicanos e o resto ficou na empresa. Então, se o seu objetivo é
+aumentar o padrão de vida dos mexicanos, esta é uma maneira
+duvidosa de fazer isso.
+
+<p>
+É interessante notar que o mesmo fenômeno está acontecendo na
+indústria do copyright, a mesma idéia genérica. Em nome desses
+trabalhadores que certamente merecem alguma coisa, você propõe
+medidas que dão a eles muito pouco e na verdade aumenta o poder
+das corporaçoes de controlar nossas vidas.
+
+<p>
+Se você está tentando substituir um sistema muito bom, você tem que
+trabalhar duro para encontrar uma alternativa melhor. Mas se você
+sabe que o sistema atual é rumi, não é difícil encontrar uma alternativa
+melhor; o padrão para comparação hoje é muito baixo. Nós temos
+sempre que nos lembrar dss quando considerarmos as questões da
+política de copyright.
+
+<p>
+Então eu acho que eu já disse a maioria do que eu queria dizer.
+Eu gostaria de dizer que amanhã é o "dia do telefone doente" no
+Canadá. Amanhã é o início de um plebiscito para finalizar a
+negociação da área de livre comércio das américas para tentar
+estender o poder corporativo por mais países, e um grande
+protesto está previsto em Quebec. Nós vimos métodos extemos
+sendo utilizados para coibir este protesto. Uma grande quantidade
+de americanos estão sendo impedidos de passar pela fronteira do
+Canadá, apesar das leis os autorizarem a entrar a qualquer momento.
+Na desculpa das mais esfarrapadas, um muro foi construído em torno
+do centro de Quebec para ser utilizado como uma fortaleza para
+manter os manifestantes fora. Nós vimos uma grande quantidade
+de trapaças diferentes sendo utilizadas contra o protesto do provo
+contra essas ameaças. Então, qualquer democracia que tenha
+permanecido conosco depois que os poderes do governo foram
+retirados dos governantes eleitos democrativamente e entregues
+a organizmos internacionais não-eleitos, qualquer uma que ainda
+reste, pode não sobreviver à supressão do protesto público contra
+ele.
+
+<p>
+Eu dediquei 17 anos da minha vida trabalhando no software
+livre e questões relacionadas. Eu não fiz isso porque eu penso que
+seja a questão política mais importante no mundo. Eu fiz isso porque
+era a área onde eu vi que eu poderia usar minhas habilidades para
+fazer muitas coisas boas. Mas o que aconteceu foi que as questões
+gerais da política evoluíram, e a maior questão política no mundo
+de hoje é resistir à tendência de dar às empresas mais poder sobre
+o povo e sobre os governos. Eu vejo o software livre e as questões
+relacionadas com outros tipos de informação que eu estive discutindo
+hoje como uma parte desta questão maior. Então eu me encontrei
+trabalhando indiretamente nesta questão. Eu espero que eu possa
+constribuir algo para o esforço.
+
+<p>
+<B>RESPOSTA</B>:
+<p>
+<B>THORBURN</B>:
+Nós vamos aceitar perguntas e comentários da audiência em alguns
+minutos. Mas antes deixe-me dar uma resposta breve e genérica.
+Me parece que o conselho mais forte e mais importante na prática
+que Stallman nos deu hoje tem dois elementos chave. Um é reconhecer
+que as velhas suposições quanto ao copyright, velhas utilidades do
+copyright, não são mais apropriadas; elas foram desafiadas ou minadas
+pelo advendo do computador e das redes de computadores. Isto pode
+parecer óbvio, mas é essencial.
+
+<p>
+Segundo temos o reconhecimento de que a era digital requer
+que nós reconsideremos como nós distinguimos e avaliamos
+as formas de trabalho intelectual e criativo. Stallman está certo
+em que certos tipos de empreitadas intelectuais justificam maior
+proteção do copyright do que outras. Tentar idendificar sistematicamente
+estes diferentes tipos ou níveis de proteção de copyright
+parece ser para mim um meio valioso de me engajar nos
+problemas para o trabalho intelectual impostos com o advento
+do computador.
+
+<p>
+Mas eu acho que detectei outro tema que está entre o que Stallman
+acabou de dizer e que não é na verdade diretamente relacionado
+com computadores, mas com as questões mais gerais da autoridade
+democrática e o poder que os governos e corporações cada vez
+mais exercem sobre nossas vidas. Este lado populista e anti-corporações
+do discurso de Stallman é enriquecedor mas também simplificado. E
+ele talvez seja por demais idealista. Por exemplo, como um escritor
+de romances, ou um poeta, ou um compositor, ou um músico, ou o
+autor de um livro-texto acadêmico sobreviver neste admirável mundo
+novo onde as pessoas são encorajadas mas não obrigadas a pagar
+aos autores. Em outras palavras, me parece, que existe um gap imenso
+entre a prática e as possibilidades visionárias especuladas por Stallman.
+
+<p>
+Assim eu concluo perguntando se Stallman gostaria de expandir
+um pouco mais certos aspectos da sua palestra e, especificamente,
+se ele tem mais idéias sobre o modo pelo qual o que nós poderíamos
+chamar de "criadores tradicionais" poderiam ser protegidos sob
+o seu sistema de copyright.
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>: antes de mais nada, eu gostaria de lembrar
+que nós não deveríamos utilizar o termo "proteger" para
+descrever o que o copyright faz. O copyright restringe as pessoas.
+O termo "proteger" é um termo de propaganda utilizado pelas
+empresas que possuem copyrights. O termo "proteger" significa
+impedir alguém de fazer algo que seja de algum modo destrutivo.
+Bem, eu não acho que uma música seja destruída se existem mais
+cópias dela e ela seja tocada com mais frequência. Eu também não
+acho que um romance seja destruído se mais pessoas estão lendo
+cópias dela. Portanto eu não usaria esta palavra. Eu acho que ela
+leva as pessoas a se identificarem com a parte errada.
+
+<p>
+Ainda, é uma má idéia pensar sobre propriedade intelectual por
+dois motivos: primeiro, isto pré-julga a questão mais fundamental
+da área, que é: Como essas coisas deveriam ser tratadas e se elas
+deveriam ser tratadas como um tipo de propriedade? Usar o termo
+"propriedade intelectual" para descrever esta área é pressupor que
+a resposta seja "sim", que este seja o modo de ver as coisas, em vez
+de algum outro ponto de vista.
+
+<p>
+Segundo, isto encoraja super-generalização. Propriedade intelectual
+é um termo genérico para vários sistemas legais diferentes, com origens
+independentes, tais quais copyright, patentes, marcas registradas,
+secredos industriais e algumas outras coisas. Elas são quase que
+completamente diferentes; não tem nada em comum. Mas as pessoas
+que ouvem o termo "propriedade intelectual" são levadas à imagem
+falsa na qual imaginam que existe um princípio genérico de propriedade
+intelectual que é aplicado à áreas específicas, então elas assumem que
+essas várias áreas da lei sejam similares. Isto leva não somente à
+confusão de idéias sobre o que é certo fazer, isto leva as pessoas a
+entenderrem erroneamente o que a lei realmente diz porque eles
+acabam supondo que as leis de copyright e as leis de patentes sejam
+similares quando, de fato, são totalmente diferentes.
+
+<p>
+Então, se nós queremos encorajar o pensamento cuidadoso e o
+claro entendimento do que a lei diz, evitem o termo "propriedade
+intelectual". Fale sobre copyrights. Ou fale sobre patentes. Ou fale
+sobre marcas registradas ou sobre qualquer assunto que você 
+deseje falar. Mas não fale sobre propriedade intelectual. Qualquer
+opinião sobre propriedade intelectual tem que ser uma opinião tola.
+Eu não tenho opinião sobre propriedade intelectual. Eu tenho opiniões
+sobre copyrights e patentes e marcas registradas, e elas são diferentes.
+Eu cheguei a elas por diferentes processos de pensamento porque
+esses sistemas legais são totalmente diferentes.
+
+<p>
+De qualquer modo, eu me desviei, mas este desvio é terrivelmente
+importante.
+
+<p>
+Então deixe-me ir ao ponto. É claro, nós não podemos saber hoje
+o quão bem ele iria funcionar, ou se iria funcionar pedir às pessoas que
+pagassem voluntariamente aos autores e músicos que eles adoram.
+Uma coisa que este sistema funcionaria bem na proporção da quatidade
+de pessoas participando da rede, e este número, nós sabemos, irá
+aumentar uma ordem de magnitude em poucos anos. Se nós o
+tentássemos hoje, ele poderia falhar, e isto não iria provar nada porque
+com dez vezes mais pessoas participando, ele poderia funcionar.
+
+<p>
+A outra coisa é que nás não temos este sistema de pagamento
+digital; então nós não temos como tentar hoje. Você poderia tentar
+algo parecido. Existem vários serviços nos quais você pode fazer
+uma assinatura pela qual você pode enviar dinheiro a alguém - coisas
+como Pay Pal. Mas antes que você possa pagar a alguém por meio do
+Pay Pal, você tem que passarpor um monte de baboseiras e dar a
+eles um monte de informações pessoais sobre você, e eles fazem
+registros de a quem você paga. Você pode confiar que eles não
+farão mal uso desta informação?
+
+<p>
+Então, o dólar pode não desencoraja-lo, mas o trabalho necessário
+para fazer o pagamento pode desencoraja-lo. A idéia é que deveria
+ser tão fácil quando deixar uma moeda no momento em que você
+sente vontade, de modo que não haveria nada a desencoraja-lo
+exceto o valor do pagamento. E se ele for pequeno o suficiente,
+porque ele deveria desencoraja-lo? Nós sabemos, entretanto,
+que os fãs podem realmente amar os músicos, e nós sabemos que
+encorajar os fãs a copiar a re-distribuir a música foi algo feito
+por algumas bandas que foram, e são, bastante famosas como o
+"Grateful Dead". Eles não tiveram nenhum problema em viver
+das suas músicas porque eles encorajaram os fãs a gravar fitas
+e a copiar as fitas. Eles nem mesmo perderam suas vendas de
+discos.
+
+<p>
+Nós estamos gradualmente nos movendo da era da prensa para
+a era das redes de computadores, mas isto não vai acontecer de
+um dia para o outro. As pessoas ainda estão comprando grandes
+quantidades de gravaões, e isto provavelmente vai continuar por
+muitos anos - talvez para sempre. Enquanto isto continuar, apenas
+ter copyrights que anda se aplicam a vendas comerciais de gravações
+irá fazer um trabalho tão bom em suportar os músicos como eles
+o fazem hoje. É claro, isto não é muito bom, mas, pelo menos, não
+vai ficar pior.
+
+<p>
+<B>DISCUSSÃO</B>:
+<p>
+<B>QUESTÃO</B>:  [Um comentário e uma questão sobre download livre e
+a tentativa de Stephen King de vender um de seus livros em capítulos
+pela web.]
+<p>
+<B>STALLMAN</B>: Sim, é interessante saber que ele fez e o que
+aconteceu. Quando eu ouvi falar nisso pela primeira vez, eu fiquei
+impressionado. Eu pensei, quem sabe ele estava sando um passo
+na diretação de um mundo que não seria baseado em tentar manter
+cadeias de metal no público. Então eu vi que ele tinha na verdade
+escrito para pedir às pessoas que paguem. Pra expliar o que ele fez,
+ele publicou uma novela como uma série, em capítulos, e ele dizia,
+"Se eu receber dinheiro suficiente, eu vou liberar mais (capítulos)".
+Mas o texto que ele escreveu não era um pedido. Era uma afronta
+ao leitor. Ele dizia, "Se você não pagar, você é mau. E se houverem
+muitos de vocês que sejam mais, então eu vou parar de escrever."
+
+<p>
+Bem, claramente, esta não é a maneira que nós desejamos que o público
+se sinta ao enviar dinheiro. Você tem que fazer com que eles gostem de
+você, não que eles tenham medo de você.
+
+<p>
+<B>OUVINTE</B>: Os detalhes foram que ele exigia que uma certa
+porcentagem - eu não sei a porcentagem exata, deve ser em torno
+de 90% - das pessoas enviassem uma certa quantidade em dinheiro,
+que, eu acho, era um ou dois dólares, ou algo nesta ordem. Você tinha
+que fornecer o seu nome e o seu e-mail e algumas outras informações
+para poder fazer o download e, se esta porcentagem não fosse atingida
+no primerio capítulo, ele disse que não liberaria outro capítulo. Era
+bastante antagônico com o público fazendo o download.
+
+<p>
+<B>QUESTÃO</B>:  O esquena no qual não há copyright mas as
+pessoas são convidadas a fazerem doações voluntários não seria
+aberto a abusos por pessoas fazendo plágio?
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>:  Não. Isto não é o que eu propus. Lembre-se eu
+estou propondo que deve haver copyright cobrindo a distribuição
+comercial e permitindo somente a cópia exata e a redistribuição
+não-comercial. Então qualquer um que faça modificações e coloque
+um link para o seu web site, em vez de um link para o web site do
+verdadeiro autor, ainda estaria infringindo o copyright e poderia ser
+processado do exatamente mesmo modo que ele poderia ser processado
+hoje.
+
+<p>
+<B>QUESTÃO</B>:  Eu compreendo. Então você ainda imagina um
+mundo no qual ainda existe copyright?
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>:  Sim. Como eu disse, para certos tipos de
+trabalhos. Eu não estou dizendo que tudo deva ser permitido. Eu estou
+propondo reduzir os poderes do copyright, não aboli-lo.
+
+<p>
+<B>THORBURN</B>:  Eu imagino que esta questão tenha me ocorrido
+enquando você estava falando, Richard, e, novamente, agora que você
+está respondendo a esta questão é porque você não considera os modos
+pelos quais o computador, por si só, elimina completamente os
+intermediários - do modo que Stephen Kink se recusou a fazer - e possa
+estabelecer uma relação pessoal.
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>:  Bem, eles podem e, de fato, esta doação voluntária
+é uma maneira.
+
+<p>
+<B>THORBURN</B>:  Você pensa nisto como uma maneira de não envolver
+um editor?
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>:  Absolutamente não. Eu espero que não, note,
+porque o editor explora os autores terrivelmente. Quando você questiona
+os representantes do editor sobre o assunto, eles dizem, "Bem, sim,
+se um autor ou uma banda não deseja passar por nós, eles não deveriam
+ser legamente obrigados a passar por nós". Mas, de fato, eles estão
+usando de todos os meios para garantir que isto não seja possível. Por
+exemplo, eles estão propondo formatos de mídia de copyright restrito
+de modo que, para publicar nestes formatos, você tenha que faze-lo
+por intermédio de um dos trandes editores porque eles não dirão a
+ninguém como faze-lo. Então eles esperam por um mundo no qual
+os players reconhecerão estes formatos, e de modo a conseguir
+qualquer coisa que possa ser tocada por eles, você terá que obter de
+uma das editoras. Portanto, na verdade, enquanto não há lei contra um
+autor ou músico publicando diretamente, isto não será viável. Ainda há
+o sonho de ficar rico. Eles dizem, "Nós iremos publicar o seu trabalho
+e talvez você se torne tão rico quanto os Beatles." Escolha o seu
+grupo de sucesso favorito e, é claro, somente uma pequena fração dos
+músicos vão conseguir. Mas eles podem ser iludidos a assinar contratos
+que irão deixa-los presos para sempre.
+
+<p>
+Os editores tendem a ser muito ruins em respeitarem seus contratos
+com os autores. Por exemplo, contratos de livros tipicamente dizem
+que se um livro for esgotado, os direitos revertem para o autor, e os
+editores em geral não respeitam esta cláusula. Eles frequentemente
+tem que ser forçados. Bem, o que eles estão começando a fazer
+agora é iniciar a utilizar a publicação eletrônica como uma
+desculpa para dizer que o livro nunca será esgotado; então eles
+nunca terão que devolver os direitos. A idéia é que, se o autor não
+tem orientação, faze-lo assinar com eles e daí em diante, ele não
+tem poder algum; apenas o editor tem o poder.
+
+<p>
+<B>QUESTÃO</B>:  Não seria bom que houvessem licesas livres
+para vários tipos de trabalhos, que protegessem para cada usuário
+a liberdade de fazer cópias de qualquer maneira que seja apropriada
+para aquele tipo de trabalho?
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>: Bem, há pessoas trabalhando nisso. Mas, para
+trabalhos não-funcionais, um não substitui o outro. Vamos ver um
+tipo de trabalho funcional, digamos um processador de textos. Bem,
+se alguém fizer um processador de textos livre, você poderá utiliza-lo;
+você não terá mais necessidade de processadores de texto
+não-livres. Mas eu não diria que uma música livre substituiria
+todas as músicas não-livres, ou que um romance livre substituiria
+todos os romances não-livres. Para estes tipos de trabalho, é
+diferente. Então o que eu penso é que nós devemos simplemente
+reconhecer que essas leis não merecem ser respeitadas. Não é
+errado compartilhar com o seu próximo, e se alguém tentar dizer
+que é errado compartilhar com o seu próximo, você não deveria
+dar ouvidos.
+
+<p>
+<B>QUESTÃO</B>:  Com respeito aos trabalhos funcionais, como
+você, em seu pensamento, balancearia a necessidade de se abolir
+o copyright com a necessidade de incentivos econômicos para que
+esses trabalhos funcionais sejam desenvolvidos?
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>:  Bem, o que nós vemos, antes de tudo, é que
+esse incentivo econômico é bem menos necessário do que as pessoas
+tem suposto. Veja o movimento do software livre, onde nós temos
+mais de 100.000 voluntários em tempo parcial desenvolvendo software
+livre. Nós também vemos que existem outros meios de levantar
+dinheiro para isso que não são baseados em impedir o público de copiar
+e de modificar estes trabalhos. Esta é a lição interessante do movimento
+pelo software livre. Além do fato de que ele dá a você um modo de usar
+o seu computador e manter a sua liberdade de cooperar e compartilhar
+com outras pessoas, ele também mostra que esta suposição negativa
+de que as pessoas nunca fariam estas coisas a não ser que elas
+recebam poderes especiais para forçar as pessoas a pagarem por
+elas é simplesmente errada. Muitas pessoas fazem essas coisas. Então
+se você examinar, digamos, a escrita de monografias que servem como
+livros-texto em vários campos da ciência, exceto pelos que são
+bastante básicos, os autores não estão ganhando dinheiro com eles.
+Nós agora temos um projeto de enciclopédia livre que, de fato, é
+um projeto de enciclopédia livre de comércio, e está progredindo. Nós
+tivemos um projeto de uma enciclopédia no GNU mas nós a fundimos
+com o projeto comercial quando eles adotara nossa licensa. Em
+Janeiro, eles mudaram para a licensa de documentação livre do GNU
+para todos os artigos da enciclopédia. Então nós dissemos, "Bem,
+vamos juntar forças com eles e pedir às pessoas que contribuam
+com eles." Isto é chamado "NUPEDIA", e você pode encontrar um
+link para ela se você procurar em http:// www.gnu.org/encyclopedia. 
+Portanto nós estendemos o desenvolvimento comunitário de uma
+base livre de conhecimento útil do software para a enciclopédia. Eu
+estou bastante confiante hoje de que em todas essas áres de
+trabalho funcional, nós não necessitamos do incentivo econômico
+ao ponto de termos que nos sujar para usar estes trabalhos.
+
+<p>
+<B>THORBURN</B>:  Bem, e quanto às outras duas categorias?
+<p>
+<B>STALLMAN</B>:  Quanto às outras duas categorias de trabalho,
+eu não sei. Eu não sei se as pessoas algum dia escreverão romances
+sem se preocupar se elas farão ou não dinheiro deles. Em uma sociedade
+pós-miséria, eu acho que sim. Talvez o que nós devamos fazer de modo
+a atingir uma sociedade pós-miséria seja acabar com o controle
+corporativo sobre a economia e as leis. Então, em efeito, é um problema
+do ovo e da galinha, como vocês vêem. O que nós fazemos primeiro?
+Como nós conseguimos um mundo onde as pessoas não necessitem
+desesperadamente conseguir dinheiro exceto se removermos o
+controle pelas empresas? E como nós poderemos remover o controle
+pelas empresas exceto se -- de qualquer modo, eu não sei, mas é por
+isso que eu estou tentando primeiro propor um sistema de copyright
+de compromissi e, segundo, o pagamento voluntário suportado por um
+sistema de copyright de compromisso como um modo de gerar um
+fluxo de renda para as pessoas que escrevem estes trabalhos.
+
+<p>
+<B>QUESTION</B>:  Como você realmente esperaria implementar
+este sistema de copyright de compromisso sob o choque dos interesses
+corporativos sobre os políticos americanos devido ao seu sistema de
+financiamento de campanha?
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>:  Isto me vence. Eu gostaria de saber. É um
+problema terrivelmente difícil. Se eu soubesse como resolver este
+problema, eu o resolveria e nada no mundo poderia me deixar mais
+orgulhoso.
+
+<p>
+<B>QUESTÃO</B>: Como você lutaria contra o controle corporativo?
+Porque, quando você olha para as quantias de dinheiro gastas em
+lobby corporativo nos casos das cortes, ele é tremendo. Eu penso que
+o caso DECS que você falou sobre custou algo como um milhão e
+meio de dólares no lado da defesa. Deus sabe o quanto isto custou do
+lado das corporações. Você tem alguma idéia de como lidar com
+estas imensas quantias de dinheiro?
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>:  Eu tenho uma sugestão. Se eu fosse sugerir
+boicotar completamente os filmes, eu acho que as pessoas iriam
+ignorar esta sugestão. Eles iriam achar radical demais. Então eu
+gostaria de fazer uma sugestão um pouco diferente que no final tem
+praticamente o mesmo efeito, e ele é, não vá assitir a um filme a não
+ser que você tenha bons motivos para achar que ele é bom. Só que
+isto levaria na prática a praticamente o mesmo resultado que um
+boicote total aos filmes de Hollywood. Em extensão, é quase a mesma
+coisa, mas, em intenção, é bem diferente. Eu observei que muitas
+pessoas vão aos cinemas por motivos que não tem nenhuma relação
+com o fato deles acharem os filmes bons. Então se você mudar isso,
+se você for a um cinema somente quando você tiver uma boa rasão
+para acreditar que é um bom filme, você tirará deles muito dinheiro.
+
+<p>
+<B>THORBURN</B>:  Um modo de entender toda esta palestra de
+hoje, eu acho, é reconhecer que, sempre que tecnologias radicais,
+potencialmente transformadoras, aparecem em nossa sociedade,
+há uma pressão sobre quem as controla. Nós hoje estamos
+repetindo o que aconteceu no passado. Então, deste ângulo, não
+deve haver rasão para desespero, ou mesmo para pessimismo,
+sobre o que poderá acontecer a longo prazo. Mas, a curto prazo,
+pressões sobre o controle de textos e imagens, sobre todas as
+formas de informação tendem a ser dolorosas e extensas. Por
+exemplo, como um professor de midia, meu acesso à imagens tem
+sido restrito em anos recentes de um modo que nunca havia sido
+antes. Se eu escrever um artigo e deseje utilizar fotografias, mesmo
+que sejam de filmes, está muito mais difícil obter permissão de
+utiliza-las, e os preços cobrados por essas imagens estão bem
+maiores - mesmo que eu argumente sobre pesquisa intelectual
+e sobre o "uso justo" [N.T. fair use]. Então eu acho que, neste
+momento de extraordinária transformação, os prospectos de
+longo prazo podem, de fato, não serem tão perturbadores quanto
+o que está acontecendo no momento. Mas de qualquer jeito,
+nós temos que entender a totalizada da experiência contemporânea
+como uma versão renovada das pressões sobre o controle dos
+recursos tecnológicos que é um princípio recorrente na sociedade
+ocidental.
+
+<p>
+Também é essencial que se entenda que a história de tecnologias
+antigas é um assunto complicado por si só. O impacto da prensa de
+impressão na Espanha, por exemplo, foi radicalmente diferente do seu
+impacto na Inglaterra ou na França.
+
+<p>
+<B>QUESTÃO</B>:  Uma das coisas que me incomodam quando eu
+ouço discussões sobre o copyright é que elas frequentemente se iniciam
+com "Nós queremos uma mudança de 180 graus". Me parece que parte
+do que a lei sobre essas três categorias sugere que há algum bom-senso
+no copyright. Alguns dos críticos do modo que o copyright está atuando
+hoje acreditam, de fato, que ele deveria ser baseado e funcionar mais
+parecido com patentes e marcas registradas em termos da sua duração.
+Eu imagino se nosso palestrante comentaria sobre essa estratégia.
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>:  Eu concordo que diminuir o tempo de duração
+do copyright é uma boa idéia. Não há nenhuma necessidade de se
+encorajar a publicação pela possibilidade dos copyrights durarem até
+150 anos, como em alguns casos é possível na legislação atual. Atualmente
+as empresas dizem que um copyright de 75 anos sobre um trabalho feito
+sob encomenda não é longo o suficiente para a produção dos seus
+trabalhos. Eu gostaria de desafiar essas empresas a apresentar
+balanços projetados para 75 anos no futuro para justificar esta
+reivindicação. O que eles realmente queria, era poder estender a
+duração do copyright sobre trabalhos antigos, de modo que eles
+pudessem continuar a restringir o uso deles. Mas como você poderia
+encorajar a produção de trabalhos em 1920 estendendo o copyright
+hoje é algo acima da minha capacidade, a não ser que eles tenham
+uma máquina do tempo em algum lugar. É claro, em um dos seus
+filmes, eles tinham uma máquina do tempo. Então talvez isso tenha
+afetado as suas idéias.
+
+<p>
+<B>QUESTÂO</B>:  Você pensou em extender o conceito de "uso
+justo", e existe alguma nuance disto que você gostaria de apresentar
+para nós?
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>:  Bem, a idéia de dar a todos permissão para
+cópia exata não-comercial de dois tipos de trabalhos, certamente, pode
+ser vista como uma extensão do conceito de uso justo. É mais do que
+o uso justo significa atualmente. Se a sua idéia é de que o público troca
+algumas liberdades para conseguir mais progresso, então você pode
+estabelecer o limite em vários lugares diferentes. Que liberdades o público
+troca e que liberdades o público mantém?
+
+<p>
+<B>QUESTÃO</B>:  Para estender a conversa por mais um momento, em
+certas áreas do entretenimento, nós temos o conceito de apresentação
+pública. Por exemplo, o copyright não nos impede de cantar músicas de
+Natal na época, mas impede performances públicas. E eu estou imaginando
+se seria útil pensar, em vez de estender o conceito de uso justo para cópias
+exatas não-comerciais ilimitadas, para algo menor do que isso mas além do
+conceito atual de uso justo.
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>:  Eu costumava pensar que poderia ser suficiente,
+então o Napster me convenceu do contrário porque o Napster é utilizado
+pelos seus usuários para cópia exata não-comercial. O servidor do Napster,
+em si, é uma atividade comercial mas as pessoas que estão realmente
+colocando as coisas disponíveis o estão fazendo de modo não-comercial,
+e elas poderiam te-lo feito com a mesma facilidade em seus sites web. A
+tremenda excitação sobre o Napster e o interesse nele mostra que ele
+era bastante útil. Então eu estou convencido de que as pessoas deveriam
+ter o direito de distribuir publicamente cópias nexatas ão comerciais de
+qualquer coisa.
+
+<p>
+<B>QUESTÃO</B>:  Uma analogia que foi sugerida recentemente a mim
+para toda a questão do Napster foi a analogia de uma biblioteca pública. Eu
+suponho que alguns de vocês que tenham ouvido os argumentos do
+Napster tenham ouvido esta analogia. Eu imagino se você gostaria de
+comentar sobre isso. Os defensores das pessoas que dizem que o Napster
+deveria continuar e que não deveriam haver restrições sobre ele dizem
+mais ou menos isso: "Quando as pessoas vão a bibliotecas públicas e pegam
+um livro, eles não estão pagando por ele, e ele pode ser emprestado
+dezenas de vezes, centenas de vezes, sem qualquer pagamento adicional.
+Porque o Napster é diferente?"
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>:  Bem, não é exatamente o mesmo. Mas poderia
+ser citado que os editores querem transformar as bibliotecas públicas
+em lojas de pague-pelo-uso. Portanto eles são contra bibliotecas públicas.
+
+<p>
+<B>QUESTÃO</B>:  Essas idéias sobre copyright podem sugerir algumas
+alternativas para as questões sobre as leis de patentes como fazer drogas
+baratas, genéricas para uso na África?
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>:  Não, não há absolutamente nenhuma similaridade.
+As questões sobre patentes são completamente diferentes das questões
+sobre copyright. A idéia de que eles tem algo em comum ou de semelhante
+é uma das consequências ruins do uso do termo "propriedade intelectual"
+e de se encorajar as pessoas a tratar dos dois assuntos ao mesmo tempo
+porque, como você disse, eu estive falando sobre questões nas quais o
+preço da cópia não é o ponto fundamental. Mas qual é o ponto fundamental
+na questão de fazer drogas contra a AIDS para a África? é o preço, nada
+mais do que o preço.
+
+<p>
+A questão que eu estive falando surge porque a tecnologia da
+informação digital dá a todo usuário a capacidade de fazer cópias.
+Bem, não há nada nos dando a capacidade de fazer cópias de
+remédios. Eu não tenho a capacidade de copiar algum medicamento
+que eu tenha comprado. De fato, ninguém tem; não é assim que eles
+são feitos. Esses medicamentos só podem ser produzidos em
+fábricas caras e els são produzidos em caríssimas fábricas centralizadas,
+sejam elas drogas genéricas ou importadas dos EUA. De qualquer modo,
+elas serão feitas em um pequeno número de fábricas, e as questões
+são apenas de quanto elas custam e se elas estão disponíveis sob um
+preço que as pessoas da África possam pagar.
+
+<p>
+Esta é uma questão trementamente importante, mas é uma questão
+totalmente diferente. Há apenas uma área onde surge uma questão
+sobre patentes que é realmente similar às questões da liberdade de
+copiar, e é na área da agricultura. Porque existem certas coisas
+patenteadas que podem ser mais ou menos cópias umas das outras -
+precisamente, coisas vivas. Elas se copiam quando se reproduzem.
+Não é necessariamente cópia exata; elas re-embaralham os genes.
+Mas o fato é que, fazendeiros tem utilizado por milênios esta capacidade
+das coisas vivas de crescerem para se copiarem. Agricultura é,
+basicamente, copiar as coisas que você plantou e você permanece
+copiando a cada ano. Quando variendades de plantas e de animais se
+tornam patenteadas, quando os genes são patenteados e utilizados
+neles, o resultado é que os fazendeiros estão sendo proibidos de fazer
+isso.
+
+<p>
+Existe um fazendeiro no Canadá que tem uma variedade patenteada
+crescendo no seu campo e ele diz, "Eu não fiz isso deliberadamente. O
+pólen caiu e o vento destes genes veio parar nas minhas plantas." E
+foi dito a ele que não importava; ele tinha que destruílas de qualquer
+modo. Este foi um exemplo extremo de quanto o governo pode apoiar
+um monopolista.
+
+<p>
+Então e acredito que, seguindo os mesmos princípios que eu aplico para
+a cópia de coisas no seu computador, fazendeiros deveriam ter um
+direito inquestionável de guardar suas fazendas e alimentar seus animais.
+Talvez você possa ter patentes cobrindo empresas de sementes, mas
+elas não deveriam se aplicar a fazendeiros.
+
+<p>
+<B>QUESTÃO</B>:  Há mais em se fazer um modelo de sucesso além
+da licensa. Você poderia falar sobre isso?
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>:  Absolutamente. Bem, você sabe, eu não sei
+as respostas. Mas parte do que eu acredito que seja é crucial para o
+desenvolvimento de informação funcional livre é idealismo. As pessoas
+tem que reconhecer que é importante que este informação seja
+livre, pois quando a informação é livre, você pode usufruir
+completamente dela. Quando ela é restrita, você não pode. Você tem
+que reconhecer que informação não-livre é uma tentativa de
+dividir as pessoas e mante-las incapazes de se ajudarem para
+mante-las sob controle. Elas tem que captar a idéia, "Vamos
+trabalhar juntos para produzir a informação que nós desejamos
+utilizar, de modo que ela não esteja sob o controle de alguma pessoa
+poderosa que possa nos ditar o que nós podemos fazer."
+
+<p>
+Isto estimula tremendamente. Mas eu não sei o quanto isto vai funcionar
+em várias áreas diferentes, mas eu acho que, na área de educação,
+quando você está procurando por livros-texto, eu imagino um meio de
+fazer funcionar. Há muitos professores no mundo, professores que não
+estão em universidades famosas - talvez eles estejam em escolas
+técnicas ou de segund grau - onde eles não escrevem e publicam um
+monte de coisas e não existe uma grande demanda por elas. Mas muitos
+deles são espertos. Muitos deles conhecem a sua matéria bem e eles
+poderiam escrever livros-texto sobre vários assuntos e compartilha-los
+com o mundo e receber a admiração das pessoas que aprenderem com
+eles.
+
+<p>
+<B>QUESTÃO</B>:  Isto é o que havia proposto. Mas é engraçado que,
+eu não conheço a história da educação. Isto é o que eu faço - projetos
+educacionais de mídia eletrônica. Eu não consigo encontrar um
+exemplo. Você sabe de algum?
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>:  Não, eu não conheço. Eu comecei propondo
+a enciclopédia livre e recursos de aprendizado há dois anos, e eu
+pensava que demoraria provavelmente uma década para ter isto
+funcionando. Mas as coisas estão evoluindo mais rápido do que eu
+esperava. Eu acho que o que se necessita é de algumas pessoas
+escrevendo alguns livros livres. Escreva um sobre qualquer que seja
+o seu assunto favorito ou escreva apenas uma parte. Escreve alguns
+poucos capítulos e desafie outras pessoas a escrever o resto.
+
+<p>
+<B>QUESTÃO</B>:  Na verdade eu estava procurando por algo
+mais do que isso. O imporante no seu tipo de estrutura é que alguém
+cria uma infra-estrutura na qual qualquer um pode contribuir. Não
+existe uma estrutura para o ensino fundamental em nenhum lugar na
+qual possamos contribuir material.
+
+<p>
+Eu posso conseguir informação de vários lugares mas ela não é
+liberada sob licenças livres, então eu não posso utiliza-la para escrever
+um livro-texto livre.
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>:  Na verdade, o copyright não cobre os fatos. Ele
+cobre apenas o que foi escrito. Então você pode aprender uma área de
+qualquer fonte e então escrever um livro-testo, e você pode tornar este
+livro livre, se você desejar.
+
+<p>
+<B>QUESTÃO</B>:  Mas eu não posso escrever eu mesmo todos os
+livros-texto que um estudante necessita até o segundo grau.
+
+<p>
+<B>STALLMAN</B>:  Bem, é verdade. E eu também não escrevi um
+sistema operacional livre completo. Eu escrevi alguns pedaços e
+convidei outras pessoas para se juntarem a mim e escrever outros
+pedaços. Então eu dei o exemplo. Eu disse, "Estou indo nesta direção.
+Juntem-se a mim e nós chegaremos lá." Então, se você pensar em
+termos de como eu vou conseguir realizar este trabalho gigantesco,
+ele pode parecer impossível. Mas o ponto é, não pense desta forma.
+Pense em termos de dar um passo e entenda que, depois que você
+tenha dado um passo, outras pessoas irão dar mais passos e, juntos
+um dia vocês realizarão o trabalho.
+
+<p>
+Assumindo que a humanidade não irá se destruir, o trabalho que nós
+realizamos hoje para produzir uma infra-estrutura educacional livre,
+o recurso de aprendizado livre para o mundo, será útil enquanto a
+humanidade existir. Se demorar 20 anos para fazer o trabalho, e aí?
+Então não pense no tamanho do trabalho todo. Pense no pedaço que
+você irá fazer. Isto irá mostrar às pessoas que ele pode ser feito,
+e outras pessoas farão outros pedaços.
+
+<p>
+<HR>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/philosophy/copyright-and-globalization.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/philosophy/copyright-and-globalization.pt-br.html">português do 
Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<HR>
+
+<P>
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">Página inicial do GNU</A>.
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo"> outros meios
+de contactar</A> a FSF.
+<P>
+
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright (C) 2001 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+<P>
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em
+qualquer meio, desde que esta nota seja preservada.
+<P>
+Traduzido por:
+Fernando Lozano <a href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</a>
+<P>
+Atualizado:
+<!-- timestamp start -->
+$Date: 2008/03/20 13:56:37 $ $Author: yavor $
+<!-- timestamp end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: philosophy/drdobbs-letter.pt-br.html
===================================================================
RCS file: philosophy/drdobbs-letter.pt-br.html
diff -N philosophy/drdobbs-letter.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ philosophy/drdobbs-letter.pt-br.html        20 Mar 2008 13:56:38 -0000      
1.1
@@ -0,0 +1,163 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Carta ao Editor do Dr. Dobb's Journal - O Projeto GNU e a Funcação para 
o Software Livre (FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<H3>Carta ao Editor do Dr. Dobb's Journal</H3>
+<A HREF="/graphics/atypinggnu.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-type-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem de um GNU digitando] "
+   WIDTH="137" HEIGHT="114"></A>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/philosophy/drdobbs-letter.ca.html">Catalão</A>
+| <A HREF="/philosophy/drdobbs-letter.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/philosophy/drdobbs-letter.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+<P>
+<HR>
+<P>
+Querido editor,
+<p>
+Eu tenho certeza de que você não compreende o como é irônico associar 
+a mim e a Tim O'Reilly com "software aberto".
+<p>
+Se o Comitê  de Atividades Anti-Americanas da Casa Branca
+(HUAC, "House Un-American Activities Committee") me
+perguntasse, "Você é atualmente ou foi algum dia um membro do
+movimento pelo software aberto", eu poderia orgulhsamente e
+em alto tom responder não. Eu estive deste 1984 em campanha pelo
+*Software Livre*, pela liberdade. (Veja o Manifesto GNU, Dr. Dobbs
+Journal, Setembro de 1985.)
+
+<p>
+Software Livre significa, em resumo, que você é livre para estudar o que
+ele faz, livre para modifica-lo, livre para redistribui-lo e livre para 
publicar
+uma versões melhoradas. (Veja
+<a 
href="/philosophy/free-sw.pt-br.html">http://www.gnu.org/philosophy/free-sw.pt-br.html</a>
+para mais detalhes.) Você merece estas liberdades; todos as merecem. Eu escrevi
+a Licensa Geral Pública do GNU (GNU GPL), o alvo da ira mais forte da 
Microsoft,
+para defender estas liberdades para todos os usuários, no espírito do movimento
+pelo software livre.
+
+<p>
+Anos mais tarde, em 1998, outro grupo começou a operar sob o termo
+"software aberto". Eles fizeram várias contrições práticas ao movimento
+pelo software livre, mas eles defendem visões bem diferentes. Eles
+cuidadosamente evitam as questões de liberdades e de princípios que
+nós levantamos no movimento pelo software livre; eles citam apenas
+benefícios práticos de curto prazo como as rasões pelas quais eles
+fazem o seu movimento.
+
+<p>
+A definição que eles deram ao termo "software aberto" é um tanto mais
+ampla do que software livre, e portanto inclui o meu trabalho. Mas descrever
+a GNU GPL como uma "licensa de software aberto", como a Microsoft
+fez, é mais do que meio enganador. A GNU GPL incorpora a firme
+filosofia do movimento do software livre; ela não vem do movimento pelo
+software aberto. Eu não sou um membro do movimento pelo software
+aberto, e nunca fui.
+
+<p>
+Tim O'Reilly, em contraste, é um pilar do movimento pelo software
+aberto, pelo memos é o que ele diz. Entretanto, se você observar as ações
+em vez das palavras, a maioria dos manuais publicados por O'Reilly
+Associates não se qualificam como código aberto, quanto mais livre.
+Os poucos títulos livres são excessões. Ele poderia facilmente se
+desculpar ao HUAC -- "Sim, eu falei sobre software aberto, mas eu
+na verdade não fiz muito na prática".
+
+<p>
+Se O'Reilly mudar para vender livros livres no futuro, eles poderão se
+tornar verdadeiros membros do movimento pelo software livre, ou pelo
+menos do movimento pelo software aberto. [No final de 2001, O'Reilly
+Associates publicou um par de novos livros livres. Nós somos gratos por
+esta contribuição para a comunidade do software livre, e nós torçemos
+para que hajam mais.]
+
+<p>
+Com a recente fundação da FSF-Europa, e a próxima inauguração da
+FSF-Índia, o movimento pelo software livre está se tornando mais forte
+do que nunca. Por favor não nos confunda com outros movimentos em
+nossa comunidade.
+
+<p>
+Sinceramente,
+<p>
+<ul>
+Richard Stallman<br>
+Presidente,<br>
+Fundação para o Software Livre
+</ul>
+<p>
+<HR>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/philosophy/drdobbs-letter.ca.html">Catalão</A>
+| <A HREF="/philosophy/drdobbs-letter.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/philosophy/drdobbs-letter.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<P>
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">Página Inicial do GNU</A>.
+
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de contactar</A> 
a FSF.
+
+<P>
+
+Por favor envie comentários sobre essas páginas para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+
+envie outras questões para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+<P>
+
+Copyright (C) 1996, 1997, 1998, 1999, 2000 Free Software Foundation, Inc.,
+
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+
+<P>
+
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em qualquer
+
+meio, desde que esta nota seja preservada. 
+
+
+
+<P>
+
+<!-- hhmts start -->
+
+$Date: 2008/03/20 13:56:38 $ $Author: yavor $
+
+<!-- hhmts end -->
+
+<P>
+
+Traduzido por: Fernando Lozano
+
+<A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: philosophy/enforcing-gpl.pt-br.html
===================================================================
RCS file: philosophy/enforcing-gpl.pt-br.html
diff -N philosophy/enforcing-gpl.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ philosophy/enforcing-gpl.pt-br.html 20 Mar 2008 13:56:38 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,288 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Fazendo Valer a GNU GPL - O Projeto GNU e a Fundação para o Software 
Livre (FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+<META HTTP-EQUIV="Keywords"
+ CONTENT="GNU, FSF, Free Software Foundation, Linux, violation, general, 
public, license, gpl, general public license, enforcing, freedom, software, 
Eben, Moglen, Eben Moglen">
+<META HTTP-EQUIV="Description"
+ CONTENT="In his essay, Enforcing the GNU GPL, Eben Moglen, legal counsel to 
the FSF, talks about how enforcement of the GNU General Public License is 
typically carried out.">
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<H2>Fazendo Valer a GNU GPL</H2>
+<P>
+
+por <A HREF="http://moglen.law.columbia.edu/";><STRONG>Eben
+Moglen</STRONG></A><P>
+
+<p>
+
+<i>10 de Setembro de 2001</i>
+
+<P>
+
+<A HREF="/graphics/philosophicalgnu.html">
+<IMG SRC="/graphics/philosophical-gnu-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem de um Gnu filosófico] "
+   WIDTH="160" HEIGHT="200"></A>
+
+[
+  <A HREF="/philosophy/enforcing-gpl.html">Inglês</A>
+|  <A HREF="/philosophy/enforcing-gpl.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+<p>
+A ofensiva anti-GPL da Microsoft neste verão [NT: inverno no hemisfério sul]
+reeditou as especulações quanto à aplicabilidade legal da GPL. Este exemplo
+em particular de "FUD" (medo, incerteza e dúvida, do inglês "Fear, Uncertainty
+and Doubt) é sempre interessante para mim. Eu sou o único advogado na face
+da Terra que pode dizer isso, eu suponho, mas isto me deixa pensando sobre 
porque
+está todo mundo preocupado: Fazer valer a <a href="/licenses/gpl.html">GPL</a>
+é algo que eu faço o tempo todo.
+
+<P>
+Porque o <a href="/philosophy/free-sw.pt-br.html">software livre</a>
+é um coneito nada ortodoxo na sociedade contemporânea, as pessoas tendem
+a assumir que seus objetivos atípicos devem ser perseguidos por meios
+incomuns, e portanto frágeis perante o aparato legal. Mas a assumpção é
+falsa. O objetivo da Fundação para o Software Livre ao desenvolver e
+publica a GPL <i>é</i> infelizmente incomum: nós estamos remodelando
+a maneira como os programas são feitos de modo que todas as pessoas
+tenham o direito de entender, reparar, aperfeiçoar e redistribuir o software
+com a melhor qualidade na face da Terra. Este é um empreendimento
+transformador; ele mostra que na nova sociedade conectada os modos
+tradicionais de se fazer negócios podem ser superados por modelos
+completamente diferentes de produção e distribuição. Mas a GPL, o
+dispositivo legal que torna tudo isso possível, é uma máquina bastante
+robusta precisamente porque ela é feita das partes mais simples.
+
+<P>
+A essência das leis de copyright, assim como outros sistemas de
+regras de propriedade, é o poder de excluir. O detentor do copyright
+tem o poder legal de excluir todos os demais de copiar, distribuir, e
+criar trabalhos derivados.
+
+<P>
+Este direito de excluir implica em um igual poder de licensiar -- isto é,
+de conceder permissão de fazer o que seria de outra forma proibido.
+Licensas não são contratos: o usuário do trabalho é obrigado a se manter
+dentro dos limites da licensa, não porque ele prometeu voluntariamente
+fazer isso, mas porque ele não tem nenhum direito de agir exceto dentro
+do que a licensa permitir.
+
+<P>
+Mas a maioria das empresas de software proprietário querem mais
+poder do que o copyright apenas dá a elas. Essas empresas dizem que
+o seu software é "licensiado" para os consumidores, mas a licensa
+contém obrigações que a lei do copyright não prescreve. O software
+que você não é autorizado a entender, por exemplo, frequentemente
+requer que você concorde em não descompila-lo. A lei de copyright
+não proíbe a descompilação, a proibição é apenas um termo de contrato
+com o qual você concorda como condição de receber o software quando
+você compra o produto em uma caixa em uma loja ou aceita uma "licensa
+de click" on-line. Copyright é apenas uma desculpa para retirar ainda mais
+[liberdade] dos usuários.
+
+<P>
+A GPL, ao contrário, subtrai do copyright em vez de adicionar a ele. A
+licensa não tem que ser complicada, porque no tentamos controlar os
+usuários tão pouco quanto possível. O copyright concede ao publicador
+o poder de impedir os usuários de exercerem os seus direitos de copiar,
+modificar, e distribuir que nós acreditamos que todos os usuários deveriam
+ter; a GPL portanto relaxa quase todas as restrições do sistema de
+copyright. A única coisa que nós exigimos em absoluto é que qualquer um
+que distribua trabalhos sob a GPL ou trabalhos derivados de trabalhos sob
+a GPL faça isso utilizando a GPL. Esta condição é uma pequena restrição,
+sob o ponto de vista do copyright. Licensas muito mais restritivas são
+geralmente válidas; cada licensa em cada um processo de copyright é
+mais restritiva do que a GPL.
+
+<P>
+Porque não há nada complexo ou controverso sobre as provisões no texto
+da GPL, eu nunca vi um argumento sério de que a GPL excede os poderes
+do licenciante. Mas às vezes se diz que a GPL não pode ser imposta
+porque os usuários não a "aceitaram".
+
+<P>
+Este argumento é baseado em um mal-entendido. A licensa não exige
+que ninguém a aceite de modo a poder adquirir, instalar, utilizar, inspecionar
+ou mesmo experimentalmente modificar um software sob a GPL. Todas
+essas atividades ou são proibidas ou são controladas por empresas de
+software proprietário, de modo que eles requerem que você aceite a
+licensa, incluindo provisões contratuais além do escopo da lei de copyright,
+antes que você possa utilizar o trabalho delas. O movimento do software
+livre acredita que todas essas atividades são direitos, que todos os usuários
+deveriam ter; nós nem mesmo <i>queremos</i> cobrir estas atividades
+por uma licensa. Quase todos que usam software sob a GPL diariamente
+não necessitam de qualquer licensa, e não aceitam nenhuma. A GPL só
+restringe você se você distribuir software feito com código sob a GPL,
+e ela só necessita ser aceita quando acontece redistribuição. E como
+ninguém pode em hipótese alguma redistribuir sem uma licensa, nós
+podemos seguramente presumir que qualquer um que redistribua
+software sob a GPL tem a intenção de aceitar a GPL. Afinal, a GPL
+requer que cada cópia de software coberto por ela inclua o texto da
+licensa, de modo que todos estejam bem informados.
+
+<P>
+Apesar do FUD, como uma licensa de copyright a GPL é absolutamente
+sólida. É por isso que eu fui capaz de faze-la valer dúzias de vezes em
+quase dez anos, sem nunca ter que ir à corte.
+
+<P>
+Enquanto isso, muito murmúrio ocorreu nos meses recentes sob o
+suposto efeito de que a ausência de precedente judicial, nos EUA ou em
+outras cortes, de alguma maneira demonstra que existe alguma coisa
+errada com a GPL, que sua política incomum é implementada de um modo
+tecnicamente indefensável, ou que a Fundação para o Software Livre,
+que é a autora da licensa, tem medo de testa-la na côrte. Precisamente o
+oposto é verdadeiro. Nós nunca nos vimos defendendo a GPL na côrte
+porque ninguém ainda assumiu o risco de contesta-la contra nós ali.
+
+<P>
+Então, o que acontece quando a GPL é violada? Com software no qual
+a Fundação para o Software Livre seja a detentora do copyright (ou porque
+nós escrevemos os programas originalmente, ou porque os autores nos
+cederam o copyright, de modo a poderem tirar proveito de nossa experiência
+em proteger a liberdade do seu software),
+<a href="/licenses/gpl-violation.html">o primeiro passo é um relatório</a>,
+geralmente enviado por e-mail para
+<a href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</a>.
+<a href="/licenses/gpl-violation.html">Nós pedimos aos informantes de
+violações que nos ajudem a estabelecer os fatos pertinentes</a>, e então
+nós conduzimos qualquer investigação que seja necessária.
+
+<P>
+Nós chegamos a este estágio dúzias de vezes por ano. Um contato inicial
+sem alarde é em geral suficiente para resolver o problema. As partes
+pensavam que estavam obedecendo à GPL, e são gratos em seguir o
+conselho para corrigir o erro. Ás vezes, entretanto, nós acreditamos que
+medidas para estabelecer a confiança serão necessárias, porque a
+escala da violação ou sua persistência tornam a obediência voluntária
+insuficiente. Nessas situações nós trabalhamos com organizações para
+estabeler programas de adequação à GPL em suas empresas,
+liderados por gerentes de alto escalão que se reportam a nós, e diretamente
+à diretoria da empresa, regularmente. Em casos particularmente complexos,
+nós tivemos que insistir em medidas que tornariam a subsequente ação
+judicial simples e rápida em caso de futuras violações.
+
+<P>
+Em aproximadamente uma década de fazer valer a GPL, eu nunca
+insisti em pagamento por danos para a Fundação por violação da
+licensa, e eu raramente exigi pedidos de desculpas públicos. Nossa
+posição sempre foi de que obediência à licensa, e garantias de
+comportamento adequando no futuro, são os objetivos mais importantes.
+Nós sempre fizemos tudo para tornar fácil aos violadores se adequarem,
+e nós oferecemos perdão para ocorrências passadas.
+
+<P>
+Nos primeiros anos do movimento pelo software livre, esta era
+provavelmente a única estratégia viável. Litígios caros e burocráticos teriam
+provavelmente destruído a FSF, ou pelo menos impedido que ela realizasse
+e que nós sabíamos que era necessário para tornar o movimento pelo
+software livre uma fornça permanente para remodelar a indústria do
+software como hoje ele se tornou. Com o tempo, entretanto, nós
+continuamos com nossa abordagem de obediência à licensa não porque
+nós éramos obrigados, mas porque ela funcionou. Uma indústria
+inteira cresceu em volta do software livre, e todos os participantes
+entenderam a enorme importância da GPL -- ninguém queria ser o
+vilão que rouba software livre, e ninguém queria ser o cliente, parceiro,
+ou mesmo empregado de tal mau caráter. Confrontados com a escolha
+entre a obediência sem publicidade ou uma campanha de publicidade
+negativa e uma batalha judicial que nunca poderia ser ganha, os
+violadores escolheram não fazer do jeito difícil.
+
+<P>
+Nós chegamos, uma ou duas vezes,a enfrentar empresas que, sob a lei
+de copyright dos EUA, estiveram engajadas em crime deliberado de 
+violação de copyright: pegar o código-fonte de software sob a GPL,
+recompila-lo em uma tentativa de mascarar a sua origem, e ofere-lo
+para venda como parte de um produto proprietário. Eu auxiliei
+desenvolvedores de software livre além da FSF a lidar com este tipo
+de problemas, que nós resolvemos -- já que o violador criminoso
+não iria desistir voluntariamente e, nos casos que tenho em mente,
+detalhes técnicos impediam que os verdadeiros crimonosos fossem
+processados -- falando com distribuidores e com clientes em potencial:
+"Porque você pagaria caro", nós perguntamos, "por software que
+viola a nossa licensa e que irá deixa-lo com sérios problemas legais,
+quando você pode ter o verdadeiro software gratuitamente?" Os
+clientes nunca deixaram de ver a pertinência da questão.  O roubo de
+software livre é um lugar onde o crime não compensa.
+
+<P>
+Mas talvez nós tenhamos tido sucesso demais. Se nós tivessemos
+utilizado as côrtes para defender a GPL em anos passados, os rumores
+da Microsoft cairiam em ouvidos surdos. Este mês eu estive trabalhando
+em um par de situações moderadamente complicadas: "Vejam", eu
+dizia, "quantas pessoas estão em todo o mundo me pressionando a
+testar a GPL na côrte, apenas para provar que eu posso. Eu realmente
+necessito de alguém para ser o exemplo. Você gostaria de ser o
+voluntário?"
+
+<P>
+Algum dia alguém será. Mas os clientes deste alguém irão para outro
+lugar, talentosos técnicos que não querem ter suas próprias reputações
+associadas com tal empresa irão se demitir, e a publicidade negativa
+irá acalma-los. Tudo isso antes de efetivamente entrarmos na côrte.
+A primeira pessoa que tentar certamente desejará que nada houvesse
+acontecido. Nosso modo de fazer a lei tem sido tão incomum quanto
+o nosso modo de fazer software, mas este é o ponto. Software Livre é
+importante porque ele mostra que o modo diferente é o modo certo no
+final das contas.
+
+<p>
+<cite>
+Eben Moglen é professor de direito e história legal na Escola de Direito da
+Universidade da Columbia.  Ele serve sem cobrar honorários como Conselheiro
+Geral da Fundação para o Software Livre.
+</cite>
+
+<p>
+
+Copyright &copy; 2001 Eben Moglen
+<p>
+
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em qualquer
+meio, desde que esta nota seja preservada.
+
+<HR>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/philosophy/enforcing-gpl.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/philosophy/enforcing-gpl.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<P>
+<HR>
+
+Retorna à <a href="/home.pt-br.html">Página Inicial do GNU</A>.
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de
+contactar</A> a FSF.
+<P>
+
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+<P>
+Traduzido por:
+Fernando Lozano <a href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&ft;</a>
+<P>
+Atualizado:
+<!-- timestamp start -->
+$Date: 2008/03/20 13:56:38 $ $Author: yavor $
+<!-- timestamp end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: philosophy/fighting-software-patents.pt-br.html
===================================================================
RCS file: philosophy/fighting-software-patents.pt-br.html
diff -N philosophy/fighting-software-patents.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ philosophy/fighting-software-patents.pt-br.html     20 Mar 2008 13:56:38 
-0000      1.1
@@ -0,0 +1,180 @@
+<?xml version="1.0" encoding="utf-8" ?>
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//PT"
+    "http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtd";>
+<html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml"; xml:lang="pt">
+
+<head>
+<title>Combatendo Patentes de Software - Uma a uma e Todas Juntas - Projeto 
GNU - Fundação pelo Sofware Livre (FSF)</title>
+<meta http-equiv="content-type" content='text/html; charset=utf-8' />
+<link rel="stylesheet" type="text/css" href="/gnu.css" />
+<link rev="made" href="mailto:address@hidden"; />
+</head>
+
+<!-- This document is in XML, and xhtml 1.0 -->
+<!-- Please make sure to properly nest your tags -->
+<!-- and ensure that your final document validates -->
+<!-- consistent with W3C xhtml 1.0 and CSS standards -->
+<!-- See validator.w3.org -->
+
+<body>
+
+<p><a href="#translations">Traduções</a> desta página</p>
+
+<h3>Combatento Patentes de Sofware - Uma a uma e Todas Juntas</h3>
+<p>Por <a href="http://www.stallman.org";>Richard Stallman</a></p>
+<p>
+<a href="/graphics/agnuhead.pt-br.html"><img src="/graphics/gnu-head-sm.jpg"
+       alt=" [imagem da cabeça de um GNU] "
+       width="129" height="122" /></a>
+</p>
+
+<p>
+Patentes de sofware são equivalentes a minas terrestres num projeto de 
software:
+cada decisão sobre o visual carrega o risco de pisar numa patente, que pode
+destruir o seu projeto.</p>
+<p>
+Desenvolver um programa grande e complexo significa combinar várias idéias,
+quase sempre centenas ou milhares delas. Num país que permite
+patentes de software, as chances são de que alguma fração substancial das
+idéias no seu programa já vão estar patenteadas por várias companhias.
+Talvez centenas de patentes vão cobrir partes do seu programa. Um estudo feito
+em 2004 encontrou quase 300 patentes americanas que cobriam várias partes de 
um
+único prorgama importante. É tão trabalhoso realizar tal estudo que
+apenas um foi feito até agora.</p>
+<p>
+Em termos práticos, se você é um desenvolvedor de software, você vai
+normalmente ser ameaçado por uma patente algumas vezes. Quando isso acontece, 
você
+pode sair ileso se você encontrar chão legal para derrubar
+a patente. Você pode tentá-lo; se você tiver sucesso, isso vai significar
+uma mina a menos no campo minado. Se essa patente for particularmente
+ameaçadora para o público, a <a href="http://www.pubpat.org";>Fundação
+pelas Patentes Públicas (pubpat.org)</a> 
+pode se interessar pelo caso; essa é a sua especialidade. Se você pedir 
ajuda para a
+comunidade usuária de computadores para procurar por uma publicação prévia 
da
+mesma idéia, para utilizar como prova para derrubar a patente, nós todos
+deveriamos responder com qualquer informação útil que nós podemos ter.</p>
+<p>
+No entanto, combater patentes uma por uma nunca vai eliminar o perigo
+das patentes de software, da mesmo forma que esmagar mosquitos nunca vai 
eliminar
+a malária. Você não pode esperar que pode derrotar todas as patentes que 
ameaçam você,
+mais do que você pode esperar matar cada monstro em um jogo de video game:
+mais cedo ou mais tarde, alguma vai derrotar você e danificar o seu programa.
+O escritório de patentes dos Estados Unidos emide cerca de cem mil patentes 
de software
+por ano; nossos melhores esforços nun conseguiram eliminar essas minas tão 
rápido quanto
+eles instalam mais.</p>
+<p>
+Algumas destas minas são impossíveis de se eliminar. Cada patente de 
software é
+danosa, e cada patente de software restringe você injustamente de como usar o 
seu
+computador, mas nem toda a patente de software é legalmente inválida de 
acordo
+com os critérios do sistema de patentes. As patentes de software que nós 
podemos derrubar
+são aquelas que resultam de "erros", onde as regras do sistema de patentes
+não foram apropriadamente obedecidas. Não há nada que nós possamos fazer 
quando o
+único erro relevante foi a política de permitir patentes de software.</p>
+<p>
+Para tornar parte do castelo segura, você deve fazer mais do que matar os
+monstros a medida que eles vão aparecendo--você deve eliminar o gerador que
+os produz. Derrubar patentes existentes uma por uma não vai tornar
+a programação segura. Para fazê-lo, nós devemos modificar o sistema de 
patentes de maneira
+que as patentes não possam mais ameaçar desenvolvedores de software e 
usuários.</p>
+<p>
+Não existe conflito entre essas duas campanhas: nós podemos trabalhar na
+saída a curto prazo e no reparo a longo prazo de uma vez só. Se nós 
tomarmos cuidado, nós
+nós podemos fazer com que os nossos esformços para derrubar  patentes de 
software individuais realizar uma dupla
+tarefa, construindo suporte para os esforços para corrigir o problema 
inteiro. O
+ponto crucial é não igualar patentes de software "más" com patentes de 
software erradas
+ou inválidas. Cada vez que nós invalidamos uma patente
+de software, cada vez que nós falamos dos nosso planos de tentar, nós 
devemos dizer em
+termos não incertos, "Uma patente de software a menos, uma ameaça a menos 
para os
+programadores: o alvo é zero."</p>
+<p>
+A batalha contra patentes de software na União Européia está chegando a um
+estágio crucial. O Parlamento Europeu votou há um ano atrás para rejeitar
+patentes de software de forma conclusiva. Em maio, o Conselho de Ministros 
votou
+para desfazer as modificações do Parlamento e tornar a diretiva ainda pior
+doq eu quando começou. No entanto, pelo menos um país que contribuiu
+para isso já reverteu o seu voto. Nós todos devemos fazer o máximo
+agora para convencer um país europeu a mais para mudar o seu voto, e
+para convencer os novos membros eleitos do Parlamento Europeu para
+manter o voto de antes. Acesse <a href="http://www.ffii.org/";>
+www.ffii.org</a> para mais informações sobre como ajudar, e para entrar em 
contato com outros
+ativistas.</p>
+
+<hr />
+<h4><a href="/philosophy/philosophy.pt-br.html">Outros Textos para 
Leitura</a></h4>
+<hr />
+
+<!-- All pages on the GNU web server should have the section about    -->
+<!-- verbatim copying.  Please do NOT remove this without talking     -->
+<!-- with the webmasters first. -->
+<!-- Please make sure the copyright date is consistent with the document -->
+<!-- and that it is like this "2001, 2002" not this "2001-2002." -->
+
+<div class="translations">
+<p><a id="translations"></a>
+<b>Traduções desta página</b>:<br />
+
+<!-- Please keep this list alphabetical, and in the original -->
+<!-- language if possible, otherwise default to English -->
+<!-- If you do not have it English, please comment what the -->
+<!-- English is.  If you add a new language here, please -->
+<!-- advise address@hidden and add it to -->
+<!--    - in /home/www/bin/nightly-vars either TAGSLANG or WEBLANG -->
+<!--    - in /home/www/html/server/standards/README.translations.html -->
+<!--      one of the lists under the section "Translations Underway" -->
+<!--    - if there is a translation team, you also have to add an alias -->
+<!--      to mail.gnu.org:/com/mailer/aliases -->
+<!-- Please also check you have the 2 letter language code right versus -->
+<!--     http://www.w3.org/WAI/ER/IG/ert/iso639.htm -->
+
+[
+  <a href="/philosophy/fighting-software-patents.ca.html">Catal&#x00e0;</a> 
<!-- Catalan -->
+| <a href="/philosophy/fighting-software-patents.html">English</a>
+| <a href="/philosophy/fighting-software-patents.es.html">Espa&#x00f1;ol</a>   
<!-- Spanish -->
+| <a href="/philosophy/fighting-software-patents.fr.html">Fran&#x00e7;ais</a>  
<!-- French -->
+| <a href="/philosophy/fighting-software-patents.it.html">Italiano</a> <!-- 
Italian -->
+| <a href="/philosophy/fighting-software-patents.pl.html">Polski</a> <!-- 
Polish -->
+| <a href="/philosophy/fighting-software-patents.pt-br.html">português do 
Brasil</a>  <!-- Brazilian Portuguese -->
+]
+</p>
+</div>
+
+<div class="copyright">
+<p>
+Retorna à <a href="/home.pt-br.html">P&aacute;gina inicial do GNU</a>.
+</p>
+
+<p>
+Por favor, envie d&uacute;vidas ou quest&otilde;es sobre FSF e/ou GNU para <a
+href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
+H&aacute; tamb&eacute;m <a href="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de 
contactar</a> a FSF.
+<br />
+Por favor envie coment&aacute;rios sobre estas p&aacute;ginas web para <a
+href="mailto:address@hidden";><em>address@hidden</em></a>.
+</p>
+
+<p>
+Por favor veja o
+<a href="/server/standards/README.translations.html">LEIA-ME de
+Traduções</a> para informações sobre coordenar e submeter traduções
+deste artigo.
+</p>
+
+<p>
+Copyright (C) 2004 Richard Stallman
+<br />
+A c&oacute;pia fiel e a distribui&ccedil;&atilde;o deste artigo completo 
&eacute;
+permitida em qualquer meio, desde que esta nota seja preservada.
+</p>
+<p>
+Atualizado:
+<!-- timestamp start -->
+$Date: 2008/03/20 13:56:38 $ $Author: yavor $
+<!-- timestamp end -->
+<br />
+Traduzido por: C&eacute;sar Blum Silveira
+<A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+</p>
+</div>
+
+</body>
+</html>

Index: philosophy/free-doc.pt-br.html
===================================================================
RCS file: philosophy/free-doc.pt-br.html
diff -N philosophy/free-doc.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ philosophy/free-doc.pt-br.html      20 Mar 2008 13:56:39 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,157 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Software Livre e Manuais Livres - O Projeto GNU e a Fundação para o 
Software Livre (FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<H3>Software Livre e Manuais Livres </H3>
+<P>
+
+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem da cabeça de um GNU] "
+   WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>
+
+[ 
+ <A HREF="/philosophy/free-doc.ca.html">Catalão</A>
+| <A HREF="/philosophy/free-doc.hr.html">Croata</A>
+| <A HREF="/philosophy/free-doc.es.html">Espanhol</A>
+| <A HREF="/philosophy/free-doc.fr.html">Francês</A>
+| <A HREF="/philosophy/free-doc.id.html">Indonésio</A>
+| <A HREF="/philosophy/free-doc.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/philosophy/free-doc.ja.html">Japonês</A>
+| <A HREF="/philosophy/free-doc.pl.html">Polonês</A>
+| <A HREF="/philosophy/free-doc.pt-br.html">português do Brasil</A>
+| <A HREF="/philosophy/free-doc.ru.html">Russo</A>
+]
+
+<P>
+<hr>
+<ul>
+       <LI><a href="/copyleft/fdl.html">A Licensa de Documentação Livre do 
GNU</a>
+</ul>
+<hr>
+<P>
+       
+A maior deficiência em sistemas operacionais livres não é o software -- é a 
falta de bons manuais livres que podemos incluir com esses sistemas. Muitos dos 
nossos programas mais importantes não vêm com manuais completos. Documentação é 
uma parte essencial de qualquer pacote de software; quando um pacote de 
software livre importante não vem com um manual livre, isso é um grande buraco. 
Hoje, nós temos muitos buracos assim.
+
+<P>
+
+Uma vez, muitos anos atrás, eu pensei que ia aprender Perl. Peguei uma cópia 
de um manual livre, mas achei difícil de ler. Quando perguntei usuários de Perl 
sobre alternativas, eles me disseram que existiam manuais introdutórios 
melhores -- mas que não eram livres.
+
+<P>
+
+Por quê seria assim? Os autores dos bons manuais os tinham escrito para 
O'Reilly Associates, que os publicou com termos restritivos -- era proibido 
copiar, modificar, arquivos-fonte não disponíveis -- o que os exclui da 
comunidade do software livre.
+
+<P>
+
+Essa não foi a primeira vez que esse tipo de coisa aconteceu, e (para o grande 
prejuízo da nossa comunidade), estava longe de ser a última. Editoras de 
manuais proprietários seduziram muitos autores a restringir seus manuais desde 
então. Várias vezes já ouvi usuários de GNU animadamente me contar sobre um 
manual que eles estavam escrevendo, com o qual eles esperam ajudar o projeto 
GNU -- e então perder minhas esperanças, quando eles me explicavam que haviam 
assinado um contrato com uma editora que restringiria o manual, de tal maneira 
que não podéssemos usá-lo.
+
+
+<P>
+
+Já que boa escrita em Inglês é uma habilidade rara entre programadores, nós 
não podemos perder manuais dessa maneira.
+
+<P>
+
+Documentação livre, assim como software livre, é uma questão de liberdade, não 
de preço. O problema com esses manuais não foi que O'Reilly Associates cobrava 
um preço por cópias impressas -- isso, por si só, não tem problema.
+(A Fundação para o Software Livre <A
+HREF="/doc/doc.pt-br.html#DescriptionsOfGNUDocumentation"> também vende cópias 
impressas</A> de <A HREF="/doc/doc.pt-br.html">manuais GNU</A> livres) . Porém, 
manuais GNU também estão disponíveis em forma de código-fonte, enquanto esses 
manuais só estão disponíveis em papel. Manuais GNU vêm com permissão para 
copiar e modificar; os manuais de Perl não vêm. Essas restrições são os 
problemas.
+
+
+
+<P>
+
+O critério para um manual livre é o mesmo que software livre: é uma questão de 
dar a todos usuários certas liberdades. Redistribuição (incluindo 
redistribuição comercial) deve ser permitida, para que o manual possa 
acompanhar todas as cópias do programa, on-line, ou em papel. Permissão para 
modificação também é crucial.
+
+
+<P>
+
+Como regra geral, eu não acredito que seja essencial que as pessoas tenham 
permissão para modificar todo tipo de artigos e livros. As questões de escrita 
não são necessariamente as mesmas que as de software. Por exemplo, eu não acho 
que você ou eu somos obrigados a dar permissão para modificar artigos como 
este, que descreve nossas ações e opiniões.
+
+<P>
+
+Porém, existe um motivo particular pelo qual a liberdade de modificar é 
crucial para documentação de software livre. Quando as pessoas exercem seu 
direito de modificar software, e adicionar ou mudar seus recursos, se elas 
forem conscientes, elas vão modificar o manual também -- para fornecer 
documentação precisa e usável com o programa modificado.
+
+
+<P>
+
+Enquanto uma proibição completa contra a modificação é inaceitável, certos 
tipos de limites no método de modificação não criam nenhum problema. Por 
exemplo, exigências de preservar o copyright do autor original, os termos da 
distribuição, ou a lista de autores, são ok. Também não é problema exigir que 
versões modificadas incluam um aviso que foram modificadas, e até ter seções 
inteiras que não possam ser deletadas ou modificadas, contanto que essas seções 
tratem de assuntos não-técnicos. (Alguns manuais GNU as têm)
+
+<P>
+
+Esses tipos de restrição não são um problema porque, na prática, eles não 
impedem o programador consciente de adaptar o manual para o programa 
modificado. Em outras palavras, eles não impedem a comunidade do software livre 
de aproveitar completamente o manual.
+
+<P>
+
+Porém, deve ser possível modificar todo o conteúdo <EM>técnico</EM> do manual, 
e daí distribuir o resultado por todos os meios usuais, através de todos os 
canais usuais; senão, as restrições obstruem a comunidade, o manual não é 
livre, e nós precisamos de outro manual.
+
+
+<P>
+Infelizmente, é freqüentemente difícil encontrar alguém para escrever outro 
manual quando um manual proprietário já existe. O obstáculo é que muitos 
usuários pensam que um manual proprietário é bom o suficiente -- então eles não 
vêem a necessidade de escrever um manual livre. Eles não vêem que o sistema 
operacional livre tem um buraco que precisa ser preenchido.
+
+
+
+
+<P>
+
+Porque será que os usuários pensam que manuais proprietários são 
suficientement bons? Algumas pessoas ainda não consideraram essa questão. 
Espero que esse artigo contribuia para mudar isso.
+
+<P>
+
+Outros usuários consideram manuais proprietários aceitáveis pelo mesmo motivo 
que tantas pessoas consideram softwares proprietários aceitáveis: eles julgam 
em termos puramente imediatistas, sem usar liberdade como critério. Essas 
pessoas tem direito às suas opiniões, mas já que essas opiniões derivam de 
valores que não incluem a liberdade, elas não são guia nenhum para aqueles 
entre nós que valorizamos a liberdade.
+
+
+<P>
+ Por favor, espalhe a palavra sobre essa questão. Nós continuamos a perder 
manuais para publicadores proprietários. Se nós espalharmos a noção de que 
manuais proprietários não são suficiente, talvez a próxima pessoa que queira 
ajudar GNU escrevendo documentação perceberá, antes que seja tarde demais, que 
ele deve sobre tudo fazê-lo livre.
+
+
+<P>
+
+Nós também podemos encorajar editoras comerciais a vender manuais livres, 
copylefted, ao invés de manuais proprietários. Uma maneira que você pode ajudar 
é checar os termos de distribuição de um manual antes de comprá-lo, e preferir 
manuais copylefted a manuais não-copylefted.
+
+
+</P><P>
+
+[Nota: Nós agora mantemos uma <A 
HREF="/doc/other-free-books.pt-br.html">página que lista livros publicados 
não-FSF que são documentação livre</A>].
+
+
+
+
+<HR>
+
+<H4><A HREF="/philosophy/philosophy.pt-br.html">Outros textos para ler</A></H4>
+
+<HR>
+
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">Página Inicial do GNU</A>.
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de contactar</A> 
a FSF.
+<P>
+Por favor envie comentários sobre essas páginas para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright (C) 1996, 1997, 1998, 1999, 2000 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+<P>
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em qualquer
+meio, desde que esta nota seja preservada. 
+
+<P>
+Traduzido por:
+Gustavo Lacerda <A href="address@hidden">&lt;address@hidden&gt;</a>
+
+<P>
+Atualizado:
+<!-- hhmts start -->
+$Date: 2008/03/20 13:56:39 $ $Author: yavor $
+<!-- hhmts end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>
+

Index: philosophy/free-sw.pt-br.html
===================================================================
RCS file: philosophy/free-sw.pt-br.html
diff -N philosophy/free-sw.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ philosophy/free-sw.pt-br.html       20 Mar 2008 13:56:39 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,388 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+
+<HTML>
+
+<HEAD>
+
+<TITLE>O que é o Software Livre? - O Projeto GNU e a Fundação para o Software
+
+Livre (FSF)</TITLE>
+
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+
+<LINK REV="translated" HREF="mailto:address@hidden";>
+
+</HEAD>
+
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+
+<H3>O que é o Software Livre?</H3>
+
+
+
+<A HREF="/graphics/philosophicalgnu.html"><IMG 
SRC="/graphics/philosophical-gnu-sm.jpg"
+
+   ALT=" [Imagem de um GNU Filisófico] "
+
+   WIDTH="160" HEIGHT="200"></A>
+
+
+
+[
+<a 
href="/philosophy/free-sw.ar.html">&#1575;&#1604;&#1593;&#1585;&#1576;&#1610;&#1577;</a>
 |<!-- Arabic -->
+  <A HREF="/philosophy/free-sw.ko.html">Coreano</A> 
+
+| <A HREF="/philosophy/free-sw.nl.html">Dinamarquês</A> 
+
+| <A HREF="/philosophy/free-sw.es.html">Espanhol</A>
+
+| <A HREF="/philosophy/free-sw.fr.html">Francês</A> 
+
+| <A HREF="/philosophy/free-sw.html">Inglês</A> 
+
+| <A HREF="/philosophy/free-sw.it.html">Italiano</A>
+
+| <A HREF="/philosophy/free-sw.ja.html">Japonês</A> 
+
+| <A HREF="/philosophy/free-sw.no.html">Norueguês</A>
+
+| <A HREF="/philosophy/free-sw.ru.html">Russo</A>
+
+| <A HREF="/philosophy/free-sw.tr.html">Turco</A>
+
+]
+
+
+<P>
+Nós mantemos esta definição do Software Livre para mostrar claramente o que 
deve ser
+verdadeiro à respeito de um dado programa de software para que ele seja 
considerado
+software livre.
+
+<P>
+
+"Software Livre" é uma questão de liberdade, não de preço. Para entender
+
+o conceito, você deve pensar em "liberdade de expressão", não em
+
+"cerveja grátis".
+
+
+<P>
+
+"Software livre" se refere à liberdade dos usuários executarem, copiarem,
+
+distribuírem, estudarem, modificarem e aperfeiçoarem o software. Mais
+
+precisamente, ele se refere a quatro tipos de liberdade, para os usuários
+
+do software:
+
+
+<P>
+
+<UL>
+
+  <LI>A liberdade de executar o programa, para qualquer propósito
+
+  (liberdade no. 0)
+
+  <LI>A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para
+
+  as suas necessidades (liberdade no. 1). Acesso ao código-fonte é um
+
+  pré-requisito para esta liberdade.
+
+  <LI>A liberdade de redistribuir cópias de modo que você possa ajudar ao
+
+  seu próximo (liberdade no. 2).
+
+  <LI>A liberdade de aperfeiçoar o programa, e liberar os seus
+
+  aperfeiçoamentos, de modo que toda a comunidade se beneficie (liberdade
+
+  no. 3). Acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade.
+
+</UL>
+
+
+
+<P>
+
+Um programa é software livre se os usuários tem todas essas liberdades.
+
+Portanto, você deve ser livre para redistribuir cópias, seja com ou sem
+
+modificações, seja de graça ou cobrando uma taxa pela distribuição, para
+
+<A HREF="#exportcontrol">qualquer um em qualquer lugar</A>.  Ser livre
+
+para fazer essas coisas significa (entre outras coisas) que você não tem
+
+que pedir ou pagar pela permissão.
+
+
+
+<P>
+
+Você deve também ter a liberdade de fazer modifcações e usá-las
+
+privativamente no seu trabalho ou lazer, sem nem mesmo mencionar que
+
+elas existem. Se você publicar as modificações, você não deve ser obrigado
+
+a avisar a ninguém em particular, ou de nenhum modo em especial.
+
+
+<p>
+A liberdade de utilizar um programa significa a liberdade para qualquer tipo 
de pessoa
+física ou jurídica utilizar o software em qualquer tipo de sistema 
computacional, para
+qualquer tipo de trabalho ou atividade, sem que seja necessário comunicar ao 
desenvolvedor
+ou a qualquer outra entidade em especial.
+
+<p>
+A liberdade de redistribuir cópias deve incluir formas binárias ou executáveis 
do programa,
+assim como o código-fonte, tanto para as versões originais quanto para as 
modificadas.
+Está ok se não for possível produzir uma forma binária ou executável (pois 
algumas
+linguagens de programação não suportam este recurso), mas deve ser concedida a
+liberdade de redistribuir essas formas caso seja desenvolvido um meio de 
cria-las.
+
+<P>
+
+De modo que a liberdade de fazer modificações, e de publicar versões
+
+aperfeiçoadas, tenha algum significado, deve-se ter acesso ao código-fonte
+
+do programa. Portanto, acesso ao código-fonte é uma condição necessária
+
+ao software livre.
+
+
+<P>
+
+Para que essas liberdades sejam reais, elas tem que ser irrevogáveis
+
+desde que você não faça nada errado; caso o desenvolvedor do software
+
+tenha o poder de revogar a licença, mesmo que você não tenha dado motivo,
+
+o software não é livre.
+
+
+
+<P>
+
+Entretanto, certos tipos de regras sobre a maneira de distribuir software
+
+livre são aceitáveis, quando elas não entram em conflito com as liberdades
+
+principais. Por exemplo, copyleft (apresentado de forma bem simples) é
+
+a regra de que, quando redistribuindo um programa, você não pode adicionar
+
+restrições para negar para outras pessoas as liberdades principais. Esta
+
+regra não entra em conflito com as liberdades; na verdade, ela as protege.
+
+
+
+<P>
+
+Portanto, você pode ter pago para receber cópias do software GNU, ou você
+
+pode ter obtido cópias sem nenhum custo. Mas independente de como você
+
+obteve a sua cópia, você sempre tem a liberdade de copiar e modificar o
+
+software, ou mesmo de <a href="/philosophy/selling.html">vender cópias</a>.
+
+
+<p>
+"Software Livre" Não significa "não-comercial". Um programa livre deve estar 
disponível
+para uso comercial, desenvolvimento comercial, e distribuição comercial. O
+desenvolvimento comercial de software livre não é incomum; tais softwares 
livres
+comerciais são muito importantes.
+
+
+<P>
+
+Regras sobre como empacotar uma versão modificada são aceitáveis, se elas
+
+não acabam bloqueando a sua liberdade de liberar versões modificadas.
+
+Regras como "se você tornou o programa disponível deste modo, você também
+
+tem que torná-lo disponível deste outro modo" também podem ser aceitas,
+
+da mesma forma. (Note que tal regra ainda deixa para você a escolha de
+
+tornar o programa disponível ou não.) Também é aceitável uma licença que exija
+que, caso você tenha distribuído uma versão modificada e um desenvolvedor
+anterior peça por uma cópia dele, você deva enviar uma.
+
+
+<P>
+
+No projeto GNU, nós usamos <A HREF="/copyleft/copyleft.pt-br.html">
+
+"copyleft"</A> para proteger estas liberdades legalmente para todos.
+
+Mas também existe
+
+<A HREF="/philosophy/categories.html#Non-CopyleftedFreeSoftware">
+
+software livre que não é copyleft</A>.  Nós acreditamos que hajam razões
+
+importantes pelas quais <A HREF="/philosophy/pragmatic.html">é melhor
+
+usar o copyleft</A>, mas se o seu programa é free-software mas não é
+
+copyleft, nós ainda podemos utilizá-lo.
+
+
+
+<P>
+
+Veja <A HREF="/philosophy/categories.html">Categorias de Software Livre
+
+ (18k characters)</A>
+
+para uma descrição de como "software livre", "software copyleft"
+
+e outras categoria se relacionam umas com as outras.
+
+
+
+<P>
+
+Às vezes <A NAME="exportcontrol">regras de controle de exportação</A>
+
+e sansões de comércio podem limitar a sua liberdade de distribuir cópias
+
+de programas internacionalmente. Desenvolvedores de software não tem o
+
+poder para eliminar ou sobrepor estas restrições, mas o que eles podem
+
+e devem fazer é se recusar a impô-las como condições para o uso dos
+
+seus programas. Deste modo, as restrições não afetam as atividades e as
+
+pessoas fora da jurisdição destes governos.
+
+
+
+<P>
+
+Quando falando sobre o software livre, é melhor evitar o uso de termos como
+
+"dado" ou "de graça", porque estes termos implicam que a questão
+
+é de preço, não de liberdade. Alguns temos comuns como "pirataria"
+
+englobam opiniões que nós esperamos você não irá endossar. Veja
+
+<A HREF="/philosophy/words-to-avoid.pt-br.html">frases e palavras confusas que
+
+é melhor evitar</A> para uma discussão desses termos.
+
+Nós também temos uma lista de <A HREF="/philosophy/fs-translations.html">
+
+traduções do termo "software livre"</A> para várias línguas.
+
+
+<p>
+Finalmente, note que critérios como os estabelecidos nesta definição do 
software livre
+requerem cuidadosa deliberação quanto à sua interpretação. Para decidir se uma 
licença
+se qualifica como de software livre, nós a julgamos baseados nestes critérios 
para
+determinar se ela se segue o nosso espírito assim como as palavras exatas. Se 
uma
+licença inclui restrições impensadas, nós a rejeitamos, mesmo que nós não 
tenhamos
+antecipado a questão nestes critérios. Às vezes um requerimento de alguma 
licença levanta
+uma questão que requer excessiva deliberação, incluindo discussões com 
advogados,
+antes que nós possamos decidir se o requerimento é aceitável. Quando nós 
chegamos a
+uma conclusão sobre uma nova questão, nós frequentemente atualizamos estes 
critérios
+para tornar mais fácil determinar porque certas licenças se qualificam ou não.
+
+<p>
+Se você está interessado em saber se uma licença em especial se qualifica como 
uma
+licença de software livre, veja a nossa
+<a href="/licenses/license-list.html">lista de licenças</a>.
+Se a licença com a qual você está preocupado não está listada, você pode nos 
questionar
+enviando e-mail para <a 
href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</a>.
+
+
+<HR>
+
+
+<H4><A HREF="/philosophy/philosophy.pt-br.html">Mais textos para ler</A></H4>
+
+
+
+<P>
+
+Outro grupo iniciou o uso do termo
+
+<A HREF="free-software-for-freedom.html">software aberto</A> para significar
+
+algo próximo (mas não idêntico) a "software livre". Nós preferimos o termo 
"software
+livre" porque, uma vez que você tenha aprendido que ele se refere à liberdade 
e não ao
+preço, você se preocupará com a questão da liberdade.
+ 
+
+<HR>
+
+
+
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">Página Inicial do GNU</A>.
+
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de contactar</A> 
a FSF.
+
+<P>
+
+Por favor envie comentários sobre essas páginas para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+
+envie outras questões para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+<P>
+
+Copyright (C) 1996, 1997, 1998, 1999, 2000 Free Software Foundation, Inc.,
+
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+
+<P>
+
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em qualquer
+
+meio, desde que esta nota seja preservada. 
+
+
+
+<P>
+Atualizado:
+
+<!-- hhmts start -->
+
+$Date: 2008/03/20 13:56:39 $ $Author: yavor $
+
+<!-- hhmts end -->
+
+<P>
+
+Traduzido por: Fernando Lozano
+
+<A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</A>
+
+<HR>
+
+</BODY>
+
+</HTML>
+

Index: philosophy/freedom-or-power.pt-br.html
===================================================================
RCS file: philosophy/freedom-or-power.pt-br.html
diff -N philosophy/freedom-or-power.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ philosophy/freedom-or-power.pt-br.html      20 Mar 2008 13:56:39 -0000      
1.1
@@ -0,0 +1,183 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Liberdade ou Poder? - O Projeto GNU e a Fundação para o Software Livre 
(FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+<META HTTP-EQUIV="Keywords"
+ CONTENT="GNU, FSF, Free Software Foundation, Linux, general, public, license, 
gpl, general public license, freedom, software, power, rights">
+<META HTTP-EQUIV="Description" CONTENT="In this essay, Freedom or Power?, 
Bradley M. Kuhn and Richard M. Stallman discuss the reasons that the Free 
Software Movement doesn't advocate the so-called freedom to choose any license 
you want for software you write.">
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<H2>Liberdade ou Poder?</H2>
+<P>
+
+por <strong>Bradley M. Kuhn</strong> e <STRONG>Richard M. Stallman</strong>
+
+<p>
+
+<A HREF="/graphics/philosophicalgnu.html">
+<IMG SRC="/graphics/philosophical-gnu-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem de um Gnu filosófico] "
+   WIDTH="160" HEIGHT="200"></A>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/philosophy/freedom-or-power.es.html">Espa&ntilde;ol</A>
+| <A HREF="/philosophy/freedom-or-power.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/philosophy/freedom-or-power.it.html">Italiano</A>
+| <A HREF="/philosophy/freedom-or-power.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<p>
+
+<center>
+<cite>"O amor à liberdade é o amor ao próximo; o amor ao poder é o
+amor a nós mesmos." -- William Hazlitt</cite>
+</center>
+
+<p>
+No movimento pelo Software Livre, nós lutamos por liberdade para os usuários
+de software. Nós formulamos nossas visões ao examinar quais liberdades são
+necessárias para um bom modo de vida, e para permitir a programas úteis
+fomentar uma comunidade de boa-vontade, cooperação e colaboração.
+<a href="/philosophy/free-sw.pt-br.html">Nossos critérios para Software
+Livre </a> especificam as liberdades que o usuário de um programa necessita
+de modo que ele possa cooperar em uma comunidade.
+
+<p>
+Nós lutamos por liberdade para os programadores assim como para os
+demais usuários. A maioria de nós são programadores, e nós queremos
+liberdade para nós também. Mas cada um de nós utiliza software escrito
+por outros, e nós queremos liberdade quando utilizamos estes softwares,
+não apenas quando utilizamos o nosso próprio código. Nós lutamos por
+liberdade para todos os usuários, sejam eles programadores frequentes,
+ocasionais, ou não sejam programadores em absoluto.
+
+<p>
+Entretanto, uma tão-falada liberdade que nós não defendemos é a "liberdade
+de escolher qualquer licensa que você deseje para o software que você
+escreve". Nós rejeitamos isto porque é na verdade uma forma de poder, 
+não de liberdade.
+
+<p>
+Esta distinção, frequentemente negligenciada, é crucial. Liberdade é ser
+capaz de tomar decisões que afetam principalmente a você mesmo. Poder
+é ser capaz de tomar decisões que afetam a outros mais do que a você. Se
+nós confundirmos poder com liberdade, nós falharemos em sustentar a
+verdadeira liberdade.
+
+<p>
+Software proprietário é um exercício de poder. A lei de Copyright atual
+garante ao desenvolvedor de software este poder, de modo que ele e
+somente ele pode escolher as regras impostas sobre todos os outros --
+relativamente poucas pessoas tomando as decisões básica sobre o software
+para todos, tipicamente negando as suas liberdades. Quando os usuários
+não tem as liberdades que definem o Software Livre, elas não podem dizer
+o que o software está fazendo, não podem verificar se existem back doors,
+não podem monitorar possíveis vírus e vermes, não podem descobrir se
+informações pessoais estão sendo enviadas para alguém (ou parar os envios,
+se elas os descobriem). Se ele parar de funcionar, elas não podem consertar;
+elas tem que esperar que o desenvolvedor execise o seu poder de fazer o
+conserto. Se ele simplesmente não é o que os usuários necessitavam, eles
+tem que se contentar com isso. Elas não podem se ajudar uns aos outros
+a aperfeiçoar o software.
+
+<p>
+Os desenvolvedores de software proprietári são em geral empresas. Nós
+no Movimento pelo Software Livre não somos contra as empresas, mas
+nós já vimos o que acontece quando uma empresa de software tem a
+"liberdade" de impor regras arbritárias sobre os usuários do software.
+A Microsoft é um exemplo notório de como negar as liberdades aos
+usuários pode causar danos diretos, mas ela não é o único exemplo. Mesmo
+quando não há monopólio, o software proprietário prejudica a sociedade.
+A escolha de mestres não é liberdade.
+
+<p>
+Discussões sobre direitos e regras para o software foram frequentemente
+concentradas apenas nos direitos dos programadores. Poucas pessoas
+no mundo programam regularmente, e ainda menos são proprietárias de
+empresas de software. Mas todo o mundo desenvolvido hoje necessita
+e utiliza software, de modo que os desenvolvedores de software hoje
+controlam como o mundo vive, faz negócios, se comunica e se diverte.
+As questões políticas e éticas não são atendidas pelo slogan "liberdade
+de escolha (somente para os desenvolvedores)".
+
+<p>
+Se o código é lei, como o Professor Lawrence Lessig (da Escola de
+Direito de Stanford) afirma, então a verdadeira questão que nós enfrentamos
+é: quem deveria controlar o código que você utiliza -- você, ou uma
+pequena elite? Nós acreditamos que você tem o direito de controlar o
+software que você utiliza, e dar a você este controle é o objetivo do
+Software Livre.
+
+<p>
+Nós acreditamos que você deveria decidir o que fazer com o software que
+você utiliza; entretanto, isto não é o que as leis atuais dizem. As leis atuais
+de Copyright nos colocam em posição de poder sobre os usuários do nosso
+código, gostemos ou não disto. A resposta ética a esta situação é proclamar
+a liberdade para cada usuário, assim como a Lei dos Direitos foi criada para
+que o governo exercesse o poder pela garantia da liberdade de todos os
+cidadãos. É para isto que serve a
+<a href="/copyleft/copyleft.html">GNU GPL</a>: ela coloca você
+no controle da utilização do software, enquanto que protege você de outros
+que gostariam de tomar o controle sobre as suas decisões.
+
+<p>
+À medida que mais usuários compreenderem que código é lei, e
+descobrirem que eles também desejam liberdade, eles irão ver a
+importância das liberdades pelas quais nós lutamos, assim como
+mais e mais usuários aprenderam a apreciar o valor prático do
+Software Livre que nós desenvolvemos.
+
+<p>
+
+Copyright &copy; 2001 Bradley M. Kuhn and Richard M. Stallman
+<p>
+
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em qualquer
+meio, desde que esta nota seja preservada. 
+
+<HR>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+ <A HREF="/philosophy/freedom-or-power.es.html">Espa&ntilde;ol</A>
+| <A HREF="/philosophy/freedom-or-power.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/philosophy/freedom-or-power.it.html">Italiano</A>
+| <A HREF="/philosophy/freedom-or-power.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<HR>
+
+
+<P>
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">Página Inicial do GNU</A>.
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de contactar</A> 
a FSF.
+<P>
+Por favor envie comentários sobre essas páginas para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Traduzido por: Fernando Lozano
+<a href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</a>
+<P>
+Atualizado:
+<!-- timestamp start -->
+$Date: 2008/03/20 13:56:39 $ $Author: yavor $
+<!-- timestamp end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: philosophy/gnutella.pt-br.html
===================================================================
RCS file: philosophy/gnutella.pt-br.html
diff -N philosophy/gnutella.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ philosophy/gnutella.pt-br.html      20 Mar 2008 13:56:39 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,128 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Considerações sobre o Gnutella - Projeto GNU - Fundação do Software 
Livre (FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<H3>Considerações sobre o Gnutella</H3>
+<P>
+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem da cabeça de um GNU] "
+   WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/philosophy/gnutella.ca.html">Catalão</A>
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.ko.html">Coreano</A>
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.hr.html">Croata</A>
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.es.html">Espa&ntilde;ol</a>    
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.fr.html">Francês</A>
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.hu.html">Húngaro</A>
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.id.html">Indonésio</A>
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.ja.html">Japonês</A>
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<P>
+
+O "Gnutella" não é verdadeiramente um <A
+HREF="/philosophy/categories.html#GNUsoftware">programa GNU</A> e nós
+não podemos ter certeza dele ser realmente um
+<A HREF="/philosophy/free-sw.pt-br.html">software livre</A>. Na verdade, é 
+extremamente difícil encontrar informações sobre este programa.
+Talvez os desenvolvedores originais tenham escolhido este nome porque
+planejavam torná-lo algum dia um software livre, mas seus patrões 
+decidiram descontinuar o projeto e não parece que ele tenha sido
+licenciado como um software livre.
+<P>
+
+Existem vários programas licenciados como software livre em desenvolvimento
+que foram projetados para utilizar o mesmo protocolo do Gnutella, tais como <A
+HREF="http://gtk-gnutella.sourceforge.net/";>gtk-gnutella</A>, <a
+href="http://mutella.sourceforge.net/";>mutella</a>, e <a
+href="http://sourceforge.net/projects/gnucleus/";>gnucleus</a>.  Por favor,
+note, entretanto, que ainda nenhum desses programas são oficialmente <A
+HREF="/philosophy/categories.html#GNUsoftware"> programas GNU </A>.
+<P>
+
+A Fundação do Software Livre está engajada com a liberdade de copiar e 
+modificar programas de computador. A música está fora de nosso escopo.
+Mas existem algumas similaridades em relação à ética de copiar programas e
+a ética de copiar músicas gravadas. Alguns artigos na sessão<A
+HREF="/philosophy/philosophy.pt-br.html#Laws">filosofia</A> estão relacionados
+com a liberdade de copiar outras coisas que não programas de computador.
+Também selecionamos artigos relacionados com o assunto de 
+<A HREF="/philosophy/philosophy.pt-br.html#ThirdPartyIdeas">pessoas </A>não
+ligadas diretamente à FSF.
+<P>
+
+Para nós, não importa que tipo de informação está sendo compartilhada
+e sim alertar as pessoas para que elas rejeitem o presuposto que
+algumas pessoas ou empresas tem um suposto direito natural para proibir
+o compartilhamento de idéias e desta forma ditar exatamente como
+o público deve utilizá-las. Até mesmo o sistema legal americano <A
+HREF="/philosophy/reevaluating-copyright.html">rejeita</A> essa
+idéia anti-social.
+<P>
+<HR>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/philosophy/gnutella.ca.html">Catalão</A>
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.ko.html">Coreano</A>
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.hr.html">Croata</A>
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.es.html">Espa&ntilde;ol</a>    
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.fr.html">Francês</A>
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.hu.html">Húngaro</A>
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.id.html">Indonésio</A>
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.ja.html">Japonês</A>
+| <A HREF="/philosophy/gnutella.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+
+<P>
+
+<HR>
+
+Retorna à  <A HREF="/home.pt-br.html">página inicial do GNU</A>.
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas e/ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de
+contactar</A> a FSF.
+<P>
+
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Copyright 1997, 1998 Richard Stallman
+<P>
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em
+qualquer meio, desde que esta nota seja preservada.
+<P>
+Traduzido por:
+Cláudio Machado <A HREF="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</a>
+<P>
+Atualizado:
+<!-- hhmts start -->
+$Date: 2008/03/20 13:56:39 $ $Author: yavor $
+<!-- hhmts end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: philosophy/gpl-american-way.pt-br.html
===================================================================
RCS file: philosophy/gpl-american-way.pt-br.html
diff -N philosophy/gpl-american-way.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ philosophy/gpl-american-way.pt-br.html      20 Mar 2008 13:56:40 -0000      
1.1
@@ -0,0 +1,126 @@
+<!DOCTYPE HTML PUBLIC "-//W3C//DTD HTML 3.2 Final//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>A GNU GPL e o Modo Americano de Viver - O Projeto GNU e a Fundação pelo 
Software Livre (FSF)</TITLE>
+<META NAME="generator" CONTENT="txt2html v1.28">
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+
+<H3>A GNU GPL e o Modo Americano de Viver</H3>
+
+por <A HREF="http://www.stallman.org";><STRONG>Richard
+Stallman</STRONG></a>
+
+<P>
+<A HREF="/graphics/philosophicalgnu.html">
+<IMG SRC="/graphics/philosophical-gnu-sm.jpg"
+   ALT=" [image of a Philosophical Gnu] "
+   WIDTH="160" HEIGHT="200"></A>
+
+[
+  <A HREF="/philosophy/gpl-american-way.ca.html">Catalão</A>
+| <A HREF="/philosophy/gpl-american-way.es.html">Espanhol</A>
+| <A HREF="/philosophy/gpl-american-way.fr.html">Francês</A>
+| <A HREF="/philosophy/gpl-american-way.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/philosophy/gpl-american-way.it.html">Italiano</A>
+| <A HREF="/philosophy/gpl-american-way.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<P>
+A Microsoft descreve a GNU General Public License (GNU GPL) como uma 
licen&ccedil;a de "open source", e diz que ela &eacute; contra o American Way. 
Para compreender a GNU GPL, e reconhecer como ela incorpora o American Way, 
voc&ecirc; precisa primeiro saber que a GPL n&atilde;o foi criada para open 
source.
+
+<P>
+O Movimento Open Source, que foi lan&ccedil;ado em 1998, tem o objetivo de 
desenvolver softwares poderosos e confi&aacute;veis e uma tecnologia 
avan&ccedil;ada convidando o p&uacute;blico a colaborar com o desenvolvimento 
do software.Muitos desenvolvedores que participam desse movimento usam a GNU 
GPL, e s&atilde;o bem-vindos para utiliz&aacute;-la. Mas as id&eacute;ias e a 
l&oacute;gica da GPL n&atilde;o podem ser encontradas no Movimento Open Source. 
Elas derivam dos objetivos e valores mais profundos do Movimento de Software 
Livre.
+
+<P>
+O Movimento de Software Livre foi fundado em 1984, mas sua 
inspira&ccedil;&atilde;o vem
+ dos ideais de 1776: liberdade, comunidade e coopera&ccedil;&atilde;o 
volunt&aacute;ria. Isto &eacute;
+o que leva &agrave; livre empresa, &agrave; liberdade de opini&atilde;o e 
&agrave; liberdade de software. Assim como em "livre empresa" e "livre 
opini&atilde;o", o "livre" de "software livre" se refere &agrave; liberdade, e 
n&atilde;o a pre&ccedil;o; especificamente, isso quer dizer que voc&ecirc; tem 
a liberdade de estudar, mudar e redistribuir o software que utilizar. Essas 
liberdades permitem que cidad&atilde;os ajudem a si mesmos e uns aos outros, e 
dessa forma participem de uma comunidade. Isto
+estabelece um contraste com o software propriet&aacute;rio mais comum, que 
mant&eacute;m os usu&aacute;rios indefesos e divididos: o funcionamento interno 
&eacute; secreto, e voc&ecirc; est&aacute; proibido de compartilhar o programa 
com seu vizinho. Um software poderoso e confi&aacute;vel e uma tecnologia 
avan&ccedil;ada s&atilde;o subprodutos &uacute;teis da liberdade, mas a 
liberdade de ter uma comunidade &eacute; t&atilde;o importante quanto.
+
+<P>
+N&atilde;o pudemos estabelecer uma comunidade de liberdade na terra do 
software propriet&aacute;rio onde cada programa tem seu senhor. Tivemos de 
construir uma nova terra no ciberespa&ccedil;o - o sistema operacional GNU de 
software livre, que come&ccedil;amos a escrever em 1984. Em 1991, quando o GNU 
estava quase terminado, o kernel Linux escrito por Linus Torvalds preencheu a 
&uacute;ltima lacuna; em pouco tempo o sistema GNU/Linux livre estava 
dispon&iacute;vel. Hoje, milh&otilde;es de usu&aacute;rios utilizam o GNU/Linux 
e desfrutam dos benef&iacute;cios de liberdade e
+comunidade.
+
+<P>
+Eu projetei a GNU GPL para sustentar e defender as liberdades que definem o
+&gt; &gt; software livre - para utilizar as palavras de 1776, ele as 
estabelece como direitos inalien&aacute;veis para programas lan&ccedil;ados sob 
o GPL. Ele garante que voc&ecirc; tenha a liberdade de estudar, alterar e 
redistribuir o programa, dizendo que ningu&eacute;m est&aacute; autorizado a 
tirar essas liberdades de voc&ecirc; redistribuindo o programa.
+
+<P>
+Por uma quest&atilde;o de coopera&ccedil;&atilde;o, incentivamos as pessoas a 
modificar e ampliar os programas que publicamos. Por uma quest&atilde;o de 
liberdade, determinamos a condi&ccedil;&atilde;o de que essas vers&otilde;es 
modificadas de nossos programas devem respeitar voc&ecirc; assim como a 
vers&atilde;o original. N&oacute;s incentivamos uma coopera&ccedil;&atilde;o de 
m&atilde;o dupla rejeitando parasitas: quem desejar copiar partes de nosso 
software em seu programa deve nos deixar utilizar partes desse programa em 
nossos programas. Ningu&eacute;m &eacute; for&ccedil;ado a entrar para nosso 
clube, mas
+aqueles que desejam participar devem nos oferecer a mesma 
coopera&ccedil;&atilde;o que recebem de
+n&oacute;s. Isso torna o sistema justo.
+
+<P>
+Milh&otilde;es de usu&aacute;rios, dezenas de milhares de desenvolvedores e 
empresas t&atilde;o grandes quanto IBM, Intel e Sun escolheram participar nessa 
base. Mas algumas empresas desejam as vantagens sem as responsabilidades.
+
+<P>
+De tempos em tempos, algumas empresas nos diziam: "N&oacute;s far&iacute;amos 
uma
+vers&atilde;o aprimorada desse programa se voc&ecirc; nos permitisse 
lan&ccedil;&aacute;-lo sem
+liberdade."
+
+<P>
+Respond&iacute;amos: "N&atilde;o, obrigado - Suas melhorias poderiam ser 
&uacute;teis se fossem gratuitas, mas se n&atilde;o podemos us&aacute;-las em 
liberdade, elas n&atilde;o s&atilde;o boas." Ent&atilde;o elas apelavam para 
nossos egos, dizendo que nosso c&oacute;digo teria “mais usu&aacute;rios" 
dentro de seus programas propriet&aacute;rios. Respond&iacute;amos que 
valorizamos a liberdade de nossa comunidade mais do que uma forma irrelevante 
de popularidade.
+
+<P>
+A Microsoft certamente gostaria de ter o benef&iacute;cio de nosso 
c&oacute;digo sem as responsabilidades. Mas ela tem outro prop&oacute;sito, 
mais espec&iacute;fico, ao atacar a GNU GPL. A Microsoft &eacute; conhecida 
geralmente por imita&ccedil;&atilde;o ao inv&eacute;s de 
inova&ccedil;&atilde;o. Quando a Microsoft faz algo de novo, sua finalidade 
&eacute; estrat&eacute;gica - n&atilde;o aprimorar a computa&ccedil;&atilde;o 
para seus usu&aacute;rios, mas eliminar alternativas para eles.
+
+<P>
+A Microsoft utiliza uma estrat&eacute;gia anticompetitiva chamada 
"abra&ccedil;ar e estender". Isto significa que eles come&ccedil;am com a 
tecnologia que outros est&atilde;o utilizando, adicionam uma pequeno 
informa&ccedil;&atilde;o adicional que &eacute; secreta, de modo que 
ningu&eacute;m mais pode imit&aacute;-lo, e em seguida usam essa 
informa&ccedil;&atilde;o secreta de forma que apenas o software da Microsoft 
possa se comunicar com outro software Microsoft. Em alguns casos, isso torna 
dif&iacute;cil que voc&ecirc; utilize um programa n&atilde;o-Microsoft quando 
outros com os quais voc&ecirc; trabalha
+&gt; &gt; usam um programa Microsoft. Em outros casos, isso torna 
dif&iacute;cil para voc&ecirc; usar um programa n&atilde;o-Microsoft para o 
trabalho A se voc&ecirc; usa um programa Microsoft para o trabalho B. De 
qualquer modo, "abra&ccedil;ar e estender"amplia o efeito do poder de mercado 
da Microsoft.
+
+<P>
+Nenhuma licen&ccedil;a pode impedir a Microsoft de praticar "abra&ccedil;ar e 
estender" se ela estiver determinada a faz&ecirc;-lo &agrave;s nossas custas. 
Se eles escrevem seu pr&oacute;prio programa do zero, e n&atilde;o utilizarem 
nada do nosso c&oacute;digo, a licen&ccedil;a sobre nosso c&oacute;digo 
n&atilde;o os afetar&aacute;. Mas uma reescritura total custa muito caro e 
&eacute; muito dif&iacute;cil, e mesmo a Microsoft n&atilde;o consegue fazer 
isso o tempo todo. Da&iacute; essa campanha deles para nos convencer a 
abandonar a licen&ccedil;a que
+protege nossa comunidade, a licen&ccedil;a que n&atilde;o os deixar&aacute; 
dizer: "O que &eacute; seu  &eacute; meu, e o que &eacute; meu &eacute; meu." 
Eles querem que n&oacute;s os deixemos pegar o que quiserem, sem nunca revolver 
nada. Eles querem que abandonemos nossas defesas.
+
+<P>
+Mas ser indefeso n&atilde;o &eacute; o American Way. Na terra do bravo e do 
livre, defendemos nossa liberdade com o GNU GPL.
+
+<P>
+<strong>Adendo:</strong>
+<P>
+a Microsoft diz que a GPL &eacute; contra "direitos de propriedade 
intelectual." N&atilde;o tenho opini&atilde;o formada a respeito de "direitos 
de propriedade intelectual", porque o termo &eacute; muito abrangente para que 
se possa formar uma opini&atilde;o sensata a seu respeito. Ele &eacute; um saco 
de gatos, compreendendo copyrights, patentes, marcas registradas e outras 
&aacute;reas diversas da lei; &aacute;reas t&atilde;o diferentes, nas leis e em 
seus efeitos, que qualquer declara&ccedil;&atilde;o a respeito delas &eacute; 
certamente simplista. Para pensar de modo inteligente a respeito de copyrights, 
patentes ou marcas registradas, voc&ecirc; deve pensar nelas separadamente. O 
primeiro passo &eacute; recusar agrup&aacute;-las todas como "propriedade 
intelectual".
+
+<P>
+Levo uma hora para expor meu ponto de vista a respeito do copyright, mas um 
princ&iacute;pio geral se aplica: ele n&atilde;o pode justificar negar as 
liberdades importantes do p&uacute;blico. Como disse Abraham Lincoln, "Sempre 
que houver conflito entre direitos humanos e direitos de propriedade, os 
direitos humanos devem prevalecer."
+
+<P>
+Os direitos de propriedade foram criados para favorecer o bem-estar humano, 
n&atilde;o como uma desculpa para desrespeit&aacute;-los.
+
+<P>
+Copyright 2001 Richard Stallman. A c&oacute;pia e distribui&ccedil;&atilde;o 
deste artigo na &iacute;ntegra s&atilde;o permitidas em qualquer meio sem 
royalties, desde que se mantenha o copyright.
+
+<P>
+
+<HR>
+
+<P>
+Retorna à <a href="/home.pt-br.html">Página Inicial do GNU</A>.
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios de
+contactar</A> a FSF.
+<P>
+
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
+Tradu&ccedil;&atilde;o e adapta&ccedil;&atilde;o do texto:<BR>
+F&aacute;bio Fernandes<BR>
+ 
+<P>
+Atualizado:
+<!-- timestamp start -->
+$Date: 2008/03/20 13:56:40 $ $Author: yavor $
+<!-- timestamp end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: philosophy/hague.pt-br.html
===================================================================
RCS file: philosophy/hague.pt-br.html
diff -N philosophy/hague.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ philosophy/hague.pt-br.html 20 Mar 2008 13:56:40 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,334 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Perigo de Haya - O Projeto GNU e a Fundação para o Software Livre
+(FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="address@hidden">
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
+VLINK="#9900DD">
+ 
+<H3>
+
+O Perigo de Haya </H3>
+
+
+<A HREF="/graphics/agnuhead.html"><IMG SRC="/graphics/gnu-head-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem da cabeça de um GNU] "
+   WIDTH="129" HEIGHT="122"></A>
+   
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! 
+-->
+  <A HREF="/philosophy/hague.html">Ingl&ecirc;s</A> 
+  | <A HREF="/philosophy/hague.pt-br.html">portugu&ecirc;s do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! 
+-->
+]
+ 
+
+<P>
+  
+ -  <i>Por <a href="mailto:address@hidden";>Richard Stallman</a></i>, 
+junho de 2001 -
+ 
+ 
+<P>
+ 
+ 
+Os Europeus t&ecirc;m se manifestado energicamente contr&aacute;rios 
+&agrave; tentativa de introduzir patentes de software na Europa. Um 
+tratado proposto, agora sendo negociado, amea&ccedil;a submeter os 
+desenvolvedores de software na Europa e em outros paises &agrave; 
+patentes de software dos E.U.A. -- e outras leis danosas do mundo 
+todo. O problema n&atilde;o afeta s&oacute; programadores; autores de 
+todos os tipos v&atilde;o enfrentar novos perigos. Mesmo as leis de 
+censura de v&aacute;rios pa&iacute;ses poderiam ter efeitos 
+globais.<P>
+
+ 
+ O tratado de Haya n&atilde;o &eacute; s&oacute; sobre patentes, ou 
+sobre leis de direitos autorais, mas ele afeta tudo isso. &Eacute; um 
+tratado sobre jurisdi&ccedil;&atilde;o, e sobre como um pa&iacute;s 
+deveria tratar as decis&otilde;es judiciais de outro pa&iacute;s. A 
+id&eacute;ia b&aacute;sica &eacute; at&eacute; bastante 
+razo&aacute;vel:  Se alguem bate no seu carro na Fran&ccedil;a, ou 
+quebra um contrato com sua empresa francesa, voc&ecirc; pode 
+processa-lo na Fran&ccedil;a, e ent&atilde;o trazer o veredicto a uma 
+corte no pa&iacute;s em que ele vive (ou em que tenha bens) para sua 
+valida&ccedil;&atilde;o.<P>
+  
+
+O tratado se torna um problema quando &eacute; extendido para a 
+distribui&ccedil;&atilde;o de informa&ccedil;&atilde;o -- porque 
+informa&ccedil;&atilde;o agora viaja normal e previsivelmente para 
+todos os pa&iacute;ses. (A internet &eacute; uma via, mas n&atilde;o 
+a &uacute;nica). A consequ&ecirc;nca &eacute; que voc&ecirc; poderia 
+ser processado pela informa&ccedil;&atilde;o que voc&ecirc; 
+distribuiu pelas leis de *qualquer* pa&iacute;s [signat&aacute;rio] 
+de Haya e o julgamento provavelmente seria validado em seu 
+pr&oacute;prio pa&iacute;s.<P>
+
+Por exemplo, se voc&ecirc; publicar um pacote de software (livre ou 
+n&atilde;o) na Alemanha, e as pessoas o usarem nos E.U.A., voc&ecirc; 
+poderia ser processado por infringir alguma patente de software 
+absurda dos E.U.A. Essa parte n&atilde;o depende de [do tratado de] 
+Haya -- ela poderia acontecer agora. Mas agora, voc&ecirc; poderia 
+ignorar o julgamento nos E.U.A., a salvo na Alemanha, e o dono da 
+patente sabe disso. Sob o tratado de Haya, qualquer corte 
+alem&atilde; seria obrigada a validar o julgamento [da corte] nos 
+E.U.A. contra voc&ecirc;. Na verdade, as patentes de software de 
+qualquer pa&iacute;s signat&aacute;rio se aplicariam a todos os 
+pa&iacute;ses signat&aacute;rios. N&atilde;o &eacute; o suficiente 
+manter as patentes de software fora da Europa, se as patentes 
+americanas, japonesas ou eg&iacute;pcias podem alcan&ccedil;ar 
+voc&ecirc; l&aacute;.<P>
+
+Mas legisla&ccedil;&atilde;o de patentes n&atilde;o &eacute; a 
+&uacute;nica &aacute;rea da lei que poderia criar estragos absurdos 
+se globalizada pelo tratado de Haya. Suponha que voc&ecirc; publique 
+um texto criticanto uma pessoa p&uacute;blica. Se c&oacute;pias forem 
+lidas na Inglaterra, essa pessoa poderia processar voc&ecirc; sob as 
+estritas leis contra difama&ccedil;&atilde;o do Reino Unido. As leis 
+no seu pa&iacute;s podem lhe dar o direito de criticar uma pessoa 
+p&uacute;blica, mas com o tratado de Haya, elas n&atilde;o mais 
+necessariamente lhe proteger&atilde;o.<P>
+
+Ou, suponha que voc&ecirc; publique um texto comparando seus 
+pre&ccedil;os com os de seus concorrentes. Se ele fosse lido na 
+Alemanha, onde propaganda comparativa &eacute; ilegal, voc&ecirc; 
+poderia ser processado na Alemanha e o julgamento trazido de volta 
+para voc&ecirc; onde quer que voc&ecirc; esteja.<P>
+
+Ou suponha que voc&ecirc; publique uma par&oacute;dia. Se ela for 
+lida na Cor&eacute;ia, voc&ecirc; poderia ser processado l&aacute;, 
+uma vez que a Cor&eacute;ia n&atilde;o reconhece o direito de 
+parodiar.<P>
+
+Ou suponha que voc&ecirc; tenha id&eacute;ias pol&iacute;ticas que 
+algum governo pro&iacute;ba. Voc&ecirc; poderia ser processado 
+naquele pa&iacute;s, e o julgamento naquele pa&iacute;s seria 
+validado onde quer que voc&ecirc; more.<P>
+
+H&aacute; n&atilde;o muito tempo, o Yahoo foi processado na 
+Fran&ccedil;a por conter links para sites americanos que leiloavam 
+rel&iacute;quias Nazistas, o que &eacute; permitido nos E.U.A. Depois 
+que uma corte francesa obrigou o Yahoo France a bloquear esses links, 
+o Yahoo foi a uma corte nos E.U.A., pedindo por uma decis&atilde;o de 
+que o julgamento franc&ecirc;s n&atilde;o pudesse ser aplicado 
+&agrave; matriz nos E.U.A.<P>
+ 
+  
+ Pode parecer surpreendente saber que dissidentes chineses exilados 
+juntaram se a causa em suporte ao Yahoo. Mas eles sabiam o que 
+estavam fazendo -- o seu movimento pela democracia depende do 
+resultado [desse julgamento]. <P>
+
+Percebam, o nazismo n&atilde;o &eacute; a unica vis&atilde;o 
+pol&iacute;tica cuja express&atilde;o &eacute; probida em certos 
+lugares. Cr&iacute;ticar o governo Chin&ecirc;s tamb&eacute;m 
+&eacute; proibido -- na China. Se a decis&atilde;o de uma corte 
+francesa contra afirma&ccedil;&otilde;es nazistas pode ser validada 
+nos E.U.A., ou no seu pr&oacute;prio pa&iacute;s, talvez uma 
+decis&atilde;o de uma corte chinesa contra afirma&ccedil;&otilde;es 
+anti-governo-da-China possam ser validadas l&aacute; tamb&eacute;m. 
+(Isso pode ser o motivo de porque a China se juntou as 
+negocia&ccedil;&otilde;es do tratado de Haya). O governo Chin&ecirc;s 
+pode facilmente adaptar sua lei de censura de forma que o tratado de 
+Haya seja aplicav&eacute;l &aacute; mesma; tudo o que ela tem que 
+fazer &eacute; dar a indv&iacute;duos privados (e ag&ecirc;ncias 
+governamentais) o direito de processar publica&ccedil;&otilde;es 
+dissidentes.<P>
+
+A China n&atilde;o &eacute; o &uacute;nico pa&iacute;s a banir 
+cr&iacute;ticas ao seu governo; enquanto este texto &eacute; escrito, 
+o governo de Victoria (Austr&aacute;lia) est&aacute; com um processo 
+aberto para suprimir um livro intitulado &quot;Victoria Police 
+Corruption&quot; (Corrup&ccedil;&atilde;o na Pol&iacute;cia de 
+Victoria) baseado no argumento de que ele &quot;escandaliza as 
+cortes&quot;. Esse livro est&aacute; dispon&iacute;vel na Internet 
+fora da Austr&aacute;lia. A Austr&aacute;lia &eacute; uma 
+participante do tratado de Haya; se o tratado se aplicar a tais 
+casos, um julgamento de uma corte australiana contra o livro pode ser 
+usado para suprimi-lo nos outros lugares.<P>
+ 
+ Enquanto isso, trabalhos que criticam o Isl&atilde; t&ecirc;m 
+enfrentado uam censura progressiva no Egito, um participante do 
+tratado de Haya; isso tamb&eacute;m poderia ser globalizado pelo 
+tratado de Haya.<P>
+ 
+Os americanos podem apelar &agrave; Primeira Emenda [da 
+constitui&ccedil;&atilde;o americana] para protege-los de julgamentos 
+estrangeiros contra seus discursos. O projeto do tratado permite que 
+uma corte ignore um julgamento estrangeiro que seja 
+&quot;manifestamente incompat&iacute;vel com a pol&iacute;tica 
+p&uacute;blica&quot;. Este &eacute; um crit&eacute;rio estrito, 
+ent&atilde;o voc&ecirc; n&atilde;o pode contar com ele s&oacute; 
+porque sua conduta &eacute; legal no lugar onde voc&ecirc; 
+est&aacute;. O que exatamente ele cobre &eacute; decidido por cada 
+juiz em particular.<P>
+
+&Eacute; pouco prov&aacute;vel que ele lhe ajude contra amplas 
+interpreta&ccedil;&otilde;es estrangeiras de direitos autorais, 
+marcas registradas ou patentes de software, mas cortes dos E.U.A. 
+podem usa-lo para rejeitar decis&otilde;es diretas de censura.<P>
+
+Entretanto, nem isso vai ajuda-lo se voc&ecirc; publicar na Internet. 
+Por que seu provedor de servi&ccedil;os ou tem bens em outros 
+pa&iacute;ses, ou se comunica com o mundo atrav&eacute;s de 
+provedores maiores, que os t&ecirc;m. Um julgamento de censura contra 
+o seu site, ou de qualquer outro tipo, seria validado contra o seu 
+provedor, ou contra o provedor do seu provedor, em qualquer outro 
+pa&iacute;s onde ele tenha bens -- e onde n&atilde;o h&aacute; uma 
+Carta de Direitos, e liberdade de express&atilde;o n&atilde;o tenha 
+um status t&atilde;o exaltado quanto nos E.U.A. Em resposta, o 
+provedor vai fechar o seu site. O tratado de Haya iria globalizar os 
+pretextos para processos, mas n&atilde;o as prote&ccedil;&otilde;es para as 
+liberdades civis, ent&atilde;o qualquer prote&ccedil;&atilde;o local 
+poderia ser contornada.<P>
+ 
+Processar o seu provedor parece exagero? Isso j&aacute; acontece. 
+Quando a companhia multinacional Danone anunciou planos de fechar 
+f&aacute;bricas na Fran&ccedil;a, Olivier Malnuit abriu um site, 
+jeboycottedanone.com,  para criticar isso, (O nome em franc&ecirc;s 
+para &quot;Eu boicoto Danone&quot;). A Danone processou n&atilde;o 
+apenas ele, mas a empresa que hospedava seu site e registro de 
+dom&iacute;nio alegando &quot;falsifica&ccedil;&atilde;o de 
+bens&quot; -- e em abril de 2001 recebeu um veredicto proibindo 
+Malnuit de mencionar o nome &quot;Danone&quot; quer no nome do 
+dom&iacute;nio, quer no texto do site. Mais ainda, a mantenedora de 
+registros de dom&iacute;nios removeu o dom&iacute;nio, por medo, 
+antes da corte dar o veredicto.<P>
+
+ A resposta natural para os dissidentes franceses &eacute; publicar 
+suas cr&iacute;ticas &agrave; Danone fora da fran&ccedil;a, assim 
+como dissidentes chineses publicam suas cr&iacute;ticas &agrave; 
+China fora da China. Mas o tratado de Haya habilitaria a Danone a 
+ataca-los em qualquer parte. Talvez at&eacute; mesmo este artigo 
+fosse suprimido por seu provedor de internet, ou pelo provedor de seu 
+provedor.<P>
+ 
+ Os efeitos potenciais do tratado n&atilde;o est&atilde;o limitados 
+apenas a leis que existem hoje. Quando 50 pa&iacute;ses souberem que 
+as decis&otilde;es de suas cortes poderiam ser validadas na 
+Am&eacute;rica do Norte, Europa e Asia, eles teriam muita 
+tenta&ccedil;&atilde;o de aprovar leis s&oacute; com esse 
+prop&oacute;sito.<P>
+ 
+Suponha, por exemplo, que a Microsoft fosse querer ser capaz de impor 
+direitos autorais sobre linguagens e protocolos de rede. Eles se 
+aproximariam de algum pa&iacute;s pequeno e pobre e se ofereceriam 
+para investir U$ 50 milh&otilde;es l&aacute; pelos pr&oacute;ximos 20 
+anos, se aquele pa&iacute;s aprovasse uma lei dizendo que implementar 
+um protocolo ou uma linguagem da microsoft constituisse 
+infra&ccedil;&atilde;o de direitos autorais. Eles com certeza 
+poderiam encontrar algum pa&iacute;s que aceitaria a oferta. 
+Ent&atilde;o, se voc&ecirc; implementar um programa compat&iacute;vel, 
+a Microsoft poderia processar voc&ecirc; naquele pa&iacute;s, e 
+ganhar. Quando o juiz decidir em favor deles e banir a 
+distribui&ccedil;&atilde;o de seu programa, as cortes em seu 
+pr&oacute;prio pa&iacute;s v&atilde;o validar o julgamento contra 
+voc&ecirc;, obedecendo o tratado de Haya. <P>
+ 
+ Parece implaus&iacute;vel? Em 2000, a Cisco pressionou o 
+Liechtenstein, um pequeno pa&iacute;s europeu, a legalizar patentes 
+de software. E o lobbista chefe da IBM amea&ccedil;ou muitos governos 
+europeus com o fim de investimentos se eles n&atilde;o apoiassem 
+patentes de software. Enquanto isso, o representante de 
+com&eacute;rcio dos E.U.A. pressionou a Jord&acirc;nia, no Oriente 
+M&eacute;dio, a permitir <A
+HREF="http://www.usjoft.com/usjoft/memopro/memopro.html";>patentes em 
+matem&aacute;tica</A>.<P>
+ 
+ Um encontro de organiza&ccedil;&otilde;es de consumidors 
+(http://www.tacd.org) recomendou em 20 de maio de 2001 que patentes, 
+direitos autorias e marcas registradas (&quot;propriedade 
+intelectual&quot;) deveriam ser exclu&iacute;dos do esc&ocirc;po do 
+tratado de Haya, por que essas leis variam consideravelmente de 
+pa&iacute;s para pa&iacute;s.<P>
+ 
+ Essa &eacute; uma boa recomenda&ccedil;&atilde;o, mas s&oacute; 
+resolve parte do problema. Patentes e direitos autorais com um 
+alcance bizarro s&atilde;o apenas muitas das desculpas usadas para 
+supress&atilde;o de publica&ccedil;&atilde;o em alguns pa&iacute;ses. 
+Para resolver esse problema de forma satisfat&oacute;ria, todos os 
+casos sobre a legalidade de distribuir ou transmitir uma 
+informa&ccedil;&atilde;o particular deveriam ser exclu&iacute;dos de 
+globaliza&ccedil;&atilde;o sob o tratado, e somente o pa&iacute;s 
+onde o distribuidor ou transmissor opera deveria ter 
+jurisdi&ccedil;&atilde;o sobre o mesmo.<P>
+ 
+ Na Europa, pessoas que se op&otilde;em as patentes de software 
+estar&atilde;o trabalhando ativamente para modificar o tratado de 
+Haya; para maiores informa&ccedil;&otilde;es, veja <A
+HREF="http://www.noepatents.org/hague";>http://www.noepatents.org/hague</A>. 
+Nos E.U.A., o Consumer Project on Technology (Projeto dos 
+Consumidores para Tecnologia) est&aacute; tomando a lideran&ccedil;a; 
+para maiores informa&ccedil;&otilde;es, veja <A
+HREF="http://www.cptech.org/ecom/jurisdiction/hague.html";>http://www.cptech.org/ecom/jurisdiction/hague.html</A>.<P>
+ 
+Uma confer&ecirc;ncia diplom&aacute;tica est&aacute; marcada para se 
+iniciar hoje (6 de junho de 2001) para trabalhar nos detalhes do 
+tratado de Haya. N&oacute;s devemos tornar os minist&eacute;rios e o 
+p&uacute;blico a par dos poss&iacute;veis perigos t&atilde;o 
+r&aacute;pidamente quanto poss&iacute;vel.<P>
+ 
+<FONT SIZE=-4> Copyright 2001 Richard Stallman<br>
+ C&oacute;pias exatas e distribui&ccedil;&atilde;o deste artigo todo 
+s&atilde;o permitidas em qualquer meio desde que a nota de copyright 
+e est&aacute; nota sejam preservados.</FONT>
+ 
+ <HR>
+ Você pode ler uma versão preliminar do tratado de Haya <a
+href="http://www.hcch.net/e/conventions/draft36e.html";>aqui</a>.
+
+<hr>
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! 
+-->
+  <A HREF="/philosophy/hague.html">Ingl&ecirc;s</A> 
+  | <A HREF="/philosophy/hague.pt-br.html">portugu&ecirc;s do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! 
+-->
+]
+
+<HR>
+
+<P>
+ Retornar para a <A HREF="/home.pt-br.html">p&aacute;gina inicial do 
+GNU</A>. 
+<P>
+Favor enviar questões &amp; perguntas sobre FSF &amp; GNU para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Tamb&eacute;m h&aacute; <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo">outros meios 
+de 
+contactar</A>a FSF.<P>
+
+Favor enviar coment&aacute;rios sobre essas págians para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+enviar outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+
+<P>
+Copyright (C) 2001 Free Software Foundation, Inc.,
+51 Franklin St, Fifth Floor, Boston, MA  02110,  USA
+<P>C&oacute;pias exatas e distribui&ccedil;&atilde;o deste artigo 
+todo s&atilde;o permitidas em qualquer meio desde que a nota de 
+copyright e est&aacute; nota sejam preservados.
+<P>
+Traduzido por: João S. O. Bueno
+<a href="address@hidden">&lt;address@hidden&gt;</a>
+<p>
+Atualizado:
+<!-- timestamp start -->
+$Date: 2008/03/20 13:56:40 $ $Author: yavor $
+<!-- timestamp end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: philosophy/no-word-attachments.pt-br.html
===================================================================
RCS file: philosophy/no-word-attachments.pt-br.html
diff -N philosophy/no-word-attachments.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ philosophy/no-word-attachments.pt-br.html   20 Mar 2008 13:56:40 -0000      
1.1
@@ -0,0 +1,301 @@
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//IETF//DTD HTML 2.0//PT">
+<HTML>
+<HEAD>
+<TITLE>Nós Podemos Pôr um Fim aos Anexos do Word - O Projeto GNU e a Fundação 
para o Software Livre (FSF)</TITLE>
+<LINK REV="made" HREF="mailto:address@hidden";>
+<META HTTP-EQUIV="Keywords"
+ CONTENT="GNU, FSF, Free Software Foundation, Linux, general, public, license, 
gpl, general public license, freedom, software, power, rights, word, 
attachment, word attachment, microsoft">
+<META HTTP-EQUIV="Description" CONTENT="This essay explains why Microsoft Word 
attachments to email are bad, and describes what you can do to help stop this 
practice.">
+</HEAD>
+<BODY BGCOLOR="#FFFFFF" TEXT="#000000" LINK="#1F00FF" ALINK="#FF0000" 
VLINK="#9900DD">
+<H2>Nós Podemos Pôr um Fim aos Anexos [de e-mail] do Word</H2>
+<P>
+
+por <strong>Richard M. Stallman, Janeiro de 2002</strong>
+
+<p>
+
+<A HREF="/graphics/philosophicalgnu.html">
+<IMG SRC="/graphics/philosophical-gnu-sm.jpg"
+   ALT=" [imagem de um Gnu filosófico] "
+   WIDTH="160" HEIGHT="200"></A>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/philosophy/no-word-attachments.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/philosophy/no-word-attachments.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<p>
+
+Você não odeia receber documentos do Word em mensagens de e-mail?
+Anexos do Word não são apenas desagradáveis, mas ainda pior, eles
+impedem que as pessoas mudem para software livre. Talvez nós possamos
+parar com este costume com um pequeno esforço coletivo. Tudo o que nós temos
+que fazer é pedir a cada pessoa que nos enviar em anexo um documento do
+Word que reconsidere este modo de proceder.
+
+<p>
+A maioria dos usuários de computadores usam o Microsoft Word. Isto é
+ruim para eles, pois o Word é software proprietário, negando às pessoas
+a liberdade de estudar, modificar, copiar e redistribui-lo. E, como a
+Microsoft muda o formato dos arquivos do Word a cada nova versão,
+seus usuários estão presos em um sistema que os obriga a comprar cada
+upgrade, desejem eles ou não as mudanças. Eles podem até mesmo
+descobrir, daqui a alguns anos, que os documentos Word que eles
+escrevem hoje poderão não mais serem lidos pela versão que
+eles usarão então.
+
+<p>
+Mas isto também prejudica a nós, quando eles assumem que nós
+usamos o Word e nos enviam (ou esperam que nós lhes enviemos)
+documentos no formato do Word. Algumas pessoas publicam ou
+enviam documentos no formato do Word. Algumas organizações
+irão aceitar somente  arquivos no formato do Word: uma pessoa que
+eu conheço foi impedida de se candidatar a um emprego porque os
+currículos tinham que ser arquivos do Word. Até mesmo governos
+às vezes impõem o formato do Word ao público, o que é verdadeiramente
+ultrajante.
+
+<p>
+Para nós usuários de sistemas operacionais livres, receber documentos
+do Word é uma inconveniência. Mas o maior impacto do envio no formato
+do Word é sobre as pessoas que poderiam mudar para sistemas livres:
+elas hesitam porque elas sentem que necessitam ter o Word disponível
+para ler os arquivos do Word que elas recebem. A prática de utilizar o
+formato secreto do Word para intercâmbio impede o crescimento de nossa
+comunidade e que a liberdade se espalhe. Enquanto nós notamos o
+distúrbio ocasional de receber um documento do Word, este constante
+e persistente prejuízo à nossa comunidade não é observado. Mas está
+acontecendo o tempo todo.
+
+<p>
+Muitos usuários do GNU que recebem documentos do Word tentam
+sempre encontrar modos de lidar com eles. Você pode conseguir
+encontrar algum texto ASCII escondido no arquivo ao percorre-lo.
+Hoje existe software livre que pode ler um subconjunto dos documentos
+do Word. O formato é secreto e não foi inteiramente decodificado; e
+enquanto a Microsoft continuar mudando o formato, nós não podemos
+esperar que esses programas sejam perfeitos.
+
+<p>
+Se você acha que o documento que você recebeu é um evento isolado,
+é natural tentar lidar com isso por conta própria. Mas quando nós
+reconhecemos que esta é uma instância de uma prática perniciosa
+e sistemática, se torna necessária uma abordagem diferente. Tentar
+ler o arquivo é um sintoma de uma doença crônica. Para curar a
+doença, temos que convencer as pessoas a não enviar ou publicar
+documentos do Word.
+
+<p>
+Durante mais ou menos um ano, eu tive a prática de responder à
+anexos do Word com uma mensagem educada explicando porque
+a prática de enviar arquivos do Word é uma coisa ruim, e pedindo
+às pessoas para reenviar o material em algum formato não-secreto.
+Isto é bem menos trabalho do que tentar ler o texto ASCII escondido
+no arquivo do Word. E eu descobri que as pessoas normalmente
+entendem a questão, e muitas delas dizem que nunca mais irão enviar
+documentos do Word para outras pessoas.
+
+<p>
+Se todos nós fizermos isto, conseguiremos um efeito bem maior.
+Pessoas que ignorariam uma mensagem educada podem mudar
+suas práticas se elas receberem muitas mensagens educadas de
+várias pessoas. Nós podemos ser capazes de transformar o
+"não envie no formato do Word" em parte da "netiqueta", se nós
+começarmos a sistematicamente levantar a questão com todos os
+que nos enviarem arquivos do Word.
+
+<p>
+Para tornar este esforço eficiente, você provavelmente irá querer
+desenvolver uma resposta padrão que você pode enviar toda vez
+que for necessário. Eu incluí dois exemplos: a versão que eu estive
+usando recentemente, seguida por uma nova versão que ensina
+um usuário do Word como converter para outros formatos úteis.
+
+<p>
+Você pode utilizar estas respostas como estão se você desejar, ou
+você pode personaliza-las ou escrever a sua própria. De todo modo
+constrúa uma resposta que se ajuste às suas idéias e à sua
+personalidade -- se as respostas forem pessoais em vez de todas
+iguais, isto tornará a campanha mais efetiva.
+
+<p>
+Essas respostas são para pessoas que enviam arquivos do Word.
+Quando você encontra uma organização que impõe o uso do formato
+do Word, isto chama por um tipo diferente de resposta; neste caso,
+você pode levantar questões de justiça que não se aplicariam às
+ações de um indivíduo.
+
+<p>
+Dado o tamanho de nossa comunidade, apenas ao pedir nós podemos
+fazer a diferença.
+
+<p>
+
+<hr>
+
+<p>
+
+<em>Você enviou o anexo no formato do Microsoft Word, um
+formato secreto e proprietário, por isso eu não posso lê-lo.
+Se você me enviar texto puro, HTML, ou PDF, então eu
+serei capaz de ler.</em>
+
+<p>
+
+<em>Enviar para outras pessoas documentos no formato do
+Word tem efeitos negativos, porque esta prática coloca pressão sob
+elas para usar o software da Microsoft. Em efeito, você se torna
+um capanga do monopólio da Microsoft. Este problema em 
+específico é um dos maiores obstáculos à adoção em larga escala
+do GNU/Linux. Você poderia reconsiderar o uso do formato do
+Word em sua comunicação com outras pessoas?</em>
+
+<p>
+
+<hr>
+
+<p>
+
+<em>Você enviou o anexo no formato do Microsoft Word, um
+formato secreto e proprietário, por isso eu não posso lê-lo.
+Se você me enviar texto puro, HTML, ou PDF, então eu
+serei capaz de ler.</em>
+
+<p>
+
+<em>Distribuir documentos no formato do Word é ruim para você e
+para outras pessoas. Você não pode ter certeza de como eles serão
+formatados se alguém utilizar uma versão diferente do Word; eles
+podem se tornar completamente ilegíveis.</em>
+
+<p>
+
+<em>Receber anexos do Word é ruim para você porque eles podem
+carregar vírus (veja http://www.symantec.com/avcenter/venc/data/acro.html).
+Enviar anexos do Word é ruim para você, porque um documento do
+Word normalmente inclui informações escondidas sobre as atividades
+do autor (possivelmente sobre as suas também). Texto que você
+removeu pode ser embaraçosamente descoberto. Veja
+http://news.bbc.co.uk/2/hi/technology/3154479.stm para
+mais informações.</em>
+
+<p>
+
+<em>Mas acima de tudo, enviar às pessoas documentos do Word
+coloca pressão sobre elas para utilizar software de Microsoft e
+ajuda a negar a elas qualquer outra escolha. Em efeito, você se
+torna um capanga do monopólio da Microsoft. Esta pressão é um
+dos principais obstáculos à maior adoção do software livre.
+Você poderia por favor reconsiderar o uso do formato do Word em
+sua comunicação com outras pessoas?</em>
+
+<p>
+
+<em>É simples converter o arquivo para HTML. Abra o documento,
+clique em "Arquivo", então em "Salvar Como", e na caixa "Tipo de
+arquivo", na parte inferior da janela, escolha "Documento HTML"
+ou "Página da Web". Então escolha "Salvar". Você pode então anexar
+o novo documento HTML em vez do seu documento Word. Note que
+o Word muda de maneiras inconsistentes -- você pode ter itens de
+menus um pouco diferentes, por favor experimente com eles.</em>
+
+<p>
+
+<em>A conversão em texto puro é tão simples quanto -- em vez de
+"Documento HTML", escolha "Texto puro" ou "Documento de Texto"
+no tipo de arquivo.</em>
+
+<p>
+
+<hr>
+
+<p>
+Eis outra abordagem, sugerida por Bob Chassell. Ela requer que você
+edite o texto para o exemplo específico, e presume que você tem
+um meio de extrair o conteúdo do texto e de mostrar o seu tamanho.
+
+<p>
+
+<hr>
+
+<p>
+
+<em>Eu estou perplexo. Você preferiu me enviar 876,377 bytes na sua
+última mensagem quando o conteúdo tem apenas 27,133 bytes?</em>
+
+<p>
+
+<em>Você me enviou cinco arquivos no formato inchado, não-padronizado
+.doc que é um segredo da Microsoft, em vez do formato internacional,
+público e mais eficiente que é o texto puro.
+</em>
+
+<p>
+
+<em>A Microsoft pode (e o fez recentemente no Quênia e no
+Brasil) fazer com que a polícia local faça comprir leis que
+proíbem estudantes de estudarem o código, proíbe empresários
+de iniciar nova empresas, e proíbe profissionais de oferecem os
+seus serviços. Por favor não dê a eles o seu apoio.
+</em>
+
+<P>
+
+<hr>
+
+<p>
+
+Copyright &copy; 2002 Richard M. Stallman
+
+<p>
+
+A cópia fiel e a distribuição deste artigo completo é permitida em
+qualquer meio, desde que a nota de copyright e esta nota sejam preservadas.
+
+<HR>
+
+[
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+  <A HREF="/philosophy/no-word-attachments.html">Inglês</A>
+| <A HREF="/philosophy/no-word-attachments.pt-br.html">português do Brasil</A>
+<!-- | A HREF="/boilerplate.LG.html" LANGUAGE /A  -->
+<!-- Please keep this list alphabetical -->
+<!-- PLEASE UPDATE THE LIST AT THE BOTTOM (OR TOP) OF THE PAGE TOO! -->
+]
+
+<hr>
+
+
+<P>
+Retorna à <A HREF="/home.pt-br.html">página inicial do GNU</A>.
+<P>
+
+Por favor envie dúvidas ou questões sobre FSF e/ou GNU para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+Há também <A HREF="/home.pt-br.html#ContactInfo"> outros meios
+de contactar</A> the FSF.
+<P>
+
+Por favor envie comentários sobre estas páginas web para
+
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>,
+envie outras questões para
+<A HREF="mailto:address@hidden";><EM>address@hidden</EM></A>.
+<P>
Traduzido por:
+Fernando Lozano <A href="mailto:address@hidden";>&lt;address@hidden&gt;</a>
+<P>
+Atualizado:
+<!-- timestamp start -->
+$Date: 2008/03/20 13:56:40 $ $Author: yavor $
+<!-- timestamp end -->
+<HR>
+</BODY>
+</HTML>

Index: philosophy/philosophy.pt-br.html
===================================================================
RCS file: philosophy/philosophy.pt-br.html
diff -N philosophy/philosophy.pt-br.html
--- /dev/null   1 Jan 1970 00:00:00 -0000
+++ philosophy/philosophy.pt-br.html    20 Mar 2008 13:56:41 -0000      1.1
@@ -0,0 +1,980 @@
+<?xml version="1.0" encoding="utf-8" ?>
+<!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//EN"
+    "http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtd";>
+<html xmlns="http://www.w3.org/1999/xhtml"; xml:lang="pt">
+
+<head>
+<title>Filosofia do Projeto GNU - Fundação pelo Software Livre (FSF)</title>
+<meta http-equiv="content-type" content='text/html; charset=utf-8' />
+<link rel="stylesheet" type="text/css" href="/gnu.css" />
+<link rev="made" href="mailto:address@hidden"; />
+</head>
+
+<!-- This document is in XML, and xhtml 1.0 -->
+<!-- Please make sure to properly nest your tags -->
+<!-- and ensure that your final document validates -->
+<!-- consistent with W3C xhtml 1.0 and CSS standards -->
+<!-- See validator.w3.org -->
+
+<body>
+
+<p><a href="#translations">Traduções</a> desta página</p>
+
+<h3>Filosofia do Projeto GNU</h3>
+
+<p>
+<a href="/graphics/philosophicalgnu.html"><img 
src="/graphics/philosophical-gnu-sm.jpg"
+   alt=" [imagem de um Gnu Filosófico] "
+   WIDTH="160" HEIGHT="200"></a>
+<p>
+
+<hr />
+<p>
+Este diretório descreve a filosofia do Movimento pelo Software Livre,
+que é a nossa motivação para o desenvolvimento do sistema operacional
+livre GNU.</p>
+
+<h4>Conte&uacute;do</h4>
+
+<ul>
+  <li><a href="philosophy.pt-br.html#AboutFreeSoftware"
+       id="TOCAboutFreeSoftware">Sobre o Software Livre</a></li>
+  <li><a href="philosophy.pt-br.html#AbouttheGNUproject"
+       id="TOCAbouttheGNUproject">Sobre o projeto GNU</a></li>
+  <li><a href="philosophy.pt-br.html#LicensingFreeSoftware"
+       id="TOCLicensingFreeSoftware">Licenciando o Software Livre</a></li>
+  <li><a href="philosophy.pt-br.html#Laws"
+       id="TOCLaws">Leis</a></li>
+  <li><a href="philosophy.pt-br.html#TerminologyandDefinitions"
+       id="TOCTerminologyandDefinitions">Terminologia e 
defini&ccedil;&otilde;es</a></li>
+  <li><a href="philosophy.pt-br.html#GIFs"
+       id="TOCGIFs">GIFs</a></li>
+  <li><a href="philosophy.pt-br.html#Motivation"
+       id="TOCMotivation">Motiva&ccedil;&atilde;o</a></li>
+  <li><a href="philosophy.pt-br.html#Speeches"
+       id="TOCSpeeches">Discursos e Entrevistas</a></li>
+  <li><a href="philosophy.pt-br.html#ThirdPartyIdeas"
+       id="TOCThirdPartyIdeas">Ideias de terceiros</a></li>
+  <li><a href="philosophy.pt-br.html#misc"
+       id="TOCMisc">Micelânea</a></li>
+  <li><a href="philosophy.pt-br.html#Translations"
+       id="TOCTranslations">Tradu&ccedil;&otilde;es destes documentos</a></li>
+</ul>
+
+<!-- please leave both these NAME attributes here. ... -->
+
+<a name="TOCFreedomOrganizations">N&oacute;s</a>
+<a name="FreedomOrganizations">tamb&eacute;m</a>
+<!-- ... we removed this as an H$ section as it was duplicating the  -->
+<!-- same information on links.html, but it's possible that some users -->
+<!-- have the URLs bookmarked or on their pages. -len -->
+mantemos uma lista de
+<a 
href="/links/links.pt-br.html#FreedomOrganizations">Organiza&ccedil;&otilde;es
+que trabalham para a liberdade nos computadores e nas 
comunica&ccedil;&otilde;es
+eletrônicas</a>.</p>
+
+<hr />
+
+<p>
+<h4><a href="philosophy.pt-br.html#TOCAboutFreeSoftware"
+       id="AboutFreeSoftware">Sobre o Software Livre</a></h4>
+<p>
+O Software Livre &eacute; uma quest&atilde;o de liberdade: as pessoas devem ser
+livres para usar o software de todas as maneiras que sejam socialmente
+&uacute;teis. O Software diverge de objectos materias--tais como cadeiras,
+sanduiches e gasolina--devido a poder ser copiado e mudado mais
+facilmente. Estas possibilidades tornam o software &uacute;til como ele 
&eacute;.
+N&oacute;s acreditamos que os utilizadores de software devem poder fazer uso
+dele.
+</p>
+
+<ul>
+  <li><a href="/philosophy/free-sw.pt-br.html">O que &eacute; o Software 
Livre?</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/why-free.pt-br.html">Porque
+       &eacute; que o software n&atilde;o devia ter 
propriet&aacute;rios</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/shouldbefree.pt-br.html">Porque
+       &eacute que o Software devia ser livre</a>.  (Este &eacute; um texto 
mais antigo
+       e mais longo sobre o mesmo t&oacute;pico que o anterior.)</li>
+  <li><a href="/philosophy/free-doc.pt-br.html">Porque &eacute; que o Software 
Livre
+      precisa de documenta&ccedil;&atilde;o livre</a>.</li>
+  <li><a href="/philosophy/selling.pt-br.html">Vender Software Livre</a> 
+      &eacute; aceitável!</li>
+  <li><a href="/philosophy/categories.pt-br.html">Categorias de Software Livre
+       e n&atilde;o Livre (18k caracteres)</a></li>
+  <li>Software Livre &eacute; mais
+       <a href="/software/reliability.pt-br.html">confiável</a>!</li>
+  <li><a href="/philosophy/free-software-for-freedom.html">"Software Aberto" é
+       sinônimo de "Software Livre"</a></li>
+  <li><a 
href="http://www.slackware.com/book/index.php?source=x68.html";>Software
+      Aberto e Software Livre</a>, um documento explicando as diferenças
+      entre as filosofias do Software Livre e do Software Aberto, pelo
+      projeto Slackware.</li>
+  <li><a href="/philosophy/linux-gnu-freedom.html">Linux, GNU, e
+       Liberdade</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/gnutella.pt-br.html">Sobre o Gnutella</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/schools.html">Porque escolas deveriam usar
+      apenas Software Livre</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/use-free-software.html">A comunidade do Software 
Livre
+       após 20 anos</a>, com um grande sucesso porém incompleto, e 
agora?</li>
+       <li><a href="/philosophy/my_doom.html">MyDoom e Você</a></li>
+</ul>
+
+<h4><a href="philosophy.pt-br.html#TOCAbouttheGNUproject"
+       id="AbouttheGNUproject">Sobre o projeto GNU</a></h4>
+
+<ul>
+  <li><a href="/gnu/initial-announcement.pt-br.html">An&uacute;ncio inicial do
+       projeto GNU</a></li>
+  <li><a href="/gnu/manifesto.pt-br.html">O Manifesto GNU (31k 
caracteres)</a></li>
+  <li><a href="/gnu/gnu-history.pt-br.html">Hist&oacute;ria breve do projeto 
GNU</a></li>
+  <li><a href="/gnu/thegnuproject.html">O projeto GNU</a>,
+      uma descri&ccedil;&atilde;o mais longa e mais completa do projeto e da 
sua hist&oacute;ria.</li>
+  <li><a href="/fsf/fsf.pt-br.html">O que &eacute; a Funda&ccedil;&atilde;o 
para o Software Livre?</a></li>
+  <li><a href="/gnu/why-gnu-linux.pt-br.html">Porque GNU/Linux?</a></li>
+</ul>
+
+<h4><a href="philosophy.pt-br.html#TOCLicensingFreeSoftware"
+       id="LicensingFreeSoftware">Licenciando o Software Livre</a></h4>
+<ul>
+  <li><a href="/philosophy/license-list.pt-br.html">Licensas de software 
livre</a></li>
+  <li><a href="/copyleft/copyleft.pt-br.html">O que &eacute; o 
Copyleft?</a></li>
+  <li><a href="/licenses/gpl-faq.pt-br.html">Perguntas Frequentes sobre a 
Licença
+       Pública Geral do GNU (GPL)</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/why-not-lgpl.html">Por que &eacute; que n&atilde;o 
deve usar a GPL para bibliotecas (LGPL) para a sua pr&oacute;xima 
biblioteca.</a>.</li>
+  <li><a href="/philosophy/why-copyleft.html">Por que Copyleft?</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/university.pt-br.html">Lançe Software Livre caso 
você trabalhe em uma Universidade</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/pragmatic.pt-br.html">Copyleft: Idealismo 
Pragmático</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/x.html">A ratoeira do X Windows</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/apsl.html">Os problemas da Licen&ccedil;a 
Apple</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/bsd.pt-br.html">O problema da Licen&ccedil;a 
BSD</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/netscape-npl.html">A licen&ccedil;a p&uacute;blica 
da Netscape tem s&eacute;rios problemas</a>.</li>
+  <li><a href="/philosophy/udi.html">O movimento para o Software Livre e a 
UDI</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/microsoft.html">&Eacute; a Microsoft o grande 
satanás?</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/microsoft-antitrust.html">O julgamento 
anti-monopolio contra a Microsoft e o Software Livre</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/microsoft-verdict.html">O veredito da 
Microsoft</a></li>
+  <li> <a href="/philosophy/plan-nine.html">Os problemas na licença do 
Plan9</a></li>
+  <li> <a href="/philosophy/motif.html">A nova licença do Motif</a></li>
+  <li> <a href="/philosophy/using-gfdl.html">Usando a GNU FDL</a></li>
+  <li> <a href="/philosophy/gpl-american-way.pt-br.html">A GNU GPL e o Modo 
Americano de Viver</a></li>
+  <li> <a href="/philosophy/gpl-american-dream.html">A GNU GPL e o Sonho 
Americano</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/enforcing-gpl.pt-br.html"
+  name="EnforcingGPL">Fazendo Valer a  GNU GPL</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/freedom-or-power.pt-br.html"
+  name="FreedomOrPower">Liberdade ou Poder?</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/no-word-attachments.pt-br.html"
+  name="NoWordAttachments">Nós Podemos Pôr um Fim aos Anexos [de e-mail] do 
Word</a></li>  
+  <li><a href="/philosophy/java-trap.html" id="JavaTrap">Livre porém Amarrado 
- A armadilha do Java</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/fighting-software-patents.pt-br.html" 
id="FightingSoftwarePatents">Lutando contra patentes de software - Uma a uma e 
todas juntas</a></li>
+</ul>
+
+<h4><a href="philosophy.pt-br.html#TOCLaws"
+       name="Laws">Leis</a></h4>
+
+<ul>
+  <li><a href="http://counterpunch.org/baker08192004.html";>
+    Por que necessitamos de máquinas de votação livres</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/wsis.html">World Summit on the Information
+    Society</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/w3c-patent.html">A posição da FSF quanto à 
política
+    de patentes livres de royalties do W3</a>, reescrita</li>
+  <li>Comentários de Richard Stallman sobre
+    <a href="/philosophy/ipjustice.html">a rejeição da Diretiva de
+    Aplicação da Propriedade Intelectial do ICLC</a></li>
+  <li>Richard Stallman escreveu
+       <a href="/philosophy/boldrin-levine.html">uma análise de "The case
+    against intellectual property.", por Boldrin e Levine</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/sco/sco-gnu-linux.html">SCO, GNU, e Linux</a>,
+    de Richard Stallman, discute como o processo da SCO contra a IBM afeta o
+    trabalho do projeto GNU. Por favor veja a
+    <a href="/philosophy/sco/sco.html">página de resposta da FSF à SCO</a>
+    para mais detalhes sobre este assunto.</li>
+  <li>Uma versão ligeiramente modificada do artigo
+    <a href="/philosophy/guardian-article.html">That's fighting talk</a>,
+    publicado originalmente no <a href="http://www.guardian.co.uk";>The 
Guardian</a>
+    de Londres por <a href="http://www.stallman.org";>Richard Stallman</a>
+    e Nick Hill.</li>
+  <li><a href="/philosophy/ebooks.html">Ebooks: Liberdade ou Copyright</a>, uma
+   versão modificada do artigo, originalmente publicado na Technology Review
+   em 2000, por <a href="http://www.stallman.org";>Richard Stallman</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/lessig-fsfs-intro.html">O prefácio, por
+    Lawrence Lessig</a> para o livro <a href="/doc/book13.html"><i>Software 
Livre,
+    Sociedade Livre: Artigos selecionados de of Richard M. Stallman</i></a>
+    está disponível para leitura.</li>
+
+  <li><a href="/philosophy/misinterpreting-copyright.html">Erros de 
interpretação do
+    Copyright</a> é outro artigo de <a href="http://www.stallman.org";>Richard
+    Stallman</a> sobre as falhas em defesas populares das leis de 
copyright.</li>
+
+  <li><a href="/philosophy/can-you-trust.html">Você pode confiar no seu
+    computador?</a>, um trabalho de <a href="http://www.stallman.org";>Richard
+    Stallman</a> sobre as assim chamadas "iniciativas de computação 
confiável".</li>
+
+  <li><a href="/philosophy/eldred-amicus.html">Participação da FSF no caso
+  Eldred contra a Suprema Corte de Ashcroft</a></li>
+
+  <li><a 
href="http://www.nature.com/nature/debates/e-access/Articles/stallman.html";>A 
ciência
+  deveria "deixar de lado o copyright"</a>, outro trabalho de Richard Stallman,
+  explica como o copyright tem impedido o progresso na pesquisa científica.
+  <ul>
+    <li>Você também pode se interessar pela <a 
href="http://www.publiclibraryofscience.org";>Biblioteca
+    Pública de Ciência</a>,  que é dedicada a tornar a pesquisa científica 
livremente disponível para todos na
+    Internet.</li>
+    <li>Um
+       <a 
href="http://www.nature.com/cgi-taf/DynaPage.taf?file=/nature/journal/v425/n6960/full/425752b_fs.html";>artigo
+    relacionado</a> descreve como as principais organizações científicas da
+    Alemanha fizeram uma declaração conjunta apoiando a disponibilização
+    livre de informações científicas pela Internet.</li>
+  </ul></li>
+  
+  <li><a href="/philosophy/ms-doj-tunney.html">Declaração da FSF em resposta
+  à proposta de revisão do julgamento final da Microsoft contra os Estados
+  Unidos, submetida ao Departamento de Justiça dos EUA, de acordo com
+  a Lei de Tunney</a>.</li>
+
+  <li>Em <a 
href="http://www.eff.org/Legal/Cases/Felten_v_RIAA/20010606_eff_felten_pr.html";>Felten
+  v. RIAA</a>, cientistas são questionados por uma corte que determina que
+  o Digital Millennium Copyright Act não os proíbe de publicar sua pesquisa.
+</li>
+
+  <li><a 
href="http://www.eff.org/pub/Intellectual_property/Video/MPAA_DVD_cases/";>O 
arquivo
+  da EFF sobre os "Casos de Propriedade Intelectial no DVD da MPAA
+  (Motion Picture Association of America)"</li>
+
+  <!-- bronek link
+  <li><a href="http://www.oneworld.org/globalprojects/humcdrom/copyrigh.htm";>
+       Exemplos de excelentes pol&iacute;ticas de Copyright</a></li>
+  -->
+
+  <li><a href="/philosophy/reevaluating-copyright.html">Reavaliando o
+        Copyright: o interesse p&uacute;blico deve prevalecer</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/right-to-read.pt-br.html">O direito a ler: uma 
hist&oacute;ria curta</a> de 
+       <a href="http://www.stallman.org/";>Richard Stallman</a>
+       (<a href="/philosophy/right-to-read.fr.html">Tradu&ccedil;&atilde;o 
Francesa</a>)</li>
+  <li><a href="http://cyber.law.harvard.edu/eldredvreno/complaint.html";>Eldred
+       contra Reno</a> &eacute; sobre um processo legal para abolir uma lei 
que extende
+       o copyright por 20 anos extra.</li>
+  <li><a href="/philosophy/wassenaar.html">S&atilde;o necessários 
voluntários para 
+       software de encripta&ccedil;&atilde;o nos pa&iacute;ses sem controlo de 
exporta&ccedil;&atilde;o</a>.</li>
+  <li>Como protejer o <a href="/philosophy/protecting.pt-br.html">Direito a 
escrever
+       Software</a> (independentemente de ser livre ou n&atilde;o)
+  <li><a href="/philosophy/dat.html">O caminho correcto para o imposto DAT (22k
+    caracteres)</a></li>
+  <li>Como proteger os
+       <a href="/philosophy/basic-freedoms.pt-br.html">direitos de
+       express&atilde;o, imprensa e associa&ccedil;&atilde;o</a>
+       na Internet</li>
+  <li><a href="/philosophy/patent-reform-is-not-enough.html">A reforma das 
patentes
+       n&atilde;o &eacute; suficiente</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/savingeurope.html">Salvando a Europa das
+       patentes de software</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/amazon.html">Boicotem a Amazon!</a></li>
+  <li><a href="/philosophy/ucita.html">Porque &eacute; que temos de lutar 
contra UCITA</a>
+       por
+       <a href="http://www.stallman.org/";>Richard Stallman</a></li>
+  <li><a 
href="http://www.infoworld.com/articles/op/xml/00/11/27/001127opfoster.xml";>Um
+       mundo com UCITA pode permitir que a impressão de qualidade seja mais 
importante
+       do que fazer a coisa certa</a> por Ed Foster <a 
href="mailto:address@hidden";>address@hidden</a></li>
+
+  <li><a href="/philosophy/freedom-or-copyright.html">Liberdade ou 
Copyright?</a>
+       por <a href="http://www.stallman.org/";>Richard Stallman</a></li>
+
+  <li><a href="http://www.researchoninnovation.org/patent.pdf";>Inovação
+      sequencial, patentes e imitação</a> é um artigo que apresenta um
+      modelo matemático demonstrando como as patentes podem impedir o
+      progresso em áreas como software</li>
+
+  <li><a href="http://www.carnall.org/stallman/";>Copyright
+      versus Comunidade na era das redes de computadores</a> é uma 
transcrição
+      não-editada de uma palestra apresentada por
+      <a href="http://www.stallman.org";>Richard Stallman</a> na Logiciel Libre
+      Conference em Julho de 2000.</li>
+
+  <li><a href="/philosophy/hague.pt-br.html">O Perigo de Haya</a>
+
+  <li><a 
href="http://www.oii.ox.ac.uk/resources/feedback/OIIFB_GPL2_20040903.pdf";>Uma 
tradução para o inglês</a> da
+     famosa decisão da Corte Distrital de Munich (Alemanha) sobre a
+     validade e aplicabilidade da GPL. A tradução foi feita pelo
+     Instutituto de Internet de Oxford.</a></li>
+
+  <li><a href="/philosophy/not-ipr.xhtml">Você disse "Propriedade 
Intelectual"?
+     É uma miragem sedutora</a>. Um artigo sobre o verdadeiro significado da
+     frase "Propriedade Intelectual", por Richard M. Stallman</li>
+
+</ul>
+
+
+<h4><a href="philosophy.pt-br.html#TOCTerminologyandDefinitions"
+       id="TerminologyandDefinitions">Terminologia e 
Defini&ccedil;&otilde;es</a></h4>
+
+<ul>
+  <li><a href="/philosophy/words-to-avoid.pt-br.html">Palavras confusas</a>
+       que devem ser evitadas</li>
+  <li><a href="/philosophy/free-software-for-freedom.html">"Software Aberto" 
ou "Software Livre"</a>?</li>
  <li>Richard Stallman escreveu uma
+   <a href="/philosophy/drdobbs-letter.pt-br.html">carta para o editor</a> do 
Dr. Dobb's Journal
+   em Junho para clarificar a diferença entre os movimentos do software livre 
e do software aberto.</li>
+  <li><a href="/philosophy/categories.html">Categorias de Software livre
+       e n&atilde;o livre (18k characters)</a></li>
+</ul>
+
+
+<h4><a href="philosophy.pt-br.html#TOCGIFs"
+       name="GIFs">GIFs</a></h4>
+
+<ul>
+  <li><a href="/philosophy/gif.html">Porque &eacute; que n&atilde;o há 
ficheiros GIF
+       no servidor de páginas da GNU</a>
+</ul>
+
+
+<h4><a href="philosophy.pt-br.html#TOCMotivation"
+       name="Motivation">Motiva&ccedil;&atilde;o</a></h4>
+
+<ul>
+  <li><a href="/philosophy/motivation.html">Estudos descobrem que as 
+       recompensas frequentemente n&atilde;o s&atilde;o a motivação.</a>
+</ul>
+
+
+<h4><a href="philosophy.pt-br.html#TOCSpeeches"
+       name="Speeches">Discursos e Entrevistas (em ordem cronológica 
inversa)</a></h4>
+
+<ul>
+
+<li><a href="/philosophy/nit-india.html">Transcrição da palestra</a> 
apresentada
+    por <a href="http://www.stallman.org";>Richard M. Stallman</a> no
+    Instituto Nacional de Tecnologia, Trichy, Índia, em 17 de Fevereiro de 
2004.</li>
+
+<li>Entrevista de <a href="http://www.stallman.org";>Richard Stallman</a> para 
o <a 
href="http://www.neteconomie.com/perl/navig.pl/neteconomie/infos/impression/20041208104640";>NetEconomie.com</a>
 (em Francês), 10 de Dezembro de 2004</li>
+
+<li><a href="http://www.ariel.com.au/essays/rms-unsw-2004-10-14.html";>Sinopse 
de
+  uma palestra</a> apresentada por <a href="http://www.stallman.org";>Richard 
M. Stallman</a> sobre patentes de software em 14 de Outubro de 2004.</li>
+
+<li><a href="http://laurel.datsi.fi.upm.es/~fsanchez/rms/"; >
+    Página com entervistas (áudio e vídeo) de palestras em Madrid (Maio de 
2004)</a> 
+    apresentadas por <a href="http://www.stallman.org";>Richard M. Stallman</a> 
(site
+    em espanhol)
+    </li>
+    
+<li><a href="/philosophy/moglen-harvard-speech-2004.html" >
+    Transcrição de uma palestra</a> apresentada pelo <a 
href="http://emoglen.law.columbia.edu/"; >Prof. Eben Moglen</a> 
+    em Harvard no dia 23 de Fevereiro de 2004.</li>
+
+<li><a href="/philosophy/wsis-2003.html">Transcrição de uma palestra</a> 
apresentada
+    por <a href="http://www.stallman.org";>Richard M. Stallman</a> no WSIS em
+    16 de Julho de 2003.</li>
+
+<li><a href="/philosophy/rieti.html">Transcrição de uma palestra</a> 
apresentada
+    por <a href="http://www.stallman.org";>Richard M. Stallman</a> em
+    21 de Abril de 2003.</li>
+
+<li><a href="/philosophy/audio/audio.html#RUTGERS2003">Gravação de áudio da
+    palestra <cite>Liberdade de Software e a Geração GNU</cite>, apresentada 
por
+    Bradley M. Kuhn</a> em 22 de Abril de 2003.</li>
+
+<li><a href="/philosophy/audio/audio.html#CAMB2002">Gravação de áudio da
+    palestra <cite>Patentes de Software: Obstáculos ao desenvolvimento de
+    software</cite>, apresentada por
+    Richard M. Stallman na Universidade de Cambridge, Inglaterra</a>
+    no dia 25 de Março de 2002.  Também está disponível uma <a
+    
href="http://www.cl.cam.ac.uk/~mgk25/stallman-patents.html";>transcrição</a>
+    da palestra.</li>
+
+<li>Entervista com <a href="http://www.stallman.org";>Richard Stallman</a>, <a 
href="